Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Prefeito tem plano para oferecer na Bolsa venda de direito de construir no Centro

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=0CYDYuc4r7E[/youtube]

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT) foi entrevistado, nesta manhã de segunda-feira, pelo jornalista Luiz Viana, apresentador do Programa O POVO no Rádio, na Rádio O POVO/CBN. Entre vários assuntos, o prefeito falou sobre o que vem fazendo para revitalizar o Centro.

Roberto Cláudio destacou que o Centro tem vitalidade econômica, pois é a maior arrecadação de ICMS no Estado. Ele informou que fechou com um consórcio, via parceria público privada, aos moldes do que foi feito no Rio de Janeiro – “Operação Porto Maravilha”, para repensar o Centro e abrir novas perspectivas para este espaço da cidade.

O projeto urbanístico do Centro está pronto e deve trazer regras para o que pode ser construído. Com isso, o prefeito quer lançar na Bolsa de Valores, como ocorre no Rio, ações da chamada venda do direito de construir no Centro e a Prefeitura angariar recursos.

Abrigo São Lázaro – Pelo menos 11 cães morrem sufocados por fumaça de incêndio

Pelo menos, 11 cães do abrigo São Lázaro, localizado no bairro Siqueira, morreram, por volta das 20 horas desse domingo, 25. Eles foram sufocados pela fumaça de um incêndio que atingia um terreno ao lado do local onde funciona a entidade. Além das mortes de oito filhotes e três fêmeas adultas, outros cães chegaram a desmaiar. O abrigo mantém, em média, 300 animais, de acordo com Vanessa Martins, voluntária da instituição.

Conforme Vanessa, o incêndio foi provocado por uma pessoa ainda não identificada. As chamas só foram controladas pelo Corpo de Bombeiros cerca de uma hora após o início da queimada. No momento do incêndio, duas pessoas estavam no São Lázaro: a fundadora do abrigo, Rosane Dantas, e um funcionário. Com ajuda de transeuntes e moradores da região, eles socorreram os cães.

Na madrugada desta segunda-feira, 26, um veterinário examinou os animais. O profissional avaliou serem necessários os medicamentos Agemoxi e Acetil, que podem ser doados à instituição — ver abaixo como colaborar.

Os casos mais graves foram levados a uma clínica, enquanto outros animais foram encaminhados à casa de Rosane Dantas. Por “estar muito escuro”, os danos aos animais não puderam ser devidamente avaliados na noite do domingo, afirma Vanessa. Nesta segunda-feira, 26, voluntários do abrigo estão no local fazendo tal avaliação.

SERVIÇO

O São Lázaro abriga cães abandonados, tratando-os e disponibilizando-os à adoção. A entidade funciona graças a doações de voluntários. Quem quiser colaborar pode depositar qualquer quantia na conta jurídica da entidade:

Banco 104 — Caixa Econômica Federal
Agencia: 0619
C/c: 3054-6
OP: 003
Titular: Organização Não Governamental São Lázaro
CNPJ:13043465/0001-71

Ou então, fazer doações de R$5, R$10 ou R$15 no site Peixe Urbano.

(O POVO Online)

Ministro das Comunicações quer banda larga para 70% da população até 2018

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=_DRl6mrtPXE[/youtube]

O ministro das Comunicações, André Figueiredo, retornou nesta madrugada de segunda-feira para Brasília. Ali, participa de reunião do Conselho Político do Governo Dilma Rousseff.

Sobre a sua pasta, o ministro informou que vem trabalhando na expansão da banda larga no País até 2018.

André Figueiredo deve seguir de Brasília para São Paulo, ainda nesta segunda-feira, pois vai participar da Futurecom 2015, a maior feira no campo das telecomunicações do País.

Preço do pão vai subir em novembro no Ceará

163 1

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=lQ0EtEHHfCA[/youtube]

O preço do pão no Ceará vai subir de novo, em razão das altas do dólar que já elevou em 20% o preço da saca do trigo, principal matéria-prima do ramo. Informou, nesta segunda-feira, o presidente do Sindicato da Indústria da Panificação e Confeitaria do Estado, Lauro Martins.

Ele adiciona um outro ingrediente que influenciará para o aumento do preço do pão e de outros derivados: o açúcar. O preço da saca de 60 quilos superou os R$ 100, 00.

Lauro Martins disse que o sindicato vai se reunir nos próximos dias para avaliar o quadro e definir percentual de reajuste.

O preço do pão e outros produtos do gênero deve subir de 8 a 10 por cento.

José Guimarães diz que transposição é a “prioridade da prioridades” no Orçamento 2016

145 1

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=q3KjUW2uAVg[/youtube]

O líder do Governo na Câmara dos Deputados, José Nobre Guimarães, viajou, nesta madrugada de segunda-feira para Brasília, onde, a partir das 9 horas, participará de reunião do Conselho Político com a presidente Dilma Rousseeff.

Guimarães informou que, nesta semana, a base governista trabalhará para aprovar três prioridades: a DRU (Desvinculação das Receitas da União), Orçamento 2016 e a legalização da repatriação de capitais, que está dentro do pacote do ajuste fiscal.

José Guimarães espera que a matéria da repatriação de capitais entre na pauta da Câmara nesta terça-feira. Ele informou que há acordo para aprovação da DRU e espera que, até 20 de dezembro, o Orçamento da União esteja aprovado.

Sobre o Orçamento 2016 e as fatias para o Ceará, José Guimarães revelou que a Transposição das Águas do São Francisco virou a prioridade das prioridades, devendo estar concluída até agosto ou setembro de 2016. Também há compromisso da bancada de apoiar emendas para projetos na área hídrica.

Bancários fazem assembleia geral nesta segunda-feira e greve deve ser encerrada

O Sindicato dos Bancários do Ceará fará assembleia geral nesta segunda-feira, em sua sede, a partir das 19 horas.

O objetivo, segundo o presidente da entidade, Carlos Bezerra, é apreciar a proposta de Convenção Coletiva de Trabalho com a Federação Nacional de Bancos (Fenaban) e propostas específicas do Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal em Acordos Coletivos de Trabalho aditivos à CCT.

Há expectativas de que os bancários cearenses encerrem a greve. A Fenaban ofereceu 10% de reajuste.

Camilo e Cid e um encontro festivo em Sobral

cidcamilo

“A parceria dos dois é muito forte. O governador Camilo Santana (PT) esteve na terra do ex-governador Cid Gomes (PDT), em Sobral (Zona Norte), no último final de semana. Ali, recebeu homenagens e entregou o Batalhão do Raio e do Ciopaer.

Mesmo estando em casa, Cid Gomes deixou a estrela de Camilo Santana brilhar e evitou discursos.”

(Blog Sobral de Prima)

Semáforos no cruzamento da Domingos Olímpio com Aguanambi estão apagados

salçvarr

Alô, AMC! Os semáforos do cruzamento da avenidas Domingos Olímpio com Aguanambi (Bairro Joaquim, Távora) estão apagados. O trânsito começa a se complicar na área.

Bem que o pessoal do órgão, que fica a menos de 300 metros desse cruzamento, já poderia estar controlando o trânsito até que o reparo fosse efetuado.

Ou não tem plantão?

Icó comemora neste domingo 173 anos de emancipação política

O município de Icó, no Centro-Sul Cearense, a 375 quilômetros de Fortaleza, comemora neste domingo 173 anos de Emancipação Política. A inauguração da UBASF Catavento,  a entrega de Abastecimento de Água na comunidade de Cascudo e a distribuição de material escolar para Educação Infantil marcaram os festejos.

“O município viveu um momento difícil, tivemos que reestruturá-lo administrativamente e hoje, aos poucos, sem comprometer o orçamento, estamos reconstruindo a nossa terra com essas ações que vem sendo realizado”, comentou o prefeito Jaime Junior (DEM).

Os legados e os custos políticos

Da Coluna Política, no O POVO deste domingo (25):

Há surpresa com a roupa de oposição que o deputado estadual Ivo Gomes (ainda Pros) vestiu na sessão de quinta-feira da Assembleia Legislativa? Nem tanto. É até compreensível. O que o parlamentar fez foi, na prática, defender o legado deixado pelo irmão, o ex-governador Cid Gomes (ex-Pros, agora PDT).

“E não me venha um líder me explicar que não tem dinheiro porque eu sei que tem. Só falta vontade de abrir (o hospital)”, frisou o irmão do ex-governador Cid Gomes (PDT). O líder em questão é o deputado Evandro Leitão, do PDT, novo abrigo do grupo comandado pela família Ferreira Gomes.

Evandro não é apenas o líder do governador Camilo Santana. O deputado foi secretário de Cid Gomes a quem serviu com notória fidelidade. Não foi à toa. Evandro, mesmo não conseguindo eleger-se deputado em 2010, acabou pinçado por Cid como “sangue novo” para ser secretário do Trabalho e Ação Social.

Na prática, o que o deputado Ivo disse foi que o governador Camilo não coloca o Hospital Regional do Sertão Central, em Quixeramobim, para funcionar por que não quer ou por “falta de vontade” política e administrativa. A crítica, obviamente, colocou o líder do governador em situação de grande desconforto. Sobrou também para o governador.A postura do deputado cumpre algumas funções políticas. O objetivo principal é tirar do colo de Cid Gomes a responsabilidade pela lamentável situação do hospital, que foi inaugurado pelo então governador em 28 de dezembro do ano passado, no apagar das luzes daquela gestão. O secretário da saúde era Ciro Gomes.

Perceberam? Já se foram dez meses desde a inauguração oficial com as devidas pompas e circunstâncias. No entanto, as portas da unidade permanecem fechadas. É evidente que tal circunstância estimula a busca por culpados. Ivo tratou de jogar a batata quente no colo do sucessor de Cid. Como não houve resposta, é sinal de que a batata em brasa foi acolhida.

O imbróglio se repetirá em relação a outras obras e políticas públicas desenvolvidas na gestão passada. Antes mesmo do caso do hospital, já havia ocorrido desconfortos com a correta opção do Governo de comprar viaturas para a Segurança Pública que custam três vezes menos que as Toyotas.

O caso dos “tatusões” também pode se tornar emblemático. Os equipamentos foram adquiridos para a construção dos túneis do metrô de Fortaleza. Contudo, estão há dois anos armazenados sem uso. O custo das tuneladoras é o dobro do valor investido na construção do hospital de Quixeramobim. Não há nenhuma perspectiva sobre quando os equipamentos vão entrar em uso. Se é que vão.

O VLT é outro problema. Já há homens no canteiro da obra, que passou mais de um ano parada. Os trabalhos estão lentos. Nos bastidores, fala-se em erros de projeto. Vamos ver o que vai acontecer nos próximos meses com o andamento da obra. É claro que há custos políticos de grande monta envolvidos nesses e em outros casos de compras inadequadas e obras mal dimensionadas. Inevitavelmente, haverá cobranças por parte da sociedade. A consequência é vigorar um jogo de empurra com grande potencial de causar estremecimentos políticos entre aliados.

A fala do deputado Ivo Gomes acerca do hospital de Quixeramobim obriga o Governo do Estado a estabelecer um cinturão de transparência em torno do projeto. Cabe à Secretaria de Saúde explicar os motivos que impedem o funcionamento efetivo da unidade. Há ou não há dinheiro para abrir o hospital? É só uma questão de vontade política e administrativa ou não? Para funcionar, o hospital do Sertão Central vai precisar levar médicos de avião, como é o caso da unidade de Sobral? Vale lembrar que o físico Henrique Jorge Javi de Sousa, secretário de saúde desde agosto passado, possui trajetória muito ligada à gestão do ex-governador Cid Gomes.

Prefeitura de Eusébio lança “Via de Lazer”

A Prefeitura de Eusébio realizou neste domingo (25) o lançamento do projeto Via de Lazer, na avenida Eusébio de Queiroz, onde a população poderá praticar atividades físicas, como corrida, skate, patins, bicicleta, caminhada, entre outras atividades, em sete quilômetros de pista livre.

O prefeito Arimateia Júnior (PSB) lembrou que a ideia é difundida na Europa e nos Estados Unidos, além de cidades brasileiras como Fortaleza, Brasília, João Pessoa e Teresina, quando o poder público fecha vias aos domingos para a prática de esportes. “Agora é a vez do Eusébio inovar e oferecer aos seus munícipes mais um espaço de lazer aos domingos”, comentou.

Ceará vence e mantém esperança de fugir do rebaixamento

foto série b 2015 151024 ceará ricardinho

A cada vitória, uma rodada a menos. O drama do Ceará na zona de rebaixamento da Série B do Campeonato Brasileiro parece não ter fim. Mesmo vencendo, o Vozão tem que torcer contra o Macaé e o Oeste, além de ver a proximidade do fim da competição.

Na noite desse sábado (24), no estádio Presidente Vargas, o Ceará derrotou o Boa Esporte, por 2 a 1, com gols de Alex Amado e Ricardinho, pela 32ª rodada, mas a vitória representou uma corrida contra o prejuízo da vitória do Macaé sobre o Mogi Mirim, por 1 a 0, na sexta-feira (23).

De acordo com o Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais, o Ceará possui no momento 77,3% de chances de cair para a Série C do próximo ano, contra 9,7% do Oeste, 7,1% do Macaé, 5,6% do Criciúma e 1,7% do Paraná Clube.

DETALHE – O Ceará estreou na partida o terceiro uniforme, de cor azul ou roxa. Nessas horas, vale tudo. Deu sorte!

Detentos usam promoção de rede de lojas para aplicar golpes em Fortaleza

Detentos de um presídio de Itaitinga, na Região Metropolitana de Fortaleza, aproveitam a promoção de uma rede de lojas – o sorteio de um conjunto de apartamentos -, para aplicar golpes em Fortaleza. Segundo a Polícia, até a irmã de um delegado foi vítima dos golpistas, que pedem o depósito de uma quantidade em dinheiro para as despesas com cartórios.

A Polícia afirma ainda que os golpistas se interessam por vítimas do sexo feminino, mas ainda investiga o fato das vítimas realmente terem comprado na loja. O Blog entrou em contato com a gerência de uma das lojas, que confirmou a reclamação de clientes com a abordagem de golpistas. Segundo a funcionária, os próprios golpistas já ligaram para uma das filiais em Fortaleza, quando se passaram pela Segurança da Matriz. Solicitaram os horários de funcionamento das lojas, além de informações sigilosas. A funcionária assegurou que nada foi repassado aos golpistas, diante da fragilidade do procedimento por telefone.

O Blog teve acesso ao número usado pelos golpistas (85 9 XXXX 7822) e se passou pelo marido de uma cliente da loja. Para surpresa, o golpista atendeu como representante da loja, mas desligou após não conseguir falar com “a pessoa que realizou a compra”. Disse que estaria repassando o suposto marido para outro setor, mas de fato desligou.

Recursos do Fecop chegam a R$ 2,8 bilhões

Da Coluna O POVO Economia, no O POVO deste sábado (24), pela jornalista Neila Fontenele:

O volume de dinheiro do Fundo Estadual da Pobreza (Fecop) no período de 2004 a junho de 2015 (em valores absolutos) foi de R$ 2,8 bilhões. Esses valores foram frutos de recursos arrecadados pela cobrança de 2% na alíquota do ICMS incidente sobre os produtos e serviços.

Somente no primeiro semestre deste ano, o Fecop conseguiu uma receita de R$ 210,5 milhões. Esse valor foi 13,73% superior ao total do primeiro semestre de 2014. Pelos dados da Secretaria da Fazenda do Estado, desde a criação do Fecop (2003) os valores arrecadados no primeiro semestre são bem inferiores aos do segundo semestre. Portanto, os resultados deste ano devem ser bons.

A grande questão do Fecop, na avaliação do deputado Carlos Matos (PSDB), não está nos totais recolhidos, mas na forma como ele vem sendo gasto. O parlamentar diz que chamará o Estado para explicar melhor o uso dos recursos, que vem financiando vários projetos.

A média de arrecadação do Fecop por ano se aproxima dos R$ 500 milhões. Parte desse dinheiro, na avaliação do parlamentar, financiou as desapropriações para a construção do VLT. “O desafio do Fecop é promover mobilidade social. Existem poucos programas com esse viés. Esses recursos não são para desapropriar terreno para o VLT”, acrescenta ele.

Flanelinha aparece do nada; Notou? Mas ele te notou

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=xpKFQL5FOm8[/youtube]

Quem já não apressou os passos na hora de pegar o carro estacionado na rua, só para não ser abordado pelo flanelinha do pedaço? Pois é, parece que o danado estava escondido atrás do veículo. É só desligar o alarme e vem a famosa frase: “Ô, patrão”!

Quem “exprica” melhor essa abordagem é o Dedé Flanelinha, personagem do jornalista e comediante cearense Glayco Salles, no canal Caco na Rede, no You Tube.

A bem-vinda cobrança de Ivo

104 1

foto ivo gomes

Da Coluna Política, no O POVO deste sábado (24), pelo jornalista Érico Firmo:

A política costuma ser cheia de melindres. Espera-se que os aliados achem que o governo é o paraíso da perfeição e totalmente destituído de falhas, enquanto sobre os opositores, a expectativa é de que não identifiquem virtude alguma em quem está no poder. Sobretudo quando apoiadores têm a ousadia de questionar algum ponto, já se vislumbra o sinal de crise. Os costumes determinam as interpretações. As coisas são entendidas dessa forma porque, quase sempre, quando um político critica um governo que apoia, há por trás interesses contrariados.

Ivo Gomes teve o primeiro gesto mais duro contra o governo Camilo Santana (PT) desde que voltou à Assembleia. Em julho, ele já havia deixado a Secretaria das Cidades com críticas ao governo e cobrando liberação de recursos. Os atos repetidos demonstram real incômodo com a gestão em curso. Se essa insatisfação se estende ao resto do grupo Ferreira Gomes, não há elementos para afirmar. Mas, é bastante possível que haja certo descontentamento.

De toda forma, Ivo sempre fez política de forma impetuosa e com arroubos. E tem tamanho político para dizer o que pensa sem temer retaliações. Com outras motivações ou objetivos, a postura que adota é bem-vinda e seria bom se fosse mais comum. Os aliados que agem como vaca de presépio e elogiam qualquer ação que parta do governo não contribuem para corrigir falhas – naturais em qualquer administração – e nem mesmo ajudam com a bajulação. Como aprovam tudo que emana do Palácio, as loas que partem deles carecem de credibilidade.

A prática política seria bem mais adulta e madura se parlamentares, aliados ou opositores, agissem de forma franca, elogiando quando concordam e criticando quando discordam. Afinal, por mais que tenham alinhamentos em blocos a favor ou contra os governos, eles são eleitos para, antes de tudo, representarem os eleitores que lhes deram votos.

Vereador petista expõe contradições da gestão municipal no item chamado Cultura

Com o título “Por que faltou dinheiro para a cultura?”, eis artigo do vereador Ronivaldo Maia (PT). Ele questiona gastos da Prefeitura com cultura e expõe algumas contradições. Confira:

Nos últimos dias assistimos a um espetáculo diferente: centenas de trabalhadores e trabalhadoras da cultura, músicos, artistas plásticos, da dança, do circo, atores, atrizes tiveram que ocupar durante xx dias a sede da Secretaria Municipal de Cultura para conquistarem um aumento verba municipal para realização de um edital de fomento às diversas linguagens artísticas. Foram dias e noites de união, alegria, mas também de sacrifícios com pessoas longe de suas famílias, afastados de seus afazeres, dormindo em colchonetes e se alimentando  precariamente.

A luta foi vitoriosa. O Prefeito se comprometeu em aumentar de 1 milhão para 1,5 milhões a verba para os editais desse ano e investir 4 milhões no do ano que vem. Mas se a cultura fosse tratada como devia, haveria necessidade de tudo isso? Evidente que não. Esse é o cerne do problema.

Depois de fechar 228 bibliotecas das escolas municipais de Fortaleza no início de 2013, a administração Roberto Cláudio passou a reduzir drasticamente os gastos municipais com a cultura. E essa redução vem de antes da crise econômica que eclodiu esse ano.

Segundo o Portal da Transparência do TCM, em 2012, último ano da gestão da prefeita Luizianne Lins, o orçamento dos editais da cultura somou mais de 3,5 milhões de reais. Para 2013, com Roberto Cláudio, 1,9 milhão. Para 2014 673 mil reais. Para 2015, míseros 225 mil.

Os gastos gerais com a cultura seguiram o mesmo ritmo de encolhimento. Em 2012 o orçamento geral da cultura foi de mais de 99 milhões. Em 2013 caiu para 90 milhões. Em 2014 e 2015, 57 milhões. 42 milhões a menos que em 2012.

Esse dinheiro da cultura foi transferido para gastos que o Prefeito julgou mais importantes como cargos comissionados, gratificações, estruturas para eventos oficiais, diárias, passagens e publicidade. Gastos que aumentaram bastante em relação a 2012.

Em 2012 a Prefeitura gastou 104 milhões com o pagamento de 3118 cargos comissionados. A nova gestão elevou o número de cargos para 4.462 e a despesa pulou para 151 milhões de reais/ano, um aumento de quase 50%. Os gastos com diárias e passagens saíram de 720 mil em 2012 para 3,1 milhões em 2014, aumento de mais de 300%.

O mesmo Portal da Transparência também revela a prioridade nos gastos com publicidade e eventos. Somente este ano a prefeitura já empenhou mais de 85 milhões de reais para pagamentos dessas despesas, enquanto as despesas com cultura realizadas até agora somam pouco mais que 22 milhões de reais. É mole?

A cultura é o pão do espírito. É instrumento de construir gente, de gerar emprego e renda. De salvar vidas. Infelizmente a atual administração demonstra não ter sensibilidade para isso. Daí, a necessidade de ações como a ocupação da Secultfor essa semana.

Ronivaldo Maia,

Vereador do PT / Fortaleza.