Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

MPF/SP denunciou dois agentes de repressão por tortura a Frei Tito de Alencar

frei tito

“O Ministério Público Federal em São Paulo (MPF) denunciou dois agentes da repressão pela tortura do Frei Tito de Alencar Lima durante a ditadura militar. Homero César Machado, na época capitão de artilharia do Exército, e Maurício Lopes Lima, capitão de infantaria, chefiavam equipes de interrogatório na Operação Bandeirante (Oban), que depois foi transformada no Destacamento de Operações de Informação – Centro de Operações de Defesa Interna (DOI-Codi).

Homero e Maurício eram responsáveis pelas ordens aos demais agentes da unidade e participaram diretamente das sessões de tortura a Frei Tito.

Frei Tito foi preso em novembro de 1969, em uma operação realizada pela polícia de São Paulo contra religiosos dominicanos acusados de apoio a Carlos Marighella, da Ação Libertadora Nacional (ALN). Ele ficou no Departamento Estadual de Ordem Política e Social de São Paulo (Deops-SP) e no Presídio Tiradentes e depois foi levado para a Oban, onde ficou de 17 a 27 de fevereiro de 1970.

De acordo com o MPF, durante esse período ele foi vítima de agressões físicas e psicológicas para que desse informações sobre membros do clero católico que se solidarizavam com os que se opunham ao regime militar.

Os documentos e depoimentos que embasaram a denúncia do MPF mostram que Frei Tito foi colocado no “pau de arara” – instrumento de tortura que, além de provocar dores no corpo, pode causar deformações na espinha e nos membros superiores e inferiores.

Conforme a denúncia, ele também recebeu choques elétricos e pancadas na cabeça. “A vítima sofreu queimaduras com pontas de cigarros e foi golpeado com uma palmatória até que suas mãos ficassem roxas e inchadas, a ponto de não ser possível fechá-las.”

Após as sessões de tortura, Frei Tito tentou suicídio e foi levado de volta ao Presídio Tiradentes. Em janeiro de 1971, ele foi banido do Brasil após ser incluído entre os presos políticos que deveriam ser soltos em troca do embaixador suíço Giovanni Enrico Bucker, sequestrado por opositores da ditadura militar. Passou pelo Chile e Itália e se estabeleceu na França, onde, em setembro de 1974, aos 31 anos, enforcou-se em uma árvore.

Os dois agentes da repressão foram denunciados por crime de lesão corporal grave, resultante em perigo de vida. Os procuradores da República Ana Leticia Absy e Anderson Vagner Gois dos Santos, autores da denúncia, requerem ainda o reconhecimento das circunstâncias agravantes, como emprego de tortura e outros meios cruéis, abuso de poder e o fato de a vítima estar sob a imediata proteção das autoridades.

O Ministério Público pede que os envolvidos tenham aposentadorias canceladas e, caso condenados, percam medalhas e condecorações. Segundo o MPF, “por terem sido cometidos em contexto de ataque sistemático e generalizado à população, em razão da ditadura militar, o delito denunciado se qualifica como crime contra a humanidade, sendo, portanto, imprescritível e impassível de anistia”.

(Agência Brasil)

Senai/CE oferta mais de 400 vagas em cursos

O Senai/Ceará está ofertando 448 vagas em cursos profissionalizantes em Fortaleza e na Região Metropolitana nos meses de fevereiro e março. As qualificações são pagas e distribuídas em 28 turmas. Os valores custam entre R$ 110,00 e R$ 1.155,00. Os interessados (pessoas físicas e jurídicas) já podem reservar suas vagas nos cursos pelo telefone (85) 4009.6300 ou pelo endereço eletrônico http://www.senai-ce.org.br no link Cursos para Você.

Podem ir também a unidade com a seguinte documentação: xerox e original do RG, CPF; comprovante de endereço atualizado; comprovante de escolaridade; e se o curso for de aperfeiçoamento é necessário comprovar os conhecimentos necessários, através de certificados e/ou declaração da empresa.

Os valores de um curso no Senai variam de acordo com a área escolhida e a carga horária. A instituição agora concede até 30% de desconto para trabalhadores da indústria e de até 10% para os demais interessados.

Até 20% é concedido ao trabalhador de indústria associada a sindicato filiado ao Sistema FIEC e que declara o FPAS 507 ou 833 em sua GFIP. Esse mesmo trabalhador pode ganhar mais 10% de desconto se optar por cursos com turmas manhã ou tarde. O desconto é acumulativo. A oferta é válida somente para matrículas de pessoa física.

SERVIÇO

*Central de Relacionamento do Sistema FIEC – (85) 4009.6300

*Endereço eletrônico www.senai-ce.org.br .

Rodoviários fazem campanha contra assédio e violência durante o Carnaval

O Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado do Ceará (SINTRO-CE) realiza, nesta tarde de quinta-feira, no Terminal de integração do Papicu, distribuição de leques carnavalescos com mensagens contra a violência e o assédio às mulheres durante a folia.

A ação é parte de uma campanha que o sindicato e o Movimento de Mulheres em Luta (MML) pretendem desenvolver durante este ano.

“A ideia é chamar a atenção dos motoristas, cobradores e da população em geral para a problemática do assédio e da violência que sofrem as mulheres dentro do transporte coletivo. Sabemos que esse é um problema cotidiano que afeta principalmente as mulheres pobres, mas que se intensifica no período do carnaval” declara Flávio Braz diretor do SINTRO.

Juventude do PSB e do PSDB discutem agenda conjunta para 2016

c6ed9f90-2d87-4bf7-83ff-3e90e5acdaea

Membros das alas da Juventudes do PSB e do PSDB do Ceará estão discutindo uma agenda comum para este ano. A ordem é fomentar a participação dos jovens nos debates sobre problemas que afligem os municípios. Com destaque para Fortaleza.

O primeiro encontro se registrou na última terça-feira, na sede estadual do PSB. Novas conversas ocorrerão após o Carnaval.

(Foto – Divulgação)

Sisu 2016 – UFC divulga edital de chamada da Lista de Espera

ufcc

A Universidade Federal do Ceará, por meio da Pró-Reitoria de Graduação (Prograd), divulgou o edital de chamada da Lista de Espera relativo ao Sisu 2016. O documento contém as normas e datas da seleção para o provimento das vagas ainda não ocupadas após a chamada regular.

De acordo com o Edital nº 03/2016 (http://goo.gl/2ap5GM), até as 23h59min do dia 11 de fevereiro, será divulgada a lista dos candidatos aptos, por curso, grau, turno e classe de concorrência, em ordem de classificação, assim como o quantitativo e as informações acerca das vagas que deverão ser preenchidas pela chamada da lista de espera.

Na lista, cada candidato será assinalado como “classificado” ou “não classificado”. Os classificados estarão aptos a solicitar matrícula de 15 a 19 de fevereiro. Já os não classificados poderão se inscrever em banco de suplentes. O candidato deve verificar com atenção, no Anexo I do edital, dia e horário da chamada de seu curso. Como a chamada não será nominal, não haverá fechamento de portões, e o estudante pode comparecer ao local a qualquer momento dentro do horário determinado.

Etiqueta

Somente após a liberação da lista de espera com a indicação de classificados e não classificados será disponibilizada a ferramenta para gerar a etiqueta de identificação dos candidatos. Essa etiqueta deverá ser impressa e colada em envelope de 260mm x 360mm (ou semelhante), a ser entregue aberto e contendo toda a documentação exigida.

A seleção será feita com base nos resultados obtidos pelos candidatos no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) de 2015, considerando-se a ordem de classificação do candidato no Sisu referente a curso, grau, turno e classe de concorrência pretendidos.

(Site da  UFC)

STDS apresenta em Brasília ações para a requalificação do Sistema de Medidas Socioeducativas no Ceará

153 1

foto izolda com josbertini

A vice-governadora Izolda Cela e o secretário de Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS) Josbertini Clementino estão em Brasília apresentando as ações do Estado para requalificar o Sistema de Medidas Socioeducativas do Ceará.

Após o regresso de Brasília, o secretário Josbertini Clementino deverá apresentar as novidades da gestão para o Sistema e os Centros Educacionais e destaca que a STDS anda muito bem na gestão de todas as outras políticas.

Eunício Oliveira afirma que aprovar a CPMF não será uma tarefa fácil

eunício

“É mais um imposto contra a população. Não será uma tarefa fácil”. A declaração é do líder do PMDB no Senado, Eunício Oliveira, ao falar sobre a nova prioridade da presidente Dilma Rousseff: a recriação da CPMF.

O senador considera a medida uma necessidade, mas observa que o brasileiro não aguenta mais tanto imposto.

Fundador da Semace vira personagem de livro

renagtoorrr

Será lançado nesta quinta-feira, às 17 horas, no auditório da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), o livro “Professor Renato Aragão – O Ceará sob o olhar ambiental”, da professora Nájila Rejanne. A publicação conta a história de Renato Aragão, que criou e foi o primeiro superintendente da Semace.

Foi o responsável pela elaboração da proposta de criação da Política Estadual do Meio Ambiente, em 1987 e, ainda à frente da Semace, criou áreas de proteção ambiental (Apas) no Estado. Atualmente, Renato Aragão responde pelo setor de Meio Ambiente da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec).

O Ambientalista

Professor aposentado da Uece, Renato Lima Aragão criou as seguintes áreas protegidas:

– APA da Serra de Baturité, criada por meio do Decreto no 20.956, de 18/09/1990;
– Parque Botânico do Ceará, no município de Caucaia, por meio do Decreto no 24.216, de 09/09/1996.
– Parque Estadual Marinho Pedra da Risca do Meio, no município de Fortaleza, por meio da Lei no 12.717, de 05/09/1997;
– Área de Proteção Ambiental do Lagamar do Cauípe, no município de Caucaia, por meio do Decreto no 24.957, de 05/06/1998;
– Área de Proteção Ambiental do Pecém, no município de São Gonçalo do Amarante, por meio do Decreto no 24.957, de 05/06/1998.
– Área de Proteção Ambiental da Serra de Aratanha, nos municípios de Maranguape, Pacatuba e Gauiúba, por meio do Decreto no 24.959, de 05/06/1998;
– Área de Proteção Ambiental da Bica do Ipu, no município de Ipu, por meio do Decreto no 23.354, de 26/01/1999;
– Área de Proteção Ambiental da Lagoa do Uruaú, no município de Beberibe, por meio do Decreto no 23.355, de 26/01/1999;
– Área de Proteção Ambiental do Rio Ceará, nos municípios de Caucaia e Fortaleza, por meio do Decreto no 25.413, de 29/03/1999;
– Área de Proteção Ambiental do Estuário do Rio Mundaú, nos municípios de Itapipoca e Trairi, por meio do Decreto no25.414, de 29/03/1999;
– Área de Proteção Ambiental do Estuário do Rio Curu, nos municípios de Paracuru e Paraipaba, por meio do Decreto no 25.416, de 29/03/1999;
– Área de Proteção Ambiental das Dunas da Lagoinha, no município de Paraipaba, por meio do Decreto no 25.417, de 29/03/1999;
– Área de Proteção Ambiental das Dunas de Paracuru, no município de Paracuru, por meio do Decreto no 25.418, de 29/03/1999;
– Estação Ecológica do Pecém, nos municípios de Caucaia e São Gonçalo do Amarante, por meio do Decreto no25.708, de 17/12/1999. Mencionado decreto estadual fala da desapropriação. A ESEC do Pecém não possui decreto de criação;
– Corredor Ecológico do Rio Pacoti, nos municípios de Aquiraz, Itaitinga, Pacatuba, Horizonte, Pacujus, Acarape e Redenção, por meio do Decreto no 25.777, de 15/02/2000.
– Área de Proteção Ambiental do Rio Pacoti, nos municípios de Fortaleza, Eusébio e Aquiraz, por meio do Decreto no25.778, de 15/02/2000.

No PT, os vícios tornaram-se metódico meio de se manter no poder e, para alguns, enriquecer

Com o título “Com os pés fincados no atraso”, o jornalista Fábio Campos escreve, em seu espaço no O POVO desta quinta-feira, uma ótima análise sobre crise de credibilidade que predomina hoje na política brasileira. Com direito a farpas no PT. Confira:

Qualquer pesquisa acerca das instituições da democracia chegará à mesma conclusão: o brasileiro não confia no parlamento, não confia no Poder Executivo, na chefe do Poder Executivo, nos partidos e nos políticos em geral. Portanto, há uma crise de confiança. É um dado que promove a seguinte questão: como instituições e pessoas não confiáveis serão capazes de mudar o rumo dos acontecimentos?

A crise de credibilidade não ocorre apenas por imperícia administrativa ou em função do lamaçal ético. É evidente que o modelo político do País entrou em profundo declínio. Novamente, a mesma questão: os alvos da justificada desconfiança são capazes de fazer as mudanças necessárias no sistema? É muito provável que não. É um quadro que fratura o contrato social do País.

É evidente que o papel do PT nesse caldo é relevante. Afinal, o partido chegou ao poder ancorado no ideal da mudança dos costumes políticos. Na oposição, passou anos a fio atacando a cultura política vigente e se colocando como a vestal que faria raiar um novo conjunto de comportamentos. No fim das contas, pelo contrário. Aprofundados, os vícios tornaram-se um metódico meio de se manter no poder e, para alguns, enriquecer.

Como estarão a política e a economia dentro dos próximos 30 dias? A falta de respostas claras é outro componente a colocar mais lenha e combustível na fogueira da crise de credibilidade. Quem acompanhou com atenção a fala da presidente na volta dos trabalhos legislativos ouviu apenas uma certeza objetiva: o Governo vai apresentar a proposta da CPMF.

Vai apresentar, mas não há nada que garanta que a medida será aprovada pelo Congresso. Porém, é possível extrair uma certeza dentro desse processo: o Governo vai jogar suas fichas para conquistar apoios. Que fichas? O de sempre: aquilo que o PT na oposição tratava como fisiologismo, uma das grandes velharias que persistem no País.

A palavra “fisiologismo” é chave para entender como se faz política no Brasil. A definição do termo se relaciona com “clientelismo” e “patrimonialismo”, dois outros termos profundamente estudados pelos cientistas políticos que remetem à formação e à fundação do País.

O que é fisiologismo (por Said Farhat): “A palavra fisiologismo é empregada, em política, em sentido sempre depreciativo. Indica a ação dos políticos, em geral, e dos parlamentares, em particular, condicionada e determinada, principal ou exclusivamente, pelos seus interesses pessoais ou pelos de sua clientela. Não é preciso dizer que, nem sempre ou quase nunca, tais interesses estão amparados pela ética, a lei, a moral ou os costumes”.

Mais: “Fosse possível fazer uma comparação, poderia concluir-se que a palavra ‘fisiologismo’ tem sentido ainda mais pejorativo que ‘clientelismo’, dado o componente de interesses pessoais mais presente no primeiro que no segundo”.

Pois é. A construção da desconfiança vem de longe.

Homicídios registram queda de 25,3% em janeiro no Ceará

iagmgmmggg

Em seu Facebook, o governador Camilo Santana divulgou número de homicídios registrados em janeiro, no Ceará. Foi durante reunião, nesta manhã de quinta-feira, na sede da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado. Confira:

Bom dia a todas e a todos! Divulgamos nesta quinta-feira, durante a reunião de monitoramento do programa “Em Defesa da Vida”, da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social, a redução de 25,3% do número de homicídios em janeiro no Ceará.

Foram 109 vidas salvas neste mês, em comparação com o mesmo período do ano passado. Na Capital, a redução ficou em 50%.

Importante ressaltar que continuamos trabalhando duro e investindo em ações importantes para trazermos mais segurança para nossos irmãos e irmãs cearenses.

Grande abraço a todos!

(Foto – Facebook)

Homem é preso ao tentar aplicar golpe em… delegacia!

foto cesar wagner

Um homem de 22 anos foi preso em flagrante, nessa quarta-feira (3), na Delegacia de Acidentes e Delitos de Trânsito (DADT), no Centro, após tentar registrar ocorrência para conseguir o benefício do Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres (DPVAT).

Segundo o titular da especializada, delegado César Wagner, o homem disse ter sofrido um acidente de moto, em dezembro passado, no bairro Vila Velha, mas entrou em contradição ao citar a moto envolvida no suposto acidente com a documentação apresentada de outra moto.

Já em depoimento pelo flagrante de falsidade ideológica, o homem afirmou que não apresentou a documentação da moto no suposto acidente, pois havia vendido o veículo. A Polícia checou a documentação apresentada e descobriu que o veículo é de propriedade do pai da namorada do acusado, que deverá ser intimado para esclarecimentos.

A DADT assumiu no Ceará as investigações de fraudes no DPVAT e, segundo César Wagner, os inquéritos não param de crescer. Ainda nessa quarta-feira, outros três procedimentos foram realizados. Na maioria dos casos de fraudes, os acusados mostram ferimentos adquiridos em residências como se tivessem sido no trânsito. Mortes naturais também chegam a ser registradas como mortes no trânsito pelos estelionatários.

Presidente nacional do Partido da Mulher abençoa união do partido no Ceará com o PSD

ddee6032-43ac-484b-ada2-65805c5dc581

Suêd Haidar, presidente nacional do Partido da Mulher Brasileira (PMB), endossou a parceria que seu partido no Ceará fechou com o PSD e que, na Assembleia Legislativa, respaldará o Governo Camio Santana (PT)_.

A união dessas duas legendas fez com que o bloco na Assembleia assumisse a condição de segunda maior representação na Casa.

Em Brasília, os parlamentares do PMB conheceram melhor as diretrizes do PMB, num encontro com Suêd Haidar articulado pelo deputado federal Domingos Neto.

DETALHE – Ficou acertado também que o bloco apoiará a reeleição do prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT).

(Foto – Divulgação)

Acrísio Sena vai puxar a “Blitz da Prevenção”

136 1

96786113-3177-4427-b897-e2a5dec0c5b1

Como acontece em todo Carnaval , o petista Acrísio Sena, vereador licenciado e assessor de Acolhimento dos Movimentos Sociais do Governo, fará uma blitz educativa neste sábado de folia. Será a partir das 9 horas, na avenida Mister Hull, mais precisamente no semáforo da Rodoviária dos Pobres (Bairro Antônio Bezerra).

O evento, que chegará ao sétimo ano, contará com o apoio da Secretaria Municipal de Saúde, Secretaria de Segurança Pública e Polícia Rodoviária Federal, ocasião em que haverá a distribuição de material educativo abordando a prevenção às doenças sexualmente transmissíveis, boas práticas no trânsito e dicas para combater o mosquito transmissor da dengue, zyca e chikungunya.

(Foto – Arquivo do Blog)

Wesley Safadão compõe música em parceria com seus fãs em ação promovida pela Oi

371f674a-52ca-4d87-9e1c-5cac24208726

O cantor Wesley Safadão aceitou o desafio da Oi de compor uma música junto com seus fãs. Em menos de uma semana da campanha, o cantor arrastou mais de 40 mil menções para o seu Twitter com a hashtag #LivreComSafadao. A faceta, inédita na vida profissional de Wesley, se deve ao apelo que o cantor fez quando divulgou um vídeo, nas suas próprias redes sociais, pedindo a ajuda dos fãs para compor uma nova música.

As participações não pararam por aí. Fãs de carteirinha e curiosos foram responsáveis por 3,5 milhões de visualizações dos vídeos de Wesley e de posts de famosos que aderiram à campanha. Todo o movimento da #LivreComSafadao é motivo de curtição. Os posts do cantor, @digaoi e influenciadores marcaram 1,03 milhões de interações nas redes sociais.

Wesley começa cantando o refrão “Eu tô livrinho na balada e ninguém me segura. Eu disse é zap, zap, zap. As minas pira, pira, pira. Loucura, loucura”, e em seguida convoca seus seguidores para ajudar a concluir a letra através do Twitter. A hashtag #LivreComSafadao movimentou as redes sociais e foi uma das mais usadas em diversas regiões do país, como: Rio de Janeiro, São Paulo, Fortaleza e Recife, no primeiro dia da ação da Oi com o cantor. A segunda fase da campanha com a divulgação da música e de um clipe, segue até depois do carnaval.

A música “Livre na Balada” envolveu milhares de fãs, que contribuíram com estrofes e frases. Famosos como Anitta, Thiaguinho, Lucas Lucco, PretaGil, Valesca Popozuda, Mr. Catra e Péricles também incentivaram o publico a enviar suas sugestões. O resultado da ação promovida pela Oi levou a produção de um novo videoclipe lançado dia 3 de fevereiro nas redes sociais.

DETALHE – A nova canção fará parte do repertório do Safadão neste Carnaval 2016 de Fortaleza, Recife, Caicó (Rio Grande do Norte) e Salvador.

DETALHE 2 – A iniciativa da Oi provoca o consumidor a interagir mais através do Oi Livre, plano pré-pago da Oi, lançado em novembro de 2015.

SERVIÇO

Link do clipe: aqui.

(Foto – Divulgação)

Cooperados da Saúde em clima de bloco do “Enverga, mas não quebra”

sindik2-625x414

No último protesto, prevaleceu a ironia á crise no setor da saúde.

Depois de duas paralisações – uma no dia 29 de janeiro e outra nessa quarta-feira, finalmente começou a sair dinheiro para os profissionais cooperados da CooSaúde, que prestam serviços nas unidades hospitalares como o César Cals, que ameaçava greve.

Saiu o desembolso de um de dois meses do pagamento atrasado, no que esse pessoal poderá até brincar o Carnaval.

Se é que vai sobrar algum depois da turma liquidar as contas em atraso.

(Foto – SindSaúde)

Uma mistura de Shaolin, Tasso, Ciro e Safadão

190 2

safadao

tasociror

Com o título “As águias, Shaolin, Safadão e o Dragão”, eis artigo do presidente do Instituto Dragão do Mar, Paulo Linhares. Ele aborda episódios da política como o antipetismo e o sucesso de Safadão, por exemplo. Confira:

Como na clássica matéria de Gay Talese “Frank Sinatra está resfriado” – em que o repórter é encarregado de fazer um perfil da voz, mas, ao saber que ele está resfriado e não vai falar, faz inesquecível descrição do cenário que o cercava –, eu deveria falar do Brasil.

Mas o Brasil está resfriado. E o Ceará, mesmo contaminado pela zika e epidemia de violência resultantes da inclusão via consumo de massa, ainda consegue ir às ruas, trabalhar e se divertir.

Nesse sentido, três fatos me chamaram a atenção nos últimos dias. O primeiro: a fragilidade crescente do Lulismo em se defender do massacre dos barões da mídia. É um ataque de classe, eu sei. Mais estético do que qualquer outra coisa, como ilustra a foto de Lula com um isopor na cabeça. O segundo: assusta-me a organização de uma nova direita com arcaísmos e falso moralismo; e, terceiro: assusta-me a dificuldade de compreensão da nossa esquerda de que Lula fez um pacto com as elites empresariais brasileiras e foi engolfado por elas.

Fica evidente, nesse momento, o papel inteligente de dois políticos cearenses. Ciro Gomes, na crise, transforma-se em personagem de grande porte da política nacional pela lucidez como compreendeu o abraço de tamanduá dessa elite. E Tasso Jereissati, membro dela, que não tem participado da sanha antipetista punitiva. Reservou-se papel de homem do diálogo. Saem da crise maiores do que entraram.

Outro aspecto é de como a cultura cearense tem enorme capacidade de conquistar público e de se defender do padrão centralizador e castrador da produção cultural de massa sudestina.

Quatro casos de sucesso ilustram: o forró eletrônico do Safadão; o cinema popular de Cine Holiúdi e Shaolin; o pré-carnaval de Fortaleza; e o sucesso das produções cearenses apresentadas no Dragão, onde artistas locais empolgam um público de mais de um milhão e meio de pessoas, por ano.

E, antes que me torturem por elogiar Safadão como produto cultural, vou logo avisando: ele não é ruim. Ruim seria se existisse somente ele. Ele representa nossa capacidade popular de se defender do consumo de massa imposto e importado. Assim como o Lulismo errou num padrão keinesiano de consumo sem investimento de base nas cidades, o campo cultural do Ceará precisa do sucesso do Dragão e da Escola Porto Iracema das Artes, pois representa formação, criação de alto repertório e inovação.

Paulo Linhares

paulolinhares@dragaodomar.org.br

Doutor em Sociologia da Cultura, professor da Universidade Federal do Ceará e, atualmente, exerce o cargo de presidente do Instituto Dragão do Mar.

Para Miriam Leitão, o Brasil enfrenta uma “crise gêmea”

21400c53-d43a-48d4-8719-981e7a93fbae

A jornalista Miriam Leitão, comentarista de Economia da Globo, participou, nessa quarta-feira, do Fórum Ideias em Debate Edição Especial Cariri, realizado no Hotel Iu-à, em Juazeiro do Norte. O encontro foi promovido pela Federação das Indústrias do Ceará e contou com a presença de uma comitiva de Fortaleza, com 40 empresários liderados pelo presidente da FIEC, Beto Studart.

Analisando a conjuntura, Miriam Leitão disse que o Brasil vive uma “crise gêmea”, de viés político e econômico. “O Brasil é muito imediatista, não faz planejamento, não se prepara”. De acordo com a jornalista, o País precisa olhar quais riscos corre e o que o futuro recomenda.

Sobre o atual governo, Miriam disse que a situação da presidente Dilma Rousseff é difícil e que precisa primeiro sair da crise econômica para conseguir governabilidade. Segundo ela, é difícil governar “num momento em que todos fogem.”

(Foto – Fiec)