Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

BNB abre linha de crédito para ramo pet do Ceará

O Sindicato das Empresas de Petshop e Clínica Veterinárias do Ceará (Sinpet) e o Banco do Nordeste firmaram um acordo de cooperação. A instituição vai oferecer ao segmento linha de crédito voltada para a expansão do segmento pet no Estado. A informação é da assessoria de imprensa do Sinpet.

A assinatura do termo ocorreu nessa segunda-feira, na presidência do BNB e reuniu, além do presidente do banco, Romildo Rolim, o superintendente estadual, Jorge Bagdeve, o presidente do Sinpet-CE, Felipe Ribeiro, e diretores da entidade.

“Para nós é motivo de orgulho esta parceria com um sinpet que vem fazendo um grande trabalho neste segmento que tanto tem se destacando” afirmou Romildo Rolim presidente do BNB.

Para Felipe Ribeiro, presidente do Sinpet , essa parceria “chega em um bom momento e traz fôlego novo para nossos filiados que, mesmo em momento de crise nacional, tem buscado crescer para alavancar nossa economia”.

(Foto – Divulgação)

Maia Júnior vai à Assembleia expor proposta orçamentária 2019 do Estado

A proposta de Lei Orçamentária Anual (LOA) 2019, que estima as receitas e fixa despesas para o exercício financeiro, será apresentada, a partir das 14 horas desta terça-feira, durante audiência da Comissão de Orçamento, Finanças e Tributação da Assembleia Legislativa. A apresentação terá à frente o secretário do Planejamento e Gestão do Ceará, Maia Júnior.

Segundo o presidente da comissão de orçamento, deputado Joaquim Noronha (PRP), o encontro servirá para esclarecer à sociedade sobre dúvidas acerca da matéria e para que os parlamentares avaliem os problemas no tocante a ordenamento orçamentário do Estado.

“É nessa audiência pública que os prefeitos, vereadores, Poder Judiciário, Ministério Público, Poder Executivo e o Poder Legislativo podem propor alterações via emendas. Esse é o momento em que a Assembleia Legislativa está aberta a ouvir todo o estado do Ceará, para que os deputados possam analisar e decidir se querem fazer ou não alterações”, acentuou Joaquim Noronha.

Estimativa

A LOA, prevista no projeto 72/2018, enviado pelo Governo do Estado, estima o montante de R$ 28,3 bilhões para o orçamento do Ceará no próximo ano.

(Foto – Divulgação)

Cid quer oposição vigilante a Bolsonaro e volta a atacar petistas: “Estão condenados a se tornar um gueto”

1102 40

O senador eleito Cid Gomes (PDT) disse, nesta manha de terça-feira, que o bloco de oposição que está sendo articulado por ele e outros parlamentares de partidos como a Rede, PPS e até o PSDB, não inclui o PT “porque o PT, antes de pensar no Brasil, pensa nele!”

Cid deu essas declarações em entrevista ao Jornal da CBN e lamentou esse tipo de postura do quanto pior melhor e chegou a vaticinar: “Estão condenados a se tornar um gueto por um bom tempo nesse País”.

Referiu-se também ao fato de que os petistas parecem satisfeitos em ter conquistado a posição de maior bancada na Câmara dos Deputados, quando poderiam ter feito uma autocrítica de atos de corrupção praticados durante 12 anos à frente do País.

“O PT não é nosso adversário”, ressalvou, observando, no entanto, que o bloco de oposição que se procura formar quer uma postura de “vigilância” quanto ao próximo governo, com a expectativa de torcer pelo bem do País e de apoiar aquilo que for bom para o País. Para ele, os petistas insistem na postura do “quanto pior, melhor”, no que não concorda.

“A gente deve dar crédito de confiança a quem está chegando e respeitar as urnas”, destacou Cid Gomes, embora tenha algumas críticas à futura gestão como ter dado poder demais para um ministro, no caso Paulo Guedes (Economia). Ele prevê que conflitos ideológicos poderão, num curto espaço de tempo, provocar crises entre o presidente e seu ministro.

“Será um governo do imponderado”, previu.

Sobre a indicação de Sérgio Moro, ex-juiz federal que comandou processos da Lava Jato, disse ter sido uma escolha “mais voltada para o marketing”, levando em conta uma das maiores preocupações do brasileiro hoje, no caso a questão da segurança pública.

(Foto – Tatiana Fortes)

Presidente eleito da Câmara Municipal e uma comemoração sem confetes

321 4

O presidente eleito da Câmara Municipal de Fortaleza, Antônio Henrique (PDT), com apoio de 42 dos 43 membros da Casa 0 Márcio Martins (PROS) se absteve, comemorou a conquista.

Mas nada de festão em buffet ou coisa parecida. Foi almoçar com a família e amigos no restaurante Dona Janice, que fica em frente a sede da Câmara Municipal, onde pega o velho rango diariamente.

Quem o conhece, sabe da sua simplicidade. Torcida para que não mude de postura.

(Foto – Facebook)

Editorial do O POVO – “O equilíbrio das contas públicas”

84 1

Com o título “O equilíbrio das contas públicas”, eis o Editorial do O POVO desta terça-feira:

É praticamente unânime entre os economistas a prescrição para que o Brasil reduza os gastos públicos, que seria pré-condição para a implementação de qualquer política visando o equilíbrio das contas governamentais. Umas das medidas mais duras nesse sentido foi implementada pelo governo Michel Temer, em 2016, com a aprovação da PEC do Teto dos Gastos, que congelou por 20 anos os dispêndios do País, com cifras corrigidas pela inflação. Segundo o argumento do governo, é impossível permanecer na situação na qual o Brasil gasta muito mais do que arrecada.

Com o mesmo objetivo – a redução de gastos – também vigora, desde o ano 2000, a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), impondo limites à folha de pagamento – incluindo aposentadorias – do funcionalismo da União, estados e municípios. Por essa lei, o gasto com pessoal pode alcançar, no máximo, 50% da receita corrente líquida (RCL) dos governos. Ocorre que a despesa com o funcionalismo da União vem dando saltos nos últimos anos, chegando próximo ao limite da LRF, segundo dados do Ministério do Planejamento. Em 2017, as despesas chegaram a 41,8% da RCL, percentual mais alto, desde a criação da lei. Em 2012, o gasto equivalia a 30% da RCL.

Especialistas apontam que o funcionalismo público – especialmente algumas categorias – têm enorme poder de pressão, por estarem próximas aos centros de poder, como é a opinião do professor FGV, Sérgio Luiz Moraes Pinto, expressa na edição de ontem deste jornal. Ele comentava a informação que o Judiciário havia quadruplicado as despesas com pessoal em pouco mais de 20 anos (1995-2017), já descontado o percentual da inflação. O Ministério Público, por sua vez, registrou aumento de despesas maior do que o Judiciário, mais de 347%, em termos reais, no mesmo período. Representantes de juízes e procuradores justificam o aumento de despesas com reestruturação pelas quais passaram as instituições, incluindo mais contratações.

De qualquer modo, fica cada vez mais difícil explicar o recente reajuste de 16,38%, concedido ao Judiciário, e à insistência da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, que recorreu ao Supremo Tribunal Federal (STF) para manter o auxílio-moradia para o Ministério Público. Isso porque, se o governo não economizar de um lado, precisará fazê-lo por outro, apenando os setores mais vulneráveis da população.

(Editorial do O POVO)

Wescley ganha prêmio de gol mais bonito do ano no Brasileirão

(Foto – Felipe Santos Cearasc.com)

O primeiro gol do Ceará na Série A do Campeonato Brasileiro 2018 foi uma pintura de Wescley, de fora da área, contra o Corinthians na terceira rodada da competição. Esse tento concorreu ao Bola de Prata para o gol mais bonito do ano e venceu, em anuncio nesta segunda-feira, 3. A premiação é da ESPN com a revista Placar.

Na partida, o gol aconteceu aos oito minutos do primeiro tempo e aconteceu em jogada bem trabalhada. Juninho, no meio do campo, acertou passe para Elton, que levantou para Wescley e saiu em velocidade. A ideia talvez fosse o atacante receber de volta, mas o camisa 27 dominou no peito e arrematou de fora da área, sem deixar a bola cair. Cássio ainda tentou fazer a defesa, mas sem sucesso.

Aquele tento abriu o placar no jogo, mas Henrique acabou empatando para os donos da casa ainda no primeiro tempo, dando números finais ao jogo em 1 a 1. Aquele seria o primeiro ponto alvinegro conquistado fora de suas dependências, já que havia empatado com o São Paulo em casa na segunda rodada, mas acabou sendo derrotado pelo Santos na primeira ronda.

Sebrae ganha homenagem em festa do setor varejista de carnes do Ceará

O Sindicato do Comércio Varejista de Carnes do Ceará (SindCarnes) realizou, nessa noite de segunda-feira, no Ilmar Buffet, em Fortaleza, o tradicional Jantar do Boi. Na ocasião, a entidade fez homenagens a personalidades do setor político, imprensa e da área produtiva.

Entre homenageados, o presidente eleito da Confederação Nacional do Comércio, José Roberto Tadros, o jornalista Moacir Maia, porta-voz do prefeito Roberto Pessoa Cláudio (PDT) e Airton Gonçalves, diretor administrativo-financeiro do Sebrae no Estado,  que recebeu o Troféu Jangada.

Airton agradeceu a homenagem que o SindCarnes lhe ofereceu e, de acordo com o presidente dessa entidade, Francisco Everton, um reconhecimento a um técnico que trabalha, de fato, em favor do crescimento das microempresas no Ceará.

(Foto – Paulo MOska)

Seminário Agrosetores Ceará 2018 acontece na próxima semana no Centro de Eventos

Discutir ações e projetos destinados a desenvolver o agronegócio no Ceará, possibilitando o contato do público com artigos vindos direto dos produtores rurais será um dos objetivos do Seminário Agrosetores Ceará 2018. O evento, promovido pelo Instituto Future, acontece entre os dias 11 e 13 próximos, no Centro de Eventos do Ceará, e contará com rodadas de negócios, mesas temáticas, palestras e reuniões para debater assuntos relativos aos setores elencados.

Um panorama do setor agropecuário cearense por meio das Câmaras Setoriais e Temáticas existentes também será exposto durante o evento. No Ceará, as câmaras ligadas ao agronegócio atuam para promover as cadeias produtivas de frutas, flores, mel, leite, ovinocaprino, tilápia, trigo, caju, camarão, carnaúba e equinos.

A pauta de debates do Seminário contará com temas como a atração de investimentos estrangeiros para o agronegócio brasileiro, meio ambiente e agronegócio, comércio exterior e floricultura e a importância da transposição do Rio São Francisco para a segurança hídrica no Ceará.

De acordo com o diretor de Agronegócio da Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece), Sílvio Carlos Ribeiro, este é um importante momento para debater as principais dificuldades de cada setor e as possibilidades de alavancar os negócios dos produtores cearenses. “Apresentar o setor do agronegócio cearense à sociedade, discutir as demandas de cada segmento e propor ações estratégicas para 2019 são alguns dos nossos propósitos com a realização do evento”, destaca Silvio Carlos. O diretor diz ainda que a gastronomia local também se fará presente de maneira muito marcante no Seminário, valorizando e apresentando saberes, processos e produtos locais através de chefes convidados e dos alunos da Escola de Gastronomia Social Ivens Dias Branco.

Um dos momentos mais aguardados do evento será o lançamento da nova dinâmica das Câmaras Setoriais do Estado do Ceará. A novidade será anunciada e explanada no primeiro dia do Seminário, durante a solenidade de abertura, com a apresentação do novo formato adotado pelo Governo do Ceará, por meio da Adece, e construído em parceria com os principais setores da economia cearense.

“Foi um trabalho desenvolvido durante todo o ano de 2018 e construído a quatro mãos. Além da Adece, participaram da elaboração do modelo os principais representantes dos setores da agropecuária, indústria e comércio cearense, além das Câmaras Setoriais já existentes. Dentre as principais entidades que uniram esforços nesse trabalho de reconstrução estão Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Ceará (FAEC), Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), Federação do Comércio do Estado do Ceará (FECOMÉRCIO), Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas (FCDL), além dos projetos Ceará 2050 e Fortaleza 2040”, comenta o presidente da Adece, Eduardo Neves.

A cerimônia contará ainda a posse dos novos presidentes, vice-presidentes e secretários-gerais das Câmaras Setoriais e Temáticas para o exercício de janeiro a dezembro de 2019.

Em Fortaleza, Projeto Lê Pra Mim, do BNDES, convoca artistas como Fagner

Fortaleza receberá, de amanhã até quinta-feira, das 9 às 15 horas, na Academia Cearense de Letras (Centro), o projeto “Lê Pra Mim?”.

A iniciativa é do BNDES e reúne artistas e gente da mídia conduzindo leitura de livros infantis para a criançada.

Nessa lista do projeto na Capital cearense, estão entre convidados o cantor e compositor Raimundo Fagner e a atriz, cantora e humorista Fafy Siqueira.

(Foto – Divulgação)

Acrísio Sena lança livro “Viver Fortaleza: Cidade, Política e Direitos Humanos”

O vereador Acrísio Sena (PT), que foi eleito deputado estadual, lançará, às 19 horas da próxima quarta-feira, 5, na Câmara Municipal de Fortaleza, o livro “Viver Fortaleza: Cidade, Política e Direitos Humanos”.

Trata-se de uma coletânea de artigos que o parlamentar escreveu, ao longo dos últimos anos, para a página de Opinião do O POVO.

Em Fortaleza, preço dos imóveis caiu 3% nos últimos 12 meses

O Imovelweb INDEX chegou à Fortaleza, no Ceará. O estudo mensal, elaborado por um dos maiores portais imobiliários do País, traz os preços e os perfis dos imóveis disponíveis para venda localizados na capital cearense. A pesquisa teve como base os anúncios inscritos no site no último mês de setembro, informa a assessoria de imprensa desse serviço.

No período, o preço médio do metro quadrado de um apartamento padrão, de 65 m², 2 dormitórios e 1 vaga de garagem, girou em torno de R$ 4.879,00, apontando uma queda de 1% no mês e de 3% nos últimos doze meses. Em termos reais (IPCA 15), o retrocesso foi de 7%.

De acordo com o estudo, SER II é a região com o preço médio mais elevado da cidade, cotado a R$ 5.352,00/m². Já o SER V concentra as ofertas mais econômicas, com o metro quadrado a R$ 3.131,00. SER I foi a região que apresentou a maior queda de preços nos últimos doze meses, 9,9%.

“Em Fortaleza, os preços dos imóveis vêm caindo de forma generalizada. No período avaliado, o bairro do Meireles registrou o preço médio mais elevado, com R$ 7.181,00/m². Já Prefeito José Valter é o mais econômico, com R$ 2.098,00/m²”, comenta o CEO do Imovelweb, Leonardo Paz.

A maior parte dos apartamentos à venda em Fortaleza, se concentra no SER II, com 58% dos imóveis. SER VI e SER IV, acumulam 15% e 10% das oportunidades, respectivamente. As demais regiões acumulam 17% das ofertas.

(Foto -Ilustrativa)

Sindilojas vai entregar a Comenda Edson Queiroz

O Sindicato dos Lojistas de Fortaleza vai entregar, às 18 horas da próxima quarta-feira, em sua sede, a Comenda Edson Queiroz.

Receberão Vicente Rolim, na Lojista, e Francisco Everton, presidente do SindCarnes do Estado, na categoria Personalidade.

À frente do ato, Cid Alves.

DETALHE – Nesta noite de segunda-feira, Everton estará comandando o tradicional Jantar do Boi, no Ilmar Buffet, ocasião em que haverá homenagem a algumas personalidades como José Roberto Tadros, presidente do CNC,e o jornalista Mocir Maia, porta-voz da Prefeitura de Fortaleza.

(Foto – Divulgação)

Prefeito Roberto Cláudio comemora o consenso em torno de Antônio Henrique

O prefeito Roberto Claudio está comemorando o resultado da eleição da nova mesa diretora da Câmara Municipal de Fortaleza, com a chapa encabeçada pelo vereador Antônio Henrique, do seu partido, o PDT.

Isto porque a estratégia montada por RC, em articulação com o atual presidente da Casa, Salmito Filho (PDT), resultou em um processo que se permitiu ouvir, debater e indicar uma candidatura do pedetismo que mais agregasse a bancada e a própria casa legislativa.

Como presidente da legenda em Fortaleza, o prefeito conduziu uma dinâmica única, democrática e respeitosa com a pluralidade da casa. A constatação vem dos próprios vereadores.

Após ter ouvido a todos, tanto de situação como da oposição, inclusive ter realizado junto com o presidente Salmito Fiulho uma reunião específica com a bancada do PDT, RC se decidiu por Antônio Henrique porque “ele experiência, respeito do seus pares e entende a pluralidade e diversidade de opiniões de um parlamento”.

O prefeito avalia que Antônio Henrique terá assim “todas as condições de dar prosseguimento ao trabalho de muitos resultados do presidente Salmito Filho frente à Câmara, além de incorporar atendimento às novas demandas da cidade”.

(Foto – Aurélio Alves)

MST do Ceará promove a I Mostra Nacional de Produtos da Reforma Agrária

O Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) vai realizar, na próxima quarta-feira, a I Mostra Nacional dos Produtos da Reforma Agrária. A atividade acontecerá numa feira extraordinária programada para o Centro de Formação Capacitação e Pesquisa Frei Humberto, situado em Fortaleza.

De acordo com a assessoria de imprensa do evento, serão expostos e comercializados diversos produtos in natura e industrializados de várias cooperativas de todo o País inteiro. A feira é resultado do Encontro Nacional das Cooperativas do MST, que ocorre nesta mesma semana no Estado.

Programação

9 horas – Abertura da feira
11 horas – Atividades com Governo do Estado ( FEDAF/ São José III)
12 horas – Música ao vivo (Cumpadi Barbosa)

SERVIÇO

*Centro de Formação Capacitação e Pesquisa Frei Humberto – Rua Paulo Firmeza, 445 – São João do Tauape.

(Foto – Ilustrativa)

Beto Studart receberá a Medalha Ivens Dias Branco

O presidente da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), Beto Studart, receberá a Medalha Ivens Dias Branco, a mais alta comenda do Governo do Estado na área empresarial.

A solenidade ocorrerá na próxima quinta-feira, a partir das 19 horas, no Palácio da Abolição, tendo à frente o governador Camilo Santana (PT).

O primeiro agraciado com a comenda foi o empresário José Dias de Macedo (99), em ato realizado ano passado.

(Foto – Fábio Lima)

Complexo do Pecém promove workshop com fornecedores

108 1

A Associação das Empresas do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (AECIPP) realizará, das 8 às 12 horas da próxima quinta-feira, o II Workshop do Fórum de Desenvolvimento de Fornecedores. Vai ocupar espaços no auditório do IFCE – Campus do Pecém, com o objetivo de aproximar empresas que atuam nesse complexo com empresas fornecedoras.

A programação é gratuita e contará com palestras que irão abordar os desafios e as oportunidades no desenvolvimento de fornecedores no CIPP, rodada de negócios e talk show com Ricardo Parente, presidente da AECIPP) Marcus Lemos, gerente de Suprimentos da Companhia Siderúrgica do Pecém e coordenador do Fórum de Desenvolvimento de Fornecedores da AECIPP), Danilo Serpa, presidente do CIPP), Consultoria McKinsey, além dos prefeitos das cidades de São Gonçalo do Amarante, Cláudio Pinho, e de Caucaia, Naumi Amorim.

Durante o Workshop, estarão presentes sete associadas: Aço Cearense, Cimento Apodi, CSC, CSP, DSM, EDP e ENEVA. “Como o complexo possui muitas empresas de fora do Brasil e com diversas regras internas, o Fórum de Desenvolvimento de Fornecedores vem para facilitar o relacionamento entre as empresas do complexo e os fornecedores da região, facilitando os processos do dia a dia e gerando novos negócios na região”, explica o diretor-executivo da AECIPP, Ricardo Sabadia.

DETALHE – O Fórum de Desenvolvimento de Fornecedores da AECIPP surgiu em meados de 2017 com o intuito de identificar as necessidades de fornecimento das empresas do Complexo do Pecém, de forma a potencializar a atração e o desenvolvimento de fornecedores do Estado do Ceará.

SERVIÇO

*Auditório do IFCE – Campus Avançado do Pecém (CE-155 Km 04)

*Inscrições gratuitas pelo link: goo.gl/forms/VTEMMLTu1Fd3A0jD2

(Foto – Divulgação)

Marcelo Uchoa – Meu desabafo sobre as eleições da OAB do Ceará

194 9

Com o título “Meu desabafo sobre as eleições da OAB do Ceará”, eis artigo do professor universitário e também advogado Marcelo Uchoa. Ele comenta o pleito da Ordem e os porquês de não estar na chapa vitoriosa de Erinaldo Dantas. Confira:

Pensei em comentar sobre as eleições OAB antes das eleições, mas não o fiz em respeito a um amigo-irmão querido. Agora sinto-me à vontade pra dizer duas coisas, mesmo sabendo que, depois de passadas as eleições, a hora não é dos críticos, é dos babões: primeiro, me senti alijado do grupo do citado querido amigo por ser um militante com identidade ideológica absolutamente assumida e definida, por ser alguém que chama nacional e internacionalmente o golpe de golpe, condena publicamente o fascista eleito e cobra da OAB a responsabilidade que deveria ter, mas que hipócrita e covardemente não tem, relativamente ao assunto; segundo, lamento bastante pela gestão que iniciará, porque teria ao seu dispor alguém com um gás full time, que, muito mais do que olhar pro próprio umbigo ou pro sucesso de sua própria carreira, ou pra cargos que eventualmente o poder disponibiliza pra advocacia, entende que o papel social da OAB é pedra fundamental para a construção de uma advocacia respeitada e fortalecida e, sobretudo, uma sociedade fraterna, democrática, minimamente justa. Há outras companheiras e companheiros como eu no grupo que também pensam assim, mas conto nos dedos os que estão em ruas e praças lutando ao lado do povo e da democracia.

Não tenho medo disso, muito pelo contrário, me sinto bem ali naquele fuzuê democrático e insurgente. No meu caso, podem vir patrões, PM, leões-de-chácara, justiça federal, justiça estadual, receita federal, polícia federal, o cacete a quatro, simplesmente não tenho medo. Aliás, enfrento um a um até debaixo de arma apontada pra minha cara, como já várias vezes fizeram. Dentro da institucionalidade democrática, jamais me intimidarão ou pegarão, porque sou advogado de verdade e não devo nada a ninguém. Faço questão de honrar, nos mínimos detalhes, minhas dívidas até pra poder criticar quem não o faz. E olhe que são muitos!!

Quem já teve a oportunidade de “sutilmente” tentar me subornar, mesmo quando estive em cargos no governo, escutou o suficiente pra saber que não me corrompo, tampouco corrompo a alguém. Creio que tenham se arrependido amargamente da tentativa. Também não é do meu feitio puxar o saco. Simplesmente digo o que tem que ser dito e faço o que tem que ser feito. Minhas forças são o conhecimento do Direito, a noção razoável de justiça e a palavra forte.

Deus me deu a oportunidade de não precisar da OAB pra absolutamente nada na minha vida. A permanecerem as coisas assim, continuarei defendendo, com sucesso, trabalhadoras e trabalhadores, servidoras e servidoras públicos e movimentos sociais, assim como venho fazendo há mais de 26 anos. Continuarei, também, se assim quiserem, dando minhas aulas prazerosamente, o que já faço há outros 10. Mergulharei nos estudos. Quem sabe, um novo doutorado, pós-doutorado, sei lá, pode ser até uma nova graduação. Continuarei desse mesmo jeito.

Vocês nunca me verão no livro dos advogados mais admirados do Ceará, do Brasil e do Mundo, porque jamais pagarei pra aparecer naquilo. Vocês jamais me verão recebendo homenagens de melhor professor advogado (a menos que a escolha provenha de um processo sério). Vocês jamais me verão nas tais Academias de Direito disso ou daquilo, apesar de ter vários livros e dezenas de artigos publicados (agora mesmo um saiu na LTr, principal revista trabalhista do país, deste mês), a menos que se transformem em entidades sérias. Já tentei participar de uma dessas tais Academias de Direito imaginando que fossem sérias. Não queiram ver os prints de WhatsApp que tenho sobre essa experiência lamentável. Enfim, vocês também jamais me verão recebendo medalhas municipais e estaduais previamente encomendadas para esnobar diante da classe. Jamais disputarei um novo processo de quinto constitucional, que, considero, foi a coisa mais nojenta a que tive que me submeter em toda minha vida (idem, não queiram ouvir os áudios que certamente tenho arquivado). Coisas desse tipo deveriam servir de motivo pra investigação séria do Ministério Público Federal. Se não são, não duvido de que seja porque os processos similares ministeriais também sejam eivados de imoralidades.

Finalmente, lamento muito que minha instituição, a OAB, que tanto se gaba por lutar por ética para as demais instituições, não faça valer sua própria pregação.

Espero, honestamente, de todo coração, que o colega Erinaldo Dantas (eleito presidente) consiga moralizar e por nos trilhos essa instituição que tanto serviço já prestou ao Ceará e ao Brasil. E não só isso: faça-a uma instituição decente, útil e necessária também para a advocacia. Só por causa dele, em respeito à nossa amizade, de minha parte, fraterna, amizade de chorar no ombro do amigo quando o amigo chora, de se alegrar pela felicidade do amigo quando ele conquista algo bom pra vida dele, entendi (embora magoado) ser apartado do grupo, nada comentando sobre essas coisas, exceto com pessoas de confiança em comum, antes das eleições da OAB.

De qualquer forma, se alguém votou nessa chapa, mas, de alguma forma, se sensibilizou com o que eu disse, fique tranquilo. Votou na melhor opção. Não falo pelo grupo todo, porque não conheço, mas o Erinaldo é um cara bom, decente. Além disso, é um advogado respeitado na carreira, tem serviços prestados à advocacia e mostrou que possui garra pra levar adiante o processo. Ao lado dele, há pessoas que também tenho certeza de que são sérias, não convindo nomina-las.

Nossa equipe do escritório votou em peso na chapa do Erinaldo, menos eu porque estava viajando. Nem por isso, contudo, deixei de fazer a minha prece pela sua vitória.

*Marcelo Uchoa

Advogado e professor universitário.

Futebol cearense fecha 2018 com o melhor desempenho no Nordeste

104 1

Apito final no calendário oficial do futebol brasileiro em 2018. Com as quatro divisões do campeonato nacional encerradas, o balanço da temporada apresenta um destaque especial: o desempenho dos times cearenses. Pelo segundo ano seguido, os representantes do Estado tiveram um ano de glórias no Campeonato Brasileiro. Dessa vez, além de repetir os dois acessos do ano passado, as equipes alencarinas conquistaram títulos em duas séries, com o Fortaleza na Série B e o Ferroviário na Série D, além não registrarem, novamente, nenhum rebaixamento nas competições da CBF. De quebra, o futebol cearense ainda garantiu a presença de dois clubes, Ceará e Fortaleza, na Série A 2019.

O saldo é o melhor entre todos os estados do Nordeste. Por outro lado, duas outras potências da região, Bahia e Pernambuco, tiveram um ano negativo. Os pernambucanos ficaram sem representante na elite do Brasileirão, com o rebaixamento do Sport. E ainda viram os outros dois clubes tradicionais do Estado, Náutico e Santa Cruz, estacionarem na Série C. Pernambuco viu ainda a 4ª força local, o Salgueiro, ser rebaixado da Série C para a Série D.

Para os baianos, o ano não foi dos melhores, com dois rebaixamentos. O Vitória caiu da Série A para a Série B, enquanto o Juazeirense foi rebaixado da 3ª para a 4ª Divisão nacional. Em compensação, o estado ainda manteve um representante na Série A, com a permanência do Bahia na Elite.

Além do Ceará, outro estado que registrou um ano bem positivo foi Alagoas, que depois de muito tempo voltará a contar com um representante no Brasileirão. Vice-campeão da segundona, o CSA voltará a disputar a Série A em 2019. Os alagoanos terminaram a temporada sem times do estado rebaixados. Na Segundona, Alagoas segue representada pelo CRB.

Na Paraíba, o saldo também é positivo: nenhum rebaixamento e o acesso do Treze, vice-campeão da Série D, para a 3ª Divisão nacional em 2019. Já o Maranhão, um time sorriu e outro chorou ao fim da temporada. O Imperatriz conquistou o acesso para a Série C do Campeonato Brasileiro. Por outro lado, o estado lamenta a queda da Sampaio Corrêa para a Série C e ficará sem representantes na Segundona em 2019.

Piauí, Sergipe e Rio Grande do Norte terminam a temporada zerados: sem títulos, acessos, rebaixamentos e times na Série A do Brasileirão.

Confira o balanço dos estados nordestinos no Campeonato Brasileiro em 2018:

– Ceará: 2 títulos, 2 acessos, 0 rebaixamento e 2 times na Série A 2019
– Pernambuco: 0 título, 0 acesso, 2 rebaixamentos e 0 times na Série A 2019
– Bahia: 0 títulos, 0 acessos, 2 rebaixamentos e 1 time na Série A em 2019
– Maranhão: 0 títulos, 1 acesso, 1 rebaixamento e 0 times na Série A 2019
– Alagoas: 0 títulos, 1 acesso e 0 rebaixamento e 1 time na Série A 2019
– Paraíba: 0 títulos, 1 acesso, 0 rebaixamento e 0 times na Série A 2019
– Rio Grande do Norte: 0 título, 0 acesso, 0 rebaixamento e 0 times na Série A 2019
– Sergipe: 0 título, 0 acesso, 0 rebaixamento e 0 times na Série A 2019
– Piauí: 0 título, 0 acesso, 0 rebaixamento e 0 times na Série A 2019

ACESSOS NO CAMPEONATO BRASILEIRO
Acesso da Série D para a Série C: Ferroviário, São José-SP, Imperatriz-MA e Treze-PB
Acesso da Série C para a Série B: Bragantino, Operário-PR, Cuiabá e Botafogo-SP
Acesso da Série B para a Série A: Fortaleza, CSA-AL, Avaí e Goiás

REBAIXAMENTOS NO CAMPEONATO BRASILEIRO
Rebaixamento da Série A para Série B: Sport, América-MG, Vitória e Paraná
Rebaixamento da Série B para Série C: Paysandu, Sampaio Corrêa-MA, Juventude e Boa Esporte-MG
Rebaixamento da Série C para Série D: Juazeirense, Salgueiro, Tupi-MG e Joinville-SC

(O POVO Online/Esportes – Repórter Bruno Balacó)

Camilo será cicerone de novo de encontro dos governadores do Norte e Nordeste em Brasília

Camilo receberá o grupo no escritório de representação do Ceará em Brasília.

Os governadores do Norte e Nordeste desembarcarão amanhã (4), em Brasília, para acompanhar de perto as votações sobre securitização da dívida ativa e a regulação da cessão onerosa de gás e petróleo. Eles também pretendem ter uma reunião com o ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), para conversar sobre os fundos de participação dos estados e municípios.

Antes, às 10 horas, os governadores se reunirão, na representação do Ceará, na capital federal. A informação foi confirmada, via assessoria do governador do Piauí, Wellington Dias (PT), que é o coordenador do grupo do Nordeste. Todos os temas se referem à partilha de recursos da União com estados e municípios.

“A União precisa parar com esta concentração permanente de receita e quebra do pacto federativo. Na última semana foram aprovadas urgências e avançamos nos entendimentos e agora vamos cuidar de, por acordo, viabilizar a votação. Se a União precisa de receitas, imagine quem está lá na ponta cuidando das demandas do povo”, disse Wellington Dias, em nota divulgada pela assessoria.

Projetos

Na Câmara, eles vão acompanhar a votação do Projeto de Lei Complementar (PLP 459) que trata da securitização da dívida ativa. O texto autoriza a União, os estados, o Distrito Federal e os municípios a cederem, com ônus, os direitos originados de créditos tributários e não tributários, inclusive inscritos em dívida ativa.

No comunicado, a assessoria do governador do Piauí informa que o projeto “estabelece uma forma moderna de combater a sonegação e gera receitas para déficit da previdência e investimentos”. Segundo o texto, o projeto conta com interesse dos estados, municípios e a União.

Gás e petróleo

Outro tema que interessa aos governadores é Projeto de Lei Complementar (PLP 10.985) que trata da regulação da cessão onerosa de gás e petróleo.

A cessão onerosa trata de um contrato firmado em 2010, em que o governo cedeu uma parte da área do pré-sal para a Petrobras, que teve o direito de explorar 5 bilhões de barris de petróleo. Com a descoberta de volume maior de petróleo na área, o governo irá vender o excedente da área.

No Senado, a prioridade dos governadores é acompanhar a votação do projeto que trata do bônus de assinatura, complemento da cessão onerosa de gás e petróleo. O objetivo é a participação dos estados e municípios na receita com pagamento do bônus de assinatura após os leilões.

“São projetos maduros e governadores, de diferentes partidos e regiões do país, e prefeitos, unidos, queremos apenas que seja cumprida a regra da Constituição Federal de partilha destas receitas”, informa o comunicado, divulgado pela assessoria do governador do Piauí.

Supremo

Os governadores também deverão se reunir com o ministro Ricardo Lewandowski, relator de três ações no Supremo Tribunal Federal (STF) sobre os fundos de participação dos municípios e dos estados. Já houve audiência de conciliação e foi concedido prazo de 15 dias para governo federal abrir informações sobre as receitas partilhadas com estados e municípios.

Wellington Dias disse, no comunicado divulgado pela assessoria, que a expectativa é que ocorra o julgamento no STF.

(Agência Brasil/Foto  Fábio Lima)

Eduardo Girão ganhará homenagem no “Jantar do Boi”

106 1

 

O senador eleito Eduardo Girão (PROS) está na lista dos homenageados do XIX Jantar do Boi, que o Sindicato do Comércio Varejista de Carnes do Estado (SindCarnes) promove em clima de confraternização de fim de ano. A festa ocorrerá a partir das 20 horas, no Ilmar Buffet (Bairro Luciano Cavalcante), tendo à frente Francisco Everton, dirigente do sindicato.

Ainda na lista dos homenageados estão o presidente da Confederação Nacional do Comércio, José Roberto Tadros, Oswaldo Coradi (in memoriam) e, pela área da imprensa, o jornalista Moacir Maia, hoje porta-voz da Prefeitura de Fortaleza.

O Ceará Bovinos Ltda e o Frigofrutas Pinheiro receberão troféu destaque 2018 em seus segmentos – respectivamente no atacado e varejo de carnes.

(Foto – Matheus Dantas)