Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

A postura da velha tropa de choque

Da Coluna Política, no O POVO deste sábado (28), pelo jornalista Érico Firmo:

Mais que o resultado das votações, há intrigantes sinais no comportamento da base aliada na Assembleia Legislativa. Episódios como o da última quinta-feira, no qual a orientação da liderança do governador Camilo Santana (PT) foi derrotada, só se tornarão frequentes caso haja muito empenho da articulação política em meter os pés pelas mãos. Na ocasião, foi aprovada vinculação do reajuste dos agentes comunitários de saúde ao dos demais servidores, contra a vontade do Poder Executivo. Tudo indica, porém, que tende a ser situação isolada, fruto da empolgação oposicionista, da pressão dos agentes que lotavam a Assembleia e da falta de empenho dos governistas, em que pese o esforço do líder Evandro Leitão (PDT). O que mais chama atenção é, justamente, o “corpo mole” de outrora “cães de guarda” dos interesses do Palácio. Sobre essa postura leniente, ainda é difícil saber se será passageira ou não. Certamente, sinaliza pressão por mudança na relação com os parlamentares – demanda cujo eventual atendimento não costuma guardar lá muita relação com o interesse público.

O governador mudou, o partido que está no poder, também. Mas o eixo da hegemonia política estadual permanece o mesmo. O grupo que dá substância à base aliada pouco se alterou. As vozes com experiência e traquejo nos meandros dos debates públicos e nas tramas de bastidores no parlamento são as de sempre. Mas a lealdade e a gana por defender quem senta na cadeira de governador têm sido bem distintas.

O revés governista se deu na quinta-feira, mas, observe-se o que ocorreu dois dias antes. Na terça, conforme mostrou a repórter Jéssica Welma, no O POVO do dia seguinte, o governo ficou sob fogo cerrado oposicionista por causa do aquário na Praia de Iracema. Chegaram a ser quatro pronunciamentos seguidos com ataques sobre o mesmo assunto. Contra uma gestão que tem cerca de quatro deputados aliados para cada um opositor. E os apartes quase todos foram também de opositores.

No meio do bombardeio, ficou o atarantado líder Evandro, com comovente empenho na defesa da administração que representa. Salvo manifestação do deputado Júlio Cesar Filho (PTN), vice-líder, o resto da enorme base aliada assistiu a tudo silenciosa e indiferente. Antiga infantaria palaciana, a parcela da bancada do Pros que se dignou a aparecer em plenário calada estava e calada ficou.

No PT, metade da diminuta bancada de dois membros – no caso, o deputado Elmano de Freitas – pertence ao segmento petista que é menos afinado com o Governo do Estado. Isso apesar de ter se engajado na campanha e de assegurar apoio a Camilo. Mas não se espere dele que integre a trincheira principal do governo no Legislativo. Na votação da emenda, na quinta, foi contra a orientação palaciana.

No PDT, do líder governista, está Heitor Férrer, principal referência de oposição. E Ferreira Aragão, que, na decisão sobre a tal emenda, tampouco obedeceu a orientação de Evandro. De modo que o que sobra de fidelidade ao Palácio é o Pros.

A legenda não tem nem terá com Camilo a relação que tinha com Cid. Tampouco o governador sequer se aproxima da ascendência do antecessor sobre o principal partido aliado. Mas o novo chefe do Executivo precisará afinar essa relação. Parlamentares do Pros não se sentem tão parte do governo. Há descontentamentos mil com as nomeações de segundo e terceiro escalão – o que não é necessariamente ruim para a administração, mas traz problemas para a estabilidade política.

Sindiagua pede diálogo sobre demandas da Cagece

112 1

Em nota enviada ao Blog, o presidente do Sindiagua, Jadson Sarto, cobra diálogo com o Governo do Estado das necessidades da Cagece. Confira:

Caro Eliomar de Lima,

Embora o Sindiagua considere importante que a Cagece tenha um funcionário de carreira no comando da Companhia, a entidade (que representa os trabalhadores da área do saneamento em todo o Estado) lamenta o fato de não ter sido consultada pelo Governo do Estado para debater o perfil do novo presidente da empresa e as necessidades da estatal.

O Sindiagua entende que mais importante que o nome é o modelo de gestão. Ainda aguardamos um diálogo com o novo Governador do Estado e esperamos do novo presidente da Cagece, Neurisângelo Freitas, uma gestão que seja capaz de ouvir e atender as reivindicações dos trabalhadores.

Importante ressaltar que na gestão do último presidente da Cagece (que também era um funcionário de carreira da empresa), muitas demandas dos empregados não foram atendidas. Demandas estas que se acumulam ao longo de várias gestões.

A valorização dos trabalhadores também é fundamental para atingirmos a tão sonhada universalização do saneamento.

Jadson Sarto

Presidente do Sindiagua

Acquario do Ceará – Líder do Governo afirma que projeto deve gerar lucro em apenas um ano

136 7

Da Coluna Vertical, no O POVO deste sábado (28):

Em resposta a críticas do deputado estadual Heitor Férrer (PDT), apontando a construção do Acquario como inversão de prioridades, o líder do Governo na Assembleia, Evandro Leitão (PDT), mandou a seguinte nota:

“Um dos grandes desafios do Governo do Ceará é gerar mais oportunidades de trabalho para os cearenses, de forma a garantir melhor distribuição de renda e melhor qualidade de vida. O projeto do Acquario está inserido nesse contexto. Segundo estudos do IPECE, haverá significativos impactos positivos para a economia do Estado, com o aumento do número de empregos, massa salarial e arrecadação tributária. Esses impactos, garante o estudo, chegarão a 1,4 vezes o valor investido no empreendimento em apenas um ano de funcionamento, gerando em projeções R$ 687 milhões de reais no Produto Interno Bruto.”

Shopping Parangaba ganhará uma filial da Ler Livraria

460 1

O Shopping Parangaba vai contar com um novo espaço de cultura: a Ler Livraria. A filial ocupará mais de 200 m2 e ficará localizada no Piso L1, com previsão de inauguração ainda para este semestre. Em parceria com grandes editoras, a Ler Livraria oferece um completo acervo de livros com os sucessos da literatura nacional e estrangeira.

O superintendente do shopping, Leonardo Franco, considera que a filial vai fortalecer as opções de cultura no estabelecimento.

Deputados cearenses e maranhenses fiscalizarão cancelamento de refinarias

118 3

O presidente da Câmara Federal, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), oficializou nesta sexta-feira (27) a relação dos deputados que fiscalizarão os argumentos da Petrobras para o cancelamento das refinarias Premium I (Maranhão) e Premium II (Ceará). Segundo o que irá apurar a Comissão Externa, formada por parlamentares cearenses e maranhenses, a única fonte que determinou o cancelamento dos projetos foi a própria Petrobras.

Apesar do cancelamento do projeto das duas refinarias, o empréstimo de R$ 325 milhões para o Ceará continua autorizado.

“Precisamos apurar devidamente a contradição entre essa medida provisória que coloca recursos federais no projeto da refinaria, também citada como confirmada na mensagem que a presidente Dilma enviou ao Congresso Nacional no início deste governo, e as notícias de suposto cancelamento da refinaria. A Comissão Externa será fundamental para essa apuração”, afirmou o deputado Chico Lopes (PCdoB-CE), que integra a comissão.

Cabo Sabino e um café da manhã com a imprensa

cabosabino

Em seu primeiro mandato, o deputado federal Cabo Sabino (PR) vai reunir a imprensa, em clima de café da manhã, para apresentar suas propostas e sua linha de atuação parlamentar.

O encontro ocorrerá a partir das 8 horas do próximo dia 6, no gabinete de trabalho do deputado, em Fortaleza, na Avenida do Imperador, 1612 – Altos, Centro.

Cabo Sabino integra grupo de policiais militares eleitos em vários Estados e que quer defender interesses da categoria e maior investimento em segurança pública.

Chapa da Adepol inova com Comissão de Defesa das Prerrogativas dos Delegados

61 1

A chapa “Adepol de Todos”, encabeçada pelo atual presidente Milton Castelo, com os vices Pedro Viana e Jeovania Cavalcante, traz como novidade para a eleição do dia 17 de março a criação da Comissão de Defesa das Prerrogativas dos Delegados, que terá à frente os delegados César Wagner, Everardo Lima e Paulo Cid.

A chapa para a Associação dos Delegados da Polícia Civil do Ceará (Adepol), é constituída por delegados de todas as classes.

Que tal um Centro de Eventos no lugar do Acquario do Ceará?

97 2

Do ex-diretor-geral do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (IPECE)(, Marcos Holanda, recebemos o seguinte artigo, com o título “Um aquário de gente”. Mais um ingrediente para o debate em torno do polêmico Acquario do Ceará. Confira:

O projeto do aquário, no formato que possui hoje, não se justifica do ponto de vista econômico e dificilmente vai ser viabilizado. O seu propósito, no entanto, alavancar o turismo e recuperar a área degradada da Praia de Iracema, continua super valido e importante. Como preservá-lo?

Aqui vai uma sugestão: implantar no local um centro de eventos de médio porte, único do Brasil integrado ao mar e com um potencial de beleza arquitetônica singular. Um centro de eventos (congressos, conferencias, seminários), diferente de um centro de feiras, demanda um espaço de uso menor, compatível com a área existente.

A taxa de uso do atual centro de feiras tem sugerido que nossa vantagem comparativa está na área de eventos e não de feiras. O que faz mais sentido em Fortaleza? Um congresso de energias alternativas ou uma feira de implementos agrícolas?

Um centro de eventos de médio porte seria mais barato e viável para uma PPP (Parceria Público-Privada). Seria autossustentável em termos de custo de manutenção e teria uma bela sinergia com o Centro Dragão do Mar (trabalho no Centro e lazer no Dragão).

Creio que a combinação cidade-local-projeto arquitetônico arrojado com o Dragão do Mar, tornaria o centro uma referencia no Brasil.

Com a palavra os arquitetos e urbanistas.

* Marcos Holanda,

Economista.

Parlamentar cearense quer águas da transposição priorizando abastecimento humano

134 1

Adahial

O deputado federal Adail Carneiro (PHS) deu entrada, nesta semana, em seu Projeto de Lei Nº483/2015 que dispõe sobre a priorização do uso das águas da transposição do Rio São Francisco pelos estados da região Nordeste.

O objetivo é fazer com que as águas oriundas da transposição atendam, antes de tudo, às necessidades de abastecimento humano, saneamento público, irrigação agrícola, piscicultura e também para dessedentar os animais.

Outra exigência do projeto, segundo o parlamentar, é que as águas provenientes da obra da transposição garantam primeiramente o abastecimento humano antes de destiná-las à produção de energia elétrica.

Presidente da Funcap tomará posse na segunda-feira

DSC01696

O físico Francisco César de Sá Barreto assumirá a presidência da  Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico(Funcap) na próxima segunda-feira. O ato ocorrerá a partir das 16h30min, na sede da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior. O secretário Inácio Arruda comandará a solenidade.

Francisco de Sá Barreto bacharelou-se em Física no ano de 1965 e no ano seguinte matriculou-se no primeiro curso de mestrado da UFMG, o recém-criado Mestrado de Física. Entretanto, em 1967 foi para os Estados Unidos da América, com uma bolsa da Fundação Rockefeller. Na Universidade de Pittsburgh obteve seu mestrado em 1969 e o doutorado em 1971. 

1991). Foi Professor Visitante das Universidades de Pernambuco e Ceará. No exterior foi Visitante nas Universidades de Freiburg (1975), Ljubljana (1983), Harvard (1988) e Houston (1993). A sua principal linha de pesquisa é a Mecânica Estatística de transições de Fase. De suas principais contribuições, destacam-se: dinâmica de modelos quânticos, modelo para ferroelétricos quânticos, dinâmica do pico central em ferroelétricos, resultados rigorosos para modelos de “spin” clássico e grupo de renormalização dinâmico.

Programa Pró-Cidadania será renovado, assegura titular da SSPDS

odleele 

O Programa Pró-Cidadania será reativado. A boa-nova foi dada pelo secretário da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), Delci Teixeira, durante encontro com a prefeita de Tauá, Patrícia Aguiar, e com o deputado estadual Odilon Aguiar.

Segundo Delci, o Governo está determinado a reativar o programa. “Já estamos estudando o processo de reedição do convênio, que terá que passar pela Assembleia Legislativa”, disse o secretário.

Atualmente, Tauá (Região dos Inhamuns) é um dos únicos municípios é ter o Pró-Cidadania, que está sendo custeado exclusivamente pela prefeitura, e que conta com 80 agentes. Além de assegurar a renovação do convênio, Delci aceitou o convite da prefeita e do deputado e visitará a Região dos Inhamuns na primeira quinzena de março.

SERVIÇO
* Saiba o que é o Programa Pró-Cidadania aqui.
(Foto – Divulgação)

Messejana e a polêmica em torno do seu aniversário

O historiador Felipe Neto manda artigo para o Blog com o objetivo de expor certa contradições em aspectos da história de Messejana e, principalmente, de sua festa de aniversário. Há movimento pela comemoração em mareço, mas o historiador diz que a data correta seria 1º de janeiro. Confira:

Antecipando-me com o intuito de preservar e defender a história de Messejana, um dos bairros mais antigos de nossa capital, dirijo-me a este importante Blog, que demonstra zelo por nossa memória e tradições, para alertar sobre um fato que, já há algum tempo, traz sérios prejuízos para a compreensão da história de Messejana e para o fortalecimento da identidade cultural daquela comunidade.

Desde 2009, um restrito grupo de pessoas, movido apenas pela vaidade pessoal de determinar o que é certo ou errado na história de Messejana, vai aos organismos de imprensa e envolve destacadas instituições da sociedade civil – como a igreja, na propagação de um erro histórico que vem, aos poucos, destruindo o entendimento que as pessoas tem sobre a história de Messejana.

Tal grupo informa à população que Messejana teria sido fundada ou criada na data de 08 de março de 1608 e que teria como fundador/criador o Padre Francisco Pinto do advento de sua passagem em terras cearenses nessa época. Por conta disso, moveram céus e terras, realizam missas e trazem de Portugal, símbolos que nada remetem à história da terra natal do escritor José de Alencar.

Esse mesmo grupo inventou, inclusive, que o nome Messejana vem da união da palavra Messe, que seria missa em Latim, e Jana, que significaria Luar em língua nativa. Nada mais absurdo. Uma comprovação de que vivem na sua própria fantasia e apenas sofrem da síndrome de “Querer ser o pai da Obra” ou “Descobri a pólvora!”.

A Vila Nova Real de Messejana da América foi inaugurada, de fato, em 1º de janeiro de 1760. Este acontecimento é fartamente documentado, tendo sua ata sido registrado em diversas obras, inclusive as do Barão de Studart. Contudo, Messejana tem seu passado a Aldeia de Paupina, mas esta não foi formada ou fundada por qualquer padre. Nos idos de 1680, período que se refere mais a Paupina, uma parcela das famílias que formavam o Arraial do Bom Jesus da Parangaba veio para os lados que hoje conhecemos como Messejana e Paupina e aqui se instalaram. Conseguiram os nativos, faixas de terras, eles mesmos em negociação com a Coroa Portuguesa.

Portanto, o marco, termo tão utilizado atualmente, para celebrar a fundação de Messejana é 1º de janeiro de 1760, posto que antes disso não havia constituição de Messejana que passou a existir ali. Prova disso é o nome Messejana que remete não a uma fantasia, mas ao nome de uma Vila portuguesa que existe até hoje e remonta os anos de 1200.

De fato a história nos ensina que a data deve ser utilizada como uma das referências. Messejana é resultado de um processo e isso é evidente. Processo esse que envolve disputas e está encravado na transformação urbana e social do Brasil Colônia.

O alerta que fazemos para a disseminação de informações erradas reside na preocupação de, cada vez mais, deixarmos de preservar a história, âmbito tão prejudicado nesses dias. Falar em 8 de março de 1608 é uma falsidade tão absurda que a data não esta registrada nem no relato da viagem do Padre Francisco Pinto, documento também amplamente divulgado com a denominação de Relação do Maranhão.

Se passarmos a adotar informações que não condizem com a realidade ao que vamos no apegar a partir de agora? Para ajudar na missão de proteger a história de Messejana conseguimos levar aos olhos da Câmara Municipal pela mão da vereadora Toinha Rocha (Psol) um projeto que, finalmente, visa oficializar a comemoração do aniversário de Messejana na sua data de fato, 1º de janeiro, resultado de trabalho cientifico escolhido por parte daquela casa. Esta data foi resgatada pelo pesquisador Edmar Freitas, que desde 1993, realiza a comemoração no período mencionado.

Evidente que nesses dias sofremos com muitas mazelas que consideramos mais importantes do que registro de datas e fatos. Contudo, preservar e defender a cultura e a história são ferramentas que podemos utilizar para minimizar a triste situação que vivemos hoje, posto que celebrar em sua plenitude e verdade a memoria de Messejana é celebrar suas pessoas trabalhadoras, suas ruas de saudade e encontro, seu bucolismo esquecido e sua paz que havemos de reconquistar, destruindo a mentira e o errado para sobrepor o espirito messejanense.

* Felipe Neto,

Historiador formado pela UECE, autor do livro “Muito além dos muros do Forte” – as dinâmicas que propiciaram a anexação do antigo município de Messejana a Fortaleza em 1921 e os seus desdobramentos.

FIEC promove debate sobre economia cearense no contexto da política nacional

11-11-11- NATAL 3 X4  BETO STUDARTFOTO/ADRIANO ABREU/H/SELECIONADAS

A Federação das Indústrias do (FIEC) promoverá, a partir das 18h30min desta sexta-feira, em seu auditório, a palestra “A Economia do Ceará no Contexto da Política Nacional”. O convidado é o economista e presidente da LIDE Economia (Grupo de Líderes Empresariais) e da SR Rating, Paulo Rabello de Castro.

A palestra será a terceira edição do Fórum Industrial Ideias em Debate. O evento, que será aberto pelo presidente da Fiec, Beto Studart, faz parte da estratégia adotada pela atual gestão da federação de reunir periodicamente o empresariado local para discutir aspectos de interesse do setor produtivo.

Ivana Barreto comandará Fiocruz do Ceará

A médica Ivana Barreto, ex-presidente da Escola de Saúde Pública do Ceará (ESP), vai coordenar a Unidade da Fundação Osvaldo Cruz no Ceará, já operando e com obras físicas sendo tocadas no município do Eusébio.

A confirmação é do secretário estadual da Saúde, Carlile Lavor, que, antes de assumir o cargo, respondia pela Fiocruz local.

Ivana Barreto além do componente técnico, conta também com o componente político. Ela é mulher do deputado federal e médico Odorico Monteiro (PT).

Ministro diz que Estados deveriam seguir Plano de Combate à Seca do Ceará

foto 150226 camilo em brasília

O ministro Gilberto Occhi, da Integração Nacional, conheceu nessa quinta-feira, o Plano Estadual de Combate à Seca, apresentado em Brasília pelo governador Camilo Santana. O ministro reconheceu que a iniciativa é pioneira no País e que outros Estados que têm problema de estiagem deveriam seguir o exemplo do Ceará.

Occhi foi convidado pelo governador para participar da inauguração da adutora de Crateús, que deverá ocorrer em março. Na Capital Federal, o chefe do Executivo cearense também apresentou o Plano Estadual de Combate à Seca para os ministros Nelson Barbosa (Planejamento) e Miguel Rossetto (Secretaria Geral da Presidência).

(Foto – Divulgação)

Semáforos apagados – Vereador vê incapacidade da Prefeitura para solucionar o problema

57 2

deodato

O vereador Deodato Ramalho (PT) continua lamentando a “incapacidade” da Prefeitura de buscar solucionar a crise dos semáforos apagados em Fortaleza. O problema ocorre desde o Carnaval com uma grande quantidade de sinais em cruzamentos de grande tráfego de veículos sem funcionamento. De acordo com a imprensa, o problema se registrou a partir do abandono da empresa Nova Koasin, responsável pela manutenção dos semáforos, motivado pelo atraso no pagamento do serviço pela prefeitura.

“Essa é uma situação grave, provocada pelo Prefeito Roberto Claudio. Em entrevista, o secretário de conservação e serviços públicos, João Pupo, confirma a versão divulgada pela imprensa de que a ruptura do contrato se deveu à falta de pagamento por parte do gestor municipal. É uma total falta de desorganização dessa gestão”, disse.

Deodato definiu a crise como parte do esvaziamento da Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e Cidadania (AMC) e denunciou a perseguição da Prefeitura aos agentes de trânsito e a ânsia do Poder Executivo em diminuir o papel dessa instituição. Ele já pediu, via requerimento, uma audiência pública, com o objetivo de discutir as atribuições da AMC.

Sindicato reclama falta de diálogo em mudança da pasta do Detran-CE

O Sindicato dos Trabalhadores na Área de Trânsito do Ceará (Sindetran/CE) reclama da mudança do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) da pasta da Infraestrutura para a Secretaria das Cidades, sem que a decisão fosse debatida com servidores e com o sindicato.

Após 15 anos na pasta da Infraestrutura, o sindicato reconhece que havia a necessidade da mudança, diante da falta de projetos estruturais e de uma política de educação de trânsito, mas acreditou que o Detran-CE iria para a pasta da Segurança Pública e Defesa Social, conforme solicitado no seminário “7 Cearás”, durante a transição do governo.

André Figueiredo rejeita e repudia cota de passagem para mulheres dos parlamentares

foto andre figueiredo

O líder do PDT na Câmara, André Figueiredo, rejeito a cota de passagem aérea recriada pela mesa diretora da Casa com objetivo de atender às mulheres dos parlamentares. “Foi uma medida infeliz, um retrocesso no uso criterioso do dinheiro público”, disse o pedetista.

Segundo André, a medida não se enquadra como apoio ao “bom exercício” da atividade parlamenta, configurando-se mais como “mordomia”, que ele não aceitará. “Minha esposa costuma viajar comigo para Brasília ou para outros compromissos do mandato, mas quem paga sou eu. Continuará assim”, complementou André Figueiredo.

Polícia faz cerco no sertão à procura de assaltantes de banco

Policiais realizam na manhã desta sexta-feira (27) um cerco nos municípios do sertão cearense, à procura de cerca de 15 assaltantes de banco. A quadrilha tentou levar dinheiro dos caixas eletrônicos do Banco do Brasil, no município de Mombaça, após explodir a agência com dinamite, durante a madrugada.

Segundo a Polícia, o grupo estaria seguindo em três veículos para o Estado do Piauí, após passar há pouco pelo distrito de Boa Vista, entre os municípios de Tauá e Padre Branca. Mais cedo passaram por Quixeramobim.

Para a Polícia, a quadrilha seria a mesma que em dezembro passado explodiu a agência bancária em Pedra Branca. Nas duas ações, o bando não conseguiu levar o dinheiro.

Sindifort e Intersindical promovem seminário sobre Reforma Previdenciária do Governo Dilma

89 1

vovovo

O Sindicato dos Servidores e Empregados Públicos do Município de Fortaleza (Sindifort) e a Intersindical – Central da Classe Trabalhadora estão realizando, nesta sexta-feira, o seminário “A Reforma Previdenciária do Governo Dilma e os Prejuízos da Classe Trabalhadora com as MPs 664 e 665 (INSS e IPM)”. O encontro ocorre na sede do sindicato e reúne servidores e empregados públicos municipais de Fortaleza.

De acordo com a direção do Sindifort, os empregados públicos municipais, tais como funcionários da Emlurb, Etufor, CTC e outros, já sofrem os efeitos das Medidas Provisórias 664 e 665, além do conjunto de trabalhadores da iniciativa privada. A MP 664 atinge também servidores públicos, no que diz respeito à pensão por morte.

A presidente Dilma Rousseff editou, no dia 30 de dezembro/14, as MPs que estipularam, entre outros, novas regras para acesso a benefícios previdenciários, tais como Abono Salarial, Seguro Desemprego e Auxílio Doença e Pensões.

IPM

Em Fortaleza, segundo o Sindifort, o IPM vem deste setembro de 2014 estudando mudanças na legislação previdenciária, o que muito preocupa os servidores. Conforme matérias publicadas na imprensa, uma nova reforma da Previdência Municipal deve ser encaminhada ainda neste primeiro semestre à Câmara Municipal pelo prefeito Roberto Cláudio (Pros).

(Foto – Divulgação)