Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

O Conselho do pai do governador

165 1

eudoro-santana

O prefeito Roberto Cláudio (Pros) ajudou a eleger Camilo. É hora do Camilo ajudar a reeleger o Roberto Cláudio.

A pregação é do presidente do Instituto de Planejamento de Fortaleza (Iplanfor), Eudoro Santana, pai do governador.

Secretaria reúne prefeitos da Região Ibiapaba para discutir projeto de desenvolvimento

178 1

nicole

A secretaria do Desenvolvimento Econômico do Estado, Nicole Barbosa, vai reunir, às 14h30min desta segunda-feira, os prefeitos da Região da Ibiapaba com técnicos da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec).

Segundo Nicole, hora de discutir, na sede da federação, uma política de desenvolvimento para a Ibiapaba.

Aliás, a região tem clima bom para fruticultura, floricultura e outras culturas, o que atrai principalmente investidores de outros Estados.

Fortaleza tomada por rampas de lixo. O que está acontecendo?

246 2

Olha só como amanheceu, nesta segunda-feira, a rua José Vilar, a poucas quadras da Residência Oficial do Governo do Estado:

lixoxox

O pior é quase toda semana um caminhão passa no local para recolher uma nova rampa. Aliás, esse tipo de problema está se registrando em quase toda Fortaleza. Há cruzamentos que têm o lixo recolhido e, não demora muito,  a rampa reaparece.

Até parece boicote.

(Foto – Leitor do Blog)

‘Todos pelo HUB’ reúne lideranças na política e na economia

foto tasso e camilo

Da Coluna Vertical, no O POVO desta segunda-feira (22):

O lançamento da mobilização “Todos pelo HUB” deverá se transformar num encontro das maiores lideranças políticas e empresariais do Estado. Parlamentares e representantes do setor produtivo confirmaram presença no evento, que ocorrerá nesta segunda-feira (22), a partir das 9 horas, no Palácio da Abolição.

Em comum, o pensamento voltado para uma estratégia integrada das instâncias pública e privada pela conquista do HUB (ponte de conexões internacionais) da TAM. Fortaleza disputa com Natal (RN) e Recife (PE).

Governador por três vezes, o senador Tasso Jereissati tem conversado com Camilo Santana (PT) e confirmou presença no ato. Foi nos seus governos que o Ceará assegurou projetos estruturantes como Porto do Pecém, Castanhão, Aeroporto, Linhões de Energia, duplicações e construção de novas rodovias.

Tasso tem defendido um novo projeto de desenvolvimento para o Estado e aponta o HUB como fundamental nesta nova estratégia. O tucano, porém, mantém suas duras críticas ao não cumprimento da promessa da refinaria por parte da União.

Além de Tasso, que irá pela primeira vez ao reformado Palácio da Abolição – ele governou o Estado no Cambeba -, confirmaram presença no ato pró-HUB os ex-governadores Adauto Bezerra, Lúcio Alcântara, Ciro Gomes, Cid Gomes, Francisco Aguiar e um familiar de Beni Veras. O presidente da Fiec, Beto Studart, e Ivens Dias Branco também.

O político e o cargo que deve ser respeitado

216 1

Em artigo enviado ao Blog, o brasileiro João da Silva relata o que se pode avaliar na relação de autoridades de um cerimonial. Confira:

Dizem que o povo não entende muito de política e que é responsável por tudo de ruim que os políticos fazem na economia, na saúde, na educação e em várias outras áreas. Mas não é bem assim. Muitas vezes, o povo se finge de besta para melhor passar. Outras vezes, os políticos subestimam a gente em atos nas entrelinhas.

Um caso como esse último ocorreu na sexta-feira passada, no Palácio da Abolição, quando o cerimonial do governador Camilo Santana chamou o deputado José Nobre Guimarães para compor a mesa das autoridades, no evento que anunciou os investimentos do Ministério da Integração Nacional para o Ceará, dentro do Plano Estadual de Convivência com a Seca.

Até aí, tudo bem. O doutor Guimarães é o líder do governo Dilma na Câmara dos Deputados. O problema é que o homem foi anunciado como representante da bancada do Ceará na mesma Casa.

Vixe… O que as câmeras de televisão não mostraram e o que os jornais não escreveram foi melhor do que a notícia do tal investimento. Vocês precisavam ver a cara de constrangimento do deputado Raimundo Gomes de Matos, sendo representado naquele momento pelo líder da Dilma. Outros deputados também disseram não estar representados. Pior mesmo foi a situação do deputado José Airton Cirilo, o Zé, nada menos que o coordenador da bancada.

Foi o próprio Camilo que tentou consertar a gafe do cerimonial e chamou o coordenador da bancada para compor a mesa. Pois é, nem para a mesa o homem ia. De longe, Cirilo pediu para ficar no meio da galera, mas o governador insistiu e o pessoal do lado deu uma força. Eu mesmo dei um empurrãozinho: “Vai, homem. Tu é o coordenador”!

O problema é que ninguém leu nos olhos do Zé que já havia um representante da bancada na mesa. Digo, o representante. De acordo com o cerimonial.

E não é que o Zé estava certo em não querer ir? A cerimonialista logo o avisou que já estava certo o doutor Guimarães falaria em nome da bancada. Se os olhares de centenas de pessoas não estivessem voltados para ele, naquele momento, o Zé voltava dali mesmo.

Entre os deputados que ficaram na galera a conversa era que o doutor Guimarães usurparia outros cargos, dentro de uma estratégia do Palácio da Abolição. Todos de orelhas em pé.

Nesta segunda-feira, o governador fez uma convocação geral para o movimento “Todos pelo Hub da TAM”. Tem deputado com receio de ir ao evento pelo constrangimento da tal “representação”. O Zé já sinalizou em não querer ir. O Raimundo prometeu reação em caso de nova gafe do cerimonial. O certo é que a conversa se espalhou entre os federais e lideranças. Parece besteira, mas o incômodo está nas entrelinhas.

O Estado animador do futuro

Da Coluna Fábio Campos, no O POVO deste domingo (21):

No período de sete dias desde que o governador Camilo Santana tornou pública a decisão de criar um programa de concessões no Ceará, a contribuição mais proeminente oferecida pela política foi um debate rastaquera acerca de uma questão menor, de cunho meramente ideológico e semântico. Trata-se da suposta oposição entre concessão e privatização. Ou seja, o nada.

Certamente, esse debate é o que menos importa. Porém, até os próceres do Governo se embrenharam nessa discussão infrutífera ao, sempre que lhes colocaram um microfone à frente, sustentar que o projeto do governador é conceder e não privatizar. Conceder não é vender patrimônio público. Privatizar é vender. Na prática da realidade, as diferenças são mínimas.

Mas, por qual motivo essa discussão ganhou tanta importância no Brasil? É o fruto de uma armadilha preparada pela esquerda na época em que o Governo Fernando Henrique Cardoso colocou em prática um amplo plano de concessões e privatizações. Os dois termos, principalmente “privatização”, viraram sinônimo de prática nefasta. Hoje, a esquerda se vê presa a essa armadilha.

Há muito tempo que o Brasil convive com operações de concessão. As mais notórias e antigas se dão na área de transportes coletivos. A Constituição diz que transporte é obrigação do Estado, que, de forma sábia, concede a operação desse serviço à iniciativa privada. O setor público é o regulador. Quando regula bem, a coisa funciona. Do contrário, o serviço é ruim. Porém, em qualquer das circunstâncias, quando o Estado operou diretamente, o serviço foi sempre de péssima qualidade.

Na década de 90, novas concessões passaram a compor o cotidiano dos brasileiros. É o caso da telefonia. É o caso do serviço de oferta de energia elétrica. O Sudeste já convive há algum tempo com a concessão de estradas. Essa área ainda não é explorada no Ceará e no Nordeste por um simples motivo: ainda não há interesse privado nessas operações.

No caso do Ceará, quando o debate semântico e ideológico se sobrepõe, a política deixa de tratar do que mais importa. A saber: o quanto pode ser melhor para o Estado se o Governo se desfizer de algumas responsabilidades para assim dar a máxima atenção às suas obrigações mais importantes, como saúde e educação? Esta é a pergunta crucial a ser feita.

O Estado precisa cuidar do Castelão, do Presidente Vargas? O Estado precisa ser dono de uma companhia de gás encanado, de um porto? É fundamental que um Centro de Feiras seja gerido pelo Estado? E os pequenos e grandes aeroportos além de uma boa quantidade de outras estruturas que poderiam estar nas mãos do setor privado?

Quanto custa para os nossos bolsos manter esses equipamentos? O quanto investimos mensalmente em recursos que poderiam estar ajudando a manter hospitais e escolas? São as perguntas que deveriam ser feitas. São as repostas a serem concedidas pelo Governo.

Não há governo grátis. Quanto mais enxuta for sua estrutura, menos corrupto será. Quanto menor, mais forte. Em vez de um dinossauro, um tigre. Busca-se um novo modelo de Estado que coloque as ideologias no seu devido lugar e firme o equilíbrio entre indução pública e empreendedorismo privado.

PSDB faz convenção para posse das comissões provisórias no Ceará

foto psdb convenção 150626

O PSDB realiza na sexta-feira (26), a partir das 15 horas, na Câmara Municipal de Fortaleza, a Convenção Estadual do partido, quando dará posse às comissões provisórias em alguns municípios do Ceará, incluindo Fortaleza.

Segundo o presidente da Executiva Estadual do PSDB, Luiz Pontes, o senador Tasso Jereissati confirmou presença no evento.

Governo do Estado e Prefeitura de Fortaleza lançam ‘Todos pelo Hub da TAM’ no Ceará‏

505 3

foto governo ceará hub

Uma grande mobilização a favor da instalação do HUB da TAM no Ceará será lançada nesta segunda-feira (22), no Palácio da Abolição, a partir das 9 horas. O governador Camilo Santana e o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, se reunirão com representantes da sociedade civil, lideranças empresariais e políticas para trazer este empreendimento para o Ceará, consolidando a vocação turística e de serviços da economia cearense.

“Todos pelo HUB da TAM no Ceará” pretende reunir esforços para que Fortaleza seja escolhida entre as três cidades avaliadas para receber o futuro centro de conexões de voos nacionais e internacionais. O empreendimento representa investimento de R$ 4 bilhões e deve promover a geração de 10 mil empregos diretos e indiretos e um incremento histórico para o turismo, comércio e setor de serviços como um todo. Com a instalação do Hub da TAM, o Ceará teria crescente oferta de voos diretos, começando com 14 voos para a Europa.

As articulações do Governo do Ceará para a implantação do HUB da TAM no Aeroporto Internacional Pinto Martins começaram ainda no mês de abril, quando o governador Camilo Santana fez o primeiro contato com a presidente da empresa aérea, Cláudia Sender, por telefone. Desde então, várias ações foram realizadas para buscar o HUB para o Ceará. Entre elas, a reunião do governador Camilo Santana com bancada federal cearense em torno do mesmo objetivo.

Fortaleza já apresentou seu programa de investimentos, ações, incentivos e facilidades para receber o HUB da TAM, num esforço conjunto do Governo do Estado, Prefeitura de Fortaleza e Assembleia Legislativa. A inclusão do Aeroporto Internacional Pinto Martins no pacote de concessões do Governo Federal reforça ainda mais a competitividade da capital cearense.

Cerca de 73% da economia cearense é baseada em serviços, alavancados principalmente pelo turismo, o que fez com que o Estado tenha apresentado o maior crescimento econômico entre os estados que realizam cálculo do PIB trimestral, apesar do cenário de retração nacional.

(Governo do Ceará)

Três exposições serão abertas dia 25 em comemoração aos 60 anos de instalação da UFC

foto ufc exposição

A Universidade Federal do Ceará inaugura, na quinta-feira (25), três exposições gratuitas em comemoração aos 60 anos de sua instalação. São elas: UFC 60 Anos, no Salão Nobre da Reitoria, que ficará aberta à visitação até 30 de setembro; Nós e TU: 50 Anos do Teatro Universitário, no Teatro Universitário Paschoal Carlos Magno; e Matrix Expõe: gravuras e experimentos, no Museu de Arte da UFC (MAUC), aberta ao público até 24 de julho. As solenidades de abertura das mostras estão marcadas para 9h, 17h e 19h30min, respectivamente.

A exposição UFC 60 Anos é organizada pelo Memorial da UFC e terá como objetivo pensar, a partir da discussão sobre a constituição do campus único, a importância da dimensão espacial para a formação de uma identidade universitária.  Será composta por fotografias e livros, expostos em painéis e em expositores.

Também organizada pelo Memorial da UFC, em parceria com o Teatro Universitário Paschoal Carlos Magno, a exposição Nós e TU: 50 anos do Teatro Universitário consistirá na apresentação de fotografias de atrizes e atores que passaram pelo TU, bem como de imagens de peças e ações que ocorreram naquele equipamento. Em painéis móveis, a exposição terá caráter interativo, pois haverá um espaço onde todos, em especial aqueles que vivenciaram as ações apresentadas ou que conhecem as pessoas e peças encenadas ao longo das últimas cinco décadas no Teatro, poderão expor suas impressões e lembranças no papel. Na sexta-feira (26), as paredes do Teatro receberão as imagens da mostra.

(UFC)

Concessões de Camilo à iniciativa privada

Em artigo no O POVO deste sábado (20), o cientista social Natan dos Santos diz que concessões de Camilo Santana são, na verdade, um grande pacote de privatizações. Confira:

Segundo o dicionário eufemismo é o uso de uma palavra mais agradável em substituição a uma palavra menos agradável, com o objetivo de suavizá-la. Esta é a intenção do governador Camilo Santana (PT) ao denominar de “concessões” o pacote anunciado que repassa para a iniciativa privada a gestão e exploração de equipamentos e serviços públicos.

Seguindo a mesma agenda neoliberal do Governo Federal (e implementada pelo PSDB ao logo da década de 90), o que o governador anuncia, na verdade, é um grande pacote de privatizações de parcela importante dos bens públicos do Ceará, como aeroportos regionais, rodovias, metrofor, Centro de Eventos e parte do Porto do Pecém. Mas por que recorrer a este artifício semântico? Porque as privatizações, antes criticadas pelo PT, já demonstraram, na prática, seu caráter elitista e conservador, ao atender os interesses do capital internacional em associação com grandes grupos nacionais que lucram enormemente ao se apossar do patrimônio construído com dinheiro público, muitas vezes em tenebrosas transações em que empresas estatais são vendidas muito abaixo do seu real preço de mercado.

Dessa forma, estes grupos econômicos aumentam o controle sobre a economia e transformam serviços públicos em mercadorias, onde o lucro de poucos é colocado acima das necessidades de muitos. A Coelce é um ótimo exemplo de como a privatização a transformou hoje em alvo frequente da insatisfação do povo cearense.

A história do desmonte do Estado brasileiro iniciada na década de 90 segue seu curso, através de uma política nacional antipopular, que se reproduz localmente, privilegiando o corte no orçamento das políticas públicas, a retirada de direitos trabalhistas, privatizações e sangria de fartos recursos estatais para garantir o privilégio de setores que financiam as campanhas milionárias de partidos da ordem que apresentam diferenças entre si na forma, mas não no conteúdo. A mudança das palavras não altera a realidade dos fatos.

Veveu diz que Ivo está “preparadíssimo”, mas eleições só ano que vem

163 1

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=Iu0qNMOcq1I[/youtube]

O prefeito de Sobral, Veveu Arruda, disse que o secretário das Cidades, Ivo Gomes (PROS), está “preparadíssimo” para exercer qualquer função pública, mas que tratará da sucessão do município da Região Norte do Estado somente no próximo ano.

A esposa do ex-prefeito e ex-ministro Leônidas Cristino, Lily Frota, também é pré-candidata à sucessão em Sobral.

Pré-candidato à OAB-CE diz que campanha milionária traz ‘algo estranho’

Em artigo enviado ao Blog, o advogado Kennedy Reial Linhares, pré-candidato à presidência da OAB-CE, justifica sua decisão. Confira:

Venho comunicar oficialmente que sou pré-candidato à presidência da OAB-CE, através do movimento “Avante OAB Ceará”, que consigna um extenso programa de propostas que “inverte a lógica vigente” no mínimo há mais de trinta anos.

Esta eleição marcará um “novo tempo” na OAB Ceará. De Ernane Uchôa, Feliciano Carvalho, Cândido Albuquerque, Paulo Quesado, Helio Leitão e Valdetario Andrade Monteiro, todas as gestões cumpriram suas metas e não deixaram imagens negativas. Todos tiveram sucesso “naquilo que se propuseram a realizar”, salvo pontuais observações. Além, todos são grandes advogados e inteligentes.

Falar que é oposição? Oposição a quê? Podemos falar em novas metas e novas visões, de formas diferentes de ver o mundo e aplicá-las na nova gestão. Em vez de falar em oposição devemos falar em perseverança, tenacidade, proposições e realizações a favor do advogado e advogada.

Por exemplo, nosso projeto “Avante OAB Ceará” consigna “paridade já” da advogada em todos os cargos e funções. Temos um projeto de uma gestão humanizada (todas as propostas serão expostas e explicadas, principalmente em debates).

Quantos aos pré-candidatos , meus amigos Hélio Winston Leitão, Júlio Ponte , Erinaldo Dantas, Marcelo Mota, Renan Viana, serão bem vindos a uma composição, uma vez assimilando uma OAB propositiva. Até o presente não temos nada contra nenhum pré-candidato, salvo algumas imaturidades e ausência de projetos de poucos.

Valdetário é inteligente, ele sabe que tem espaço como conselheiro federal, e sabe quem tem efetivo serviço prestado a OAB. Qualquer um pode ser apoiado pelo Valdetário. Agora, a OAB Ceará não pode ter candidato e tampouco usar suas comissões como meio de campanha. Tenho certeza que isso não vai acontecer. Lembro aos amigos que a campanha não começou, setembro é inscrição de chapa e pelo visto alguns estarão desgastados e sem oxigênio. E dignidade advogado (a) tem. Prato de comida, sorriso falso, muito dinheiro em campanha demonstra “algo estranho”.

Tenho um extenso trabalho dedicado à OAB-CE e à OAB-Federal, tenho experiência e encontro-me habilitado a ser presidente da OAB. Sou atual suplente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (já assumi a titularidade por onze vezes nesta gestão), atual conselheiro da Comissão Nacional dos Direitos Sociais da OAB-Federal, por nove anos fui conselheiro titular do Tribunal de Ética e Disciplina da OAB-CE, sendo conduzido a vice-presidente deste Tribunal (assumi a presidência algumas vezes).  No início da década de 1990 fui instrutor dos Processos Disciplinares, membro conciliador das lides entre advogados, membro da Comissão de Jurisprudência do TED.

Minha formação acadêmica perpassa pela Graduação em Direito e Filosofia, com Pós-graduação latu sensu em Direito do Trabalho, atualmente mestrando em Direito Constitucional pelo MINTER UNISC-URCA e Doutorando pela Universidade Autônoma de Lisboa (concentração em Direito Constitucional). Sou advogado desde 1992, filho do professor Wilson Leite Linhares e da artesã Tamar Reial Linhares, ambos aposentados, casado e pai de três filhos.  Com mais de 23 anos de advocacia, coleciono larga experiência, inclusive no magistério.

Comentarista diz que Vozão não tem mais a desculpa do “PV”

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=qszlCSFunTQ[/youtube]

O Ceará enfrenta o Santa Cruz, na tarde deste sábado (20), a partir das 16h30min, pela Série B do Campeonato Brasileiro, no jogo do desespero para as duas equipes. Enquanto o Vozão ocupa a penúltima posição na tabela de classificação, o time pernambucano é o antepenúltimo colocado.

Segundo o comentarista Evaristo Nogueira, o maior reforço cearense para o clássico nordestino é a Arena Castelão, pois o Ceará reclamava das dimensões do estádio Presidente Vargas (PV) em suas partidas anteriores.

Crise no futebol é tema no V Festival de Jericoacoara Cinema Digital neste sábado

O filme “Subterrâneos do Futebol”, de Maurice Capovilla, gravado em 1965, é a atração neste sábado (20), a partir das 14h30min, do V Festival de Jericoacoara Cinema Digital, que será encerrado neste domingo (21). Após a exibição do filme, haverá um debate sobre a atual crise do futebol mundial, com as presenças dos ex-jogadores Afonsinho, colunista da revista Carta Capital e primeiro atleta a conquistar o passe livre; e Sérgio Redes, ídolo do futebol no Rio de Janeiro e no Ceará e comentarista esportivo em Fortaleza.

“Neste momento em que o tema está quente, teremos certamente uma grande discussão sobre essa questão e as perspectivas de mudanças administrativas pra valer, no futebol no Brasil e no mundo, o que é esperado há muito tempo”, ressaltou Afonsinho.

Aluno da UFCA ganha prêmio como empreendedor

douglas

Pelo segundo ano consecutivo, Douglas Rodrigues Feitosa, estudante do curso de Administração da Universidade Federal do Cariri, está entre os ganhadores do Prêmio “Você Empreendedor”. Ele é o único estudante da região do Cariri  premiado na categoria de Microempresa e um dos cinco do Estado do Ceará. O Prêmio é uma iniciativa da Universidade de Fortaleza (Unifor), representada pelo Escritório de Gestão, Empreendedorismo e Sustentabilidade (EGES) e pelo Sistema Verdes Mares através do Jornal Diário do Nordeste.

A sustentabilidade, inovação e gestão criativa estão entre os valores da Palletiê, empresa de móveis e decoração, ganhadora do prêmio. A premiação é produto do empreendedorismo jovem e da implantação de cultura sustentável na região. Segundo Douglas, inovar com produtos ecológicos é importante para se destacar no mercado. O empresário retira do meio ambiente pallets (módulos de madeira utilizado logisticamente no transporte de carga, que poluiria a natureza) e, após um trabalho de reutilização da madeira, fabrica móveis decorativos.

Já é a segunda vez que o estudante é premiado. Na primeira, em 2014, ele aplicou a técnica Mistery Shopper (Cliente Oculto), de origem americana, na empresa Full Vision, segundo a qual as pessoas se disfarçam de consumidores comuns para avaliar os produtos e serviços das organizações.

Douglas assinala que “o reconhecimento não deve vir apenas de Fortaleza, mas da região do Cariri, onde nascemos e precisamos nos fortalecer. Fazer parte da UFCA é uma forma de colocarmos em prática aquilo que aprendemos na teoria em sala de aula. Desta forma, fica bem mais fácil assimilar o conhecimento, sem falar nas parcerias que podem surgir na academia entre discentes e docentes.”

(Site da UFCA)

Prefeito de Sobral agenda um pacote de obras e inaugurações e evita falar de sucessão 2016

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=Iu0qNMOcq1I[/youtube]

O prefeito de Sobral, Clodoveu Arruda (PT), esteve em Brasília participando de encontro da Frente Nacional dos Prefeitos. Mas ele também manteve alguns contatos ministeriais.

Em conversa com o Blog,  em clima de Aeroporto Internacional Pinto Martins, Clodoveu falou sobre uma série de obras que vem tocando e outras que vai entregar em sua gestão.

Mas Clodoveu falou também sobre a sucessão em Sobral. Ele reconhece que há bons nomes para a Prefeitura como Ivo Gomes, atual secretário estadual das Cidades, e Lili Frota, mulher do deputado federal Leônidas Cristino (Pros). Preferiu, no entanto, transferir o debate sucessório para 2016.

Juizado do Torcedor dará plantão no jogo do Ceará contra o Santa Cruz

foto ricardinho ceará

Ricardinho é uma das estrelas do alvinegro.

“O Juizado do Torcedor atuará neste sábado (20/06), durante a partida entre Ceará e Santa Cruz, pela série B do Campeonato Brasileiro. O jogo está marcado para 16h30, na Arena Castelão, em Fortaleza.

A plantonista será a juíza Maria José Bentes Pinto, titular do 4º Juizado Especial Cível e Criminal da Capital, e do Juizado do Torcedor e de Grandes Eventos. O Juizado atende casos de menor potencial ofensivo e menos complexos, previstos no Estatuto do Torcedor e na Lei dos Juizados Especiais.”

(Site do TJ/CE)

Elmano dá recado ao abrir seminário: O PT pode brigar, mas é sempre unanimidade ao final

elmano de freitas
O PT de Fortaleza iniciou, nesta sexta-feira, no auditório da Assembleia Legislativa, o seminário “Fortaleza Mostra Tua Cara”. Até este sábado, as correntes do partido vão discutir temas do interesse da cidade e, claro, fazer uma avaliação sobre a gestão de Roberto Cláudio (Pros).
Mas, em sua fala de abertura do evento, o presidente municipal e deputado estadual Elmano de Freitas, fez questão de pontuar:
“As pessoas torcem muito para que o PT tenha briga interna e, hoje, tenho muita alegria em poder dizer que, especialmente, o PT Fortaleza tem tomado decisões sempre por unanimidade. Somos oposição ao atual governo municipal por unanimidade. Decidimos realizar este seminário por unanimidade e fechamos os temas e mesas por unanimidade. Portanto, o PT está unido e é muito mais forte”.

VAMOS NÓS – Essa unanimidade, sem dúvida, será testada até 2016.