Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Rede de proteção e as facções

Da Coluna Eliomar de Lima, no O POVO deste sábado (19), pelo jornalista Demitri Tulio:

Uma carta enviada na última quarta-feira ao governador Camilo Santana (PT) e à secretária Socorro França (Proteção Social) dá conta de como Estado e Município são pouco ineficientes em fazer valer uma rede de proteção à infância e à adolescência de nascidos em zonas miseráveis de cidades como Fortaleza e Juazeiro do Norte.

A missiva fala da biografia trágica de quatro irmãos violados de direitos. O mais velho tem 19 anos, o outro 18, o terceiro 14 e o caçula 13. O quarteto, filhos de pais migrantes de Juazeiro e dependentes químicos, foi abandonado em Fortaleza e viveu quase sete anos em um abrigo da Prefeitura. O mais novo, que foi abrigado com 3 anos de idade, virou criança de rua na capital cearense e, hoje, perambula pelo Cariri.

Apesar de ordens judiciais, o menino não consegue ser submetido a um tratamento de saúde porque nem as prefeituras de Fortaleza e de Juazeiro nem o Estado decidem como fazer para acomodá-lo em instituições sucateadas e emperradas na burocracia. Vulnerabilidades assim têm permitido que facções criminosas recrutem meninos e meninas em situação de rua para o crime.

A história é longa e digna de um processo judicial contra o Poder Público. Os quatro meninos foram dispensados do abrigo para viver com uma tia em Fortaleza, apesar de o mais velho dizer ao juiz que não havia condição de viver com ela. Também pobre, assalariada e mãe de três crianças. Resultado, porque sofriam maus tratos, cada um foi tomando rumo nas ruas de Fortaleza.

O mais velho conseguiu voltar para Juazeiro e virar carpinteiro. O segundo entrou para uma facção na periferia de Fortaleza. O terceiro foi parar em uma borracharia no Cariri, onde era abusado sexualmente e obrigado a vender drogas. E o caçula ficou. Foi sobreviver entre a Praça do Ferreira e o Oitão Preto, entre surras da polícia e “aviãozinho” de traficantes. Um dia, foi levado para Juazeiro.

Em Juazeiro, o menino de 13 anos foi morar com o mais velho em uma casa alugada graças a benevolência e compaixão da autora da carta. Porém, precisando de um tratamento para se livrar da dependência das drogas, instituições como o Caps e o Cras não aceitam recebê-lo porque não há responsável presente. Seria o irmão carpinteiro, mas se ele for perderá o emprego.

Alô, governador, a insegurança pública só se resolverá quando meninos e meninas de áreas vulneráveis tiverem rede de proteção semelhante aos dos nossos filhos.

Fortaleza já supera os 100 milímetros de chuva. Camilo comemora precipitações na metade do Estado

O governador Camilo Santana (PT) comemora, em sua página no Facebook, as boas chuvas que se registram, neste sábado, no Ceará. Ele reitera confiança de que o inverno será positivo, pois o prognóstico da Funceme dá 40% de chance de chuvas dentro da média histórica.

72 municípios registraram chuva nas últimas 24h no Ceará. O relatório divulgado ontem pela Funceme aponta probabilidade de 40% de chuvas dentro da média e 30% acima da média este ano. Nossas orações para que tenhamos um bom inverno, que traga fartura, principalmente para o Sertão. O Governo do Ceará continuará trabalhando firme, com uma série de ações, para garantir o abastecimento da capital e do interior. #ChuvaNoCeará

Fortaleza já registra chuva superior a 100 milímetros. Atualizando o governador, já chove em m ais de 80 cidades. Confira as outras boas chuvas:

Senador Sá (Posto: Senador Sa) : 104.0 mm

Amontada (Posto: Icarai De Amontada) : 96.0 mm

Umari (Posto: Cajazerinha) : 83.0 mm

Umari (Posto: Sitio Canto) : 79.2 mm

São Gonçalo Do Amarante (Posto: Siupe) : 68.0 mm

Limoeiro Do Norte (Posto: Limoeiro Do Norte) : 66.2 mm

Baixio (Posto: Baixio) : 62.0 mm

Umari (Posto: Umari) : 61.0 mm

Fortaleza (Posto: Messejana) : 60.8 mm

Haja Chuva

Mais uma vez a Capital cearense mostra não estar preparada para muita chuva. O pior é que o lixo acumulado das últimas semanas, também por causa de ataques aos caminhões da coleta, está entupindo muitos bueiros. Haja alagamentos.

Área do viaduto do Makro.

(Foto – Blog Cariri/Vídeo – Leitor do Blog)

Editorial do O POVO – “Davos: recuo do multilateralismo?”

Com o título “Davos: recuo do multilateralismo?”, eis o Editorial do O POVO deste sábado. Confira:

A abertura do Fórum Econômico Mundial (FEM) 2019, em Davos, Suíça, na próxima segunda feira, prende a atenção do mundo político e econômico que vê nesse evento anual não só um balanço do período anterior, mas, uma tomada de temperatura da economia mundial para se ter uma mínima previsibilidade sobre o que vem pela frente. Os levantamentos prévios apontam riscos para o multilateralismo, como consequência das disputas comerciais e geopolíticas entre países, e das mudanças nas regras de acordos comerciais, afetando particularmente os países em desenvolvimento.

Na delegação brasileira, além do presidente Jair Bolsonaro, destacam-se as presenças do ministro da Economia, Paulo Guedes, e de seu colega da pasta da Justiça, Sergio Moro. A virada liberal ocorrida no Brasil, a partir da última eleição presidencial, é um fator de curiosidade para esse fórum específico da nata financeira mundial. A presença do ministro Moro, no atual evento, ecoa de certa forma a confluência cada vez maior entre sistema de justiça e sistema econômico, cada vez mais explicitada no novo desenho institucional em curso, no mundo, onde o Judiciário ganha proeminência como fator de garantia de previsibilidade para os negócios.

Uma das principais preocupações dos participantes é como encontrar um meio para pôr fim à guerra comercial travada entre Estados Unidos e China há quase um ano. O próprio FMI (Fundo Monetário Internacional) acusou as consequências dessa disputa, ao reduzir em outubro passado a projeção de crescimento dos Estados Unidos de 2,9%, em 2018, para 2,4% em 2019. Já a economia chinesa deve perder força de 6,6% para 6,2%. A propósito, o documento prévio lançado pelos organizadores, faz uma advertência de que “qualquer desaceleração global irá adicionar turbulência para países em desenvolvimento”.

Mais: a crescente falta de consenso entre grandes potências, “sugere a possibilidade do surgimento de riscos sistêmicos”. Daí a necessidade de se insistir na renovação da arquitetura da cooperação internacional”, como reclamou o presidente do FEM, o ex-ministro das Relações Exteriores da Noruega Boerge Brende. Ele aponta outras graves ameaças: a mudança climática, os ataques cibernéticos, a piora do nível de vida dos cidadãos e os perigos dos patógenos biológicos. A existência de cerca 700 milhões de pessoas com problemas de saúde mental no mundo, a deterioração do bem-estar psicológico e emocional também são descritos no documento como um risco para a política e a coesão social. Resta esperar as respostas que os participantes sugerirão para esses desafios.

(Editorial do O POVO)

Fortaleza já registra chuvas superiores a 60 milímetros neste sábado

Chove em mais de 50 municípios cearenses neste sábado. Em Fortaleza, de acordo com boletim da Funceme, já choveu mais de 60 milímetros, com tendência de que as precipitações se estendem por toda esta manhã.

Confira as maiores chuvas registradas no Estado até as 7 horas:

Amontada (Posto: Icaraí de Amontada) : 96.0 mm

Umari (Posto: Cajazerinha) : 83.0 mm

Umari (Posto: Sitio Canto) : 79.2 mm

São Gonçalo Do Amarante (Posto: Siupe) : 68.0 mm

Limoeiro Do Norte (Posto: Limoeiro Do Norte) : 66.2 mm

Baixio (Posto: Baixio) : 62.0 mm

Umari (Posto: Umari) : 61.0 mm

Fortaleza (Posto: Messejana) : 60.8 mm

Caririaçu (Posto: Vila Feitosa) : 56.0 mm

Beberibe (Posto: Lagoa Funda) : 52.0 mm

(Foto – Leitor do Blog)

OAB Ceará apoia ato em defesa dos direitos sociais e da Justiça do Trabalho

Na segunda-feira (21), entidades ligadas ao direito social e do trabalhador realizam mobilização a partir das 7h, no Fórum Autran Nunes. O ato nacional acontece simultaneamente em outras capitais como Brasília, Manaus, Aracaju, Florianópolis. A mobilização é uma prévia do Ato Nacional em Defesa da Justiça do Trabalho, que será realizado, em Brasília, no dia 5 de fevereiro deste ano.

A iniciativa surgiu após o Presidente da República, Jair Bolsonaro, conceder entrevista a um programa de televisão e sinalizar sobre a possibilidade de o Governo Federal propor a extinção da Justiça do Trabalho. O presidente defende que processos trabalhistas têm de tramitar na Justiça Comum.

Preocupadas com a possível decisão, entidades cearenses estiveram reunidas no último dia (14), na sede da Ordem dos Advogados do Brasil – Secção Ceará (OAB-CE), para pautar propostas de ações pela luta contínua em defesa dos direitos sociais e da Justiça do Trabalho.

Para o presidente da OAB-CE, Erinaldo Dantas, a supressão da Justiça Especializada do Trabalho fere a Constituição. “Nenhuma sociedade se desenvolve negando aos seus trabalhadores o acesso ao Judiciário. Aqui, o nosso objetivo é promover um grande movimento para resguardar a defesa dos direitos dos trabalhadores brasileiros”, enfatiza.

Segundo a advogada representante da Associação Brasileira dos Advogados Trabalhistas (ABRAT) e conselheira estadual da OAB-CE, Jane Calixto, o ato de defesa é importante para manter o debate sobre a causa e juntar forças na garantia dos direitos dos trabalhadores. “É um movimento de todos nós. Estamos juntos para tentar resistir à não extinção da Justiça do Trabalho”.

Durante a ação será entregue uma carta aberta, assinada pelas entidades que participam da manifestação, esclarecendo à sociedade sobre os mitos e verdades com relação à Justiça do Trabalho. (Material segue em anexo)

O ato é organizado pela Associação dos Advogados Trabalhistas do Ceará (ATRACE) e Associação Brasileira dos Advogados Trabalhistas (ABRAT) e conta com o apoio da Ordem dos Advogados do Brasil – Secção Ceará (OAB-CE); Sindicato dos Servidores da Sétima Região (SINDSSETIMA); Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da 7ª Região (AMATRA-7); Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho (ANPT); Central Única dos Trabalhadores (CUT); Associação dos Oficiais de Justiça Avaliadores Federais no Estado do Ceará (ASSOJAF/CE); Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (ABJD); Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes de Mudanças, Bens e Cargas do Estado do Ceará (SINDICAM); Central dos Trabalhadores e Trabalhadores do Brasil (CTB); Rede Nacional de Advogados e Advogadas Populares (RENAP).

SERVIÇO
Ato em defesa dos direitos sociais e da justiça do trabalho
Data: 21 de janeiro
Horário: 7h
Local: Fórum Autran Nunes (Av. Tristão Gonçalves, 912 – Centro)

Dois presos em incêndio a ônibus no Quintino Cunha

Dois jovens foram presos e uma moça é procurada, após envolvimento no incêndio a um ônibus, na tarde desta sexta-feira (18), no bairro Quintino Cunha. Com um dos acusados, que se identificou como integrante da facção GDE, a Polícia encontrou um bilhete e que criminosos estariam afirmando que os dois últimos dias foram de “trégua”.

De acordo com o depoimento de um dos detidos, a moça procurada teria acenado para que o ônibus parasse, enquanto os dois acusados se mantiveram escondidos. Quando o veículo parou, os acusados invadiram o ônibus com combustível e fogo.

(Fotos: WhatsApp)

O crime está organizado, e nós?

169 3

Em artigo no O POVO desta sexta-feira (18), o deputado federal Capitão Wagner diz que a crise na segurança não é surpresa. Confira:

Apesar de ter pego muitas pessoas de surpresa, a crise na segurança pública que o Ceará vive não é novidade. Nossa segurança tem andado em marcha ré há anos. Já no início de 2019, o Estado vive uma das principais crises de segurança pública. Estão sendo dias assustadores de ataques criminosos contra prédios públicos e privados, ônibus incendiados, detonação de bombas em viadutos e inúmeros transtornos aos cidadãos. Mais de 200 atentados, em mais de 45 cidades, além de Fortaleza, local de maior concentração dos ataques.

A gravidade da situação que vivemos no Ceará exige que haja um entendimento entre as forças políticas e as forças de segurança do Estado para, assim, encontrar a melhor solução para o problema, que, infelizmente, poderá se repetir, conforme ocorreu em outras ocasiões, como em 2016 e 2017, e em julho de 2018, em que ônibus foram incendiados, cessando os ataques em dois ou três dias, após acordo feito pelo Estado com as facções criminosas. Qualquer tipo de acordo com bandidos de facções é imoral e demonstra a falta de capacidade do Estado.

Para resolver o problema das ruas do Ceará precisamos resolver primeiro o dos presídios. Quantas vezes, enquanto deputado estadual, pedi a instalação de bloqueadores de sinal de celular nos presídios cearenses. Nada foi feito, apesar das tentativas.

Sei dos problemas da gestão atual, reconheço erros e também sei reconhecer acertos. A gravidade do momento pede união, e isso me fez entrar em contato com o governador do Ceará, Camilo Santana, meu adversário político, para conversarmos a respeito de soluções para a crise na segurança. Essa atitude não faz de mim menos opositor dele. Elogiei a escolha de Mauro Albuquerque para secretário da Administração Penitenciária, e senti, assim como acredito que toda a população, a expectativa de ter nossa segurança restabelecida pelo Estado, uma vez que vimos Mauro com pulso firme ao dizer que pretende adotar medidas para tornar mais rigorosa a fiscalização e impedir a entrada de celulares nos presídios do Ceará.

Ressalto sempre que o importante é o bem estar e a segurança da população, que deve estar acima de qualquer disputa política. Precisamos nos unir contra com o crime. O Estado precisa mostrar a força que tem e deve dar ao cidadão cearense a sensação de segurança que merece e que não se sente há muitos anos.

Capitão Wagner

Deputado federal eleito (Pros)

Ceará deverá ter chuvas em torno da média em 2019, aponta prognóstico da Funceme

O Ceará deve ter chuvas em torno da média em 2019, de acordo com prognóstico apresentado pela Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) na manhã desta sexta-feira, 18. A previsão é para o período de fevereiro a abril, os três principais meses da quadra chuvosa, que abrange também o mês de maio.

Segundo a Funceme, o Ceará tem 30% de probabilidade de chuvas acima da média, 40% de chuva em torno da média e 30% de chuvas abaixo da média.

O indicativo, conforme o prognóstico, é de redução das chuvas ao longo dos meses de quadra chuvosa. Além disso, a previsão é de chuvas acima do normal no Norte do estado e abaixo do normal no sul.

O prognóstico é válido para os meses de fevereiro, março e abril deste ano. Os meses são os três primeiros e os mais importantes da quadra chuvosa, que termina em maio. O anúncio do prognóstico foi apresentado pelo presidente da Funceme, Eduardo Sávio. Os secretários Élcio Batista, da Casa Civil, e Francisco Teixeira, do Recursos Hidrícos, acompanharam a divulgação.

A reserva hídrica do Ceará conta com 1,95 bilhão de metros cúbicos de água, o que corresponde a 10,5% da capacidade total de abastecimento – 18,6 bilhões de metros cúbicos. De acordo com o Portal Hidrológico do Ceará, dos 155 açudes monitorados, 105 estão com volume inferior a 30%. Apenas dois tem o volume acima de 90%: Jenipapo e Germinal. O maior reservatório do Ceará, o açude Castanhão opera apenas com 2% de sua capacidade hídrica. Situação crítica também para o segundo maior, o Orós, que está com 5,5%.

As chuvas de pré-estação no Ceará têm sido fortes nos últimos meses. Comparado o mesmo período de anos anteriores, dezembro de 2018 foi o mais chuvoso em 29 anos para aquele mês. O período terminou com um observado de 92.5 milímetros (mm). Em dezembro de 1989, foram registrados 138.2 mm. Novembro último também registrou chuvas acima da média histórica para o mês no Ceará, com um desvio de 246,1%. Durante o período, foi registrado precipitação, pelo menos, 117 das 184 cidades.

Para a quadra de 2019, já foi confirmado o El Niño – fenômeno associado a períodos de estiagem e caracterizado pelo aumento da temperatura das águas do Oceano Pacífico. Até agora, a tendência é de que o fenômeno seja de intensidade fraca a moderada.

Profetas

De acordo com 25 profetas da chuva, reunidos em 12 de Janeiro no município de Quixadá, distante 163,5 km de Fortaleza, o Estado deve ter inverno dentro da média este ano. Um dos profetas chegou à conclusão de que, apesar de chuvas regulares, a tendência é de que o inverno seja longo e se estenda até o final do mês de junho. O diagnóstico é feito a partir das percepções dos profetas, que utilizam saberes populares para prevê a intensidade da quadra chuvosa.

2018

Em 2018. o prognóstico de chuvas para o trimeste foi positivo – o melhor previsto para os últimos 10 anos.O anúncio feito em janeiro daquele ano apontava probabilidade de 40% de chuva acima da média, 35% em torno do normal e 25% abaixo. Entre fevereiro e abril, o indície de precipitação foi 6,1% acima do esperado. Enquanto o normal para o período é 510,1 milímetros, o observado foi de 541,4 mm.

(O POVO Online / Foto: Reprodução)

Fortaleza tem primeira noite e madrugada sem ataques

Fortaleza e região metropolitana não têm ataques contra patrimônio público ou privado desde a tarde de quinta-feira, 17. Essas foram as primeiras noite e madrugada sem registro de ocorrências ligadas à onda de violência que atinge o Ceará nas últimas semanas, por ação de grupos criminosos.

Agentes das Forças de Segurança do Estado informaram que entre as 0h e 07h desta sexta-feira, 18, somente um caso de “bomba rasga lata” foi averiguado próximo à Caucaia, supostamente sem ligação com os recentes ataques.

O último atentado em Fortaleza foi feito contra um caminhão de coleta de lixo, alvo de incêndio no bairro Serrinha, por volta das 12h53min da tarde de quinta. O veículo estava sem escolta policial.

Ainda nesta semana, a madrugada de terça-feira, 15, também não tinha registrado ocorrências desse tipo. Entretanto, essa foi a primeira vez que não houve ações criminosas também durante a noite anterior à madrugada.

(O POVO Online)

Chove em Fortaleza desde as 3 horas desta sexta-feira

Desde as 3 horas desta sexta-feira (18) que a chuva cai em Fortaleza, com fortes trovoadas por volta das 4 horas. Segundo dados divulgados há pouco pela Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), choveu 35 milímetros na Capital.

As maiores chuvas, no entanto, de acordo ainda com dados da Funceme, são registradas em Itapiúna (79 mm), Horizonte (74 mm), Iracema (66 mm), Iguatu (54 mm), Morada Nova (52.2 mm), Beberibe (52 mm), Quixeramobim (50 mm), Ocara (48 mm), Ererê (48 mm), Pacajus (48 mm), Boa Viagem (47 mm), Jaguaribe (46.2 mm), Itaitinga (46 mm), Barro (45 mm), Solonópole (42 mm), Itarema (41 mm), Fortim (41 mm), Itaiçaba (40.8 mm) e Groaíras (40 mm).

Copa Nordeste – Ceará estreia goleando o Sampaio Correa pelo placar de 5 a 0

191 1

O Ceará estreou, nesta noite de quinta-feira, na Copa Nordeste, goleando a equipe do Sampaio Correa. O placar, na Arena Castelão, foi elástico: 5×0.

Marcaram gols pelo alvinegro Felipe Baxola, Vitor Feijão, Ricardinho e Ricardo Bueno (2). Foi a noite de estreantes como  Baxola, Feijão e Ricardo Bueno, contratações que tiveram a chancela do técnico Lisca.

O goleiro do Ceará não foi Everson, mas Diogo Silva, que teve pouco trabalho. Everson é flertado pelo Santos.

(Foto: Reprodução)

Funceme divulga nesta sexta-feira quadro de chuvas até abril

377 3

A Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) divulga nesta sexta-feira (18), a partir das 9 horas, no Palácio da Abolição, o prognóstico de chuvas no Ceará para fevereiro, março e abril.

Os dados serão apresentados pelo presidente da instituição, Eduardo Sávio Martins. A divulgação será acompanhada pelos secretários estaduais Élcio Batista e Francisco Teixeira.

(Foto: Arquivo)

Camilo se deixa consumir na crise da segurança

258 5

Difícil acreditar, mas a visível perda de peso do governador Camilo Santana contam exatos 15 dias.

Na primeira foto, o governador estava no Palácio da Abolição, na nomeação dos novos titulares da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil e Academia de Segurança Pública, no último dia 2, quando do início do ataques criminosos do Estado.

A segunda foto foi feita na tarde desta quinta-feira (17), em Brasília, quando da reunião de Camilo com o ministro Sérgio Moro.

Na foto feita no Palácio da Abolição, o governador faz perceber uma “barriguinha”, que desapareceu por completo na segunda foto. Outro detalhe é a calça social na primeira foto, que lhe deveria deixar mais magro com relação à segunda foto, no uso de uma calça de tecido jeans.

Segundo pessoas próximas ao governador, Camilo não estaria medindo esforços para resolver a crise na segurança pública, atento a todas as ações e iniciativas dia e noite.

(Fotos: Facebook de Camilo)

Camilo e Moro discutem situação da violência no Ceará

200 2

O governador Camilo Santana e o ministro Sérgio Moro estiveram reunidos na tarde desta quinta-feira (17), no Ministério da Justiça e da Segurança Pública, em Brasília, onde discutiram a situação dos ataques criminosos no Ceará.

Camilo este acompanhado dos secretários André Costa (Segurança) e Mauro Albuquerque (Administração Penitenciária).

(Foto: Facebook)

Caminhão de lixo é incendiado durante coleta na Serrinha

235 1

Criminosos aproveitaram para incendiar um caminhão de lixo que coletava resíduos no bairro Serrinha sem escolta policial nesta quinta-feira, 17. O ataque ocorreu por volta das 12h53min. A guarnição do Corpo de Bombeiros Militar do José Walter foi chamada para atender a ocorrência.

De acordo com moradores da região, o atentado ocorreu próximo à Escola Filantrópica Andréa Pescia, na rua Benjamin Franklin.

Roberto Cláudio (PDT), prefeito de Fortaleza, anunciou há oito dias que Fortaleza teria coleta extra de lixo com apoio da Polícia Militar. O gestor municipal ainda afirmou que o lixo acumulado seria recolhido em operação extra durante o período noturno.

ATUALIZAÇÃO – O Blog apurou que o bairro Serrinha não foi colocado como área de risco, por isso não havia escolta de policiais.

(OPOVO Online / Repórter Ítalo Cosme / Fotos: Via Instagram O POVO)

Polícia investiga explosivos em viaduto na Osório de Paiva

Policiais fecharam no início da tarde desta quinta-feira (17) os dois sentidos da avenida Osório de Paiva, próximo ao quarto anel viário, diante da denúncia de explosivos em um dos pilares do viaduto.

A estrada dá acesso ao município de Maranguape e é bastante movimentada.

A Polícia ainda não passou informações do material encontrado.

(Fotos: WhatsApp de leitor do Blog)

Camilo se reúne com Moro, nesta tarde, para apresentar ações de combate ao crime no Ceará

405 6

O governador Camilo Santana estará com o ministro Sérgio Moro, no início da tarde desta quinta-feira (17), em Brasília, para apresentar as ações que o Ceará tem adotado contra o crime organizado.

Nessa quarta-feira (16), Camilo esteve reunido com o ministro da Defesa, general Fernando Azevedo, e destacou a importância das forças nacionais de segurança no Ceará.

(Foto: Facebook)

Ensinou a pensar – Ciro destaca atuação de padre Osvaldo na formação da juventude sobralense

O livro “Padre Osvaldo – Coletânea de Sermões” teve lançamento na noite dessa quarta-feira (16), no Theatro São João, em Sobral, na Região do Ceará, a 222 quilômetros de Fortaleza.

O ex-governador do Estado e ex-ministro Ciro Gomes destacou a importância de padre Osvaldo na formação do jovem sobralense. “Nos ensinou Português, mas, fundamentalmente, a pensar”, ressaltou.

Além de Ciro, padre Osvaldo também foi professor de Cid Gomes, Ivo Gomes e ainda do ex-prefeito Veveu Arruda e da vice-governadora Izolda Cela.

Explosão é registrada em poste ao lado do trilho do metrô na estação Couto Fernandes

Por volta das 4 horas desta quinta-feira, 17, uma bomba foi colocada em um poste próximo de estação do metrô de Fortaleza, no bairro Couto Fernandes. A explosão danificou a estrutura, mas não apresentou riscos ao funcionamento do transporte. O poste fica ao lado do trilho do metrô. De acordo com o Corpo de Bombeiros, não houve incêndio subsequente e a ocorrência foi registrada pela Polícia Militar.

Metrofor afirma que a linha está funcionando normalmente nesta manhã. Por 1 hora, os prejuízos foram avaliado por técnicos e engenheiros da empresa responsável. O transporte foi liberado às 7h15min. Os danos já estão sendo reparados.

Este já é o 16º dia da onda de violência no Ceará. Durante a madrugada, outro ataque foi registrado em ponte no bairro Bela Vista. Na noite de quarta-feira, 16, uma agência bancária foi alvo de tiros e incêndio na Aerolândia.

(O POVO Online / Repórter Kevin Alencar)