Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Camilo está otimista com economia, apesar do arrocho

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=jlpN2rZfrMk&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

O governador eleito do Ceará, Camilo Santana (PT), disse na noite desta quinta-feira (27), na Fiec, que espera aguardar as orientações da presidente Dilma Rousseff para avaliar os rumos da economia brasileira.

Camilo destacou que o Ceará é o terceiro Estado do Brasil e o primeiro do Nordeste a gerar empregos com carteira assinada.

Camilo Santana recebe na Fiec a “Agenda da Indústria”

fiec

O governador eleito Camilo Santana recebeu na noite desta quinta-feira (27), na Fiec, o documento “Agenda da Indústria”, que apresenta é um conjunto de propostas que a entidade espera ver implantadas na futura gestão, como forma de reforçar a atuação do setor industrial.

O documento foi entregue pelo presidente da entidade, Beto Studart. Entre as sugestões estão a ampliação dos distritos industriais, a expansão da politica de incentivos fiscais, além de mais investimentos em infraestrutura.

(Fotos: Paulo MOska)

Ex-presidente da Fiec espera que nova equipe econômica se imponha perante Dilma Rousseff

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=Gje4db36Sk8[/youtube]

O ex-presidente da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), Roberto Macedo, gostou da confirmação dos nomes da nova equipe econômica do segundo Governo Dilma Rousseff. Para a Fazenda, Joaquim Levy, para o Planejamento, Nelson Barbosa, e continuando à frente do Banco Central, Alexandre Tombini.

Roberto Macedo, no entanto, afirma esperar que essa nova equipe tenha mesmo condições e liberdade para trabalhar e promover as mudanças necessárias. Isso, sem a presidente Dilma Rousseff fazer tantas interferências.

DETALHE – Bom lembrar que, nesta noite de quinta-feira, no Centro de Eventos, Roberto Macedo ganhará homenagem na Convenção Nacional dos Jovens Empreendedores.

AFBNB faz pressão em Brasília contra possível rateio de verbas do FNE

A Associação dos Funcionários do BNB (AFBNB) está realizando uma agenda institucional em Brasília, por meio de sua presidente Rita Josina e dos diretores Alci Lacerda de Jesus e José Frota de Medeiros. Na agenda, reunião com o presidente do Conselho de Administração do BNB, Dyogo de Oliveira, articulação com a presidência da Comissão de Assuntos Econômicos do Senado Federal (CAE), na pessoa do seu presidente, Lindenbergh Farias (PT-RJ), no intuito de tratar sobre o PLS 273/2010. Esse projeto tramita na Casa e objetiva compartilhar os recursos do FNE com os demais bancos. A AFBNB considerado uma “temeridade” para o BNB e para a região.

Os dirigentes da AFBNB também tratam junto à Presidência da República sobre o documento “Nordeste: Sem Ele não há Solução para o Brasil”, entregue durante a campanha eleitoral e reencaminhado após o processo eleitoral ao governo federal.  O documento está sendo entregue também a vários parlamentares em visitas aos diversos gabinetes do Congresso.

A Associação continua em Brasília, onde também está participando de seminário em comemoração aos 25 anos dos fundos constitucionais (FNE, FNO e FCO), uma promoção do Ministério da Integração Nacional.

MDA manda nota sobre informação de colunista da Época veiculada neste Blog

Da Assessoria de Imprensa do Ministério do Desenvolvimento Agrário, recebemos nota acerca de informação aqui replicada da coluna de Felipe Patury, da Revista Época, na última terça-feira. O título era “Não conhece a lei?”(Blog do Eliomar/O Povo Online (http://blog.opovo.com.br/blogdoeliomar/ministro-pediu-eunicio-oliveira-que-cedesse-parte-da-fazenda-invadida-ao-mst/) na terça-feira (25):

 Segundo o MDA, a reunião que a nota diz ter ocorrido na verdade “nunca” aconteceu. “Não houve este encontro, assim como não houve a conversa, em que a nota destaca, entre o ministro Miguel Rossetto e o senador Eunício Oliveira (PMDB)”. O assunto referente à Fazenda Santa Mônica está “com o Tribunal de Justiça de Goiás.”

Ou seja, o ministro aguarda a decisão da justiça.

Conaje homenageia Roberto Macedo e futuro ministro Armando Monteiro

Roberto-Macedo-FIEC1

O ex-presidente da Fiec, Roberto Macedo, será homenageado na noite desta quinta-feira (27), no Centro de Eventos, durante o Congresso Nacional de Jovens Empreendedores (Conaje).

Roberto Macedo também representará o homenageado e futuro ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, senador Armando Monteiro Neto (PTB-PE), ex-presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Camilo Santana receberá da Fiec o documento “Agenda da Indústria”

betto

O presidente da Federação das Indústrias do Ceará, Beto Studart, ao lado de toda a diretoria, entregará o documento “Agenda da Indústria” ao governador eleito Camilo Santana (PT). O ato ocorrerá a partir das 18h30min desta quinta-feira, na sede da federação.

O documento é um conjunto de propostas que a entidade espera ver implantadas na futura gestão, como forma de reforçar a atuação do setor industrial. Entre várias sugestões, a ampliação dos distritos industriais, expansão da politica de incentivos fiscais e mais investimentos em infraestrutura.

Concurso para defensor público terá prova domingo

Mais de sete mil candidatos farão prova, neste domingo, para o concurso público da Defensoria Pública do Ceará (DPGE-CE). O certame é para preencher 60 vagas, segundo a assessoria de imprensa do órgão.

A prova terá abertura dos portões às 8 horas (horário local) e fechamento às 8h30min. Serão 100 questões objetivas, que deverão ser respondidas durante cinco horas de prova.

O certame será aplicado na Faculdade 7 de Setembro (FA7) e Centro Universitário Estácio do Ceará (Unidades Moreira Campos e Via Corpvs).

SERVIÇO

Os candidatos inscritos saberão o local de prova e horário por meio do Cartão Informativo, que será enviado por e-mail e disponível no site da Fundação Carlos Chagas (www.concursosfcc.com.br).

Amigo de Camilo e marido da vice, prefeito de Sobral garante: permanecerá no cargo

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=kiwQoz_GeW0[/youtube]

O prefeito de Sobral, Clodoveu Arruda (PT), visitou obras de requalificação no Centro de seu município, nesta semana, e, claro, foi indagado sobre política. “Veveu”, como é conhecido em sua terra, foi indagado se permanecerá no cargo. Há especulações de que ele poderia renunciar e se integrar à futura equipe do governador eleito Camilo Santana (PT), que terá como vice Izolda Cela, sua mulher.

Clodoveu Arruda garante que ficará no cargo, observando ter compromisso com Sobral, mas aproveitou para comemorar vitórias da coligação que levou o PT a ganhar o Governo do Ceará.

(Blog Sobral de Prima)

Fortaleza ganha loja de rede de sorvetes da Argentina

A Freddo, rede argentina de sorvetes 100% artesanais, chega a Fortaleza neste mês de dezembro e abrirá loja no Shopping RioMar. A primeira unidade da marca na cidade trará mais de 30 opções de sorvetes, incluindo sete sabores com seu maior clássico, o doce de leite, além de diversas opções de chocolate, frutas, cremes e uma grande variedade sem glúten – todas com os melhores ingredientes naturais.

A rede se instalou no Brasil em 2010 e conquistou o público nacional com seus sorvetes feitos à mão, sem adição de bases industrializadas, saborizantes, conservantes ou gordura vegetal. As matérias-primas incluem chocolate de fabricação própria, feito a partir de um blend de amêndoas de cacau de várias origens e frutas selecionadas. A casa oferece ainda sorvetes light e linha kosher.

O fisiologismo acaba com o Brasil feito a saúva devorando a lavoura

Com o título “A saúva como metáfora”, eis artigo do jornalista Luís-Sérgio Santos. Ele faz uma analogia da força devorada da saúva em uma lavoura, com tantos escândalos que se irromperam em torno  da maior estatal brasileira, a Petrobras. Confira:

A saúva é uma designação genérica dada as formigas, principalmente àquelas vorazes devoradoras de folhas e de outras partes da planta. Um terror para a agricultura daí o sucesso no Brasil da indústria de formicidas e outros venenos que preservam a safra e contaminam os alimentos.

Os enormes formigueiros são muito comuns no Planalto Central e eles foram apontados como um desafio a vencer bem antes da construção da Brasília de Juscelino Kubitschek. De tão veementes e ostensivos em sua insaciável relação com as plantas, a saúva migrou para a política.

“Ou o Brasil acaba com a saúva, ou a saúva acaba com o Brasil”, diagnosticou Auguste de Saint-Hilaire (1779-1853), famoso naturalista francês que dedicou seis anos de sua vida ao estudo das plantas no Brasil, para onde veio aos 37 anos. A frase aparece em seu livro Viagem à Província de São Paulo. Na década de 1940, Governo Vargas, uma campanha do Ministério da Agricultura reverberava: “Ou o Brasil acaba com a saúva, ou a saúva acaba com o Brasil”.

O Brasil virou um paraíso global da indústria de pesticidas e a saúva do formicida, tecnicamente sob controle, migrou radicalmente para a política. E Mário de Andrade, em seu clássico Macunaíma parafraseou: “Pouca saúde e muita saúva, os males do Brasil são”.

A “profética” frase de Auguste foi apropriada rapidamente pela a política do fisiologismo. A metáfora da saúva ganhou uma enorme vitalidade nos anos até o início dos anos 1960 e se incorporou ao imaginário nacional. A saúva, metamorfoseada, agora frequentava os poderes públicos e sofisticou sua voracidade agora subtraindo em tenebrosas transações e outras nem tanto a parte que irriga a corrupção e a hegemonia em nome da governabilidade num círculo vicioso ao estilo bola de neve.

A insaciabilidade da nossa saúva tropical desbanca dois clássicos da “corrupção” no mundo — clássicos medíocres se comparados aos volumes financeiros movimentados nos episódios desvendados pela Operação Lava Jato que parte da imprensa prefere chamar de Petrolão.

Um desses escândalos envolveu o ex-chanceler federal da Alemanha, Helmut Kohl. Ele caiu em desgraça ao relutar em não informar os nomes dos doadores anônimos de 2 milhões de marcos para sua campanha eleitoral. As doações ficaram marcadas como “ilegais”. Kohl, que era um ícone respeitado da política internacional, foi expulso da política.

O outro escândalo exemplar é o que envolve o presidente Nixon, no caso Watergate. A investigação rastreia uma doação não declarada em cheque de 20 mil dólares. Nixon, como se sabe, morreu em desgraça moral.

No Brasil da saúva, os valores financeiros da corrupção transformam esses dois episódios em casos risíveis não fora o trágico. Aqui, a corrupção é bilionária. E, pior, de tão banalizada, sequer nos comove. Em salas refrigeradas e suítes presidenciais mundo a fora, a nossa voraz saúva vive!

Com a licença de Mário de Andrade: “Muita saúva e pouca educação, os males do Brasil são”.

Empresariado vai reagir contra saída de unidade de exportações do Banco do Brasil

expororo

Fabiano Oliveira (BB) e Edgar Gadelha (Fiec), este só revolta.

O setor exportador cearense, com apoio da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), vai iniciar uma mobilização junto aos parlamentares federais e CNI para tentar reverter decisão do Banco do Brasil de transferir sua Gerência Regional de Apoio a Comércio Exterior para o Recife (PE).

A decisão foi tomada nesta manhã de quinta-feira, durante reunião realizada na Fiec, onde participaram o gerente Fabiano Oliveira, do BB e exportadores, além de profissionais com atuação no mercado Exterior. Tudo sob a coordenação de Edgar Gadelha, diretor financeira da federação.

Fabiano Oliveira tentou justificar o porquê da transferência. Justificou redução de custos e reestruturação de processos e a necessidade de maior agilidade nas operações do BB. A justificativa, no entanto, não foi aceita pelo empresariado e o técnico do banco teve que ouvir poucas e boas dos cerca de 30 executivos e profissionais da área presentes no encontro.

Edgar Gadelha avisou que, a partir da noite desta quinta-feira, começará a mobilização. Será feito um comunicado ao governador eleito Camilo Santana sobre o descontentamento dos exportadores em relação a essa medida tomada pelo Banco do Brasil. Haverá pedido a Camilo para que reforce essa luta. Camilo vai à Fiec receber a Agenda da Indústria, um conjunto de propostas do setor industrial à sua gestão.

(Foto -Geovane Santos)

Vale Jaguaribano sem água para consumo animal, diz prefeito de Russas

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=d0ZDK7TaNr0&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

Dois setores estão sofrendo com a estiagem na região do Vale do Jaguaribe, segundo informa o prefeito de Russas, Weber Araújo.

São eles: o agronegócio, com água reduzida para a irrigação, no que reduziu a produção do setor da fruticultura; e os proprietários de bovinos, ovinos e caprinos, sem água para o consumo dos rebanhos.

João Victor, o “nerd” do Enem, já recebeu um parabéns oficial?

418 2

joaao

A façanha de João Victor (16), o garoto da Escola de Ensimo Médio Governador Adauto Bezerra (Viola União)que acertou 172 questões das 180 do Enem 2014, foi reconhecida por muitos e ganhou boa repercussão.

Mas será que alguma autoridade do Governo do Estado, que banca a escola, mandou pelo menos um cartão de Natal para o jovem?

Alguns assessores do governador Cid Gomes garantem que, quando ele retornar dos EUA, vai querer conhecer o João Victor. O jovem virou exemplo real de que investimento em escola pública deve prioridade de qualquer Estado que pense em desenvolvimento e qualidade de vida.

* Mais sobre João Victor aqui.

(Foto – Camila de Almeida)

Prefeito manda para a Câmara Municipal pacote de Reforma Administrativa

prefito robertoclaudio

Chegou à Câmara Municipal de Fortaleza, nesta quinta-feira, um pacote de reforma administrativa assinado pelo prefeito Roberto Cláudio (Pros). São 28 projetos de lei que prometem principalmente aliviar o cenário de arrocho financeiro vivido pela gestão e de olho em 2015, ano apregoado como de arrocho.

Os projetos – cujo teor ainda não foi divulgado, deverão ser distribuídos para as comissões técnicas da Casa.

Entre as novidades, a criação da Agência Integrada de Fiscalização, a transformação da Funcet em fundação de direito privado direcionado ao desenvolvimento econômico e social. Também a Habitafor será transformadas em Secretaria Municipal da Habitação Popular, pois cuidará diretamente de projetos como Minha Casa, Minha Vida.

Mas a ordem é mesmo cortar gorduras. Depois do corte nas gordurinhas pessoais, claro.

Pena, no entanto, que essa reforma administrativa chegue neste fim de ano, lamentam alguns vereadores da oposição.

Prefeitura elabora projeto para enfrentar a guerra fiscal na Região Metropolitana

foto robinson de castro

Da Coluna O POVO Economia, da jornalista Neila Fontenele, no O POVO desta quinta-feira:

A cidade de Fortaleza tem perdido alguns investimentos para municípios de regiões vizinhas que oferecem descontos em impostos e terrenos para empresas. Cidades como Eusébio e Caucaia, por exemplo, conseguiram estabelecer polos de serviço em função de estratégias de desoneração.

Essas vantagens comparativas, entretanto, poderão ficar mais difíceis. Embora o secretário de Desenvolvimento Econômico de Fortaleza, Robinson de Castro, diga que não pretende entrar em nenhuma guerra fiscal contra as cidades da Região Metropolitana, estão sendo montados projetos que darão a Fortaleza condições para entrar na briga por investimentos.

Uma minuta com as regras de benefícios fiscais está sendo avaliada pelas secretarias de Meio Ambiente (Seuma) e de Finanças (Sefin). Robinson de Castro antecipa que a Prefeitura de Fortaleza quer atrair negócios para as áreas mais pobres da cidade. Esses projetos podem funcionar como âncoras de emprego e desenvolvimento dos bairros, de acordo com a sua vocação.

O projeto está sendo preparado para entrar em vigor no início do próximo ano. Na visão de Robinson, 2014 seria o ano de preparação da estratégia e, 2015, o de início da execução desses projetos. A ideia é descentralizar os negócios na cidade e permitir o aumento da arrecadação, sem mexer muito com quem já está instalado.

Para evitar um leilão de impostos e terrenos entre as cidades, o secretário avisa que chamará os secretários da Região Metropolitana para conversar sobre o assunto e tentar evitar possíveis conflitos.

Embora guerra fiscal não seja algo saudável para os municípios, o fato de Fortaleza entrar na briga pode resolver algumas distorções. Atualmente é comum empresas utilizarem o seguinte instrumento: são abertas formalmente em municípios vizinhos e continuam atuando em Fortaleza. Ou seja, as companhias conseguem o benefício, mas não geram os empregos no local onde são incentivadas. Com uma política fiscal de Fortaleza diferenciada, esse problema pode acabar.

Decon apresentará o serviço de reclamação online

83 1

O Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Decon) vai reunir, a partir das 10 horas desta quinta-feira, empresas cearenses e apresentar o serviço de reclamações online (www.consumidor.gov.br). A ideia é que os convidados se interessem em formalizar a adesão à plataforma virtual. O encontro ocorrerá na sede da Procuradoria Geral de Justiça (Bairro José Bonifácio). Esse é o primeiro lote de empresas cearenses convidadas a integrar o sistema. A imprensa poderá acompanhar a reunião.

Nessa lista, a Coelce, Ibyte, Unimed Fortaleza, Rabelo Som e Imagem, Hapvida Assistência Médica, Multiplay, Cecomil e os supermercados que integram a Associação Cearense dos Supermercados (Acesu). O procurador-geral de justiça, Ricardo Machado, e a secretária-executiva do Decon, Ann Celly Sampaio, também participam da reunião.

Por se tratar de um serviço provido e mantido pelo Estado, a participação das empresas no consumidor.gov.br só é permitida através da adesão formal ao serviço, mediante assinatura de um termo no qual se comprometem a conhecer, analisar e investir todos os esforços disponíveis para a solução dos problemas apresentados. A empresa se compromete a acompanhar diariamente as reclamações na plataforma e postar a resposta em até 10 dias.

 

Seminário comemora 25 anos dos fundos constitucionais. Autor da lei é um cearense

10 - Firmo de Castro

A convite do Ministério da Integração Nacional, o ex-deputado federal Firmo de Castro falará nesta quinta-feira, em Brasília, no seminário “25 anos dos Fundos Constitucionais”.

O encontro congregará autoridades federais, políticos e dirigentes de organismos públicos que atuam nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, que foram as beneficiadas com fundos constitucionais.

Firmo de Castro foi o autor do dispositivo constitucional e da lei que deram origem a esses fundos. Quem também participa desse seminário é o presidente do BNB, Nelson Antônio de Sousa.

UFC abrirá programação dos seus 60 anos de criação

Da Coluna Vertical, do O POVO desta quinta-feira:

 

A Universidade Federal do Ceará (UFC) acaba de instituir, com aval do seu Conselho Universitário, a “Medalha UFC 60 Anos”. Trata-se de comenda que, ao longo do próximo ano, será entregue a autoridades, personalidades e entes jurídicos que contribuíram para a criação e consolidação da Instituição.

Segundo o reitor Jesualdo Farias, já está marcado para o próximo dia 16, às 9 horas, no auditório Castello Branco, o lançamento de toda a programação festiva. Haverá, nessa ocasião, uma homenagem especial a todos os ex-reitores (vivos e mortos).

No programa dos 60 anos consta também a implantação da Associação dos Ex-Alunos da UFC, com a expectativa de atrair ex-estudantes com boa condição financeira para fazer doações à universidade.

Trabalhadores de empresa que presta serviços de TI ao Banco do Brasil estão em greve

Os trabalhadores da Cobra Tecnologia no Ceará, Amapá, Bahia, Distrito Federal, Goiás, Maranhão, Pará, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro e São Paulo estão em greve. A categoria da área da Tecnologia da Informação (TI) exerce atividades no Banco do Brasil. Em Fortaleza, as manifestações ocorrerão, a partir das 9 horas, em frente a agência do Banco do Brasil situadas entre as Avenidas Santos Dumont e Desembargador Moreira, no bairro Aldeota.

Lideranças do movimento dizem que a greve é o último recurso encontrado para pressionar por ganho real (5%), equivalência no Plano de Saúde e Licença Prêmio, reajuste do tíquete de alimentação/refeição pelo índice de alimentação fora de domicílio calculado pelo ICV Dieese (9,35%), entre outras demandas. Somente após a empresa apresentar uma proposta em assembleia é que os trabalhadores(as) irão analisar e deliberar se continuam ou não com a greve.