Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Paulinho da Força alfineta temperamento de Ciro e ouve: “Eu mudei!”

O deputado federal Paulinho da Força (SD-SP) esbarrou com o presidenciável Ciro Gomes (PDT), em Brasília, e fez duas previsões, de acordo com o que informa a Coluna Radar, da Veja Online.

Ele tem duas certezas sobre as próximas eleições: que Ciro estará no segundo turno e que o pedetista vai falar alguma barbaridade durante a campanha.

Mas Ciro cortou na hora e disparou: “Mas eu mudei!” A conferir.

TJ abre na segunda-feira a III Semana Estadual do Júri

A III Semana Estadual do Júri terá início nesta segunda-feira (11) com 126 júris confirmados em todo o Ceará. A iniciativa faz parte da meta de “Persecução Penal de Ações Penais em Tramitação” da Estratégia Nacional de Justiça e Segurança Pública (Enasp), que tem à frente, no âmbito do Judiciário cearense, a desembargadora Adelineide Viana. A informação é da assessoria de imprensa do TJCE.

A magistrada participará da solenidade de abertura da Semana às 9 horas, na 3ª Vara do Júri antes da primeira sessão do Fórum Clóvis Beviláqua. O esforço concentrado é promovido pelo Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) e visa agilizar julgamentos de processos relativos a ações penais de crimes dolosos contra a vida (homicídio, infanticídio, incitação ao suicídio e aborto) em todo o Estado.

A finalidade é promover a articulação dos órgãos responsáveis pela segurança pública, reunir e coordenar as ações nacionais no sentido de conferir maior efetividade e sustentabilidade ao sistema de Justiça e Segurança Pública com reflexos na paz social e na diminuição da violência. Clique aqui para ver a programação completa.

Júri Simulado

O júri simulado ocorrerá na quarta-feira (13), pela manhã, no auditório da Escola Superior da Magistratura do Ceará (Esmec), com a participação dos alunos da Escola de Ensino Fundamental e Médio (EEFM) Dom Antônio de Almeida Lustosa.

SERVIÇO

*Terceira Vara do Júri do Fórum Clóvis Beviláqua – Rua Des. Floriano Benevides Magalhães, 220 – Edson Queiroz.

(Foto – TJCE)

TIM inaugura sua primeira loja digital em Fortaleza

A TIM vai inaugurar, na próxima segunda-feira, no primeiro piso do North Shopping, no bairro São Gerardo, em Fortaleza, a primeira loja no conceito 100% digital do Ceará. A informação é da assessoria de imprensa dessa operadora de telefonia, adiantando que a unidade corresponde à segunda do Nordeste e à sexta em todo o Brasil, neste modelo. São 133 m² de área e uma equipe de cerca de 10 profissionais preparados para apresentar aos clientes mudanças importantes no formato de atendimento, estrutura e design de loja.

O espaço oferecerá experiências e interatividade com os produtos da operadora. Também terá módulos específicos para fabricantes de aparelhos, lançamentos e degustação em telas touch. O foco da TIM, adianta a assessoria, será na vivência dos clientes e na digitalização dos serviços.

A operadora líder em 4G no Brasil e em Fortaleza (com 138 cidades cobertas com a tecnologia, segundo dados da Anatel), quer passar de 50 lojas em novo formato até o fim deste ano, com mais uma novidade: as próprias contarão também com wi-fi para os visitantes, incluindo não clientes, já no final deste primeiro semestre.

“Estamos trabalhando fortemente para o aprimoramento dos nossos canais de atendimento, focando em soluções mais rápidas e eficientes. O novo conceito das lojas vem para oferecer uma experiência de consumo diferenciada para nossos clientes e assim sermos sempre a primeira opção do consumidor”, diz Micheline Luna, gerente de lojas TIM no Nordeste.

Além de Fortaleza, Recife, Salvador, Belo Horizonte, Brasília, Campinas, Campo Grande, Caxias e Curitiba estão entre as cidades que receberão as novas lojas digitais da TIM em breve.

Fetrans premia empresas do transporte de passageiros por ações sustentáveis

Nove empresas cearenses receberam o Prêmio Melhoria da Qualidade do Ar promovido pela Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Ceará, Piauí e Maranhão (Fetrans), em evento no auditório do Sest-Senat Fortaleza, nessa quinta-feira, reunindo empresários, ambientalistas e colaboradores das empresas do setor de transportes para celebrar ações de incentivo à preservação do meio ambiente.

No total, segundo a assessoria de imprensa da Fetrans, 26 honrarias foram concedidas durante a cerimônia nas quatro categorias da 16ª edição do Prêmio Melhoria da Qualidade do Ar (PMQA). No Prêmio Melhoria da Qualidade do Ar, nove empresas foram agraciadas com os troféus, entre elas sete empresas de passageiros e duas de cargas. Além disso, o presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, Zezinho Albuquerque, recebeu o Troféu Destaque Ambiental pelas ações de viés sustentável realizadas durante os seus mandatos de deputado estadual.

O Certificado de Qualidade “Empresa 100%” foi entregue a 13 empresas que não receberam nenhuma multa pelo órgão ambiental estadual, no caso do Ceará a Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) durante o período estabelecido para a avaliação, e que também tiveram toda a sua frota aprovada pelo Programa Despoluir da Fetrans

Já no critério “Ação Inovadora”, que incentiva as empresas a buscarem novas soluções criativas e ambientalmente sustentáveis, foram premiadas as empresas Expresso Guanabara, com a ação “Ciclo Sustentável”; a Organização Guimarães – Empresa Vitória, com a ação “Cuidar do Lixo é Cuidar da Vida” e a empresa Daniel Transportes LTDA, com a ação “Redução do Consumo de Água nas Descargas e Aparelhos Sanitários”, em primeiro, segundo e terceiro lugar, respectivamente.

Premiações

Certificado de Qualidade “Empresa 100%”

Categoria Passageiros:

Auto Viação Dragão Do Mar Ltda

Auto Viação Fortaleza Ltda

Empresa de Transporte Santa Maria Ltda

Expresso Guanabara S/A

Organização Guimarães Ltda – Empresa Vitória

São Benedito Auto Via

Transportes Urbanos Aliança S/A

Vega S/A Transporte Urbano

Viação Princesa dos Inhamuns Ltda

Viação Urbana Ltda

Prime Plus Locação de Veiculo e Transporte Turístico

Categoria Cargas:

Daniel Transportes Ltda

Tlx Transportes e Logística Ltda

Critério Ação Inovadora

1° – Expresso Guanabara – “Ciclo Sustentável”

2° – Organização Guimarães – Empresa Vitória – “Cuidar do Lixo é Cuidar da Vida”

3° – Daniel Transportes LTDA – “Redução do Consumo de Água nas Descargas e Aparelhos Sanitários”

Prêmio Melhoria da Qualidade do Ar 2018

Categoria Passageiros:

Auto Viação Dragão do Mar Ltda

Expresso Guanabara S/A

Organização Guimarães Ltda – Empresa Vitória

Transportes Urbanos Aliança S/A

Vega S/A Transporte Urbano

Viação Princesa dos Inhamuns Ltda

Viação Urbana Ltda

Categoria Cargas:

Daniel Transportes Ltda

Tlx Transportes e Logística Ltda

DETALHE – O Prêmio Melhoria da Qualidade do Ar também será entregue pela Fetrans para empresas do Maranhão (26/6) e do Piauí (28/6).

 

O 7X1 nosso de cada dia

Com o título “O 7×1 nosso de cada dia”, eis artigo de Ricardo Alcântara, escritor e publicitário. Ele comenta um certo ar de indiferença com relação ao Brasil na Copa da Rússia. Confira:

Política e futebol frequentaram a mesma esquina diversas vezes. Na Copa do Mundo de 1970, enquanto a corte de Pelé encantava multidões, já tão satisfeitas com o “milagre brasileiro” que fazia o país crescer 7% ao ano, nos porões dos quartéis os inimigos da ditadura militar eram torturados e mortos. Havia por isso má vontade com o “ópio do povo”, o futebol. Uma rejeição que não resistiu a um passe de trinta metros com que Gérson deixou Pelé na cara do gol, decretando um armistício em nome da seleção, a “pátria de chuteiras”.

Acompanhei doze copas e nunca vi tamanha frieza no povo brasileiro com mais uma participação nossa no maior evento do mundo contemporâneo. Sim, houve o 7×1. A irreparável goleada é boa metáfora para o fracasso da “copa das copas”, como Lula a definia: estádios superfaturados e obras de mobilidade inacabadas. Outro aspecto, menos recente: os craques não são ídolos em nossos times. São vistos pela televisão, atuando no mercado promissor da Europa. De alguns, sequer sabíamos os nomes: saíram do país antes mesmo de disputar uma competição nacional.

Mas vale refletir também acerca da influência de um quadro depressivo na vida pública sobre o estado de indiferença geral com a copa. Há uma crise de autoestima no país: em tempos de Lava Jato, decanta uma sensação incômoda de fracasso. O cheiro do ralo nos faz lembrar que um usurpador nos governa com medidas impopulares e a principal liderança está presa porque ignorou limites óbvios.

Ao fim, o futebol continuará, alheio aos humores políticos, sendo o que é: um esporte de massa que, por isso mesmo, tem sua estrutura apropriada pela indústria do entretenimento. Um business que movimenta somas espantosas em sua extensa cadeia produtiva globalizada: três bilhões de consumidores assistirão à final de Moscou. Quanto às nossas mazelas, vencendo ou não, serão as mesmas.

Divirtam-se, portanto.

*Ricardo Alcântara

Escritor e publicitário, filiado à Rede Sustentabilidade.

Um apelo à AMC

De Heyde Leão, leitor do Blog, recebemos a seguinte nota, em tom de cobrança e preocupação. Confira:

Caro jornalista Eliomar de Lima, recentemente, você publicou uma nota sobe a Zona Azul implantada na rua 25 de Março. Essa medida, por si só, já traz dois problemas, e não apenas um: o ato de comprar a Zona Azul (já relatado por você) e o constrangimento ilegal dos flanelinhas que agora, assolam e constrangem os pais e mães, que por serem mulheres sofrem, inclusive, ameaças.

Mas, o que me move é pedir para que replique o apelo de um pai que testemunhou uma quase tragédia. Ontem, ao atravessar com a mãe, de mão dada com ela, um aluno do Externato São Vicente ia sendo atropelado por uma moto que não respeitou a faixa de pedestres.

Uma van de transporte escolar parou para os dois atravessarem. A moto, não. Por muito pouco, um segundo, sem exagero algum, essa criança estaria hoje no jornal como uma criança atingida na frente da Escola, por uma moto que não respeitou a faixa de pedestres.

Peço que o amigo faça um apelo à AMC para que ela coloque redutores de velocidade ou na linha da faixa de pedestres, ou um pouco antes da faixa de forma a obrigar motoristas e motociclistas a reduzir a velocidade diante do fluxo de pais, alunos e transportadores de crianças.

Fico grato pela divulgação.

Atenciosamente,

Heyde Leão
Diretor Executivo – AED Tecnologia
Empresa Incubada na IE – Incubadora de Empresas do IFCE – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará.

Aluna da UFC entre selecionados para conferência da Apple

Débora Moura, aluna do quinto semestre do Curso de Sistemas e Mídias Digitais da Universidade Federal do Ceará, foi uma das 350 selecionadas em todo o mundo para participar como bolsista da Apple Worldwide Developers Conference (WWDC). O evento, segundo a assessoria de imprensa da UFC, é destinado a desenvolvedores de software organizado pela empresa de tecnologia Apple. A conferência ocorre desde a última segunda-feira em San Jose, nos Estados Unidos, e se encerra ainda nesta sexta-feira.

Para garantir a bolsa, a estudante precisou desenvolver, em duas semanas, um aplicativo que foi submetido à avaliação da Apple.

“O app mostra um pouco mais sobre mandalas, que são uma ótima maneira de aliviar o estresse e representar graficamente personalidades complexas. A intenção dele é propiciar uma experiência agradável ao usuário e incentivá-lo a trazer para a rotina diária pequenas atividades que possam melhorar sua saúde mental e física”, explica. O aplicativo foi desenvolvido para a plataforma Swift Playgroundbook em iPads (https://bit.ly/2JtX6PI).

Além de Débora, a estudante Karina Paula, do oitavo semestre do Curso de Sistemas e Mídias Digitais da UFC, e Davi Cabral, egresso do mesmo curso, também estão no evento como participantes.

A WWDC é um evento anual organizado pela Apple para desenvolvedores. Durante uma semana, são oferecidas palestras e apresentadas as principais novidades da empresa, como novas versões do sistema operacional da Apple e atualizações para celulares e iPads.

(Foto – UFC)

XXVIII Cine Ceará – Curta de animação feito por alunos da rede pública vai abrir festival

A oficina “Enel Compartilha Animação”, que está produzindo o curta-metragem de abertura do 28º Cine Ceará junto a alunos da rede pública, teve sua primeira etapa concluída na última semana de maio. Agora em junho, o NUCA (Núcleo de Cinema de Animação) e a Casa Amarela Eusélio Oliveira, da UFC, dão início à etapa de finalização.

Os alunos fizeram mais de 700 desenhos, como destaca Telmo Carvalho, professor da oficina: “Eles produziram muito no período de um mês: houve um grupo dos animadores, da limpeza do traço e o pessoal da pintura. A gente agora vai pegar todo esse material e fazer uma edição. Colocar música, sonoplastia e créditos. A animação está ficando muito boa”.

O curta-metragem terá a duração de até cinco minutos e será exibido na noite do dia 4 de agosto, no Cineteatro São Luiz. O tema do projeto esse ano é “Segurança com a rede elétrica”.

Vem aí “Cabra da peste”, novo projeto do cineasta Halder Gomes

Halder Gomes, diretor dos sucessos de público “Cine Holliúdy” e “Os Parças”, tem um novo projeto na manga.

Segundo o jornalista Lauro Jardim, colunista d O Globo, vem aí “Cabras da peste”. No filme, Bruce Li, um policial da menor cidade do sertão cearense, e Trindade, um investigador de escritório em São Paulo, têm que se unir para desmascarar uma quadrilha que atua nos dois estados.

Em fase de captação, o filme tem orçamento de R$ 8 milhões.

Sindigráfica do Ceará sob nova direção a partir de julho

O presidente do Sindicato das Indústrias Gráficas do Ceará, Raul Fontenelle, participou, em Brasília, do IV Intercâmbio de Lideranças Setoriais da Indústria Gráfica. A iniciativa fez parte do Programa de Desenvolvimento Associativo (PDA), da Confederação Nacional da Industria (CNI) e em parceria com as Federações de Indústria.

No encontro, Raul conferiu a avaliação que esse mercado fez sobre os cenários da economia. Foi também a última agenda nacional do empresário que comanda o Sindigráfica. Em julho, ele passa a presidência para Felipe Esteves.

(Foto – Fiec)

Estado do Ceará recupera mais de R$ 51 milhões com processos fiscais

O Poder Judiciário cearense recuperou por meio de julgamentos de processos fiscais o montante de R$ 51.216.100,86 para o Estado do Ceará, durante o ano de 2017. Esse valor retornou aos cofres públicos após a conclusão de ações judiciais que cobravam dívidas tributárias e não tributárias. A informação é da assessoria de imprensa do TJCE.

O desembargador do Tribunal de Justiça do Ceará, Francisco Carneiro Lima, explicou que esses valores são revertidos para o ente público “a fim de proporcionar o custeio de serviços públicos, como segurança, saúde, infraestrutura, entre outros”.

O magistrado é o gestor da Meta 5, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que tem como objetivo impulsionar processos à execução (Justiça Estadual, Justiça Federal e Justiça do Trabalho). No âmbito do Judiciário estadual, visa estabelecer política de desjudicialização e de enfrentamento do estoque de processos de execução fiscal, até 31 de dezembro de 2018.

Em Fortaleza, seis Varas de Execuções Fiscais e de Crimes contra a Ordem Tributária são responsáveis pelo julgamento e execução dessas dívidas. Durante 2017, essas unidades julgaram 7.906 ações.

Nada de abrir mão do verde-amarelo

165 1

Com o título “Abrir mão do verde-amarelo é um erro de estratégia”, eis artigo do jornalista Ítalo Coriolano, que pode ser conferido também no O POVO desta sexta-feira. “O verde e amarelo são mais que simples variações do espectro luminoso. Carregam histórias, paixões, orgulhos, sentimentos de pertencimento.”, diz o texto Confira:

Já faz algumas semanas que uma nova polêmica domina redes sociais e rodas de conversa: que cor devo usar durante os jogos da Seleção Brasileira na Copa do Mundo? Dentro de um contexto de acirramento político que o País atravessa, uma parte da população mais à esquerda, para não ser confundida com o que eles classificam de “golpistas”, “coxinhas”, “patos paneleiros” e afins, decidiu que não vai se vestir de verde e amarelo – cores que predominaram nos protestos favoráveis ao impeachment da ex-presidente Dilma. Em vez disso, usarão uma versão vermelha do traje oficial, criação da designer Luísa Cardoso.

Ocorre que os militantes/torcedores podem estar cometendo grave equívoco, em termos estratégicos. Afinal, estão entregando de mão beijada para o lado “inimigo” um símbolo consolidado há décadas, parte fundamental do imaginário coletivo sobre a ideia de nação, de identidade. E aqui não se trata de defender um patriotismo cego, acéfalo, homogeneizante, mas de destacar que as cores que representam o País são a da nossa bandeira, estando acima de qualquer ideologia ou picuinha eleitoral. Quem delas se apropria acaba se fortalecendo na disputa por corações e mentes. O verde e amarelo são mais que simples variações do espectro luminoso. Carregam histórias, paixões, orgulhos, sentimentos de pertencimento.

Vale lembrar que por muito tempo, sempre que a esquerda ameaçava chegar ao poder, adversários faziam espécie de terrorismo psicológico, espalhando que as cores da bandeira seriam alteradas em caso de vitória “comunista”. Na disputa pela prefeitura de Juazeiro do Norte, no ano 2000, alas conservadoras espalharam boato de que a então candidata pelo PT, Íris Tavares, iria pintar a estátua de Padre Cícero de vermelho caso fosse eleita. Ela, que vinha crescendo, acabou derrotada. Isso é só para se ter noção do quanto essa questão imagética mexe com as pessoas. No momento em que a esquerda põe de lado as cores nacionais, ajuda a alimentar o discurso de que alguns grupos colocam partidos acima do País.

Ao mesmo tempo, não se está defendendo que é impossível ser crítico neste momento. Dá pra gritar um “Fora, Temer”, lutar por mais democracia, vestindo a “amarelinha”. Principalmente quando projetos que flertam com o fascismo se colocam como verdadeiros defensores do País.

*Ítalo Coriolano

italocoriolano@gmail.com

Editor do OPOVO Online.

Ministro do STF nega segmento a mandado de injunção de cearense em favor do reajuste da tabela do IR

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, negou segmento a um mandado de injunção interposto pelo professor universitário e advogado cearense Antônio Carlos Fernandes. No mandado, o advogado pede ao STF que cobre do Congresso Nacional a votação de projeto de lei corrigindo a tabela do Imposto de Renda.

“Vou recorrer!”, avisa  Antonio Fernandes, que conversou com a reportagem do Blog sobre essa sua nova luta. Fernandes, bom lembrar, conseguiu, com uma ação popular interposta no Supremo, derrubou decreto presidencial que extinguia a Reserva Nacional de Cobre e Associados (Renca) da Amazônia.

Amyr Klink dá palestra na I Semana do Labomar

O navegador e escritor Amyr Klink dará palestra neste sábado (9), a partir das 17h30min, no Iate Clube de Fortaleza. A atividade integra a programação da I Semana do Instituto de Ciências do Mar (Labomar) da Universidade Federal do Ceará e se estenderá até 12 de junho.

Paralelo ao evento, acontecerão ainda atividades da V Semana do Curso de Ciências Ambientais (V SECAMB), da IX Semana de Ciências do Mar (IX SCM) e do II Seminário do Programa de Pós-Graduação em Ciências Marinhas Tropicais (II SCMT).

Além da fala de Amyr Klink, haverá palestras sobre a campanha Mares Limpos, da Organização das Nações Unidas (ONU); gestão de resíduos sólidos e o problema do lixo marinho; gestão de recursos hídricos; design thinking e pensamento criativo, entre outras.

SERVIÇO

*Iate Clube – Avenida Vicente de Castro, 4813, Cais do Porto.

(Foto – Divulgação)

MPCE e Polícia Civil prendem vereadores em Capistrano

A Promotoria de Justiça da Comarca de Capistrano, o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), o Núcleo de Investigação Criminal (NUINC), e a Polícia Civil prenderam, nesta manhã de sexta-feira, quatro vereadores da cidade de Capistrano, dentro da Operação Day Off, de combate a crimes contra a administração pública. Na ação, segundo a assessoria de imprensa do MPCE, foram cumpridos 12 mandados de busca e apreensão e seis mandados de prisão preventiva nas cidades de Capistrano e Maracanaú. Os mandados de prisão foram concedidos pelo juiz de Direito da Comarca de Capistrano e alcançou também um servidor da Câmara Municipal de Capistrano e uma funcionária da União dos Vereadores do Ceará (UVC).

Os mandados são referentes a procedimento investigatório criminal instaurado na Promotoria de Justiça da Comarca de Capistrano, com auxílio do GAECO, e que apura a prática de crimes de peculato, falsidade ideológica e documental, com características de organização criminosa, na concessão de diárias a agentes políticos e servidores da Câmara Municipal de Capistrano.

A investigação revelou indícios de que vereadores e servidores da Casa Legislativa, através de procedimentos fraudados instruídos com documentos falsificados, recebiam diárias ilegais por viagens que, de acordo com os elementos apurados, nunca ocorreram. As buscas e apreensões ocorreram nas residências dos investigados e na Câmara Municipal de Capistrano.

Mercadinhos São Luiz – Até 2020, mais sete lojas

Da Coluna O POVO Economia, da jornalista Neila Fontenele, no O POVO desta sexta-feira.

Os Mercadinhos São Luiz já estão com seu plano de expansão até 2020 pronto.

Segundo o CEO do Grupo, Severino Ramalho Neto, serão mais sete lojas. Ele destaca que a perspectiva é de melhora no setor, aplicação de mais tecnologia e investimento no relacionamento direto com o cliente.

(Foto – Divulgação)

Adolescente morre em Tianguá vítima de descarta elétrica provocada por celular

O adolescente Iago Aguiar Mendes, de 16 anos, morreu enquanto utilizava o celular que estava recebendo carga. O fato ocorreu em Tianguá (Região da Ibiapaba) quando Iago foi atender uma ligação e recebeu uma descarga elétrica. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu. As informações foram confirmadas por um amigo do pai do garoto. O acidente se registrou na ultima quinta-feira, 7.

A escola em que Iago estudava lançou uma nota de pesar sobre o caso. “Iago esteve conosco desde os primeiros passos na escola até hoje”, diz o post na página do Facebook do Colégio Santa Maria. O estabelecimento deseja forças aos pais do garoto, Ana Paula e Antônio Aristides.

Casos registrados

Casos como o de Iago já aconteceram neste ano. Em fevereiro, uma adolescente do Piauí morreu vítima de uma descarga elétrica que recebeu do celular. Apesar da tensão elétrica de aparelhos celulares ser baixa, acidentes como estes podem acontecer. A recomendação de especialistas é não utilizar o celular durante o carregamento.

(Com O POVO Online/Foto – Facebook)

Qual o futuro de Ciro? E qual o futuro do PT?

281 1

Com o título “Silêncios, barulhos e os futuros incertos de Ciro e do PT”, eis artigo de Guálter George, editor de Política do O POVO. Ele analisa o cenário da disputa presidencial. Confira:

O pedetista Ciro Gomes e o PT já parecem ter traçado seus destinos eleitorais neste 2018 e eles não se entrelaçam pelo menos até 7 de outubro, quando acontece o primeiro turno. Há necessidade e uma delicada administração do momento, porque a ansiedade percebida em muitos representantes de ambos os campos partidários pode inviabilizar o reencontro futuro de quem já foi aliado um dia, como resultado natural daquelas conversas que marcam a passagem entre uma etapa e outra do processo eleitoral. Percebe-se uma beligerância meio injustificável dos dois lados.

Ciro, sabemos nós, tem suficiente “talento” para complicar estratégias com ações e palavras atabalhoadas. Errou, por exemplo, quando cobrado por ter sido o único dos pré-candidatos alinhados à esquerda que não esteve com Lula durante a vigília pré-prisão no Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo, em abril. Na época, lembremos, saiu-se com a história de que não se sentia obrigado e tascou um desnecessário “não sou puxadinho do PT”.

Não é, de fato. Muito menos o PT precisa se sentir obrigado a definir seus passos considerando o que parece ser o melhor para Ciro. Este, na linha da esperteza, apressa os fatos para criar uma polarização conveniente com Jair Bolsonaro, exatamente para ocupar desde já um espaço que se poderá abrir com a provável ausência de Lula, a ser determinada em algum momento adiante pelas instâncias judiciais.

O político cearense passou a ser muito econômico com declarações de apoio real a Lula, pelo menos desde quando a situação agudizou-se e a ameaça de prisão contra ele, por exemplo, virou realidade.

Antes até se tinha um Ciro, ao melhor estilo Ciro, falando em radicalizar na estratégia em favor do líder petista levando-o para proteção de uma embaixada, “onde poderia se defender de forma isenta e plena” de uma eventual decisão judicial. Agora, prefere acompanhar a uma distância cômoda o sofrimento do amigo, recolhido às dependências da Polícia Federal em Curitiba.

De volta a Bolsonaro, o que chama atenção nos recentes ataques de Ciro, quando participava de uma sabatina em Brasília na última quarta-feira, é que eles vieram de graça, não havia pergunta envolvendo o nome do deputado para dar gancho à resposta na qual o pedetista compara o provável adversário a um “câncer que precisa ser extirpado” ou o define como “boçal despreparado”, Portanto, era roteiro previamente preparado por ele e seus pensadores de campanha, demonstrando que por alguma razão oportunista se entende que o espaço precisa ser ocupado imediatamente.

As pesquisas de até agora mostram que Lula permanece sendo, da extensa lista de pré-candidatos, o único que consegue disputar o voto do eleitor com Jair Bolsonaro, nome que amedronta por sua ideias esdrúxulas, quando não simplesmente erradas, mas também por um vazio de conteúdo assustador para um País que vive crise de proporções gigantescas. O petista, inclusive, o derrotaria até com certa folga, o que recomenda ainda mais cuidado no gerenciamento do momento atual. Mais à frente, caso sua candidatura tenha mesmo que ser descartada, o lado para onde pender pode ganhar peso decisivo. Ciro, com os silêncios errados e os barulhos inconvenientes, pode desperdiçar oportunidade que o destino até parece disposto a lhe oferecer mais uma vez.

Guálter George

gualter@opovo.com.br

Editor de Política do O POVO.