Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

A Eleição que a Democracia pede

Com o título “A Eleição que a Democracia pede”, eis o Editorial do O POVO desta segunda-feira:

O fim do período das convenções, neste domingo, encerrou uma fase importante do processo eleitoral de 2018 no Brasil. As candidaturas estão oficialmente homologadas e, apesar da expectativa de alguns acontecimentos novos que podem surgir até a data-limite para os registros, que é o próximo dia 15, está pronto o quadro de protagonistas na disputa pelas escolhas a serem feitas pelos mais de 147 milhões de brasileiros aptos ao voto no dia 7 de outubro.

O que se espera é que haja responsabilidade com o momento do País. As eleições acontecem sob um ambiente de graves dificuldades, no campo político, na esfera econômica e no quadro social, ou seja, o cidadão acompanhará o debate eleitoral na perspectiva de encontrar nomes e projetos que apontem saídas efetivas para os problemas que afligem a todos, sem distinguir ideologia ou simpatia partidária.

Esta deve ser a prioridade real de todos os envolvidos.

Há uma parte do processo que é naturalmente tenso, tornando explicável um momento eventual de prevalência da troca de acusações, da denúncia, do ataque, da defesa etc. No entanto, o espaço da campanha precisará estar prioritariamente ocupado por uma preocupação com os problemas que perturbam o dia-a-dia dos brasileiros (e os cearenses) e as soluções que apresenta cada candidato, partido ou coligação, para que eles sejam resolvidos. Se possível, no prazo mais curto.

A descrença geral do brasileiro com a política, resultado de escândalos que se sucedem, aumenta muito a responsabilidade dos que se envolverem com a campanha eleitoral neste 2018. A eles cabe muito mais do que apenas viabilizarem seus projetos, mas, acima disso, o quadro de agora também lhes impõe resgatar uma credibilidade muito afetada em tempos recentes por uma sucessão de fatos negativos que, nascidos na atividade política, acabam por minar a própria democracia.

O conturbado processo observado nas fases cumpridas até agora, infelizmente, gera expectativas pessimistas em relação à possibilidade de uma reversão do quadro político ruim a partir do que as urnas apresentarem como resultado. No entanto, ainda é tempo de chamar os envolvidos à responsabilidade quanto à importância do que está em jogo e reforçar o apelo por uma campanha de nível, que efetivamente priorize as propostas e dê possibilidade para se pensar em futuro melhor para todos. Não apenas para quem vencer a briga pelo poder.

Dois ônibus são incendiados em Forquilha e jovem é detido suspeito do crime

O Corpo de Bombeiros foi acionado na madrugada deste domingo, 5, para controlar as chamas de dois ônibus que estavam sendo incendiados em Forquilha, cidade do interior do Estado. Um homem chegou a ser preso e autuado pelos incêndios. O primeiro chamado ocorreu às 3 horas, quando um vigilante da Secretaria de Educação do Município de Forquilha percebeu que um dos veículos do local estava pegando fogo. Os agentes de segurança conseguiram conter as chamas e policiais militares registraram a ocorrência.

Às 5 horas, outro chamado foi feito para a BR-222, quando populares viram dois suspeitos descer de um carro e atear fogo em outro ônibus. Os bombeiros novamente controlaram o fogo e a Força Tática foi acionada. Os policiais saíram em busca dos homens e chegaram a capturar um suspeito.

Leonardo Oliveira de Sousa, 21, foi visto comprando gasolina em um posto de combustível e indo ao local dos ataques. Após ser reconhecido por testemunhas, ele foi encaminhado para a Delegacia Regional de Sobral. Além de ser autuado por incêndio majorado, o homem é investigado por homicídio, tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo. As informações são da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

Entre os dias 37 e 31 de julho, o Ceará sofreu mais de 20 ataques a órgãos públicos e ônibus da Capital e de cidades da região metropolitana. Segundo o secretário da pasta, André Costa, as ações seriam uma forma de retaliação a morte de três suspeitos envolvidos no crime organizado, assassinados pela Polícia em Amontada. Não há informações sobre a ligação dos ataques deste domingo com os acontecidos na semana anterior.

(O POVO Online)

Força da mulher – Tasso destaca que Caucaia disputa pela primeira vez o Executivo do Estado

Segundo maior colégio eleitoral do Ceará, o município de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza, pela primeira vez tem a oportunidade de disputar o Governo do Estado, na condição de vice. A observação é do senador Tasso Jereissati, durante a oficialização da candidatura da professora universitária Emília Pessoa, neste fim de semana, na condição de vice do General Theophilo.

“É minha obrigação, praticamente aos 70 anos, diante do quadro da política brasileira, oferecer ao povo cearense uma nova geração de políticos completamente diferentes dessa geração que está aí, envolvida com mensalão, petrolão, lava jato, conchavo, acordão e o povo esquecido. Nós não podemos continuar convivendo com uma política tão baixa, tão pequena”, disse Tasso

“Aqui trago não apenas uma mulher de Caucaia, candidata a vice-governadora, mas uma futura líder, não apenas de Caucaia, mas líder do Estado do Ceará”, completou.

(Foto: Divulgação)

Vozão vence Paraná e deixa a lanterna do Brasileirão

Com a segunda melhor campanha no Brasileirão, desde que a competição foi retomada, após as disputas da Copa do Mundo, o Ceará, enfim, deixou a lanterna da Série A, na tarde deste domingo (5), ao derrotar o Paraná Clube, por 1 a 0, em pleno estádio Durival Britto e Silva, em Curitiba. O gol do time cearense foi marcado por Juninho Quixadá, aos 14 minutos do primeiro tempo, que acertou um forte chute da entrada da área. Com o resultado, o Paraná agora é o novo lanterna da competição.

O Vozão agora jogará duas vezes em casa, na quarta-feira (8), contra o Santos, e no sábado (11), diante do Atlético Paranaense. Em caso de duas vitórias, o Ceará deixará a zona de rebaixamento.

(Foto: Reprodução)

Acesso gratuito – 28º Cine Ceará segue até o próximo sábado com 100 produções

Com estreia nacional do filme O Barco, do cearense Petrus Cariry, e homenagens ao humorista Renato Aragão e o professor Henry Campos, reitor da Universidade Federal do Ceará (UFC) foi aberta na noite desse sábado (4) o 28º Cine Ceará – Festival Ibero-americano de Cinema.

O 28º Cine Ceará segue até o próximo sábado (11), Cineteatro São Luiz, no Centro de Fortaleza, com cerca de 100 produções, entre longas e curtas-metragens, nas salas de cinema e na Praça do Ferreira.

O acesso é gratuito com distribuição de convites a partir das 19h na bilheteria do Cineteatro São Luiz.

(Foto: Alex Gomes / Especial para O POVO)

Ator Marcos Palmeira apoia João Saraiva para o Senado

187 1

O ator Marcos Palmeira, ambientalista e ligado à Rede da Sustentabilidade, posou ao lado do candidato a senador pelo partido no Ceará, o ambientalista João Saraiva.

Ele endossa candidaturas que considera sérias e que têm propostas para mudar o País de fato. Reconhece dificuldades daqueles ideologicamente definidos, mas considera fundamental que o eleitor amadureça nesse aspecto e saiba optar com criticidade.

(Foto – Divulgação)

Sem Ciro e Cid, Camilo é o “dono” da festa na convenção PT/PDT

450 5

Enquanto o candidato a presidente pelo PDT, Ciro Gomes, acerta a aliança com o Avante, que deverá indicar o vice em sua chapa ao Palácio do Planalto, Cid Gomes (PDT), candidato ao Senado, fecha neste domingo (5) os últimos nomes na coligação proporcional. Foi o que informou a organização do evento.

Sem Ciro e Cid Gomes na convenção PT/PDT, nesta manhã de domingo, no Ginásio da Faculdade Ari de Sá, no Centro, o governador Camilo Santana passou a ser o único anfitrião na festa, superlotada desde as 9 horas, tanto no ginásio quanto no entorno da faculdade.

Um dos candidatos mais festejados foi o presidente da Câmara Municipal, Salmito Filho (PDT), que disputará cadeira na Assembleia Legislativa.

O candidato à reeleição ao Senado pelo MDB, Eunício Oliveira, também não compareceu à convenção, apesar do apoio declarado à sua candidatura, nesse sábado (4), pelo governador Camilo Santana. Quis, quem sabe, evitar constrangimentos com os correligionários do PT que, desde cedo, ocupavam a área e distribuíam máscaras de Lula. Eunício é tido como “golpista” pelo petismo.

Em seu discurso, Camilo destacou ações do governo do Ceará na segurança pública e criticou “oportunistas” que tentam tirar proveito de um problema que atinge todo o País. Fez uma critica indireta ao PSDB e Pros que, com o candidato a governador General Thephilo, vem batendo duro nos índices de violência no Ceará.

(Fotos e Vídeo: Paulo MOska, com fotos também de leitores do Blog)

Avante no Ceará se rebela e diz que não apoiará Ciro Gomes

528 4

O presidente do Avante no Ceará, deputado federal Cabo Sabino, disse em nota à imprensa que não apoiará o presidenciável Ciro Gomes (PDT), conforme determinação da executiva nacional do partido, ao indicar o vice na chapa do pedetista. Sabino reafirma apoio a Bolsonaro. Confira:

O deputado federal Cabo Sabino, presidente do partido Avante no estado do Ceará afirma que, diante da decisão da Executiva Nacional de lançar um vice-candidato à presidência da República, na chapa do presidenciável Ciro Gomes (PDT), não apoiará, não votará e continuará a apoiar Jair Bolsonaro para presidência da República.

O perfil do candidato Ciro Gomes não representa o Ceará, muito menos o Brasil. Contradiz-se em sua própria ideologia e caráter. Nesta quinta-feira (02), acusou o presidente da executiva estadual (Cabo Sabino) de proteger milícias e de ter sido eleito por milicianos, mas, agora, procura esse mesmo partido para caminhar ao seu lado.

Todos os pré-candidatos do partido Avante, tantos os que disputarão candidatura para deputado estadual como federal seguem unidos na mesma decisão: repudiando a deliberação da nacional e caminhando unidos pela independência, conforme Luis Henrique de Oliveira Resende, presidente do Avante Nacional havia garantido ao deputado Cabo Sabino, ao assumir a presidência da legenda no Ceará. Caso contrário, todos seguirão unânimes em retirar a sua candidatura e o partido não terá mais nenhuma representatividade no Estado.

O AVANTE NO ESTADO DO CEARÁ NÃO APOIARÁ CIRO GOMES PARA PRESIDÊNCIA DO BRASIL.

Cabo Sabino

Presidente do Avante no Ceará

Anatomia de uma fétida conspiração

291 2

Com o título “Anatomia de uma fétida conspiração”, eis artigo do professor universitário e sociólogo João Arruda. Ele faz uma defesa da candidatura de Ciro para presidente. Confira:

Nas últimas quatro semanas, a grande mídia brasileira passou a noticiar a gestação de uma sórdida e desleal aliança política visando isolar a crescente candidatura do pedetista Ciro Gomes. Esta abjeta e esdrúxula articulação seria coordenada pelos emedebistas ligados ao presidente Michel Temer, pela cúpula do PSDB, pelos socialistas ligados ao governador de Pernambuco e por petistas fieis ao ex-presidente Lula. Além do esvaziamento da candidatura Ciro Gomes, o PT e o PSDB teriam o maior interesse em reeditar a artificial polarização entre petistas e tucanos.

A notícia desse diabólico pacto político, de início, não foi levada a sério pela maioria dos observadores e analistas políticos, pois acharam improvável que históricos e inconciliáveis desafetos políticos estabelecessem uma trégua em suas históricas rixas particulares e se unissem contra uma terceira candidatura. Não podemos esquecer que Ciro Gomes, o motivo do pacto, foi um histórico e leal aliado petista, tendo, inclusive, sido um destacado ministro no governo Lula.

Parecendo essa aliança tão ilógica, além de ser carregada de um maquiavelismo asqueroso, a notícia passou a ser analisada como mais uma teoria da conspiração, tão comum nos períodos eleitorais. Ou, para alguns, como um mero exercícios fantasiosos de alguns desinformados analistas políticos. Afinal, a estapafúrdia notícia se chocava com os propalados padrões éticos e morais sempre presentes nos discursos petistas. Não dava para acreditar que o imaculado PT, arauto maior da ética e dos princípios morais, as vestais confessas da pureza, entrasse nessa fétida e desleal prática política.

Infelizmente, a trama traiçoeira petista foi confirmada. A primeira sinalização concreta dessa “santa aliança” se deu quando a coluna Painel, do jornal Folha de São Paulo, publicou que o presidente Michel Temer e o Partido dos Trabalhadores estariam articulando uma manobra conjunta para reduzir o avanço da aliança em torno da candidatura Ciro Gomes. Segundo a coluna, os petistas teriam procurando dirigentes do Progressista, do PSB e do PR para falar contra uma aliança com Ciro. Eles estiveram com o presidente do PP, Ciro Nogueira, com o PSB e com Valdemar Costa Neto, líder do PR, porque temiam que Ciro colhesse votos no eleitorado do PT.

No dia seguinte à publicação do Painel, a grande imprensa publicou que o presidente Michel Temer teria ameaçado a sua base aliada com o rompimento se ela – os partidos do Centrão – aderisse a campanha do Ciro Gomes.

A partir dai, tudo foi só questão de tempo. Não suportando a pressão dos neo-aliados, no dia 19 de julho o centrão declarou apoio ao candidato Geraldo Alckmin. No dia primeiro de agosto, segundo o script traçado por Lula, o vacilante e anacrônico PCdoB, eterno puxadinha do PT, afirmou que manteria a candidatura de Manoela d’Davila. Restava, enfim, o PSB decidir qual o rumo a tomar.

Finalmente, no final da tarde da última quarta-feira, setores significativos da esquerda brasileira, incluindo petistas e socialistas, foram surpreendidos com o anuncio do Diretório Nacional do PT confirmando que o partido tinha decidido apoiar algumas candidaturas do PSB em troca da neutralidade do PSB na sucessão presidencial, isto é, na garantia que os socialistas não oficializaria apoio ao Ciro Gomes.

Uma verdade é desnudada nessa tragédia frankensteiniana: o Lula e o PT temem a vitória do Ciro Gomes. Sem proposta e sem candidato, os petistas sabem que Ciro Gomes está bem preparado, com propostas capazes de, no médio prazo, superar a maior crise da história do Brasil, crise legada pela incompetência do governo petista. Eles sabem que, se o Ciro Gomes for eleito, os seus sonhos de voltar à presidência jamais se realizarão.

Finalmente, com esse pragmatismo maquiavélico, com a explicitação de que os fins justificam os meios, mesmo que os meios impliquem em destruir sorrateiramente antigos aliados, o PT mostrou do que é capaz quando os seus fins almejados estão em jogo. Profeticamente, o saudoso Leonel Brizola, fundador do PDT, ainda em 1989, já havia vaticinado: o Lula pisaria no pescoço da própria mãe para ser presidente.

*João Arruda

Sociólogo e Professor da UFC.

Deputados petistas e um café da manhã pró-Lula

162 1

Zé Airton promete caravana. Na convenção, uma jangada estilizada leva seu nome.

Os deputados estaduais e federais do PT tomarão café da manhã juntos, antes da convenção marcada para o Ginásio da Faculdade Ari de Sá, a partir das 9 horas deste domingo.

O local não foi divulgado, mas o cardápio será para acertar discurso pró-Lula Livre, segundo fontes petistas. A pregação vai ser feita, embora entre eles não haja tanta certeza de que o líder petista conseguirá condições legais para a disputa.

Lula está preso na carceragem da PF de Curitiba, pois paga pelo crime de organização criminosa e lavagem de dinheiro no caso do tríplex do Guarujá.

Lula e Ciro dividem decoração na convenção pró-Camilo

212 1

Para, quem sabe, agradar a gregos e troianos, eis o que aparecerá na decoração do Ginásio da Faculdade Ari de Sá (Centro), local da convenção do PT e do PDT que homologará o nome do governador Camilo Santana (PT) para a reeleição: de um lado, a foto de Lula, que o PT insiste em querer como candidato a presidente, mesmo preso e com a legislação eleitoral o definindo como ficha suja; do outro, a de Ciro Gomes, candidato pedetista a presidente.

A convenção promete lotar o ginásio, que deverá se transformar numa verdadeira “Arca de Noé”. Isso, porque Camilo costurou apoio de 24 partidos e, de quebra, disse que apoiará para o Senado não só Cid Gomes, que é do PDT, mas, também, Eunício Oliveira, que é do MDB tido como golpista pelos petistas.

O cenário, bem suprapartidário, já está pronto. Faltam os atores e seus scripts eleitorais.

(Foto – Leitor do Blog)

General Theophilo apresenta três de suas estrelas

General de quatro estrelas, Guilherme Theophilo apresentou neste sábado (4), em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza, as três mulheres que estarão no pelotão de frente de sua campanha. Foi durante ato organizado nesse município, depois de giro pela Serra da Ibiapaba.

São elas: a vice na chapa, a professora universitária e vereadora Emília Pessoa; a candidata ao Senado, a médica Mayra Pinheiro; e a candidata à reeleição à Assembleia Legislativa, deputada Fernanda Pessoa.

DETALHE – O candidato Fernando Torres, que foi liderança importante dos jovens empresários, também está na caravana. Ele disputa cadeira de deputado estadual pelo PSDB.

Alexandre Pereira garante apoio a Camilo e a Cid; Já para Eunício…

206 1

O governador Camilo Santana (PT) prestigiou na tarde deste sábado (4), no Pirata, na Praia de Iracema, a convenção da coligação PPS/PPL/Patriotas/PRTB.

Em discurso, o presidente do PPS, Alexandre Pereira, assegurou apoio à pré-candidatura de Camilo Santana ao Governo do Ceará e também à pré-candidatura de Cid Gomes (PDT) ao Senado.

Já sobre Eunício Oliveira… Pereira não quis se manifestar.

(Foto: Divulgação)

Chico Lopes tem candidatura homologada neste sábado

O deputado federal Chico Lopes teve a candidatura à reeleição homologada neste sábado (4), no auditório Murilo Aguiar, na Assembleia Legislativa do Ceará.

Nesta semana, Chico Lopes deu início a uma “vaquinha” para sua candidatura, por meio do sistema conhecido por “crowdfunding”, que são páginas seguras na internet, registradas no Superior Tribunal Eleitoral.

(Foto: Reprodução)

Camilo comparece à convenção do MDB e reafirma apoio a Eunício

244 1

“Encontrei no senador Eunício Oliveira as portas abertas para construir as parcerias para o Estado do Ceará (…) E hoje eu estou aqui, Eunício, para dizer a todo o povo do Ceará que você é meu candidato ao Senado”.

A declaração é do governador Camilo Santana (PT), na manhã deste sábado (4), na AABB, no bairro Dionísio Torres, durante a convenção do MDB.

Segundo o governador, que não havia assegurado presença na convenção, disse que o apoio é um exemplo de maturidade política e que o ex-governador Cid Gomes mandou recado que também está apoiando o emedebista.

Já o senador Eunício Oliveira se disse emocionado com o apoio e confirmou presença na convenção do PT/PDT, neste domingo (5), no ginásio da faculdade Ari de Sá, no Centro.

(Foto: Divulgação / Célio Silva)

General Theophilo diz que seu governo não será balcão de negócios

“O meu governo não será balcão de negócios. O meu governo vai acabar com as oligarquias. Não vai tolerar retrocesso”. A afirmação foi feita pelo General Theophilo (PSDB), candidato ao Governo do Ceará, nessa sexta-feira (3), em Nova Russas, no sertão cearense, a 316 quilômetros de Fortaleza, onde esteve reunido com lideranças.

Com agenda na Serra da Ibiapaba, ele ainda visitou os municípios de Ipu, Ipueiras e Guaraciaba do Norte, acompanhado dos candidatos ao Senado, Doutora Mayra e Eduardo Girão, e do presidente estadual do PROS, deputado estadual Capitão Wagner.

“Vamos, com certeza, enfrentar esses 24 partidos que estão aí nesse balcão de negócios, no toma-lá-dá-cá, na velha política das oligarquias. Nós vamos quebrar com isso confiantes no povo do Ceará pela receptividade que nós estamos tendo nas caminhadas pelo Interior”, disse o General.

O candidato disse mais: “Queremos resgatar o orgulho de ser cearense. Hoje você tem vergonha de convidar uma pessoa para visitar Fortaleza porque você tem que dizer pra ela sair sem um colar, sem um brinco, sem uma pulseira, porque senão vai ser assaltada. Quero restabelecer a autoridade começando pelos presídios que foram transformados em holding do crime organizado. Quero melhorar a guarda penitenciária, fazer um treinamento específico. E tirar o oxigênio das facções que é a droga. Precisamos investir em inteligência para que, antes que o crime aconteça, o governo saiba quem são os líderes, por onde estão entrando as drogas, as armas, munição. Está faltando tecnologia e fiscalização de portos e aeroportos”.

General Theophilo e comitiva encerram neste sábado (4), em Ipu, a visita à Serra da Ibiapaba. À tarde, a partir das 17 horas, estarão na cidade de Caucaia para apresentar oficialmente a candidata a vice-governadora, a professora universitária e vereadora Emilia Pessoa.

(Foto: Divulgação)

O funcionamento da aliança informal

Da Coluna Política, no O POVO deste sábado (4), pelo jornalista Érico Firmo:

Como, na prática, irá funcionar a aliança informal de Eunício com Camilo? O jornalista Rubens Rodrigues indagou ontem ao governador, que não respondeu.

Uma mostra será dada neste fim de semana. Camilo irá à convenção de Eunício? Se não for, será um baque e tanto para o emedebista. Cid não deverá ir. Mas, no domingo, Eunício irá à convenção de Camilo? Tudo indica que sim. Se a porta for fechada para ele, será um constrangimento maior ainda para o presidente do Senado. Será que veremos Cid e Eunício no mesmo palanque?

Outra questão é se Ciro estará na convenção de Camilo. O candidato pedetista a presidente vive estranhamento com o PT. E o partido do governador terá lançado seu próprio candidato a presidente na véspera. Enfim, será que veremos Ciro e Eunício no mesmo palanque?

(Foto: Arquivo)

Convenção do MDB terá Camilo, RC e Cid

213 2

Da Coluna Eliomar de Lima, no O POVO deste sábado (4):

A convenção do MDB hoje, a partir das 9 horas, no Clube AABB (Bairro Dionísio Torres), promete ser uma prévia da festa que os neoparceiros políticos Eunício Oliveira e Camilo Santana esperam fazer no domingo, por ocasião da convenção do PT e PDT, no Ginásio da Faculdade Ari de Sá.

Haverá caravanas do Interior e interação dos 24 partidos que engrossarão a luta pro-manutenção de poder do atual detentor do Palácio da Abolição.

Segundo o presidente estadual do MDB, Gaudêncio Lucena, o governador, prefeitos como Roberto Cláudio, o ex-governador Cid Gomes e parlamentares estaduais e federais , além de vereadores e lideranças comunitárias participarão do ato emedebista.

O objetivo é mostrar força e destacar a necessidade da reeleição de um governador que, de acordo como MDB, reabriu o diálogo e soube amadurecer uma parceria administrativa em parceria política. Nesse cenário festivo, uma ausência é certa: de Ciro Gomes, candidato a presidente pelo PDT. Ele não engole esse acordo.

Marcos Lessa canta Belchior em show no Teatro RioMar

A relação de Marcos Lessa com a obra de Belchior mudou. Até meados do ano passado, o cantor ainda não havia imergido nas entranhas dos discos do rapaz latino-americano, conhecendo apenas a superfície de algo tão denso. Mas, em 12 de novembro de 2017, o artista inaugurou show que cantava a obra do sobralense, desmembrando o “lado b” do compositor. Para realizar o espetáculo, Lessa contou com a curadoria musical do jornalista Marcos Sampaio (editor-adjunto do Vida&Arte). “Muita coisa do que ele me apresentou eu não conhecia”, revela o cantor.

Depois de ter viajado com o show por cidades, como Brasília, Curitiba e Porto Alegre, Marcos Lessa volta a Fortaleza com Coração Selvagem, para revisitar a obra de Belchior, desta vez, com novo repertório. O espetáculo terá apresentação única nesta sexta-feira, 3, no palco do Teatro RioMar. Com o tempo, as viagens, o show foi amadurecendo, conta o artista. “Eu conhecia pouquíssimo da obra do Belchior, conhecia mais os sucessos. Não tinha uma intimidade tão grande com as músicas”, explica. “A obra do Belchior é uma aula de literatura, de história, de direitos humanos”, avalia, mostrando uma maior proximidade com o repertório selecionado.

A princípio, quando o show Coração Selvagem, de Lessa, estreou, ele fazia um percurso mais voltado pelo “lado b” de Belchior, indo na contra-mão do que a maioria dos tributos ao compositor passou a fazer logo depois daquele fatídico 30 de abril de 2017, quando o artista saiu de cena. Agora, quase um ano depois da estreia, Lessa mexe no repertório do espetáculo, contemplando mais o “lado A”, que não era a proposta inicial.

O show abre com o tema de Here Comes the Sun, dos Beatles, passa por Galos, Noites e Quintais, De Primeira Grandeza, Sensual, além das mais conhecidas Apenas um Rapaz Latino-Americano, Coração Selvagem, Alucinação, Tudo Outra Vez e outras. “A gente termina com Doce Mistério da Vida, que não é um sucesso. Ele gravou em um disco mais recente (Vício elegante, 1996) e foi a última música em que ele aparece cantando em vídeo (durante um show de Tom Zé)”.

Marcos é mais conhecido por usar a voz como intérprete, tendo feito percursos pelas obras de Gonzaguinha, Clara Nunes, Emílio Santiago, Frank Sinatra e outros grandes nomes. Ele, contudo, tem buscado abrir possibilidades para sua obra autoral e adianta que, no show em homenagem a Belchior, levará ainda canções de sua autoria. “Quando eu fazia um tributo, eu só cantava as músicas do artista homenageado. Agora, pego o violão e apresento um bloco de composições só minhas”, contextualiza.

O artista tem, inclusive, dois discos engatilhados para serem lançados, um no fim de 2019, intitulado Mergulhador (produzido por Gabriel Selvagem) e outro que está sendo gravado em parceria com Roberto Menescal. “É um disco que vem bem brasileiro, na linha tradicional da música brasileira, com composições de Tom Jobim, Marcos Valle, Menescal e minhas. É autenticamente brasileiro, na escola dos anos 1960 de fazer música. Este disco fecha uma etapa da minha vida, que dura 10 anos. Depois disto, vou focar mais no contemporâneo”, avança.

SERVIÇO

*Teatro RioMar – Rua Lauro Nogueira, 1500 – Papicu.

*Quanto: R$ 60 (plateia alta); R$ 80 (plateia baixa B); R$ 100 (plateia baixa A). Preços de inteira

*Mais Informações – 3244 2688

(Blog Discografia/ Repórter Camila Holanda/Foto – Guto Costa).