Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Em nome da fé, prefeitos querem flexibilizar a “Lei das Romarias”

81 1

Da Coluna Vertical, no O POVO desta quarta-feira (10):

Os prefeitos de Canindé, Celso Crisóstomo (PT), e de Juazeiro do Norte, Raimundo Macedo (PMDB), estão em Brasília numa espécie de procissão política. Com apoio de frades e religiosos, eles querem a “flexibilização” da Lei das Romarias que proíbe caminhão pau de arara transportando, feito animal, o devoto de “São Francisco” ou do “Padim Ciço”.

Celso diz que seu município, por causa da “rigidez” da PRF, esperava 1,5 milhão de romeiros na última festa, em outubro, mas recebeu menos de 1 milhão, porque a maioria acabou barrada na estrada. Ele diz que Canindé e Juazeiro estão perdendo economicamente e que as autoridades poderiam rever regras e abrir para ônibus que não fossem exclusivos de empresa de turismo, como manda a norma.

O que ele não diz é que há superlotação, pau de arara sem condição de segurança e um quadro de pecado generalizado contra o Código Nacional de Trânsito. Turismo religioso exige segurança. Só rezar ou acreditar em milagre para evitar acidentes, não dá.

Cid tenta blindar Camilo de crise com a Polícia Militar

105 1
 

O governador Cid Gomes (Pros) disse que seu sucessor, Camilo Santana (PT), não poderá ser responsabilizado e nem deverá absorver as sequelas da tensão que marcou o relacionamento entre Governo e a Polícia nos últimos três anos. Em uma das áreas mais delicadas da gestão, Cid avalia que zera tudo a partir de janeiro de 2015. “Não há nada que ele (Camilo), pessoalmente, tenha tido participação. Portanto, ele começa com o clima zerado. E espero que, por parte da tropa, ninguém vá atribuir a ele alguma tensão que tenha havido comigo”, afirmou Cid em entrevista exclusiva após visita ao O POVO.

O esgarçamento da relação entre o Executivo e a Polícia Militar é apontado como um dos fatores para o agravamento da situação da segurança pública no Estado. A crise despontou durante a greve da categoria em janeiro de 2012, sucedida por sindicâncias contra policiais, expulsões nas corporações e emergência de lideranças políticas dentro da PM, como o deputado estadual eleito Capitão Wagner e o deputado federal eleito cabo Sabino – ambos filiados ao PR, em oposição a Cid.

“Com Camilo, obviamente, isso zera. Camilo não teve participação, nem para o bem nem para o mal. Eu, por dever, determinei a abertura de sindicâncias, e muita gente, dentre as quais o cabo Sabino, foi excluído dos quadros da PM. Imagino que eles devem ter ódio por conta disso. Mas isso é uma imposição de quem está com essas responsabilidades. Não sinto nenhum prazer de tirar o ‘ganha pão’ de um pai de família. Mas policia tem de ter hierarquia, disciplina”, argumentou.

“O tempo irá curar”

Cid defende que dedicou atenção ao setor de segurança, do fardamento aos instrumentos de trabalho. A tese dele é de que a crise na relação é resultado de contaminação política nos quarteis. Questionado sobre reclamações de policiais sobre suposta perseguição e falta de diálogo com o Governo, ele rebateu: “Quem são esses que reclamam? Você não pode confundir o corpo com as lideranças. As lideranças viraram política. Vivem do antagonismo, e vão querer permanentemente alimentar um antagonismo. Vão mentir sempre, vão contar versões diferentes do que é a realidade”, criticou.

 Às vésperas de deixar o cargo, Cid disse que a greve da PM foi o pior momento de sua vida e que “o tempo irá curar as feridas”. “E sofri muito, pessoalmente, imagino também que as pessoas que estavam lá (na greve), no nível de tensão, também. Porque certamente lá não faltavam boatos de que um helicóptero iria jogar gás lacrimogêneo… Isso tudo fica marcado”, refletiu.”

(O POVO)

Relator aceita pedido de cassação do mandato do vereador A Onde É

Politica

“O relator do caso do vereador Antônio Farias de Sousa – o A Onde É (PTC), Casimiro Neto (PP) – entregou o parecer sobre as denúncias do Ministério Público (MP) ao presidente do Conselho de Ética da Câmara, Adelmo Martins (Pros), por volta das 16 horas desta terça-feira, 9. Casimiro aceitou o pedido de cassação do mandato do parlamentar produzido pelo órgão de Justiça.

De acordo com Adelmo Martins, uma reunião será marcada para escolher o relator do processo. “Amanhã (quarta, 10), depois da reunião das 8h na Câmara Municipal, vou tentar convocar a comissão para escolher o relator. Estava pensando em marcar para quinta, 11, com a presença do presidente eleito da Câmara, Salmito Filho, mas já tem uma reunião marcada para o mesmo dia. Se não der nessa semana, vai para outra”.

O POVO tentou entrar em contato com o advogado de A Onde É, Leandro Vasques, mas as ligações não foram atendidas.

O juiz da 18ª Vara Criminal deferiu, no último dia 20 de novembro, o afastamento do vereador A Onde É do mandato até o julgamento final da ação envolvendo o parlamentar. Ele é acusado pelo MP de cobrar “pedágio” sobre salário de assessores de seu gabinete na Câmara Municipal. Atualmente, A Onde É está de licença do mandato, alegando motivos psicológicos.

Preso e solto

A Onde É chegou a ser preso em flagrante em 26 de setembro deste ano, acusado de sacar dinheiro de um assessor. Após 40 dias preso, conseguiu liminar no Supremo Tribunal Federal (STF) para responder o processo em liberdade. Situação na qual se encontra atualmente.

(O POVO)

Livro de Direitos Humanos é destaque na Bienal Internacional do Livro do Ceará

foto bienal 141209 fortaleza

O livro “Direitos Humanos: Histórico e Contemporaneidade”, editado pela OAB, regional do Ceará, é uma das atrações da XI Bienal Internacional do Livro do Ceará, que será encerrada nesta quarta-feira, no Centro de Eventos. Com 27 autores, o livro traz temas como “Adoção de crianças por pares homoafetivos masculinos”, “Sobre os direitos do homem”, “Direitos sexuais como um direito humano”, “Direitos dos consumidores e deveres de proteção”, além de outros 13 temas.

Para a professora da Unifor, Ana Paula Araújo de Holanda, doutoranda em Direito, coordenadora especial de Políticas Públicas dos Direitos Humanos do Gabinete do Governador do Estado e uma das organizadoras da obra, o tema Direitos Humanos vem despertando cada vez mais o interesse da sociedade, diante de questões que passaram a ser comuns no dia a dia das pessoas, como a união homoafetiva e adoção de crianças por pares homoafetivos.

DETALHE – O Dia Internacional dos Direitos Humanos é comemorado nesta quarta-feira (10).

Acquario do Ceará – Publicados decretos oficializando desapropriação de terrenos do empreendimento

acquario

O Diário Oficial do Estado desta terça-feira, versão eletrônica,  traz publicados os decretos de desapropriações de terremos e de um condomínio situado no entorno e em frente ao projeto Acquario do Ceará, na Praia de Iracema.

Esse é mais um passo burocrático para a concretização do projeto do Acquario que, segundo o secretário estadual do Turismo, Bismarck Maia, entrou na fase de implantação de equipamentos.

O projeto, orçado em US$ 150 milhões oriundos de empréstimo contraído pelo Estado junto ao Eximbank, deverá ficar pronto no fim de dezembro de 2015, conforme Bismarck Maia.

Leilão do Detran oferta 669 lotes motocicletas, carros e sucatas

O Departamento Estadual de Trânsito do Ceará (Detran-CE) oferta, em seu último leilão de veículos apreendidos de 2014, 439 motocicletas, 38 lotes de automóveis, 37 sucatas de carros e 152 sucatas de motocicletas. A venda será iniciada na quinta-feira (11), das 10 às 12 horas, no pátio da Montenegro Leilões, e segue até sábado, 13.

Interessados também podem visitar o local a partir desta terça-feira (9), de 8h as 16h45hmin, para conferir o estado dos materiais, que estão apreendidos no local há mais de três meses. No primeiro leilão, estarão sendo ofertados os 152 lotes de sucatas de motocicleta, de marcas, com lance inicial de R$ 40 até R$ 200.

Na sexta-feira (12), estarão disponíveis para lances os 439 lotes de motocicleta, com preços que variam de R$ 300 até R$ 1.800. No sábado, 13, o último dia de leilão, serão ofertados os lotes restantes dos outros dias, além de 37 lotes de sucatas de automóvel, com lance inicial variando de R$ 50,00 (Toyota Corola 2008) a R$ 2.500,00 (CrossFox 2088). Os 38 lotes de automóveis variam de R$ 1.200,00 (GM Astra GLS 1999 – a gás) a R$ 6.2000 (Fiat Doblô NA AMC 2009/2010). Em oferta especial, há um lote de uma MMC Outland 3.0VG 2011/2012, com lance inicial de R$ 15.000,00.

(O POVO Online)

AJE Fortaleza comemora 25 anos de atividades com toques de saudade

democrito

A Associação dos Jovens Empresários de Fortaleza (AJE Fortaleza) vai comemorar na próxima sexta-feira, a partir das 19 horas, no auditório da Federação das Indústrias do Ceará. O momento contará com homenagens póstumas aos idealizadores Demócrito Dummar e Cleber Aquino e homenagem a todos os ex- coordenadores gerais da entidade.

Fundada em 1989, a AJE Fortaleza foi precursora do movimento jovem empresarial nacional, influenciando a criação de associações semelhantes em todo o País. A organização reúne jovens entre 18 e 35 anos, representantes de todos os setores da economia cearense.

O principal objetivo é contribuir com a formação de novas lideranças no meio empresarial, através de eventos voltados ao desenvolvimento dos associados, e disseminar a cultura empreendedora ao público em geral, estimulando os jovens a ingressar no mercado de trabalho e a permanecer nele com sucesso.

Seara da Ciência e um encontro para contemplar os astros

A Seara da Ciência, da Universidade Federal do Ceará, realizará, nesta quarta-feira, o encontro “O Céu da Seara”, o último deste ano, a partir das 18 horas, em seu observatório, no Campus do Pici. Estudantes, curiosos e apaixonados por astronomia estão convidados a contemplar astros e estrelas, gratuitamente. Os participantes, segundo a organização, vão poder ver a Grande Nebulosa de Órion, uma imensa nuvem de poeira interestelar que se forma ao redor da estrela. A observação também vai contemplar as Plêiades, que são chamadas de Sete-Estrelo na região Nordeste porque, a olho nu, é possível distinguir sete estrelas. Com o telescópio, no entanto, é possível visualizar muito mais.

Também poderá ser observado o Aglomerado Espiral, formado por estrelas que não são visíveis sem a utilização de aparelhos. “Nem tudo o que os nossos olhos não conseguem enxergar no céu significa que não existe”, ressalta o organizador da observação e bolsista da Seara da Ciência, Fabrício Batista. Para o encontro serão utilizados três telescópios. Não é necessário fazer inscrição prévia.

A ideia do projeto é despertar a curiosidade pela astronomia e encantar o público com as belezas celestes, difíceis de serem contempladas sem equipamentos, complementa Fabrício Batista.

(Site da UFC)

OAB/CE entrega prêmio de jornalismo e presta homenagem a seis profissionais da área

97 1

landrypedrosa

A Ordem dos Advogados do Brasil, regional do Ceará, fará a entrega nesta terça-feira, às 19 horas, no auditório da Fiec, do II Prêmio de Jornalismo Luís Cruz de Vasconcelos. Na ocasião, seis profissionais serão homenageados por suas atividades na promoção dos direitos humanos e da cidadania no jornalismo cearense. São eles: Souto Paulino, Carlos Célio, Joseoly Moreira, Landry Pedrosa, Mauri Melo e Tom Barros.

A edição deste ano do Prêmio de Jornalismo Luís Cruz de Vasconcelos foi “Morosidade do Judiciário: atentado à cidadania” e teve por objetivo estimular o debate sobre a temática do Direito associado ao viés da Justiça Social. O Prêmio de Jornalismo tem abrangência estadual e contempla cinco categorias: Impresso (Jornal e Revista), Fotografia, Rádio, Televisão e Internet. Neste ano, o prêmio distribuirá um total de R$ 34 mil em prêmios, além de certificados. Os nomes dos vencedores só serão revelados na solenidade.

Setor de confecções feminina e masculina quer redução da alíquota do ICMS

confeccc

Marcos Vinícius, Roberto Macedo (ex-Fiec) e Aloísio Ramalho Filho.

O Estado de Goiás zerou o ICMS do ramo de confecções.

No Ceará, o SindiRoupas, que vende para homens, e o SindiConfecções, que atende o público feminino, não sonham tão alto assim, mas querem também redução da alíquota desse imposto.

Reivindicação nesse sentido já foi encaminhada pelo presidente do SindiRoupas, Aloísio Ramalho Filho, e pelo presidente do SindiConfecções, Marcos Vinícius, ao governador eleito Camilo Santana (PT).

O segmento, que hoje paga 8% de ICMS sobre o que compram fora e 3% sobre o que compram dentro do Estado, quer redução desses percentuais para a metade. Pelo menos.

(Foto – Paulo MOsKa)

O Enem, o decoreba e a comunicação que trumbica mais do que comunica

87 1

Com o título “Precisamos reaprender a pensar”, eis artigo do jornalista e sociólogo Demétrio Andrade. Ele questiona o decoreba nas escolas, em algumas matérias, e destaca o papel importante do Enem, que promove o pensar por meio de questões interpretativas. Com direito a um paralelo no jornalismo. Confira:

Em meio às provas de final de ano, me vi estudando português com meu moleque. A sintaxe da nossa língua é de uma complicação digna de nota, com todo respeito aos fanáticos estudiosos da “última flor do lácio”. Estávamos tentando desvendar o profundo mistério de compreender o que seria uma “oração coordenada sindética adversativa” quando, num arroubo de coragem, ele perguntou: “Pai, isso vai me servir para quê, mesmo?”. Respondi em fração de segundo: “Pra nada, filho, absolutamente nada”.

O episódio me trouxe uma série de reflexões. A primeira delas diz respeito à quantidade de conteúdo que é repassado aos nossos meninos e meninas sem qualquer amparo no mundo real. Não faço aqui – que fique registrado – uma crítica às matérias que eram taxadas, em minha época de estudante, como “decoreba”. Até porque acho que boa parte do nosso aprendizado, formal e informal, depende o exercício da memória. O que me chama a atenção são quilos e quilos de páginas assimiladas –decorativas ou não – sem qualquer serventia prática.

O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), neste sentido, representa uma evolução significativa. As provas cada vez mais apresentam questões interpretativas, forçando o aluno a aplicar o conhecimento adquirido para analisar situações reais. Isso é o futuro. Mais que reproduzir uma doutrina, é necessário pensar sobre ela, vê-la como um instrumento de interferência na realidade, usá-la para resolver nossos inúmeros problemas do cotidiano, ou mesmo desenvolver a capacidade de questionar sua pertinência.

É uma atitude conservadora pedir a um estudante para decorar a tabuada, posto que qualquer celular possui calculadora, ou que saiba de cabeça o nome da capital de um país, já que tudo está na internet. Mas é preciso que o aluno perceba a qualidade da informação, se ela tem lógica e validade. Em outras palavras, mais importante que decorar que 9 mais 9 é 18 é saber porque é este o resultado. E saber que a capital da França jamais poderia ser Buenos Aires, por ter noções gerais de geografia e da distribuição dos continentes.

A grosso modo, é possível fazer um paralelo com o jornalismo praticado atualmente. O acesso à informação nunca foi tão facilitado. Milhões de referências ao alcance dos dedos. Mas é impressionante como o contexto é cada vez mais desprezado. Há muito tempo os meios de comunicação se especializaram em repassar dados de forma imediata e sem a mínima dose de aprofundamento. Mas hoje isso chegou a proporções inimagináveis.
Tente entender, por exemplo, a votação sobre o superávit primário no Congresso. Algumas informações chegam. Você sabe que é um tema polêmico, que existe crise e que o governo ganhou. Mas o que diabo é superávit primário? Por que tanta confusão por parte da oposição? O que isso tem a ver com a vida comum de nós, cidadãos? Duvido que você, caro leitor, consiga responder a estas perguntas com propriedade.

Em outros termos, se não sabemos responder sobre a essência, teremos formadas opiniões restritas à superficialidade, à ideia vaga, ao senso comum. Uma aparência de saber, que distorce a realidade, limita questionamentos e propaga a ignorância. Aposto que boa parte da violência verborrágica das redes sociais seria pacificada se as pessoas se dessem ao trabalho de se perguntar quando em vez: “mas o que é isso, mesmo?”, “qual é o sentido desta discussão?”.

A avalanche de informações no ensino formal e nos meios de comunicação brutaliza mais que humaniza. Confunde mais que esclarece. É um fetiche de saber. Enquanto não percebermos isso e mudarmos tais concepções, continuaremos emprenhando “verdades” pelos ouvidos e reproduzindo sintaxes vazias.

* Demétrio Andrade
Jornalista e sociólogo.

PIB do Ceará – Setor agropecuário cresceu em plena seca

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=9DNJLbpNelA&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

Mesmo com três anos de estiagem, a agricultura ajudou a puxar os resultados da economia do Ceará, que cresceu 5,60% no terceiro trimestre de 2014. É o que dizem os dados divulgados pelo Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece). O setor agropecuário apresentou o melhor desempenho neste último balanço, com aumento de 51,2 % no acumulando do ano.

O presidente da Federação da Agricultura do Estado, Flávio Saboya, comemorou o resultado e avaliou os porquês desse desempenho, uma espécie de paradoxo em tempos de seca.

Flávio Saboya fez essa avaliação antes de embarcar, nesta madrugada de terça-feira, para a Bahia e Pernambuco onde, na condição de presidente eleito do Conselho Deliberativo do Sebrae, com posse dia 1º de janeiro, conhecerá experiências exitosas do Sebrae desses Estados.

Sindifort entra com representação contra fundação prevista na reforma administrativa

Nascelia-Silva

O Sindicato dos Servidores e Empregados Públicos de Fortaleza (Sindifort) entrou com representação junto ao Ministério Público Federal e a Promotoria de Justiça e Defesa da Saúde Pública do Estado contra um dos projetos que integra o conjunto da reforma administrativa do prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (Pros). A matéria tramita na Câmara Municipal desde a última semana.

De acordo com a diretoria do Sindifort, que tem à frente Narcélia Silva, o questionamento envolve a criação da Fundação de Apoio à Gestão Integrada em Saúde em Fortaleza.

A entidade avalia que esse projeto é ilegal e inconstitucional porque, pela Constituição Federal, em seu artigo 196, o Estado tem a obrigação de prestar diretamente o serviço público de saúde, enquanto essa fundação abre para terceirizações na área.

Trabalhadores de topics protestam contra processo de exploração

111 1

Nesta terça-feira, a partir das 14 horas, haverá audiência pública sobre as condições de trabalho nas topics de Fortaleza. O encontro ocorrerá na sede da Federação dos Trabalhadores, Empregados e Empregadas no Comércio e Serviços do Estado do Ceará (Fetrace). A iniciativa é do vereador Ronivaldo Maia (PT) e do Sindicato dos Trabalhadores no Transporte Complementar de Fortaleza (Sintraafor)e o objetivo é mostrar ao Poder Público a situação de usuários e operadores do sistema.

A direção do SIintraafor denuncia processo de exploração e diz que os trabalhadores são obrigados a realizar a dupla função (trocador e motorista), colocando em risco a vida e a integridade das pessoas, além de sofrerem desgaste físico e psicológico.

O Sintraafor vai desencadear uma campanha com objetivo de colher assinaturas para apresentar à Câmara Municipal um projeto de iniciativa popular que regulamente a circulação de transporte público regular, complementar e alternativo, com motorista e cobrador.

Prefeito de Sobral faz balanço da gestão e planos para 2015

78 2

clodovoeu

O prefeito de Sobral, Clodoveu Arruda (PT), fez um balanço positivo de sua gestão durante este ano. Foi nesta terça-feira, antes de seguir para Brasília, onde tem contatos ministeriais. Clodoveu destacou avanços na área educacional, mas também a atração de novos investimentos como forma de reforçar o setor produtivo. Ele disse que a meta em 2015 é atrair novas tecnologias e avançar na capacitação de mão de obra.

Ainda sobre 2015, o prefeito Clodoveu Arruda adiantou que, entre prioridades, está melhoria do Centro Histórico, com internalização da fiação elétrica. O prefeito sobralense anunciou ainda que, neste mês, vai entregar mais unidades do Programa Minha Casa , Minha.

Sobre o Governo Camilo Santana (PT), com sua mulher, Izolda Cela, na vice, afirmou que deverá aprimorar o que Cid Gomes fez e melhorar aquilo que apresentou falhas como a área da segurança pública. Ele destacou que a gestão de Camilo será do diálogo, fazendo questão de ressaltar que Cid também procurou o diálogo, embora incompreendido por alguns setores.

BNB promoverá V Fórum de Comunicação do Governo Federal no Nordeste

O Banco do Nordeste promoverá, nesta quarta-feira, o V Fórum de Comunicação do Governo Federal no Nordeste. O encontro será realizado em parceria com a Secretaria de Comunicação da Presidência da República e tem como objetivo a promoção do intercâmbio de boas experiências de profissionais de comunicação que atuam no setor público.

Temas como assessoria de imprensa, publicidade, gestão de mídias sociais, comunicação integrada e avaliação e mensuração de investimentos em comunicação serão contemplados na programação, que prevê a realização de quatro painéis e uma palestra de encerramento. As inscrições são gratuitas.

SERVIÇO

 

Mais informações por meio do link:
http://www.bnb.gov.br/content/aplicacao/Eventos/forum_comunic2014/gerados/apresentacao.asp

Por um concurso transparente na Câmara Municipal

Da Coluna Política, do O POVO desta terça-feira, assinada pelo jornalista Érico Firmo:

A Câmara Municipal de Fortaleza prepara o concurso público que deve ser o primeiro de sua história. Claro que é necessário e chega muito tardiamente. O presidente Walter Cavalcante (PMDB) sinaliza com a contratação de servidores efetivos pelo menos desde o fim do ano passado, quando O POVO noticiou a existência de comissões fantasmas que abrigavam funcionários que não trabalhavam na Casa (leia aqui: http://bit.ly/1Czmyxo). Quase no fim de sua gestão, Walter Cavalcante (foto) não conseguiu até agora colocar à frente o concurso. Porém, as informações dos bastidores da Câmara dão conta de que o edital está praticamente pronto para ser lançado. E traz uma preocupação: a entidade responsável para realizar o concurso seria contratada, conforme essas informações, por dispensa de licitação.

A Câmara vive momento de contínuo desgaste e perda de relevância como espaço de debate e formulação política. Pela primeira vez na história, um de seus membros foi preso, em situação que permanece mal resolvida. O Poder Legislativo não precisa e não pode ter mais desgaste. Na história recente, houve vários concursos questionados, em particular em administrações que estavam no fim. O concurso é muito importante para a Casa, mas deve estar acima de qualquer suspeita. Por maior que seja a credibilidade da entidade que venha a ser escolhida, a forma de se evitar desconfiança é por licitação.

O Ministério Público tem cobrado, com razão, a realização do concurso. Mas, se demorou até agora, a pressa não justifica dispensar a licitação. Que até se lance o edital, mas para convocar o certame para selecionar a empresa realizadora. Não faz sentido exigir concurso para haver seleção impessoal de servidores e, na hora de escolher quem fará a seleção, não adotar o mesmo critério – que é a seleção por licitação. Permitir que a escolha se paute por decisão subjetiva e discricionária.

Tudo que a Câmara não precisa neste momento é de mais dúvidas ou questionamentos a pairar sobre ela.

Líder do PDT diz que PT está muito desgastado para comandar a Câmara dos Deputados

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=SvlMyPiQyVo[/youtube]

O líder do PDT na Câmara, André Figueiredo, voltou a bombardear, nesta terça-feira, a candidatura de Eduardo Cunha (PMDB/RJ) à presidência da Câmara. Para ele, Cuinha poderia ser instrumento para desestabilizar o segundo governo da presidente Dilma Rousseff.

Indagado sobre a possibilidade de o PT lançar um nome para essa disputa, André disse que, como maior partido, os petistas têm até esse dever, mas ele não mostrou simpatia por essa tese.

Os petistas estão lançando Arlindo Chinaglia (PT/SP) mas, para André Figueiredo, o partido da presidente Dilma está passando por “um processo de desgaste muito grande”. Ele estima que Chinaglia possa sofrer consequência  das insatisfações, o que exige um nome com melhores condições para embate dos mais difíceis.

Cid Gomes é comparado a Nero, em meio à seca que castiga a população

135 3

Com o título “Não basta banho curto, nem reza para São Pedro”, eis artigo do professor Alexandre Costa. Ele bate duro na política de distribuição de águas do Estado, que beneficia grande empreendimentos. Em certo momento, o professor compara Cid Gomes (Pros)  a Nero: vai deixar o poder e, de longe, ver o Ceará inteiro pega fogo. Confira:

O governador eleito Camilo Santana declarou publicamente que defendia a gestão de recursos hídricos do Ceará e “rezava para São Pedro” por boas chuvas. Recentemente, O POVO publicou artigo do vereador Acrísio Sena, também do PT, em que este argumentava que sabendo usar, a água não iria faltar. O que causa espanto no discurso de ambos é que escondem a verdadeira raiz da crise hídrica, que já aflige milhares de famílias no interior e agora ronda as casas dos moradores das cidades, incluindo a Região Metropolitana de Fortaleza.

O Castanhão, que ficou praticamente cheio em 2009 e 2011, forneceu grandes quantidades de água aos criadores de camarão e ao agronegócio do Vale do Jaguaribe, este último, responsável pela contaminação do rio, do solo e das pessoas por conta do uso de agrotóxicos que ainda contam com isenção de ICMS. Mas nada se compara ao que relatarei a partir de agora. Há pouco mais de um ano, Cid soltou publicamente a pérola: “a termelétrica demandará cerca de 1.000 litros por segundo. A siderúrgica, algo em torno 1.500, e a refinaria, outros 1.000 litros por segundo”. Tradução: três empresas gastarão água equivalente a 96% do consumo de Fortaleza inteira.

A siderúrgica e a refinaria ainda não operam, mas a termelétrica, sim. Ela consome água suficiente para abastecer mais de meio milhão de pessoas e é, sozinha, responsável por 11% das emissões de CO² do Ceará. Sabe-se que o aquecimento global vai produzir secas cada vez mais graves; assim, queimar carvão e consumir água para gerar energia elétrica é o suprassumo da estupidez. Detalhe: ela só paga metade do preço da água que consome.. A questão é que Cid Gomes, a direção da Cogerh e Camilo Santana arriscaram a sorte. Apostaram que 2015 iria ser um ano bom. Agora, com possibilidades de um El Niño atrapalhar mais uma estação chuvosa, Cid vai viajar para assistir de longe, como Nero, o Ceará inteiro pegar fogo.

O novo governante, por sua vez, diz apenas que vai rezar, mas nem São Pedro nem São José serão capazes de prover água para saciar a sede da indústria pesada. Nem mesmo São Francisco, santo ou rio: a nascente secou e a transposição para fornecer água para as indústrias se tornou uma ilusão, um blefe e um agrado para as empreiteiras que tocam a obra.

* Alexandre Costa

opiniao@opovo.com.br

Ph.D. em Ciências Atmosféricas, professor da Universidade Estadual do Ceará (Uece).