Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Dilma cá e Tasso lá

dilmamarcha  tasso

Da Coluna Vertical, no O POVO desta segunda-feira (6):

O cenário eleitoral no Ceará traz uma particularidade das mais interessantes, que merece ser estudada pelos especialistas: enquanto dá vitória a Dilma Rousseff (PT), garante a ressurreição política de um tucano de peso nacional, no caso o ex-governador Tasso Jereissati.

Isso mostra que o eleitor gosta de apostar em um quadro político dividido. Ou seja, banca um nome da situação, mas recoloca outro da oposição, que poderá no Congresso, dependendo de mudança eleitoral de segundo turno, atuar como um cobrador de tantos projetos estruturantes ainda nos sonhos do cearense, como a refinaria de petróleo.

Tasso foi uma derrota buscada e arquitetada, na última disputa de senador, pelo PT. Hoje retorna pela bênção das urnas e com o amadurecimento necessário para reforçar o que se busca na política: o equilíbrio de forças contra a velha unanimidade burra. Em Brasília ou no Ceará.

As armas de Eunício e Camilo no segundo turno

Após travarem a terceira disputa mais acirrada do País, Camilo Santana (PT) e Eunício Oliveira (PMDB) terão agora pouco mais de três semanas para reajustar o arsenal contra o outro. Com o petista alcançando 47,8% dos votos e o peemedebista 46,4%, os dois já saem do embate com perspectiva de segundo turno dos mais disputados. Com a corrida entrando no “tudo ou nada”, os frutos colhidos ontem nas urnas e a disputa nacional podem ser decisivos na batalha pelo eleitorado.

Contrariando as pesquisas, o resultado deixa pouca margem para avanços: com diferença de 60 mil votos, apenas 5,7% do eleitorado não votou em nenhum dos dois. Além disso, tanto Eliane Novais (PSB) quanto Ailton Lopes (Psol) negam apoio aos ex-adversários. No aperto, ambos terão de improvisar na busca por novos terrenos.

As armas

Neste sentido, Eunício Oliveira terá ao seu lado aliados que saem poderosos das urnas. Candidato que mais contava com a vitória no 1º turno, o peemedebista compensará a colocação em desvantagem com aliados como Tasso Jereissati (PSDB), eleito senador com ampla maioria

Outra figura chave será um antigo desafeto de Cid Gomes (Pros), o Capitão Wagner (PR). O militar foi, inclusive, alvo de ataques dos irmãos Ferreira Gomes durante o processo eleitoral. Sagrando-se o deputado estadual mais votado da história do Ceará, Wagner será fundamental.

Já Camilo Santana não fica atrás. Seu resultado dá novo “gás” à gestão Cid Gomes (Pros), que vem de vários momentos de desgaste durante a campanha. Além disso, o Pros sai do pleito como o partido mais bem votado – por ampla margem – da eleição. Na Assembleia, a legenda teve mais de 20% dos votos totais, elegendo doze deputados.

Outro ponto será o tempo de televisão de cada candidato. Antes, Camilo tinha mais espaço que Eunício. Agora, ambos terão o mesmo tempo.

Disputa nacional

O segundo turno entre Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB) também deve ser decisivo no Ceará. Articulador da campanha de Camilo, o deputado José Guimarães (PT) sinalizou possível estratégia: “Não tem conversa. É tudo ou nada. O PT nacional, Lula, Dilma, têm que vir”.

Já o coordenador da campanha de Eunício, Gaudêncio Lucena, disse esperar que a neutralidade do PT nacional seja mantida, e descartou a hipótese de Eunício vincular sua imagem à de Aécio. Ele disse que, já amanhã, Eunício vai a Brasília se encontrar com a cúpula do PMDB.

Para o cientista político Valmir Lopes, da Universidade Federal do Ceará, estratégia de Eunício de manter a “estadualização”, brecando presença nacional no Ceará, se mostra agora arriscada. “Investir nesse formato, eu diria que é perder. Os dois precisarão de apoios nacionais”.

(O POVO)

Pesquisa Boca de Urna – Disputa no Ceará pode dar 2º turno e promete fortes emoções

camiloeuy

Saiu resultado da pesquisa boca de urna que o Ibope realizou, durante este dia de votação, em nove Estados. A pesquisa foi divulgada pela Globo.

Eis os dados sobre a disputa no Ceará:

Eunício Oliveira (PMDB) – 49%

Camilo Santana (PT) – 44%

Aílton Lopes (PSOL) – 4%

Eliane Novis (PSB) – 3%

* A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O Ibope ouviu  4 mil eleitores em 29 municípios. 

Cid: Prisão de vereador é reflexo de “milícia que começa a tomar posse do aparelho de segurança”

cidgoll

O governador Cid Gomes (Pros) afirmou, neste domingo, que a prisão do vereador Antônio Gaudêncio, detido pela manhã, em Sobral (Zona Norte), sob a acusação de estar fazendo boca de urna para o candidato a deputado federal Leônidas Cristino, já seria o reflexo da “milícia que começa a tomar posse do aparelho de segurança do Ceará”.

Cid Gomes deu essa declaração quando saía da Delegacia Regional de Sobral com o vereador. Antes, ele havia dito que só deixaria o local quando o parlamentar fosse liberado.

* Ouça a fala de Cid à Rádio O POVO/CBN no Blog Eleições aqui.
(Foto – Arquivo)

Luizianne vota adotando só o tom verrmelho

luiziannee

A ex-prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins (PT), votou, nesta tarde de domingo, em seção da Assembleia Legislativa. Bastante feliz com a campanha, foi cumprimentada por eleitores e se mostrou confiante em conquistar vaga de deputada federal.

Luizianne usou, como faz em toda eleição, o vermelho. Em nada lembrou o amarelo do candidato a governador pelo PT,  Camilo Santana. Bom lembrar que Camilo é apoiado pelo ex-amigo e aliado de Luizianne: o governador Cid Gomes (Pros).

(Foto – Divulgação)

Ciro Gomes admite que disputa vai para o 2º turno

cirog

“Meu estado de espírito é que o Camilo vai para o segundo turno, inclusive chegando em primeiro lugar”, afirmou Ciro Gomes, nesta manhã de domingo, após votar no prédio da Secretaria da Saúde do Estado.

Ciro, que é titular da pasta estadual da Saúde, fez uma avaliação do cenário eleitoral: “No interior, eu sei, com muita consistência, pois é simples de ver. Aqui, na Capital, nós temos um relativo equilíbrio e a região Metropolitana está completamente assimétrica. De maneira que esse conjunto de resultados nos dá essa segurança”.

Sobre a disputa para a presidência da República, Ciro Gomes afirmou que Dilma Rousseff tem ampla vantagem. “Aqui no Ceará, a Dilma vai ter perto de dois terços dos votos. Para mim é pouca novidade porque o Aécio representa organicamente o outro lado. A Marina é uma tentativa moralista, difusa-nova política, que são valores corretos inspirados por uma imensa quantidade de pessoas que já votou em mim, que é de classe média, escolarização alta, de exigência moral mais sofisticada, que está farta das práticas iguais do PSDB e do PT”, acentuou.