Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Depois do Casarão, a vez da Praça Portugal?

196 1

Com o título “A cultura derrubada”, eis artigo do jornalista Marcos Robério. Ele lamenta a derrubada de casarão histórico da avenida Santos Dumont, ocorrida no último sábado, para dar lugar a mais uma torre comercial. Confira:

Na madrugada do último sábado, 27, mais um casarão histórico, construído entre os anos 1930-1940, foi demolido na avenida Santos Dumont. Dará lugar a uma torre comercial. Nada mais cafona, torpe e antiquado. Mas não surpreende. Lembrei dos versos de Caetano Veloso, na música que dedicou à irmã, Bethânia: “Everybody knows that our cities were built to be destroyed” – (“Todo mundo sabe que nossas cidades foram construídas para serem destruídas”). Em Fortaleza, especialmente, sabemos bem como é isso.

O casarão era um dos poucos remanescentes da época em que Fortaleza “esticou” para o leste, até então essencialmente centralizada, se estendeu para os lados de lá, onde hoje estão bairros como Aldeota, Cocó, Papicu e Cidade 2000, chegando a até então pouco explorada Praia do Futuro. Mas e daí? Ora, pouco importa. Somos autofágicos com nossa própria história. Antes fôssemos indiferentes. Mas não, vai-se além, numa espécie de prazerosa sanha destruidora.

Nossa elite em geral, e em especial nosso empresariado, nossos magistrados e nossos governantes – os de agora e os de antes – parecem estar programados mentalmente. A impressão é de que, quando olham para quase tudo o que é histórico e natural, uma voz interna ecoa em seus ouvidos: “derruba, derruba, derruba”.

Só para citar exemplos recentes: assim ocorreu com o bangalô azul, na esquina da Padre Valdevino com João Cordeiro. Foi demolido em 2013, logo após o juiz Francisco Chagas Barreto conceder liminar em favor da empresa Nortesul Incorporações e Construções, suspendendo o tombamento provisório do prédio, que tinha mais de 50 anos quando ruiu. Assim deve ocorrer com o Residencial Iracema, na rua Antônio Augusto, que será destruído pela empresa proprietária, a construtora Idibra, para que seus traços modernistas deem lugar, ironicamente, a uma construção mais moderna.

Assim deve ocorrer com a Praça Portugal, sobretudo após o Conselho Estadual de Patrimônio Cultural do Ceará (Coepa) ter rejeitado, no dia 17 de junho, a abertura do processo de tombamento da praça, deixando o caminho livre para a Prefeitura levar a cabo o projeto de fazer um cruzamento no lugar da praça. Dias antes, decisão do Governo do Estado havia alterado profundamente a composição do conselho. É legítimo? Sim. Mas, do jeito que está sendo feito, é vergonhoso também. Muito.

É duro perceber que, em uma cidade que tem oficialmente 289 anos, prédios de 50, 60, 70 anos sejam raros. E mais doloroso ainda é ver que nem esses resistem. É uma mostra do descaso com nossa identidade, resultando em uma Fortaleza cada vez mais sem alma e sem ter o que contar de si própria. “Eu gostaria de saber que as coisas estão melhorando”, diz Caetano, na música já citada. Sinto desapontá-lo: elas só pioram. (Marcos Robério – jornalista)

PC do B do Ceará promove campanha de filiações

200 1

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=f7sCqJPOHQQ[/youtube]

O PCdoB do Ceará realiza campanha de novas filiações. A ação ocorre em todo o Estado, segundo informou, nesta terça-feira, o presidente regional do partido, Luís Carlos Paes.

O objetivo é fortalecer a base do PCdoB de olho em 2016 e tentar lançar pelo menos 30 candidatos a prefeito e cerca de três mil nomes para as Câmaras Municipais.

Luis Carlos Paes, sobre Fortaleza, afirmou que hoje a tendência do PCdoB é apoiar a reeleição do prefeito Roberto Cláudio “a não ser que ocorra algum, tsunami”.

Presidente do TJ/CE discute parcerias em Brasília

A presidente do Tribunal de Justiça, desembargadora Iracema Vale, encontra-se em Brasília, nesta terça-feira, participando de reunião sobre parcerias entre tribunais e universidades. O objetivo é aperfeiçoar o atendimento de mulheres vítimas de violência doméstica. O encontro é uma articulação do Supremo Tribunal federal (STF).

A ideia é que as cortes de Justiça recebam, para estágio, estudantes de psicologia e outra áreas e atuem nas varas especializadas em violência doméstica.

No próximo mês de agosto, será realizada em âmbito nacional nova edição da campanha “Justiça Pela Paz em Casa”. No Ceará, a primeira edição da Campanha realizou 295 audiências e a meta é superar o desempenho da edição anterior.

Roberto Freire – “Não temos interesse em divisões no PPS”

freire

Se depender do Presidente Nacional do PPS, Roberto Freire, o racha no PPS Ceará já tem data para acabar. De acordo com o dirigente, o mandato da direção estadual, presidida por Alexandre Pereira, deve ir até 2017. “Estamos prorrogando o mandato das direções em diversos estados, isso já estava definido. O momento é de trabalhar conjuntamente e de forma unitária para as eleições”, afirma.
Em entrevista ao Blog por telefone, Freire afirmou que não tem interesse em divisões no partido. “Nosso foco no Ceará é discutir as coligações para 2016 e ter candidatura própria nos principais municípios”.
Questionado sobre a possibilidade de mudança na direção estadual, Roberto Freire minimizou a possibilidade e elogiou o trabalho de Alexandre Pereira. “O partido se fortaleceu em diversas regiões e na capital. Nao tem motivo para mudar a direção”, afirmou. O dirigente confirmou sua vinda ao Ceará para participar da próxima reunião do Diretório Estadual, em 01 de agosto. O objetivo é discutir a conjuntura política nacional e consolidar o crescimento do partido no estado.
VAMOS NÓS – O grupo do deputado federal Moses Rodrigues, que quer a divisão, pelo visto, terá que engolir Pereira.

Ex-secretário do turismo do Ceará diz que “hub” foi alvo de estudo que acabou rasgado

273 4

Com o título “O “hub” aéreo, a retórica rasgada e o efeito refinaria”, eis artigo de Allan Aguiar, ex-secretário do Turismo do Ceará. Ele informa que essa história do hub – ponte de conexões de voos internacionais, já havia sido discutida por gestões passadas da Setur. Confira:

Um trabalho intitulado “Fortaleza – HUB NORDESTE”, elaborado pela prestigiosa EG Consultoria Econômica, especializada em elaboração de Planos de Negócios, foi rasgado. Sim, rasgado na SETUR no bojo de descartes de papéis “inservíveis” deixados por gestões passadas. O Plano de Negócios traçava com profundidade o Caderno de Encargos que deveria ser perseguido pelo Governo do Estado do Ceará e pelo Trade Turístico para oferecer as condições adequadas para a implantação de um HUB Aéreo. Esse estudo, mais tarde, resultou na primeira minuta de Projeto-de-Lei elaborada pelo Executivo Estadual.

Os capítulos da Matriz de Investimentos perpassavam as obras de infraestruturas, notadamente a aeroportuária, a formação e capacitação de mão-de-obra, os incentivos fiscais, os apoios promocionais e a ação mercadológica necessária para atração de Companhias Aéreas interessadas. À época, mesmo sem nenhuma companhia aérea nacional com disposição para realizar os investimentos, o Pinto Martins chegou a receber 14 voos charters internacional por semana, afora os 17 voos regulares, também internacionais. No total, 31 voos internacionais por semana.

A atual midiática mobilização suprapartidária e intersetorial levada a cabo pelo Governo do Estado é compreensível e serve apenas para mitigar os riscos políticos próprios de empreitadas do gênero. O default da Refinaria, que dependia majoritariamente do Setor Público, foi golpe duríssimo para um Governo Estadual outrora aliado e agora administrado pela mesma sigla do Governo Federal. Movimento idêntico foi realizado pelas forças políticas Potiguares e Pernambucanas. No Rio Grande do Norte, o potiguar ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, tomou o desafio como questão pessoal e diariamente manobra politicamente para convencer a LATAM que Natal construiu um aeroporto novinho em folha para o HUB Nordestino e que o Governo Federal (MTUR) aportará todas as contrapartidas necessárias ao empreendimento. Já os Pernambucanos ampliaram o zoom de suas lentes e querem dois HUB’s: o da TAP/AZUL, que terá o dobro dos voos da TAM, e o da LATAM. Ao contrário dos Cearenses, que só falam da TAM, os Pernambucanos afirmam que as negociações com o a direção da AZUL estão bastante avançadas e que tudo é uma questão de tempo.

O “gap” cearense foi ganhando altitude ao longo de anos de grosseira falta de planejamento de suas prioridades de infraestruturas para alavancagem do turismo. Com a hierarquia das prioridades invertida, o Ceará gastou mais de cem milhões em aeroportos regionais quase prontos e abandonados quando deveria investir em novíssimo e robusto Pinto Martins, carimbando seu passaporte para o sonhado “HUB”, o qual foi anunciado ainda em 2010 pelo Grupo Aéreo LATAM. Ignorando ao aviso, o Ceará priorizou um Aquário inacabado, que pouco agregará a atividade, e em importante, contudo ocioso e dispendioso, Centro de Eventos que até agora em nada incrementou o fluxo turístico internacional para o Estado.

Sem conseguir, nesses últimos três anos, viabilizar sequer um único pouso de aeronave com turistas, restou ao Estado tentar converter o aeroporto de Aracati em uma Oficina da TAM – Aviação Executiva. Após os palanques e solenidades nenhum jato da companhia pousou por lá para passar por manutenção e nenhum posto de trabalho foi gerado com a malograda tentativa. Assim, se tem um Estado do Nordeste que fez tudo para conquistar a TAM e nada recebeu, até agora, este Estado chama-se Ceará. Mesmo largando dos boxes e pilotando para uma escuderia modesta todos nós cearenses queremos crer que vai dar certo, mas poucos têm a consciência que uma eventual decisão da TAM pelo Pinto Martins será muito mais pelas vantagens comparativas circunstanciais que pelas locacionais e muito menos pela mobilização política de um Estado que ainda não fez seu dever de casa.

Assim, sem “A Agenda” para sua maior vocação econômica e muito menos negociadores que falem a mesma língua dos executivos que estão do outro lado do balcão, a gestão do Turismo do Estado segue sem tripulação profissional, sem carta de voo e taxiando para tentar decolar pela cabeceira errada.

*Allan Aguiar,

Ex-secretário do Turismo do Ceará e ex-presidente da EMPETUR/PE.

Etufor manda nota sobre bloqueio de carteiras estudantis

Da Etrufor, recebemos nota sobre o problema registrado, nesta terças-feira, com as carteiras estudantis. confira:

A ETUFOR (Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza) informa que já notificou o SINDIÔNIBUS e deu prazo até às 14 horas para que o problema das carteiras estudantis esteja resolvido.

A ETUFOR vai abrir procedimento administrativo para apurar a conduta do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus ) que bloqueou indevidamenmte as carteiras de estudante de 2014 antes do prazo previsto. O documento de 2014 só perderia a validade a partir da zero hora desta quarta-feira(01/07), quando as carteiras de 2015 seriam aceitas.

Vale ressaltar que pela segunda vez em menos de um mês as empresas integrantes do Sindiônibus provocam transtornos aos usuários ao apresentar falhas na atualização do Sistema de Bilhetagem Eletrônica.

A Prefeitura de Fortaleza esclarece ainda que tomará as medidas cabíveis para apurar a responsabilidade do Sindiônibus nesse caso, podendo até lançar mão da caducidade do contrato de concessão com o município.

* Etufor

ISS de Autônomo – 3ª parcela vence nesta terça-feira

Vence nesta terça-feira a terceira parcela do imposto sobre os serviços – ISS prestados por autônomos. Esta será a última parcela do imposto 2015 para os profissionais que optaram pelo parcelamento. Os autônomos cadastrados na Secretaria Municipal das Finanças receberam, em abril, o carnê com os códigos de barra referentes aos meses de abril, maio e junho. O Documento de Arrecadação Municipal (DAM) pode também ser emitido no site da Sefin (www.sefin.fortaleza.ce.gov.br), clicando em DAM na coluna de serviços à esquerda da tela e em seguida na opção ISS Autônomo.

Os autônomos são divididos em três categorias: os profissionais cujo exercício da atividade tenha como pré-requisito a educação superior; os que exercem atividades que tenham como pré-requisito a educação profissional técnica de nível médio; e os autônomos que não tenham pré-requisito quanto à educação escolar.

De acordo com o decreto 11.591/2004, que regulamenta o Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza (ISSQN), o imposto para os autônomos é um valor fixo, pago anualmente. Segundo o artigo 71, inciso II, IV e V do Decreto, as parcelas devem ser pagas até o último dia útil dos meses de abril, maio e junho.

Coordenadoria de Juventude do Governo apela contra redução da maioridade penal

unnamed (16)

O titular da Coordenadoria de Juventude do Governo do Estado, Davi Barros, embarcou, na madrugada desta terça-feira, para Brasília. Foi engrossar o bloco contra a aprovação da PEC que reduz a  maioridade penal.

Nessa segunda-feira, Davi reuniu, no Palácio da Abolição, deputados federais da bancada cearense no sentido de fazer um debate a cerca da PEC. Ele apelou contra a matéria e falou da importância de centralizar esforços no sentido de garantir a efetividade do ECA, considerando que a reincidência, mesmo sendo alta na medida sócio educativa, é quase duas vezes menor do que no sistema convencional.

David reforçou a possibilidade de colapso que o sistema penitenciário pode sofrer caso a redução seja aprovada.

(Foto – Divulgação)

A civilização e seus descontentes

Com o título “A civilização e seus descontentes”, eis artigo do professor Tarcísio Pequeno, presidente da Fundação de Ciência, Tecnologia e Inovação de Fortaleza (Citinova). Ele faz uma defesa da recente viagem que o prefeito Roberto Cláudio empreendeu aos EUA, onde mostrou avanços obtidos pela Capital cearense. Confira:

“Fortaleza padece de problemas quase primitivos, como saneamento não universal, problemas no atendimento de saúde e outros, aos quais dedicamos diariamente os mais intensos dos nossos esforços. Todavia, não é por termos problemas primitivos que estamos condenados a ser uma sociedade primitiva”.

Essas palavras foram proferidas pelo prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, por ocasião da inauguração da Casa da Cultura Digital, na Praia de Iracema. São palavras caras aos que lidamos na ciência, habituados, enfastiados até, de sermos confrontados com o silogismo pedestre que conduz à falsa dicotomia: ou cuida-se da miséria do presente ou trata-se da educação superior, da ciência, da tecnologia e do progresso que nos conduzem ao futuro.

Temos contraexemplo recente dessa falácia em nosso País, no qual se aplicou política que combinou forte viés de desenvolvimento social e eliminação da pobreza com formidável expansão do sistema de universidades federais e da ciência. Logrou-se combater, ao ponto de praticamente eliminar, a mais primitiva das mazelas, a fome. Foi uma lição. Há, todavia, os que não a aprenderam.

A civilização é, após a linguagem, a maior invenção da humanidade. Uma e outra nos inventaram em medida não menor do que as inventamos. O que as palavras do prefeito disseram foi que ainda que nos caiba cuidar de problemas que são pré-civilizatórios, isso não nos desobriga da construção permanente da civilização entre nós.

O fulcro da civilização é a cidade. No século XXI ocupam as cidades o protagonismo no enfrentamento dos problemas globais, pois é nelas que esses problemas se adensam e materializam com maior intensidade. Aos gestores das cidades cabe, pois, papel decisivo nesse enfrentamento.

Esse é o espírito do Fórum Mundial de Prefeitos ao qual foi o prefeito Roberto Cláudio convidado a contribuir no debate de problemas comuns e compartilhar a experiência de Fortaleza no campo da mobilidade urbana e do transporte coletivo.

Por alguma razão que me escapa ofende a alguns que Fortaleza participe de reuniões internacionais e nelas tenha o que dizer e o que mostrar, assim como a muitos já ofendeu que o Brasil tivesse destaque nos fóruns das nações. Há quem nomeie esse sentimento de “complexo de vira-latas”. A mim repugna a comparação com esses simpáticos animais.

Tarcísio Pequeno

opiniao@opovo.com.br

Professor da Universidade de Fortaleza e presidente da Fundação de 
Ciência, Tecnologia e Inovação de Fortaleza (Citinova).

Embaixador da Coreia do Sul visita a CSP

Jeong-gwan Lee, o novo embaixador da Coreia do Sul no Brasil, está visitando o Ceará, nesta terça-feira. Entre contatos com autoridades e empresários, não dispensou uma visita à Companhia Siderúrgica do Pecém(CSP).

Ali, o presidente da empresa, Sérgio Leite, com toda a diretoria, mostrará o andamento das obras da CSP, que já atingiu 88,59% de execução total.

O investimento total do empreendimento é de US$ 5,4 bilhões.

 

Prefeitura vai pagar o abono de férias dos professores

213 1

Sobre protesto de professores cobrando o pagamento do abono de férias, o que foi divulgado neste Blog, recebemos das secretarias da Educação e do Planejamento de Fortaleza a seguinte nota:

Caro Eliomar de Lima,

A Secretaria do Planejamento, Orçamento e Gestão (SEPOG) e a Secretaria da Educação (SME) informam que os professores que não tiveram seu 1/3 de abono de férias incluído na folha de pagamento de junho – a ser paga no dia 1º de julho -, receberão o abono em folha complementar até 10 de julho.

Sem mais,

Prefeitura Municipal de Fortaleza.

Deputado Aníbal Gomes já admite deixar o PMDB

193 1

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=IL-CA0EHXu4[/youtube]

O deputado federal Aníbal Gomes já admite deixar o PMDB. Isso, por estar sendo acossado pelo senador Eunício Oliveira, o líder maior da legenda no Ceará. Aníbal afirma que tem perdido bases no Interior que, automaticamente, são oferecidas para seus opositores.

Aníbal Gomes lamenta essa situação, mas informa que vai conversar com o vice-presidente da República, o peemedebista Michel Temer, em busca de apoio para permanecer no partido. Ele informa que, se tiver que deixar o PMDB, poderá optar pelo PSD ou PL, legendas que já lhe fizeram convite.

A peleja que Anibal trava com o senador Eunício Oliveira começou na disputa governamental. Eubício foi candidato e não contou com o apoio de Aníbal, que trabalhou pela vitória do petista Camilo Santana. Ao final da campanha eleitoral, o senador peemedebista avisou que os infiéis seriam punidos.

Castanhão – Hora de fechar as torneiras

342 1

castt

“O açude Castanhão chega, a cada dia do ano da seca de 2015, ao seu menor volume desde que foi inaugurado, em 2002. Ontem, o volume registrado do maior açude do Ceará alcançou 19,46% (1,3 bilhão de metros cúbicos) da capacidade (6,7 bilhões de m³). Para comparar, a parede da barragem seca tem hoje uma mancha de 25 metros de altura, marcando o ponto até onde ele já esteve cheio. Em 2009, o Castanhão chegou a sangrar. Passada meia década de estiagem no Estado, deveria haver um lago em frente às comportas do reservatório, mas o que há é um matagal e até cabras pastando. É do Castanhão que sai a água que abastece Fortaleza e Região Metropolitana.

Em tom de alerta, o administrador do Castanhão, José Ulisses de Souza, responsável no Dnocs pela liberação da água da barragem, defende que Fortaleza entre imediatamente numa escala para racionar água. Sugere que o fornecimento seja cortado pelo menos durante um dia da semana. “Tem que ser esclarecido isso para a população de Fortaleza, que é quem mais consome”, afirma.

“Não é justo”

Apesar de ser um reservatório federal, o Castanhão tem seu volume d´água monitorado pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh). O gerente regional da Cogerh para a Sub-bacia do Médio e Baixo Jaguaribe (área do que inclui o Castanhão), Francisco de Almeida Chaves, também defende o racionamento para a Capital e que seja feita uma campanha mais incisiva para evitar o desperdício, mas prefere não quantificar em que proporção a água poderia ser oferecida em Fortaleza.

Almeida diz que produtores dos perímetros irrigados abastecidos pelo Castanhão já estão sendo alertados da situação. “Todo mundo já está sendo avisado, pelas rádios locais e em reuniões, que não será mais possível liberar a água como estava sendo liberada”. E argumenta por que Fortaleza deve ser inserida nessa preocupação: “Nesses perímetros, a redução de água vai causar um problema social e econômico muito grande. Muita gente vai ficar desempregada e Fortaleza usando a água liberadamente. Isso não é justo”.

Na próxima quinta-feira, dia 2, uma reunião em Limoeiro do Norte definirá como será a distribuição da água dos principais açudes cearenses no segundo semestre de 2015. Participarão os gestores de recursos hídricos do Estado, divididos por bacia hidrográfica. De julho a dezembro é considerado o período mais preocupante justamente por ser o de meses sem chuvas no Estado. Atualmente, o nível médio de 112 reservatórios monitorados no Ceará está em 18,8%. Destes, 68 estão com volume abaixo de 9%.”

(Por Ana Mary Cavalcante, no O POVO)

Redução da maioridade penal deve ser aprovada, admite Adail Carneiro

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=r-ln6gElBsg[/youtube]

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB/RJ), quer votar, nesta terça-feira, o projeto que trata da redução da maioridade penal.

Quem confirma é o deputado federal Adail carneiro (PHS), que já embarcou de madrugada para Brasília.

Sobre o tema, Adail Carneiro informou que, particularmente, é a favor da ressocialização de adolescentes infratores, mas admite que a redução da maioridade penal virou um clamor nacional e que tem tudo para ser aprovada.

Grupo cidista negocia ida para o PDT. No pacote, o prefeito Roberto Cláudio

209 14

NACIONAL

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, o presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque, e o ex-governador Cid Gomes comandarão, nesta terça-feira, em São Paulo, as conversações com a cúpula nacional do Pros.

O assunto é um só: comunicar ao Pros que o grupo está saindo e, em seguida, acertar detalhes do ingresso do bloco ao pedetismo. Brasília pode entrar na agenda também, já que o prefeito Roberto Cláudio deve cumprir agenda ali do interesse da Prefeitura nessa quarta-feira.

Há vários meses que o grupo cidista vem conversando com o PDT, dentro da necessidade de criar condições eleitorais e garantir tempo na propaganda eleitoral gratuita para o prefeito Roberto Cláudio.

Já se sabe que o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, virá para o Ceará no próximo sábado. Na agenda dele, encontro regional em Aracati (Litoral Leste) e a possibilidade de anunciar oficialmente a entrada do grupo cidista na legenda.

O presidente regional pedetista, deputado federal André Figueiredo, já avisou que a vinda do bloco seria boa para o partido e que seria “uma honra para qualquer sigla” ter o prefeito Roberto Cláudio em seus quadros.

No PDT, o deputado estadual Heitor Férrer, que disputou a Prefeitura no pleito contra Roberto Cláudio, acompanha as conversações. Ele tem convite para trocar o partido pelo PMDB do senador Eunício Oliveira, dentro do objetivo de postular o Paço Municipal, mas não sde manifesta a respeito.

Quanto a Cid Gomes, será a primeira vez que ele voltará ao cenário de Brasília, depois que pediu demissão do Ministério da Educação. Cid se envolveu num conflito político com o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB/RJ), apontado por ele como um dos “achacadores”, ou seja, aquele que integrava a base aliada dilmista, mas faia chantagem política.

MPCE se pronuncia nesta terça-feira sobre comércio e uso ilegais de agrotóxicos

O Ministério Público do Ceará (MPCE) realiza nesta terça-feira (30), a partir das 9 horas, no auditório da Escola Superior do Ministério Público (ESMP), uma entrevista coletiva para apresentar o resultado da fiscalização integrada da comercialização e do uso indiscriminado de agrotóxicos, ocorridas no período compreendido entre os dias 15 a 19 de junho deste ano.

A iniciativa é do Centro de Apoio Operacional de Proteção à Ecologia, Meio Ambiente, Urbanismo, Paisagismo e Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural (CAOMACE), representado pelo promotor de Justiça Amisterdan de Lima Ximenes.

Ministério da Justiça faz pesquisa sobre serviços prisionais

O Ministério da Justiça, através do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), lança uma pesquisa sobre os serviços prisionais no Brasil. O estudo irá levantar o perfil e opinião dos agentes penitenciários.

Nesse contexto, o Presidente do Sindicato dos Agentes e Servidores do Sistema Penitenciário do Estado do Ceará, Valdemiro Barbosa, solicita a participação de toda categoria do Estado, pois caso a meta mínima não seja atingida, o Ceará ficará fora da pesquisa que visa melhorias na área.

“Todos devem aproveitar esse momento democrático e de crescimento. O anonimato é garantido pelo Ministério da Justiça”, comentou o Presidente.