Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Camilo expõe plano de ações contra a seca. Depois baterá à porta de Brasília

camillls

O governador Camilo Santana (PT) está na Assembleia Legislativa. Ele apresenta seu Plano de Ações de Convivência com a Seca para os parlamentares. Ocupa a tribuna da Casa e usa datashow para explicitar melhor a estratégia.

Entre uma série de medidas, reforço no atendimento via carros-pipas, construção de cisternas e mais poços profundos e mais adutoras de engate rápido, esta uma tecnologia, de acordo com Camilo, pioneira do Ceará.

Camilo Santana deverá estar em Brasília nesta quinta-feira, para onde viajará no começo da noite desta quarta-feira. Entre contatos, baterá à porta do Ministério da Integração Nacional, onde cobrará ao titular da pasta o apoio financeiro prometido pela presidente Dilma Rousseff.

Homenagem a Dr. Galba de Araújo, para quem o parto era ato de “amor maior”

182 2

Com título “Dr. Galba de Araújo – Um legado”, eis artigo do professor e médico Antero Coelho Neto. Ele fala de homenagem à memória “de nosso inesquecível médico obstetra”. Confira:

De 5 a 7 de março será realizado, em Fortaleza, o importante evento “Congresso Sobre Trabalho de Parto e Seus Desafios Clínicos”. Nele será prestada homenagem ao nosso inesquecível médico obstetra, Galba Araújo (José Galba de Araújo, nascido em Sobral, 1917) através de palestras por seus ex -auxiliares e amigos, Antero Coelho Neto, Silvia Bonfim Hipólito e José Málbio Rolim ; por seus filhos médicos Beatrice Madrazo e Galba Araújo Filho e um banner por sua filha Terry Kay Araújo, com ilustrações de seus momentos de valorização. Galba tem vasto currículo, onde se destacam graduação na Bahia com residência e pós-graduação nos EUA, e títulos de desenvolvimento técnico e científico, mas, muito mais do que isso, para todos nós, o seu grande espírito de médico, onde a obstetrícia humanizada se destacava.

Para ele, o parto era ato de “amor-maior” que envolvia a família, a parteira ou o parteiro e o ambiente. Em 1975, como diretor da Maternidade Escola Assis Chateaubriand (Meac), verificou que grande número de parturientes do interior do Estado procurava a maternidade acompanhadas por parteiras empíricas ou tradicionais. Criou então o Programa Comunitário de Saúde Familiar, com o treinamento das parteiras, para o parto normal domiciliar e a identificação das gestantes de alto risco, através de trabalhoso e difícil mecanismo de convencimento ao público, aos políticos, autoridades e, principalmente, à classe médica. Começou a agir e a tentar convencer a muitos de suas verdades, seus princípios e intenções. Guaiuba e Lagoa-Redonda ficaram famosas pelos êxitos alcançados no início de suas atividades.

O sucesso do programa tornou-se reconhecido e autoridades de diferentes comunidades carentes passaram a procurar o dr.Galba. Desejavam participar do programa e, ao longo de algum tempo, dezenas de pequenas maternidades e casas-de-parto surgiram em consórcio com as comunidades e prefeituras. Centenas de parteiras foram treinadas e capacitadas para o atendimento ao parto normal.

Em 1980, verificando a necessidade de ações médicas complementares, o ajudamos na criação do Paps (Programa de Atenção Primária de Saúde), e conseguimos o financiamento da Fundação Kellogg podendo, então, estender as atividades para outras áreas de maneira lenta, eficiente e constante. O programa passou a ser denominado Proais (Programa de Ações Integradas de Saúde) tendo se desenvolvido com projeção internacional até 1985, quando Galba faleceu.

Sua visão era maior do que a de uma obstetrícia humanizada mas, a de toda uma medicina humanizada. A realização desse congresso internacional, depois de tantos anos, reafirma a importância da humanização da obstetrícia, tão bem aplicada pela Meac. E, neste momento, quando o Ministério da Saúde aprova o indicado pela OMS sobre parto normal, torna-se necessário, pelo seu aspecto humano e técnico, destacar o legado de Galba Araújo.

* Antero Coelho Neto

acoelho@secrel.com.br

Médico e professor.

Cabo Sabino integra Frente pela Liberdade Religiosa

cabosabi

O deputado federal Cabo Sabino (PR/CE) engajou-se à Frente Parlamentar Para a Liberdade Religiosa. O objetivo dessa frente é garantir a liberdade ao exercício religioso, bem como assegurar a cada cidadão o direito ao livre exercício dos cultos religiosos e a proteção dos locais de cultos e suas liturgias, estipulada na Carta Magna, artigo 5º VI.

De acordo com o Cabo Sabino, que é evangélico, essa frente também vai propor alternativas para resolução de problemas ou entraves à liberdade ao exercício religioso. “Essa frente é de grande importância para a sociedade em geral, uma vez que hoje os religiosos têm contribuído grandiosamente para mudar a situação do nosso país, como por exemplo, a retirada de muitos jovens das drogas”, destaca o parlamentar.

DETALHE – Os deputados federais Moroni Torgan (DEM), que é pastor da Igreja dos Mormons, e Rpnaldol Martins, que é pastor da Igreja Universal, também se engajaram a essa frente.

(Foto – Divulgação)

Diretor da CNI diz torcer pelo sucesso de Joaquim Levy

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=R6xG5llqBss[/youtube]

O ex-presidente da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec) e diretor da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Fernando Cirino, afirma estar na expectativa de que o governo Dilma siga, de fato, as medidas de ajuste fiscal que foram acertadas pelo ministro da Fazenda, Joaquim Levy. Para ele, a recessão bate à porta da economia brasileira, pois o País encontra-se estagnado.

Fernando Cirino reconhece que a hora é de torcer pelo melhor, apesar de avaliar que o governo de Dilma Rousseff já começou bem desgastado.

Leônidas Cristino reverencia memória da professora Maria José

136 1
O deputado federal Leônidas Cristino (Pros) homenageou a professora Maria José Santos Ferreira Gomes, falecida no dia 16. Foi durante pronunciamento na Câmara. Ele citou o educador Rubem Alves: “O professor não morre jamais. Ensinar é um exercício de imortalidade. De alguma forma continuamos a viver naqueles cujos olhos aprenderam a ver o mundo pela magia da nossa palavra”, afirmou. 
Ele destacou alguns momentos da professora Maria José que, por exemplo, ao ser interrogada sobre quais os pontos positivos e negativos de ser mãe de filhos dedicados à política (ex-governador Cid Gomes, ex-ministro Ciro e o deputado Ivo ), respondeu: “Não considero ruim estar perto do mundo do poder. Acredito que o que importa é ajudar os que precisam, é ter o poder para ver as pessoas crescerem e a comunidade melhorar cada vez mais. Para mim isso é sempre positivo”.
O deputado destacou que a professora era “uma educadora vocacionada, que enxergava na Educação uma oportunidade prática de transformação da sociedade.

Ceará registra chuvas superiores a 100 milímetros

154 1

xchuvva

Choveu, até as 9 horas desta quarta-feira, em 115 municípios cearenses, de acordo com boletim divulgado pela Funceme. Dessa vez, com chuvas superiores a 100 milímetros. Confira as 10 maiores:

Pacatuba (Posto: Pacatuba) : 146.0 mm

Itaitinga (Posto: Itaitinga) : 142.0 mm

Guaiúba (Posto: Guaiuba) : 119.0 mm

Horizonte (Posto: Horizonte) : 116.0 mm

Trairi (Posto: Trairi) : 109.0 mm

Cascavel (Posto: Cascavel) : 94.0 mm

Maracanaú (Posto: Maracanau) : 89.0 mm

Maranguape (Posto: Maranguape) : 71.0 mm

Aquiraz (Posto: Sitio Sapucaia Fagundes) : 70.0 mm

Eusébio (Posto: Eusebio) : 65.0 mm.

(Foto – Paulo MOsKa)

Moses Rodrigues espera que CPI da Petrobras dê um basta à corrupção

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=OuUAYU0doNk[/youtube]

A CPI da Petrobras deve ser instalada na Câmara ainda nesta semana. O deputado federal Moses Rodrigues (PPS), em seu primeiro mandato, vai integrar-se a essa comissão, mas na condição de suplente.

Moses Rodrigues falou sobre a expectativa em torno da CPI da Petrobras que, segundo disse, também o deixou es

Leitor e pai de aluno manda nota para Blog

137 2
De Marcelo Soares, leitor do Blog e pai de aluno, recebemos a seguinte nota, em tom de queixa. O alvo, no caso, é a AMC. Confira: 
Prezado Eliomar de Lima,
Sou pai de um aluno que estuda no ANTARES, Unidade Fátima. Minha motivação em te escrever é para protestar contra a falta de educação que alguns pais têm ao deixar seus filhos naquela escola, assim como a falta de fiscalização por meio do órgão responsável pelo trânsito.
A via de acesso permite estacionar dos dois lados e circular um carro por sentido, mas alguns pais com conflito de educação teimam em parar o trânsito, “estacionando” no meio da rua, impedindo a circulação de veículos. Com preguiça de andar um ou dois quarteirões e estacionar em local adequado, param arbitrariamente na frente da escola. Que educação esses pais querem passar aos seus filhos? A da “vantagem” acima de tudo? A do egoísmo? Da falta de civilidade?
Para completar, há uma ausência plena de fiscalização por parte da AMC. Ao longo de mais de um ano, NUNCA vi um agente nas redondezas. Conivência? Nunca vi agente ou os novos profissionais que foram contratados recentemente, mas que não tem nenhum tipo de força.
Pois bem, apelo ao alcance da sua comunicação para o bom senso dos pais e demais pessoas que deixam os estudantes, filhos ou não, naquela escola, assim como mais rigor na fiscalização nos arredores deste e demais estabelecimentos que tem seu trânsito comprometido pela falta de educação de motoristas, pelo visto, sedentos por serem multados.
Sem mais,
Marcelo Soares.

Secretário da Saúde discute em Brasília lei que reformulará o SUS

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=df-fB-Rl9AE[/youtube]

O secretário estadual da Saúde, Carlile Lavor, participa, nesta quarta-feira, em Brasília, ao lado de outros gestores da área, de um encontro no Ministério da Saúde que discute uma lei para atualização do Sistema Único de Saúde (SUS).

De acordo com Carlile, virão formas para melhor definir responsabilidades entre os entes públicos na liberação de recursos e, principalmente, mecanismos para assegurar direitos dos beneficiados. Nesse encontro no MS, o governador Camilo Santana estará participando nesta quinta-feira.

Carlila Lavor aproveitou para falar sobre o setor que, no momento, vive contenção de 20% de suas despesas.

Central Única de Favelas vai cooperar na luta contra a violência

Da Coluna Vertical, do O POVO desta quarta-feira:

A Central Única de Favelas (Cufa) vai se engajar ao esforço que o governo quer fazer com o objetivo de reduzir a onda de violência no Estado e, em especial, na periferia de Fortaleza. O presidente nacional da entidade, Preto Zezé (foto), atendeu a um apelo do governador Camilo Santana (PT), com quem deverá conversar em audiência, nos próximos dias.

Camilo está preocupado com a violência que envolve principalmente jovens e adolescentes e avalia que pode trazer a Cufa, com ação nesse segmento, para uma estratégia específica nas áreas de risco da Capital. Preto Zezé informa que a entidade apresentará a Camilo um total de 20 iniciativas feitas pelos próprios jovens na periferia.

“É preciso o setor público entender que precisa de parceria. É hora de um pacto do setor público com o setor privado e a comunidade”, reforça o dirigente da Cufa.

Camilo divulgará ações contra a seca na Asembleia e receberá Ciro Gomes no Abolição

cirmao

O governador Camilo Santana vai estar, a partir das 10h30min desta quarta-feira, na Assembleia Legislativa. Ele apresentará o Plano de Ações de Convivência com a Seca.

O plano incluirá ações como a construção de mais adutoras, mais cisternas, reforço no carro-pipa e também uma campanha de uso racional da água, que será tocada pela área de publicidade do governo.

Ainda na agenda de Camilo, nesta quarta-feira, ele receberá em audiência, as 14 horas, no Palácio da Abolição, o ex-ministro Ciro Gomes, hoje na CSN e responsável pelo projeto da Transnordestina. Esse projeto passa pelo Ceará e Ciro deve tratar de algumas intervenções que precisarão do apoio estadual.

Camilo Santana, no fim da tarde, embarcará para Brasília, onde, nesta quinta-feira, terá audiência com o ministro Artur Chioro, da Saúde. Hora de cobrar recursos principalmente para o custeio da rede hospitalar do Estado.

Combate ao uso de pau de arara como transporte escolar é tema de reunião no TCE

O Tribunal de Contas do Estado do Ceará vai reunir representantes de órgãos estaduais e federal para discutir o uso indevido do pau de arara para transporte de estudantes da rede pública de ensino em municípios do interior cearense. A reunião, agendada para esta quarta-feira (25), a partir das 15 horas, será conduzida pelo presidente do TCE Ceará, conselheiro Valdomiro Távora.

Devem participar do encontro dirigentes da Secretaria da Educação (Seduc), Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), Polícias Militar do Ceará (PMCE), Rodoviária Estadual (PRE) e Rodoviária Federal (PRF), do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e da Associação dos Municípios do Estado do -Ceará (Aprece). Da Corte de Contas, além do presidente Valdomiro Távora, participam o relator do processo nº 12595/2014-8, conselheiro-substituto, Paulo César de Souza, a secretária de Controle Externo, Giovanna Adjafre, e o diretor da 5ª Inspetoria de Controle Externo, Rubens Cezar Parente Nogueira.

Desde 2010, o TCE Ceará tem intensificado a fiscalização sobre o uso adequado dos veículos escolares adquiridos para atendimento exclusivo dos alunos da rede pública de ensino. Esse trabalho é feito em conjunto com órgãos estaduais e objetiva aperfeiçoar a boa utilização dos bens na gestão pública.

(TCE)

Fortaleza amanhece com chuva, mais uma vez, mas calor deve voltar amanhã; diz Funceme

Pelo quinto dia consecutivo, Fortaleza amanheceu debaixo de chuva, mas o sol deverá elevar a temperatura para 30°C, durante o período da tarde. Os dados são da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), para esta quarta-feira (25), que também prevê chuva no centro-norte do Ceará, com possibilidade de chuvas isoladas no sul do Estado.

No entanto, o calor que castigou Fortaleza, nos últimos meses, deverá voltar nesta quinta-feira (26), quando os termômetros deverão marcar 32°C, segundo a Funceme.

Acquario do Ceará – Colégio de Procuradores do MP decide sobre desarquivamento de invesigações

aquario

“O Órgão Especial do Colégio de Procuradores do Ministério Público Estadual se reúne hoje, pela segunda vez em 14 dias, para decidir pelo desarquivamento ou não de uma investigação criminal que apurava supostas irregularidades na dispensa de licitação para a construção do Acquario Ceará. Na última reunião, os procuradores Sheila Pitombeira (relatora) e Francisco Gadelha votaram pelo destrancamento da ação. No entanto, Rosimeire Brasileiro, terceira a se pronunciar, pediu para analisar melhor a documentação apresentada e a votação foi adiada. Mais 16 procuradores deverão opinar na sequência da sessão.

Caso a maioria simples dos procuradores decida pelo desarquivamento da investigação, o ex-secretário estadual do Turismo Bismarck Maia, servidores públicos e empresários (brasileiros e estrangeiros) poderão responder criminalmente por supostas ilegalidades envolvendo o empreendimento Acquario Ceará.

Em novembro do ano passado, a promotora Jacqueline Faustino, da 2ª Promotoria Cível de Fortaleza, entrou com recurso contra o arquivamento “sumário” da apuração criminal. O procurador geral de Justiça do Ceará, Ricardo Machado, havia encerrado o caso por não enxergar dolo nos procedimentos que resultaram na inexigibilidade da licitação para a concepção do projeto arquitetônico do oceanário cearense (assinado pelo arquiteto Leonardo Fontenele) e na contratação da empresa International Concept Management (ICM), com sede nos Estados Unidos.

As evidências

As investigações da promotora, que resultaram numa denúncia de improbidade contra gestores do governo anterior, apontam que a ICM não seria a única empresa no mercado a possuir expertise para construir o aquário em Fortaleza. Segundo Jacqueline Faustino e documentos do Tribunal de Contas do Estado (processo 02233/2002-9), pelo menos cinco empresas internacionais teriam experiência no ramo de oceanários.

Outro ponto levantado pela promotora, que resultou em um pedido de nulidade de contrato com a ICM, é o fato de a construtora norte-americana não existir no Cadastro Nacional das Empresas (CNE). O CNE é uma plataforma do governo federal que monitora empresas nacionais e internacionais que têm autorização para funcionar em território brasileiro. “É uma forma de controle, inclusive para o fisco combater a sonegação”, diz a promotora.

Outra nuance que será analisada hoje pelos procuradores, segundo Jacqueline, põe em xeque um dado fiscal fornecido pela ICM à Setur. Em todas as transações de pagamento do governo cearense à empresa americana, o número do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) da ICM foi substituído pelo número do passaporte de Roger R. Reynolds III – proprietário da empresa. “Nós estamos falando de dinheiro público, contrato público. Nenhuma empresa no Brasil receberia o recurso público sem a apresentação do registro fiscal: o CNPJ. Isso tem de ser investigado. Inclusive porque os bancos e as autoridades fiscais permitiram essa operação”, afirma a promotora.”

(O POVO)

Greve dos caminhoneiros estaciona também no Ceará

“A onda de mobilizações – que acontece em estradas das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste – chegou ao Ceará na tarde de ontem. Um grupo de caminhoneiros paralisou o trânsito na BR-116, entre os quilômetros 12 e 16. Os trabalhadores alegavam sucessivo aumento no preço dos combustíveis e falta de reajustes equivalentes nos valores pagos aos condutores.

Não havia liderança definida no movimento. O grupo era formado, principalmente, por motoristas de São Paulo, da Bahia e de Minas Gerais. Ao O POVO, eles falaram que o bloqueio foi uma ideia coletiva e que não haveria previsão para liberar totalmente o tráfego. Enquanto a reportagem esteve no local, não foram localizados motoristas cearenses que tivessem aderido à paralisação da estrada.

Sílvio Luís Cândido, residente em Ribeirão Preto e caminhoneiro há 20 anos, classificou a situação da classe como “insustentável”. “Estamos dando continuidade ao movimento iniciado no Sul e no Sudeste, principalmente. Está havendo protesto lá e nós temos que nos envolver também, pois somos afetados. É nosso trabalho e sofremos com a situação”, defendeu.

Segundo agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que acompanhavam o andamento do bloqueio, a mobilização começou por volta das 15 horas. Chegaram a ser registrados cinco quilômetros de lentidão na estrada. Pelo menos até as 21 horas de ontem, segundo informou a assessoria de imprensa do órgão, a paralisação continuava acontecendo nos dois sentidos da via.

Interdição

Os dois sentidos da BR-116 foram bloqueados pelos trabalhadores e apenas uma faixa era usada para livre circulação de ambulâncias, veículos pequenos e ônibus. Apesar de não concordar com o protesto, alguns caminhoneiros permaneceram com os veículos estacionados. “Quem avançar e tentar passar vai sofrer lá na frente, pois pode haver violência. Ouvimos falar que alguns têm pedras e preferimos ficar parados, sem risco para nós e para os veículos”, comentou um motorista, que pediu para não ser identificado na reportagem.

Cansados da espera e do congestionamento, estudantes desceram dos ônibus e fizeram parte do trajeto de volta para casa a pé. Em grupos, eles circulavam entre os caminhões estacionados e desafiavam a agressividade das motocicletas – únicos veículos que driblavam o bloqueio montado ao longo da estrada. Regina Maria Freitas, 14 anos, caminhou por mais de três quilômetros. “Com a fadiga e os machucados nos pés, não vai ter como ir pra aula amanhã”, lamentou.”

(O POVO)

Acquario do Ceará – Ex-titular da Setur diz que não houve contestações

foto bismarck maia

“O ex-secretário estadual do Turismo, Bismarck Maia, contesta o que foi levantado pela promotora Jacqueline Faustino. Segundo Bismarck, todas as etapas para a viabilização do empreendimento Acquario Ceará “aconteceram dentro do que manda a legislação brasileira”.

Ao O POVO, o ex-secretário informou que nenhuma instituição do sistema financeiro nacional rejeitou as operações feitas entre o governo do Ceará e a empresa International Concept Management (ICM). Uma delas, o pagamento (parcelado) de R$ 36.650.250,00 na conta pessoal de Roger R. Reynolds III, proprietário da ICM. “Isso não existe”, disse.

Bismarck Maia enviou ao jornal notas de empenho, pagamentos e comprovantes das transações cambiais. Nos documentos, no entanto, o número do CNPJ corresponde ao passaporte de Roger Reynolds.

Na análise do processo, o procurador-geral de Justiça do Ceará, Ricardo Machado, informa não ter detectado a “presença de conduta dolosa por parte dos agentes envolvidos, de modo a configuração da prática de crime”. Segundo Ricardo Machado, foi feita uma “exaustiva e criteriosa análise dos fatos, entendendo suficiente a documentação que lhe foi exibida”.

O procurador-geral ressalvou, porém, que, “se houver novas questões, indícios e/ou provas que o permitam ajuizar uma ação penal contra quem quer que seja, não tergiversará em fazê-lo, desde que, repita-se, de novos meios de provas venha a ter ciência”, afirmou em nota enviada ao O POVO.”

(O POVO)

SSPDS tem novo secretário-executivo

“O delegado da Polícia Civil do Ceará, Raul Filho, será o novo secretário executivo da Segurança Pública e Defesa Social no governo Camilo Santana (PT). A exoneração de Odécio Rodrigues Carneiro foi confirmada ontem, por integrantes da cúpula. Os motivos da substituição não foram divulgados.

O secretário-adjunto da SSPDS, coronel Lauro Prado, atestou a exoneração. Conforme Prado, Odécio Rodrigues foi indicação do secretário e a exoneração também foi decisão do próprio Delci.

Fonte ouvida pelo O POVO afirmou que o novo secretário-executivo será o delegado da Polícia Civil Raul Filho. A exoneração e a admissão do novo integrante da cúpula devem ser publicadas juntas no Diário Oficial do Estado.

A SSPDS foi a primeira pasta do governo de Camilo Santana a ter confirmado os integrantes da equipe e é a segunda a sofrer baixa em 55 dias de governo. A primeira foi a Secretaria de Esportes, com o pedido de demissão do deputado David Durant (PRB), na última sexta-feira.”

(O POVO)

MST ocupa prédio do Incra

“Centenas de integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) ocuparam o prédio do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), na avenida José Bastos, no fim da tarde de ontem. De acordo com uma servidora, que não quis ser identificada, cerca de 30 pessoas impediram a saída dos servidores do órgão por três horas.

“Foram truculentos, gritaram palavras de baixo calão”, conta. A mulher conversou com a reportagem em uma sala trancada, juntamente com outros servidores. Todos liberados até a noite de ontem.

O coordenador reclama que, desde a última ocupação ao prédio do Incra, em novembro do ano passado, não houve prosseguimento das pautas reivindicadas. “Ano passado nós tivemos duas mobilizações com mesas de negociações. Tinha ficado a possibilidade de desapropriação de terras, vistoria de áreas, e praticamente nada avançou. O conflito no campo só aumenta a cada dia”, critica. 

O Incra, por meio de sua assessoria, informou que gestores estavam reunidos no prédio na noite de ontem para discutir a ocupação, mas não havia previsão de encontro com representantes do MST. Conforme o instituto, o movimento solicitou consulta com  representante de Brasília, mas o horário da audiência estava sendo avaliado e não foi confirmado até o fechamento desta edição.

(POVO Online)

Camilo e Izolda participam de reunião sobre programa da área da Segurança Pública

cabbiml

Do Facebook do governador Camilo Santana, nesta terça-feira:

Hoje participei pela segunda vez da reunião de monitoramento do programa Em Defesa da Vida, no Centro Integrado de Comando e Controle Regional da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social.

A vice-governadora Izolda Cela esteve comigo no encontro com o secretário Delci Teixeira e com os comandantes da PM, Polícia Civil, Bombeiros, Pefoce. Deixei claro para eles que nosso principal objetivo é trazer mais tranquilidade para as famílias cearenses.

(Foto – Carlos Gibaja)

Moroni Torgan integra a Frente Parlamentar da Segurança Pública

Moroni-Torgan

A Frente Parlamentar da Segurança Pública será oficialmente recriada nesta quarta-feira, na Câmara dos Deputados. O colegiado já conta com a adesão de mais de 200 deputados de diversos partidos.

Parlamentares oriundos da segurança pública tiveram votações expressivas em seus estados, demonstrando que o País pede mudanças no sistema de segurança. Moroni Torgan (DEM-CE), Delegado Waldir (PSDB-GO), Jair Bolsonaro (PP-RJ) e Delegado Eder Mauro (PSD-PA) foram os mais votados nos seus estados.

“A frente será atuante e com o conhecimento dos parlamentares será possível encontrar uma alternativa para frear o crescimento da violência. Não podemos deixar as coisas como estão, quem está mandando no Brasil são os bandidos”, diz o deputado Alberto Fraga (DEM-DF), presidente da Frente de Segurança.