Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Sindasp/CE diz que não há indício de tortura nos presídios do Estado

Em artigo sobre o sistema penitenciário do Ceará, o sindicalista Valdemiro Barbosa destaca o plano estratégico de inteligência nas unidades prisionais. Confira:

Com a paz devolvida ao povo cearense, sem ataques terroristas que tiveram início nas primeiras horas de 2019, os cidadãos respiram aliviados e percebem que, muitas ações delituosas eram orquestradas dentro dos principais presídios do Estado. A constatação é feita a partir da divulgação de relatórios da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), que apontam redução em assassinatos, roubos e outros crimes. Um mapeamento da área em conflito era necessário para resolver o problema, para tanto, logo os agentes penitenciários entraram em ação, repassando todas as informações imprescindíveis para a formatação de um plano estratégico de inteligência gerenciado por um especialista – secretário Luís Mauro Albuquerque.

As cadeias públicas que não tinham estrutura alguma para abrigar presos da Justiça foram fechadas, uma sugestão antiga do Sindicato dos Agentes e Servidores do Sistema Penitenciário do Estado do Ceará (Sindasp/CE), que protocolou diversos pedidos requerendo a construção de presídios regionalizados no interior. As instalações inadequadas das cadeias públicas foram também denunciadas pelo sindicato da categoria que, em outros momentos, já havia também delatado regalias nas grandes unidades prisionais. Vídeos de presos com telefones e fazendo festas nas unidades prisionais eram corriqueiras nos principais meios de comunicação, faltava gerência e determinação para organizar. Sem essa vontade política nada poderia ser feito.

Os agentes penitenciários intensificaram as ações, de início com a força nacional, quando o Estado decidiu mudar o cenário e optou pela reorganização carcerária no Ceará. Foram várias vistorias na capital e no interior, transferências de presos considerados perigosos e a retirada de televisores, sanduicheiras, grill e outros utensílios para facilidade e uso doméstico. Com isso, alguns familiares de presos, instigados por um pequeno grupo de advogados, resolveram denunciar a disciplina praticada agora no ambiente prisional cearense.

Não há evidências de tortura, o que há são relatos sem provas. Falar sem evidências concretas, sem exames de corpo de delito, por exemplo, são consideradas como mensagens falaciosas. Os agentes penitenciários são servidores concursados e trabalham a luz da lei de execuções penais, respeitando as regras do Estado – sobretudo as diretrizes atribuídas pela Secretaria da Administração Penitenciária (SAP). Tais advogados que, de forma leviana, acusam os agentes penitenciários de tortura deveriam utilizar os mesmos meios para se retratarem com a sociedade cearense, que há anos vivia refém da criminalidade. Por fim, desejamos que a nossa honrosa e respeitosa Ordem dos Advogados do Brasil, secção Ceará, investigue a atitude do grupo de advogados em questão.

Valdemiro Barbosa

Presidente do Sindicato dos Agentes e Servidores do Sistema Penitenciário do Estado do Ceará (Sindasp/CE)

Previdência – Trabalhador tem que sustentar especuladores “até morrer”, critica Sindifort

419 1

O Sindicato dos Servidores e Empregados Públicos do Município de Fortaleza (Sindifort) participou nesta segunda-feira (15), na Câmara Municipal de Fortaleza, de audiência pública que debateu a reforma da Previdência.

A proposta tramita no Congresso Nacional e determina idade mínima de 65 anos para homens e 62 anos para mulheres para a aposentadoria, além de aumentar o tempo de contribuição de 15 para 20 anos.

Segundo os críticos da reforma da Previdência, mulheres, agricultores, professores e idosos deverão ser os maiores prejudicados. A proposta também pretende implantar o modelo de capitalização, o que, segundo ainda os críticos, beneficiará banqueiros e especuladores.

“É somente através da luta que poderemos derrotar estas medidas e este governo de extrema-direita que não respeita a Constituição e quer que trabalhemos até morrer sem direito a aposentadoria, tudo para dar lucro a banqueiros e especuladores”, disse a presidente do Sindifort, Nascelia Silva.

Participaram da audiência parlamentares (vereadores, deputados, senadores), representantes do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/CE), Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE/CE) e entidades sindicais.

(Foto: Divulgação)

Presidente da Câmara Municipal confirma concurso público

Vem aí concurso púbico na Câmara Municipal.

Confirmou, no fim de semana, em clima de festa dos 293 anos da cidade, o presidente da Casa, Antonio Henrique (PDT). A comissão técnica já foi formada e promove levantamento sobre carências de pessoal e setores.

Agora é torcer para que saia do papel, pois já foram tantas promessas.

(Foto CMFor)

Marcelo Uchoa – “Perdoar o Nazismo?”

Com o título “Perdoar o Nazismo?”, eis artigo de Marcelo Uchoa, professor-doutor de Direito Internacional da Unifor e advogado.  “Torça-se para que as nações acreditem que o presidente brasileiro é apenas um ponto fora da curva no Brasil de hoje (…)”, diz o autor no texto. Confira:

Em cem dias de governo o presidente da República já deu mostras de que é capaz de dizer qualquer tipo de veleidade. Nenhuma delas, porém, pode ser tão grave como a proferida em recente encontro com lideranças evangélicas, em que, segundo amplamente noticiado, teria afirmado que os crimes do nazismo até podem ser perdoados, não podem ser esquecidos.

Não há dúvidas de que os crimes do nazismo não podem ser esquecidos. É exatamente por isso que são conservados na Alemanha, Polônia, bem como em outros países, intactos e com visitação aberta, campos e mais campos de concentração e de extermínio nazistas, assim como são mantidos mundo afora um sem número de memoriais do holocausto. A questão que o presidente talvez não entenda é que o nazismo, em si, também não pode ser perdoado.

Sem contar as mortes decorrentes dos conflitos da Segunda Guerra, em que capitularam cerca de 50 milhões de pessoas (30 milhões só na ex-União Soviética), o nazismo, faceta da extrema direita alemã das décadas de 20 a 40 do século XX, foi responsável pelo extermínio meticulosamente programado de milhões de pessoas, dentre aquelas consideradas perigosas ao sistema, como comunistas, anarquistas e opositores em geral ao regime, e aquelas consideradas imprestáveis à sociedade ariana, isto é, homossexuais, pessoas com deficiência, crianças de primeira infância e idosos, especialmente de etnias avaliadas como impuras, a exemplo de ciganos e, principalmente, judeus, os quais não apenas buscou apagar do mapa, como, também, eliminar da história, através da supressão da memória.

O nazismo exterminou seres humanos em massa em câmaras de gás situadas em campos específicos, onde trabalho escravo, execuções sumárias, estupros, torturas, experiências médicas com pessoas, espoliação de dignidade exortada em aprisionamento inumano, sucediam à retirada da nacionalidade, ao roubo do patrimônio, ao deslocamento para guetos putrefatos, à separação forçada de famílias e às viagens em trens da morte (de carga bovina) até o destino final.
Se há algo na humanidade que não pode ser perdoado é o nazismo. O presidente brasileiro, que há menos de um mês visitou o comovente museu do holocausto (Yad Vashem), em Jerusalém, sendo inclusive honrado com o crédito de plantar uma árvore no Jardim dos Justos, deveria ter aprendido essa lição. Se não aprendeu, duas hipóteses são possíveis: não entende nada sobre o tema nazismo ou, de fato, conseguiu perdoá-lo.

Independentemente de como seja, saiba que os nazistas capturados após a Segunda Guerra, levados a julgamento por vinculação direta com a Solução Final (holocausto), foram condenados à morte, não só por crimes de guerra (incluindo incitação contra paz e agressão), mas por crimes contra a humanidade, pela prática de incontáveis delitos cometidos contra a pessoa humana, a exemplo de genocídio, racismo, maus tratos, só para citar alguns. Os que não foram condenados à morte, pegaram prisão perpétua. E mesmo os que não participaram diretamente da Solução Final, mas ajudaram a sustentar o regime, foram condenados a longas penas de prisão. Alguns foram absolvidos por insubsistência de provas e outros pela concepção de que por haver se limitado a simpatizar com o regime, movidos pela propaganda hitlerista e sem conhecimento da Solução Final, faziam jus ao benefício da clemência. Mas é aquela coisa: perdoar um simpatizante nazista é muito, mas é possível; já perdoar o nazismo (ou seus crimes) é algo absolutamente inconcebível.

O Brasil precisa saber que seu presidente disse ao mundo uma frase que não se diz, que sequer deve ser considerada factível. Que, em termos de política exterior, atentou contra a seriedade do país. Assertivas assim não são aceitas em Israel, na Alemanha, em lugar algum. É pelo modo enfático de condenar o nazismo que a Alemanha demonstra diariamente que não pode ser eternamente rotulada de forma negativa pelas aberrações indignas que uma geração específica e segmentada de alemães, outrora no poder, vergonhosamente cometeu. Torça-se para que as nações acreditem que o presidente brasileiro é apenas um ponto fora da curva no Brasil de hoje, que um dia passará, assim como o próprio Hitler, cujo propósito era fazer durar mil anos o 3° Reich, também passou.

*Marcelo Uchôa
Advogado e Professor Doutor de Direito Internacional na UNIFOR

39 a 148 milímetros – Fortaleza registra chuvas de diferentes intensidades

Quem reside pelas áreas do Castelão enfrentou de ontem (14) para hoje (15) chuva de 39.4 milímetros. Mas longe dos transtornos causados pela chuva de 148.4 milímetros que desabou no bairro Água Fria e adjacências, no mesmo período, sendo a maior precipitação na cidade este ano. A disparidade na intensidade das chuvas na capital cearense também ocorreu nos bairros Pici, com 65 milímetros, e Messejana, 45.2 milímetros.

Os dados são da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), que prevê para esta segunda-feira nebulosidade variável com eventos de chuva, com mínima de 23°C e máxima de 32°C.

De acordo anda com a Funceme, choveu forte em Paracuru (90 mm), Chaval (85.8 mm), Barroquinha (82.3 mm), Cascavel (79 mm), Meruoca (76 mm), São Benedito (69.0 mm), Maracanaú (64 mm) e Ibiapina (60 mm).

(Foto: Arquivo)

Heitor Freire quer ampliar isenção do IR incluindo doenças raras

O deputado federal Heitor Freire (PSL) deu entrada em projeto de lei que altera o artigo 6º da Lei nº 7.713, de 22 de dezembro de 1988, e que dispõe sobre as regras pra isenção do imposto de renda.

Ele quer incluir as doenças raras no rol de moléstias isentas da aplicação de imposto de renda, bem como estender o benefício fiscal aos pais, filhos, tutores, curadores e representantes legais que arcarem com o seu tratamento.

“A lei atual já beneficia os portadores de doenças raras, mas nós entendemos que os tutores dessas pessoas as vezes precisam arcar com custos altíssimos para o tratamento, com recursos próprios, não raras as vezes, para o resto da vida. É o caso de pais, filhos, tutores, curadores entre outros. Então quero dar meios para que eles propiciem melhores condições de vida às pessoas que lhe são queridas”, explica Freire.

(Foto – Divulgação)

Força Nacional permanecerá mais 30 dias no Ceará

Agentes da Força-Tarefa de Intervenção Penitenciária do governo Federal que atuam desde janeiro nos serviços de guarda, vigilância e custódia de presos no Ceará permanecerão no estado por, pelo menos, mais 30 dias.

A decisão publicada na edição de hoje (15) do Diário Oficial da União atende a um pedido feito pelo governador Camilo Santana visando a permanência dos agentes por mais tempo.

Este reforço da segurança do estado começou no início de janeiro deste ano, quando o Ceará passou a ser alvo de atos violentos como ataques a ônibus, veículos particulares e estações de abastecimento de energia elétrica. A saída dos agentes chegou a ser cogitada um mês depois, mas o governo federal decidiu manter a presença dos agentes no estado.

A portaria publicada hoje pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, assinada por Luiz Pontel de Souza – que substitui temporariamente o ministro Sergio Moro, em viagem internacional -, reforça a função de apoio logístico e a supervisão dos órgãos de administração penitenciária e segurança pública do estado.

De acordo com o texto, o número de profissionais envolvidos no trabalho seguirá o planejamento definido pelos órgãos de segurança.

(Agência Brasil)

Partido Novo puxa debate sobre Segurança Pública

Geraldo Luciano preside o Novo do Ceará.

O Partido Novo promoverá, no próximo dia 25, às 19 horas, no Hotel Praia Centro, o debate “Segurança Pública no Ceará”.

São convidados Laércio Noronha, professor da Unifor, José Raimundo Carvalho, professor da UFC, Leonardo Barreto, delegado, e Leonardo Davi, consultor na área.

O Novo quer discutir temas do momento e do interesse da população cearense, dentro da estratégia também de ampliar seu raio de ação e de conhecimento.

(Foto – UFC)

 

SSPDS vai receber armamento moderno da Itália

607 2

Da Coluna do Eliomar de Lima, no O POVO desta segunda-feira:

Dentro dos investimentos que vem realizando na área da Segurança Pública, o governador Camilo Santana autorizou o secretário da área, André Costa, a comprar novos armamentos que atenderão às polícias Militar e Civil.

O destaque fica para a aquisição de 650 espingardas semi-automáticas 12, de alta precisão, junto à empresa italiana Benelli Armi. De acordo com o secretário, essas espingardas são o que há de mais moderno no momento e são utilizadas, inclusive, pela Polícia Federal.

A remessa deve chegar no começo do segundo semestre deste ano e assim será distribuída: 500 para a Polícia Militar e 150 para a Polícia Civil.

O valor da compra não foi divulgado, mas faz parte de um pacote de investimentos que Camilo fecha para a segurança, um setor onde o governo fica naquela do sempre alerta. O que é preciso mesmo.

(Foto – Evilázio Bezerra)

Teatro de rua encena Paixão de Cristo em praça no Centro

O Grupo Sagrada família, que reúne 50 atores do bairro Ellery, apresenta a Paixão de Cristo, na tarde deste domingo (14), na Praça do Sagrado Coração de Jesus, no Centro, para pessoas em situação de rua. O espetáculo será realizado em parceira com o AMOR, que também vai promover uma ceia de páscoa após a apresentação.

O roteiro da Paixão de Cristo desse ano, além de abordar as passagens bíblicas com os últimos momentos de Jesus Cristo, também foi adaptado para pautar a necessidade de políticas públicas pautadas nos direitos humanos, com base na Campanha da Fraternidade 2019.

O cenário e figurino dos personagens são construídos com a participação de pessoas da comunidade. De acordo com o coordenador do Grupo, Wescley Sacramento, o engajamento das famílias fortalece o trabalho e estimula os participantes, que procuram a cada ano melhorar a atuação para emocionar o público e passar uma mensagem de fé e esperança.

“A gente percebe que a união e dedicação de todos para que o espetáculo dê certo. Todos participam em prol de um evento que tem dado oportunidade para várias pessoas”, afirmou.

O Grupo Sagrada Família nasceu há 12 anos, no Bairro Ellery, realizando apresentação pelas ruas do próprio bairro. Hoje, com 50 crianças e adolescentes, o Grupo expandiu as apresentações para outros locais, passando pelos CUCAS, Teatro José de Alencar, entre outros.

Faz parte do Grupo, além dos ensaios para a tradicional Paixão de Cristo, capacitações e encontros de formação para cidadania e protagonismo social.

Na quarta-feira (17), o espetáculo será apresentado a partir das 19 horas no CUCA Mondubim. Na sexta-feira (19), a partir das 7 horas, a apresentação serpa no bairro Ellery. O grupo encerra o espetáculo no sábado (20), a partir das 16 horas, em Paraipaba.

(Foto: Divulgação)

Candidatura de André Fernandes foi incentivada por Bolsonaro

313 1

O deputado estadual André Fernandes (PSL) diz preferir se comunicar diretamente com seus eleitores pelas redes sociais. Segundo ele, o uso da tribuna do plenário da Assembleia Legislativa do Ceará é muito restrito. Além disso, sofre restrição da base aliada do governo.

Ele disse que foi convidado a participar de um debate no plenário, mas os deputados governistas se reuniram e resolveram abandonar o plenário. Foi pedida verificação de quorum, e suspenderam a sessão.

“No plenário não tenho vez, não tenho voz, então uso as redes sociais, onde o público é bem maior”, disse.

André Fernandes, parlamentar mais jovem e mais votado no último pleito, revela que deve sua popularidade às redes sociais, onde começou produzindo e publicando vídeos de comédia. Depois de ampliar sua audiência e tirar seu sustento, conquistando sua independência financeira ainda na adolescência, passou a fazer vídeos de caráter político e resolveu ser deputado.

“Foi o próprio Bolsonaro quem pediu para eu me candidatar”, revelou.

O deputado participou na sexta-feira (12) do Café com Cléver, programa que tem à frente o jornalista Luciano Cléver. O talk show é apresentado ao vivo, toda sexta-feira, a partir das 21h, direto do Café Patriota, transmitido pelas redes sociais. Também foi entrevistado Carmelo Neto, coordenador estadual do Movimento Brasil Livre – MBL. Como atração cultural, o poeta Barros Alves e o cantor e compositor Chico Pio.

(Foto: Divulgação)

Chove em Fortaleza há mais de 10 horas, mas volume ainda é baixo

Dez horas ininterruptas de chuva, desde a noite desse sábado (13), em Fortaleza, provocaram apenas um volume de 36.3 milímetros, mas suficiente para provocar alguns pontos de alagamento. Segundo a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), o céu deverá seguir nublado por todo este domingo (15).

De acordo ainda com a Funceme, chove em outros 59 municípios do Ceará, com maior volume em Acaraú, Litoral Oeste do Estado, a 238 quilômetros da Capital, com 70 milímetros.

Outras precipitações de média intensidade são registradas em Paracuru (61 mm), Amontada (50 mm), Várzea Alegre (46.4 mm), Marco (42 mm), Aracati (38 mm) e Pindoretama (37 mm).

(Foto: Arquivo)

Orgulho do Ceará, será?

500 3

Em artigo sobre residencial entregue pelo Estado, o vereador Raphael Pessoa, de Maracanaú, aponta descaso e abandono do poder público, após a solenidade. Confira:

Moradores do Residencial Orgulho do Ceará realizaram esta semana uma manifestação interrompendo os dois sentidos do Anel Viário (BR-020). O motivo é a situação desesperadora em que se encontram desde que o conjunto habitacional foi entregue, em agosto do ano passado.

O problema é que o Governo do Estado, provavelmente com pressa por causa do calendário eleitoral, entregou as moradias sem os equipamentos sociais prometidos, que garantiriam uma infraestrutura mínima para a habitabilidade do Residencial.

O Governo do Estado prometeu a construção de uma escola, uma creche, um Centro de Referência de Assistência Social (Cras), um posto de saúde e, ainda, uma base fixa da Polícia Militar. Porém, não entregou nada disso. Despejou os moradores com festa e prometeu toda a infraestrutura para 2019, depois da eleição.

Para piorar, o Residencial Orgulho do Ceará foi construído no meio do nada, às margens do Anel Viário, em uma área que por muito tempo estava destinada para a instalação da ZPE (Zona de Produção e Exportação) do Ceará, que acabou sendo implantada no Pecém.

O local conta com toda a infraestrutura para atração de investimentos industriais, como acesso a rodovias, linhas de alta tensão e gasodutos, mas não dispõe da menor infraestrutura instalada para moradias. Nem mesmo transporte público (serviço que foi oferecido às pressas, mas ainda com enormes transtornos).

Não satisfeito, o Governo do Estado sancionou a lei que define os novos limites entre os municípios e transferiu a área onde está localizado o condomínio do território do município de Maracanaú para o território do município de Pacatuba, mesmo sem existir sequer uma única via ligando o condomínio ao município ao qual passou a pertencer. Para ir para Pacatuba, o único caminho é por dentro da Pajuçara, em Maracanaú.

Recebi em meu escritório uma comissão de moradores que me apresentou as reivindicações. O Residencial Orgulho do Ceará tem mais de duas mil unidades habitacionais, com previsão de cerca de 10 mil moradores, sendo que aproximadamente quatro mil são crianças, e todas sem acesso à educação ou à saúde.

Imediatamente liguei para os deputados estaduais Fernanda Pessoa e Leonardo Araújo e agendamos uma reunião conjunta para a tarde da segunda-feira, 15, na Assembleia Legislativa. Depois disso, estive na Câmara de Vereadores de Pacatuba convocando os parlamentares daquele município para esta mobilização.

A manifestação desta semana é o resultado legítimo e desesperado de uma comunidade abandonada. O Orgulho do Ceará não dispõe de nenhum serviço básico do Poder Público. Pior, sem a presença do Estado, os moradores começam a ser vítimas do poder paralelo de organizações criminosas que já ocupam o lugar.

Os moradores daquele conjunto habitacional, aliás, são as principais vítimas dos atrasos intermináveis das obras do Anel Viário. Vivem praticamente ilhados sem o direito básico de ir e vir. O sonho da casa própria, representado pelo Orgulho do Ceará, se transformou em pesadelo e vergonha para milhares de famílias cearenses.

Raphael Pessoa

Vereador de Maracanaú e Presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB/RMF

Sindasp/CE quer incentivar participação de agentes penitenciários no Prêmio Espírito Público

Único servidor do Ceará finalista da primeira edição do Prêmio Espírito Público, o agente penitenciário Francisco Lino Coelho, lotado da cadeia pública da Cigana, em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza, é modelo de inspiração a outros agentes penitenciários na segunda edição do prêmio, com inscrições até o próximo dia 28.

É o que pretende o Sindicato dos Agentes e Servidores do Sistema Penitenciário do Estado do Ceará (Sindasp/CE), que aponta outros agentes com trabalhos relevantes no sistema prisional do Estado, semelhantes ao praticado por Lino, que ressocializa presos, diante do tratamento contra a dependência de substâncias químicas.

O Prêmio Espírito Público é divido nas categorias Educação, Gestão, Meio Ambiente e Segurança Pública. A iniciativa é do Instituto República, organização sem fins lucrativos, e da associação Agenda Brasil do Futuro, com apoio do jornal inglês The Guardian.

(Foto: Arquivo)

Parlamentares nordestinos defendem BNB na terça-feira no Senado e na Câmara

Os presidente do Senado – Davi Alcolumbre – e da Câmara Federal – Rodrigo Maia – recebem na terça-feira (16) representantes das casas legislativas do Nordeste, que entregarão a “Carta de São Luís”, quando irão propor o fortalecimento do Banco do Nordeste.

Entre os parlamentares estará o deputado federal Roberto Pessoa (PSDB-CE), que defende a instalação da Frente Parlamentar em Defesa dos Orgãos do Nordeste: Banco do Nordeste, Sudene, Dnocs, Codevasf e Chesf.

Segundo o parlamentar cearense, já foram colhidas 204 assinaturas, número acima das 171 necessárias para a instalação de uma Frente.

“O BNB é uma ferramenta importante no desenvolvimento da Região Nordeste, especialmente no semiárido, tão cheia de desigualdades sociais e estruturais”, justificou Roberto Pessoa.

(Foto: Divulgação)

BR-222 – Acidente entre micro-ônibus e caminhão deixa 16 feridos

A Polícia Rodoviária Federal registrou neste sábado (13) um acidente envolvendo um micro-ônibus e um caminhão, na BR-222, nas proximidades do município de Irauçuba, na Região Norte do Ceará, a 150 quilômetros de Fortaleza.

Segundo a ocorrência policial, 16 pessoas ficaram feridas, sendo que a metade foi encaminhada a Sobral, enquanto os demais passageiros do micro-ônibus receberam atendimento no local do acidente.

De acordo ainda com os primeiros levantamentos, o caminhão estaria parado na rodovia federal e o micro-ônibus, que transportava passageiros de Sobral, colidiu na traseira do veículo maior.

Não há relatos sobre o estado de saúde dos passageiros encaminhados a Sobral.

(Fotos: WhatsApp)

Homem é preso por envolvimento em incêndio contra veículos escolares em Assaré

Um homem foi detido no município de Assaré (a 469 km de Fortaleza) por suspeita de envolvimento em duas ações criminosas contra veículos escolares. De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o suspeito, que não foi identificado, foi conduzido à delegacia da região.

Nas ações, um dos veículos, de modelo Uno Mille, associado à Prefeitura Municipal, foi incendiado em frente à escola da região. Funcionários da instituição chegaram a apagar as chamas e o carro ficou parcialmente danificado. Segundo testemunhas, o suspeito teria praticado o crime a pé.

Já o outro automóvel, um ônibus escolar, foi totalmente consumido pelas chamas e teve perda total. Populares chegaram a acionar o Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE) para apagar o fogo.

Além do preso, as polícias Civil e Militar estão trabalhando na localização de outros suspeitos de envolvimento nos crimes.

(O POVO Online)

59 municípios – Ceará tem sábado de fracas chuvas

Choveu em 59 cidades do Ceará, nas últimas 24 horas, segundo levantamento da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). A maior chuva ocorreu em Itapipoca, na Região Norte do Estado, a 130 quilômetros de Fortaleza, com 42 milímetros.

Outras chuvas com maior intensidade foram registradas em Chaval (33 mm), Uruburetama (31 mm), Granja (30 mm), Amontada (26 mm), Morada Nova (24.3 mm), São Gonçalo Do Amarante (24 mm) e Camocim (24 mm).

Em Fortaleza choveu 15.4 milímetros, com a temperatura em elevação. Neste sábado (13), a máxima deverá chegar a 31°C, com acréscimo de mais 1°C neste domingo (14) e mais 1°C na segunda-feira (15), chegando aos 33°C.

(Foto: Arquivo)

Câmara Municipal de Fortaleza debate reforma da Previdência na segunda-feira

Como forma avaliar as possíveis mudanças na Previdência Social e levantar propostas sobre com a sociedade civil da reforma que tramita no Congresso Nacional, a Câmara Municipal de Fortaleza realiza audiência pública, nesta segunda-feira (15), a partir das 9 horas, no auditório vereador Ademar Arruda.

A convocação ao debate é do presidente do Legislativo de Fortaleza, Antônio Henrique (PDT), que atendeu solicitação dos vereadores Iraguassú Filho (PDT), Gardel Rolim (PPL) e Guilherme Sampaio (PT).

“Nós, vereadores, estamos trazendo essa discussão para a Casa do Povo, porque entendemos que, de algum modo, a população precisa ter acesso ao assunto e entender essas mudanças, que vão impactar na vida de muitos homens e mulheres. Queremos com esse debate construir uma proposta que expresse o sentimento dos cidadãos de Fortaleza sobre essa reforma e fazê-lo chegar ao Congresso Nacional”, ressaltou Antônio Henrique.

Entre as presenças já confirmadas estão os deputados federais André Figueiredo (PDT), Mauro Filho (PDT) e Heitor Freire (PSL), o presidente da Assembleia Legislativa, José Sarto, o ex-ministro da Previdência e ex-senador José Pimentel (PT), além de representantes do Tribunal de Justiça do Ceará, Ministério Público do Estado, OAB/CE, Tribunal Regional Eleitoral do Ceará e entidades sindicais.

(Foto: Arquivo)

Governo federal deve R$ 60 milhões para o Minha Casa, Minha Vida do Ceará

Da Coluna Eliomar de Lima, no O POVO deste sábado (13):

O governo federal não repassa, há dois meses, verbas para projetos da construção civil cearense, especialmente o Minha Casa, Minha Vida. O repasse acumulado supera os R$ 60 milhões, segundo informação do presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado, André Montenegro.

Ele adianta que, por conta disso, as demissões no segmento já contabilizam perto de 50 mil operários. “Nós estávamos com cerca de 100 operários em vários projetos, mas, com a falta dos repasses, não deu para segurar”, explica Montenegro. Ele afirma que obras de sua própria construtora, em Juazeiro do Norte, sofreram o baque e provocaram desemprego.

“De mil homens, demitimos 600”, lamenta ele. Atualmente, há sete mil projetos no estoque, o que barra a expansão de novos empreendimentos financiados com verba oficial.

Como o setor forma cadeia, sofrem nessa ponta também corretores de imóveis e, principalmente, quem tem o sonho da casa própria. É esperar vir algo de Brasília.

(Foto – Arquivo)