Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Senador Pompeu espera boa safra

O prefeito de Senador Pompeu, Maurício Pinheiro (MDB), o conhecido “Maurição”, encontra-se em Brasília nesta terça-feira. Tem audiências ministeriais e contato com parlamentares em busca de emendas.

Sobre a situação hídrica do seu município, comemora: “Nós temos açudes acumulando água, graças a essas boas chuvas e há uma perspectiva de grande safra, principalmente de milho e feijão”.

Camilo institui comitê interinstitucional de combate a fraudes e crimes fiscais

O governador Camilo Santana (PT) acaba de instituir o Comitê Interinstitucional de Recuperação de Ativos (Cira). Compõem o Cira os poderes Executivo e Judiciário, além do Ministério Público do Ceará. A atuação será voltada ao combate de fraudes e crimes fiscais.

A recuperação de ativos para os cofres do Estado é o principal fim do Cira, que contará com iniciativas da Secretaria da Fazenda (Sefaz) em parceria com a Secretaria da Segurança e Defesa Social (SSPDS) para operações contra crimes de ordem tributária e lavagem de dinheiro.

“O Cira não vem para perseguir contribuinte, pelo contrário. Vem combater o sonegador e a concorrência desleal que muitas vezes acontece por causa da evasão fiscal”, diz o promotor de Justiça e coordenador do Grupo de Atuação Especial de Combate à Sonegação Fiscal (Gaesf), Ricardo Rabelo.

O promotor de justiça acrescenta que o sonegador consegue promover uma desestabilização do setor produtivo por vender produtos mais barato no mercado omitindo ou suprimindo tributos.

A criação do Cira faz parte de um esforço nacional no combate a sonegação fiscal. Titular da Sefaz, Fernanda Pacobahyba revela que o passivo do Estado em termos de autos de infração chega a R$ 12 bilhões.

“O Cira tem como foco o crime. Na sonegação institucionalizada, naquele contribuinte que se estruturou para fraudar. É um comitê conjunto para focar naquele contribuinte que não tem cumprindo as suas obrigações de forma sistemática e que está prevista na legislação”, complementa.

A atuação de sonegadores já é acompanhada por agentes da inteligência dos diversos órgãos, que a partir de agora vão reunir esforços e trocar informações.

“O Ceará ingressa com tudo nessa iniciativa, pois sabemos que precisamos separar o mau contribuinte. Discutir sobre o crédito tribário é legítimo, mas alguns se estruturaram para não pagar”, finaliza Pacobahyba.

(Com O POVO – Repórter Samuel Pimentel)

O POVO lança o Guia da Infraestrutura do Ceará nesta quarta-feira

O Guia da Infraestrutura do Ceará 2019-2020 será lançado nesta quarta-feira (20), às 12 horas, no Hotel Gran Marquise. Trata-se do mais completo compêndio intersetorial sobre infraestrutura e oportunidades de negócio do Estado, como mobilidade urbana, as tabelas, os mapas dos aeroportos, ferrovias, rodovias e portos presentes no Ceará. É uma publicação do O POVO.

Durante o evento de lançamento, para convidados, haverá um almoço e uma entrevista aberta com os secretários do Estado, Maia Junior (Desenvolvimento Econômico e Trabalho) e Lúcio Gomes (Infraestrutura).

Bilingue

A história, a cultura e o desenvolvimento econômico e social do Estado são mostrados na publicação bilíngue (português/inglês), editada pela jornalista Neila Fontenele. O material é composto por 308 páginas e traz capítulos setoriais, dados, oportunidades, números, opiniões de especialistas, matérias, entrevistas, perfis e análises.

É o sétimo número da sequência de “guias de investimentos”, lançados nos últimos anos, que compreendem informações relevantes para quem quer investir na Grande Fortaleza, no Ceará e no Nordeste.

Na internet

Após o lançamento, o conteúdo estará disponível no O POVO Online. A distribuição é gratuita e dirigida a entidades nacionais de classe, câmaras bilaterais de comércio, embaixadas estrangeiras no Brasil, diretorias comerciais das principais embaixadas brasileiras no exterior, agências do Banco do Brasil no exterior, governos estaduais, ministérios, federações de indústria e comércio dos maiores parceiros do Brasil, imprensa especializada, entre outros atores do mercado.

(Foto – Divulgação)

Lailtinho Brega é atação nesta terça-feira no Shopping Benfica

O humorista Lailtinho Brega fará show gratuito no Shopping Benfica, a partir das 19h30min desta terça-feira. Dentro do projeto “Rir e Gargalhar é só vir pra cá”. Ele promete novo acervo de piadas e cantorias, em clima de muita interação com o público.

SERVIÇO

*Shopping Benfica – Avenida Carapinima, 2200 – Benfica, Praça de Alimentação (1º piso)

*Mais informações: 3243-1000.

(Foto – Paulo  MOska)

Em defesa do Banco do Nordeste

187 1

Com o título “AABNB defende do BNB”, eis artigo de José Edson Braga, presidente da Associação dos Aposentados do Banco do Nordeste. Ele destaca o potencial da Instituição e sua contribuição para o desenvolvimento da região. Confira:

Criado em 1952, o Banco do Nordeste do Brasil iniciou suas operações em 1954, mantendo um histórico de eficácia em relação ao investimento e ao financiamento das atividades produtivas na região Nordeste do Brasil. Além de atuar no chamado “Polígono das Secas”, abrangendo cerca de 2000 municípios nordestinos, o banco também investe no Norte do estado de Minas Gerais e em parte do Espírito Santo. Na condição de gestor do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), desde 1990, o BNB já investiu cerca de R$ 250 bilhões. Maior instituição financeira de desenvolvimento regional da América Latina, o BNB registrou em 2018 um volume 4.979.342 operações de financiamento. O montante financeiro atingiu a marca de R$ 43,58 bilhões emprestados, sendo R$ 32,6 bilhões contratados via FNE, e o restante pelas linhas de microcrédito, como Crediamigo (R$ 8,9 bilhões), Agroamigo (R$ 2,5 bilhões). O valor contratado por pequenas empresas foi de R$ 2,9 bilhões. Nos últimos cinco anos, de 2014 a 2018, o valor total de financiamentos e de investimentos proporcionados pelo Banco somam mais de R$ 141 bilhões. E para o ano em curso (2019), somente com recursos do orçamento do FNE, a previsão de investimentos é de R$ 23,7 bilhões.

Tais números asseguram ao BNB o indiscutível status de grande propulsor da economia regional e de protagonista indispensável à redução das desigualdades que ainda assolam a nossa região. Especialistas alertam que a demora do governo federal para apontar o presidente do BNB pode soar como desconhecimento da máquina pública, haja vista que o cargo é um dos mais importantes do segundo escalão. Diante disso, a diretoria da AABNB junta-se à AFBNB para conclamar a comissão nacional, sindicatos, classes politicas e empresariais de todo o Nordeste a fim de evitar qualquer intenção e/ou ação que vise prejudicar o BNB e, consequentemente, o povo nordestino, com as ideias de fusão ou extinção, que venham reduzir a experiência e o potencial acumulados pelo BNB em seus 65 anos de atividades.

*José Edson Braga,

Presidente da Associação dos Aposentados do BNB.

Edifício BSPar Design, um dos mais modernos do Ceará, tem data de inauguração definida

O Edifício BSPar Design, formado por duas torres luxuosas e modernas situadas na avenida Desembargador Moreira (Bairro Aldeota), em Fortaleza, será entregue no dia 28 deste mês, às 19 horas, em ato presidido por Beto Studart.

No ato, quebrando a frieza do granito, show da orquestra do maestro Poty Fontenele.

O empreendimento da BSPar é sucesso de vendas.

(Foto – Alex Gomes)

Governador promete instalar neste ano quatro Casas da Mulher Cearense, avisa secretária

Mudança nos planos do governo do Estado sobre implantação de uma Casa da Mulher Brasileira, por aqui ganhando o nome de Casa da Mulher Cearense.

O governador Camilo Santana (PT) havia prometido uma, com instalação em Juazeiro do Norte, para atender à Região do Cariri, mas agora quer quatro unidades regionais.

A informação é da secretária de Proteção Social, Justiça, Mulheres e Direitos Humanos, Socorro França, acrescentando que a implantação dos equipamentos ocorrerá ao longo deste ano.

“Há orçamento pra isso”, complementou a secretária.

(Foto – Divulgação)

Governo amplia Área de Proteção Ambiental do Pecém

Da Coluna Política, assinada pelo jornalista Carlos Mazza, no O POVO desta segunda-feira, eis o tópico “Mudança Ambiental. Confira:

O governo Ceará ampliou de 122,79 hectares para 9.015,12 hectares a antiga da Área de Proteção Ambiental (APA) do Pecém, em São Gonçalo do Amarante e municípios próximos.

Com a ampliação, a área foi também rebatizada para APA das “Dunas do Litoral Oeste” e passa a contar com um regramento diferenciado para a concessão de licenças para obras, operação de serviços e afins.

Empresários e gestores municipais foram críticos à maior proteção, que poderia, segundo eles, “estrangular” o potencial econômico do Porto do Pecém.

(Foto – Arquivo)

Segurança Pública: como lidar com esse desafio

Com o título “Segurança Pública: como lidar com esse desafio”, eis artigo do jornalista Ricardo Moura, pesquisador do Laboratório de Estudos sobre Violência da UFC. Ele aborda casos recentes de violência e vaticina: quanto mais armas, mais mortes. Lamenta certa glamourização. Confira:

Muito tem sido dito e escrito sobre as causas que levam jovens e adolescentes do sexo masculino a cometer assassinatos em massa. É preciso, passados os momentos iniciais de choque e pavor, analisar o fenômeno com a serenidade e a profundidade necessárias. Seguem algumas contribuições da coluna para a ampliação do debate:

A ferramenta não é a culpada. Os jogos eletrônicos e fóruns de internet costumam ser os primeiros a serem responsabilizados quando uma tragédia como essa ocorre. Não há evidências cientificas, contudo, que jogar videogame transforme a pessoa em um assassino, assim como a deep web não é a grande vilã. Tratam-se de ferramentas cujo uso é conferido pelos sujeitos. O assassino da Nova Zelândia se valeu do Facebook para dar publicidade ao seu ato. Vamos criminalizar as redes sociais? Ensinar a usar essas tecnologias com maior responsabilidade e investir em inteligência parecem ser alternativas mais razoáveis.

A frustração é o grande motor. Em sua maioria, os atiradores se sentem incapazes de fazer parte de uma sociedade dividida entre “vencedores” e “perdedores”. Baixa estima, desprezo por si mesmo e pelos outros são sentimentos comuns que acabam sendo manipulados por pessoas mais experientes. A atitude-padrão varia da segregação à exposição ao ridículo de quem não consegue se adequar ao que definimos como “normal”. Mais que nunca, precisamos criar espaços de escuta e de acolhida para lidar com quem se sente assim. Prevenir para depois não remediar.

A misoginia precisa ser combatida. O atirador de Realengo, no Rio de Janeiro, disse que seus alvos preferenciais eram mulheres. Nos EUA, jovens que não conseguem estabelecer relacionamentos amorosos canalizam suas frustrações em atos de violência contra as meninas, como se elas fossem culpadas por essa situação. É preciso que os meninos sejam educados a se tornar parceiros das meninas nessa nova realidade em que os papéis sociais estão se tornando mais igualitários. Não podemos admitir que adolescentes e jovens do sexo feminino sejam assassinadas como se fossem meros objetos da perversão alheia.

Quanto mais armas, mais mortes. Há duas escolhas para governantes e parlamentares: adotar e reforçar políticas que preservem vidas humanas ou atender os interesses da bancada da bala. Achar que professores e empregados devem andar armados como forma de dar mais segurança às escolas é um disparate que só beneficiará aqueles que lucram com o negócio das armas. Após a chacina de 49 pessoas na cidade de Christchurch, na Nova Zelândia, a primeira-ministra anunciou que defenderá a proibição da venda de armas semiautomáticas (que permitem maior quantidade de disparos em menor tempo). Estamos falando de um país de 4,7 milhões de habitantes que em todo o ano de 2017 registrou apenas 35 homicídios. Imagine as consequências de uma liberação total das armas em uma sociedade na qual 35 pessoas são assassinadas a cada seis horas.

Redes criminosas alimentam os ataques. Não raro por trás dos atiradores há grupos organizados de pedófilos, neonazistas e traficantes de armas que se beneficiam dos atentados ao utilizá-los como instrumento de promoção de seus ideais. O criador do fórum em que os jovens de Suzano trocavam mensagem foi preso ano passado por perseguição a mulheres e disseminação de conteúdo de ódio (misógino, homofóbico e racista) na internet. Amparada pela Lei 13.642/2018, conhecida como “Lei Lola”, a Polícia Federal vem realizando operações no sentido de coibir tais práticas. O nome é uma referência a Lola Aronovich, professora universitária que, durante cinco anos, foi ameaçada por tais grupos.

A violência não pode ser glamourizada. Os meios de comunicação e a indústria do entretenimento precisam mudar sua abordagem em relação aos atentados. Passou da hora de darmos publicidade gratuita ou romantizar esse tipo de prática. O foco das atenções deve estar no sofrimento das vítimas e não em quem atira. Os ataques cometidos em Suzano, Realengo e Christchurch são atos covardes cometidos contra vítimas inocentes e devem ser tratados como tais. Disparar uma arma a esmo ferindo e matando pessoas tem de ser vista como uma atitude estúpida e não como algo valoroso.

Há diversos protocolos sobre como abordar esse tipo de acontecimento de forma a neutralizar o efeito de imitação que ele gera. Em um dos fóruns usados para troca desse tipo de mensagem ao qual a coluna teve acesso, um usuário escreve abaixo da imagem de um dos atiradores de Suzano: “Atenção, 2020 serei o próximo. Preciso de ajuda”. Como se vê, esse pesadelo ainda está longe de terminar. Devemos estar preparados.

*Ricardo Moura,

Jornalista e pesquisador do Laboratório de Estudos sobre Violência da UFC.

A Maratona do ator Edmilson Filho, o Francisgleidson de Cine Holliúdy

O ator e humorista Edmilson Filho, o “Francisgleidson” de Shaolin do Sertão, está com a bola toda.

Tao logo terminou a pré-estreia do filme Cine Holliúdy 2 – A Chibata Sideral, em Fortaleza, na última semana, voltou para o Rio onde, na Globo, concluirá sua participação na minissérie “Os Ronis”.

Depois disso, Edmilson embarca para os EUA, onde mora com a família.

(Foto – Divulgação)

Tasso Jereissati – Momento é propício para aprovar a reforma da Previdência

Apesar de crítico ferino da atual gestão, o senador tucano Tasso Jereissati mostra forte preocupação com o possível fracasso da agenda econômica do governo. Em entrevista ao Valor Econômico desta segunda-feira, ele diz que quer ajudar a aprovar a reforma da Previdência, mas é contrário à adesão formal do PSDB ao governo.

Para Tasso, a visão “marcadamente conservadora dos costumes, ponto central da agenda do PSL e do presidente Jair Bolsonaro, é uma diferença clara” entre o grupo político que está no poder e os tucanos.

“Nosso espaço é este, uma visão liberal na economia, bastante liberal nos costumes e que vê o Estado como elemento regulador e atuante na questão dos desequilíbrios sociais”, observou.

Para Tasso, relator da Comissão Especial do Senado que acompanhará a Reforma da Previdência, nunca houve momento tão propício à aprovação dessa matéria. Mas ele lembra que o tempo corre contra o governo e as maiores dificuldades sequer começaram.

“A pressão das corporações [do funcionalismo público] ainda nem começou”, advertiu. O tempo “ótimo” para o governo colocar a reforma em tramitação, que seriam os dois primeiros meses do mandato, já foi perdido. “Na Câmara, tem que passar até julho. Voltando do recesso parlamentar sem ter resolvido na Câmara, fica muito difícil. Passa uma coisinha ou outra, mas bem magrinha.”

Na opinião do senador, o problema está no próprio governo e, essencialmente, nas atitudes do presidente. “Parece que Bolsonaro ainda não assumiu o papel de presidente da República. Ele está fomentando a discórdia. É a antítese do que um presidente quer para o seu governo”, afirma.

Tasso lamenta que o governo do presidente Jair Bolsonaro esteja queimando capital político com questões “inúteis”, bate-bocas entre ministros e contradições internas, como a existente entre a agenda liberal e “globalista” do ministro da Economia, Paulo Guedes, e a antiglobalização defendida pelo chanceler Ernesto Araújo.

 

Carlos Mesquita, o vereador pecilotérmico

284 1

O vereador Carlos Mesquita anda lépido pela Câmara Municipal.

Ele integra as fileiras do Pros e comemora que o deputado federal Capitão Wagner, dirigente estadual da sigla, esteja liderando pesquisas rumo ao Paço. A Paraná Pesquisas apontou o Capitão em primeiro com 40%.

Mas, ao mesmo tempo, Mesquita é da base de apoio do prefeito Roberto Cláudio (PDT), onde já ocupou, inclusive, o cargo de titular da Secretaria Regional III.

Carlos Mesquita, no entanto, anda matutando sobre seu futuro político. Principalmente, porque 2020, ano do pleito municipal, bate à porta.

Entre seus colegas de Câmara Municipal é conhecido como político pecilotérmico, pois se adapta muito bem às temperaturas políticas.

(Foto – CMFor)

Dia de São José – Na véspera do santo, chove em apenas 33 cidades do Ceará

Nesta véspera do Dia de São José, até o começo da manhã desta segunda-feira, choveu em apenas 33 municípios no Ceará, de acordo com boletim da Funceme. Em Fortaleza, o tempo promete fortes chuvas nas próximas horas.

Confira as 10 maiores chuvas até agora

Coreaú (Posto: Sitio Urubu) : 38.0 mm

Granja (Posto: Granja) : 38.0 mm

Caucaia (Posto: Sitios Novos) : 24.0 mm

Coreaú (Posto: Coreau) : 19.0 mm

Meruoca (Posto: Meruoca) : 16.0 mm

Alcântaras (Posto: Alcantaras) : 14.0 mm

Crateús (Posto: Aeroporto(crateus)) : 14.0 mm

Barreira (Posto: Barreira) : 12.0 mm

Itaitinga (Posto: Paço Municipal) : 11.0 mm

Mulungu (Posto: Mulungu) : 10.8 mm

Agentes municipais de segurança podem ganhar um Núcleo de Apoio Psiquiátrico

A criação do Núcleo Especial de Atendimento Psiquiátrico e de Assistência Social para agentes de segurança municipais.

Eis o que quer o vereador Julierme Sena (Pros), num projeto de indicação em tramitação na Câmara Municipal de Fortaleza. Julierme diz que seria importante apoio para o estresse vivido por guardas municipais e agentes de transito.

(Foto – CMFor)

Ônibus cai num buraco na avenida Bezerra de Menezes e provoca grande engarrafamento

824 15

O clima é de engarrafamento na Avenida Bezerra de Menezes, sentido Caucaia-Centro. Tudo em consequência de um ônibus – Linha 200 (Antonio Bezerra-Centro), que acabou com uma das rodas atoladas num buraco situado no fim dessa via, quase no cruzamento com a Avenida Padre Ibiapina (Bairro Farias Brito).

O veículo continua no local e os passageiros aguardando outro transporte. Agentes da AMC já chegaram ao local.

(Foto – Vinícius França)

Prefeito Roberto Cláudio puxa caravana de vereadores que participará em Brasília da convenção do PDT

O prefeito RC entre os vereadores Benigno Júnior e Iraguassu Filho.

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, o presidente da Câmara Municipal, Antonio Henrique, e um grupo de vereadores embarcaram na madrugada desta segunda-feira para Brasília. Ali, vão participar da convenção nacional do PDT que vai reeleger Carlos Lupi presidente da legenda, com o deputado federal cearense André Figueiredo também mantido na vice-presidência.

Roberto Cláudio disse que o PDT continuará sua postura de oposição ao governo de Jair Bolsonaro, mas, dentro do objetivo de colaborar e questionar o que considerar nocivo para os trabalhadores.

Dentro desse cenário, o prefeito afirmou que o partido tem uma proposta alternativa à reforma da Previdência Social oriunda do Planalto. Já estão em Brasília também o senador Cid Gomes e o ex-ministro Ciro Gomes, além do grupo de parlamentares estaduais e federais do pedetismo.

DETALHE – Roberto Cláudio é o presidente do PDT de Fortaleza.

DETALHE 2 – O prefeito RC informou que vai aproveitar estada em Brasília também para tratar da burocracia de empréstimos junto ao Banco Mundial e Banco Latino-Americano de Desenvolvimento (CAF).

(Foto -= Paulo MOska)

Dunas da Sabiaguaba serão tema de audiência pública no Ministério Público Estadual

Da Coluna do Eliomar de Lima, no O POVO desta segunda-feira:

A retirada irregular de areia das dunas do Parque Municipal Natural das Dunas da Sabiaguaba será pauta, na próxima quarta-feira, 20, de uma audiência pública convocada pelo Ministério Público do Ceará (MPCE).

Os fiscais da lei querem saber por qual motivo o Departamento Estradas e Rodagens (DER) vem sendo constantemente denunciado por desmonte nessa Unidade de Conservação.

A Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), responsável pela gestão do parque, também terá de explicar por que vem autorizando a retirada da areia. O motivo seria a invasão da duna na CE-010. No entanto, falta lembrar ao Poder Público que o errado ali é a existência de uma via no meio de dunas móveis.

Quando se construiu a rodovia, em 2011, já se sabia que o local não era apropriado para a pista. Várias ações deram conta da ilegalidade. A audiência ocorrerá às 8h30min, no auditório das Promotorias Cíveis e Especiais (Bairro José Bonifácio).

(Foto – O POVO)