Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Agentes de viagem estimam 5% de crescimento nas próximas férias

edmilsonn

O presidente do Sindicato dos Agentes de Viagem do Ceará, Edmilson Rodrigues, joga com a perspectiva de um crescimento de 5% na próxima alta estação.

Edmilson reconhece que Fortaleza não vive mais clima de baixa estação, por conta de investimentos como o Centro de Eventos, mas observa que, nas férias, os agentes de viagem apostam em muitos pacotes promocionais vendidos ao longo do ano.

Aliás, Fortaleza, depois da Copa do Mundo, reforçou seu potencial turístico, segundo Rodrigues.

Grupo Pague Menos manda resposta para Blog sobre filial operando à meia porta

O Grupo Pague Menos, em nota para o Blog, informa que, até segunda-feira, a porta principal de sua filial situada na avenida Jovita Feitosa, 2777, no bairro Parquelândia, estará consertada.

A demora no reparo – dois meses, deveu-se a problemas com microempresa contratada para o serviço. “Fizemos a contratação de novo profissional e, o mais tardar, até segunda, a filial estará com porta consertada”, adiantou o grupo.

Dom Edmilson da Cruz – 90 Anos

domedmil

O Grupo O POVO de Comunicação homenageou, nesta manhã de sexta-feira, dom Edmilson da Cruz, bispo emérito de Limoeiro do Norte. Foi por conta dos seus 90 anos de vida. Durante um café que reuniu jornalistas, funcionários e amigos do religioso no Espaço O POVO de Cultura e Arte, não faltaram palavras destacando a figura de dom Edmilson, chamado pela esquerda de “Último bispo vermelho na ativa no Ceará”.

O jornalista Plínio Bortolotti, diretor institucional do O POVO, abriu o ato, seguido de homenagem em forma de músicas da preferência de dom Edmison cantadas por Mona Lobo, do O POVO, acompanhada pelo violonista Rômulo. O editorialista e colunista Waldema Menezes, relembrou momentos importantes e de influência da vida de dom Edmilson na vida dos cearenses.

Dom Edmilson, em sua fala, agradeceu e fez questão de ressaltar que a homenagem mesmo merecem aqueles que trabalham com a comunicação e que podem, por ela, difundir mensagens de transformação.

edmi1

Dom do congraçamento.

edmido

Repórter do Blog, Dom Edmilson e o querido Demitri Túlio.

(Fotos – Paulo MOsKa)

Dom Edmilson da Cruz ganha homenagem do O POVO

domedmilsondacruz

Dom Edmilson da Cruz, bispo emérito de Limoeiro do Norte, comemora 90 anos de vida, nesta sexta-feira. Por conta disso, O POVO o receberá para um café da manhã em sua homenagem.

Bom lembrar que Dom Edmilson é um dos mais respeitados religiosos deste País. Ele traz em sua história compromisso na defesa dos direitos humanos e das liberdades.

* Saiba mais sobre o religioso aqui.

(Foto – Paulo MOska)

Morre o artista plástico cearense Estrigas

foto estrigas

O Ceará perdeu um dos maiores artistas plásticos do estado. Nilo de Brito Firmeza, popularmente conhecido como Estrigas, morreu na noite dessa quinta-feira (2), aos 95 anos. Ele lutava contra um câncer e seu estado de saúde estava bastante comprometido, consequência da doença. O velório ocorre na Funerária Alvorada, no bairro Parangaba, e o corpo do artista será cremado, segundo familiares.

A vida de Estrigas foi dedicada às artes. Na adolescência, ele começou a apresentar suas técnicas com as pinturas, recebendo o apelido de “Estiguine”, em referência a um artista circense. Aos 28 anos, Nilo Firmeza conclui o curso de Odontologia da Escola de Farmácia e Odontologia do Ceará. Três anos depois, Nilo passa a ser chamado de Estrigas, após o curso de desenho e pintura da Sociedade Cearense de Artes Plásticas (SCAP).

Não demora muito para o cearense de traços chamativos se destacar. Na década de 50, Estrigas se tornou presidente da SCAP e teve grande importância na abertura do Salão de Abril. Ao lado da esposa Nice, falecida ano passado, o artista alcançou suas maiores inspirações. As obras de Nilo Firmeza saíram do Ceará, percorreram o Brasil e ganharam o mundo.

Estrigas foi fundamental para o desenvolvimento das artes plásticas no Ceará. Referência no Estado, ele sempre lutou pela divulgação dos trabalhos artísticos. Com intensa atuação na área, ele foi homenageado pelo 30º Salão de Abril, pelos serviços prestados às artes no Ceará, participou de exposições do 43º Salão de Abril, no MAUC; no Centrèe Hospitalier Specialisé, em Toulon, na França, e publicou “Salão de Abril: História e personagens”. O cearense venceu diversas exposições e esteve ligados aos principais movimentos artísticos locais e nacionais.

Minimuseu e o amor por Nice

O acervo de Estrigas e Nice começou a ser formado em 1940, mas foi só em 1969 que o casal criou o Minimuseu Firmeza no sítio onde morava, em Mondubim. Passaram assim a receber gratuitamente quem tivesse interesse em entender melhor as artes plásticas cearenses. Após a morte a amada, ele transformou a saudade em produção. Estrigas pintou 20 aquarelas durante este ano e se dedicou a escrever um livro chamado Hoje e o tempo e o encontro de lembranças, produzido entre 2013 e 2014.

(O POVO / Foto: Edimar Soares)

Livro resgata a história do jurista Fran Martins

franmartins

A jornalista Ângela Barros Leal lançará às 19 horas do próximo dia 7, no auditório da Faculdade de Direito da UFC, o livro “Fran Martins, o Escritor e o Mundo”. Na publicação, ela expõe personagem cearense que teve grande desenvoltura nos círculos da literatura cearense e brasileira, com dezenas de obras publicadas, tendo sido um dos fundadores da Revista Clã.

O livro resgata, enfim, a trajetória de um dos mais representativos cearenses do século XX e cuja história e obras ainda hoje são revisitadas por pesquisadores, universitários e estudantes.

A obra é uma homenagem da família do escritor pela passagem do centenário de Fran Martins. São 160 página abordando um dos principais juristas brasileiros, que foi catedrático e professor emérito da Faculdade de Direito da UFC.

* Mais sobre Fran Martins aqui.

Cearense gosta de “mangá” das pesquisas

317 6

Em artigo enviado ao Blog, o leitor Alex Moreira responde ao artigo do especialista em campanhas eleitorais Fabner Utida. Confira:

Não sou especialista em campanhas eleitorais, muito menos estudioso em comportamento seja lá do que for. Mas uma coisa eu sei: sou cearense.

Li o artigo escrito pelo especialista Fabner Utida, aqui mesmo no blog, e fiquei incomodado não pelo fato do especialista apontar a vitória do Camilo Santana, ainda mais em primeiro turno. O meu incômodo maior foi o termo empregado ao especialista como “estudioso do comportamento do eleitorado cearense”. O incômodo aumentou quando soube que nem cearense o cabra é! (Todo cearense que lê isso, sabe que cabra é homem, também homi. Tanto faz. Então, Fabner, cabra não é ofensa. É que estou (tô) me comunicando para os meus irmãos cearenses).

Outra coisa que cearense se reconhece é na honestidade, quando ele olha na bila do outro (bila é olho, a íris, como os doutores falam). Então, meu amigo especialista (ah, cearense trata todo mundo como amigo. É um povo bom), antes que pensem que eu estou tentando enrolar os leitores do Eliomar, quero deixar claro que voto Eunício. Deixo isso claro, só pra ser honesto com meus irmãos cearenses e também para aqueles buliçosos (buliçoso é como um curioso, muitas vezes não tem nada a ver com ele, mas ele quer saber mesmo assim).

Então, no auge dos meus 60 anos, passado na casca do alho e rodado por muitas eleições, não acredito que o Camilo possa vencer essas eleições, ainda mais no primeiro turno.

Pesquisa pra cearense é diversão. A gente diz que vota nos homi dos homi só pra depois mangá (mangar é mangar, ora. Deve ser o que o especialista conhece como zoar). A gente tem pena desses institutos de pesquisas aqui no Ceará, que não acerta nada. Vira e mexe nos métodos deles, mas não percebem que o problema deles tá no espírito moleque do cearense.

Mas tem uma coisa que cearense leva em consideração: o sentimento. E o sentimento do Cariri ao noroeste do Estado é de mudança. E o cearense vai mostrar mais uma vez que o sentimento é quem manda. E vamos mangá dessas pesquisas que viram de última hora.

MPF denuncia ex-prefeito acusado de desviar verbas do Réveillon

O Ministério Público Federal ajuizou ação de improbidade administrativa e ação penal contra o ex-prefeito do município de Salitre (CE), Agenor Manoel Ribeiro, e outras sete pessoas. Os réus são acusados de desviar recursos públicos de convênio firmado entre a Prefeitura e o Ministério do Turismo para realização, em 2008, do “2º Réveillon Popular de Salitre”.

Consta nas ações que, após o prazo pactuado para o término da execução do convênio para realização da festa, o Ministério do Turismo constatou pagamentos por serviços não realizados. Foi identificado, ainda, que a Prefeitura não contratou as bandas mencionadas no plano de trabalho aprovado e nem realizou o evento.

De acordo com o Ministério Público em Juazeiro, as investigações apontaram que o ex-gestor Agenor Ribeiro simulou a realização de processo licitatório na modalidade de carta convite, para “encenar a execução do objeto do convênio e dar ares de legalidade à contratação, efetivamente irregular”.

Nas ações instauradas pela Procuradoria da República no Município do Juazeiro do Norte, o MPF pede que a Justiça Federal condene os responsáveis pelos atos de improbidade, ressarcimento integral dos prejuízos, entre outras sanções previstas na Lei de Improbidade Administrativa (Lei 8.429/92). Na ação penal, o MPF pede a aplicação de pena pelo desvio de recursos federais, que pode chegar até 12 anos de prisão.

(MPF)

Professor Vianney Mesquita e mais um rebento literário

vianney

O professor Vianney Mesquita lançará nesta quina-feira, às 19 horas, nos jardins da Reitoria da Universidade Federal do Ceará, o livro Nuntia morata – Ensaios e Recensões.

Com ensaios de literatura e comunicação. Na apresentação da obra e do autor o acadêmico Dimas Macedo.

DETALHE – Vianney foi nosso professor no Curso de Comunicação Social da UFC. Loas ao mestre.

 

Operário cearense é vítima de estelionatários paulistas e ganha ação na Justiça

O juiz Ricardo Bruno Fontenelle, titular da 3ª Vara da Comarca de Morada Nova (a 161 km de Fortaleza), condenou a BV Financeira a pagar indenização moral de R$ 5 mil para operário que teve o nome inserido indevidamente em órgãos de proteção ao crédito.

Segundo os autos, em janeiro de 2011, ele tomou conhecimento de pendência financeira em nome dele junto à referida empresa. Disse que nunca fez negócios com a instituição e, sequer, esteve na cidade de São Paulo, local onde teria sido assinado um contrato de financiamento de veículo.

Ao tentar solucionar o problema diretamente com a financeira, não obteve sucesso. Por conta disso, ajuizou ação requerendo a retirada do nome dele dos cadastros de inadimplentes e indenização por danos morais.

Na contestação, a empresa alegou que a inscrição se deu pela falta de pagamento de parcelas devidas referentes a financiamento de carro. Sustentou que não praticou nenhum ato ilícito e solicitou a improcedência da ação.

Ao julgar o caso no último dia 11 de setembro, o magistrado entendeu que as assinaturas apresentadas pela BV Financeira e vítima não conferiam e, por isso, a instituição não teria cumprido o dever de cuidado ditado pela legislação em vigor.

Destacou ainda que “na contratação de serviços bancários por falsários, não há como excluir, por completo, a responsabilidade da instituição bancária fornecedora”.
Por último, ressaltou que compete à fornecedora do serviço, antes da conclusão do contrato, cercar-se da certeza da identidade do contratante. “Exige-se do fornecedor muito mais que mera diligência em confirmar os dados pessoais do solicitante. Exige-se serviço adequado, que resguarde terceiros de eventuais transtornos e ilícitos”.

(TJCE)

Prefeito assina mais uma ordem de serviço para construção de escola de tempo integral

prefito robertoclaudio

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (Pros), assinará, às 9 horas desta sexta-feira, a ordem de serviço para construção de mais uma escola em tempo integral. Dessa vez, segundo a assessoria de imprensa do Paço Municipal, será a quarta ordem de serviço das 29 novas escolas em tempo integral que serão construídas até o final da gestão. O terreno onde a escola será construída fica na Avenida Odilon Guimarães, s/n°, esquina com Travessa Capricho, no bairro Curió.

O investimento total será de R$ 7.669.736,18, sendo R$ 5.401.450,81 oriundos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e R$ 2.268.285,37 de contrapartida do município. Além das 29 escolas que serão construídas, outras seis já funcionam plenamente e mais seis funcionarão em prédios que já existiam, adianta a assessoria de imprensa do prefeito.

(Foto – Paulo MOska)

O voto útil é voto consciente?

Com o título “Voto útil é o voto consciente”, eis artigo do advogado Reno Ximenes, que chega como mais um ingrediente para reflexões do eleitorado. Confira: 

Alguns institutos de pesquisa eleitoral expõem um elevado índice de eleitores “indecisos”. Quem conhece as entranhas do jogo político, barganhas e relações de poder, percebe, limpidamente, um maquiavélico plano para indução do eleitor frágil, dependente do poder público e de favores de seus agentes ou mandatários, para determinados candidatos. É um antigo plano tático usado para captar o voto útil em favor de uma campanha.

Os indecisos no Ceará são os segmentos de vários setores submetidos ao terror dos poderes públicos – seja de que lado for, e/ou, o percentual utilizado pelos institutos de pesquisa, para flexibilizarem e justificarem no futuro as suas conveniências.  

Um bom exemplo foi o sofrido pelo deputado estadual Heitor Ferrer, candidato a Prefeito de Fortaleza pelo PDT nas últimas eleições, quando o povo deixou de elegê-lo pela artificial polarização feita pelos institutos de pesquisa, um dia antes das eleições. 

Libere o ímpeto que o seu coração soprar na sua consciência. 

* Reno Ximenes,

Ex-procurador jurídico da Assembleia Legislativa e do Dnocs.

No Ceará, os indecisos vão fazer a diferença

162 1

Com o título “O poder e o incômodo dos indecisos”, eis o Editoral do O POVO desta quinta-feira. Bom para reflexões nesta arracanda final da disputa no Estado. Confira:

A mais recente pesquisa O POVO/Datafolha coletou as intenções dos eleitores quando faltavam somente cinco dias para as eleições. Ou seja, já haviam passado quase 90 dias desde o início da campanha aberta e 42 dias da campanha no horário gratuito de rádio e televisão. Mesmo assim, 14% dos eleitores se declaram indecisos em relação ao seu voto para governador do Ceará quando apresentados à lista de somente quatro candidatos.

Quando os pesquisadores deixam de lado a lista estimulada e coletam a manifestação espontânea dos eleitores, a quantidade de indecisos mais que dobra. Nesse cenário, 37% disseram que não sabem em quem votar no próximo dia 5 de outubro.

É sinal de que há algo causando incômodos a uma parte nada desprezível dos eleitores. Não se pode considerar normal que após uma longa campanha onde os candidatos se expuseram exaustivamente ainda gere tamanha falta de adesão a uma das quatro opções disponíveis.

O Ceará possui hoje mais de 6,2 milhões de eleitores aptos a votar no domingo que vem. Os 14% de eleitores detectados a partir da apresentação da lista estimulada significam quase 930 mil eleitores. É um exército que se aproxima dos dois terços do eleitorado total de Fortaleza.

A indecisão na consulta espontânea (37%) chega a uma marca que impressiona mais ainda. São, por baixo, aproximadamente dois milhões de eleitores que afirmaram categoricamente que não sabiam em quem votar a cinco dias da eleição. É importante lembrar que a pesquisa espontânea é a que mais se aproxima da realidade diante da urna eletrônica, que não apresenta a lista de candidatos.

No campo da especulação, há algumas possíveis respostas para esse fenômeno. Nenhuma muito boa para o nosso sistema político. A primeira: uma grande parte do eleitorado não está muito interessada nas eleições. Outra: esse exército de eleitores não está aderindo às candidaturas. Por qual motivo? Talvez por não confiar naqueles que se apresentam.

O fato é que o próximo governador, mesmo que a eleição vá para o segundo turno, chegará ao poder com o apoio da metade dos eleitores e com a outra metade contra. Não é uma situação muito confortável.

Presidente da Fiec expõe projetos para associados do Centro Industrial do Ceará

foto beto studart

O presidente da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), Beto Studart, é o convidado desta quinta-feira, a partir das 12 horas, do Centro Industrial do Ceará. Ele vai apresentar ali, dentro do projeto “Almoço com o Presidente”, os seus projetos à frente da federação. 

O encontro ocorrerá no quinto andar do prédio-sede da Fiec e deverá se repetir com outros dirigentes de associações e entidades do setor produtivo, segundo o presidente do CIC, José Dias de Vasconcelos.