Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Governamentável do PSB confere pré-candidatura de Eduardo Campos

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=35E6Q6P1tAM&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

A presidente do PSB de Fortaleza e pré-candidata ao Governo pela legenda, empresária NIcolle Barbosa, viajou, nesta segunda-feira, para Brasília. Ela vai conferir ato em que será lançada a pré-candidatura de Eduardo Campos à presidência da República, tendo Maria Silva na vice.

Nicolle se diz otimista quanto a essa candidatura de Eduardo Campos, bem como com seu trabalho de lutar para conquistar o Governo do Ceará.

Primeira Dama do Município discute implementação do projeto “Cresça com seu Filho”

A primeira dama de Fortaleza, Carol Bezerra, recebe nesta segunda-feira, às 9 horas, na Secretaria Municipal da Saúde, Mariana Simões, consultora do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), e Gilvani Granjeiro (Ministério da Saúde).

Na agenda, discussões sobre o projeto “Cresça com seu Filho” voltado para crianças e gestantes. O objetivo é implementar uma série de ações no âmbito do município para reforçar a rede de atendimento à saúde da gestante e da criança.

Eunício diz que é hora de debater atual projeto de governo e que está pronto para a luta

Temas como segurança pública e economia passarão a ser mais debatidos nos encontros regionais do PMDB. É o que garante o presidente do partido, Eunício Oliveira, ao afirmar nesse sábado (12), em Russas, que “é chegada a hora de colocar em debate o projeto de administração posto em prática no Ceará”.

“Não é razoável que o Estado abrigue a sexta maior economia do Brasil, sem dar igualdade de oportunidade a todos os cearenses”, comentou Eunício, que assegurou estar “pronto para a luta”, caso o PMDB o escolha como candidato à sucessão de Cid Gomes.

Participaram do encontro de Russas, nesse sábado, o vice-prefeito de Fortaleza, Gaudêncio Lucena, os deputados federais Danilo Forte (PMDB), Mauro Benevides (PMDB) e Mário Feitoza (PMDB), os deputados estaduais Danniel Oliveira (PMDB), Ronaldo Martins (PRB), João Jaime (DEM) e Roberto Mesquita (PV), o presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, vereador Walter Cavalcante (PMDB), além de prefeitos, vereadores e lideranças da região.

“Não tenho sentimento de frustração”, diz Cid

77 1

foto cid gomes gov

Cada passo do governador Cid Gomes (Pros) fora do Palácio da Abolição é escoltado por policiais militares e seguranças à paisana – prerrogativa comum aos chefes de Estado, garantida por lei. Vez ou outra, diz ele, a guarda é dispensada, e Cid se permite o papel de cidadão comum em Fortaleza. No último domingo, foi à praia: “Vi, em cinco ou seis pontos, a presença da polícia na rua”, destaca. O relato, feito ao O POVO, durante entrevista exclusiva, foi parte de uma declaração na qual Cid defendeu a política de segurança pública de sua gestão. Apesar dos índices de criminalidade, ele diz que não levará frustrações quando deixar o cargo, daqui a oito meses. Transparece a sensação de dever cumprido – ou, pelo menos, se esforça para transparecer.

Já no fim da entrevista, ao ser indagado se teme carregar a pecha relacionada à violência, Cid pausou. Respirou fundo, mexeu nos objetos próximos ao sofá, e fez ponderações sobre o que pareceu ser uma preocupação natural de quem já se despede do cargo. Abaixo, trechos da conversa.

O POVO – Recentemente divulgamos que, entre 17 de março e 6 de abril, sete pessoas foram mortas durante assaltos em Fortaleza. Qual a autocrítica do Governo na área de segurança pública?

Cid Gomes – Tenho sempre que resistir e continuar tentando. Não me resigno, nem dou por perdida essa batalha. E de alguma forma, pondero que você não pode voltar o filme, para saber como seria hoje se não tivesse sido feito o que foi feito. De cada dois policiais na rua, um foi colocado no meu governo. Os compromissos que assumi, cumpri todos. Meu compromisso era implantar uma policia comunitária na região metropolitana de Fortaleza; avancei. Eu dizia: priorizar a questão de segurança, com ações, orçamento. E o orçamento foi duplicado ao longo do meu governo. Repito: como estaria se a gente não tivesse feito isso? Para além disso, se falou: “O problema é capacitação dos policiais”. E nós implantamos uma coisa que o Ceará nunca teve, que foi a academia de polícia, que só quem tinha era oficial. Falou-se na melhoria da inteligência, criamos a Perícia Forense, equipada com o que há de mais moderno. Falou-se na má conduta de alguns profissionais da área, então implantamos uma controladoria que tem sido referência para o Brasil. E eu estou permanentemente ampliando: agora estão sendo capacitados mais 1.150 policiais, que deverão ingressar até junho. Aqui acolá, ajo como uma pessoa normal.

OP – O senhor sai do Governo, então, com a consciência tranquila?

CG – Não tenho sentimento de frustração nenhum. Se tivesse largado o governo agora, sairia com a consciência tranquila.

OP – Mesmo com os resultados obtidos?

CG – Eu acompanho, não estou isolado do mundo, não. O governo tem 70% de aprovação.

OP – Mas há uma queixa recorrente da população nessa questão da segurança.

CG – Sim, mas mesmo quem se queixa, qualquer pessoa de bom senso haverá de reconhecer o esforço que tem sido feito, salvo por uma questão política. É indelicado se falar de outros lugares, mas uma vez eu estava em reunião com outros estados que vão ser sede da Copa do Mundo e ponderei: estou precisando de uma ajuda nessa coisa de droga, que, a meu juízo, é o grande responsável, pois 80% dos homicídios estão relacionados a ele. Todos os homicídios que envolvem pessoas que não estão no mundo do tráfico, como regra, são elucidados muito rapidamente. Não é deficiência total, não é falência total do sistema de segurança. O sistema consegue identificar e prender os autores desses crimes que não tem relação com o tráfico. Boa parte desses latrocínios, o padre (Elvis Marcelino de Lima, morto em julho de 2013 na Praia de Iracema), o universitário (Mardônio Freire, de 19 anos, assassinado durante tentativa de assalto no Bairro Henrique Jorge, em março de 2014)… Os crimes de grande repercussão são identificados autoria, ou você me diz diferente?

OP – O senhor está a apenas oito meses de encerrar seu governo. Que imagem acha que o cearense terá da sua gestão? Como acha que será lembrado no futuro?

CG – (Nessa hora, Cid dá uma pausa e respira fundo, com um sorriso desconcertado). Pergunta difícil… Primeiro, a de um governador bem intencionado. Eu acho que tem princípios, características, que são a base pra qualquer coisa: honestidade e boa intenção. Se eu for reconhecido como um governador honesto, sério e bem intencionado, estarei mais que satisfeito. Agora… (outra pausa). Eu sou engenheiro, e sempre me preocupei em deixar um legado físico aqui.

(O POVO)

Sine qua non

Da coluna Fábio Campos, no O POVO deste domingo (13):

Nove entre dez prosaicos petistas passaram a apostar no nome da ex-secretária da Educação, Izolda Cela, para ser a escolhida de Cid Gomes na disputa pelo Governo do Ceará.

O deputado federal petista Artur Bruno, por exemplo, se derrama em elogios à secretária. Os mais próximos do governador já trabalham escancaradamente pela indicação. Cid se mantém fechado em copas e não concede nenhuma pista acerca do que passa pela sua cabeça. Diz apenas que vai trabalhar para manter a unidade da aliança com PMDB e o PT.

O governador diz ainda que a decisão sairá como sempre: nos limites do prazo final. Além do trabalho de referência na educação, pesa a favor de Izolda outro fato camarada: ela é de Sobral.

Leônidas tenta conseguir colégios eleitorais e confunde bastidores da sucessão

73 1

foto domingos filho e leônidas

Nome da mais alta confiança do governador Cid Gomes e político com experiência bem sucedida no Executivo, o ex-ministro e ex-prefeito de Sobral, Leônidas Cristino, é uma das fortes apostas entre os analistas políticos para disputar a sucessão estadual nas eleições de outubro. Desde o início dos debates, o ex-ministro sempre esteve entre os prováveis indicados pela aliança encabeçada pelo Pros, ao lado do presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque, e do vice-governador Domingos Filho, com a vantagem de pertencer à mesma “escola” do estilo de governo dos Ferreira Gomes.

Mas, na última semana, Leônidas Cristino buscou entrar em alguns colégios eleitorais, como forma de viabilizar uma candidatura à Câmara Federal. O mais curioso desses colégios é Camocim, Litoral Leste do Estado, a 347 quilômetros de Fortaleza. O município é reduto eleitoral de Domingos Neto (deputado federal) e dos deputados estaduais Sérgio Aguiar e Gony Arruda. A viabilidade de Leônidas em Camocim, que em 2002 conquistou 148 votos, quando eleito deputado federal pelo PPS, estaria sendo “costurada” entre o governador e o seu vice Domingos Filho.

A busca de colégios, por parte de Leônidas, reconduz Domingos Filho à mesa de discussão da sucessão, além de fortalecer Izolda Cela, a segunda do “clã Ferreira Gomes” na “escola” de Sobral, atrás somente de Leônidas.

Vamos nós – Cada movimento dos pré-candidatos é uma nova leitura à sucessão de Cid Gomes.

Seca e violência urbana “esquentam” o debate em encontro do PMDB em Russas

foto pmdb encontro russas

Com as presenças dos deputados João Jaime (DEM) e Roberto Mesquita (PV), os discursos de oposição ao atual modelo da administração estadual “esquentaram” o debate da violência e da seca, neste sábado (12), em Russas, a 167 quilômetros de Fortaleza, durante o XI PMDB Itinerante, que teve à frente o presidente do partido no Ceará, Eunício Oliveira, além do deputado Danniel Oliveira e o vice-prefeito de Fortaleza, Gaudêncio Lucena.

O encontro, que é realizado desde o ano passado, também debateu a interiorização dos investimentos como saída para o desenvolvimento socioeconômico em todas as regiões do Estado.

O referendo de Cid Gomes

Da coluna Política, no O POVO deste sábado (12), pelo jornalista Érico Firmo:

Lula fez tudo que pôde – inclusive atuar para inviabilizar Ciro Gomes como candidato – para transformar a eleição vencida por Dilma Rousseff (PT) num plebiscito entre seus oito anos de administração e o período de Fernando Henrique Cardoso (PSDB). Funcionou até determinado ponto, pois a surpreendente votação de Marina Silva quebrou um pouco a bipolaridade no primeiro turno. Mas a chamada estratégia plebiscitária acabou prevalecendo no segundo turno.

Na sucessão de Cid Gomes (Pros), como foi na de Lula, o candidato será, de certo modo, o próprio governo que se encerra. Acima de qualquer dos nomes que venha a ser escolhido. Não se trata de plebiscito, pois nenhum dos potenciais adversários representa uma antítese administrativa, um modelo já conhecido e antagônico. Sobretudo Eunício Oliveira (PMDB), cujas relações com a gestão que se finda foram e ainda são intrínsecas, como mostrou no O POVO de ontem o repórter Carlos Mazza. Experiência governamental anterior, tampouco o ciclo do PSDB teve em Cid um contraponto. Seria mais uma forma de referendo sobre a gestão.

Essa campanha, ainda sem candidato, já começou de certa forma. A propaganda oficial tem todos os ingredientes de uma campanha, com a óbvia lacuna do candidato. O marcante jingle veiculado nas rádios e televisões reafirma o modelo em curso – “Esse é o caminho/O jeito certo pra realizar” – e sinaliza a continuidade: “Nos dá orgulho ver o quanto já foi feito/Tudo o que se fez e o que ainda se fará/Viver agora, mas pensando no futuro (…)/É o amanhã sorrindo pra quem sabe acreditar”.

Claro que o perfil do escolhido irá ditar muito do ritmo da campanha. Para casar à perfeição com essa estratégia, os mais indicados entre os cotados seriam Mauro Filho, Izolda Cela (do Pros) ou Camilo Santana (PT). Foram secretários durante sete anos, praticamente, e personificariam melhor que os demais a gestão. O vice Domingos Filho (Pros) também poderia ser moldado para isso, embora sua escolha ainda soe improvável. Zezinho Albuquerque (Pros) seria a opção mais política. Ele não estava na lista inicial de cotados para disputar o governo. Entrou na relação porque pediu e tem sido quem mais apresenta apoios políticos. Leônidas Cristino (Pros) tem como trunfo a intimidade política com os líderes do grupo.

Eunício, pelo seu estilo, tende a evitar a ideia de referendo. Até pelo óbvio ridículo de condenar tudo que apoia desde o início até o momento em que você lê esta coluna. Sua estratégia conterá, sim, críticas – é claro – mas buscará se apresentar como possibilidade de avanço, no lugar de polarizar, tentará se colocar como algo acima disso. E tentará fazer de sua candidatura a protagonista da campanha, evitando tanto quanto puder o debate sobre o governo como tema central. Mais ou menos uma reprise do que Cid fez com Lúcio Alcântara em 2006 e, antes, Lula com Fernando Henrique Cardoso (PSDB) em 2002.

Dirigente do PT diz que partido pode decidir apoiar qualquer candidato ou ter candidatura própria

Em nota enviada ao Blog o suplente de deputado estadual e membro do Diretório Estadual do PT, Antonio Carlos, afirma que o partido poderá ter candidatura própria ou apoiar qualquer candidato da aliança que conduziu e manteve Cid Gomes à frente do Governo. Confira:

Caro Eliomar de Lima,

Gostaria de aproveitar seu espaço e audiência para fazer um esclarecimento sobre a resolução do Encontro Estadual do PT.

A despeito das possíveis interpretações feitas por qualquer companheiro ou companheira, é necessário lembrar que a resolução não priorizou nenhum partido da base para encabeçar a chapa ao Governo do Estado na eleição de outubro próximo. Ao contrário. Diante da complexa e ainda indefinida conjuntura nacional e local, a resolução orientou que a prioridade é manter aliança com todos os partidos aliados, e remeteu a decisão final para o Diretório Estadual. Portanto, ainda é cedo para o PT descartar qualquer possibilidade. O Diretório poderá decidir por apoiar o candidato de qualquer um dos partidos aliados, como também poderá optar pela candidatura própria.

Ainda temos muito diálogo pela frente.

MPF obtém condenação de ex-prefeito de Granjeiro por desvio de recursos

O Ministério Público Federal obteve a condenação do ex-prefeito de Granjeiro, Vicente Félix de Sousa, por desvio de recursos públicos federais que deveriam ser destinados à Educação e Saúde do município. Além Vicente Félix, também foram condenadas a esposa do ex-gestor e uma irmã dele, ambas beneficiadas com o dinheiro desviado.

Na ação que resultou na sentença, o procurador da República Rafael Ribeiro Rayol, do MPF em Juazeiro do Norte, aponta que o ex-prefeito emitiu diversos cheques oriundos de contas públicas em que constam como beneficiárias a esposa dele, Elizete Ferreira da Fonseca Félix, e Ana Paula da Cunha Souza, irmã de Vicente Félix.

De acordo com as apurações do MPF, o dinheiro que alimentava os cheques não tinha relação com despesas públicas e era fruto de recursos federais do Piso de Atenção Básica (PAB), que deveria ser destinado à cobertura de despesas com procedimentos e ações de assistência básica, além do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundeb).

Segundo o procurador Rafael Rayol, para apresentar suposta comprovação da regularidade da aplicação dos recursos, os réus apresentavam notas fiscais com datas rasuradas ou de despesas que não eram compatíveis com o fim a que os recursos deveriam ser aplicados. “Tem-se, portanto, que a aplicação destas verbas na verdade não ocorreu, tendo os acusados se apropriado destes valores”, conclui o procurador.

Na sentença, o juiz federal da 16ª Vara, José Eduardo de Melo Vilar Filho, condenou os réus a três anos e três meses de reclusão, além da inabilitação pelo prazo de cinco anos para o exercício de cargo ou função pública eletiva ou de nomeação. O MPF já enviou recurso para elevar as penas para pelo menos oito anos de reclusão.

(MPF)

PMDB volta a debater problemas na agricultura no interior do Ceará

A convivência com a seca, a dívida dos agricultores, a infraestrutura hídrica e a mobilidade urbana são temas que serão debatidos neste sábado (12), em Russas, a 167 quilômetros de Fortaleza, no Vale do Jaguaribe, durante o XI PMDB Itinerante.

O evento terá à frente o presidente regional do PMDB, Eunício Oliveira, pré-candidato ao Governo do Ceará. Como deputado federal e no atual mandato de senador, Eunício tem voltado boa parte de seus projetos para amenizar as dificuldades do homem do campo.

Empresa cearense de segurança amplia participação no mercado nacional

A empresa cearense Servis Segurança, que em 2014 completa 40 anos, continua investindo na expansão de suas atividades. Ela ampliou sua participação no mercado nacional de segurança. Além do Ceará, Bahia, Pernambuco, Piaui, Maranhão e Amazonas, entrou em São Paulo, desenvolvendo serviços de escolta armada, gerenciamento de risco em transporte de cargas, rastreamento de veículos, segurança de eventos, segurança eletrônica, segurança pessoal, além de vigilância armada e desarmada.

A Servis Segurança, por conta desse crescimento nacional, está representando o Ceará na 20ª Edição da Intermodal South America, Feira Internacional de Logística, Transporte de Cargas e Comércio Exterior.

 

Fortaleza será sede de encontro internacional sobre agricultura irrigada

Fortaleza será sede, a partir de segunda-eira, do II Inovagri International Meeting, evento realizado pelo Instituto de Pesquisa e Inovação na Agricultura Irrigada e Parceiros, com apoio do Banco do Nordeste. No encontro, que ocorrerá no Centro de Eventos do Hotel Oásis Atlântico Imperial até o dia 16, serão apresentadas inovações tecnológicas relacionadas à irrigação e discutidas estratégias de planejamento, gestão e transferências de tecnologias. O público estimado em 1200 pessoas assistirá a mais de 60 palestras de especialistas nacionais e estrangeiros.

Em paralelo ao evento principal, ainda serão realizados o II Brazilian Meeting on Irrigation Engineering, coordenado pelo Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia, Engenharia e Irrigação, e o II Brazilian Symposium on Salinity, do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Salinidade. Entre os temas abordados, estão novas perspectivas de irrigação no mundo, uso racional da água e metodologias para a determinação de coeficientes e necessidades hídricas.

Presidente do TRE/CE comandará Colégio de Presidentes de TREs do País

iracemadovale

“A desembargadora Iracema do Vale foi eleita, nesta sexta-feira, presidente do Colégio de Presidentes dos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs). A magistrada está à frente do TRE do Ceará (biênio 2013/2015). A eleição ocorreu em Brasília, durante o 62º Encontro do Colégio de Presidentes dos TREs. No evento, foram discutidos assuntos relacionados às eleições deste ano, processo judicial eletrônico e manual de orientações ao eleitor.

A desembargadora também preside a 4ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) e é membro do Órgão Especial e do Pleno da Corte estadual.”

(Site do TJ-CE)

Leonardo Boff e Frei Betto agendam presença em evento de jvuentude em Fortaleza

freibeto

Vem aí o I Encontro Nacional de Juventudes e Espiritualidade LibertadoraDe 1° a 4 de maio próximo, no auditório da Faculdade Católica de Fortaleza (Seminário da Prainha). A promoção é da Agência de Informação Frei Tito de Alencar para América Latina e Caribe – ADITAL, com apoio do Centro Ecumênico de Serviços à Evangelização e Educação Popular (Ceseep), o Centro Superior de Estudos Teológicos e Pastorais/ PUC Minas (Cestep), o Centro de Formação Terra do Sol (CHS), a Rede Ecumênica da Juventude (Reju) e a Sociedade de Teologia e Ciências da Religião (Soter).

Entre os conferencistas do encontro, vários pensadores como os teólogo Leonardo Boff, Frei Betto e Marcelo Barros.

SERVIÇO

As inscrições estão abertas e podem ser feitas até o dia 20 deste mês no site: http://www.espiritualidade2014.com.br/

MPF move ação de improbidade contra ex-secretária da gestão Luizianne Lins

“O Ministério Público Federal (MPF) ingressou com ação de improbidade administrativa contra a ex-secretária de Educação de Fortaleza, Ana Maria de Carvalho Fontenele, por irregularidades na aplicação de recursos para reforma de uma escola pública da rede municipal. A má gestão da verba oriunda do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) gerou prejuízos aos cofres públicos de quase R$ 41 mil.

Inquérito civil instaurado pelo MPF demonstrou que houve superfaturamento no pagamento de serviços para a reforma da Escola Municipal de Ensino Infantil e Fundamental (EMEIF) Antônio Sales, no bairro Rodolfo Teófilo, e que o contrato para as obras, assinado em 2008, não foi cumprido. Entre outros problemas identificados, cerca de 400 m² de piso deixaram de ser instalados e outros 202 m² de piso não foram pintados.

As irregularidades foram confirmadas por relatório da Controladoria Geral da União (CGU). O documento, elaborado a partir de análise técnica e visita à escola, demonstra a existência de superfaturamento em serviços como a instalação de alambrado e da cobertura da escola. Somente em relação ao alambrado houve sobrepreço de R$ 3.594,82. O valor foi calculado levando-se em conta a média da tabela do Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil (Sinapi).

Além da ex-secretária de educação, ordenadora da despesa, também aparece como ré no processo Ana Maria Bezerra Vettorazzi, que recebeu as obras pela então gestão de Fortaleza. O procurador da República Francisco de Araújo Macedo Filho, autor da ação, pede que a Justiça Federal condene as responsáveis pelos atos de improbidade, o ressarcimento integral dos prejuízos e a perda de funções públicas, caso estejam em exercício, entre outras sanções previstas na Lei de Improbidade Administrativa (Lei 8.429/92).”

(Site do MPF-CE)

Osmar Baquit critica parcialidade de Ferruccio e cobra punição para time do Ceará

105 2

baquit

O deputado estadual Osmar Baquit (PSD) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa, nesta sexta-feira, e fez duras críticas ao secretário especial da Copa, Ferruccio Feitosa, a quem qualificou de “secretário beijoqueiro”. Segundo Baquit, licenciado da presidência do Fortaleza, o secretário protegeu o Ceará de punição no recente episódio da quebra de 130 cadeiras do Castelão, quando do jogo contra o Sport, válido pela decisão da Copa Nordeste. Ele disse que o titular da Sescopa não fez nada, até agora, contra o alvinegro, mostrando que seria torcedor desse clube.

Para reforçar sua crítica, lembrou que no jogo do Fortaleza contra o Sampaio Correa, pela Série C do Brasileirão, torcedores do “Leão” quebraram cadeiras e, o dia seguinte, Ferruccio convocou coletiva e cobrou ressarcimento por parte do Fortaleza, o que gerou ainda condenação judicial ao clube.

Baquit observou: “O secretário pode torcer pelo clube que quiser, mas ele precisa respeitar o Fortaleza!” O parlamentar, ao chamar Ferruccio de “beijoqueiro”, reportou-se a episódio em que o titular da Sescopa, na final da Copa das Confederações, beijou a careca do técnico da seleção brasileira, Luís Felipe Scolari.

UFC manifesta pesar pela morte do aluno Thalis de Carvalho e Silva

75 1
A UFC divulgou, nesta sexta-feira, nota de pesar pela morte do estudante Thalis de Carvalho e Silva. Ele morreu após ser atropelado na avenida MIster Hull. Confira: 
A Universidade Federal do Ceará manifesta seu pesar e transmite condolências à família do estudante Thalis de Carvalho e Silva, atropelado e morto, nessa quinta-feira, quando cruzava a Avenida Mister Hull, em frente ao Campus do Pici. O acidente fatal, que recobre de luto a família de Thalis, seus professores, colegas, e toda a Universidade, vem somar-se a uma tragédia continuada, que acontece nas ruas e rodovias do País, espalhando a dor e o medo nas famílias, sem que a sociedade perceba, da parte das autoridades responsáveis, uma resposta adequada, na dimensão e agilidade que a situação requer.
A perigosa travessia da Avenida Mister Hull, há muito tempo, já preocupava a comunidade universitária, tendo suscitado Ofício do Centro de Tecnologia da UFC, dirigido à Superintendência do DNIT no Ceará, solicitando a construção de passarela para pedestres naquela via, a fim de evitar futuros acidentes, por conta do grande fluxo de veículos no local, especialmente nas proximidades da entrada do Campus. Ao encaminhar o pedido, esta Reitoria fez questão de ressaltar a necessidade de providências urgentes, em razão da gravidade do problema.
Lamentando que nenhuma medida tenha sido tomada, diante daquela prudente demanda, hoje temos mais uma vítima a prantear, um aluno desta Universidade, que recentemente ingressara no curso de Ciências Biológicas, onde, certamente, nos próximos anos, lapidaria sua vocação, oferecendo, a seus pais, renovados motivos de orgulho.
Jesualdo Pereira Farias, reitor da UFC
Henry Campos, vice-reitor da UFC.