Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

HGF divulga nota sobre parte do teto que caiu em sua Sala de Estabilização

Da Assessoria de Imprensa do Hospital Geral de Fortaleza recebemos nota acerca do desabamento de parte do teto da Sala de Estabilização. Confira:

Com a forte chuva de 133 milímetros registrada em Fortaleza durante a madrugada, a maior deste ano, parte do forro de uma das salas de estabilização do Hospital Geral de Fortaleza cedeu. Na hora, havia cinco pacientes na sala. Todos com o perfil de alta complexidade. Foram transferidos para outras áreas do hospital.

Os serviços de restauração foram iniciados imediatamente, a partir das 2 horas da madrugada. Uma vistoria está sendo feita em toda a área do prédio.

Durante todo dia de hoje, os pacientes que chegam à emergência do HGF estão sendo referenciados para outras unidades da rede estadual de saúde.

Todas as outras áreas do hospital, como os setores de cirurgias, AVC, marcação de consultas e realização de exames estão funcionando normalmente.

Atenciosamente,

* Assessora de Imprensa do HGF.

Cúpula da Segurança tem encontro em Sobral

servilhopaivas

Nesta tarde de segunda-feira, o prefeito Clodoveu Arruda (PT), de Sobral (Zona Norte), vai receber a visita de toda a cúpula da segurança estadual. À frente, o secretário da Segurança Pública e Defesa Social, Servilho Paiva.

O objetivo dessa visita, articulada por Clodoveu, é discutir a situação do aparelho de segurança do município e como aprimorar ações.

O titular da SSPDS, ao lado dos titulares do Comando Geral  e dos comandos dos Bombeiros e do Policiamento do Interior, além do delegado-geral, ouvirá sugestões num encontro que contará ainda com magistrados, empresários e promotores da Zona Norte.

Transposição – Ministro diz que chuvas estão provocando atraso nas obras

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=bEGDm1hI9Yk[/youtube]

As últimas chuvas têm provocando alguns atrasos nas obras da transposição do rio São Francisco na região do Cariri, segundo disse,nesta segunda-feira, o ministro da Integração Nacional, Francisco Teixeira. Ele, no entanto, faz um balanço positivo do andamento das obras que, na última semana, foram visitadas por grupo de empresários.

Francisco Teixeira reitera: a transposição do São Francisco ficará pronta em 2015.

“Raimundinha” fala sobre drogas para operários da construção civil

O Sindicato da Indústria da Construção Civil do Ceará, através do seu Programa Qualidade de Vida na Construção, em parceria com o Sesi e a Prefeitura de Fortaleza, levará, para o canteiro de obras do Condomínio Cidade Jardim, a palestra “Usar drogas não tem graça. Valorize a sua vida”.

Será nesta terça-feira, às 7h30min, tendo como palestrante o vereador Paulo Diógenes (PSD), que interpreta personagem humorístico “Raimundinha”. O evento marca a abertura neste ano do programa de palestras do Sinduscon.

Fortaleza registra chuva de 133.8 milímetros. É a maior do ano na Capital

Choveu 133.8 milímetros em Fortaleza, nesta madrugada de segunda-feira, segundo boletim da Funceme. No Estado, choveu em 174 cidades até as 8 horas da manhã.

Confira as 10 maiores chuvas

Fortaleza (Posto: Castelao) : 133.8 mm

Fortaleza (Posto: Fund.ma.nilva(agua Fria)) : 124.0 mm

Caririacu (Posto: Vila Feitosa) : 111.0 mm

Pedra Branca (Posto: Mineirolandia) : 110.0 mm

Independencia (Posto: Independencia) : 100.0 mm

Acopiara (Posto: Caixa) : 83.0 mm

Aurora (Posto: Ingazeira) : 83.0 mm

Barro (Posto: Brejinho) : 73.3 mm

Juazeiro Do Norte (Posto: Juazeiro Do Norte) : 70.0 mm

Oros (Posto: Palestina) : 69.0 mm.

Fortaleza não combina com chuva

alagamentoss

Alagamentos não faltaram durante esta manhã.

Choveu durante toda a madrugada desta segunda-feria em Fortaleza. No horário das 2 às 3 horas, houve maior intensidade, com muitos trovões e relâmpagos.

Em vários bairros como São Gerardo, Parquelândia e Parque Araxá, a energia elétrica oscilar bastante.

A maior consequência das chuvas foram os vários engarrafamentos registrados no começo desta manhã, além de alagamentos.

engarrafametno2

 

Avenida Gomes de Matos em clima de engarramento.

engafamento1

 

Engarrafamento quilométrico na avenida do Aeroporto.

(Fotos – Paulo MOsKa)

PCdoB diz que candidatura de Inácio ao Senado é projeto nacional, mas vai aguardar decisão de Cid

56 1

foto luis carlos paes pcdob

“Vamos aguardar até o dia 4 de abril (sexta-feira) para ver o quadro. A partir daí vamos definir melhor como o PCdoB se comportará nesse jogo”. A declaração é do presidente do PCdoB no Ceará, Luís Carlos Paes, que admite que uma possível candidatura de Ciro Gomes ao Senado “embaralha” o jogo à disputa ao Senado.

O dirigente disse ao Blog que a pré-candidatura de José Guimarães (PT) ao Senado é natural e que o projeto da reeleição de Inácio Arruda é uma determinação do comando nacional do partido. Mas o partido vai aguardar a decisão da renúncia ou não de Cid Gomes, em favor de uma possível candidatura do irmão ao Senado.

Parque Nacional de Jericoacoara não terá hotéis, nem restaurantes

foto jericoacoara

O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) anunciou que o projeto do Parque Nacional de Jericoacoara não terá mais hotéis e nem restaurantes. O projeto de Parceria Público-Privada (PPP) para a gerência do Parque Nacional de Jericoacoara foi debatido em audiência pública na Assembleia Legislativa, nessa sexta-feira (28), que atendeu requerimento dos deputados João Jaime (DEM) e Antonio Carlos (PT).

O gerenciamento do parque, por meio da PPP, previa a ampliação da Zona Urbana de Jijoca de Jericoacoara, com uso do dinheiro público, o que despertou interesse do setor privado.

Durante a audiência pública, o deputado João Jaime sugeriu a criação de um consórcio público entre a Prefeitura Municipal de Jijoca de Jericoacoara, Governo Estadual, Governo Federal e o Conselho do Parque para administrar todas intervenções no Parque Nacional de Jericoacoara, como requalificação de guaritas, construção de novos equipamentos, ordenamento do estacionamento, onde todo o lucro proveniente da cobrança de entrada de turistas, seria revertido em segurança, saúde, educação, limpeza pública e outros projetos de interesse da comunidade, tornando-se desnecessária a privatização do Parque.

Nossa sucessão tá um samba desafinado!!!

79 1

Em artigo enviado ao Blog, o leitor Odésio da Castro traz uma criativa análise do jogo sucessório no Ceará. Confira:

O governador Cid está tendo mta dificuldade de conduzir sua sucessão. Em se tratando de um Ferreira Gomes, que sempre passa a imagem de onipotência, pode parece paradoxal. Mas tá! São muitos os interesses para serem conciliados. E, diferentemente de 2010, agora em 2014, as “lideranças” não estão mais dispostas a ser apenas coadjuvantes, mas protagonistas.

É sabido que para manter um grupo político sem a caneta é mto difícil. Ele necessita de um mandato, e de preferência Senador. Mas isto ainda é pouco. Precisa manter o governo nas mãos de alguém mto confiável. E só um dentre os apresentados a ser ungido tem a confiança plena de Cid: Zezinho Albuquerque.

Mas para esta solução acontecer tem que acertar com Domingos Filho, atual vice, político articulado e que se move muito bem no tabuleiro do poder. Está sempre no lugar e na hora certa. É um profissional como os Ferreira Gomes. Domingos quer ser o candidato do PROS e agrada muita gente; talvez nem tanto a Cid e Ciro. Este é o primeiro problema.

A questão PT. A ala adesista, rendida, se propõe a tudo desde que venha se manter no poder. Deposita no Cid seu futuro. Essa história do Guimarães Senador é pura balela. É apenas querer vender o passe mais caro. Assim como o Inácio ser o candidato a Senador desta aliança. Também tá querendo ganhar alguns colégios eleitorais pra se eleger deputado federal. O PCdoB é astuto e muito ruidoso; pelo poder faz tudo, inclusive aquilo que o Brizola falou que o Lula faria pra chegar a presidência. Me desculpe, Inácio, diante desta conjuntura vc é totalmente dispensável hoje.

E as dificuldades continuam: Eunício. Este está sabendo aproveitar bem o momento. Com apoio de Cid ou não já é candidato. Está a cada dia se fortalecendo. Pode montar em torno de sua candidatura um boa tropa, até parte do PT que não se alia ao Cid. Aliás, Luizianne e cia estão torcendo que o PT feche questão com o candidato do Cid, seja quem for, porque vão dar apoio ao Eunício e por cima ainda se passam como vítimas. É correr para o abraço. Do jeito que a loirinha quer. E vai se dar mto bem! É o jogo que Ela gosta.

Cid não vai apoiar Eunício. Não existe uma única razão. A não ser que a reeleição de Dilma estivesse totalmente concretizada. Aí sim, os Ferreira Gomes estariam mto bem nos pós-governo. Teriam como se manter fortes. Por enquanto isto não embasa as discussões.

Num cenário pouco provável, cada um seguiria seu rumo: PROS com seu candidato, PMDB e PT, além do PSB que já lançou sua candidata. O DEM e PSDB apoiariam Eunício, mais o PR do Roberto Pessoa e cia. A nanicada se dividiria conforme as logísticas de campanha. É sempre assim.

O fato é que todos estão quebrando a cabeça pra arranjar uma solução que contemple PROS, Ferreiras Gomes, Eunício, Domingos, PT e até Luizianne. Mas ta difícil. Não sei por que tanta gente se assusta com este quadro. É plenamente normal o que esta acontecendo. Isso é nada mais que fim de ciclo. Em 2002 quase o ciclo inaugurado em 1986 ia por água abaixo por conta da divergência de Tasso e Ciro qto ao apoio presidencial. Mas trincou, tanto que em 2006 não teve jeito; o PSDB (leia-se Tasso), facilitou muito a eleição de Cid. (por fora né!!!). Agora, 8 anos depois (e impressiona pelo pouco tempo), o novo líder ta vendo alma. E tem um agravante: tirando aqueles que acham que em política 2 + 2 são 4, a eleição de Dilma é bastante controversa. E para os Ferreiras Gomes seria o pior dos mundos.

Mas quero dizer uma coisinha a mais: o Cid é inteligente. É um profissional da política. De repente Ele aparece com uma solução mágica, inimaginável a nós mortais. E é claro que seria de deixar um bocado do mundo com bocão aberto! Só aberto!

E o Tasso? Este parece que desistiu!!! Será mesmo?

De uma coisa tenho certeza: vamos ter uma grande surpresa!!!

PDT vai aguardar decisão de Cid, mas garante estar com o governador

foto andre figueiredo

O presidente do PDT no Ceará, deputado federal André Figueiredo, disse que aguardará a decisão do governador Cid Gomes, que na sexta-feira (5) decide se deixará ou não o Governo como forma de viabilizar uma candidatura Ferreira Gomes ao Senado.

Segundo o dirigente do PDT, o partido apóia qualquer decisão de Cid Gomes. André Figueiredo já anunciou que o professor Flávio Torres será o candidato do PDT ao Senado. Ex-suplente da então senadora Patrícia Saboya, Flávio Torres esteve por quatro meses como senador, quando recebeu elogios por seu trabalho.

Figueiredo também disse que não ficou surpreso com o desejo do PT em querer o apoio de Cid Gomes para uma candidatura de José Guimarães ao Senado.

Nicolle Barbosa deixa o CIC no dia 3 e mergulha como pré-candidata ao Governo

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=lgOgJFp5pTw&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

A presidente do Centro Industrial do Ceará, Nicolle Barbosa, entrega nesta segunda-feira, às 19 horas, o cargo para o empresário José Dias Vasconcelos. Ela faz um balanço das atividades e adianta que vai mesmo mergulhar na política.

Nicolle já está como pré-candidato do PSB de Eduardo Campos ao Governo do Ceará.

Artur Bruno – Pedir a vaga de senador foi um erro da maioria petista

brunoo

“A decisão do PT cearense de apoiar candidatura preferencial ao Senado é “um erro”, avaliou neste sábado o deputado federal Artur Bruno (PT). Segundo ele, o partido deveria ter lançado candidato ao governo, e agora corre risco de ter que voltar atrás com a decisão diante de mudanças na conjuntura estadual.

“Nós temos todas as condições para ter candidato ao Governo do Estado. O PT tem grandes nomes para lançar candidato, e fechar pelo Senado é lamentável. É como entrar em campeonato de futebol querendo ser vice-campeão, e não campeão, visto que a posição mais importante seria a de governador”, diz.

O parlamentar destacou, no entanto, posição aprovada no sentido de manter aliança com Cid Gomes no Ceará. “Isso foi correto, pois é isso que é importante. Trabalhar pela eleição da Dilma, trabalhar pela manutenção da unidade. O resto pode se discutir entre aliados”, avalia.

Segundo Artur Bruno, “muita água vai rolar” durante a sucessão, e medida apoiada neste sábado pode acabar sendo revertida diante de novidades na chapa montada por Cid Gomes no Estado.”

(POVO Online/Foto – Paulo MOsKa))

IJF-Centro manda nota sobre problema na refrigeração de centro cirúrgico

Sobre o caso da falta de refrigeração no Centro Cirúrgico do IJF-Centro, recebemos a seguinte nota de esclarecimento, que nos chegou por meio da assessoria de imprensa do hospital:

Esclarecimento:

O chefe do Centro Cirúrgico do Instituto Dr. José Frota, médico Roberto Ibiapina, esclarece que houve um problema na refrigeração do setor na última quinta-feira, mas foi logo resolvido e não houve redução nas cirurgias.

Assessoria de Imprensa do IJF-Centro.

VAMOS NÓS – Tudo bem, mas cirurgiões ainda neste sábado mesmo reclamavam do problema. Sim, pagara atrasados da Inovar ou ela foi substituída por outra empresa de manutenção?

Hora do Planeta e luzes apagadas por uma hora neste sábado

O apagão da Hora do Planeta neste sábado (29), das 20h30min às 21h30min, deve chegar a pelo menos 106 cidades brasileiras. O evento é promovido anualmente pela organização não governamental WWF para conscientizar a população mundial sobre a importância da conservação da natureza e de comportamentos sustentáveis.

Durante uma hora, as luzes de importantes monumentos serão desligadas. Vão participar da ação o Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, a Esplanada dos Ministérios, em Brasília, e a Igreja São Francisco de Assis (Igrejinha da Pampulha), em Belo Horizonte, e outros 300 monumentos em todo país. A WWF-Brasil promove um evento oficial da Hora do Planeta na Praça Victor Civita, em São Paulo.

Um dos primeiros países a inaugurar a campanha este ano, que envolve mais de 150 países, foi a Nova Zelândia. Às 20h30 local apagaram-se as luzes durante uma hora do Parlamento, museu de Auckland e da torre Sky Tower e em milhares de lares do país.

(Agência Brasil)

Confira discurso de José Guimarães, indicado pelo PT para a vaga de senador

119 1

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=IshjTWZ84-g&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

Confira o momento em que o deputado federal José Guimarães (PT) discursou, neste sábado, durante encontro da legenda, para o auditório lotado do Hotel Romanos, em Messejana. O partido decidiu que quer o Senado e que José Guimarães é o nome para a vaga na chapa. O partido decidiu também lutar pela manutenção da aliança com o Pros do governador Cid Gomes e com o PMDB do senador Eunício Oliveira.

Guimarães, como postamos anteriormente, deu o recado de que o PT não tem que pedir autorização a ninguém para reivindicar o Senado.

O encontro foi esmagadoramente favorável ao PT para o Senado, por meio da corrente apoiada por Guimarães. Houve pregação por candidatura própria ao Governo e quem defendeu foi o deputado federal Artur Bruno. Também endossou essa tese o vereador Guilherme Sampaio, da ala de Luizianne Lins, que não compareceu.

Até Elmano de Freitas, presidente do PT de Fortaleza, defendeu o nome de Luizianne para candidata ao Governo, mas, pela ausência dela, deu para perceber que a petista só entra em jogo vitorioso. Ali, era minoria mesmo.

Triste sina

89 4

Em artigo no O POVO deste sábado (29), o médico, antropólogo e professor universitário Antonio Mourão Cavalcante acredita que Cid Gomes deve renunciar nos próximos dias. Confira:

A lucidez do déspota é a desmesura. Acredito que a democracia é um sistema corretivo. Não deixa que o déspota pense além do prazo. O voto vem e desmancha as ilusões mais mordazes que possam ser armadas. Recentemente, disse nesse mesmo espaço, que o governo Cid Gomes era moribundo. Essa semana ele vai acabar… E, a hora da inana chegou. (inana – situação difícil, aflitiva. Aquilo que causa aborrecimento, amolação. Briga, pancadaria.) O processo se desenha confuso. Não é possível contentar a todos. Vai sobrar gente na curva, apesar de promessas, juras e compromissos de todos os tipos.

Gostaria de refletir sobre o significado das alianças partidárias. O antes e o depois. Na campanha, juras de amor total. Nunca nos afastaremos. Buscaremos o melhor para nosso povo. Eleitos, vem a partilha. Cada um cuidando da fatia que lhe cabe “nesse latifúndio”.

Chegada a sucessão, os amores se despedaçam. Não ficam cacos da aliança. Detona-se o “salve-se quem puder.” Aí as feridas e traumas mostram-se a céu aberto. Fraturas expostas.

No Ceará, agora, estamos com este cenário. O governador se acha no direito de fazer o sucessor. Por que? Para que? Pouco importa. Ele quer. Aí, como tem uma história de tempo de televisão, um partido (PMDB) aliado de primeira hora e um PT (leia-se Guimarães) louco para ser senador, a coisa complica. Só tem lugar para dois, quando são, pelo menos três disputando. (Sem falar no PCdoB) que ainda sonha com Inácio ao Senado…

E os interesses do Ceará? Ficam temporariamente desligados, até que se faça uma chapa boa de ganhar. Mesmo que tudo já venha distribuído e com donos…

Assuntos como a violência, a seca, a saúde, a educação ficam postergados. Não se fala disso por enquanto. Isso não é o essencial. Inventa-se uma coisa mágica. Da outra vez, as Hiluxs do Ronda não conseguiram engabelar? E o aquário, quem vai concluir? E a refinaria? E a siderúrgica? Promessas para próxima campanha. Tenha calma!

Ninguém sabe apontar onde estão as divergências ideológicas desses senhores. Por que eles estão juntos ou separados, se a única causa que os motiva é o poder pelo poder. Sentar naquele trono e dizer: o rei agora sou eu!

Triste Ceará. Foi assim. É assim. Será sempre?

Quem ganha com a disseminação do medo?

68 2

Em artigo no O POVO deste sábado (29), o jornalista Luiz Henrique Campos diz que o Governo do Estado não consegue apresentar uma solução para conter os alarmantes índices da violência, apesar dos investimentos. Confira:

É inegável que os índices de violência no Ceará, mais particularmente na Região Metropolitana de Fortaleza, têm crescido assustadoramente e aumentado a sensação de insegurança na população. Também é fato que o Governo do Estado, apesar de ter investido mais do que qualquer outra gestão anteriormente na área da segurança pública, bem como efetuado concursos para profissionais do setor, encontra-se nas cordas em relação a apresentar solução para minimizar o problema, sem contar que falta menos de um ano para o término da administração Cid Gomes.

De todo modo, tem sido intrigante verificar por parte de alguns setores formadores de opinião, mais do que a justificada sensação de medo, certo ar velado de comemoração no que diz respeito ao aumento desses índices. Na última segunda-feira, ouvi várias pessoas decepcionadas porque o Fantástico, da Rede Globo, teria sido morno ao destacar o problema da violência no Ceará. É bom lembrar que na semana anterior foi intensa a divulgação de que o Estado seria destaque negativo em rede nacional.

Chama a atenção, ainda, a forma como lideranças da própria polícia fazem questão de alardear a incapacidade de combater os índices de criminalidade. Nunca tinha visto uma categoria fazer tanta questão de se mostrar inoperante. Ora, quando a própria polícia admite que o ladrão ser pego no Ceará é muito azar do meliante, é quase como dizer que a população não pode mais contar com esse serviço. Vamos então agir com as próprias mãos, é esse o recado? Fico a me questionar a quem interessaria isso? Pelo que sei, nunca as empresas de segurança privada ganharam tanto como agora. Será que outros segmentos também não estariam ganhando com essa disseminação do medo?

Em conversa recente com um policial, este me disse que muitas das mortes registradas em Fortaleza têm como vítimas pessoas com antecedentes criminais. Será que já não estaria havendo uma “limpeza” não oficializada dos criminosos? Tai um bom mote para a nossa academia, tão operosa em opinar nas páginas de jornais sobre o tema, estudar a fundo. O problema da violência está diretamente ligado a sensação de medo que se dissemina a partir de seus índices. E esse é um fenômeno que está sendo deixado de lado nas análises.