Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Inácio Arruda comemora reaproximação EUA-Cuba

Plenário do Senado

O senador Inácio Arruda (PCdoB) comemorou a reaproximação política dos EUA com Cuba. “Retomar essas relações significa garantir um direito elementar dos povos, o direito à sua soberania, e, no caso de Cuba, garantir o seu projeto de desenvolvimento, o progresso social”, afirma o parlamentar. Inácio lembra que o Brasil, nos últimos quase 30 anos, desde a retomada democrática, atua no sentido de contribuir com Cuba, seja no governo de José Sarney, de Collor, Itamar, Fernando Henrique, Lula e no governo de Dilma.

“Nenhum desses governos do campo democrático deixou de contribuir com Cuba. Agora assistimos a essa retomada de relações que é muitíssimo importante para o cenário político da América Latina e para o mundo”, afirma

Ele registrou no Senado esse “momento histórico” e destacou participação do Papa Francisco. “Portanto, nossas congratulações ao povo cubano, à sua Chancelaria no Brasil, ao seu Embaixador. Que recebam os nossos cumprimentos por esse passo tão largo que foi alcançado pelo seu povo neste dia de hoje. Este é o nosso registro, que considero muito importante para a história política da América latina”.

VAMOS NÓS – Vale torcer também pela abertura democrática da China?

O Ciclo Cidista sobreviverá na Era Camilo?

Com o título “Um ciclo que se encerra”, eis artigo do jornalista Luís-Sérgio Santos. Ele aborda o fim do ciclo de dois governos liderados por Cid Gomes (Pros) no Estado. Ele aborda principalmente um Cid político e sua arte de fazer e desconstruir alianças e de ser surpreendente, ao ponto de bancar o PT em seu lugar no trono. Confira:

Em menos duas semanas encerra-se o ciclo de dois governos consecutivos liderados pelo governador Cid Ferreira Gomes. O Ceará viveu, neste período, um intenso ciclo de desenvolvimento e viu o jovem Ferreira Gomes se impor como uma sólida liderança não sem muitas vezes assumir o enigmático papel de esfinge ao esgrimar silenciosa e friamente até levar interlocutor à asfixia.

Cid jogou o jogo político e contratou todos os riscos possíveis ao preço do próprio desgaste — conjugou exaustivamente o dito “não se faz omelete sem quebrar ovos”. Para dar forma às suas propostas construiu alianças, desfez alianças ou, mais que isso, deixou-as romperem-se pela tática da asfixia. Ansiedade, tão inerente à insalubridade que rodeia a atividade política, parece não fazer parte da sua prática — pelo menos não é perceptível ao olhar público. Olhar público porque, como disse o poeta Caetano, “de perto, ninguém é normal”.

A carreira política de Cid é sempre ascendente ao ponto de colocar seu inspirador contemporâneo mais próximo, o ex-governador Ciro Gomes, na condição de coadjuvante e explícito admirador: “quem manda é o governador”, lembra Ciro Gomes, hoje secretário da Saúde do Ceará.

Ao irônico e polêmico Voltaire atribui-se a frase “Deus me defenda dos amigos, que dos inimigos me defendo eu.” Nesse ponto Cid saiu-se bem. Dormiu com amigos e acordou com inimigos e vice-versa. Em um épico shakespeariano matou o pai, não que este o tivesse abandonado, mas a metáfora de “Édipo Rei”, inspiradora de Freud, se configurou aqui com a ruptura sobre a qual poucas acreditavam poder acontecer. Mas o fato é que o rompimento de Ciro e Cid com Tasso Jereissati — um dos grandes padrinhos políticos de Ciro, talvez o maior — confirma a frase de Magalhães Pinto, “política é como nuvem. Você olha e ela está de um jeito. Olha de novo e ela já mudou.” Ou, José Martins Rodrigues, para quem “em política não há jamais.”

Mas o movimento político mais arriscado do governador foi a mudança no atacado do seu grupo para um partido então recém-fundado, pequeno e inexpressivo, o Pros o que gerou rumores desconfortáveis até mesmo em sua base. Os atritos internos entre a cúpula nacional e diretório estadual do Ceará, provisório, foi momento de grande estresse. Politicamente superado colocou-se sobre o conflito uma pá de cal mas as cicatrizes estão lá.

A cartada mais recente confirma o conhecimento eleitoral aplicado de Cid Gomes e de seu irmão, Ciro. A escolha do candidato Camilo Santana, do PT, talvez tenha surpreendido o próprio Camilo. Empurrar o jogo para o segundo turno foi o golpe certeiro rumo à vitória, não sem perdas e muitos danos. Há dois anos repetira a tática de guerrilha ao derrotar, na disputa para o executivo municipal de Fortaleza, o candidato da sua então recém desafeta política, Luizianne Lins, e eleger o noviço Roberto Cláudio prefeito, pinçado do parlamento estadual direto para o Palácio do Bispo.

O ciclo se encerra, do ponto de vista formal e assim será visto pela história. Mas as marcas do governo permanecerão, em obras físicas que continuam, como o Acquário, por exemplo. Ambiguamente, a despeito de um ciclo encerrado, Cid permanece pelo menos espiritualmente, através de sua mais recente grande obra eleitoral, a eleição de Camilo.

O ciclo fecha mas o portal está aberto.

Mauro Benevides ganha comenda do Ministério da Justiça

senadormauro

O deputado federal Mauro Benevides (PMDB) é um dos homenageados em cerimônia que o Ministério da Justiça realizou, nesta manhã de quinta-feira, em Brasília. O ato marca os 10 anos da Reforma do Judiciário.

Mauro Benevides recebeu comenda do MJ, bem como a defensora-pública geral do Ceará, Andréa Coelho, e a secretária da Justiça e Cidadania do Estado, Mariana Lobo.

(Foto – Agência Câmara)

Coral da Fundação Ana Lima faz recital natalino na redação do O POVO

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=E55dWi9aXV8[/youtube]

O Coral Vozes do Ilhas, da Fundação Ana Lima, o braço social do Grupo Hapvida, fez apresentação na redação do POVO, nesta quinta-feira.

No repertório, o grupo, formado por crianças e adolescentes, sob a regência do maestro Márcio Barbosa, entoou peças natalinas.

Sobral ganha uma loja da Rede Assaí

foto veveu sobral

Com a presença do prefeito Clodoveu Arruda (PT), será inaugurada hoje, a filial da Rede Assaí Atacadista na cidade de Sobral (Zona Norte). Será a sexta loja do grupo no Estado, resultado de um investimentos da ordem de R$ 27 milhões do Grupo Pão de Açúcar.

O público alvo, segundo o presidente da rede, Belmiro Gomes, vai desde o pequeno e médio comerciante, transformadores (donos de lanchonetes, restaurantes, pizzarias e quiosques) e utilizadores (igrejas, quarteis etc), até o consumidor final. Além de Sobral, a rede atenderá a quase 40 municípios da zona Norte.

EUA – Cuba: O outro muro que começa a ruir

Do jornalista Fábio campos, no O POVO desta quinta-feira, uma análise sobre a reaproximação política entre os EUA e Cuba.

Poucas decisões de Estado foram dotadas de tanta falta de inteligência quanto o bloqueio econômico dos EUA a Cuba. Um bloqueio do tipo prejudica sempre o conjunto da população (menos a cúpula) e acaba por reforçar e justificar as ânsias autoritárias de quem está no controle do poder. Em resumo, o bloqueio ajudou a manter Cuba fechada e garantiu a impressionante perenidade dos irmãos Castro no poder. Lá se vão mais de 50 anos.

O bloqueio continua, mas foi anunciada ontem a política de “détente” entre os dois países. É um fato de valor histórico. Já houve troca de prisioneiros. Foi só o começo. Os protocolos que regem a aproximação projetam autorização para uso de cartões de crédito e débito americanos em Cuba, a ampliação das autorizações de viagens de residentes nos EUA à ilha, a ampliação de US$ 500 para US$ 2.000 no valor de remessas trimestrais à ilha e o aumento no valor de exportações e importações entre os dois países.

Outro ponto muito importante: Cuba concedeu sinal verde para que empresas de telecomunicações americanas, incluindo as de internet, operem no País. Creiam, apenas esse conjunto de medidas já proporcionará forte impacto econômico a favor de Cuba. O fato é que a tendência é, cedo ou tarde, o Congresso dos Estados Unidos aprovar o fim desse lamentável bloqueio econômico. Sim, como é peculiar às democracias, o fim do bloqueio precisa passar pelo Parlamento.

Mas os efeitos em Cuba não vão se restringir às melhorias econômicas em um País que ficou em situação muito difícil após o esfacelamento da União Soviética, cujo regime bancava a ilha. As aberturas econômicas acabam por provocar efeitos na política. Uma abertura acaba levando à outra. Que assim seja.

Que maravilha seria ver a ilha se tornar uma democracia representativa, com parlamento, liberdade de organização partidária, eleições livres, liberdade de imprensa e direito à propriedade individual. Tudo aquilo que a democracia ocidental aprendeu a chamar “Estado de Direito”.

Sempre que me perguntam a respeito de Cuba, minha resposta é a mesma: “Tenho dificuldade de aceitar e apoiar um país onde não poderia exercer a profissão de jornalista, de analista político, com as plenas liberdades que a democracia o Brasil nos deu”. Simples assim. Há um bom número de jornalistas presos em Cuba por tentarem exercer a crítica. Presos pelo “delito” da opinião.

Cuba ainda mantém presos políticos. Estima-se que haja hoje em torno de 100 presos políticos no país. Tem diminuído, é verdade. Quando Fidel Castro se aposentou, eram cerca de 300. Caiu a quantidade e mudou o método. Com Raul, Cuba adotou as prisões rápidas para reprimir dissidentes. Com as temporadas curtas na prisão, o regime desarticula os movimentos pró-liberdade.

A abertura econômica tende a criar mais dificuldades para a repressão. Quanto mais Cuba se integrar à economia internacional, mas difícil será manter o regime fechado. As trocas comerciais impõem liberdade de ir e vir. Que o bloqueio se vá, quem sabe ajuda a levar com ela a ditadura.

Ivo Gomes quer reclassificação do horário dos programas policiais

ivoghommes

Consta na pauta de votações desta quinta-feira da Assembleia Legislativa um requerimento do deputado Ivo Gomes (Pros), que promete bom debate: ele quer mudar o horário dos programas policiais das tevês locais.

Hoje o cearense – se não usar o controle remoto, toma café da manhã com programa policial, almoça com programa policia e ainda janta com programa policial. Resta saber como vão se comportar os senhores parlamentares da chamada “Bancada da bala”. Confira o teor do requerimento.

votarrrr

VAMOS NÓS – O parlamentar quer, na verdade, uma reclassificação de horários para esses programas. Nada daquela de que isso seria censura, por favor.

Centro de Referência sobre Drogas será inaugurado nesta quinta-feira

socorrofranca

O governador Cid Gomes e Socorro França, esta a titular da Assessoria Especial de Políticas sobre Drogas, vão inaugurar nesta quinta-feira, às 10 horas, o Centro de Referência sobre Drogas (CRD). O ato, que ocorrerá na rua Oto de Alencar, 193, no bairro Jacarecanga – antiga sede do Colégio Juvenal Galeno, terá à frente a assessora especial de políticas sobre drogas, Socorro França.

Pelo decreto nº 31.531, de 14 de julho de 2014, o CRD é a mais nova unidade da estrutura da Secretaria da Saúde do Estado e vai integrar as políticas públicas intersetoriais sobre uso de álcool e outras drogas. Com esse objetivo, promoverá ações de prevenção e fortalecer a atenção integral aos usuários e suas famílias, acolher e encaminhar dependentes e seus familiares para as redes assistencial e de reinserção social, além de capacitar recursos humanos e fomentar a realização de pesquisas de dados epidemiológicos no Estado.

O CRD está estruturado em quatro núcleos. O Núcleo de Atendimento fará o acolhimento presencial, com funcionamento das 8 às 17 horas, de segunda a sexta-feira, no teleatendimento, pelo número 0800 2751475, e em duas Unidades Móveis de Prevenção e Orientação sobre Drogas. O Núcleo de Capacitação em Assistência a Dependentes Químicos desenvolverá ações de qualificação teórico-prática de profissionais para atuar na área, enquanto o Núcleo de Prevenção Sobre Drogas vai articular ações preventivas junto com os municípios.

Pelo fim dos shows em inaugurações da área pública

ivete sangalo

Com o título “Pelo fim dos shows em inaugurações”, eis o Editorial do O POVO desta quinta-feira. Em respeito ao dinheiro público, o texto apregoa: “É muito mais barato e adequado convidar o padre para benzer.” Confira:

A contratação do show da cantora Ivete Sangalo para a inauguração do Hospital Regional de Sobral, em 2013, foi considerada regular pelo Tribunal de Contas do Ceará (TCE). Segundo reportagem da edição de ontem do O POVO, assinada pela repórter Hébely Rebouças, cinco dos seis conselheiros presentes avaliaram que o Governo do Ceará justificou o cachê de R$ 650 mil pago à cantora. “A legitimidade do show chegou a ser questionada – mas as críticas não foram suficientes para mudar o entendimento da maioria”.

Os conselheiros também aprovaram a recomendação para que nas próximas contrações de shows, o Governo justifique “minuciosamente” a decisão. Em resumo, o TCE sugere que o Poder Público apresente três orçamentos, do mesmo artista, para provar que o cachê a ser pago atende aos padrões de valor do mercado.

A contratação do show pode até ter atendido aos critérios formais. Porém, há uma questão moral em torno do caso. É evidente que um show de música popular não é uma boa ideia para inaugurar um hospital, independentemente do porte do equipamento. É evidente também que os custos do evento para o contribuinte não atende à racionalidade administrativa de um estado que se mantém entre os mais pobres do País.

A contratação desses shows de entretenimento pelo Poder Público se tornou um costume no Brasil, principalmente nos estados do Nordeste. No passado, eles ocorriam com bem menos frequência e respeitavam a um calendário que justificava a contratação. Aniversário das grandes cidades ou eventos inseridos em políticas de atração de turistas, por exemplo.

Nos últimos dez anos, a contratação de shows passou a ser uma ação quase banal. No âmbito do Estado, por exemplo, ocorreu um show em todas as inaugurações. Muitas vezes, de cantores caros. Com isso, floresceram estruturas milionárias para intermediar a contratação de shows, palco, som e iluminação. Tudo regiamente pago (muitas vezes a preços escandalosos) pelo contribuinte.

O ideal é que ocorra uma moralização na contratação desses eventos. Um calendário que os justifique. Em inaugurações de bens públicos, o bom senso, a moralidade pública, a austeridade com o dinheiro de cada um dos cidadãos, impõe a proibição. É muito mais barato e adequado convidar o padre para benzer.

Petrobras quer biodiesel à base das vísceras do pescado do açude Castanhão

Da Coluna Vertical, no O POVO, desta quinta-feira (18):

Nesta quinta feira (18), a Petrobras Biocombustível e a Secretaria da Pesca e Aquicultura do Ceará (ela existe!) assinarão, em Jaguaribara, convênio para garantir assistência técnica aos piscicultores que atuam nos açudes do Castanhão e Orós. Também será firmado o primeiro contrato de compra e venda de Óleos e Gorduras Residuais (OGR) de peixe com a Cooperativa dos Produtores do Curupati, que expandirá as alternativas de matérias-primas para o biodiesel produzido pela companhia no Ceará. Esse primeiro contrato envolverá piscicultores que atuam no açude Castanhão.

O uso do óleo extraído das vísceras do pescado na produção de biodiesel cria novo nicho para um mercado em formação. A companhia garantirá biodiesel com qualidade e os piscicultores, renda extra. Isso ainda fortalecerá a cadeia produtiva do pescado com novos produtos resultantes da extração do óleo. Ou seja, um potencial passivo ambiental vai virar matéria-prima para produção de biodiesel, adubo, ração animal e geração de biogás.

Eunício quer legitimar incentivos fiscais para garantir empresas no Ceará

foto eunício 141217 economia

A chamada “guerra fiscal” dos Estados ganhou um novo capítulo nessa quarta-feira (17), em Brasília, depois que o senador cearense Eunício Oliveira (PMDB) conseguiu uma manifestação favorável do futuro ministro da Fazenda, Joaquim Levy, para a legitimação dos incentivos fiscais para o setor produtivo brasileiro.

O líder do PMDB e da Maioria no Senado participou do encontro com o futuro ministro, que faz parte de uma séria de reuniões que Joaquim Levy está realizando com os líderes dos partidos da base aliada do governo Dilma.

Para Eunício, o importante é assegurar a permanência de grandes empresas no Ceará, garantindo os empregos gerados e possibilitando o desenvolvimento dos municípios cearenses onde essas empresas estão instaladas.

(Foto – Senado Federal)

TRE aprova contas da campanha do governador eleito Camilo Santana com ressalvas

eleições 2014 2t pt 1007 camilo e salmito

O Tribunal Regional Eleitoral aprovou com ressalvas, durante sessão nesta quarta-feira, as contas de campanha de Camilo Santana (PT), eleito governador do Estado.

O processo de 20 volumes foi relatado pela juíza Joriza Magalhães Pinheiro, que acompanhou, em seu voto, o parecer dos analistas de contas do Tribunal e parecer do Ministério Público Eleitoral.

Segundo a relatora, as prestações parciais omitiram dados de doações e a prestação final apresentou outras “inconsistências que não comprometem a verificação dos gastos”.

Reriutaba monta “cidade natalina” à base de decoração com garrafa pet

erfituabba

A cidade de Reriutaba (Zona Norte) investiu numa decoração criativa, econômica e que incentiva a preservar a natureza: uniu garrafas pet e outros materiais recicláveis a uma iluminação colorida para transformar sua principal praça numa espécie de “cidade natalina”.

O prefeito Galeno Taumaturgo vem ganhando parabéns pela  iniciativa.

(Foto – Leitor do Blog em Reriutaba)

Comunidade Judaica no Ceará comemora o “Janukah”

529 1

Até o próximo dia 24, a comunidade judaica no Ceará comemora o “Janukah” ou “Festa das Luzes”. Não, não tem nenhuma relação com o Natal e a coincidência de datas se deve ao fato de o calendário judaico ser lunar. O que é comemorado não é a vitória sobre os gregos e sírios, fato registrado no ano 175 A.C., mas o milagre do óleo que deveria durar apenas uma noite, ter mantido a chama acesa por oito noites, no Templo de Jerusalém.

No ano 175 A.C., quando a Judéia (Israel) era dominada pelos gregos, o rei Antíoco IV proibiu a prática do judaísmo, desejando transformar Jerusalém em uma cidade helenizada. O sacerdote judeu Matityahu Hashmonaí e seus filhos lideraram uma rebelião contra as leis gregas. Um dos filhos, Yehuda, organizou um grupo de guerreiros, os Macabeus (que significa “martelo”), também conhecidos pelos historiadores como zelotes.

Apesar de as forças gregas serem superiores, depois de três anos de luta, os Macabeus retomaram o Templo em Jerusalém e retiraram os ídolos gregos. Ali encontraram apenas um pouco de óleo puro de oliva, suficiente para manter o candelabro aceso por um dia. No entanto, o óleo durou oito dias, tempo suficiente para que um novo azeite puro pudesse ser produzido e trazido ao Templo.

MPF ajuíza ação para garantir direitos do povo índigena Tabajara e Kalabaça

O Ministério Público Federal (MPF) ingressou com ação civil pública na Justiça Federal para condenar a União e a Fundação Nacional do Índio (Funai) a iniciarem o procedimento de identificação e demarcação da terra indígena do povo Tabajara e Kalabaça e a pagarem indenização por danos morais coletivos aos indígenas. A medida foi tomada em razão da omissão abusiva na demarcação das terras tradicionalmente ocupadas por essa comunidade, na localidade de Cajueiro, em Poranga.

De acordo com o MPF, a ocupação tradicional indígena em Cajueiro está comprovada por estudos acadêmicos e antropológicos e é reconhecida pela própria Funai, que presta assistência local aos índios Tabajara e Kalabaça. O Ministério da Saúde, nacionalmente por intermédio da Secretaria Especial de Saúde Indígena e, localmente, pelo Distrito Sanitário Especial Indígena do Ceará, também presta assistência à saúde dos povos indígenas há vários anos.

O MPF apurou, porém, que a Funai sequer iniciou procedimento de demarcação no local, e informou que não havia previsão para constituição de novos grupos técnicos de trabalho enquanto não fossem concluídos os procedimentos em curso, por motivo de estrutura e recursos humanos escassos.

“Por conta dessa omissão, a comunidade indígena Tabajara e Kalabaça vem sofrendo sucessivos prejuízos, pois na localidade existe conflito entre indígenas e posseiros não-indígenas desde 2007, quando ocorreu a retomada da terra pela comunidade indígena, e a disputa envolve também a utilização da palha das carnaúbas para fins artesanais situadas na área em litígio”, detalha a procuradora autora da ação ajuizada pelo MPF.

Na petição inicial da ação civil pública, o MPF pede que seja determinado, em antecipação de tutela, que a União e a Funai, no prazo máximo de 120 dias, iniciem o procedimento de identificação e demarcação da Terra Indígena de Cajueiro e observem, durante a execução, os prazos legais, até a conclusão dos referidos trabalhos.

(Com MPF-CE)

Bibliotecas da UFC só receberão teses e dissertações em versão eletrônica

A Biblioteca Universitária e a Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade Federal do Ceará informam que, a partir de 1º de janeiro de 2015, os trabalhos de conclusão de curso (TCCs) de graduação e de pós-graduação lato sensu, bem como as dissertações e teses produzidas na Universidade, serão recebidos por esses setores exclusivamente em versão eletrônica. Ou seja, ficará dispensada a entrega de vias impressas desses documentos.

A medida considera a necessidade de preservação e distribuição da produção científica da Universidade em consonância com as diretrizes do Plano de Logística Sustentável da UFC (PLS – UFC).

Todos os trabalhos acadêmicos citados serão disponibilizados nos repositórios digitais do Sistema de Bibliotecas, que são: Biblioteca Digital de Teses e Dissertações (BDTD), Repositório Institucional e catálogo eletrônico do acervo (Sistema Pergamum).

SERVIÇO

As novas normas para o recebimento das teses e dissertações e dos TCCs estão disponíveis no site da Biblioteca Universitária:

Orientações para publicação eletrônica de teses e dissertações
Orientações para entrega dos trabalhos de conclusão de curso de graduação e pós-graduação lato sensu.

* Mais informações pelos telefones (85) 3366 9506 / 3366 9507.

(Com Site da UFC)

Magis Incorporadora promoverá o “Natal dos Sonhos” da Fundação Terra

 

natall

A Magis Incorporações, que tem como controlador Deda Studart, vai realizar o “Natal dos Sonhos” para mais de 120 crianças. A ação é uma parceria com a Fundação Terra e grandes empresas cearenses, que se mobilizaram para o evento que ocorrerá a partir das 8 horas do próximo sábado, na Creche Pleno Vier, no Alto Alegre II, em Maracanaú (Região Metropolitana de Fortaleza).

Na ocasião, a criançada participará de festa, com direito a brinquedos, contação de história, visita do Papai Noel, oficina de artes marciais, recreação e lanche. A iniciativa faz parte do programa de voluntariado da incorporadora, “Os Construtores do Bem”.

Fundação Terra

A Instituição foi fundada por Padre Airton Freire e há 30 anos atende pessoas em situação de risco no semiárido pernambucano e, mais recentemente, na primeira unidade da Fundação no Ceará, localizada em Maracanaú. Promove a educação em todos os níveis, com turmas de Educação Infantil, Ensino Fundamental e Educação Profissionalizante.

Em Brasília, o que se diz é que Cid Gomes aceitou ser ministro da Educação

216 1

NACIONAL

Deu no Correio Braziliense On line desta quarta-feira:

O governador do Ceará, Cid Gomes (Pros), aceitou, nessa terça-feira, o convite para ser ministro da Educação. Ele esteve no Palácio do Planalto para conversar com a presidente Dilma Rousseff, mas ela já tinha viajado à Argentina. Cid desistiu de assumir um posto de consultor do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), em Washington.

Trazer o cearense para a Esplanada era um desejo antigo da presidente Dilma. O Programa Alfabetização na Idade Certa, do governo federal, foi inspirado em projeto semelhante implantado pelo governo do Ceará durante a gestão do futuro ministro da Educação.

VAMOS NÓS – Cid Gomes encontra-se nesta quarta-feira em Granja (Zona Norte), onde inaugura uma escola. A assessoria dele diz desconhecer tal informação, mas informa que Cid esteve, na terça-feira pela manhã, em Brasília.

Em Brasília, Camilo fecha emendas e almoça com parlamentares

arnno

O governador eleito Camilo Santana (PT) está em Brasília, nesta quarta-feira. Segundo assessores, hora de fechar emendas do interesse do Estado quando da votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias 2015.

Camilo, inclusive, almoça com os deputados federais José Nobre Guimarães, José Arnon – este presidente do PTB estadual, e com Domingos Neto (Pros).

Aproveita para fechar detalhes do seu secretariado. O PTB de Arnon, por exemplo, quer ter presença na equipe. Se não for no primeiro escalação, ocupando comando de órgãos vinculados.