Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Enquanto Cid omite Lúcio em ato com a presença de Dilma, ex-governador reza

76 1

luicioo

Lúcio e sua irmão Lúcia, durante missa no fundão da Catedral.

Enquanto Cid Gomes festejava com a presidente Dilma Rousseff, em ato no Parque de Exposições da Secretaria do Desenvolvimento Agrário, o presidente regional do PR e ex-governador Lúcio Alcântara estava, nesta quarta-feira, assistindo à Missa dos Josés, na Catedral.

Lúcio estava no fundão da Catedral, quem sabe para rezar melhor por quem não quis citar seu nome. Cid Gomes, na presença de Dilma, discursou citando a obra do Eixão das Águas, destacando que tudo começou com a Era Tasso Jereissati e foi continuada “por outro governador”, o dele no caso.

O ex-governador não foi convidado para esse ato – ele é aliado de Dilma, por fazer oposição aos Ferreira Gomes.

Será que teria rezado pedindo pelo amigo Roberto Pessoa, que viu ex-secretário seu, no caso o vice-prefeito de Maracanaú, Cláudio Bandeira de Melo, foragido da Polícia sob acusação de fraudes em licitações?

Só Deus sabe.

Dilma não esquece nome do prefeito e o chama de “pessoa mais alegre que conheço”

plaaa

Dilma e Cid descerrando placa que inaugura Eixão.

Dessa vez, em seu discurso, a presidente Dilma Rousseff, em ato no Parque de Exposições da Secretaria do Desenvolvimento Agrário, nesta quarta-feira, fez questão de citar, logo no começo de sua fala, o prefeito de Fortaleza. Não errou o nome dele e não só o chamou de “Roberto Cláudio” como o qualificou como ” a pessoa mais alegre que conheço”. Houve risos e aplausos no local completamente tomado de prefeitos, parlamentares e lideranças de entidades do setor rural.

Na última vez que esteve em Fortaleza, para entregar linha do Metrofor, Dilma chamou o prefeito de “Antônio Cláudio”. Na solenidade, antes do discurso, Dilma entregou máquinas agrícolas e inaugurou o trecho V do Eixão das Águas ao lado do governador Cid Gomes (Pros).

dilmm

Dilma, ainda em sua fala, citou o presidente da Assembléia Legislativa, Zezinho Albuquerque, e os três senadores, definindo-os como companheiros. Ela destacou que o governo federal apostou em projetos de mobilidade urbana, como metrôs, por exemplo, para as grandes cidades e agora, com kits de máquinas agrícolas,  quer apoiar o desenvolvimento do Interior do País.

Ainda em sua fala, fez questão de dizer que estava entregando uma “obra estruturante” e que enfrenta o problema da seca, no caso o quinto trecho do Eixão das Águas. Dilma ainda pediu que o padroeiro do Ceará, São José, protegesse também outros pontos do País que vivem dificuldades. Lembrou que, apesar da pior seca, segundo estudiosos, não se vê invasão nem saques em municípios por parte de agricultores como no passado.

Almoço

A presidente Dilma vai almoçar no Hotel Vila Galé e, depois, seguirá para Sobral (Zona Norte), onde entregará títulos de propriedade de terras.

Piso tátil da Nova Monsenhor Tabosa parece mais peça de decoração

A Nova Monsenhor Tabosa, obra da Prefeitura de Fortaleza, recentemente entregue pelo prefeito Roberto Cláudio (Pros), ficou uma beleza.

Há, no entanto, um segmento reclamando de certo detalhe do projeto que saiu de sintonia: o piso tátil para cego colocado nesse corretor de compras parece ter sido tratado como peça de decoração. Confira:

psiotatio3pisotatio

 

(Fotos – Facebook)

 

Cid diz que Eixão das águas começou com Tasso. Ele omite nome de Lúcio Alcântara

cidod

“Eu sou o maior governador na História do Ceará!” – disse, nesta quarta-feira, no Parque de Exposições da Secretaria do Desenvolvimento Agrário, o governador Cid Gomes (Pros0. Calma, ele se referiu à sua altura, que é 1m84cm, observando que outro gestor estadual que passou pelo Abolição teria 1m80cm.

Ciro fez essa ironia, que arrancou risos e aplausos, ao agradecer à fala do presidente da Associação dos Prefeitos e Prefeituras do Ceará (Aprece), Expedito Leite, que destacou Cid como o maior gestor estadual da história do Estado.

Em meio a agradecimentos por apoio no campo agrícola. Cid Gomes fez questão de destacar que o Ceará alcançou ótimos resultados no plano econômico em fevereiro último. Registrou mais de sete mil novos empregos.

Sobre o Eixão das Águas, citou que foi projeto planejado no segundo Governo Tasso Jereissati, tendo co seguido apoio do Banco Mundial. Depois disse que o governo que sucedeu Tasso – não citou o nome de Lúcio Alcântara, conseguiu fazer um dos trechos do empreendimento.

Aproveitou o ato e anunciou que, mesmo com chuvas, procurou se antecipar às consequências da seca. Disse estar iniciando uma série de adutoras com engate rápido, que é uma nova tecnologia com liga de aço importada, para garantir água para áreas em dificuldade.

Ministro agradece como “cearense” a conclusão das obras do Eixão das Águas

O ministro de Integração Nacional, Francisco Teixeira, iniciou a série de discursos, nesta quarta-feira, no Parque de Exposições da Secretaria de Desenvolvimento Agrário, dentro da solenidade que conta com a presença da presidente Dilma Rousseff. Ele falou da importância do Eixão das Águas, que chega ao seu quinto e último trecho e que levará água da barragem Castanhão para o Complexo Portuário e Industrial do Pecém.

Francisco Teixeira agradeceu Dilma Rousseff pelo apoio a essa obra principalmente como cearense. Falou com jeitão de quem deve permanecer no cargo. Dilma adora principalmente um assessor que seja técnico. É o caso dele.

* Bom lembrar que o Eixão das Águas é obra iniciada na Era Tasso Jereissati.

Uma Fortaleza onde surdos ficaram cegos

103 1

Com o título “Quando os surdos ficam cegos, eis artigo do publicitário e poeta Ricardo Alcântara. Ele aborda as intervenções da gestão municipal, com ares de “truculência”, numa Fortaleza ainda sem perspectivas e com um Centro feito engodo. Confira: 

Há uma dissonância entre forma e conteúdo na figura pública do prefeito Roberto Cláudio: sua aparência amigável é desmentida pela truculência dos seus atos administrativos e sua prosopopeia fácil, pelos procedimentos arcaicos na indicação de soluções para a cidade.

Enquanto os tratores de sua fúria obreira levam o prefeito a atropelar o bom senso, em seu entorno não parece haver massa cerebral suficiente para agir no mesmo ritmo, alcançando com respostas esclarecedoras muitos questionamentos, sensatos, que têm sido feito.

O prefeito parece empenhado em deixar sua marca tatuada na pele da cidade com intervenções que alterem sua textura, mas não se percebe a mesma dedicação à modesta e não menos relevante tarefa de recuperar os aspectos degradados de civilidade.

Exemplo: Roberto Cláudio não sabe o endereço de uma única via de Fortaleza com pelo menos cem metros de calçada com nível e piso regular, em bom estado de conservação. Não tem. E querem chamar isso de cidade: um lugar que não tem calçadas!

Foi só um exemplo. Há uma infinidade de outros aspectos básicos de urbanidade a reclamar maior atenção, enquanto o prefeito concentra suas expectativas de êxito em pesadas intervenções viárias – parte delas, sim, apropriadas e de interesse relevante.

Vejam a realidade paralela do Centro da cidade. Aquilo parece área conflagrada, regida por estatuto próprio, à margem da ordem constituída. Ali, prospera o engodo. O poder público se protege em falsos critérios ‘sociais’ para comprometer o equilíbrio de uma área vital.

(E, aqui, vale uma emenda: é piada, a cólera reivindicante de simpatizantes da ex-prefeita Luizianne Lins contra o atual prefeito quando lhe cobra agora providências em aspectos onde sua líder dedicou-se a produzir retumbantes fracassos). Fecha parêntese.

Alguns nem percebem os vínculos afetivos com praças da cidade, mas há quem perceba e crê que tais relações possam se mover para novas significações por decisão autocrática. É duro e eu não gostaria de dizer, mas é preciso dar a isto o nome que isto tem: é fascismo.

O Saber como razão de julgo é coceira antiga. Muitas vacas foram ao brejo, tangidas pela empáfia desses esclarecidos que não consideraram a possibilidade de perguntar a elas a trilha mais segura. Para esses ‘contemporâneos do passado’, ouvir é sofrer.

Fico, então, com a metáfora de um observador atento: ‘a cidade menstruou’ – disse ele sobre a predisposição ruim entre população e poder público, puxada pela criminalidade destrambelhada e açodada pela ausência de diálogo. Agora, os surdos ficaram cegos.

* Ricardo Alcântara,

Publicitário e poeta.

Viva São Josééé! Chove em mais de 100 municípios cearenses

mapap

Neste Dia de São José, choveu em 104 municípios cearense, segundo boletim divulgado pela Funceme. O ex-secretário dos Recursos Hídricos do Ceará, Hipérides Macedo, estudioso da área, avaliou o quadro chuvoso como dos mais positivos para a recarga dos reservatórios do Estado.

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=zYVhS7c1QUY&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

Confira as 10 maiores chuvas, com destaque para Lavras da Mangabeira, que registrou 129 milímetros. 

Lavras Da Mangabeira (Posto: Iborepi) : 129.0 mm

Alto Santo (Posto: Alto Santo) : 119.0 mm

Jaguaribara (Posto: Jaguaribara) : 95.4 mm

Lavras Da Mangabeira (Posto: Mangabeira) : 90.1 mm

Cedro (Posto: Cedro) : 78.3 mm

Lavras Da Mangabeira (Posto: Arrojado) : 77.0 mm

Itaitinga (Posto: Itaitinga) : 63.0 mm

Varzea Alegre (Posto: Varzea Alegre) : 57.6 mm

Eusebio (Posto: Eusebio) : 57.0 mm

Alto Santo (Posto: Logradouro) : 55.4 mm

Dilma entrega chaves de máquinas agrícolas para prefeitos cearenses

dilltotaa

A presidente Dilma Rousseff, ao lado do governador Cid Gomes e do ministro Miguel Rossetto (Desenvolvimento Agrário), entrega, neste momento, no Parque de Exposições da Secretaria do Desenvolvimento Agrário, 172 máquinas aos prefeitos de 141 municípios cearenses. O investimento é de R$ 220 milhões.

O local está lotado de prefeitos, lideranças comunitárias, dirigentes de entidades do setor rural e parlamentares.

dilmlot

Vereador diz que Cid Gomes foi campeão de demissão de policiais

62 1

gelsonferrz

O vereador Gelson Ferraz (PRB) disse, nessa terça-feira, em pronunciamento na Câmara Municipal de Fortaleza, que a violência na Capital atinge todas as classes sociais. Segundo dados apresentados pelo parlamentar, mais de 700 pessoas foram assassinadas no Ceará entre janeiro e fevereiro de 2014, o que representa uma média de 12 pessoas mortas por dia. “Vivemos um genocídio no Ceará”, disparou.

Gelson explicou que o Governo do Estado investiu em segurança, contratou mais policiais, mas, mesmo assim, falhou no quesito segurança pública. “Foi o Governo que manteve o pior relacionamento com os policiais. Campeão em demissões de policiais por insubordinação, do tipo particular de reuniões ou simplesmente reivindicar melhorias para a corporação. Demissões políticas que mexeram com a dignidade e com a motivação da tropa. A soma disso tudo, senhoras e senhores, resulta neste caos em que vivemos. Tem sangue nas mãos do governador Cid Gomes”, destacou.

Gelson destacou a vinda da presidente Dilma Rousseff ao Ceará e sugeriu que fosse feito um Decreto de Intervenção Federal na segurança pública do Ceará, nos termos do artigo 34, inciso III, da Constituição Federal, que estabelece intervenção por grave comprometimento da ordem pública. “Fica aqui o nosso registro, a nossa indignação e a nossa solidariedade para com as milhares de pessoas que perderam suas vidas pela falta de noção do Governo do Estado do Ceará”.

(Site da CMFor)

VAMOS NÓS – Pelo visto, a ida de um grupo de vereadores ao encontro do PMDB em Croatá (Zona Norte), em apoio ao pré-candidato a governador pelo PMDB, senador Eunício Oliveira, está fazendo efeito: essa turma agora resolveu bater no Governo Cid Gomes (Pros). Embora passe a maior parte abençoada pelo prefeito Roberto Cláudio (Pros).

Dilma já está em Fortaleza

eunicoco

Eunício, Inácio, Cid, Pimentel e Dilma, que chegava.

A presidente Dilma Rousseff  já está em Fortaleza. Chegou por volta das 10h10min, na Base Aérea, e, em seguida, seguiu de helicóptero para o Parque de Exposições da Secretaria de Desenvolvimento Agrário do Estado. Ali, Dilma entregará equipamentos agrícolas.

O governador Cid Gomes, o prefeito Roberto Cláudio e o presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque, recepcionaram a presidente, que chegou com alguns parlamentares como Chico Lopes (PCdoB), Domingos Neto (Pros), Antônio Balhmann (Pros), José Airton (PT) e José Guimarães (PT) e os senadores José Pimentel e Eunício Oliveira (PMDB).

Também estão com Dilma os ministros Francisco Teixeira (Integração Nacional) e Miguel Rossetto (Desenvolvimento Agrário).

SERVIÇO

* Acompanhe a visita da presidente aqui.

Dilma nomeia dois desembargadores federais para o TRT do Ceará

A presidente Dilma Rousseff nomeou para o cargo de desembargador federal do Tribunal Regional do Trabalho – 7ª Região o advogado Francisco José Gomes da Silva para a vaga da OAB na Instituição.

Franzé Gomes, como é conhecido, estava numa lista tríplice que contava ainda com os advogados Gladson Mota e Raimundo Feitosa. Ele tem ligações com o movimento sindical abençoado pelo Partido dos Trabalhadores.

Dilma também nomeou para a vaga do Ministério Público no TRT do Ceará a procuradora Fernanda Uchoa, filha do ex-deputado estadual Pedro Uchoa. Ela estava numa lista tríplice ao lado de Ileana Neiva Mousinho e do procurador Ramon Bezerra dos Santos.

Luis Marques emplaca terceiro mandato como provedor-geral da Santa Casa

Luiz Marques

O ex-prefeito de Fortaleza e ex-deputado federal Luís Marques tomou posse, nesta quarta-feira, em um novo mandato como provedor-geral da Santa Casa de Misericórdia de Fortaleza.

Ele cumprira assim o seu terceiro mandato – são quatro anos, à frente da Instituição. O ato de posse foi simples e seguido de missa na capela do hospital.

Ao querido Luís Marques, boa sorte nessa nova missão e que a população fortalezense esteja disposta sempre a colaborar com as campanhas pró-Santa Casa.

Nelson Martins: Entrega de equipamentos agrícolas por Dilma é “marco histórico”

neslmartins

Da Coluna Vertical, do O POVO desta quarta-feira:

O secretário do Desenvolvimento Agrário do Estado, Nelson Martins, qualificou de “marco histórico” a entrega, por parte da presidente Dilma Rousseff, de equipamentos agrícolas que atenderão os municípios que sofrem com a estiagem no Estado. O ato ocorrerá a partir das 10 horas de hoje, no Parque de Exposições da SDA, em Fortaleza.

“A entrega desses equipamentos representa um marco histórico de contribuição do governo federal para estruturar os municípios na convivência com o semiárido”, destaca o secretário.

Serão entregues 41 caminhões caçamba, duas motoniveladoras, 70 pás carregadeiras e 59 caminhões pipa provenientes do PAC 2. Tudo para beneficiar, segundo Nelson, 140 municípios cearenses e 60 mil agricultores familiares. O investimento total é superior a R$ 49,8 milhões. Há quem ache exagerada a avaliação do secretário sobre essa agenda.

Ciro se queixa de Eunício e avisa: Pros não temeria o peemedebista disputando o Governo

134 26

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=vIvpKNVd3FY&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

O secretário estadual da Saúde, Ciro Gomes, não vai estar no grupo político que recepcionará a presidente Dilma Rousseff, aguardada nesta quarta-feira para cumprir agenda em Fortaleza e Sobral (Zona Norte). Ciro embarcou de madrugada para Brasília onde estará uma audiência da direção nacional do seu partido, o Pros, com o ministro-chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante. Ciro não adiantou o teor do encontro de um Pros que chegou a ameaçar ingressar num “blocão” de oposição ao governo federal. O governo federal discute a participação da legenda na equipe dilmista.

Sobre as eleições deste ano, Ciro Gomes, que fazia a pregação de que ao Pros cabia indicar o nome para suceder o seu irmão, o governador Cid Gomes (Pros), parece ter mudado o discurso. Ele disse agora que o Pros não quer indicar o nome, mas tem esse direito, mas que o tema sucessório deverá ser resolvido no diálogo com todos os 14 partidos que integram a base cidista.

“O Pros não tem que ter candidato à sucessão do Cid. Nós temos uma aliança com 14 partidos liderada pelo governador Cid Gomes”, disse. Lembrado de que defendia até bem pouco tempo a candidatura própria do seu partido, reagiu: “O que defendo é que todos os partidos que pertençam à aliança tenham direito de sentar à mesa  defendendo seus próprios interesses, desde que esteja em jogo o interesse estratégico do Estado. Nesse sentido, o Pros gostaria, respeitando o direito dos outros de apresentar candidato, de apresentar os seus também”.

Ciro mudou um pouco o tom ao ser indagado sobre uma possível candidatura do senador Eunício Oliveira, presidente estadual do PMDB, ao Governo do Estado. Indagado sobre essa movimentação do peemedebista, deixou o seguinte diálogo com o Blog:

– Ele (Eunício) nunca nos disse que era candidato. Nenhuma vez se quer.”

Mas ele se movimenta…

– Sim, mas nós não fazemos política pela imprensa.

Ele já conversou com o senhor?

– Nunca, nenhuma vez sequer. Não é comigo, é com o Cid.

Mas o Pros está disposto a falar com ele?

– Por que é que eu vou falar sobre isso?

O Cid está disposto a falar com ele sobre isso?

– Claro. Nós o temos como companheiro da aliança.

– Ele poderia virar o candidato?

– Ele é maior de idade, vacinado…

O Pros temeria uma candidatura dele?

– Não, nós não temos medo de ninguém.

Dilma visita o Ceará nesta quarta-feira para entregar obras prometidas em 2013

Dilma-metrô-2

Dilma, na ultima vez que passou por aqui, entrou linha do Metrofor.

“Quase um ano após ter anunciado a liberação de R$ 9 bilhões para o combate à seca no Nordeste, a presidente Dilma Rousseff (PT) volta hoje ao Ceará para inaugurar obra, entregar máquinas e lançar ações cujo objetivo é amenizar os efeitos da estiagem no Estado. O investimento total ultrapassa R$ 630 milhões. Entretanto, boa parte do que será divulgado hoje já havia sido prometido em 2013 – não representando, necessariamente, ações extras do governo para o setor.

Exemplo disso são os chamados “kits seca”, do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC Equipamentos). Nesta terça-feira, Dilma distribuirá às prefeituras mais 172 máquinas (pás-carregadeiras, caminhões-pipa, caminhões-caçamba etc.), de um total de 901 prometidas. Até então, 652 equipamentos já haviam sido liberados aos municípios. Segundo o Ministério do Desenvolvimento Agrário, faltam, portanto, mais 77 equipamentos para fechar o pacote destinado ao Ceará.

Os 110 sistemas de abastecimento do Programa Água para Todos, parceria entre Governo Federal e administração estadual, também já haviam sido anunciados, em dezembro do ano passado. Junto com o governador Cid Gomes (Pros), Dilma assina hoje a ordem de serviço para as construções, que deverão levar água para mais de cinco mil famílias.@

(O POVO)

Acusado de chefiar fraudes, vice-prefeito de Maracanaú está foragido

O vice-prefeito de Maracanaú, Carlos Eduardo Bandeira de Mello, é acusado de comandar esquema de fraude de licitações que operou no município durante mais de sete anos. A informação foi revelada nesta terça-feira (8), após deflagração de operação conjunta entre Ministério Público do Estado e Polícias Civil e Militar. Procurado pela Justiça, Bandeira de Mello e outras quatro pessoas estão foragidas. Prejuízos podem chegar até R$ 50 milhões.

Ao todo, dez pessoas foram presas na operação, a maioria integrantes da Comissão Central de Licitação da Prefeitura e sócios de empresas de construção. Foram cumpridos ainda 26 mandados de busca e apreensão em Fortaleza, Maracanaú, Maranguape, Aquiraz e São Gonçalo. Prejuízos totais do esquema podem ir de R$ 45 milhões até R$ 50 milhões.

Segundo representantes do MP, o grupo praticava conluio para manipular processos licitatórios da Prefeitura. Quando uma empresa deixava de ganhar um certame, outra automaticamente assumia a responsabilidade. Ainda de acordo com o MP, algumas das empresas envolvidas foram criadas justamente para disputar licitações.

Vice-prefeito da gestão Firmo Camurça (PR), eleito em 2012, Carlos Eduardo Bandeira de Mello é também secretário de Infraestrutura do município desde 2007. Ele foi nomeado secretário ainda durante gestão Roberto Pessoa (PR), um dos maiores oponentes políticos de Cid Gomes (Pros) no Ceará.

(O POVO Online)

PEC Nordeste – Presidente da Federação da Agricultura fecha detalhes do evento

flaviosaboya

O presidente da Federação da Agricultura do Ceará (Faec), Flávio Saboya , anuncia: toda a parte de infraestrutura da PEC Nordeste já está fechada e ocupará uma área de cinco mil metros quadrados do Centro de Eventos. A PEC Nordeste, que é o Seminário Nordestino da Pecuária, ocorrerá de 6 a 8 de maio próximo.

Flávio Saboya, que esteve nesta semana em Brasília e conferiu a posse do novo ministro da Agricultura, Neri Geller, aproveitou para fechar apoio ao seminário. Ele convidou o ministro para o seminário.

O dirigente da Faec acertou também a participação do “Time Agro Brasil em Campo”, um programa da Confederação Nacional da Agricultura (CNA) que beneficia com capacitação o produtor rural, na PEC Nordeste.

Perícia Forense como órgão isolado da Polícia Civil é só burocracia

309 4

Com o título “Perícia Criminal e Investigação Policial”, eis artigo do advogado Irapuan Diniz de Aguiar. Ele comemora o ingresso de peritos criminais na Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa, como divulgou, nesta terça-feira, o jornal O POVO. Confira:

A designação de peritos criminais para terem exercício na Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) reabre uma antiga discussão sobre a autonomização dos órgãos periciais medida contra a qual, historicamente, sempre me posicionei inclusive com a publicação de um livro fundamentando a tese.

Com efeito, a desvinculação da pericia técnico-científica da Polícia Civil, passando a integrar um novo órgão denominado Perícia Forense, tem concorrido para um aumento na burocracia estatal com diretos reflexos na celeridade da investigação criminal causando, por conseqüência, sérios prejuízos para a sociedade.

Em vez da criação de mais um órgão, o ideal teria sido a promoção de uma maior integração entre as atividades investigativa e técnica, de modo a que se pudesse oferecer à Justiça, por meio do inquérito policial, um trabalho mais consistente, com a compatibilização, respectivamente, do que resultou apurado na investigação empírica com a prova material expressa nos laudos periciais.

As atribuições dos institutos – IML, IC e II, incluídas que estão no conceito geral de polícia judiciária, não poderiam qualquer que fosse a ótica, dela se dissociar, sob pena de estabelecer caminhos diferentes nas atividades próprias da investigação dos delitos.

É de todo sabido que a CF/88 conferiu à instituição policial civil a competência exclusiva para a apuração dos crimes, incumbindo aos órgãos técnico-científicos, neste aspecto, papel relevante. Ora, se a apuração objetiva a descoberta da autoria e da materialidade do delito, como separar, em órgãos distintos, tais atividades? Não há, pois, como se bipartir a atuação policial civil, senão com o prejuízo de sua unidade e do relacionamento estreito que deve existir entre profissionais que executam missões num mesmo plano de atividades voltadas para objetivos comuns. A autonomia há de ser conferida, e já é, ao ocupante do cargo e não ao órgão. O corporativismo, no entanto, prevaleceu diante da racionalidade.

A Polícia técnica, tal como é reconhecida em todas as polícias do mundo, inclusive na polícia federal brasileira, é um meio e instrumento auxiliar para servir imediatamente a investigação criminal, cuja ação tem natureza emergencial face ao recolhimento de provas. Não se trata, conseqüentemente, de um órgão-fim, autonômico e corporativista.

Este foi um dentre outros equívocos cometidos pelo ex-Secretário Roberto Monteiro que, infelizmente, mereceu a chancela governamental talvez, à falta de maiores informações sobre a matéria. A proposta, objeto de um Projeto de Indicação do ex-deputado Mário Mamede em 1992, nunca foi acolhida pelos sucessivos governos, a despeito da ampla discussão que se travou, seja no âmbito da Procuradoria Geral do Estado, seja na própria Assembléia Legislativa.

Perdeu a Polícia Civil que ficou menor, mais fragilizada na sua missão institucional e perdeu a sociedade pelos prejuízos resultantes da equivocada medida.

* Irapuan Diniz de Aguiar,

Advogado.

Deputado destaca na Câmara a luta do Dragão do Mar

joaoananias

Uma sessão solene marcou nesta terça-feira, na Câmara dos Deputados, os 130 anos Abolição da Escravatura no Ceará, destacando ainda os heróis da luta contra a discriminação racial. No ato, o deputado federal João Ananias fez discurso em nome do PCdoB e destacou a trajetória de luta dos abolicionistas.

“Dragão do Mar foi o mais bravo abolicionista de seu tempo!”, afirmou o parlamentar, ressaltando que Francisco José do Nascimento, em sua luta contra o desembarque dos escravos no Estado, deve ser lembrado também como herói por todos os que são vítimas do preconceito.

João Ananias destacou ainda o trabalho do artista plástico e escritor cearense Audifax Rios, autor de livro sobre Dragão do Mar. Doou exemplares da publicação para as bibliotecas da Câmara e do Senado.