Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Assembleia aprova projeto que obriga divulgação da lista de medicamentos do SUS em estoque

O deputado estadual Audic Mota (PSB) comemora. A Assembleia Legislativa aprovou projeto de lei de autoria que disciplina a disponibilização, em local visível e nos sítios eletrônicos, da lista dos medicamentos em estoque distribuídos gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

De acordo com o projeto, as unidades de saúde da rede pública também ficam obrigadas a divulgar, nas suas dependências, em local visível e nas mídias digitais, a data prevista para aquisição dos medicamentos em falta.

“Para efetivação do direito à saúde, o acesso ao medicamento é considerado indispensável ao restabelecimento das condições biopsicossociais que garantem a qualidade de vida do cidadão. E, sobretudo, é assegurado constitucionalmente a todos cidadãos o acesso à informação”, destaca Audic Mota.

(Foto – ALCE)

Tudo é Carnaval – Aeroporto de Fortaleza terá 33 voos extras

434 1

As empresas aéreas que operam no Aeroporto Internacional Pinto Martins, informam: as rotas mais procuradas, em matéria de Carnaval, são Rio, Salvador, Recife e São Paulo.

Quem está vindo para estas bandas, procura Jericoacoara, Canoa Quebrada e Fortaleza, esta com esticada para o Litoral da Região Metropolitana, com Cumbuco no roteiro.

Nesse fluxo aéreo, 33 voos extras. Jericoacoara terá quatro extras.

(Foto – Paulo MOska)

STF garante jornada de 30 horas semanais para fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais do Ceará

O Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia ocupacional – Regional 6 ganhou uma ação que, há seis anos, tramitava nos tribunais até que fosse resolvida no âmbito do Supremo Tribunal Federal. A ação era pela garantia de uma jornada de trabalho de 30 horas semanais para fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais, o que mandava lei de nº 8856/1994, promulgada pelo então presidente Itamar Franco.

De acordo com o Crefito-6, a peleja judicia começou em Caucaia, quando a Prefeitura não aceitou essa jornada e questionou judicialmente. A partir daí, o Conselho entrou com ação na 2ª Vara da Justiça Federal, obtendo vitória, A Prefeitura de Caucaia, no entanto, recorreu ao Tribunal Regional Federal – 5ª Região, com sede no Recife-5, e perdeu novamente.

A briga foi bater no Supremo Tribunal Federal, que acaba de decidir em favor da categoria e contra a Prefeitura.

Essa decisão inédita abre precedente, pois cria jurisprudência de acordo com a área jurídica do Crefito-6. Todos os profissionais do ramo que se sentirem lesados poderão recorrer e pedir indenização retroativa por esses anos que não foram pagos.

Despacho do STF

APELREEX – 33576/CE – 0010542-94.2013.4.05.8100 RELATOR : DESEMBARGADOR FEDERAL VLADIMIR SOUZA CARVALHO ORIGEM : 2ª Vara Federal do Ceará APELANTE : MUNICÍPIO DE CAUCAIA – CE ADV/PROC : ELY DO AMPARO CAVALCANTE SAMPAIO ( CE009731) APELADO : CREFITO 6ª – CONSELHO REGIONAL DE FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONAL DA SEXTA REGIÃO e outro ADV/PROC : CARLOS ALBERTO DE PAIVA VIANA ( CE010135) ADV/PROC : PEDRO DIOGENES LIMA CAVALCANTE ( CE016973) REMTE : JUÍZO DA 2ª VARA FEDERAL DO CEARÁ (FORTALEZA) DECISÃO Recurso Extraordinário interposto pelo Município, com fundamento no artigo 102, III, “a”, da Constituição Federal, em face do acórdão proferido por esta Corte. Foram observados os requisitos gerais de admissibilidade extrínsecos (tempestividade, regularidade formal e preparo) e os intrínsecos (cabimento, legitimação, interesse recursal e inexistência de fato impeditivo do poder de recorrer), tendo sido prequestionada a matéria objeto do recurso e suscitada a repercussão geral. Aduz a recorrente que houve violação ao art. 30, I, da Constituição Federal. Todavia, a matéria suscitada na peça recursal encontra jurisprudência do colendo STF em sentido contrário ao pretendido pelo recorrente, possuindo a seguinte concepção: “AGRAVO REGIMENTAL NO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO. CONSTITUCIONAL. PROFISSIONAIS FISIOTERAPEUTAS E TERAPEUTAS OCUPACIONAIS. CARGA HORÁRIA. LEI N. 8.856/1994. COMPETÊNCIA PRIVATIVA DA UNIÃO PARA LEGISLAR SOBRE CONDIÇÕES DE TRABALHO. PRECEDENTES. AGRAVO REGIMENTAL AO QUAL SE NEGA PROVIMENTO”. (ARE 758227 AgR, Relator(a): Min. CÁRMEN LÚCIA, Segunda Turma, julgado em 29/10/2013, PROCESSO ELETRÔNICO DJe-217 DIVULG 30-10-2013 PUBLIC 04-11-2013). Com essas considerações, INADMITO o Recurso Extraordinário. Expedientes necessários. Recife, 21 de fevereiro de 2019. Desembargador Federal CID MARCONI Vice-Presidente do TRF da 5ª Região .-

Roberto Pessoa quer uma Frente Parlamentar em Defesa das Estatais do Nordeste

430 1

Uma frente parlamentar em defesa do Banco do Nordeste, Sudene, Dnocs, Codevasf e Chesf.

Eis o que quer o deputado federal Roberto Pessoa (PSDB), que passou estes últimos dias, em Brasília, visitando gabinetes de colegas da região e de outros pontos do País, colhendo assinaturas para a criação dessa frente.

Quer promover a defesa e o desenvolvimento de ações efetivas em prol da região nordeste, diz o tucano, que diz ter colhido mais de 100 assinaturas.

“A receptividade dos colegas está muito boa. Espero, em breve, dar entrada nessa frente parlamentar que será de muita importância para o crescimento do Nordeste”, destaca Pessoa.

(Foto – Paulo MOska)

Ceará tem a sexta pior renda domiciliar por pessoa do País

O Ceará teve a sexta pior renda domiciliar per capita do Brasil no ano passado. Mesmo assim, de 2017 (R$ 824) para 2018 (R$ 855), houve um aumento (3,76%) no valor por pessoa do Estado. Mas na comparação com os números nacionais, o resultado é R$ 518 menor que a média do Brasil (R$ 1.373).

Os dados são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), calculados com base na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) e enviados ao Tribunal de Contas da União (TCU). Esta divulgação atende ao disposto na Lei Complementar 143/2013, que estabelece os critérios de rateio do Fundo de Participação dos Estados e do Distrito Federal (FPE).

Conforme os resultados, os locais mais pobres do País se concentram no Norte e Nordeste do País. Dos estados com renda domiciliar per capita inferior ao do Ceará estão Maranhão (R$ 605), Alagoas (R$ 714), Pará (R$ 863), Piauí (R$ 817) e Acre (R$ 909).

Já as unidades da federação onde a renda por pessoa é maior ficam nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. O Distrito Federal (R$ 2.460) obteve primeiro lugar no ranking, seguido de São Paulo (R$ 1.898) e Rio Grande do Sul (R$ 1.705).

O economista Alcântara Macedo avalia que os números da desigualdade ainda são presentes, apesar de os resultados terem sidos maiores que anos anteriores. “O crescimento é diferente do desenvolvimento. Pode ter um crescimento e isso não trazer uma melhoria geral para todos (desenvolvimento). Essa relação no Ceará está muito distante”.

Depois da Bahia e de Pernambuco, o Estado é a terceira maior economia da Região. Com isso, “era de se esperar que a renda per capita não fosse baixa porque existe um PIB (Produto Interno Bruto) significativo. No Ceará, a distribuição de renda é mal feita. Existe um pequeno grupo de pessoas que ganha pouco e um grande número que ganha muito. Isso fica como consequência para a péssima distribuição de renda”.

O quadro mostra ainda que a taxa de subdesenvolvimento é maior que a do resto do País. “Temos que ter políticas de compensação tanto espacial (para a Região Metropolitana e para o interior do Ceará) como pessoal (diferença entre grupo de pessoas que ganham pouco e muito)”, acrescenta.

Já a professora do curso de Finanças e Economia da Universidade Federal do Ceará (UFC) e coordenadora do Laboratório de Estudos da Pobreza (LEP), em Sobral, Alessandra Araújo, acredita que o número de beneficiários de pensões e aposentadorias refletem no rendimento da média brasileira. No Ceará, a qualidade do trabalho é um aspecto que pesa.

(O POVO – Colaborou Bruna Damasceno)

Editorial do O POVO – “O que é inaceitável”

Com o título “O que é inaceitável”, eis o Editorial do O POVO desta quinta-feira. Confira:

Dois crimes recentes, envolvendo agressões contra mulheres trazem de novo à tona um drama que parece agravar-se a cada dia, levando, inclusive, ao questionamento se estamos em pleno recuo civilizatório. Um deles, acontecido no Rio de Janeiro, quando um homem, Vinícius Serra, socou brutalmente o rosto da paisagista Elaine Caparroz, durante quatro horas, quebrando-lhe vários ossos da face e desfigurando-a. O outro, em Fortaleza, com a prisão de Francisco Alberto Nobre Calixto Filho, assassino confesso de Stefhani Brito, crime ocorrido há mais de um ano, quando o homem espancou-a até a morte.

A mãe de Stefhani contou a este jornal que, quando a filha namorava Calixto, ele a torturava, queimando-a com pontas de cigarro e talheres quentes; também costumava amarrá-la para espancá-la. A delegada Rena Gomes, titular do Departamento de Polícia Especializada de Proteção aos Grupos Vulneráveis, classificou o caso como “emblemático”, devido a “hediondez” com que o crime foi cometido. Depois de matar Stefhani, Calixto circulou com ela morta na garupa de sua motocicleta – o que foi visto por várias pessoas – e abandonou o corpo nas proximidades de uma lagoa. Depois, fugiu, até ser encontrado pela Polícia.

Se fossem apenas esses dois casos, já seriam muitos, pois nada pode justificar ou relativizar a violência contra a mulher. No entanto, esses exemplos são representativos de milhares de situações que se repetem cotidianamente no Brasil. Pesquisa realizada pelo Instituto Datafolha, a pedido do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, cujos dados foram divulgados esta semana, mostram que mais de 16 milhões de mulheres sofreram algum tipo de violência física no ano passado. O resultado foi semelhante a levantamento semelhante, realizado em 2017, revelando a gravidade do problema, que não arrefece.

Quanto ao assassinato de mulheres, o Brasil ocupa o 5º lugar no ranking mundial de feminicídio, segundo informações do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos. Nesse ranking macabro o País só perde para El Salvador, Colômbia, Guatemala e Rússia em número de assassinato de mulheres. Comparando-se com países desenvolvidos pode-se observar o verdadeiro extermínio contra mulheres aqui praticado. No Brasil se mata 48 vezes mais mulheres que no Reino Unido, 24 vezes mais que na Dinamarca e 16 vezes mais que o Japão ou Escócia, ressalvando que o número menor de mortes não absolve esses países da violência de gênero.

Romper esse ciclo de violência é uma questão urgente, se queremos nos considerar uma verdadeira civilização, na qual as diferenças sejam uma riqueza a ser enaltecida e não um impulso para o assassinato de mulheres, pelo simples fato de serem mulheres.

(Editorial do O POVO)

PGJ diz que não há tortura nos presídios após mudança na gestão

Da Coluna Eliomar de Lima, no O POVO desta quinta-feira (28):

O procurador-geral de Justiça do Ceará, Plácido Rios, garante: nenhuma denúncia de tortura no sistema prisional do Estado, feita por familiares de presos e entidades da área dos direitos humanos,  em clima de nova gestão, foi comprovada até agora.

Ele diz que diariamente chegam várias queixas e relatos para os promotores que verificam as possíveis situações in loco.

“Denúncias têm demais, mas nenhuma foi constatada até agora. Nós não vislumbramos nada que desbordasse ao cumprimento da Lei de Execuções Penais”.

Para ele, a onda de denúncias é consequência das mudanças que a Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) vem implantando, o que causa “revolta dos que comandavam o interior dos presídios e até de servidores públicos imbuídos de maus propósitos”.

Cita aqui o absurdo de mais de dois mil celulares terem sido apreendidos nos presídios. Plácido dá um crédito ao secretário Mauro Albuquerque que, sem alarde, apaziguou o sistema, o que refletiu no fim dos ataques criminosos no Estado patrocinados por facções criminosas.

Hospital da Mulher deve ser gerido por uma Organização Social

435 1

Aprovada em comissão na Câmara de Vereadores de Fortaleza ontem, a mudança na lei que permite que o Hospital e Maternidade Dra. Zilda Arns (Hospital da Mulher) serja gerido por uma organização social deve ir a plenário ainda nesta quinta-feira na Casa. As duas alterações previstas na mensagem enviada pela Prefeitura ao Legislativo, no ano passado, flexibilizam os artigos 2 e 3 da lei 10.029/2013, que rege a contratação de organizações sociais.

Uma das sugestões do Paço extingue a obrigatoriedade de indicação de membros do Poder Público para o conselho gestor da OS, tornando-a facultativa – a depender do tipo de contrato, a organização pode ou não dispor de membros da Prefeitura como parte do grupo, cuja função é acompanhar a execução dos trabalhos estabelecidos.

A segunda mudança proposta se refere ao modelo de incorporação do patrimônio de uma OS ao do Município “nos casos de extinção ou desqualificação” da entidade, limitando-a só aos contratos de gestão e não ao patrimônio integral da organização.

De acordo com o vereador Guilherme Sampaio (PT), as duas alterações, juntas, modificam “a lei das OS em alguns pontos que atendem a um objetivo da Prefeitura em relação a terceirizar a gestão de algumas unidades hospitalares e unidades básicas de saúde do município”.

Um dos integrantes da comissão conjunta de Legislação e Orçamento, o petista, que votou contra a medida, criticou o projeto. Segundo ele, o Executivo municipal propôs a retirada dessa obrigatoriedade de representantes do Estado “para atender a possibilidade de contratação da Cejam”.

O Centro de Estudos e Pesquisas Dr. João Amorim (Cejam), organização social cuja sede fica em São Paulo, opera em parceria com o Hospital Israelita Albert Einstein.

“Já houve reunião da Cejam com o Hospital da Mulher dia 4 de fevereiro. Questionamos a lisura dessa possível contratação, quando o edital ainda não foi nem lançado”, afirmou o parlamentar, que acrescentou: “Por que transferir para uma OS se a administração do hospital é elogiada?”.

A direção do Hospital da Mulher confirmou que, no início de fevereiro, representantes da OS visitaram a unidade para reunião com a administração do equipamento e levantamento de informações sobre os procedimentos.

Além do Hospital da Mulher, Sampaio também informa que a Cejam, caso concorra e vença o edital público a ser lançado pela Prefeitura, estaria encarregada ainda da gestão do hospital Nossa Senhora da Conceição, de uma policlínica, uma unidade de saúde e do futuro hospital infantil, previsto para funcionar anexo ao da Mulher.

Vice-líder da Prefeitura de Fortaleza na Câmara, o vereador Renan Colares (PDT) rebate os questionamentos levantados pelo colega de Parlamento.

Sobre a não obrigatoriedade da presença de representantes do Poder Público no conselho da OS, o pedetista assegurou que a mudança tem objetivo de “atrair mais OS porque essa medida flexibiliza e abre mais concorrência”.

Colares continua: “Numa chamada pública, se tiver mais de uma (OS interessada), tem concorrência semelhante à de uma licitação”.

Perguntado sobre a acusação de que a proposta de reformulação na lei pretende direcionar a chamada para a contratação de uma OS já previamente conhecida, o vice-líder respondeu: “Isso é impossível. Como é que vai simular (uma chamada pública)? Pelo contrário. Vai abrir para mais OS”.

O vereador desconversou sobre o encontro entre membros da Cejam e a direção do Hospital da Mulher. “Não tenho informação, mas o hospital é público”, disse. “Podem ter escutado falar que vai abrir processo público e procuraram conhecer o hospital.”

O POVO tentou contato com a Cejam, mas a entidade afirmou que não poderia responder aos questionamentos ontem. A reportagem também procurou a Prefeitura, que afirmou que não comentaria matéria ainda em trâmite na Câmara.

Ato

Usuárias e servidoras do Hospital da Mulher fizeram protesto ontem contra a possibilidade de que a unidade passe a ser administrada por uma organização social.

(O POVO – Repórter Henrique Araújo)

Campanha dos laranjas – 16 candidatas no Ceará receberam R$ 2,6 milhões e só obtiveram 7,5 mil votos

285 2

Candidatas à Assembleia do Ceará pelo MDB, Professora Leila e Dra. Zuíla tiveram uma das piores relações custo/benefício da disputa na história: mesmo recebendo R$ 772,7 mil dos partidos, elas tiveram, juntas, só 653 votos. Junto com as emedebistas, outras 14 candidatas no Estado acumularam quase R$ 2,6 milhões em recursos públicos e tiraram apenas 7,5 mil votos – cerca de um quarto do quociente para eleger um vereador de Fortaleza.

A informação tem base em levantamento do O POVO em dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Segundo a Justiça, 16 candidatas de dez partidos receberam mais de R$ 50 mil das siglas – sempre via fundo eleitoral ou partidário – e não tiveram sequer mil votos. Em sete desses casos, repasses foram superiores a R$ 100 mil.

As ocorrências surgem no momento em que o Ministério Público Federal (MPF) investiga a existência de candidatas “laranjas” por todo o Brasil. Como o fenômeno “alto custo/poucos votos” praticamente não existe entre homens, a suspeita é que candidaturas sejam criadas para burlar lei que obriga chapas eleitorais a terem composição no mínimo 30% feminina.

A mesma legislação também prevê cota feminina de 30% para investimentos dos fundos eleitoral e partidário. Nos casos de repercussão nacional, a suspeita da Justiça é de que parte das verbas enviadas para candidatas teria sido destinada para outros fins que não o financiamento das campanhas.

Procuradas pelo O POVO, Professora Leila e Dra. Zuíla não quiseram falar sobre a verba que receberam do MDB. As duas, no entanto, se mostraram bastante surpresas com o valor exibido no portal do TSE. “Eu recebi isso aí? Você tá.. (risos) você tá muito mal informado”, diz Zuíla. Já Leila afirma ter recebido R$ 250 mil, e não os R$ 397 mil que ela própria teria declarado à Justiça.

Secretário-geral do MDB do Ceará, João Melo disse que a escolha do partido em priorizar as duas ocorreu com base no “potencial” demonstrado por ambas em eleições anteriores. “Esses nomes (Leila e Zuíla) vêm aparecendo sempre, você pode fazer uma pesquisa regressiva, e esse pessoal tem demonstrado um potencial que a gente acreditaria que tinha tendência de melhorar”, diz.

A justificativa é meia-verdade: as duas já haviam disputado eleições antes, mas ambas tiveram desempenho bem distante da excelência. Professora Leila, por exemplo, só havia disputado cargo de vereadora de Eusébio em 2016, mas teve a candidatura indeferida na Justiça. Já Zuíla concorreu a deputada estadual em 2014, gastou R$ 700 e teve apenas 146 votos.

“Há também uma dificuldade nacional, que é algo que tem em todos os partidos, que é a de compor quadro de mulheres candidatas”, diz João Melo. Ele também atribui parte do fracasso das duas à “situação estranha” da política nacional. “Partidos como o PT, MDB, e outros mais que estavam no governo, todos foram olhados com muita reserva”, diz.

Os casos são semelhantes ao de Débora Ribeiro dos Santos, que teve investigação aberta pelo MPF após receber R$ 274 mil do fundo eleitoral e obter apenas 47 votos. Conforme série de reportagens do O POVO revelou, a candidata é cunhada do deputado federal Vaidon Oliveira (Pros) e teria contratado cerca de 140 pessoas para campanha com sinais de ser de fachada – algumas delas ex-funcionários de Vaidon.

Outra candidatura alvo do MPF é a de Gislani Maia, que concorreu a deputada estadual pelo PSL. Conforme reportagem do jornal O Globo revelou, ela recebeu R$ 150 mil do partido a dois dias do 1º turno e, no mesmo dia, declarou gastos de R$ 143 mil em três gráficas. Ela nega quaisquer irregularidades.

(O POVO – Repórteres Calos Mazza e Igor Cavalcante)

*Confira a íntegra da matéria o O POVO aqui.

TRE-CE dá arrancada para atendimento biométrico do eleitorado em Fortaleza

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará reabriu, nessa quarta-feira, o posto de biometria do Shopping Benfica. Esse posto teve a maior média de atendimentos por kit biométrico, entre os postos: 73 atendimentos/dia por guichê, no período que antecedeu o fechamento do cadastro eleitoral, em maio de 2018, segundo a assessoria de imprensa do TRE. Agora, com a biometria obrigatória, a expectativa do TRE é que o movimento seja ainda maior.

O presidente do TRE, desembargador Haroldo Máximo, esteve no local e deu a arrancada para novos atendimentos. Com ele, o empresário João Soares Neto, controlador do shopping, e as juízas eleitorais Maria de Fátima Bezerra Facundo e Jacinta Inamar Franco Mota Queiroz. além do juiz auxiliar da Presidência do TRE-CE, Daniel Carvalho, e do diretor-geral do tribunal, Hugo Pereira Filho.

Atendimento

O posto dispõe de cinco guichês com kits biométricos que voltarão a atender os eleitores, de segunda a sexta-feira (dias úteis), das 10 às 19h, no 1º piso. Para o procedimento, é necessário que o eleitor apresente um documento de identificação oficial com foto e um comprovante de residência atualizado. O Tribunal esclarece que o atendimento pode ser agendado através do telefone 148 ou na página do tribunal (www.tre-ce.jus.br).

Unidades já em funcionamento

Shopping Benfica (1º Piso): das 10h às 19h;
Shopping Parangaba (Piso L1 – lojas 168/169): das 10h às 19h;

Shopping RioMar Kennedy (Piso L2 – Área de Conveniência e Serviço): das 10h às 19h;

Central de Atendimento ao Eleitor (Av. Almirante Barroso, 601, Praia de Iracema): das 8h às 17h;

Vapt Vupt de Messejana (Av. Jornalista Tomaz Coelho, 408): das 8h às 17h;

Vapt Vupt de Antônio Bezerra (Rua Demétrio Menezes, 3750): das 8h às 17h.

(Foto – TRE/CE)

Bismarck x José Airton – Camilo evita discursos em aeroporto de Canoa Quebrada

317 1

A solenidade do início das operações comerciais no Aeroporto Regional de Canoa Quebrada Dragão do Mar, em Aracati, no Litoral Leste do Ceará, a 150 quilômetros de Fortaleza, nessa terça-feira (26), foi marcada pela ausência de discursos, por determinação do governador Camilo Santana.

O motivo é a rivalidade política do prefeito de Aracati, Bismarck Maia, com o deputado federal José Airton Cirilo (PT), maior liderança na região.

Bismarck e José Airton tomaram as atenções, há um ano, durante o lançamento do Raio, no município, quando os dois políticos trocaram insultos no palco.

Sem os discursos em Canoa Quebrada, José Airton utilizou as redes sociais para destacar a emenda parlamentar de sua autoria, no valor de R$ 3 milhões, que contribuiu para a construção do Aeroporto.

Bismarck, dessa vez, se mantém calado.

(Foto: Divulgação)

Carnaval 2019 – Vai ficar em Fortaleza, aproveite a diversão

Que tal se programar para o Carnaval em Fortaleza? As opões são variadas no que diz respeito aos equipamentos culturais, Confira:

>> Escola Porto Iracema das Artes

Os carnavais de antigamente serão relembrados no Porto Iracema das Artes ao estilo de baile de máscaras e muita música popular no penúltimo dia deste mês. É o que promete o projeto artístico “Carnaval D’aquele Tempo”, que fará apresentação a partir das 11h30 do dia 27/2, trazendo para a Escola intervenções artísticas de personagens caracterizados à moda carnavalesca ao som de frevo, marchinhas, maxixes, polcas e choros, tudo com o objetivo de difundir, de forma lúdica, a música instrumental popular brasileira. A programação é gratuita.

No repertório musical, serão lembrados nomes como Pixinguinha e Capiba, fazendo ainda um passeio pela guitarra baiana de Dodô e Osmar. O projeto pretende abranger também composições e arranjos de autores nordestinos, como do maestro cearense Manoel Ferreira, que fez escola em bandas musicais do Estado, e Zé Menezes, compositor e multi-instrumentista de renome nacional.

>> Cineteatro São Luiz

O Cineteatro São Luiz, equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), traz no Carnaval duas mostras especiais de cinema. A primeira delas é “Missão Impossível”, com a exibição da famosa série de filmes de espionagem. Já a Mostra “Mulheres no Cinema” traz como tônica o protagonismo feminino nos filmes de animação. Ótimo opção para a criançada, com sessões gratuitas.

DIA 01/03 (SEXTA-FEIRA)

►13h30 [CINEMA] MOSTRA ESPECIAL – MISSÃO IMPOSSÍVEL | MISSÃO IMPOSSÍVEL 4 – PROTOCOLO FANTASMA

Entrada: Gratuita | Classificação indicativa: 14 anos
Direção: Brad Bird | Espionagem, Suspense, Ação | EUA | 2011 | 2h13 | Legendado

►16h20 [CINEMA] MOSTRA ESPECIAL – MISSÃO IMPOSSÍVEL | MISSÃO IMPOSSÍVEL 5 – NAÇÃO SECRETA

Entrada: Gratuita | Classificação indicativa: 12 anos
Direção: Christopher McQuarrie | Espionagem, Suspense, Ação | EUA | 2015 | 2h12 | Legendado

►19h [CINEMA] MOSTRA ESPECIAL – MISSÃO IMPOSSÍVEL | MISSÃO IMPOSSÍVEL – EFEITO FALLOUT

Entrada: Gratuita | Classificação indicativa: 14 anos
Direção: Christopher McQuarrie | Espionagem, Suspense, Ação | EUA | 2018 | 2h28 | Legendado

DIA 02/03 (SÁBADO)
►9h30 [CINEMA] MOSTRA ESPECIAL – MISSÃO IMPOSSÍVEL | MISSÃO IMPOSSÍVEL – EFEITO FALLOUT

Entrada: Gratuita | Classificação indicativa: 14 anos
Direção: Christopher McQuarrie | Espionagem, Suspense, Ação | EUA | 2018 | 2h28 | Legendado

►13h30 [CINEMA] MOSTRA ESPECIAL – MISSÃO IMPOSSÍVEL | MISSÃO IMPOSSÍVEL – EFEITO FALLOUT

Entrada: Gratuita | Classificação indicativa: 14 anos
Direção: Christopher McQuarrie | Espionagem, Suspense, Ação | EUA | 2018 | 2h28 | Legendado

►16h30 [CINEMA] MOSTRA ESPECIAL – MISSÃO IMPOSSÍVEL | MISSÃO IMPOSSÍVEL – EFEITO FALLOUT

Entrada: Gratuita | Classificação indicativa: 14 anos
Direção: Christopher McQuarrie | Espionagem, Suspense, Ação | EUA | 2018 | 2h28 | Legendado
DIA 03/03 (DOMINGO)
►10h [CINEMA] MOSTRA MULHERES NO CINEMA | BRANCA DE NEVE E OS SETE ANÕES

Entrada: Gratuita | Classificação indicativa: Livre
Direção: David Hand | Animação | EUA | 1938 | 1h23 | Dublado

►14h [CINEMA] MOSTRA MULHERES NO CINEMA | DIVERTIDA MENTE

Entrada: Gratuita | Classificação indicativa: a partir de 6 anos
Direção: Pete Docter | Animação | EUA | 2015 | 1h35 | Dublado

►16h [CINEMA] MOSTRA MULHERES NO CINEMA | FROZEN – UMA AVENTURA CONGELANTE

Entrada: Gratuita | Classificação indicativa: a partir de 3 anos
Direção: Chris Buck, Jennifer Lee | Animação | EUA | 2014 | 1h42 | Dublado

DIA 04/03 (SEGUNDA-FEIRA)
►10h [CINEMA] MOSTRA MULHERES NO CINEMA | A VIAGEM DE CHIHIRO

Entrada: Gratuita | Classificação indicativa: Livre
Direção: Hayao Miyazaki | Animação | Japão | 2003 | 2h05 | Dublado

►14h [CINEMA] MOSTRA MULHERES NO CINEMA | VALENTE

Entrada: Gratuita | Classificação indicativa: a partir de 3 anos
Direção: Mark Andrews, Brenda Chapman, Steve Purcell | Animação | EUA | 2012 | 1h35 | Dublado

►16h [CINEMA] MOSTRA MULHERES NO CINEMA | MOANA – UM MAR DE AVENTURAS

Entrada: Gratuita | Classificação indicativa: Livre
Direção: John Musker, Ron Clements | Animação | EUA | 2017 | 1h47 | Dublado

DIA 05/03 (TERÇA-FEIRA)
►10h [CINEMA] MOSTRA MULHERES NO CINEMA | CINDERELA

Entrada: Gratuita | Classificação indicativa: Livre
Direção: Wilfred Jackson, Hamilton Luske, Clyde Geronimi | Animação | EUA | 1950 | 1h15 | Dublado

►14h [CINEMA] MOSTRA MULHERES NO CINEMA | MOANA – UM MAR DE AVENTURAS

Entrada: Gratuita | Classificação indicativa: Livre
Direção: John Musker, Ron Clements | Animação | EUA | 2017 | 1h47 | Dublado

►16h30 [CINEMA] MOSTRA MULHERES NO CINEMA | FROZEN – UMA AVENTURA CONGELANTE – 3D
Entrada: Gratuita | Classificação indicativa: a partir de 3 anos
Direção: Chris Buck, Jennifer Lee | Animação | EUA | 2014 | 1h42 | Dublado

>> Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura

► // PLANETÁRIO RUBENS DE AZEVEDO

O Planetário Rubens de Azevedo reabre ao público com novidades na programação e modernização tecnológica. Nele, foi instalado equipamento de última geração: o Zeiss modelo Skymaster ZKP4 LED com projetores digitais VELVET DUO de alta resolução, o mais moderno planetário da América Latina.
Aos sábados e domingos:
17h – Viagem no foguete de papel (sessão infantil)
18h – A lenda da princesa acorrentada (sessão infanto-juvenil )
19h – Da Terra às galáxias (sessão juvenil-adulto)
20h – As origens da vida (sessão juvenil-adulto)

Ingressos: R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia).
Devem ser adquiridos antes da sessão, na bilheteria do Planetário

► [EDUCATIVO DO MAC-CE] Oficina Batuque MAC

Mediação: Carlos Henrique e Jorge Sarde
O Educativo MAC.CE convida os pequenos carnavalescos a construírem instrumentos musicais de percussão e sopro a partir de materiais reaproveitados e participarem de uma mediação das obras a partir da musicalização.
Proibido o consumo de bebidas e comidas dentro do museu.
Dia 2 de março de 2019, às 16h, no Museu de Arte Contemporânea do Ceará (MAC-CE). Acesso gratuito. Classificação etária: Livre.

► [EDUCATIVO DO MAC-CE] Mediação Poética – Bloquinho do MAC

O Educativo MAC.CE convida os pequenos carnavalescos para curtir o Bloquinho do MAC, venha fantasiado, traga suas crianças para uma mediação poética das obras.
Proibido o consumo de bebidas e comidas dentro do museu.
Dia 3 de março de 2019, às 15h, no Museu de Arte Contemporânea do Ceará (MAC-CE). Acesso gratuito. Classificação etária: Livre.

>> Centro Cultural Bom Jardim

O Carnaval começa mais cedo no Centro Cultural Bom Jardim (CCBJ)! Nesta quinta-feira, 28, das 16h às 18h, tem muita folia com o Bloco Doido É Tu. Criado inicialmente para celebrar o Carnaval de cada Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), o bloco hoje faz parte do calendário oficial dos desfiles de Fortaleza. Envolvendo usuários usuários dos serviços de atenção à saúde mental, além de parentes e foliões em geral, o Doido É Tu permite momentos de intensa criação e convivência social. Uma maneira divertida de inserção social e luta contra preconceitos. A abertura da festa será com a Escola de Dança do CCBJ, com uma performance sobre o frevo.

SERVIÇO

Bloco Doido É Tu + Escola de Dança do CCBJ
Quinta, 28, 16h
Praça Central do CCBJ
Rua Três Corações, 400 – Bom Jardim
Entrada franca

*Mais informações – (85) 3101 – 6761 e (85) 98817-5149.

BNB inscreve para Prêmio de Jornalismo

Estão abertas as inscrições para o Prêmio Banco do Nordeste de Jornalismo 2019  – Temática Desenvolvimento Regional. Os jornalistas podem inscrever seus trabalhos até o dia 29/03/19, pelo site bnb.gov.br.

As premiações contemplarão trabalhos nas categorias de rádio, TV, mídia impressa e mídia digital, além de conteúdos veiculados em mídias-laboratório pelas faculdades de Comunicação na área de atuação do BNB, que inclui toda a Região Nordeste, além do Norte de Minas Gerais e do Espírito Santo.

Grupo JCPM prepara a festa do V Prêmio RioMar Mulher. Confira a lista das homenageadas

João Carlos Paes Mendonça comandará a festa.

Vem aí a premiação que homenageia 10 importantes personalidades por suas relevantes atuações no Estado, em diversas categorias: o Prêmio RioMar Mulher, que já tem data definida: 20 de março próximo, a partir das 19 horas, no Teatro RioMar Fortaleza. O evento chega à sua 5ª edição em 2019 e é uma realização do Grupo JCPM.

Com homenagens, exibição de vídeos da trajetória de cada reconhecida, exposição fotográfica e coquetel, o encontro marcará a celebração do Dia Internacional da Mulher, que ocorre mundialmente no dia 8 de março.

Na ocasião, todas as homenageadas serão agraciadas com um troféu entregue pelo presidente do Grupo JCPM, João Carlos Paes Mendonça, e por sua esposa, Auxiliadora Paes Mendonça. As categorias contempladas neste ano são: Justiça e Cidadania, Arte e Cultura, Saúde, Trabalho Social, Educação, Comunicação, Moda, Política e Gestão Pública, Economia e Negócios e Homenagem Especial.

Confira as homenageadas

Patricia Saboya, Ana Lúcia Bastos Mota, Ana Maria Studart, Adísia Sá, Maria Vital da Rocha, Rossicléa (Valéria Vitoriano), Denise Sahd, Islane Verçosa, Guaraciara Barros Leal e Consuelo Dias Branco (homenagem especial).

(Foto – Divulgação)

UFC abre seleção para professor visitante nos campi de Fortaleza

A Universidade Federal do Ceará abriu seleção para professor visitante dos Programas de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo e Design, Sociologia e Direito, todos nos campi de Fortaleza. As inscrições ocorrerão presencialmente ou por procuração nos dias 7, 8, 11, 12 e 13 de março, no horário das 9 às 12 horas e das 14 às 17 horas, na coordenação do programa de interesse do candidato. A informação é da assessoria de comunicação da UFC.

São ofertadas três vagas, uma por programa, e nelas podem se inscrever docentes na categoria sênior, caracterizado por possuir, entre outros requisitos, título de doutor por tempo igual ou superior a 10 anos; ou categoria júnior, com título de doutor por tempo igual ou superior a 5 anos e inferior a 10 anos. Os demais detalhes sobre os requisitos estão no item 4 do edital (http://www.progep.ufc.br/edital-30-2019/).

Oferta de vagas

O Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo e Design oferta vaga no setor de estudo Planejamento Urbano e Design da Informação. O candidato deve preencher as exigências da categoria júnior e o selecionado cumprirá um contrato de seis meses. O endereço é Av. da Universidade, 2890, Benfica, Pavilhão Central, 1º andar, CEP 60020-181, Fortaleza-CE, telefone (85) 3366 7957 e e-mail urbcla@gmail.com.

O Programa de Pós-Graduação em Sociologia oferece vaga para o setor de estudo Conflitos Sociais Contemporâneos. O interessado deve ser da categoria sênior. O contrato será de 24 meses. O endereço do programa é Rua Dr. Abdenago Rocha Lima, s/n, Campus do Pici Prof. Prisco Bezerra, CEP 60440-554, Fortaleza-CE, telefone (85) 3366 9218 e e-mail alexandresilva@eideia.ufc.br.

No Programa de Pós-Graduação em Direito, o setor de estudo é Tributação Ambiental. Pode se inscrever docente da categoria júnior. O contrato ofertado é de seis meses. O endereço da coordenação do programa é Rua Meton de Alencar, s/n, Centro, CEP 60035-160, Fortaleza-CE, telefone (85) 3366 7850 e e-mail pgdir@ufc.br.

SERVIÇO

*Mais informações sobre documentação, calendário, taxas e remuneração estão detalhadas no edital, disponibilizado no site da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (http://www.progep.ufc.br/edital-30-2019/).

*Divisão de Concursos e Provimento da PROGEP – fones: 85 3366 7407 e 3366 7868.

(Foto – Arquivo)

Quer viajar pelo mundo em ritmo de intercâmbio?

A ONG AIESEC está com vagas de intercâmbio social abertas para as próximas férias. Jovens de 18 a 30 anos podem escolher entre projetos sociais para desenvolver em países da América Latina, além de Egito, Portugal e Itália. Na viagem de seis semanas, o intercambista conhecerá uma nova cultura, novos amigos e dará propósito a essas semanas livres: o desenvolvimento de liderança e o impacto social para jovens que querem sair da sua zona de conforto.

Um exemplo é o projeto “Alebrije – Sembrando Historias”, no México, baseada na meta de desenvolvimento sustentável da ONU sobre a Redução de Desigualdades. Nesta oportunidade internacional, as atividades com crianças são voltadas à liderança, empreendimento social e cultura. A vaga está disponível para o fim de 2019.

Sendo uma organização internacional sem fins lucrativos, a AIESEC consegue manter os mais acessíveis intercâmbios para o exterior. “Nosso intercâmbio ainda inclui benefícios como a acomodação. Além disso, temos disponibilidade de projetos para realização em outros meses deste ano”, explica Paula Teixeira, diretora de Intercâmbios Sociais da AIESEC em Fortaleza.

Sobre a AIESEC

A AIESEC, criada em 1948 e presente em mais de 120 países, celebra aniversário de 10 anos na capital cearense. Formada por jovens universitários, a organização desenvolve liderança através de intercâmbios. São oportunidades multiculturais de intercâmbio social e profissional em parceria com ONGs e empresas em todos os continentes.

SERVIÇO

*AIESEC em Fortaleza – Avenida Barão de Studart, 2360 – sala 904, Torre Empresarial Quixadá.

*Mais Informações – (85) 3099 0050.

*www.aiesec.org.br

(Foto – Arquivo)

Rodrigo Minotauro expõe técnicas de jiu-jitsu para grupo de policiais do Ceará

O embaixador do UFC, Rodrigo Minotauro, deixou Fortaleza após ter ministrado um seminário de jiu-jitsu para cerca de 50 policiais civis e militares do Ceará. O seminário ocorreu terça-feira, no Centro de Formação Olímpica (CFO), com o grupo tendo uma explanação das técnicas seguras da modalidade.

“Esse seminário é uma forma de agradecimento à Força de Nacional de Segurança (FNS) pelo apoio ao UFC Fortaleza, que foi impecável. A Secretaria do Esporte e Juventude (Sejuv) é sempre parceira do UFC”, acentua Minotauro.

O seminário foi uma realização da Policia Militar do Ceará com apoio da Secretaria do Esporte e Juventude do Estado (Sejuv).

(Foto – Divulgação)

Um tango argentino

Com o título “Um tango argentino”, eis artigo de Rosembeerg Cariry, cineasta e escritor. Uma bela metáfora dessa nossa política atual. Confira:

Não houve meias palavras. O médico foi direto: você já está com o ouvido direito comprometido e perdeu 30% da audição do esquerdo. Nem triste fiquei, o que me veio logo na alma foi a memória de uma assombrosa história que testemunhei.

Conheci um velho sertanejo surdo que tinha um sonho impossível de se realizar: tocar sanfona pé de bode, a popular concertina de oito baixos. Mas, como aprender música se era surdo e no sertão se toca “de ouvido”? Aconteceu então uma coisa extraordinária, ele já estava com seus setenta anos de idade, quando, no fim do dia, chegando cansado do trabalho, foi dormir sem recomendar a alma a Deus. Ao adormecer, ele teve um sonho que lhe marcou o resto da vida. Nesse sonho, o diabo (possivelmente uma diaba – um súcubo, desconfio), apareceu-lhe envolto em névoas, entregou-lhe uma concertina de oito baixos e, pacientemente, ensinou-lhe a tocar um xote. O velho acordou assustado, suando frio, mas com alguma satisfação, porque guardara toda a música na memória e nas pontas dos dedos. Amanhecendo o dia, a sua primeira providência foi mandar buscar a sanfona de oito baixos de um compadre, a duas léguas de distância. À noite, reuniu a família e tocou o xote, tão bem tocado, tão belo e contagiante na sua alegria clara, que as pessoas se levantaram e começaram a dançar e a rodopiar pela sala, mesmo aquelas que na vida jamais tinham dançado. O segredo, inicialmente guardado entre familiares, espalhou-se, e o velho sertanejo passou a ser convidado para festas de casamentos e mesmo para as festas dos santos, para tocar a única música que sabia: o “Xote do Diabo”. Uma música irresistível até mesmo para os padres e as beatas. Conta-se mesmo o causo de um frade, das santas Missões, que, ao ouvir o velho tocando o “Xote do Diabo”, rodopiou no salão e levantou a sua batina como se fosse uma saia. Cruz e credo!

Assim, já não me importo de ficar surdo, quem sabe um dia eu tenha um sonho extraordinário e me acorde tocando um tango argentino. Sim, diante da tragédia em que mergulhou esse País, só mesmo tocando um tango argentino. n

*Rosemberg Cariry

Cineasta e escritor.

Estrada por onde circulam carretas com produtos químicos é só buraco

A estrada que vai do Ancuri até a Estação de Tratamento de Água do Gavião (ETA) está só o buraco.

Por conta das chuvas, o quadro se agravou e traz preocupação a mais para moradores. É que por ali passam caminhões carregados de produtos químicos utilizados no tratamento de água.

O temor dos moradores é que uma carreta dessas sofra um acidente na via, o que poderia gerar vazamento de gás, nocivo à população, animais e vegetação.

(Foto – Leitor do Blog)