Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Vem aí o X Acampamento Latino-Americano de Juventude de Icapuí

dedeteixeira

O deputado estadual Dedé Teixeira (PT), que integra a comissão organizadora do X Acampamento Latino-Americano da Juventude de Icapuí (Litoral Leste), puxará entrevista coletiva sobre o evento, que ocorrerá de 15 a 17 deste mês, na Praia de Tremembé. A coletiva ocorrerá em clima de café da manhã nesta quarta-feira, a partir das 9 horas, no auditório do Complexo das Comissões Técnicas Da Assembleia Legislativa.

O encontro reunirá também representantes dos patrocinadores e apoiadores, parceiros, artistas e convidados, ocasião em que serão apresentados o tema e o conceito do evento e anunciadas as atrações musicais e a programação completa de debates, oficinas culturais, exposições artísticas e shows. O objetivo é do X Acampamento de Icapuí é unir a juventude em torno da discussão de temas como política, cultura, diversidade e desenvolvimento sustentável.

Supermercado Bompreço é condenado a indenizar cliente por assalto em estacionamento

“O Bompreço Supermercados do Nordeste Ltda. foi condenado a pagar indenização de R$ 6 mil à professora S.M.S., vítima de assalto dentro do estacionamento da empresa. A decisão, proferida na última semana, é da 5ª Turma Recursal do Fórum Professor Dolor Barreira. Segundo os autos, a professora foi ao Bompreço, na avenida Santos Dumont, em Fortaleza, comprar remédio em uma farmácia localizada dentro do supermercado. Ao retornar para o veículo, foi surpreendida por assaltante que, com uma arma, roubou a quantia de R$ 3 mil e fugiu de moto. A polícia chegou minutos depois, mas nada pôde fazer.

Inconformada com a falta de segurança, S.M.S. ingressou na Justiça com pedido de indenização por danos morais e materiais. O Bompreço não enviou representante para a audiência de conciliação, realizada em julho de 2012. Em decorrência, teve decretada a revelia no processo. Ao julgar o caso, o Juízo do 11º Juizado Especial Cível e Criminal de Fortaleza condenou o supermercado a pagar indenização de R$ 6 mil por danos materiais e morais à professora.

Inconformadas com a decisão, ambas as partes interpuseram recurso (nº 032.2011.920.885-1) no Fórum Dolor Barreira. O Bompreço pediu a improcedência da ação, e a professora requereu a majoração da indenização. Ao julgar os recursos, a 5ª Turma Recursal manteve a sentença de 1º Grau, acompanhando o voto da relatora, juíza Nádia Maria Frota Pereira. “Oportuno destacar que a recorrida [professora] fez uso de todos os meios de prova que eram possíveis à espécie, enquanto a recorrente [empresa] não fez qualquer prova que pudesse esquivar-se do dever de indenizar”.”

(TJ-CE)

Chove em 102 municípios cearenses

118 1

“Choveu em 103 municípios no Ceará, entre 7 horas do último domingo e 7 horas desta segunda-feira, 4, segundo a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). O maior índice pluviométrico foi registrado em Solonópole (119mm), seguido pelos municípios de Cedro (90mm), Sobral (89,8mm), Iracema (88,2mm) e Lavras da Mangabeira (85,2 mm).

De acordo com a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), as chuvas fortes se devem ao fenômeno meteorológico chamado de vórtice ciclônico, que já estava previsto, mas não com essa intensidade. O órgão prevê ocorrência de chuvas no Estado até a próxima quarta-feira, 6.

No município de Sobral, na região Norte do Estado, a 250,3 km da Capital, a chuva provocou euforia e prejuízos na cidade. Árvores caíram, parte do teto de um shopping caiu e uma pessoa ficou ferida com a queda de uma antena de uma emissora local de rádio.

Em Iguatu, a 384,1 km de Fortaleza, uma ventania no fim da tarde derrubou a estrutura metálica da quadra de esportes do Rotary Club, localizado no Parque de Exposições da cidade. Testemunhas relataram que um raio atingiu o teto do Ginásio Poliesportivo Geraldo Nogueira Sobrinho, que foi inaugurado em 2009. Não houve feridos.”

(POVO Online)

Tasso Jereissati reforça imagem na mídia cearense durante esta semana

tassoojereissati

O ex-senador Tasso Jereissati dará palestra nesta terça-feira, às 10 horas, no Gran Marquise Hotel, dentro do II Brasil Shop – Congresso Internacional de Varejo 20134 – Nordeste. O tucano abordará o tema “Cenário Econômico e Perspectivas para o Varejo”.

A palestra coincide com o momento em que o PSDB cearense inicia suas inserções na tevê e no rádio, onde Tasso é o destaque, com discurso abordando o momento político no Ceará. Aliás, o ex-governador é tido como o principal nome do partido para disputar vaga de senador em 2014.

Arquidiocese apoia divulgação de documentario sobre a indústria do aborto

giraoo

Luís Eduardo divulga ofício da Arquidiocese do Recife-Olinda sobre documentário.

O Movimento Brasil Contra o Aborto e Pela Vida, que tem na coordenação nacional o cearense Luís Eduardo Girão (ONG Estação da Luz) acaba de ganhar apoio da Arquidiocese de Olinda e Recife na divulgação que fará, no país, a partir do próximo dia 15, do documentário Blood Money, que denuncia o comércio do aborto no mundo. Segundo Luís Eduardo, o arcebispo dom Fernando Saburido expediu nota para todos os padres recomendando que eles orientem fieis a assistiram ao documentário.

Em Fortaleza, o “Blood Money” terá pré-estreia dia 14 deste mês, no Cine Iguatemi.

O diretor do documentário, o norte-americano Davi Kyle, já está no Brasil para o lançamento. Nesta terça–feira, haverá pré-estreia em São Paulo.

(Foto – Paulo MOsKa)

Aeroporto em clima de embarque congestionado

158 2

ffila

Virou rotina. No período das 5 às 6 horas, filas quilométricas são formadas no setor de embarque do Aeroporto Internacional Pinto Martins. Tudo porque seis voos – TAM, Gol e Aviança, todos com destino a São Paulo e Brasília, estão coincidindo. Haja reclamação de passageiros.

Quem acaba levando a bronca é a Infraero, pois o pessoal do embarque não está dando conta.

(Foto – Paulo MOsKa)

Leitor alerta sobre blocos de concreto em plena via

viaddu

vidt

De professor Roncali Maranhão, leitor deste Blog, recebemos a seguinte nota, em tom de queixa:

Caro Eliomar de Lima,

Não bastassem as mortes das árvores do Parque do Cocó, agora a Prefeitura Municipal de Fortaleza está colocando risco a vida das pessoas durante a construção de viaduto. Um dos desvios na região da construção do viaduto da Antônio Sales com Engenheiro Santana Júnior se tornou uma armadilha fatal para os motoristas e motoqueiros de Fortaleza. Os especialistas de trânsito da Prefeitura colocaram, ou permitiram que colocassem, grandes blocos de concreto sem observarem as normas mais básicas de segurança na Via Expressa no sentido sertão-praia, logo depois do Colégio 7 de Setembro (ver fotos do absurdo, anexas).

No local, o rastro de destruição é bem visível e os moradores que habitam nas proximidades informaram que já ocorreram quatro acidentes gravíssimos. Esse crime parece está sendo acobertado pelas autoridades e pela imprensa que, até onde sei, não fizeram nenhuma denúncia.

Essa situação deverá causar mais mortes se nada for feito. Com os impactos dos acidentes que já ocorreram os blocos estão deitados o que gera ainda mais riscos porque fica mais difícil a sua visualização por parte dos condutores de veículos. E durante a noite a coisa se complica muitíssimo.

Na minha opinião, as autoridades deveriam levantar detalhes dos acidentes que já ocorreram, processar os responsáveis e enquadrá-los no crime de homicídio doloso.
Mas, estamos em Fortaleza, Brasil, paraíso de criminosos…

Sem mais,

Professor Roncali Maranhão.

Temporal causa alagamentos e prejuízos em Sobral

chuva 131103 sobral

Uma forte chuva acompanhada por ventania, na tarde deste domingo (3), causou alagamentos e prejuízos no município de Sobral, a 250,3 km de Fortaleza. O temporal, que começou por volta das 16h30min e durou cerca de 2 horas, derrubou várias árvores, quatro delas na praça São João, no centro da cidade.

No bairro Alto Cristo, a antena de uma emissora de rádio local caiu, atingindo quatro residências e ferindo moradores. Francisco Edmilson Arruda Filho, 40 anos, pedreiro, foi atingido pela antena quando estava na varanda de casa. Ele teve ferimentos no rosto e no ombro. Na CE-179, que liga Sobral a Groaíras, uma placa de sinalização caiu impedindo a passagem de veículos na rodovia até o início da noite.

No recém-inaugurado North Shopping Sobral, parte do teto desabou com as chuvas. Ninguém ficou ferido. Nas redes sociais, internautas sobralenses relataram os danos sofridos durante a tempestade, com portões de residências arrancados pelos ventos fortes, além de imóveis alagados.

Em sua página na rede social Facebook, o governador Cid Gomes comemorou a chuva com o postagem de uma foto enviada pelo prefeito de Sobral, Clodoveu Arruda: “Chovendo forte agora em Sobral. O Veveu me enviou esta foto. Tomara que volte a ver muitas destas no ano que vem! Viva São Pedro!!!”. Ele ainda não sabia dos estragos causados no município.

(O POVO Online)

Grupo empresarial cearense ganha prêmio nacional de marketing

publicidade campanha troféu

Com a campanha “Mude seus hábitos, mude sua vida com Minalba”, o grupo empresarial cearense Edson Queiroz venceu o prêmio Waldemar Junqueira, na categoria Melhor Campanha de Marketing de 2013, realizado pela Associação Brasileira da Indústria de Água Mineral (ABINAM).

Na campanha, consumidores foram convidados a uma rotina mais saudável, com a conquista de qualidade de vida e corpo hidratado.

No próximo dia 20, a empresa passará a veicular uma campanha com o tema Verão. A fonte da Minalba fica nas montanhas de Campos do Jordão, a 1.700 metros de altitude, no interior paulista.

A terceira via do Ceará?

Da coluna Fábio Campos, no O POVO deste domingo (3):

A união Campos/Marina promove repercussões no Ceará. Atentem para a filiação da presidente do Centro Industrial do Ceará (CIC), Nicolle Barbosa, ao PSB. Atentem que ela já chega assumindo a presidência do diretório de Fortaleza. Em política, nada é à toa.

Até um dia desses, o CIC era uma sombra de seus tempos de glória. Tempos em que um jovem grupo de empresários achou que deveria ter posicionamento político, apoiar a campanha pelas diretas e, depois, apoiar Tancredo Neves no Colégio Eleitoral.

Na metade da década de 80, das entranhas do CIC, nasceu um movimento social: o Pró-Mudanças. Desse movimento, em 1986, nasceu a candidatura de Tasso Jereissati ao Governo do Ceará.

Desde então, rigorosamente todos os governadores do Estado foram, de uma forma ou de outra, gerados a partir da hegemonia política que se estabeleceu com o poder exercido por Tasso Jereissati. Sim, Cid Gomes também é parte dessa linhagem.

Porém, o CIC jamais conseguiu reproduzir a importância e a influência que teve naquele momento. A entidade ficou por aí, meio como um apêndice da Fiec. Isso, até a chegada de Nicolle Barbosa ao seu comando. Empresária da indústria gráfica, a nova presidente do CIC se viu à frente de uma entidade com prestígio decadente e financeiramente dependente da Fiec. Havia pouco a se fazer, mas Nicolle teve o talento para antever um caminho virtuoso.

Muniu-se de consultores. Gente experiente e com capacidade de elaboração como o economista Cláudio Ferreira Lima, que já havia sido colaborador teórico da geração dos tempos de glória do CIC.

Daí nasceu o Integra Brasil, um movimento que foi além do Ceará para tratar de um tema fundamental para nós: as desigualdades regionais. Com o projeto nas mãos, a presidente do CIC foi em busca de recursos para viabilizá-lo. Conseguiu apoio da Fiec, do Governo do Ceará, Governo Federal e BNDES, entre outros.

Em cada um dos fóruns realizados em outras capitais (Fortaleza, Salvador, Rio de Janeiro, Recife) articulou o apoio da federação da indústria e do Governo local. Em julho, ocorreu o fórum de Pernambuco. E quem dedicou o dia inteiro ao evento? Eduardo Campos.

O governador de Pernambuco percebeu que havia ali uma parte importante de um projeto para o Brasil. Foi lá que viu um dos cartazes do Integra com a seguinte frase: “O Brasil pode mais”. É essa a frase que Campos tem usado por onde anda Brasil a fora.

Campos buscou se aproximar de Nicolle Barbosa. Na primeira conversa já lhe apresentou a ficha de filiação ao PSB, que não foi assinada. Uma série de outras conversas depois, a presidente do CIC decidiu se filiar.

Mas, o que isso quer dizer? Por enquanto, não muito. Nicolle não trata do assunto. Não fala em candidaturas e nem de possibilidades políticas. Afirma que seu foco continua sendo o CIC e a nova etapa do Integra, que vai tratar do Ceará.

Mas, os bastidores fervilham. Fala-se que Eduardo Campos insiste numa tese: a candidatura de Nicolle ao Governo do Ceará. Para ele, a empresária encarna “o novo”. Seria um contraponto consistente baseado em um projeto com conteúdo que contempla um conjunto de ideias para o País e para o Nordeste.

Seria então Nicolle terceira via cearense? Quanto a isso, há muito mais perguntas que respostas. Para início de conversa, a candidatura pelo PSB cearense só é viável se conseguir articular uma aliança que garanta alguns minutos no palanque eletrônico.

É por isso que se fala muito na possível aliança PSB-PSDB. A sigla tucana tem uma mercadoria preciosa em campanhas eleitorais: tempo no horário gratuito de rádio e televisão. Outra: o PSDB possui diretórios municipais em pelo menos uma centena de municípios.

Imaginem a seguinte foto? Eduardo Campos, Marina Silva e Tasso Jereissati ladeando a jovem Nicolle Barbosa. E com que olhos o pessoal da “Rede” marinista vê essa imagem?

Como foi dito, há muito mais perguntas que respostas.

As meninas super poderosas

888 8

super poderosas

Já está sendo chamado de “As Meninas Super Poderosas” o grupo das três integrantes do PSB que promete arrebentar nas eleições do próximo ano.

A deputada estadual Eliane Novais é a loirinha do grupo, a Lindinha, que quer disputar uma cadeira na Câmara Federal. A empresária Nicolle Barbosa é a Florzinha, pré-candidata ao Governo do Ceará. E a morena Docinho é a advogada ambientalista Geovana Cartaxo, que pretende disputar o Senado.

E aí, tem algum vilão que quer encarar as Meninas Super Poderosas?

MP recebe pedido para cobrar do governo estadual estudos sobre construção da ponte estaiada

102 1

Já está com o procurador-geral do Ministério Público de Contas do Ceará, Glaydson Alexandre, o pedido feito, através de ofício, pelo deputado federal Eudes Xavier (PT/CE), para que o órgão cobre do governo estadual, estudos sobre o fluxo de veículos e transporte público, além dos impactos ambientais da ponte estaiada sobre o rio Cocó. A solicitação foi feita nessa sexta-feira (1º), durante audiência na sede do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

O procurador Glaydson Alexandre revelou que o projeto da ponte estaiada já vem sendo analisado desde junho deste ano em dois focos: a falta de requisitos para uma parceria público-privada (licitação) e a restrição de competitividade, também no processo licitatório.

“Agora vamos analisar a questão da mobilidade urbana e os impactos ambientais da obra”, disse o procurador Glaydson Alexandre.

O assunto, segundo ele, também será discutido em reunião com o procurador chefe do Ministério Público Federal, Alessander Sales. Os vereadores Deodato Ramalho e Ronivaldo Maia acompanharam o deputado Eudes Xavier. O processo sobre a ponte estaiada é o de nº 5421/2013-0 e pode ser consultado através do Portal do TCE: www.tce.ce.gov.br.

Ciro rasga cartaz de manifestante em Iguatu

357 13

Após tentar conversar com manifestantes que apoiavam a greve dos professores da Universidade Estadual do Ceará (Uece), nessa sexta-feira (1º), em Iguatu, o secretário da Saúde do Estado e irmão do governador, Ciro Gomes, se irritou com os dizeres de um cartaz que era exposto por um estudante.

Ciro Gomes disse que não haveria diálogo com aquele tipo de agressão e acabou tomando o cartaz do manifestante. Ao reclamar dos dizeres do cartaz, Ciro acabou rasgando-o. Os dizeres do cartaz não foram divulgados pelo secretário nem pelos manifestantes.

Veja o vídeo:

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=r8d2x6qo7mQ[/youtube]

Ex-dirigente do Dnocs diz que órgão nunca concordou com alto volume do Castanhão

212 4

Em carta aberta ao jornalista Edilton Saldanha, do Dnocs, o ex-dirigente do órgão, engenheiro Cassio Borges, esclarece assuntos referentes ao Castanhão. Confira:

Por motivo de viagem, só agora tomei conhecimento do e-mail que V.Sa. enviou para o Blog do distinto jornalista Eliomar de Lima. Aliás, não apenas um, mas dois. Sobre os assuntos dos mesmos, até que gostaria de ter uma resposta aos meus questionamentos sobre a Barragem do Castanhão dito por um engenheiro especialista em recursos hídricos, aí a discussão ficaria num nível profissional mais equilibrado.  Repito: “um engenheiro especialista em recursos hídricos” que tenha no seu currículo profissional a Cadeira de Hidrologia. Depois de 28 anos que discuto este assunto “Em Defesa da Engenharia Nacional”, subtítulo de um livro que escrevi sobre a construção da Barragem do Castanhão, vem a lume a primeira contestação, infelizmente por um jornalista, sem nenhum credencial para tal . Por que só agora depois de tanto tempo? Inicialmente, gostaria de dizer ao senhor Edilton Saldanha que o DNOCS  nunca apoiou a construção do referido empreendimento no seu porte alto, isto é, com 6,7 bilhões de m3. Embora, por imposições políticas e por sua competência, foi obrigado a ser o construtor da referida obra. Você quer saber se o que estou dizendo é verdade, peço-lhe ver nas páginas 42 a 45 do livro que escrevi sobre a Barragem do Castanhão sob o título SEMINARIO SOBRE O VALE DO JAGUARIBE, um evento que durou três dias para, no final, apoiar a Barragem do Castanhão, mas com apenas 1 bilhão  de m3 de acumulação. E, note, os melhores técnicos do DNOCS da época estiveram presentes a essa histórica decisão.

Quero também lhe dizer e o  faço em respeito  aos exigentes internautas  deste conceituado Blog, que sou engenheiro civil formado pelas três maiores Escolas de Engenharia do Brasil: A Escola Politécnica de Pernambuco, a Escola Nacional de Engenharia (Curso de Obras Hidráulicas) e pela Pontifícia  Universidade Católica-PUC (Curso de Barragem, onde até a teoria das cascas, matemática avançada, geologia, hidráulica e hidrologia, etc, foram ministrados pelos mais renomados professores daquela época no Rio de Janeiro). As duas últimas escolas do Rio de Janeiro. Pergunto ao jornalista Edilton se ele quer que lhe envie  a minha biografia e o meu currículo profissional, dos quais, modestamente,  muito me orgulho.

Sobre não querer receber os meus e-mails, digo-lhe que só os envio para quem pertencem ao meu círculo de amizade,  mas acho muito justo para quem não os desejem  recebê-los pedir o seu cancelamento. São cerca de 1.600 web-leitores na minha lista de contato. São pessoas de dentro do DNOCS e fora dele de todo o Brasil que sempre acusam o recebimento e me estimulam a continuar a minha luta em favor do nosso Departamento e do  uso racional dos recursos hídricos de nossa Região. Agora, você pedir o cancelamento do seu e-mail por intermédio do conceituado Blog do jornalista Eliomar de Lima, me pareceu o seu intuito de jogar para a plateia em busca da notoriedade.  Se você sempre foi uma figura apagada no DNOCS e nunca conseguisse destacar, estas poucas “linhas da fama”, espero já o tenha satisfeito.

Sobre a Barragem do Castanhão, construída numa seção do Rio Jaguaribe já perenizada (pasme!) pelos Açudes Orós e Banabuiú, note que ele não acrescentou um só metro de perenização ao referido rio, pelo contrário, destruiu com sua bacia hidráulica cerca de 70 quilômetros já perenizados   daquele rio e mais 40 quilômetros da perenização do seu afluente Riacho do Sangue.  A população cearense não deve tomar conhecimento disto? Mas os meus questionamentos se restringiram  ao seu exagerado porte de 6,7 bilhões de m3 de acumulação d`água, tendo deslocado, impiedosa e desnecessariamente, 15.000 pessoas residentes na cidade de Jaguaribara, seus distritos e parte de Jaguaretama.  Você não sendo da área de engenharia, não tem, portanto, a competência profissional e nem o conhecimento para entender que a inclusão, inconsequente, do Açude Castanhão no planejamento do DNOCS para o vale do Rio Jaguaribe,  estabelecido  desde a década de 50, foi um erro imperdoável  de engenharia cometido pela Secretaria de Recursos Hídricos do Estado do Ceará, como o tempo está provando. O Castanhão, na verdade, é uma obra pontual, concentradora de todo recurso hídrico do vale do Rio Jaguaribe, não servindo, nem mesmo,  para atender   as comunidades mais próximas ao seu redor, conforme artigo que escrevi  no Jornal O Povo no dia 06 de junho último sob o título “AÇUDE CASTANHÃO: COMO UTILIZÁ-LO”.

Para não me estender demais com este comentário, só gostaria de acrescentar que,caso o Açude Castanhão tivesse sido construído com 1,2 bilhão de m3, ele estaria, com absoluta certeza,  reforçando, atualmente, o abastecimento de água da Região Metropolitana de Fortaleza-RMF. Aliás, eu diria, para que isso fique bem entendido, se realmente esta necessidade de água na RMF já estivesse sendo sentida nos dias atuais, mesmo se o referido reservatório ainda não existisse, o Açude Orós, sem dúvida, faria este papel, como o fez em 1993 no terceiro ano de seca no nosso Estado. Digo “terceiro ano de seca”, porque neste inicio do mês de novembro não estamos, sequer, no segundo ano completo que este fenômeno atinge o nosso Estado em toda a sua extensão. Portanto, esta  estória que o Açude Castanhão está “salvando” Fortaleza é mais uma enganosa propaganda dos seus promotores e defensores  que fazem dele autopromoção   pessoal para defender e manter suas posições nos altos escalões de Brasília, para onde foram e ainda estão encastelados,  conspirando contra a existência do DNOCS. Pergunto: Você acha justo que a Barragem do Castanhão tenha sido construída tão somente para ser usada  apenas uma vez a cada dez anos? Veja que essa obra foi concluída em dezembro de 2003 e, só agora, depois de dez anos, ela veio dar o ar de sua graça. O gigante Castanhão estava adormecido em berço esplêndido, com pouquíssimo uso, levando em conta o seu exagerado porte de acumulação e seu elevado custo de construção.

Senhor jornalista, você até bem pouco tempo era funcionário administrativo do DNOCS, não é verdade?  Você se lembra do pedido que me fez quando estive uma vez no seu setor de trabalho, há  cerca de dois ou três anos e  ao se apresentar a mim, como jornalista, manifestou  o seu desejo em ir  trabalhar no setor de comunicação daquele  Órgão? Mas deixando este assunto de lado, não quero nem de leve  falar nesta possibilidade, mas se  quiser  saber o que é, e o que será no futuro, o Açude Castanhão, como ele  foi inconsequentemente concebido,  a população cearense verá, ou melhor, irá  sentir, se  o próximo ano for mais um ano de seca  no nosso Estado. Vamos ter um mar de água acumulado nesse reservatório, enquanto a população interiorana vai sofrer as consequências  da falta de água até mesmo para saciar a sua sede.  Que Deus nos livre se voltarmos a ver este tenebroso quadro nos sertões cearenses. Vamos todos rezar para que isto não aconteça. Sim, vamos rezar!

Aliás, não podemos esquecer que, recentemente, tivemos três anos seguidos de seca, 1991, 1992 e 1993 e é bom termos isto em mente para evitar situações mais catastróficas, pois já tivemos períodos críticos de cinco e até sete anos seguidos  de chuvas abaixo e em torno da média histórica.

Quanto ao que você disse que “o pessoal do DNOCS não lê o que escrevo”, posso mostrar a você e a quem quer que seja, os e-mails de apoio que tenho recebido de técnicos do DNOCS, inclusive da competente engenheira Zita Timbó (nome do maior destaque e respeito do nosso Departamento) e do engenheiro Getúlio Maia, ambos os construtores da referida obra, sem dúvida,  um belo monumento de engenharia, embora com erros da engenharia de recursos hídricos de origem, que os referidos  profissionais não tiveram responsabilidade, pois a construíram com louvor do ponto de vista da construção de obras hidráulicas. Ambos merecem os meus parabéns, bem como o próprio DNOCS. Uma coisa é a obra em si, a outra é a finalidade e os objetivos para os quais ela foi construída.  Ainda em referência ao pessoal do DNOCS, você estava presente em novembro (ou dezembro?) do ano passado quando, numa Audiência Pública na Câmara dos Deputados, em Brasília, fui convocado para fazer um pronunciamento em favor do DNOCS. Até que ocupei mais tempo do que o Deputado Eudes Xavier, que presidia aquele encontro,  me concedeu. Durante a minha fala, os mais de 100 funcionários do DNOCS, ali presentes, me interromperam várias vezes com aplausos, num inconteste apoio ao que estava dizendo. Para mim, dou este assunto por encerrado.

Cássio Borges, engenheiro

Prefeitura prorroga até 30 de abril de 2014 validade da carteira estudantil

O prazo de validade da carteira de estudante foi prorrogado para o dia 30 de abril de 2014, segundo a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor). Nesta sexta-feira, 1°, se encerrava o antigo prazo que havia sido estabelecido. De acordo com a Prefeitura de Fortaleza, a licitação das carteiras de estudante está em fase de conclusão. O órgão pretende garantir que as carteirinhas dos alunos novatos da rede público de ensino, que ainda não possuem o documento de 2013, sejam confeccionadas.

Ainda segundo a Prefeitura, o esperado é que até 30 de abril de 2014 todas as carteirinhas tenham sido entregues. Neste processo de 2014, os benefícios do Bilhete Único estarão integrados à carteira de estudante.

Em caso de perda da carteirinha, o estudante deve se direcionar até a Etufor com uma declaração da universidade para retirar a 2ª via da carteira, segundo informações do Órgão. O prazo para recebimento é de 30 dias.

(Com POVO Online)

Agenor Neto, o puxador 2014

129 1

agenorneto

O ex-prefeito Agenor Neto (PMDB), de Iguatu, entrou na lista dos queridinhos da cúpula estadual em matéria de apoio para deputado estadual. Como deixou a gestão com quase 90% de aprovação, é tido como um dos nomes que terão boa votação e ajudarão o partido a ganhar mais musculatura na formação da bancada na Assembleia.

Prefeitura responde queixa do Blog avisando que haverá reparo em recapeamento "tobogã"

75 4

Sobre o péssimo recapeamento asfáltico realizado na avenida 13 de maio, principalmente no trecho próximo à reitoria da UFC, este Blog recebeua seguinte nota do Paço Municipal:

A Assessoria de Comunicação Social da Prefeitura de Fortaleza informa que a Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), por meio da Coordenadoria de Conservação de Vias, já havia acionado a empresa responsável pela execução da operação tapa-buraco na Avenida 13 de Maio para que as falhas sejam corrigidas e o serviço seja plenamente executado.

Segundo a Assessoria de Comunicação Social da Prefeitura, o município está investindo este ano mais de R$ 50 milhões em recapeamento e operação tapa buraco nas ruas da Capital e que a determinação é que todo o serviço seja feito com o mais rigoroso cumprimento às normas de engenharia.

Assessoria de Comunicação Social da Prefeitura de Fortaleza.

Senador Inácio Arruda é relator de projeto que destina R$ 16,6 bi para estatais

69 2

inacioarruddas

O senador Inácio Arruda (PCdoB) será relator de projeto de lei nº 41/2013, oriundo do Executivo, assegurando uma suplementação orçamentária para empresas estatais. O valor a ser liberado é de R$16,6 bilhões. Na lista de estatais que serão contempladas estão o Banco do Nordeste, Caixa Econômica, CHESF, BNDES e Petrobras.

O projeto será analisado na Comissão de Orçamento e os créditos têm por finalidade adequar os orçamentos dos projetos e atividades constantes no Orçamento de Investimento das respectivas empresas, em decorrência de novas prioridades estabelecidas para 2013.

O credito destinado ao BNB, segundo Inácio Arruda, servirá para implantar 17 novas agências na região.

Tribunal de Justiça do Ceará aprova isonomia salarial para servidores

luisgerardobrigido

Luis Gerardo Brígido preside o TJ do Ceará

“O Pleno do Tribunal de Justiça do Ceará aprovou, nesta sexta-feira, a mensagem de lei que trata da isonomia salarial dos servidores. A medida vai beneficiar mais de 1.300 servidores da Justiça estadual. A implementação da isonomia será feita em parcelas programadas durante cinco anos, sendo a primeira em julho de 2014. Antes de submeter à matéria ao colegiado, houve prévio entendimento sobre o assunto entre o presidente do TJCE, desembargador Luiz Gerardo de Pontes Brígido, o governador Cid Gomes e o presidente da Assembleia Legislativa, deputado José Albuquerque. A matéria agora será encaminhada à Assembleia Legislativa. A mensagem substitui a anterior, de nº 07/2012, objetivando dar maior clareza ao texto da lei.

A iniciativa propõe a implementação de progressões de referências e as promoções de classes de servidores integrantes do Quadro III do Poder Judiciário. Segundo o projeto de lei que acompanha a mensagem, fica revogado o § 3º do artigo 1º da Lei nº 13.551/2004 (que reestruturou o Plano de Cargos e Carreiras dos Servidores). O dispositivo autorizava o escalonamento remuneratório por entrância, permitindo enquadramentos funcionais distintos. Isso permitia, por exemplo, que dois agentes investidos em cargos com as mesmas atribuições apresentassem diferença de vencimento-base, por estarem lotados na Capital e no Interior.

Aprovada a lei, o Tribunal editará resolução para o reenquadramento de classes e referências dos servidores nas situações especificadas na lei em que haja diferença de tratamento remuneratório baseado no escalonamento de cargos por entrâncias. As despesas decorrentes do pagamento da isonomia correrão por conta das dotações orçamentárias do Poder Judiciário, observadas as disposições da Lei de Responsabilidade Fiscal.

Quem tem direito?

– Servidores efetivos com cargo originário no Interior ou com a primeira lotação no Interior, sem exoneração de cargo efetivo após essa lotação, tendo entrado em exercício até 31 de dezembro de 2006;

– Servidores efetivos com a primeira lotação na Capital, sem exoneração de cargo efetivo após essa lotação, com exercício entre os anos de 2002 e 2006.