Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Fortaleza com setembro de moda em dobro

Empresários da indústria e do varejo de calçados, vestuário e acessórios terão em Fortaleza, no período de 24 a 26 de setembro, no Centro de Eventos, um grande encontro para falar de moda e negócios. Isso, por ocasião de duas feiras especializadas na área e que deverão congregar mais de 170 marcas nacionais, oferecendo aos lojistas da região Norte e Nordeste uma nova oportunidade para compras e atualização com as principais tendências de consumo.

Vem aí a FICANN – Feira Internacional de Calçados e Artefatos Norte/Nordeste e a NORDESTE PRÊT-À-PORTER – Feira Internacional de Negócios para Indústria de Moda, Confecções e Acessórios. Nessa ocasião, serão apresentadas as coleções para alto-verão em calçados, bolsas, confecções femininas e masculinas, em diferentes estilos e faixas de preço.

Empresas dos principais polos produtores brasileiros participarão do evento, notadamente do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Goiás, Bahia e Ceará. A indústria da região Norte/Nordeste estará representada por cerca de 13 empresas expositoras, que deverão fazer deste momento uma plataforma para novos negócios.

As feiras FICANN e NORDESTE PRÊT-À-PORTER são dirigidas exclusivamente para lojistas, industriais e profissionais do mercado de moda e calçados de todo o Norte/Nordeste, especialmente grandes redes, lojas multimarcas e butiques. Além disso, devido à proximidade de Fortaleza em relação ao mercado do Caribe e América Latina, compradores destas regiões também foram convidados.

SERVIÇO

* Mais informarações – sav@francal.com.br

HGF terá conselhos Gestor e Consultivo com participação de servidores

arrudabastos

O Hospital Geral de Fortaleza vai contar com dois novos conselhos: o Conselho Gestor e o Conselho Consultivo, criados por portarias do secretário estadual da Saúde, Arruda Bastos, publicadas no Diário Oficial do Estado no último dia 7. Os nomes que irão representar o conjunto dos profissionais do hospital serão escolhidos pelos próprios servidores públicos (estadual, municipal ou federal), que estão em atividade funcional e podem estar em cargos comissionados.

Os interessados em ser representante devem se cadastrar através do e-mail conselhos.hgf@saude.ce.gov.br nesta sexta-feira, 16, até a meia noite, para concorreram ao processo de escolha. Podem se cadastrar servidores públicos do HGF em atividade funcional e que não ocupem cargos comissionados.

* Confira todos os detalhes no Blog do Arruda Bastos aqui.

PSDB do Ceará pode perder vozes na Assembleia

Ainda não está sepultada a possibilidade de João Jaime e Fernando Hugo, ambos deputados estaduais pelo PSDB, trocarem de partido, segundo amigos próximos aos dois parlamentares.

João Jaime vem sendo cortejado pelo DEM, presidido por Moroni Torgan, mas que tem como vice-presidente estadual o empresário Chiquinho Feitosa, amigo de JJ.

Já Fernando Hugo é procurado pelo PSD, por meio do seu amigo, o deputado estadual Osmar Baquit, e pelo PSB.

Até agora, os dois evitam falar sobre o assunto, mas não escondem preocupações eleitorais de olho em 2014.]

Há quem diga que só há uma pessoa capaz, no ninho tucano, de reverter essa arribação política: o ex-senador Tasso Jereissati. E, assim mesmo, decidindo postular mandato ano que vem.

Mineiro entra no lugar de cearense no comando da panificação nacional

josebatista

A Associação Brasileira da Indústria da Panificação e Confeitaria (Abip) acaba de empossar, em solenidade realizada na sede da Confederação Nacional da Indústria (CNI), em Brasília, sua nova diretoria para o período 2013-2017. O novo presidente da entidade é José Batista de Oliveira, de Minas Gerais, que respondia pela vice-presidência da Abip na gestão anterior do cearense Alexandre Pereira.

A nova diretoria terá por objetivo prosseguir no processo de renovação e consolidação do setor, promover o fortalecimento das padarias, apoiar iniciativas que resultem na desoneração do pão e organizar cursos e atividades voltados ao aprimoramento da gestão.

Em 2012, a panificação brasileira cresceu 11,6% em relação ao ano anterior, movimentando R$ 70,29 bilhões. Este foi o sexto ano consecutivo em que o setor registra crescimento anual superior a 10%. No Brasil, são 64 mil padarias de pequeno e médio porte, posicionando-se como o segundo maior canal de distribuição de alimentos do país e um dos seis maiores segmentos industriais. Os 115 mil empresários do setor são responsáveis pela geração de 802 ml empregos diretos e 1,85 milhão de empregos indiretos.

Caso Cocó – Furor preservacionista tem esteio sólido, ou meramente midiático e eleitoreiro?

99 1

Com o título “Equívocos lamentáveis”, eis artigo do advogado Walmir Pontes Filho, ex-procurador geral do Município na Era Juraci Magalhães, sobre a polêmica em torno da construção de dois viadutos no encontro da avenida Antônio Sales com Engenheiro Santana Júnior. Ele questiona opositores do projeto e indaga se o “furor preservacionista” não seria meramente midiático ou eleitoreiro. Confira:

As manchetes dos jornais dão conta de que a Procuradoria da República no Ceará, com vistas à paralisação das obras de construção de viadutos na avenida Eng. Santana Júnior está a alegar que se trata, a área do Parque do Cocó, de um “terreno de marinha”. Daí ser ela de suposta propriedade da União Federal.

Nada mais errôneo, com o devido respeito aos que sustentam tão desatinada tese. O Parque do Cocó se situa a uma distância inferior a 33 metros, a partir da linha do preamar-médio de 1831, em direção ao continente? Por mais que se admita a elevação do nível do mar, por conta do aquecimento global, o Parque se situa muito além dessa distância.

Pois é isso o que estabelece o Decreto-lei 9.760/46: “São terrenos de marinha aqueles que, banhados pelas águas do mar ou de rios navegáveis em sua foz”, vão até a distância referida (33 metros em direção ao continente, a partir da dita linha de preamar). Tal norma, embora antiga, por diversas manifestações jurisprudenciais (de Tribunais Regionais Federais, do Superior Tribunal de Justiça e do próprio STF, conhecíveis facilmente por consultas à internet) foi tida como recepcionada pela Constituição de 88. Continua juridicamente válida, portanto.

Nem se fale que o rio Cocó que, como a imensa maioria dos rios, desemboca no mar, é “navegável”, seja em sua foz ou em qualquer trecho posterior. Ele começa e termina no Ceará, sem fazer divisas com qualquer outro Estado. Assim é rio estadual, não federal. A União, pois, juridicamente nada tem a ver com ele!

Ah! As castanholas, tão cearenses quanto o time catalão de Messi, Neymar e companhia, estão a ser “assassinadas”! Não poderia a verdejante área, dantes desértica (é bom lembrar), ser adequadamente recomposta, de modo que a área verde total nada perdesse… e mais, em benefício de toda a população de nossa cidade, que sofre naqueles infernais engarrafamentos, protagonizadores de perda de tempo precioso e, pior, de cruel insegurança?

Ficamos com a seguinte indagação: esse “furor preservacionista” tem esteio sólido, ou meramente midiático e eleitoreiro?

Conheço bem, o digno, competente e rigorosamente insuspeito magistrado que exarou a liminar concedida. Tanto quanto conheço o eminente procurador postulante, homem dotado de grande integridade. Um creio que foi induzido a erro. O outro cometeu equívoco de interpretação da lei.

* Valmir Pontes Filho,

Advogado e sócio do escritório Valmir Pontes, Licurgo e Teles Advogados.

Grupo a favor das obras dos dois viadutos em trecho do Cocó divulga manifestação

101 6

viadutosim

Um grupo resolveu assumir a defesa das obras de construção dos dois viadutos no encontro da avenida Antônio Sales com Engenheiro Santana Júnior. Pelo menos há uma convocação, via Facebook, para que quem for a favor do projeto compareça sábado, a partir da 14 horas, no Parque do Cocó, e participe de uma manifestação.

Ministro da Saúde libera verbas e agenda inauguração do heliponto do IJF

odoricooo

Odorico Monteiro, Ministro Padilha, Prefeito RC e secretária Socorro Martins.

A Assessoria de Imprensa do prefeito Roberto Claudio (PSB) mandou para o Blog o resultado da audiência dele, nessa noite de quarta-feira, em Brasília, com o ministério Alexandre Padilha (Saúde). A audiência, na qual estavam também a secretária municipal da Saúde, Socorro Martins,a, e Odorico Monteiro, secretario nacional de Gestão Estratégica do MS, apresentou o seguinte balanço:

1. Apoio financeiro para seis UPAs, três já com ordem de serviço pronta.

2. Retomada das reformas do Frotinha Parangaba, Gonzaguinhas da Barra e NS da Conceição.

3. Aumento do suporte financeiro para reforma e ampliação de 60 unidades e construção das 25 novas unidades.

4. O ministro Padilha vem a Fortaleza, mês que vem, para inaugurar o heliponto do IJF, entregar uma UPA.

(Foto – Divulgação do MS)

A professora-doutora em Filosofia e a homofobia ecológica

145 6

Com o título “Homofobia ecológica”, eis artigo do jornalista Plínio Bortolotti, no O POVO desta quinta-feira. Ele aborda o caso de uma professora-doutora em Filosofia investindo com violência verbal contra a Guarda Municipal no episódio da desocupação de trecho do Cocó que tem projeto para receber dois viadutos. Confira:

Um vídeo postado no Facebook pelo Nossa Tribo, coletivo de comunicação autodenominado “independente”, a exemplo da mais conhecida Mídia Ninja, mostra uma professora da Universidade Estadual do Ceará, “doutora em Filosofia pela PUC-SP”, investindo com violência verbal inaudita contra os guardas municipais que promoveram a desocupação do Parque do Cocó, na madrugada do dia 8 deste mês.

No momento em que ela confronta os guardas, aos gritos, eles não reagem. Apesar disso, o ataque da professora poderia ser justificado – pela vista dos manifestantes ou mesmo por quem de fora – pela pela violência, essa física, utilizada pela Guarda Municipal na ação. Poderia, se o destampatório verbal da “doutora em Filosofia” não fosse vazado em termos, todos eles, escandalosamente homofóbicos.

Não me atrevo a repetir nenhum dos xingamentos aqui, mas quem quiser ir ao vídeo para ouvir o chocante discurso – e ver a fúria com que professora o pronuncia (sob aplauso de companheiros circundantes), pode digitar este endereço; mas aviso, tirem antes as crianças da sala. Vídeo: http://goo.gl/KBj5gx – post: http://goo.gl/WvVqus.

Se fosse alguém da “direita” a usar termos assim, o negócio seria um escândalo, “repercutido” com críticas e acusações em toda a mídia social. Mas sendo uma “ecologista”, o Nossa Tribo classifica o discurso horrorosamente homofóbico como “intenso” e faz elogios à professora, dizendo que “ela sabe o que fala” (sic).

E aqui entramos – o espaço é pequeno para um debate mais aprofundado – na conversa sobre as mídias “independentes”, que reconheço como um tipo de jornalismo, mas às quais não se pode permitir tudo, como se fossem crianças voluntariosas.

O papel mais importante da imprensa é buscar a verdade (sim, eu acredito em velharias). Se uma palavra é homofóbica quando pronunciada pela “direita”, ela continua sendo quando dita pela “esquerda”. E se a mídia “independente” não compreender isso, é porque não está entendendo nada.

* Plínio Bortolotti

plinio@opovo.com.br
Jornalista do O POVO.

Grupo Jereissati inaugura shopping em Campo Grande

637 3

tassorenataa

Tasso e Renata Jereissati comandam a festa.

A Jereissati Centros Comerciais (JCC) está inaugurando, nesta manhã de quinta-feira, em Campo Grande (MS), o Shopping Bosque dos Ipês. Projetado pela RTKL, um dos mais famosos escritórios de arquitetura comercial do mundo, o empreendimento registrou um investimento de R$ 250 milhões e seu mix tem como destaque a Zara, Walmart e a Livraria Saraiva.Renata e Tasso Jereissati serão os anfitriões da festa, que reunirá cerca de 1500 convidados.

Com o Shopping Bosque dos Ipês, a Jereissati Centros Comerciais (JCC) inicia um processo de expansão de seus negócios, que se limitavam ao Ceará com o Shopping Iguatemi – que está em expansão com inauguração prevista para o segundo semestre de 2014. Além de Campo Grande, o grupo está construindo o Shopping Bosque Grão-Pará, em Belém, e negocia projeto de outro empreendimento para Salvador, na Bahia.

DETALHE – Com essa inauguração, Tasso Jereissati inclui no mercado de shoppings centers a marca “Bosque”, que foi criada pela Agência Tudo, empresa pertencente ao publicitário Nizan Guanaes.

(Foto – Balada In)

Caso Buffet – Lúcio diz que Cid adora uma mordomia e manda ele assumir seus erros

101 6

lucioalcantara

Em eu Blog, o ex-governador Lúcio Alcântara garante nada ter com licitações relacionadas à contratação de buffet pelo atual governo. O deputado estadual Heitor Férrer (PDT) denunciou, na Assembleia, contrato de R$ 3, 4 milhões nessa área. Cid Gomes disse que o buffet tem contrato desde a gestão de Lúcio Alcântara, adiantando que a empesa pertence à sogra do ex-deputado federal Léo Alcântara, filho de Lúcio. Eis a resposta do ex-governador:

Deixei o governo há seis anos e oito meses. Prazo mais que suficiente para que meu sucessor assuma seus erros sem cair na tentação de me imputar responsabilidade que não tenho. Reafirmo, mais de seis anos depois, como posso ser responsável pelo que Sua Excelência come hoje ?

Fui eleito governador e continuei morando no meu apartamento. Não me mudei para palácio e, quando viajava para fora do estado, minha primeira opção sempre era viajar em avião de carreira. Fui usuário frequente da classe econômica das transportadoras aéreas.

O país inteiro sabe que o atual governador adora uma mordomia. Os escândalos estão por aí, nas páginas de revistas e jornais : é jatinho para cá, jatinho para acolá… e o dinheiro de um estado pobre como o Ceará vai descendo pelo ralo.

Logo, isso que o Deputado Heitor Ferrer denunciou não tem novidade alguma. O “modus operandi” do governador é aquele mesmo.

Na sua reação à crítica do parlamentar tenta confundir a opinião pública com lorotas fáceis de verificar. Ao contrário do que diz o contrato em questão foi licitado durante sua gestão. Aliás, por duas vezes.

Outra inverdade: ele se finge de desinformado quando afirma que o Deputado Heitor Ferrer apoiou meu governo. Heitor fez oposição a mim como faz a ele, embora esteja agora obtendo sucesso face a um governo que não se cansa de dar ao deputado motivos para suas denúncias. Não obstante, diferentemente do que acontece no momento, sempre o tratei com respeito e urbanidade.

Se não abre mão das mordomias o governador deveria pelo menos dar melhor exemplo de serenidade e equilíbrio quando tem que enfrentar críticas por seus desvios de conduta. O Ceará está farto dos destemperos do clã instalado no poder.

O governador está irritado, mas sabe o que é isso ? É tensão pré-eleitoral de quem já pressente suas próprias dificuldades. Deve estar lendo muitas pesquisas de opinião e perdendo o sono…

Os Ferreira Gomes lêem o jornal O POVO

Com o título “Leitores”, eis tópico da Coluna Política desta quinta-feira, que é assinada pelo jornalista Érico Firmo. Ele desmistifica a ideia de que os Ferreira Gomes não leem O POVO. Confira:

No começo de seu primeiro governo, Cid Gomes (PSB) disse que não lia jornal. Afirmou que as informações relevantes chegavam a ele de um jeito ou outro e preferia não se desgastar. Mas a realidade não é bem assim. Cid lê jornais, sim – seria impensável que alguém em sua posição agisse diferente. Pelo menos O POVO ele, que não é bobo, já demonstrou uma porção de vezes que lê. Aliás, ele e os irmãos. Em janeiro deste ano, diante da controvérsia sobre a contratação de Ivete Sangalo para inaugurar Hospital Regional em Sobral – que viria a ter desabamento na marquise no mês seguinte – o ex-governador Ciro Gomes saiu-se com essa: “Não tem polêmica. O jornal O POVO adora essas coisas”. Àquela altura, o assunto já rendia em jornais como Folha de S.Paulo, O Globo, O Estado de S.Paulo, além de outros veículos regionais.

Há duas semanas, em resposta a crítica feita no Facebook por gestor estadual sobre manchete publicada no Diário do Nordeste, o secretário da Educação de Fortaleza, Ivo Gomes (PSB), comentou: “Vocês ainda ligam pro jornal O POVO?” Ontem, sobre seu nababesco serviço de buffet, Cid afirmou: “Só quem se interessa por isso é o jornal O POVO”. A informação foi publicada também no Diário do Nordeste, mereceu notinha no jornal O Estado, foi publicada no site da Folha de S.Paulo e distribuída pela agência de notícias Folhapress para os veículos assinantes em todo o País. Se o governador só viu no O POVO, dizer o quê? Obrigado pela leitura.

Prefeito RC comemora 38 anos e liberação das obras dos viadutos do Cocó

80 3

robertoclaudios

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PSB), amanheceu mais velho nesta quinta-feira. Está completando 38 anos. A assessoria de imprensa dele informa que RC acordou feliz. Principalmente por ter visto na imprensa que o TRF-5ª Região derrubou liminar que suspendia as obras de construção de dois viadutos no encontro da avenida Antônio Sales com Engenheiro Santana Júnior sob a justificativa de danos ao Parque do Cocó.

“O prefeito não ganhou um presente, mas a cidade, que tem nesse projeto alternativa a mais para melhorar a mobilidade urbana”, disse um dos assessores do prefeito para o Blog.

Roberto Cláudio vai estar ao meio-dia participando da missa do Santuário de Nossa Senhora da Assunção, na Barra do Ceará, neste feriado em louvor à padroeira da cidade.

Prefeito de São Gonçalo assina ordem de serviço para reforma de unidade de saúde

claudiopinho

O prefeito de São Gonçalo do Amarante, Cláudio Pinho (PSB), vai assina, às 9 horas desta quinta-feira, mais uma ordem de serviço autorizando a reforma e ampliação de uma unidade de saúde. Desta vez a beneficiada será a Unidade de Saúde Vereador Tarcísio Faustino da Costa, localizada no distrito de Cágado.

De acordo com a assessoria de imprensa do prefeito, será a sétima ordem assinada neste ano. As que já estão em obras estão situadas no distrito de Planalto Pecém, no Pecém; na Taíba, nas localidades de Violete, Parada, Várzea Redonda; e construção da sede própria do Posto de Saúde de Acende Candeia.

Caso Cocó – MPF terá reunião com Prefeitura para tentar um acordo sobre licenciamento

81 18

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=gNGRXzCPuCY&feature=c4-overview&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

O procurador da República Alessander Sales lamentou, nesta quinta-feira, a derrubada de liminar que suspendia as obras de construção de dois viadutos no encontro da avenida Antônio Sales com Engenheiro Santana Júnior. Ele afirmou que om MPF, por meio do procurador Oscar Costa Filho, questiona as obras porque elas estão respaldadas por licença ambiental datada de 2003 e que previa a implantação de faixas exclusivas para ônibus e não viadutos.

Alessander Sales informou que o MPF não age politicamente no caso, mas tem a obrigação de preservar a legalidade e que, dentro dessa meta, vai se reunir nesta sexta-feira, a partir das 9h30min, em sua sede, com os secretários Águeda Muniz, de Urbanismo e Meio Ambiente, e com Samuel Dias, da Infraestrutura.

O objetivo é tentar um acordo que garanta licença para a obra, mas abrindo-se para um debate sobre o tipo de intervenção necessária na área e que não cause danos ao Parque do Cocó. O projeto dos viadutos atinge trecho que, inclusive, já teve 76 de 93 árvores previstas na ação, desmatadas. A Prefeitura informou que haverá compensação com plantio de 500 árvores nativas.

Secretaria da Justiça e Cidadania desativa o IPPS

Eis nota da Secretaria da Justiça e Cidadania do Ceará informando sobre a desativação do Instituto Penal Paulo Sarasate. Confira:

A Secretaria da Justiça e Cidadania do Ceará (Sejus-CE) realiza na manhã desta quinta-feira (15), a partir das 9 horas, a desativação total do Instituto Penal Paulo Sarasate (IPPS), em Aquiraz, fazendo a transferência dos 290 presos para outras unidades da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Este é o terceiro prédio totalmente desativado nesta gestão da Secretaria da Justiça e Cidadania por não apresentar condições de segurança e de direitos humanos aos apenados.

O Instituto Penal Paulo Sarasate era o mais antigo presídio do Estado que estava ainda em funcionamento. A estrutura da unidade, que completaria 43 anos no próximo domingo (dia 18), não atendia mais aos critérios de edificação prisional brasileira definidos pelo Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária (CNPCP) e pelo Departamento Penitenciário Nacional (Depen). “A desativação do IPPS é um marco histórico para a efetivação da luta dos direitos humanos, um ato simbólico que ratifica a importância de dar dignidade a custódia da pessoa presa e marca o momento de modernização do sistema prisional cearense. Com este feito, a Sejus reafirma o compromisso com os privados de liberdade e seus familiares, bem como com a segurança prisional em prol da sociedade”, esclarece a secretária da Justiça e Cidadania do Ceará, Mariana Lobo.

A unidade passava por um longo processo de esvaziamento, tendo sido interditada algumas vezes pela Justiça. Em 03 março de 2010, o juiz titular da Vara de Execução Penal e Corregedoria de Presídios do Fórum Clóvis Beviláqua, Luiz Bessa Neto, determinou a interdição do Instituto Penal Paulo Sarasate (IPPS) e fixou o prazo de dois anos para que a unidade fosse desativada, tendo à época 1.116 presos, ficando proibido assim o recebimento de internos. Em 15 de janeiro de 2013, a Justiça prorrogou em 10 meses o prazo para a desativação total da unidade, previsto para outubro de 2013.

A Coordenadoria do Sistema Penitenciário e a Polícia Militar são responsáveis pela operação de desativação, que conta com a participação de 50 agentes penitenciários do Núcleo de Segurança e Disciplina, 30 agentes penitenciários do Grupo de Apoio Penitenciário (GAP), 110 policiais militares do Batalhão de Choque, Canil, Gate e Batalhão de Policiamento e Guarda dos Presídios, além de três equipes de Coordenadoria de Inteligência da Secretaria da Justiça e Cidadania. Os 290 presos do IPPS serão alocados em outras unidades penitenciárias da Região Metropolitana de Fortaleza, de acordo com a classificação de cada uma delas.

Caso Cocó – Passeata vai protestar contra liberação das obras

85 2

Um grupo de ambientalistas vai promover, a partir das 15 horas desta quinta-feira, no Parque do Cocó, um ato público para protestar contra a liberação das obras de construção dos dois viadutos no encontro da avenida Antônio Sales com Engenheiro Santana Júnior. Antes, haverá concentração para caminhada que sairá da Praça Portugal até o Cocó.

A Prefeitura de Fortaleza conseguiu autorização para retomar a construção dos viadutos, a partir de decisão do presidente em exercício do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5), desembargador federal Edilson Pereira Nobre Júnior. Ele suspendeu ontem à noite a liminar que embargara as obras, concedida na quinta-feira da semana passada pelo juiz da 6ª Vara Federal, Francisco Roberto Machado.

A suspensão da liminar foi requerida pela Prefeitura na tarde da última terça, 13. Em sua decisão, o desembargador Edilson Nobre entendeu que “as circunstâncias do caso indicam, em verdade, que a paralisação da construção causará maior prejuízo à ordem e à economia públicas, tanto por impossibilitar que a sociedade possa, com maior brevidade, usufruir de melhor trânsito na região, como por impor severos prejuízos a serem suportados com verbas públicas”.

 

Ufa! Imparh conta de novo com proteção

muroimpar

Finalmente, a Prefeitura de Fortaleza resolveu dar uma solução para o caso do Imparh, que estava sem boa parte do muro de proteção desde o começo deste ano. Nesta madrugada de quinta-feira, quem passou pelo local percebeu que grades já estão sendo colocadas. Medida rápida e prática.

Os professores e alunos, que andavam receosos pela situação de insegurança e se queixavam via Blog, agradecem.

(Foto – Paulo MOska)

Cid Gomes faz reunião diária para avaliar andamento de obras

79 1

reuniaocid

O governador Cid Gomes (PSB) tem feito, diariamente, reuniões para acompanhar, detalhadamente, as principais obras em execução no Estado. Ele reúne toda a equipe, entre secretários, técnicos, engenheiros e construtores para uma avaliação do andamento de cada obra.

Nessa quarta-feira, o governador checou as duplicações de estradas como da CE-187 (Tianguá-Ubajara), CE-085 e CE-040. Toda semana ele também faz reunião as obras do VLT e rio Maranguapinho.

(Foto – Divulgação)

TRF libera obra dos viadutos da Prefeitura

O presidente em exercício do Tribunal Regional Federal da 5ª Região – TRF5, desembargador federal Edilson Pereira Nobre Júnior, atendeu, nesta quarta-feira, 14, o pedido de suspensão da liminar requerida pela Prefeitura de Fortaleza, revogando liminar anterior concedida pela 6ª Vara Federal da Seção Judiciária do Ceará. Com a decisão do TRF5, está liberada a construção de dois viadutos no encontro das avenidas Antonio Sales e Engenheiro Santana Junior.

O presidente em exercício do TRF5 entendeu que “as circunstâncias do caso indicam, em verdade, que a paralisação da construção causará maior prejuízo à ordem e à economia públicas, tanto por impossibilitar que a sociedade possa, com maior brevidade, usufruir de melhor trânsito na região, como por impor severos prejuízos a serem suportados com verbas públicas”.

Ainda de acordo com o desembargador federal, “o receio de que o Poder Público cause dano ambiental irreparável, ou exceda a área contida no projeto inicial, sem um dado específico quanto à sua ocorrência, não é suficiente para justificar a suspensão de uma empreitada cujo objetivo maior é melhorar a qualidade de vida da população, que diariamente se vê obrigada a enfrentar uma verdadeira jornada em direção ao trabalho e em seu retorno para casa dentro dos coletivos e carros que tentam circular pela cidade”.

(O POVO Online)

Cocó – Presidente do CREA lembra polêmica durante construção da Sebastião de Abreu

84 1

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=LkEh7eLVc2E[/youtube]

A polêmica em torno da construção de dois viadutos no encontro da avenida Antônio Sales com Engenheiro Santana Júnior. O presidente do Crea do Ceará, Vitor Frota, defende o debate técnico sobre a necessidade ou não do projeto, com isenção de interesses políticos.

Vitor Frota lembra, inclusive, que mesma polêmica com a área ambiental ocorreu quando da construção da avenida Sebastião de Abreu, na área do Cocó, que hoje serve para desafogar o trânsito naquela área de Fortaleza.