Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Hospitais universitários do Ceará receberão R$ 3,9 milhões

O Ministério da Saúde irá investir de imediato, R$ 3,9 milhões em duas unidades hospitalares da Universidade Federal do Ceará (UFC): a Maternidade Escola Assis Chateaubriand e o Hospital Universitário Walter Cantídio, pelo Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários (Rehuf), desenvolvido e financiado em parceria com o Ministério da Educação. O valor se refere à primeira parcela de R$ 100 milhões liberados nesta sexta-feira (19) por meio da Portaria 1464/2013, para os 45 hospitais universitários federais vinculados ao Ministério da Educação (MEC) e que integram o Rehuf.

Até o final deste ano, o Ministério da Saúde irá disponibilizar o total de R$ 560 milhões para esse grupo de unidades hospitalares. O incentivo é destinado ao custeio de atividades assistenciais e de ensino (R$ 460 milhões), obras, reformas e a compra de equipamentos (R$ 100 milhões), para a melhoria da estrutura dessas instituições. Considerando a previsão de investimento, entre 2010 – quando o programa foi instituído -, até o final deste ano, os valores chegam a R$ 1,95 bilhão.

“Esses recursos visam não somente garantir a assistência, mas também qualificar a infraestrutura dos serviços para que os médicos e demais profissionais de saúde possam exercer suas atividades”, disse o ministro da Saúde, Alexandre Padilha.

De 2010 a 2012, foram repassados R$ 1,39 bilhão no Rehuf. O maior volume de recursos (65%) foi destinado ao custeio das unidades, R$ 904,4 milhões. Outros R$ 488,1 milhões contribuíram para a compra de novos equipamentos, reforma ou ampliação.

(Agência Saúde)

Revolta. Revolta

Em artigo no O POVO deste sábado (20), o médico, antropólogo e professor universitário Antonio Mourão Cavalcante comenta o assassinato do padre Elvis e a falência do aparelho da segurança pública. Confira:

Como na canção, “tá lá um corpo estendido no chão”. Mais uma vítima. Dezenas. Centenas de vidas ceifadas de forma bestial. Sem motivo, Sem culpa formal. O bicho homem voltou aos tempos da barbárie. Estamos na base do salve-se quem puder.

A morte em destaque, desta semana, foi a de Elvis Marcelino de Lima, 47 anos. Um cara idealista que, dentro de sua vocação missionária, foi designado para substituir outro “louco de Deus”: padre Luiz Ribuffini. Ambos pertencentes à Congregação da Sagrada Família de Nazaré. Simplesmente, os padres do Piamarta. E isso, para Fortaleza, quer dizer muito.

Padre Elvis coordenava as atividades do Centro Educacional da Juventude Padre João Piamarta, instituição que acolhe crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social. São, hoje, mais de 2.400 jovens assistidos. Ele fora assistir à apresentação de quadrilha junina de um grupo de sua entidade. Pegando o carro de volta, foi abordado e morto com um tiro pelas costas. Ficou uma poça de sangue no local onde ele foi abatido.

Essa morte tem duas etapas. Primeira, ainda em vida, quando se confrontava com constantes negativas governamentais. Quantas vezes padre Elvis bateu às portas do poder buscando apoio e recursos? Sempre recebendo conversa mole como explicação… Quantas vezes barrado nas insondáveis burocracias de quem não quer ajudar? Homem morto, o burocrata apressa-se em dizer que tudo será resolvido. Por que agora?

A segunda etapa revela, por inteiro, a falência completa da promessa de campanha de Cid Gomes: acabar com a violência no Ceará. Os dados sobre Fortaleza indicam o contrário. Não existe segurança. A sociedade está atônita. Para quem apelar? Parece que começamos a aceitar estes fatos como algo normal. Multiplicam-se. Ampliam-se. Isso aqui virou terra de ninguém.

Episódios como esse ilustram e amplificam o que está sendo apontado, nas ruas e praças do Brasil, como descaso e arrogância dos poderes constituídos. Continuam tranquilos, construindo Acquário e distribuindo sorrisos em viagens de descanso pelo mundo afora.

Quousque tandem, ó Catilina, abutere patientia nostra?

O desperdício da gestão sem resultado

Da coluna Política, no O POVO deste sábado (20), pelo jornalista Érico Firmo:

A administração pública incorporou já há algum tempo o conceito de gestão por resultado. O termo remete a algo até meio óbvio: o que importa não é o que você faz, mas os efeitos práticos da ação. Os governantes adoram elencar iniciativas. Durante solenidades, enumeram as centenas de milhões para cima e para baixo, cujos impactos objetivos raramente são percebidos, ao menos na mesma dimensão.

Importa para a população não quantos professores são contratados e salas de aula construídas, mas a redução do analfabetismo e a qualidade do aprendizado. Não importa quantos médicos são contratados e leitos construídos, mas a queda dos índices de mortalidade, a qualidade no atendimento e a redução da fila de espera. Não é a quantidade de policiais contratados, mas a queda da criminalidade.

Claro que essas medidas estão entre as ações necessárias para se atingir os objetivos esperados. Mas são o meio, não o fim. Apenas as iniciativas, sem os desdobramentos esperados, não representam nada para o povo, além da despesa. Ou seja, o pior dos mundos: pagou-se por mercadoria que não foi entregue.

No Ceará, o conceito de gestão por resultado foi abraçado sobretudo no período de Lúcio Alcântara (2003-2006), e, em tese, foi mantido pelo governador Cid Gomes (PSB). Ao menos no discurso. Na prática, ao defender as políticas de segurança, os gestores estaduais desfilam o cansativo rosário de todas as medidas infrutíferas nas quais o dinheiro público tem sido – não cabe outra palavra – desperdiçado. Os resultados práticos mostram descontrole e falta de rumo nas políticas de segurança como, parafraseando aquele ex-presidente, nunca antes na história deste Estado.

Apoio desafinado

58 5

Da coluna Vertical, no O POVO deste sábado (20):

A Orquestra Sinfônica da Uece (Osuece), uma das belas ideias criadas no Estado nos últimos anos, está com projeto aprovado pela Secretaria da Cultura do Estado – com recurso do Fundo Estadual da Cultura – aguardando, desde janeiro, apenas pela assinatura do governador Cid Gomes.

A orquestra conta com 60 jovens músicos em idade de ingresso na vida acadêmica, em sua maioria de baixa renda, que veem, no projeto, uma porta para o futuro no mercado de trabalho. Eles estudam e deveriam receber bolsa de um salário mínimo, o que teria impacto decisivo no orçamento de mais de 50 famílias envolvidas.

A Osuece é um projeto exemplar, reconhecido dentro e fora do Estado como um laboratório de ensino, pesquisa e extensão. Que o governador garanta sua manutenção, afinal, já são muitos os acordes desafinados no plano da política da cultura.

Mortes em assaltos a bancos cresceram 11,% no primeiro semestre deste ano

“O número de mortes em assaltos envolvendo bancos no país cresceu 11,1% no primeiro semestre deste ano na comparação com igual período do ano passado, aponta levantamento, divulgado hoje (19), pela Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf) e a Confederação Nacional dos Vigilantes (CNTV). A pesquisa, elaborada com o apoio técnico do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), mostra que o total de vítimas passou de 27 para 30. O estado que concentra maior número de casos (46%) é São Paulo, com 14 mortes.

“O que mais nos preocupa é essa curva de crescimento constante, porque foram 23 casos em 2011, passamos para 27 e chegamos a 30. Não se tem medidas por parte do setor financeiro que reduzam essas mortes”, avaliou José Boaventura Santos, presidente da CNTV. O Rio de Janeiro é segundo estado em número de mortes, com cinco vítimas, seguido pela Bahia e pelo Rio Grande do Sul, ambos com três. Cerca de 60% dos casos, 18 mortes, correspondem aos assaltos ocorridos quando os clientes saem da agência, crime conhecido como saidinha bancária.

Os clientes continuam sendo as principais vítimas dos assaltos envolvendo bancos. Foram 21 casos no primeiro semestre deste ano, um aumento de 40% em relação ao mesmo período do ano passado. Os vigilantes aparecem em seguida, com quatro mortes. Segundo a CNTV, existem cerca de 700 mil vigilantes no país, sendo que 25% trabalham em instituições bancárias.

* A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) foi procurada pela Agência Brasil para comentar os dados, mas não retornou até o momento da publicação da reportagem.”

(Agência Brasil)

POR AQUI, o Sindicato dos Bancários do Ceará continua cobrando a implementação do Estatuto Municipal de Segurança Bancária provado pela Câmara Municipal. Também que a SSPDS atue de forma mais enérgica contra tantos assaltos a banco e explosão de caixas eletrônicos.

Ivo Gomes debaterá perspectivas da educação

ivo gomesd

O secretário municipal da Educação, Ivo Gomes, debaterá, a partir das 19 horas desta sexta-feira, com filiados do seu partido, o PSB, o tema “As perspectivas e desafios da Educação em Fortaleza”.

O evento dará continuidade às discussões iniciadas no último dia 5, onde se discutiu os “Avanços e retrocessos dos Direitos Humanos no Brasil”, com a presença da professora da pós-graduação em Direito Constitucional da Unifor, Ana Maria D’Ávila.

Desde março de 2012, a partir do projeto Atitude 40, que o PSB de Fortaleza vem promovendo eventos do gênero como forma de aprofundar discussões sobre as novas temáticas pautadas pela sociedade. O encontro ocorrerá na sede da legenda.

Fortaleza será sede de evento internacional na área da construção

Fortaleza será sede de 29 deste mês a 4 de agosto do XXI Encontro do Grupo Internacional para Construção Enxuta (IGLC – International Group for Lean Construction). Pesquisadores, empresários e estudantes de todo o mundo integram esse grupo que, há 20 anos, desenvolve métodos para aprimorar o planejamento e reduzir custos e desperdícios em obras. Nessa edição do IGLC, o panorama de implementação da construção enxuta na capital cearense estará no meio do debate, assim como as experiências bem sucedidas em outros países, como Finlândia, Estados Unidos e Israel. 

O encontro será dividido em três programações: no primeiro dia, acontecerá o Dia do Gemba (29 de julho), quando os participantes visitarão dois grandes empreendimentos em Fortaleza: o Paço dos Pássaros e o Resort Golf Ville, onde conhecerão peculiaridades gerenciadas a partir dos princípios da construção enxuta. No Dia da Indústria (30 de julho), especialistas da área ministrarão workshops e palestras voltadas para empresários e engenheiros, que se aprofundarão sobre os fundamentos do sistema Toyota de produção e as adaptações possíveis para a engenharia civil. Quanto aos cinco últimos dias do evento (de 31 de julho a 4 de agosto), serão destinados ao Congresso de Pesquisa (Research Conference) e à Escola de Verão (Summer School), painéis com apresentações das pesquisas científicas mais atuais e relevantes no setor.

(Site da UFC)

Vai um cafezinho, desembargador?

583 5

caffo

Moradores do bairro Papicu torcem para que o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Luiz Gerardo Brígido, venha tomar café todos os dias em uma padaria situada na confluência das avenidas Sebastião de Abreu com Padre Antonio Tomás.

Motivo: os seguranças do desembargador evitaram um assalto a um morador ontem.

A população da área articula, para este domingo, uma manifestação no local, lembrando que durante toda a campanha eleitoral passada, a Polícia Rodoviária Estadual passava noite e dia lá.

Ali pertinho, ficava o Comitê do então candidato a prefeito, Roberto Cláudio (PSB).

Aceji promoverá encontro em Maranguape

58 4

Jornalistas, radialistas, blogueiros e comunicadores estarão reunidos no próximo dia 3, na cidade de Maranguape, durante o Encontro de Comunicadores da Região Metropolitana de Fortaleza. A promoção é da Associação Cearense de Jornalistas do Interior (Aceji), com apoio da Prefeitura de Maranguape. O presidente da Aceji, jornalista João Ferreira, e o prefeito Átila Câmara esperam reunir cerca de 400 comunicadores no evento.

O tema do encontro será “O Papel do Comunicador na Reversão de Ações Políticas Impopulares nos Municípios”. Na programação, palestras, oficinas de jornalismo e atividades voltadas para a qualificação profissional da categoria e o debate da problemática local e regional. Autoridades e lideranças da comunidade, além de grandes nomes da comunicação no Ceará, estão sendo convidadas para o encontro, que ocupará o auditório da Câmara Municipal.

SERVIÇO

* A Aceji disponibilizará ônibus especial, saindo de sua sede – Avenida Dom Manoel, 423 – Centro, às 8 horas do dia 3.

* Os participantes deverão fazer inscrição na Aceji com antecedência – (85) 3231.5531/8540.9588.

Você acredita que uma canetada ou um grito pode mudar o mundo?

Com o título “O X da questão”, eis artigo do geógrafo Paulo Porto. Ele aborda, de forma direta, como gestores complicam a execução de projetos políticos ou econômicos por não terem o mínimo: preparo. Confira:

Alguns filósofos pós-modernos colocam como uma das principais características da modernidade a proximidade, cada vez maior, entre as ações e suas consequências.

Diante desse cenário, não fica difícil imaginar que o despreparo ou as manipulações no campo político ou econômico já não duram um mandato ou uma gestão. O alto índice de mortalidade das empresas e a efemeridade do poder político nos confirmam a tese.

Ainda há quem acredite que uma canetada ou um grito pode mudar o mundo.

Postergação em decisões políticas, econômicas ou empresariais passaram a ser mortais.

O pequeno exemplo do adiamento do ajuste do preço dos combustíveis – para segurar a inflação – deixou irrecuperáveis prejuízos à nossa gloriosa Petrobras, aos seus fornecedores e aos seus incrédulos acionistas. Sua capacidade de investir e gerar excedentes chegou à profundidade do pré-sal.
Quem se nega a enxergar a realidade contrata consultores especialistas em provar que a soma de dois mais dois pode não ser quatro.
Muitos acreditam e ainda convencem os desinformados. As empresas X e seu genial criador mostraram que não há limite para o poder de manipulação com os ignorantes e ambiciosos.

Infelizmente, ainda não inventaram outra roda.

Pessoas físicas, jurídicas, municípios, estados e União que gastam o que não têm, ou gastam mal, não esperarão o inferno para pagar a conta. Pagarão aqui na Terra com insolvência e ostracismo. Deixarão para seus seguidores inflação, fome e desemprego.

Para superarmos as crises de forma sustentável, deveremos descartar os marqueteiros e os mágicos que são especialistas em manipulação e ouvir mais o professor de matemática, o de história e a simplicidade das boas técnicas.

* Paulo Porto Lima

pauloportolima@me.com

Geógrafo.

Cid Gomes cumpre agenda no Cariri

cid gomess

O governador Cid Gomes (PSB) está, nesta sexta-feira, em Juazeiro do Norte (Região do Cariri). Com ele, o ex-reitor da Unilab, professor Paulo Speller, hoje técnico da equipe do Ministério da Educação.

A pauta inclui, entre alguns assuntos, a possibilidade de apoio do governo estadual na implantação do Campus da Universidade Federal do Cariri (UFCA).

Cid Gomes não descarta dar uma passadinha na Exposição Agropecuária do Crato. Ele não foi à solenidade de abertura por estar com febre, segundo sua assessoria.

Chapa 1 vence eleições no Sindijorce

72 2

A Chapa de situação, tendo à frente Samira Castro, venceu as eleições do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Ceará. A apuração foi concluída nas primeiras horas desta madrugada de sexta-feira. Samira obteve 197 votos, enquanto a Chapa 2, encabeçada pela jornalista Mozarly Almeida, registrou 160 votos.

O Ceará obteve o segundo melhor quorum, só perdendo para as eleições do sindicato dos jornalistas de São Paulo. A posse ocorrerá às 19 horas do próximo dia 30.

Torcida agora é para que a atual gestão, que obteve a reeleição, amadureça com os erros.

Um alerta para fortalezense que vai participar da Jornada Mundial da Juventude

Este alerta está no site da Prefeitura de Fortaleza:

A Secretaria de Saúde do Município (SMS) faz um alerta para fortalezenses que vão participar da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), no Rio,  em relação aos cuidados preventivos que precisam ser observados antes da viagem. A assessora técnica de imunização da SMS, Vanessa Soldatelli, ressalta que as pessoas precisam ir aos postos de saúde para receberem as vacinas: “quem for para JMJ deve receber três vacinas: influenza, tríplice viral e hepatite B. A Jornada é na próxima semana, mas ainda dá tempo.

As vacinas estão disponíveis nos 92 postos de saúde de Fortaleza e é muito importante que as pessoas viagem imunizadas para que elas possam aproveitar, com segurança, tudo o que a JMJ vai oferecer”, explica. Além da vacina, Vanessa Soldatelli aconselha que as pessoas levem na bagagem itens como álcool gel e lenços descartáveis para a devida assepsia
durante o passeio.

Projeto Metrofor – Nova etapa terá propostas abertas na próxima semana

Secretário Adail Fontenele

Secretário Adail Fontenele

“Esta é a maior licitação do momento no Brasil”, afirmava, ontem, em clima de inauguração de duas estações do Metrofor, o secretário de Infraestrutura do Estado, Adahil Fontenele, referindo-se ao processo licitatório da Linha Leste desse projeto, com previsão de abertura das propostas para a próxima semana. O valor total é de R$ 2,49 bilhões e reúne na disputa cinco consórcios nacionais e internacionais.

Nessa nova fase do Metrofor, Adahil informou que o trecho sairá do Centro com destino ao Fórum Clóvis Beviláqua, mas será dada ênfase à etapa que chegará até próximo do Hospital Geral de Fortaleza, menos complexa. “Se não houver recursos, o governador dará a ordem de serviço em setembro”, disse Adahil.

Essa etapa do Metrofor tem previsão de seis anos. É torcer para que tenha melhor sorte do que a atual, que demorou só 14 aninhos para ficar pronta.

(Coluna Vertical, do O POVO)

TJ do Ceará limita concessão de habeas corpus em plantões

luisgerardobrigido

Luiz Gerardo Brígido preside o TJ/CE.

“Em nome da tão exigida transparência do Poder Judiciário, o Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Ceará aprovou, no fim da tarde dessa quinta-feira, a sugestão do desembargador Washington Araújo de modificar as regras dos plantões nos fóruns e tribunais do Estado. Pela proposta, o juiz fica proibido de conceder habeas corpus por excesso de prazo, em fins de semana e feriados. O Órgão também entendeu que um balanço das atividades do plantão deve ser publicado na Internet.

O excesso de prazo é um dos fatores que levam o juiz a conceder a liberdade do preso, e ocorre quando o prazo legal de investigação é excedido e o acusado fica mais tempo encarcerado provisoriamente do que deveria. Pela decisão do Órgão do TJ-CE, só poderá deliberar sobre a situação o juiz que já acompanha o caso, e em dias de expediente normal. No último dia 7, em Fortaleza, causou polêmica a liberação de seis acusados de tráfico de drogas por um magistrado plantonista.

A proposta do desembargador Washington Araújo também determina a divulgação no site do TJ-CE de todas as atividades, estatísticas e informações sobre processos julgados e decisões tomadas em cada plantão, como forma de dar mais transparência ao trabalho. A decisão do Órgão Especial será levada ao presidente do Tribunal, Luiz Gerardo Brígido, para que sejam expedidos os atos necessários à implantação das novidades.

Repercussão

O presidente da Associação Cearense dos Magistrados (ACM), Ricardo Barreto, avaliou a proposta com simpatia e reforçou que decisões de habeas corpus relacionadas a processos anteriores ao plantão já não são recomendáveis. “O magistrado que esta de plantão só deve resolver situações que acontecem no próprio plantão. O contrário não é razoável, principalmente quando se trata da liberação de acusados de crimes graves”, afirmou Barreto, que ainda não havia tido acesso ao teor da decisão do TJ-CE.

Questionado se as novidades poderão causar mal estar em alguns setores da classe, o presidente da ACM disse que os magistrados compreendem a necessidade de definir regras dos plantões e que “não há como se opor a uma medida que torna ainda mais transparente esse processo”.”

(O POVO)

O POVO vence Prêmio de Jornalismo do BNB em duas categorias

emersonnn

Emerson Maranhão, Sara Maia e Cláudio Ribeiro.

O POVO venceu o prêmio Banco do Nordeste (BNB) de Jornalismo em Desenvolvimento Regional – edição 2012, com a grande reportagem Expedição Cocó: Mil Dias na Floresta.

Os dois cadernos especiais, escritos pelos repórteres Demitri Túlio, Cláudio Ribeiro, Ana Mary C. Cavalcante e Émerson Maranhão, venceram na modalidade Regional de Mídia Impressa Texto. Também participaram da produção dos cadernos Expedição Cocó, os jornalistas Erick Guimarães, Fátima Sudário, Luciana Pimenta/Pedro Turano (infografistas) e Amaurício Cortez/Gil Dicelli (projeto gráfico editorial).

A repórter-fotográfica do O POVO, Sara Maia, foi a vencedora na categoria Mídia Impressa – Foto, com as imagens do caderno especial Planeta Seca.

VAMOS NÓS – Parabéns a essa turma competente!!

Nossos pêsames para o jornalista Flávio Pinto

Nossos pêsames ao jornalista Fávio Pinto, ex-companheiro nosso no O POVO. Nesta quinta-feira, morreu sua mãe, dona Raimunda Pinto (89), que nos conhecia do bairro Parquelândia desde a infância. Foi vítima de complicações do diabetes.

O velório ocorreu na Funerária Ethernus, enquanto o enterro, após missa de corpo presente, se registrou no fim da tarde, no Cemitério Parque da Paz. Aos demais familiares, a certeza de que dona Raimunda soube ser mãe, esposa e amiga de muitos na conhecida Rua Teofinho (hoje Crateús).