Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Fernando Bezerra será cidadão cearense

61 2

fernandobezerra

O ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, receberá nesta quarta-feira, às 19 horas, o título de Cidadão Cearense. Bezerra é considerado um dos ministros da presidente Dilma que tem liberado recursos para uma série de obras de pequenos e grandes açudes no Interior.

Na lista também, uma série de adutoras e em parceria com o Ministério da Agricultura assegurou uma série de projetos de abastecimento de água no Interior.

Sanfoneiro Waldonys comemora. Num só dia fez três shows juninos

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=NCQYql7WhSA&feature=c4-overview&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

O cantor e sanfoneiro Waldonys comemora bons resultados de shows durante a temporada de São João. Ele conta, inclusive, que chegou a fazer três shows em três Estados.

Veja Waldonys pulando de paraquedas para show em Juazeiro do Norte:

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=zUPAGqgEwWA&feature=c4-overview&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

Projeto de reestruturação do Dnocs é discutido no Ministério da Integração Nacional

112 3

dnocuis

A Medida Provisória que garante o processo de reestruturação do Departamento Nacional de Obras contra as Secas, Dnocs, está sendo discutida neste momento, em Brasília. Nessa reunião, participam o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, e os deputados federais Eudes Xavier (PT), Ariosto Holanda (PSB) e Gorete Pereira (PR). O diretor-geral da autarquia, Emerson Fernandes, também acompanha as discussões.

A expectativa é que a MP, após discussão com o Ministério do Planejamento, seja aprovada até agosto próximo.

A minuta da MP assegura, entre outros itens, de acordo com Ariosto Holanda, a permanência da sede do órgão em Fortaleza, concurso público para novos servidores, superintendências em todos os estados do Nordeste e a negociação dos imóveis residenciais não operacionais, cerca de 7 mil só no Ceará, com os próprios aposentados e servidores.

(Foto – Divulgação)

Ariano Suassuna dará aula-espetáculo em Fortaleza

72 1

arianosuassuna

Na próxima quinta-feira, a partir das 20 horas, o mestre Ariano Suassuna estará em Fortaleza dando uma aula-espetáculo. Será no anfiteatro do Centro Dragão do Mar.

Além da aula-espetáculo, haverá mostras fotográfica e cinematográfica na Caixa Cultural Fortaleza (Avenida Pessoa Anta, 287 – Praia de Iracema) que completarão as ações do projeto “Ariano Suassuna – Arte como Missão” que já esteve em Brasília e passará, ainda, por Salvador, Recife, Rio de Janeiro, São Paulo e Curitiba.

Suassuna, considerado um dos maiores defensores da cultura e identidade nacionais, versará, em sua aula-espetáculo, sobre importantes questões acerca do atual momento vivido pela cultura e seus representantes.

SERVIÇO

* A entrada é gratuita, com distribuição de ingressos a partir das 19 horas.

* A classificação etária é de 12 anos.

Prefeito vai entregar posto de saúde reformado

118 1

roberto-claudio

Essa é do site da Prefeitura de Fortaleza:

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PSB), entrega para a população o posto de saúde Evandro Ayres de Moura reformado. A reinauguração será realizada nesta quarta-feira, às 9 horas e contará com a participação da
secretária de Saúde do Município, Socorro Martins, e do secretario da Regional VI, Renato Lima. A unidade está localizada na regional VI, integra o programa “Requalifica SUS” do Governo Federal e contou com um investimento de R$ 327.000,00.

A secretária Socorro Martins destaca a importância do prefeito Roberto Cláudio ter esse olhar especial com a saúde da população e garantir que os postos passem por reformas necessárias e que garantem um espaço digno para o usuário ser atendido. “Cada reforma de posto oferece novas instalações, com mais espaço e a garantia de um melhor ambiente tanto para o profissional quanto para o paciente”, ressaltou.

Sobre as obras no Evandro Ayres de Moura, Renato Lima ressalta que tanto a população quanto os trabalhadores serão beneficiados: “o posto será capaz de atender cerca de 40 mil pessoas que moram no Conjunto Palmeiras. Com a reforma, a população conta com uma nova estrutura para abrigar de forma mais confortável as equipes do programa Saúde da Família, com sala de odontologia, cardiologista e ginecologista. Desta forma, nós queremos
promover um atendimento mais eficiente e acolhedor”, destaca.

Confira as melhorias realizadas no posto de saúde Evandro Ayres de Moura:

– reforma da fachada com instalação de gradil
– entrada com rampas de acesso
– pintura geral em toda a estrutura
– colocação de piso industrial
– novo revestimento de cerâmica nos consultórios e na sala de odontologia
– instalação de janelas de vidro
– retelhamento, madeiramento e impermeabilização com manta asfáltica da laje
– reforma do estacionamento
– instalação de 22 máquinas de ar-condicionado
– reforma na instalação elétrica de toda unidade

As reformas fazem parte de um pacote de ações da Prefeitura Municipal de Fortaleza (PMF) para ampliação e melhoria do serviço de saúde na Capital. Além disso, integram também o planejamento da SMS elaborado para a Copa do
Mundo 2014.

Obrigado, FIFAAAA!!!!

68 1

Com o título “Obrigado FIFA”, eis artigo que o sociólogo Geraldo Accioly manda para o Blog. Ele aborda o legado da Copa do Mundo e as manifestações de rua que cobraram qualidade também nos serviços e obras do interesse público. Confira:

O título não é acidental. É uma doce provocação para um sólido debate. A FIFA não convidou o Brasil para sediar a Copa de 2014. A disputa para sediar a Copa e as Olimpíadas é acirradíssima. É bom lembrar, o envolvimento direto do Lula e do Obama para trazer as Olimpíadas de 2016 para seus respectivos países. Quando a FIFA anunciou o Brasil para sediar a Copa de 2014, foi uma celebração nacional. Nem um pio desfavorável da imprensa, oposição, situação, CNBB, OAB, ou qualquer outro segmento social; pelo menos, que eu tenha tomado conhecimento. Os contratos da FIFA com os entes federativos brasileiros (governo federal, governos estaduais e prefeituras municipais) são redigidos em inglês, com cópia traduzida para o português. Todos sabiam o que estavam assinando. Todos esses contratos foram enviados pelo poder executivo, para os organismos de controle externo da república, dos estados e dos municípios.

Posteriormente deputados federais, deputados estaduais e vereadores dos governos e cidades-sede, votaram em suas respectivas instâncias um pacote de leis: 1. Lei Geral da Copa, pela Câmara Federal; 2. Adequação e revogação de leis estaduais, como foi o caso de permitir bebida alcoólica nos estádios de futebol; 3. Leis votadas nas Câmaras Municipais de pacotes de renúncia fiscal de ISS-Imposto Sobre Serviços- beneficiando a FIFA e seus parceiros. Seria bom os analistas de plantão se debruçarem sobre o placard dessas votações quando muitos, agora, se mostram totalmente contrários a Copa. Cá entre nós, foi gente demais envolvida nesse processo. Quem se esgoelou forte contra a Copa? Não sei e nem me lembro. As primeiras manifestações anti-Copa surgiram a partir dos movimentos sociais organizados e preocupados, corretamente, com o destino das famílias que seriam desapropriadas devido as obras de mobilidade urbana.

A FIFA sempre foi extremamente transparente sobre a sua voracidade de piranha para lucrar financeiramente. A FIFA é uma empresa. Em 2010, em Joannesburgo, antes da Copa da África do Sul, a FIFA promoveu um seminário onde foram convidados governadores, prefeitos e seus representantes, dos Estados e Cidades-sede, para explicar detalhadamente as normas e os procedimentos que a FIFA exigia para a Copa no Brasil. Naquela época já se sabia que o torcedor que fosse a Fonte Nova, na Bahia, não ia comer acarajé dentro do Estádio. O Mc Donalds não tem esse currículo. Foi guerra em Joanesburgo, pois os ambulantes não aceitaram serem expurgados e conseguiram ficar dentro de uma área próxima ao estádio, que funcionava como corredor de acesso aos torcedores, onde acabaram vendendo suas comidas típicas. A FIFA nunca escondeu essa situação. Dizia que as cotas de patrocínio eram altíssimas e que tinha de preservar os direitos de seus clientes. Isto não é novidade, chama-se capitalismo.

Em síntese, do ponto de vista do mérito, nós (o país) buscamos e lutamos pela Copa. Pessoalmente, fui e continuo a favor da realização da Copa no Brasil. Não se pode negar a força planetária do futebol, em especial no Brasil. Tinha muita gente protestando contra a FIFA e o governo nas manifestações, mas com um fone de ouvido acompanhando os jogos do Brasil. Incoerência? Claro que não. O amor ao país não exclui o direito de exercer o protesto. O chamado “Padrão Fifa” de qualidade dos estádios, despertou na população um sentimento de revolta. Lindo o Maracanã, mas o Hospital Souza Aguiar expulsando pacientes sem atendimento. Como se reformar ou construir estádios com rapidez e não se fazer passarelas nas BRs ou nas vias de circulação rápida? É muito caro? Qual o conceito de caro de agora em diante? O “Padrão FIFA” empurrou a população para uma apreensão pedagógica da realidade de forma rápida, despachando para trás o desgastado “rolando lero” da grande maioria da classe política. Ela mesma fez as contas, somou, dividiu, multiplicou e viu um negativo de muito cimento e pouco serviço prestado e pior, de qualidade ruim, sobretudo na saúde e educação.

Mais ainda. Foi para as ruas sem pedir permissão aos partidos de esquerda ou ao mundo sindical e ainda colocou o futebol no seu canto. Futebol é lazer não me venham com aparelhamento político fazer marketing com seus papagaios de pirata. Nunca se viu tanto político correndo de câmeras nos estádios e implorando aos santos para não serem citados. Cabe à sociedade brasileira enfrentar a situação. Tomar chá de cabeça de avestruz é o pior caminho. Não devemos ter vergonha de dizer quanto investimos nas obras e serviços para a Copa. O melhor antibiótico é a transparência.

Na próxima semana, tratarei dos efeitos positivos da Copa, comparando com outros países e explicando por que a Europa, na sua enorme crise econômica, torce por uma desgraça no Brasil para levar a Copa para um de seus países. A Copa será no Brasil… Provocando: a FIFA acordou o gigante.

* Geraldo Accioly,

Filósofo e Mestre em Sociologia
geraldoaccioly@yahoo.com.br 

SPU vai embargar obra dos viadutos da Santana Júnior

126 2

“O superintendente do Patrimônio da União do Estado do Ceará (SPU-CE), Jorge Luiz Queiroz, anunciou que o órgão pedirá o embargo das obras de viadutos no Parque do Cocó, pois parte das obras está dentro de terreno da União e não foi solicitada autorização para o procedimento. O anúncio foi feito durante audiência pública sobre a derrubada de árvores na área, no auditório do Ministério Público Federal, na manhã desta terça-feira, 16.

“Parte da obra está dentro do terreno da União, portanto para que tenha qualquer intervenção é preciso autorização”, disse o Jorge Queiroz. Ele lembrou que, no caso dos túneis, houve autorização para obra. “A autorização para obra do Cocó não foi requerida pela secretaria. Pelo fato de não terem a autorização para obra, nós vamos entrar com o embargo”, afirmou o superintendente.

O embargo administrativo deve ser pedido ainda hoje e anunciado ao prefeito Roberto Cláudio e à secretária do meio ambiente, Águeda Muniz. Mesmo com a solicitação do requerimento, posterior ao embargo, existe ainda o processo de análise dos documentos de licença ambiental, do orçamento e do projeto da obra, esclarece o superintendente.

Obras iniciadas

Sobre a derrubada das árvores, Jorge destaca que a SPU atua como proprietária do terreno, com um processo de autorização semelhante à situação de um terreno privado. Não cabe ao órgão medidas de punição pelo desmatamento, atitude referente aos órgãos de fiscalização ambiental. Se a prefeitura mantiver a obra, mesmo com o embargo, a superintendência pode acionar a Advocacia-Geral da União.”

(O POVO Online)

 

Heitor Férrer: Projeto de segurança de Cid Gomes se transformou em tragédia

116 3

heitorrrferrer

O deputado estadual Heitor Ferrer (PDT) assegurou, na manhã desta terça-feira, durante pronunciamento na Assembleia Legislativa, que falta “transparência” ao governador Cid Gomes (PSB) na condução da segurança pública cearense. Ao reafirmar suas críticas ao setor, o pedetista disse que “o governador não tem sido transparente, nem presente nesse sofrimento, quando ele sequer concede uma entrevista, não vem a público estabelecer uma nova política de segurança pública”. Para ele, “a política de segura pública do governador Cid Gomes fracassou e se transformou em uma tragédia”.

Apontado como único opositor ao Governo Cid na Casa, Heitor aproveitou para lamentar o assassinato do padre Elvis Marcelino, no último final de semana – vítima de latrocínio no entorno do Centro Dragão do Mar, resgatando os últimos indicadores divulgados sobre o desempenho da segurança pública.

“O governador parece que perdeu o ânimo na área de segurança. Ele está desencantado e não move uma palha para melhorar o setor e diminuir a nossa insatisfação. E nós estamos apavorados”, desafiou. Antes de Heitor, os deputados Fernando Hugo (PSDB) e Eliane Novais (PSB) também criticaram a situação da segurança pública no Estado.

Edson Silva diz que falta de segurança não é problema exclusivo do Governo Cid Gomes

103 1

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=zTXiQxzUVRs&feature=c4-overview&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

O deputado federal Edson Silva (PSB), amenizou, nesta terça-feira, a série de críticas que o Governo Cid Gomes vem sendo alvo no plano da segurança pública. Para o parlamentar, o fenômeno não é algo exclusivo do Ceará, mas resultado de um cenário nacional onde droga e tráfico de armas estão predominando.

Edson Silva chegou a dizer que há armas entrando no Ceará de navio  e a droga vindo em voos clandestinos. Para o deputado socialista, há necessidade de uma união dos países da América Latina contra as drogas.

Mais um PM é assassinado em Fortaleza

Um sargento da reserva da Polícia Militar foi vítima de um latrocínio. O fato se registrou por volta das 21h50min dessa segunda-feira, quando ele chegava em casa, na rua Guilherme Mendes, no bairro Jardim Guanabara. O sargento foi abordado por dois homens que realizaram disparos com arma de fogo.

A vítima chegava em sua moto e estava acompanhado de seu filho. Os dois surpreendidos por dois rapazes. O sargento estava com uma quantia em dinheiro, ainda não divulgada pela Polícia. Os suspeitos foram em direção da vítima e efetuaram os disparos, levando o dinheiro após a ação. O sargento foi levado para o Hospital Frotinha do Antônio Bezerra, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Durante o mês de julho dois policias foram assassinados.

Há sete dias, um policial morreu após receber um tiro no ouvido esquerdo. A ação dos dois suspeitos aconteceu próximo ao Hospital do Coração de Messejana, localizado na avenida Frei Cirilo, 3480. Os homens estavam em uma moto e efetuaram disparos contra a vítima.

Já no dia cinco de julho, um policial rodoviário foi morto após reagir a assalto no bairro Joaquim Távora.

(Com POVO Online)

Eudes diz que Cid é omisso no combate à seca e na questão da segurança pública

78 2

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=kfJYMmGFQaE&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

O deputado federal Eudes Xavier (PT) classificou, nesta terça-feira, o governador Cid Gomes (PSB) de “omisso” em dois setores: no apoio aos agricultores atingidos pela seca e na questão da segurança, que se agravou e que já está registrando padre assassinado.

Ele lamentou que Cid tenha se ausentado do Estado recentemente em viagem ao Exterior (Itália), quando poderia ter dedicado esse período para verificar uma série de problemas como a elevação dos índices de violência em Fortaleza.

“A população pede, urgentemente, segurança pública no Estado do Ceará”, acentuou Eudes Xavier, lamentando tantos investimentos em obras como ponte estaiada. O parlamentar deu essas declarações antes de seguir para Brasília, onde retoma atividades legislativas.

Vereador do PT elogia programa anunciado pelo secretário Ivo Gomes

O vereador Acrísio sena (PT) manda para o Blog artigo com o título “Área de Segurança Escolar”. No artigo, ele avalia a decisão anunciada pelo secretário municipal da Educação, ivo Gomes (PSB), de criar um Departamento de Segurança Escolar. Ele elogia a medida que, no entanto, poderia ter começado a partir de um diálogo com a comunidade. Confira:

A violência tornou-se uma epidemia da vida moderna. Compromete nossa saúde, nossa convivência, nosso lazer e todas as demais esferas da sociabilidade humana. Os dados recentes mostram que, em Fortaleza, proporcionalmente falando, mata-se cinco vezes mais que em São Paulo. Em termos absolutos, o número de homicídios local supera a realidade paulistana. Tais estatísticas poderiam encabeçar um estudo sobre o perfil da violência na capital cearense. Mas não é esse o objeto deste artigo. Preocupa a mim, principalmente, o nosso futuro, o futuro de nossas crianças.

Não é segredo o efeito devastador das drogas – notadamente o crack – como elemento impulsionador da violência urbana. O desgaste que vem causando nas famílias de diversas classes da pirâmide social. Neste contexto, a escola pública tem sido uma das instituições que mais tem sofrido danos. É alarmante o número de casos de professores, funcionários e jovens vítimas desta guerra. O Poder Público tem a obrigação de criar instrumentos que favoreçam a preservação da escola pública como um ambiente natural de aprendizado e de sociabilidade.

Ainda em 2009, apresentamos na Câmara de Vereadores projeto de lei que determinava a instituição de Áreas Escolares de Segurança e Cidadania. Não se trata, há que se ressaltar, de uma proposição que advogue o recrudescimento de ações repressivas. Ao contrário, se solicita à Prefeitura de Fortaleza que intensifique e priorize ações de ordenamento urbano e fiscalização no raio de cem metros dos limites das escolas públicas. Isso compreende a ampliação e melhoria da Iluminação pública; sinalização, pavimentação e limpeza de ruas e de terrenos e edificações abandonados; implantação de abrigos de passageiros nas paradas de ônibus; fiscalização do comércio existente, em especial o ambulante, coibindo a venda de produtos ilícitos; repressão à realização de jogos de azar e jogos eletrônicos proibidos por lei; controle do acesso de crianças e adolescentes a produtos farmacêuticos que possam causar dependência, substâncias inflamáveis e bebidas alcoólicas; controle rígido da poluição sonora.

As Áreas Escolares de Segurança e Cidadania serão fruto de uma ação interdependente de várias pastas municipais – Guarda Municipal, Meio Ambiente, AMC, ETUFOR, SME, Coordenadoria de Combate às Drogas – com o auxílio de órgãos estaduais e federais. Tão ou mais importante, porém, é a parceria direta com a sociedade civil: conselhos escolares, grêmios estudantis, associações de pais. São representantes populares que de fato conhecem a realidade dos diversos locais e sabem como interagir com seus atores.

As Áreas Escolares de Segurança e Cidadania não devem ser núcleos repressivos. Ao contrário, o que se pretende é forçar o Poder Público a tomar para si, de forma urgente, a organização do espaço de circulação dos estudantes de forma a garantir sua plena convivência. Somente desta forma poderemos garantir a segurança e a tranqüilidade de nossas crianças.

* Acrísio Sena,

Vereador do PT. 

Policiais Federais fazem mobilização em Brasília. Ceará participa com caravana

Policiais federais de todo o país participam hoje (16) da Marcha pela Reforma da Polícia Federal. A finalidade da categoria é reivindicar alterações na estrutura da PF e modernização da investigação criminal. Os policiais também pedem mais investimento na capacitação dos servidores e nos recursos materiais da entidade.

Eles se concentram, a partir das 9 horas, em frente à sede do Departamento de Polícia Federal (DPF), em Brasília, e seguem até o Congresso Nacional, onde será lançada oficialmente a Frente Parlamentar em Apoio pela Reestruturação da Polícia Federal. “Esperamos reunir perto de 2 mil profissionais para o ato”, disse à Agência Brasil o vice-presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), Luis Araújo Boudens.

A Frente Parlamentar, formada por oito parlamentares e coordenada pelo deputado federal Otoniel Lima (PRB-SP), tem como objetivo discutir a atual situação da Polícia Federal e promover mudanças na estrutura orgânica e de carreira, além de melhorias nas condições de trabalho dos servidores e aumento da qualidade das investigações.

DETALHE – O Ceará participa do ato, com caravana mobilizada pelo Sindicato dos Policiais Federais que tem como presidente Carlos Façanha. O dirigente sindical, inclusive, viajou nessa segunda-feira.

(Agência Brasil)

Bancários iniciam negociação salarial com Banco do Brasil

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=sSmi22rz9to&feature=c4-overview&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

A Confederação Nacional dos Trabalhadores de Instituições Financeiras (Contrafi) inicia, nesta terça-feira, em Brasília, negociação com o Banco do Brasil de olho na campanha salarial cuja data-base é o mês de setembro.

O presidente do Sindicato dos Bancários do Ceará, Carlos Eduardo Bezerra, que integra a comissão nacional de negociação, diz que a categoria quer melhorias salariais mas, também, melhorias no atendimento da clientela, que é tratada como “lixo bancário” pelo Banco do Brasil.

Ex-secretário escapa de dois assaltos em menos de um mês

O ex-secretário estadual do Desenvolvimento Econômico, Raimundo Viana, sofreu tentativa de assalto no último sábado, às 8 horas, bem petinho da Igreja de Nossa Senhora de Lourdes, situada no bairro Dunas.

Bom lembrar que, no começo deste mês, ele escapou de ataque do gênero na Via Expressa.

Segundo Raimundo Viana, nos dois episódios, que envolviam adultos e adolescentes, ocorreu um mesmo fato que considera absurdo: ele chamou o Ronda da área, mas não foi atendido. 

VAMOS NÓS – Algo precisa ser feito sobre o Ronda do Quarteirão. Não é possível que tantos investimentos tenham sido jogados pela janela da insegurança.

Henry Campos lamenta que Programa Mais Médicos tenha sido lançado sem debate prévio

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=F6jKTicUlQU&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

O Programa Mais Médicos, do governo federal, vai ser alvo de debates em Brasília e em São Paulo nesta terça-feira. Entidades médicas e do setor de ensino discutirão o tema que, segundo o vice-reitor da UFC, Henry Campos, deveria ter se iniciado bem antes da divulgação desse programa.

Henry Campos é contra a ampliação de seis para oito anos o tempo de estudo da Medicina no Brasil.

Entidades médicas cearenses anunciam protesto durante visita de Dilma ao Ceará

76 1

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=RL47eJxQs3Q&feature=c4-overview&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

A oposição ao Governo Dilma está ganhando a adesão de segmentos da categoria médica contra recente projeto baixado pelo governo federal: o programa Mais Médicos. Entre algumas ações, esse programa abre para a importação de médicos com objetivo de atender o Interior do País.

Nesta terça-feira, o deputado federal Raimundo Gomes de Matos (PSDB) revelou como está ocorrendo a mobilização contra o Programa Mais Médicos. Ele aproveitou para informar: as entidades da área médica do Ceará vão fazer protesto na quinta-feira, quando da visita de Dilma ao Ceará para, entre alguns compromissos, inaugurar duas estações do Metrofor.

Cadê os projetos da Secult?

113 2

pinhsec

“O tempo passa, o tempo voa e os projetos da Secretaria da Cultura do Estado não estão numa boa. O titular da pasta, Francisco Pinheiro, chegou a ganhar ânimo no começo do ano, quando o governador Cid Gomes reconheceu falhas e prometeu turbinar a pasta. Porém, pelo visto, o setor continua experimentando agenda de varejo ou de atos pontuais.

O setor cultural cobra, por exemplo, a reforma do Dragão do Mar, a reforma do Cine São Luís, a reforma da Biblioteca Pública Menezes Pimentel, a continuidade da reforma do Theatro José de Alencar e a descentralização maior das ações da Secult para o Interior.

O secretário teria boa vontade, mas tudo continua esbarrando na burocracia oficial. O pior nisso tudo: o setor acaba só lembrado com agenda negativa por conta da insegurança no entorno do Dragão do Mar, pepino que não é seu. É precisa apostar numa cultura de vida. Passou da hora.”

(Coluna Vertical, do O POVO)

Votação dos royalties é prioridade da Câmara nesta 2ª feira

andrefigueiredo

“A conclusão da votação do projeto de lei que destina recursos dos royalties do petróleo (compensação paga pelas petroleiras ao Governo Federal pela exploração do bem) para educação e saúde é prioridade da Câmara Federal nesta terça-feira. Na semana passada, foi votado o parecer do relator, deputado cearense André Figueiredo (PDT), e mantida a maior parte do texto da Casa diante das mudanças feitas pelo Senado.

Na votação anterior, impasse do PMDB e de outros partidos da base aliada causou o adiamento da conclusão da votação. Os deputados precisam ainda analisar destaque proposto pelo PMDB referente à destinação dos recursos do Fundo Social (espécie de poupança com recursos que a União recebe na produção do petróleo da camada pré-sal).

“O principal ponto da divergência é que na forma do nosso substitutivo nós colocamos 50% do total do Fundo Social para educação e saúde, e o Senado coloca apenas 50% dos rendimentos do fundo, uma diferença extremamente significativa”, defendeu André Figueiredo. Segundo ele, o texto da Câmara garante mais de R$ 200 bilhões para educação e saúde ao longo de 10 anos e em velocidade maior. Já a versão do Senado garantiria cerca de R$ 100 bilhões no mesmo período. André criticou a postura do governo de querer privilegiar o crescimento do PIB. “É como se fosse necessário primeiro crescer o bolo para depois dividir”, comparou o cearense.

O relator aceitou apenas um substitutivo aprovado pelo Senado relativo à obrigatoriedade dos Estados e municípios de destinarem recursos dos royalties provenientes de contratos assinados antes de 3 de dezembro de 2012. “Nós acatamos uma das emendas do Senado, não por acreditar nela, mas para evitar celeumas. Contratos celebrados antes de dezembro de 2013 não afetariam em nada os estados, pelos impactos orçamentários”, afirmou.”

(O POVO)

Ivo anuncia R$ 511 milhões e criação de Departamento de Segurança Escolar

“Escola de pobre tem que ter coisas de escola de rico.” A frase foi dita pelo titular da Secretaria Municipal da Educação (SME), Ivo Gomes, durante o anúncio de pacote de R$ 511 milhões para segmentos estruturais que contemplarão cerca de 190 mil estudantes de Fortaleza. Do total, R$ 457 milhões serão destinados à construção de novas unidades escolares e de quadras esportivas.

A Capital ocupa o último lugar do Estado na avaliação do Spaece-Alfa 2012, divulgada em junho, que mensura o nível de alfabetização dos estudantes ao término do 2º ano do ensino fundamental I.

Os investimentos da Prefeitura de Fortaleza foram detalhados na manhã de ontem na abertura da III Conferência Municipal da Educação, no Centro de Eventos do Ceará. Na solenidade, foi anunciada também a criação do Departamento de Segurança Escolar, que começa a funcionar em 2014. Serão 40 novas viaturas e 240 agentes oriundos da Guarda Municipal de Fortaleza, que ficarão encarregados da prevenção de crimes e violência nas escolas municipais. O investimento no departamento será de R$ 2,5 milhões.

Com recursos provenientes dos governos Federal (70%), estadual (20%) e do próprio município (10%), as ações serão iniciadas com a instalação de fibra ótica em todas as escolas nos próximos três meses. Para este semestre, estão previstos ainda a circulação de 40 novos ônibus escolares e o fornecimento de material e fardamento escolar, que vai incluir sandálias modelo Crocs para os estudantes. “Os equipamentos estarão à disposição ainda este ano. As obras serão iniciadas este ano e muitas delas terminadas ao longo de 2014”, garantiu o prefeito Roberto Cláudio, que acrescentou: todos os recursos estão garantidos.

Obras

Começam neste ano a construção de quatro escolas de ensino fundamental, 91 centros de educação infantil, 29 escolas de tempo integral, 49 quadras poliesportivas e a reforma do antigo Colégio Brasil, no Centro (que será transformado na Academia do Professor), e de três escolas de ensino fundamental. “Para a construção dos centros infantis, que será feita pelo Governo Federal, um novo método promete finalizá-las em até seis meses. Já para as escolas de tempo integral, a previsão é de cerca de um ano e meio (de obras) e elas deverão operar no início do ano letivo de 2015”, destacou Ivo.

Enquanto as novas escolas de tempo integral não ficam prontas, seis unidades já existentes serão adaptadas para funcionamento no ano letivo de 2014. “A escola precisa ser um lugar de estímulo para que o jovem não opte pela droga”, destacou o titular da SME.”

(O POVO)