Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Segurança Pública – As facções, a queda nos homicídios e a negação; a história se repete

Com o título “Segurança Púbica – As facções, a queda nos homicídios e a negação; a história se repete”, eis o que diz o jornalista Thiago Paiva em sua coluna desta segunda-feira, no O POVO. Confira:

O Secretário da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), André Costa utilizou as redes sociais, na semana passada, para refutar qualquer influência da trégua declarada entre facções criminosas, durante o atual ciclo de atentados, sobre a redução dos homicídios no último mês de janeiro.

Nos primeiros 31 dias do ano, 192 pessoas foram mortas no Ceará. Houve queda de 60% nas ocorrências, em comparação ao igual período de 2018, quando 482 assassinatos foram registrados. Costa comemorou a diminuição e atribuiu o resultado – exclusivamente – às “ações enérgicas do Estado, dentro e fora dos presídios”. Mas não parou por aí.

O secretário chamou de “falsos especialistas” aqueles que atribuem uma parcela desse resultado ao cessar fogo temporário entre facções, que interromperam a disputa por territórios para o tráfico de drogas, priorizando a “Guerra ao Estado”, numa reação à repressão nos presídios. Para Costa, essa análise é “irresponsável”, “desmerece e desonra” o trabalho dos profissionais da Segurança Pública.

A negação do secretário, no entanto, chega a ser curiosa. Em 2017, o ano pós-pacificação entre facções no Ceará, para analisar o recrudescimento dos homicídios, o titular da SSPDS criou a Comissão de Estudo do Perfil das Vítimas de Crimes Violentos Letais e Intencionais. À época, buscava descobrir a motivação média dos assassinatos no Estado. Ele queria entender o que havia levado ao aumento do número de mortes – 5.134 somente naquele ano.

E para a surpresa de Costa, e somente dele, a conclusão do grupo foi que houve uma intensificação da guerra entre as organizações criminosas. Ora, o estudo confirmou aquilo que os moradores das comunidades dominadas por traficantes há muito já sabiam: a guerra entre facções, interrompida em 2016, havia sido retomada numa escala ainda maior.

A elevação dos homicídios, portanto, era somente um dos nefastos resultados dos acertos que haviam chegado ao fim. Vale lembrar que, enquanto vigente, a pacificação culminou ainda no surgimento de uma facção “doméstica”, a Guardiões do Estado (GDE). Juntamente com ela, vieram os crimes bárbaros, como as decapitações e carbonizações, que se tornaram comuns na periferia de Fortaleza.

Isso significa, portanto, que na avaliação do secretário, quando em guerra, as facções influenciam nos homicídios. E em período de trégua, não. A postura é confusa, mas não inédita. Ainda em 2016, quando comprovadamente as facções haviam instaurado a paz às avessas no Ceará, o governador Camilo Santana (PT) também negou a existência dos acertos e a influência na queda dos homicídios. “Quer dizer, então, que o trabalho da Polícia não vale de nada?”, questionava.

O discurso era endossado pelo então secretário da Segurança Delci Teixeira, que durante o 6º ciclo de atentados no Estado, enfrentado em abril daquele ano, reclamou da “glamourização” dos criminosos responsáveis pelos ataques. Para ele, não passavam “pirangueiros” pintados de “Al Capones”.

Até que naquele mesmo mês, durante a operação Vera Pax (Verdadeira Paz), o Ministério Público do Ceará (MPCE) prendeu dez membros de organizações criminosas que estariam por trás dos arranjos de pacificação. A realidade estava escancarada. Com a divulgação, não havia mais como negar os acertos – ou não, dada a postura de Costa.

No texto publicado, o secretário fez ainda uma provocação: “Não precisa ser especialista para responder à seguinte pergunta: você faria acordo com quem matou sua esposa, seu pai, sua irmã ou seu filho? A resposta é óbvia demais”. Nem tanto. Depende de para quem a pergunta é dirigida. No caso dos criminosos, membros de facções, há interesses outros, hierarquia e obediência. Tanto que, durante cerca de um ano, a resposta para essa pergunta foi um sonoro “sim”.

Costa, contudo, não deixa de ter razão. Obviamente, não se deve atribuir a queda dos homicídios em janeiro somente à trégua entre as facções. E isso nunca foi cogitado, pelo menos nas reportagens publicadas pelo O POVO.

O esforço das forças da Segurança Pública – e aqui estão inclusas as tropas do Ceará, estados parceiros e Governo Federal – deve ser reconhecido, é claro! Muito embora o aumento da ostensividade tenha um impacto maior na redução dos crimes contra o patrimônio e na elevação da sensação de segurança, a atuação desses agentes, inegavelmente, resultou na queda dos crimes contra a vida, sendo os envolvidos dignos
de agradecimentos.

Porém, negar de todas as maneiras a influência da trégua nesse resultado, diante do patamar da consolidação das facções no Ceará, e do já demonstrado poder de articulação desses criminosos, vide a duração do atual ciclo de atentados, soa desnecessário. Neste caso, sim, há desrespeito e ofensa à inteligência dos próprios policiais,
especialistas que são.

(Foto – Evilázio Bezerra)

Derrotada nas urnas, Rachel Marques volta à condição de servidora estadual da Saúde

326 2

Raquel Marques, ex-deputada estadual petista, que tentou vaga na Câmara e não conseguiu, voltou ao batente.

Ela informou em seu Instagram que retomou atividades agora como psicóloga hospitalar, pois é servidora da Secretaria da Saúde do Estado.

Não disse, no entanto, se abandonou mesmo a política partidária. Ela é casada com o prefeito de Quixadá e ex-presidente estadual do PT, Ilário Marques.

Livro de cearenses quer mostrar radiografia do sistema prisional brasileiro

Nos bastidores do sistema prisional brasileiro.

Os agentes penitenciários cearenses Manoel Serafim e Adailson d Silva, também psicólogo, filósofo, teólogo e escritor de 10 livros, estão finalizando o livro “Encarceramento em massa no Brasil: um raio x do sistema prisional brasileiro.” Serafim conta que é agente há mais 11 anos e que foi candidato a presidente do Sindasp por três vezes, com formação em Letras pela UFC.

Ele diz que o livro é dedicado a todos os agentes penitenciários do Brasil, mas enfrenta dificuldade para concretizá-lo, em razão do custo: cerca de RS 9.000,00. “Este valor se refere a diagramação, registo catalográfico, editora, arte gráfica etc. Já investimos uma quantia e, embora a obra já esteja pronta, não chegamos a este montante para materializá-la” explica Serafim.

Os dois autores pedem o apoio da sociedade para concretizar a obra. “Qualquer valor será prestimoso para finalização do projeto. Aquele que porventura queira e possa doar RS 50,00 ou mais, no ato do lançamento, receberá o livro sem qualquer ônus”, acentua.

SERVIÇO

Doações

Manoel Serafim da Silva – Bradesco
AG. 693
C/C 16739-8.

(Foto – Mauri Melo)

Prefeita de Granja inicia obras de recuperação de estradas, pontes e bueiros atingidos pelas chuvas

Tarcísio Souza (Granja) – A Prefeitura de Granja (Zona Norte) iniciou o conserto dos danos provocados pelas últimas chuvas no município. Mesmo assim, não haverá condições para normalização da infraestrutura, no que o Carnaval está mesmo cancelado, de acordo com a prefeita Amanda Aldigueri.

Há obras de reparo nas estradas do município, nas passagens molhadas, pontes e em bueiros que foram danificados pelas chuvas.

“A gestão municipal está intensificando todos os esforços necessários para reparação de todo o patrimônio público. A Defesa Civil está mapeando e de prontidãom caso haja necessidade durante a estação invernosa para realizar remoção de famílias, deslocamentos e pagamentos de alugueis sociais”, assegura a prefeita Amanda Aldigueri.

(Foto – Divulgação)

UFC inscreve para seleção de professor em Fortaleza e Sobral

A Universidade Federal do Ceará lançou o Edital nº 21/2019 (http://www.progep.ufc.br/edital-21-2019/) para seleção de professor substituto. São ofertadas três vagas, distribuídas entre o Departamento de Psicologia, em Fortaleza, e os cursos de Música e de Medicina, em Sobral. As inscrições começam na quarta-feira, dia 13, informa a assessoria de imprensa da Instituição.

Em Fortaleza, a vaga é para o setor de estudo Análise do Comportamento. O regime de trabalho é de 40 horas semanais e é exigido título de doutor. As inscrições ocorrerão presencialmente ou por procuração até o dia 15 de fevereiro, das 9 às 12 horas e das 14 às 17 horas, no Departamento de Psicologia, localizado na área 2 do Centro de Humanidades da UFC (Avenida da Universidade, 2762, Benfica). A inscrição poderá ser reaberta com titulação menor em caso de inexistência de candidatos doutores.

Em Sobral, a vaga para o Curso de Música é no setor de estudo Regência, Linguagem e Estruturação Musical. O regime de trabalho é de 40 horas semanais e é exigido diploma de graduação. Os interessados podem se inscrever até o dia 19 de fevereiro, na coordenação do curso (Rua Coronel Estanislau Frota, 563, Centro), no horário das 14 às 20 horas.

A outra vaga do Campus da UFC em Sobral, para o Curso de Medicina, é no setor de estudo Endocrinologia/Semiologia Médica/Internato, com jornada de trabalho de 20 horas semanais. São aceitas inscrições de candidatos com título de mestre ou diploma de graduação. As inscrições ocorrem até o dia 19 de fevereiro, das 9 às 12 horas e das 14 às 17 horas, na coordenação do curso (Av. Comandante Maurocélio Rocha Pontes, 100, Derby).

SERVIÇO

*Informações sobre inscrição, remuneração e programas de estudos estão detalhadas no Edital nº 21/2019 (http://www.progep.ufc.br/edital-21-2019/).

*Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas – (85) 3366 7407.

Guilherme Sampaio reage a artigo do prefeito Roberto Cláudio

378 2

Com o título “Como um código se torna da Cidade”, eis artigo do vereador Guilherme Sampaio (PT), em resposta ao artigo que veiculados há pouco, neste Blog, e que traz a assinatura do prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), abordando o Código da Cidade. Confira:

O artigo aqui publicado no O POVO desta segunda-feira (11/02), de autoria do prefeito Roberto Cláudio, levou-me a refletir sobre a função política dessa lei, anteriormente conhecida como Código de Obras e Posturas.

Para chamar-se efetivamente o Código de Obras e Posturas de “Código da Cidade”, como propõe o Executivo, há de se compreender a dimensão política dessa mudança. Uma legislação a que se pretende batizar com este título deve representar o pacto político dos que habitam o território urbano quanto às formas de intervir sobre ele: transformá-lo, nutri-lo, preservá-lo, enfim, garantir sua função social. Isso vai muito além da elaboração de um “manual “ como o apresentado no artigo do prefeito.

Para que a iniciativa seja revestida, de fato, da intenção de traduzir um pacto é preciso, em primeiro lugar, que seja fruto de um acordo coletivo. Isso pressupõe diálogo, contrapesos que suprimam desequilíbrios econômicos e políticos entre os atores e, por fim, a celebração de consensos construídos pelo conjunto da sociedade. Onde se vê isso em Fortaleza atualmente? A gestão de Roberto Cláudio deixou morrer o Orçamento Participativo, instituído de forma ousada na gestão do Partido dos Trabalhadores. Os conselhos de políticas públicas foram esvaziados em seu prestígio e capacidade de interlocução política, perdendo seu protagonismo no debate, avaliação e proposição. A Lei de Uso e Ocupação do Solo foi recentemente aprovada, incluindo absurdos como a redução de áreas de interesse ambiental e a anistia irrestrita a infrações urbanísticas em pleno século XXI.

Com equívocos dessa natureza, não se pode falar de pacto! Pode-se até contemplar avanços na técnica, mas se não fundamentados na evolução da construção política, seus efeitos e aplicação acabam tornando-se reféns dos interesses menores dominantes de sempre, desde o Brasil colônia.

A apreciação do código da cidade pela Câmara Municipal pode ser uma oportunidade de exercitarmos práticas e métodos que superem esses equívocos. Como vereador, trabalharei por isso. Só assim, o código poderá ser, como disse o prefeito, um manual de cidadania.

*Guilherme Sampaio

Vereador do PT e Fortaleza.

(Foto – Camila de Almeida)

Tragédia no Flamengo – Atleta cearense ganha alta médica

O cearense Cauan Emanuel (14) recebeu alta médica e vai para casa. A informação foi divulgada neste começo de tarde de segunda-feira pelo Flamengo. O jogador de 14 anos deixa nas próximas horas o Hospital Vitória, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro, onde está internado desde sexta-feira. Ele será o primeiro dos três feridos no incêndio no Ninho do Urubu a voltar para o lar, informa o Portal G1.

No último domingo, o jovem já havia deixado o CTI e sido transferido para o quarto, devido sua evolução. Após visitar o filho na manhã desta segunda, o pai de Cauan, Jhon Emanuel, já demonstrava otimismo com a alta médica:

– Está com a respiração boa, fala normal, se alimentando bem. Está feliz por estar no quarto. O coração de pai está feliz por estar fora total de perigo. Agora é esperar as decisões médicas. Esperamos que seja avaliação positiva e ele saia em breve.

Os outros dois feridos seguem internados. Francisco Dyogo, de 15 anos, está no mesmo hospital que Cauan, mas continua no CTI. O estado mais grave é de Jonatha, 15 anos, que teve 35% do corpo queimado e está no Hospital Pedro II, em Santa Cruz, também na Zona Oeste do Rio.

(Foto – Re´produção)

Código da Cidade. O Manual de Uso do Cidadão

189 1

Com o título “Código da Cidade. O Manual de Uso do Cidadão.”, eis artigo do prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT). Essa matéria é definida como a principal da Câmara Municipal para este semestre. Confira:

Dentre as várias atribuições do Poder Público no fazer cidade, está a tarefa de regulamentar o convívio entre o cidadão e sua cidade. Muitas vezes denominado de Código de Obras e Posturas, este manual de boas práticas para com a cidade, dispõe sobre a execução de obra, aspectos comportamentais relacionados à ordem pública e funcionamento de equipamentos e atividades.

Aqui em Fortaleza, o nosso “manual do usuário”, ou melhor, o nosso “manual do cidadão” está, há muito, desatualizado. O Código de Obras e Posturas data de 1981. Com práticas contemporâneas inéditas, o novo Código, ora encaminhado à Câmara Municipal de Fortaleza, será o Código da Cidade. E Fortaleza ousou. Dividido em quatro temas, Ambiente Natural, Ambiente Construído, Posturas Municipais e Ética na Relação entre Poder Público e a Sociedade, o Código se propõe a estabelecer um novo momento entre cidadão, cidade e Administração Pública. Um momento de integração e de compartilhar o fazer cidade.

Como principais regras para o ambiente natural, o Código da Cidade regulamenta os padrões de qualidade ambiental; institui a certificação ambiental para construção, produtos e atividades econômicas sustentáveis; implementa ações de enfrentamento às mudanças climáticas; estabelece a política de bem-estar e proteção animal, além de regulamentar a educação ambiental como instrumento de gestão.

Para o ambiente construído, o Código insere os conceitos e práticas de sustentabilidade no processo construtivo e no canteiro de obras; implementa o armazenamento e reuso de águas pluviais e águas cinzas; regulamenta o retrofit de edificações em processo de desvalorização.

Em relação às posturas municipais, fomenta as atividades vinculadas à nova economia como os escritórios virtuais; regulamenta as calçadas, assim como os procedimentos de licenciamento eletrônico, promovendo a busca pelo bom ambiente regulatório da cidade.

Da ética na relação entre Poder Público e a sociedade, o novo Código ousa na orientação para transparência na informação e a participação social nos projetos da cidade e estabelece a aplicação das penalidades quando da infração as regras urbanas e ambientais de nossa cidade.

Enfim, é no Código da Cidade que nossos direitos e deveres enquanto cidadãos estão pré-estabelecidos! É só seguir e nossa cidade agradecerá!

*Roberto Cláudio

Prefeito de Fortaleza.

(Foto – Aurélio Alves)

Tribunal do Júri condena ex-policiais que integravam grupo de extermínio

A 5ª Vara do Tribunal de Justiça do Ceará, por meio do seu Conselho de Sentença, condenou dois policiais – Daimler da Silva Santiago e Glaydston Gama Lopes, à pena de 15 anos de reclusão pela morte de Rogério Candeias da Silva. O fato se registrou na noite de 21 de setembro de 2007, em Fortaleza, informa a assessoria de imprensa do Ministério Público do Estado.

De acordo com as investigações, os réus condenados integravam um grupo de extermínio composto por oito policiais militares, entre os quais o policial Pedro Cláudio Duarte Pena (Cabo Pena); e um civil, Sílvio Pereira do Vale Silva, conhecido como Pé de Pato. A sessão de julgamento se iniciou no início da tarde da quarta-feira (6/02) e somente se encerrou às 2h30min da madrugada do dia seguinte (7/2).

Daimler da Silva Santiago e Glaydston Gama Lopes foram pronunciados pelo Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), como incurso nos crimes previstos nos artigos 121, §2º, I e IV (homicídio consumado e tentado), do Código Penal, contra as vítimas Rogério Candeias da Silva e Roger Alves da Silva. Submetidos a julgamento, o Conselho de Sentença reconheceu na 1ª série de quesitos em relação ao réu Daimler, por maioria de votos, a materialidade e autoria delitiva. Reconheceu que o referido réu agiu com recurso que dificultou ou impossibilitou a defesa da vítima.

Na 2ª série de quesitos reconheceu, por maioria de votos, a materialidade e autoria delitiva. Reconheceu a tese da Defesa ao responder afirmativamente ao 4º quesito da série. Nas 1ª e 2ª séries de quesitos em relação ao réu Glaydston, o Conselho de Sentença reconheceu a tese da Defesa de que o réu agiu acobertado pela causa supralegal de inexigibilidade de conduta diversa. Considerando a decisão, o Conselho de Sentença condenou o réu Daimler da Silva Santiago como incurso nas sanções do artigo 121, §2º, IV, do Código Penal.

A juíza presidente do Tribunal do Júri, Valência Maria Alves de Sousa Aquino, observando-se as diretrizes dos artigos 59 e 68, do Código Penal, fixou a pena ao réu Daimler da Silva Santiago. O policial militar à época, em concurso de pessoas, “premeditou o crime, efetuou vários disparos de arma de fogo contra a vítima, que estava confinada e algemada dentro do porta-malas do veículo Clio, evidenciando acentuado grau de reprovabilidade na conduta do agente a ser valorado negativamente a culpabilidade e as circunstâncias.”

Uma segunda-feira de poucas chuvas no Ceará

Choveu em 16 municípios cearenses nesta segunda-feira, de acordo com boletim divulgado pela Funceme. Mas para esta treçap-feira, o órgão prevê nebulosidade variável com eventos de chuva no Centro-Norte.

Nas demais regiões, céu parcialmente nublado.

Confira as 10 maiores chuvas

Morada Nova (Posto: Fazenda Lacraia) : 61.3 mm

Limoeiro Do Norte (Posto: Limoeiro Do Norte) : 47.0 mm

Limoeiro Do Norte (Posto: Sitio Malhada) : 46.7 mm

Jaguaruana (Posto: Borges) : 38.3 mm

Morada Nova (Posto: Roldao) : 34.0 mm

Russas (Posto: Peixe) : 22.2 mm

Russas (Posto: Sitio Timbauba Macore) : 20.3 mm

Ocara (Posto: Açude Batente) : 20.0 mm

Aracoiaba (Posto: Furnas) : 17.0 mm

Camocim (Posto: Camocim) : 16.0 mm

Heitor vai cobrar de Camilo o reajuste dos servidores

O deputado estadual Heitor Férrer (SD) vai insistir, nesta semana, da tribuna da Assembleia, por reajuste salarial para os servidores públicos estaduais. Isso, principalmente depois da divulgação da boa condição fiscal do Ceará, o que foi divulgado em coletiva, semana passada, pelo governador Camilo Santana.

Heitor avalia que o governo pode conceda não somente o reajuste da inflação, mas também um aumento efetivo que compense as perdas salariais dos últimos ano, que chegam a 17%.

Heitor Férrer lembrou que já estamos em fevereiro e a mensagem do governo ainda não foi encaminhada para os deputados. “Nós estamos em fevereiro e cadê o aumento dos servidores públicos? A data base é em janeiro”, lembra o parlamentar.

(Foto – ALCE)

Obra Lumen lança campanha para construção de Complexo de Ressocialização

A Obra Lumen, fundada em 1989,vai construir um Complexo de Ressocialização no Condomínio Espiritual Uirapuru (CEU), que fica no bairro Castelão, e, Fortaleza. O projeto será voltado para o atendimento a ex-moradores de rua. A entidade, para arrecadar recursos, lança a campanha “Cadastro Ser Feliz”, cuja renda será revertida para o empreendimento.

O Complexo de Ressocialização terá o objetivo de atender homens, mulheres e mães com crianças que perseveraram e terminaram o seu período de recuperação nas oito casas de acolhimento da Obra Lumen e de outras comunidades. “Esses irmãos precisam de uma oportunidade de reintegração na sociedade e no mercado de trabalho”, afirma Edwin Costa, consagrado da Obra Lumen.

“Eles foram para as drogas e para as ruas por conta de dores e traumas profundos. A partir do momento que são verdadeiramente amados e fazem uma experiência sincera com Deus, resgatam a sua real identidade e descobrem que também podem ser felizes fazendo o outro feliz. Eles só precisam ser amados, evangelizados e socorridos. Somos testemunhas vivas dos resultados e frutos desse trabalho” complementa Edwin Costa.

A construção contará com casas de acolhimento, salas de profissionalização e ambientes para formação, espiritualidade, esporte, cultura e lazer. O atendimento será 100% gratuito.

Obra Lumen

A Obra Lumen também realiza projetos sociais preventivos com atendimento a mais de 2.000 crianças, adolescentes e jovens em vulnerabilidade social de 20 comunidades carentes de Fortaleza incluindo Praia do Futuro, Jangurussu e Brasília. São oferecidas gratuitamente atividades educativas, esportivas, culturais, profissionalizantes e de evangelização.

Trata-se de um trabalho realizado por mais de 1.000 voluntários, jovens e famílias que descobriram que a felicidade está, no sair de si mesmo para ir ao encontro do outro, especialmente daquele que é menos amado e mais sofre.

As atividades da Obra Lumen são gratuitas e não fazem convênios fixos. A sua fonte principal de providência para todas as obras de misericórdia e projetos sociais, está na participação da sociedade.

SERVIÇO

*Para ajudar a campanha, faça seu cadastro: www.lumenserfeliz.com

Chico Aguiar pede aposentadoria do TCE, mas diz que saiu no prejuízo. Receberá R$ 30,4 mil mensais

359 1

Chico Aguiar, ex-deputado estadual, que estava como conselheiro à disposição do Tribunal de Contas do Estado, pediu aposentadoria, na semana passada. Com isso, ele perceberá R$ 30,4 mil por mês.

Ex-presidente do TCE, Chico estava na “reserva” do Pleno desde a confirmação da extinção do Tribunal de Contas dos Municípios, em outubro de 2017.

Com 71 anos, o ex-conselheiro disse para o O POVO que decidiu antecipar a aposentadoria pois não via mais chance de assumir vaga no TCE e que queria partir agora para montar um negócio

Chico Aguiar reclama. Diz que ao antecipar sua aposentadoria, teve prejuízo. “Como eu tinha mais de 35 anos de serviço, o que fosse descontado pela previdência teria que ser reembolsado depois pelo Tribunal, como abono de permanência. Com a aposentadoria eu perdi isso, fiz foi ter prejuízo”, lamenta.

Em 1994, quando assumiu o governo por 83 dias com a renúncia de Ciro Gomes para virar ministro da Fazenda do governo Itamar Franco, Chico Aguiar pediu aposentadoria como ex-governador. Ele diz que hoje não recebe, mas que está recorrendo na Justiça para manter o benefício.

(O POVO – Repórter Carlos Mazza/Foto – TCE)

Prefeitura oferta cursos de capacitação para microempreendedores

A Secretaria do Desenvolvimento Econômico de Fortaleza está promovendo, neste mês de fevereiro, vários cursos com o objetivo de capacitar, gratuitamente, pessoas da comunidade. A ação faz parte do Programa de Empreendedorismo Sustentável da gestão Roberto Cláudio e objetiva apoiar os micro e pequenos empreendedores locais no aperfeiçoamento do seu negócio

Estão sendo ofertadas  neste mês capacitações para áreas como Liderança e Gestão de Pessoas; Saúde Financeira e Fluxo de Caixa; Empreendedorismo e Gestão; Gestão de Conflitos; Alavancando as Vendas Através das Mídias Sociais; Imagem e Postura Profissional no Mundo do Trabalho; Finanças Pessoais; Finanças Básicas para Empreendedores; Estratégia de Comercialização; Microempreendedor Individual – MEI; entre outras. Cada oficina tem duração de duas a três horas, com até 20 vagas por turma.

Como se inscrever

Para participar é simples, basta apresentar identidade (RG), CPF e comprovante de residência. Os interessados devem se dirigir às Salas do Empreendedor nas Secretarias Regionais Vapt Vupt Messejana e Antônio Bezerra, Casa de Economia Solidária (Ecosol) ou no Espaço do Artesanato da SDE, que fica localizado na avenida Santos Dumont, 2.500, loja 17, bairro Aldeota.

Programação completa das capacitações

Liderança e Gestão de Pessoas
Data e hora: 12/02, 14h às 16h.
Local: Secretaria Regional VI (Rua Padre Pedro de Alencar, 789 – Messejana)

Saúde Financeira e Fluxo de Caixa
Data e hora: 13/02, 14h às 16h.
Local: Secretaria Regional V (Avenida Augusto dos Anjos, 2466 – Bonsucesso)

Empreendedorismo e Gestão
Data e hora: 13/02, 09h às 11h.
Local: Centro de Qualificação Profissional Quintino Cunha (Rua Pio Saraiva, 335)

Saúde Financeira e Fluxo de Caixa
Data e hora: 13/02, 14h às 16h.
Local: Secretaria Regional V (Av. Augusto dos Anjos, 2466 – Bonsucesso)

Liderança e Gestão de Pessoas
Data e hora: 13/02, 09h às 11h.
Local: Sala do Empreendedor Cristo Redentor (Avenida Monsenhor Hélio Campos, 178).

Gestão de Conflitos
Data e hora: 14/02, 14h às 16h.
Local: Espaço da Cidadania Barra do Ceará (Avenida Pres. Castelo Branco, SN – Próximo CUCA Barra).

Alavancando as Vendas Através das Mídias Sociais
Data e hora: 14/02, 14h às 16h.
Local: Secretaria Regional VI (Rua Padre Pedro de Alencar, 789 – Messejana).

Aumentando as Vendas de Forma Criativa
Data e hora: 18/02, 14h às 16h.
Local: Secretaria Regional V (Avenida Augusto dos Anjos, 2466 – Bonsucesso).

Microempreendedor Individual – MEI
Data e hora: 19/02, 09h às 11h.
Local: Ijovem – Instituto para Qualificação e Inserção Profissional (Rua Professor Jacinto Botelho, 1600 – Patriolino Ribeiro).

Promovendo Seu Negócio Através do Facebook
Data e hora: 21/02, 14h às 16h.
Local: Secretaria Regional V (Avenida Augusto dos Anjos, 2466 – Bonsucesso).

Aumentando as Vendas de Forma Criativa
Data e hora: 21/02, 09h às 11h.
Local: Ijovem – Instituto para Qualificação e Inserção Profissional (Rua Professor Jacinto Botelho, 1600 – Patriolino Ribeiro).

Primeiros Passos para Montar seu Negócios
Data e hora: 21/02, 14h às 16h.
Local: Associação Comunitária dos Moradores do Conjunto Sumaré (Rua Desembargador Otacílio Peixoto, 536 – Passaré).

Desenvolvimento de Produto ou Projeto
Data e hora: 22/02, 14h às 16h.
Local: Vapt Vupt Antônio Bezerra (Rua Demétrio Menezes, 3750 – Antônio Bezerra).

Imagem e Postura Profissional no Mundo do Trabalho
Data e hora: 22/02, 09h às 11h.
Local: Sala do Empreendedor Cristo Redentor (Avenida Monsenhor Hélio Campos, 178).

Como Aumentar e Gerenciar suas Vendas
Data e hora: 22/02, 14h às 16h.
Local: Espaço do Artesanato da SDE (Avenida Santos Dumont, 2500 – Loja 17 – Aldeota).

Como Identificar uma Oportunidade de Negócio
Data e hora: 26/02, 14h às 16h.
Local: Secretaria Regional IV (Avenida Silas Munguba, 3770 – Serrinha).

Empreendendo com Sucesso/Etapas para o Empreendedor
Data e hora: 26/02, 14h às 16h.
Local: Espaço da Cidadania Vila Velha (Avenida L com a Avenida G).

Definindo a Missão, Visão e Valores de Sua Empresa
Data e hora: 27/02, 14h às 16h.
Local: Vapt Vupt Messejana (Avenida Tomaz Coelho, 408 – Messejana).

Finanças Pessoais
Data e hora: 27/02, 14h às 16h.
Local: Espaço de Cidadania Barra do Ceará (Avenida Presidente Castelo Branco, SN – Próximo CUCA Barra).

Estratégia de Comercialização
Data e hora: 28/02, 14h às 16h.
Local: Espaço do Artesanato (Avenida Santos Dumont, 2500 – Loja 17 – Aldeota).

Finanças Básicas para Empreendedores
Data e hora: 28/02, 14h às 16h.
Local: Vapt Vupt Antônio Bezerra (Rua Demétrio Menezes, 3750 – Antônio Bezerra).

SERVIÇO

*Mais Informações – 0800 081 4141.

(Foto – SMDE)

Morre Aderson Maia, ex-presidente da APCDEC e do Sindicato dos Radialistas do Ceará

526 2

Morreu, nesta manhã de segunda-feira, o radialista Aderson Maia (82). Ele estava internado, há semanas, no Hospital Otoclínica e morreu vítima de complicações do diabetes.

Aderson Maia foi presidente do Sindicato dos Radialistas do Ceará e da Associação dos Profissionais da Crônica Desportiva do Estado (Apcdec), bem como dirigente do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) do Estado.

Ele também presidiu a Associação Brasileira dos Cronistas Esportivos (Abrace) e ocupou a vice-presidência da Associação Internacional de Imprensa Esportiva.

O velório ocorrerá na Igreja Presbiteriana (Rua Visconde do Rio Branco – Centro), a partir das 12 horas. A família não informou ainda sobre o enterro.

(Foto – Divulgação)

Presidente da Fiec diz que derrota de Renan acaba com a marginalidade no Congresso

342 2

Beto e o prefeito Roberto Cláudio nas dependências reformadas da Fiec.

Do presidente da Fiec, Beto Studart, ao comentar o cenário político de Brasília:

“A melhor novidade foi a queda do Renan. Estamos acabando com a marginalidade no Congresso Nacional e dando espaço para os novos que têm patriotismo”.

Falando em Fiec, a entidade marcou para o dia 21 de março, no La Maison, a Festa da indústria, que deveria ter ocorrido em dezembro.

No ato, haverá a entrega da Medalha Mérito Industrial aos empresários Edson Queiroz Neto e Elisa Gradvohl e ao chefe de gabinete no Palácio da Abolição, Élcio Batista.

(Foto – Paulo MOska)

Documentário cearense indicado ao Grande Prêmio do Cinema Brasileiro

O documentário “Aqueles Dois”, dirigido pelo jornalista do O POVO Émerson Maranhão, é um dos indicados para concorrer no 1º turno do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro 2019, organizado pela Academia Brasileira de Cinema. A premiação agracia as melhores produções audiovisuais brasileiras em diversos formatos.

O curta-metragem conta a história do paramédico Caio José, 25, e do pesquisador Kaio Lemos, 38, ambos homens transgêneros que vivem no Ceará. Em entrevista, Émerson disse que está empolgado com o sucesso que o documentário vem alcançando. “Eu estou muito feliz com a indicação. São instituições que indicam as produções que irão concorrer. Saber que o nosso filme está lá é sensacional”, revela.

A estreia nacional do documentário ocorreu em novembro do ano passado, em São Paulo, durante o 26º Festival Mix Brasil, ocasião em que ganhou o prêmio Canal Brasil de Incentivo ao Curta-Metragem. O curta também foi premiado no 6º Festival de Cinema da Diversidade Sexual e de Gênero (Recifest), em Recife, e no 12º Festival de Cinema e Cultura da Diversidade Sexual (For Rainbow), em Fortaleza. Ainda de acordo com Émerson, o filme vai fazer parte da programação televisiva e de streaming do Canal Brasil a partir de agosto deste ano. Segundo o jornalista, a expectativa para 2019 é de alcançar ainda mais resultados com o curta-metragem, que está inscrito em vários festivais
nacionais e internacionais.

Aqueles Dois é resultado de uma série de pesquisas e entrevistas feitas pelo realizador audiovisual, que assina o roteiro e a direção do filme. A produção executiva é de Allan Deberton, a direção de produção é de Natasha Silva, a montagem é de P.H. Diaz e a fotografia é do pernambucano Breno César.

(O POVO – Nut Pereira/Foto – O POVO)

Vereadores de Fortaleza podem votar aumento de 3,71% nos próprios salários

371 1

Da Coluna Política do O POVO desta segunda-feira, assinada pelo jornalista Carlos Mazza:

Menos de uma semana após o início dos trabalhos do ano na Câmara Municipal de Fortaleza, a Mesa Diretora da Casa já apresentou projeto que aumenta em até 3,71% os salários de vereadores da Capital. A proposta, que já foi encaminhada à Comissão Conjunta de Constituição e Orçamento e aguarda definição de relator, tem ainda valor retroativo, incidindo também sobre os salários recebidos em janeiro pelos parlamentares.

Curiosamente, a proposta de reajuste está “escondida” dentro do projeto de lei nº 22/2019, apresentado pela Mesa na última segunda-feira, 4. Isso porque, na ementa, o projeto diz conceder apenas a “reposição salarial aos servidores da Câmara Municipal”, sem mencionar os parlamentares. O artigo 1º do texto, no entanto, é mais amplo e específico ao incluir “servidores e vereadores” entre os atingidos pelo aumento de 3,71%.

Atualmente, a legislação brasileira veda que parlamentares votem aumentos dos próprios salários, tendo medidas do tipo eficácia apenas para o mandato seguinte. Vereadores e deputados, no entanto, têm conseguido aprovar medidas sob o argumento de que elas apenas “estabelecem reposição salarial” de perdas da inflação, não representando, portanto, “aumento” real dos salários. E a Justiça, por incrível que pareça, tem aceitado a tese.

Lei do canudo

Assembleia Legislativa e os blocos que não são de Carnaval

Da Coluna do Eliomar de Lima, no O POVO destra segunda-feira:

O presidente da Assembleia Legislativa, José Sarto (PDT), aguarda as indicações dos líderes das bancadas partidárias para definir as composições das 18 comissões permanentes da Casa. Doze partidos estão representados no legislativo estadual. Até agora, Psol (Renato Roseno), Patriotas (Bruno Gonçalves) e PSDB (Fernanda Pessoa) indicaram seus líderes.

Sarto tem dito que dialoga com os partidos para garantir a proporcionalidade, mas também a pluralidade na formação dos colegiados. Tudo em prol do debate democrático. Na prática, Sarto aguarda a formação dos blocos partidários, mas sabe que nem todos os partidos vão se unir dessa forma.

Ele espera que, nesta semana, essa etapa política seja resolvida. Deixa claro que, se houver acúmulo de matérias que exigirem celeridade maior ou urgência, serão apreciadas pela mesa diretora em substituição a comissões indo, em seguida, para o plenário.

(Foto – ALCE)

Cantor cearense Renatinho dá exemplo de amor à vida

O cantor cearense Renato Assunção, o Renatinho, 40, dá exemplo de amor à vida, após ter a perna direita amputada, cinco anos após ter perdido a esquerda, ambas por problemas de diabetes, doença diagnosticada aos 11 anos de idade.

Renatinho recebeu no hospital a visita do amigo e cerimonialista Flávio Lifeman. Os dois não se encabularam com a situação e cantaram sucessos. Nas redes sociais, o vídeo ganha muita visualização. E solidariedade.