Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Nossos pêsames para o jornalista Flávio Pinto

Nossos pêsames ao jornalista Fávio Pinto, ex-companheiro nosso no O POVO. Nesta quinta-feira, morreu sua mãe, dona Raimunda Pinto (89), que nos conhecia do bairro Parquelândia desde a infância. Foi vítima de complicações do diabetes.

O velório ocorreu na Funerária Ethernus, enquanto o enterro, após missa de corpo presente, se registrou no fim da tarde, no Cemitério Parque da Paz. Aos demais familiares, a certeza de que dona Raimunda soube ser mãe, esposa e amiga de muitos na conhecida Rua Teofinho (hoje Crateús).

Um curso para deixar odontólogo de boca aberta

Já está em Fortaleza o odontólogo e conferencista internacional Oswaldo Scopin. Ele veio ministrar o curso “Lentes de Contato e Laminados Cerâmicos – atingindo a excelência”, que acontece nesta sexta-feira, no Hotel Gran Marquise.

Voltado para odontólogos de todo o Brasil, o curso vai explorar a novidade que já é tendência em outros mercados, a das lentes de contato para dentes. A técnica visa corrigir imperfeições por um método minimamente invasivo.

 

Odorico comandará reunião num contraponto à ofensiva contra o Programa Mais Médicos

146 1

odorico

O secretário de Gestão Estratégica e Participativa do Ministério da Saúde, Odorico Monteiro, comandará, nesta sexta-feira,  partir das 9 horas, no Centro de Eventos, uma mobilização com prefeitos e secretários de saúde do Ceará em torno do Programa Mais Médicos. O objetivo, segundo Odorico, é esclarecer as prefeituras sobre o funcionamento do programa e estimular a sua participação.

O Programa Mais Médicos integra um amplo pacto do governo federal que promete melhoria do atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) e acelerar os investimentos em infraestrutura nos hospitais e unidades de saúde e levar mais médicos para as regiões mais carentes destes profissionais.

Esse programa, no entanto, vem recebendo críticas do setor médico, que vem realizando manifestações em todo o País. Odorico, que também é político, busca assim uma ofensiva contra essa oposição.

(Foto – Paulo MOsKa)

Em uma década, homicídios no Ceará cresceram 114,8%

“Os homicídios no Ceará cresceram 114,8% em uma década. É o que mostrou o Mapa da Violência 2013: Homicídio e Juventude no Brasil, publicado nesta quinta-feira, 18, pelo Centro de Estudos Latino-Americanos (Cebela), com dados do Subsistema de Informação sobre Mortalidade (SIM), do Ministério da Saúde.

Entre 2001 e 2011, 20.977 cearenses foram vítimas de assassinatos. Em 2001, 1.298 mortes foram registradas no Estado. Em 2011, o número subiu para 2.788, o maior contabilizado entre os 10 anos da pesquisa. Os dados não levam em consideração os dados de 2012, considerado o ano mais violento do Ceará.

Já em Fortaleza, os assassinatos cresceram 119,5% em uma década. Foram 9.676 homicídios, sendo 609 em 2001 e 1.337 em 2011.”

(O POVO Online)

 

Dilma chama deputado José Guimarães de "senador"

95 2

dimmaasf

Em seu discurso durante a solenidade de formatura dos alunos do Pronatec, nesta tarde de quinta-feira, no Centro de Eventos, a presidenta Dilma Rousseff voltou a fazer certa confusão de nomes.

Depois de ter se esquecido, pela manha, no ato de inauguração das duas estações do Metrofor, do nome do prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PSB), Dilma chamou o líder do PT na Câmara, José Nobre Guimarães, de “senador”.

Resta saber se foi de propósito e mandou um recado para o PT cearense, ou se o confundiu com o senador José Pimentel, também petista.

Dilma descarta que sua relação com Lula esteja desgastada

117 1

pronatec

“A presidente Dilma Rousseff participou, na tarde desta quinta-feira, 18, da formatura de estudantes do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), no Centro de Eventos. Dilma aproveitou o discurso para sair em defesa dos programas de assistência do governo. Apesar dos boatos de que a relação entre Dilma e Lula esteja desgastada, a presidente citou, como exemplo aos jovens formandos, a ocasião em que Lula afirmou ter tido apenas dois diplomas da vida: um do Senai e outro de presidente.

A presidente ressaltou a luta do governo para melhorar a vida de pessoas que vivem na miséria. “Sair da extrema pobreza é só o começo”, disse Dilma. Ela disse que, desde 2011, existe o programa Brasil sem Miséria, mas o destaque para o Bolsa Família se justifica por ser um compromisso desde o governo Lula. “Somente quem não conhece o Bolsa Família é capaz de criticar o programa”, defendeu Dilma.

“O Bolsa Família continuará sendo pago enquanto exista um brasileiro ou uma brasileira precisando dele”, afirmou Dilma. A petista destacou que só existem dois caminhos para a saída do Bolsa Família: educação e emprego. Em relação à educação, Dilma elogiou Cid Gomes pela iniciativa do programa Educação na Idade Certa.

O governador do Ceará novamente teceu elogios a Dilma e afirmou que poucos governantes fizeram tanto pelo estado quanto Dilma e disse que já foram enviados cerca de dois bilhões de reais de ajuda do Governo Federal ao Ceará.

Coletiva

Durante coletiva de imprensa, a presidente falou sobre o fim das investigações da Polícia Federal aos boatos sobre o fim do benefício que levaram centenas de brasileiros à Caixa Econômica Federal. Dilma assumiu que houve mudanças na Caixa capazes de gerar o boato, mas reafirmou o fato de que a PF concluiu que não houve crime na situação.

Durante discurso, a presidente ressaltou a importância da formatura na vida de uma pessoa e afirmou que o objetivo do governo é de, cada vez mais, qualificar o trabalho dos brasileiros. “A conquista do emprego é um dos principais desafios nossos”, disse Dilma. A presidente destacou a parceria com Cid Gomes, prefeitos e o Sistema S, que conta com 11 instituições de apoio ao aperfeiçoamento profissional, dentre elas, Senai, Sesi e Senac.

Dilma se disse feliz pelo fato de cerca de 70% dos participantes do Pronatec serem mulheres e por 64% delas terem entre 16 e 29 anos, referindo-se à história recente do País quando poucas mulheres conquistavam uma profissão.”

(O POVO Online/Foto – Cláudio Barata)

Ideli Salvati admite que não haverá redução de ministérios

74 2

“A ministra de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, disse hoje (18) que não consegue “vislumbrar nenhuma modificação na estrutura de governo feita pela presidenta Dilma Rousseff”. Ideli referia-se a entrevista dada pelo presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Alves (PMDB-RN) ao jornal Folha de S.Paulo, publicada na edição desta quinta-feira, na qual ele afirma que há um consenso sobre o número “exagerado” de ministérios no governo.

Para Henrique Alves, a presidenta deveria reduzir de 39 para 25 o número de pastas em seu governo. “Com a vontade de enxugar a máquina, de fazê-la mais objetiva, em torno de 25 ministérios, [a equipe] seria do tamanho do Brasil”, disse o deputado ao jornal. A ministra disse que quer avaliar melhor as declarações de Alves. “Quero perguntar para o PMDB no que consiste essa proposta, até porque eles [peemedebistas] ocupam seis ministérios.”

Ideli Salvatti participou nesta quinta-feira do Bom Dia, Ministro, programa produzido pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República em parceria com a EBC Serviços.”

(Agência Brasil)

Lula garante para Fernando Morais e Lira Neto que não vai voltar em 2014

liraneto

Eis duas notas da coluna de Monica Bergamo, na Folha de São Paulo desta quinta-feira. Sobre o ex-presidente Lula e uma conversa que ele travou com os escritores Fernando Morais e Lira Neto, este último companheiro do O POVO. Confira:

“Não, o ex-presidente Lula não será candidato a presidente em 2014. Foi o que ele garantiu aos escritores Fernando Morais e Lira Neto, anteontem, ao recebê-los para almoço em seu instituto.

Lira Neto, que lançará o segundo livro da série sobre Getúlio Vargas, pediu a Lula que fingisse que ele, Neto, era Samuel Wainer. Em 1949, o jornalista fez histórica entrevista em que perguntou a Vargas se ele tinha planos de morar no Rio, então capital do país. “Voltarei como um líder de massas”, respondeu o então ex-presidente, eleito um ano depois. “E o senhor, tem planos de voltar a morar em Brasília?”, perguntou Lira Neto. Lula, depois de uma gargalhada, disse: “Não”.”

Ciro Gomes, outra ausência na festa do Metrofor

100 1

ciro gopmess

Durante discurso nesta manhã, quando da inauguração das duas estações do Projeto Metrofor, no Centro de Fortaleza, o governador Cid Gomes (PSB) fez discurso se solidariedade com a presidente Dilma Rousseff. Elogiou a postura e a gestão de Dilma, que vem atendendo pleitos do Estado, no momento em sua popularidade e avaliação administrativa registram quedas.

Tal postura de Cid fez alguns indagarem na solenidade: essa solenidade vale também contra críticas que o ex-ministro Ciro Gomes, seu irmão, andou fazendo contra o Governo Dilma Rousseff mês passado?

A propósito: o governador Eduardo Campos, que posa de governamentável, reunirá nesta quinta-feira, no Recife, a bancada federal do partido para avaliar cenários políticos.

Ciro foi convidado.

Leitor protesta contra buraqueira entre Sobral e Meruoca

96 2

De José Francisco Rodrigues, leitor do Blog, recebemos a seguinte nota, em tom de queixa:

Caro jornalista Eliomar de Lima

Mais uma vez, estivemos na Serra da Meruoca-Sobral (Zona Norte) e, que vergonha, continua com buraqueira a BR 222. São mais ou menos 30 quilômetros de muita poeira e descaso por toda aquela rodovia que, há quase seis anos, permanece abandonada. O governador não deve utilizá-la quando vai para Sobral ou seu sítio naquela mesma região.

Será que um dia desses aquilo ali vai ser concluído pelo atual governo???
Sobral está sitiada. Não sei mesmo como muita gente ainda tem coragem de ir até esse município tão querido.

Sem mais,

* José Francisco Rodrigues,

Seu Leitor.

Dilma: "Antes de nós, poucos investimentos foram feitos em transporte coletivo"

dilmaato

A presidenta Dilma Rousseff defendeu, nesta quinta-feira, durante discurso de inauguração de duas estações do Projeto Metrofor, no Centro de Fortaleza, que as médias e grandes cidades do Nordeste recebam investimentos em mobilidade urbana como os que foram feitos na década de 1990 nos centros urbanos da região Sudeste. “Essas cidades podem e devem ter um tratamento urgente no sentido de assegurar que a gente tenha condições de fazer mais por elas. Mais do que [na década de] 1990, em 1997 fizeram pelas cidades do Sudeste. Temos que fazer também por essas grandes cidades do Nordeste”, disse a presidenta em discurso.

Segundo a presidenta, além do impacto direto no sistema de transporte público, a ampliação do metrô melhora as condições de trabalho das pessoas que utilizam o serviço. “As pessoas passam muito tempo dentro de um ônibus, de um transporte. Quando se faz um projeto como esse, estamos dando qualidade de trabalho, porque a pessoa terá melhores condições para enfrentar um dia de trabalho e ao voltar terá acesso ao seu lazer e ao seu descanso mais cedo”, disse.

Dilma voltou a criticar a falta de investimentos em transporte público e mobilidade urbana nas décadas de 1980 e 1990 e disse que não havia aplicação de recursos no setor por falta de vontade política. “Naquele momento umas das avaliações era que metrô era coisa de rico, que um país pobre não devia fazer metrô, como se fosse possível que um país em acelerada urbanização e concentrando cada vez mais a população prescindisse de metrô”, avaliou.

“Antes de nós, poucos investimentos foram feitos em transporte coletivo. Era convencionado que transporte coletivo era responsabilidade de estados e municípios e que governo federal não tinha que pôr dinheiro. Mas transporte público é um problema dos brasileiros”, acrescentou. Segundo Dilma, o governo está investindo R$ 89 bilhões em 192 obras de mobilidade em 100 cidades de médio e grande porte, que incluem metrôs, corredores de ônibus, BRTs e VLTs.”

(Com Agência Brasil/Foto – Cláudio Barata)

Comarca de Caucaia reclama carência de oficiais de justiça

133 1

O juiz Michel Pinheiro, da Comarca de Caucaia (Região Metropolitana de Fortaleza), está tiririca com medida tomada pela Presidência do Tribunal de Justiça do Estado. Ele relata para o Blog:

“Caro jornalista Eliomar de Lima,

As novas ordens da Presidência do TJ deixaram Caucaia com 6 (seis) oficiais de justiça nas 8 (oito) varas existentes hoje.
O município tem 325.000 habitantes. Há mais de 20.000 processos em andamento.

Como é possível fazer movimentar os processos assim?
Devo comunicar audiências não realizadas por falta de intimações?

Metrofor também é cultura

chicodasilva

 

Nesta manhã de quinta-feira, a presidente Dilma Rousseff não só inaugurou as duas estações da primeira etapa do Projeto Metrofor em Fortaleza, como também ouviu do governador Cid Gomes (PSB) uma rápida explanação sobre o trabalho de um dos artistas que dá nome a um desses pontos: Chico da Silva.

Bom ressaltar que há quadros do pintor em exposição na estação, o que poderá ser conferido também pelos passageiros do Metrofor.

Nesta tarde, a presidente Dilma dará continuidade à agenda que cumpre em Fortaleza participando da solenidade de formatura de turma do Pronatec, no Centro de Eventos. Depois, ela seguirá de volta para Brasília.

(Foto – Cláudio Barata)

Eunício Oliveira não prestigia inauguração das estações do Metrofor ao lado de Dilma e Cid

eunicooooj

Durante a solenidade de inauguração das duas estações do Projeto Metrofor, nesta quinta-feira, em Fortaleza, faltou alguém ao lado da presidente Dilma Rousseff e do governador Cid Gomes: o líder do PMDB no Senado, Eunício Oliveira.

Bom destacar que o PMDB vem questionando algumas medidas do governo federal como, por exemplo, o plebiscito da reforma política que acabou detonado na Câmara.

Eunício, nesta semana, recebeu Troféu Clóvis Rolim, da FCDL, em solenidade no Centro de Eventos, na qual não apareceu o governador Cid Gomes (PSB), o vice-governador Domingos Filho (PMDB), o presidente da Assembleia, Zezinho Albuquerque (PSB), e o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PSB).

Eunício, bom lembrar, é governamentável mas, segundo chegou a afirmar nesta semana para o Blog o deputado federal Edson Silva, é candidato do “eu sozinho”.

Adísia Sá disputará a presidência da ACI

128 3

Adisia-Sá

A jornalista e professora Adísia Sá é candidata a presidente da Associação Cearense de Imprensa (ACI). Ela terá como vice o atual presidente da entidade, Nilton Almeida.

A chapa já foi batizada como o nome da jornalista falecida Ivonete Maia, que foi a última presidente eleita da ACI. Até agora, não há sinal de chapa de oposição. O pleito ocorrerá no dai 2 de agosto.

A gestão Roberto Cláudio está lembrando o estilo Luizianne Lins?

109 8

Com o título “Falta gerência”, eis artigo do jornalista Plínio Bortolotti, que está nas páginas do O POVO desta quinta-feira. Ele expõe que a crítica contra Luizianne Lins no quesito falta de gestão, começa a se repetir na atual administração. Confira:

Uma das críticas à administração anterior, da prefeita Luizianne Lins (PT), era que faltava “gerência” à cidade. Esse foi um dos motes utilizados pelos seus opositores, que venceram as eleições. Tirante os exageros, de que “nada funcionava” na Prefeitura, a crítica tinha pertinência: de fato, faltava disposição para fazer funcionar a contento a máquina administrativa.

Mas o que se vê, com o prefeito Roberto Cláudio (PSB), parece ser uma sequência das trapalhadas administrativas.

Além da severa crítica que o urbanista José Sales fez às obras do viaduto, que tomará parte do parque do Cocó (túnel seria melhor, diz ele), descobre-se agora que nem as licenças básicas para pôr a obra em andamento haviam sido providenciadas pela Prefeitura. E, a edição de ontem deste jornal mostrou que, mal terminada a Copa das Confederações, o asfalto da avenida Deputado Paulino Rocha já está salpicado de buracos. Pelo jeito, continua faltando gerência.

A propósito, entro na polêmica entre o jornalista Érico Firmo (coluna Política) e Paulo Linhares, diretor do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura (aqui: http://migre.me/fvMzq). Para mim ficou claro, de primeira, que Érico não criticava o Dragão em si, mas o fato de ser um equipamento que pouco contribuiu para (lá vai a palavra da moda) “revitalizar” o seu entorno. O mesmo, digo eu, vai acontecer com o Aquário se a obra se restringir apenas à construção da estrutura, sem que se olhe à sua volta, como está acontecendo.

Por óbvio, é responsabilidade do poder público, em seus diversos níveis, o planejamento integrado no entorno obras “grandiloquentes”. Se as diversas administrações municipais têm responsabilidade sobre esses planos – como quer Linhares, no caso do Dragão,os governos estaduais também.

Um exemplo: as escolas de formação, que não dependem da prefeitura, e certamente dariam vida à vizinhança, estavam programadas desde que o Dragão foi inaugurado: por que só agora, 14 anos depois, é que estão sendo implementadas no local?

* Plínio Bortolotti

plinio@opovo.com.br
Jornalista.

Cid Gomes se solidariza com presidente Dilma

78 1

atoinaugura

Descerramento da placa das estações do Metrofor: Cid e Dilma.

O governador Cid Gomes (PSB), em discurso durante a inauguração de duas estações do Projeto Metrofor, nesta quinta-feira, em Fortaleza, fez questão de prestar solidariedade, sem limites, à presidente Dilma Rousseff (PT). Cid elogiou o trabalho da presidente e destacou que ela tem atendido o estado do Ceará nos pleitos que o Governo tem encaminhado.

Dilma Rousseff tem registrado queda na popularidade, segundo pesquisas e vem sendo alvo de críticas por parte de aliados em razão de medidas que têm adotado. Uma delas, o programa Mais Médicos, que prevê importação de profissionais da área, alvo de protestos em todo o País.

Dilma cumpre agenda em Fortaleza, que será complementada na parte da tarde, quando participará da cerimônia de formatura de alunos do Pronatec, no Centro de Eventos.

(Foto – Cláudio Barata)

Dilma e Cid antecipam agenda e assinam ordem de serviço do Cinturão da Águas

A presidente Dilma Rousseff acabou assinando, durante a solenidade de inauguração das estações Cjhico da Silva e José de Alencar, no Centro de Fortaleza, ao lado de Cid Gomes, a ordem de serviço da primeira etapa do Cinturão das Águas. Esse projeto deverá viabilizar, a partir de Jati, na Região do Cariri, a entrada das água da transposição do rio São Francisco.

O valor dessa primeira etapa é de R$ 1,6 bilhão, segundo informou o secretário estadual dos Recursos Hídricos do Estado, César Pinheiro.

A ordem de serviço do Cinturão das Águas deveria ser assinada durante a solenidade de formatura de turma do Pronatec, no Centro de Eventos. Houve a antecipação.

 

Setur divulgará eventos religiosos do Ceará em evento paralelo à Jornada da Juventude

padrecicero

Estátua do Padre Cícero, o “santo do povo” que o Vaticano não aceita.

Nem só de rezas vai viver a Jornada Mundial da Juventude, que ocorrerá de 23 a 28 deste mês, no Rio de Janeiro. Paralelo ao evento, com abertura contando com a presença do papa Francisco, vai acontecer a Feira Internacional de Turismo Religioso.

Por conta disso, a Secretaria do Turismo do Ceará, em parceria com a Arquidiocese de Fortaleza e dioceses do Interior, montou estande nessa feira para divulgar o potencial das romarias e festas de padroeiros realizadas no Estado.

De acordo com o secretário-adjunto do Turismo, Marcos Pompeu, nesse estande haverá exposições de fotografias, apresentações, objetos e outros motivos sagrados que divulgarão destinos religiosos como Canindé, São Benedito, Barbalha, Quixadá e Juazeiro do Norte. Com direito a pedir pelo “Padim Ciço”.

(Coluna Vertical, do O POVO)