Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

PSDB envia nota contra “intolerância do governador Cid Gomes”

201 3

Em nota enviada ao Blog, o PSDB Regional defende o ex-governador Tasso Jereissati contra o que classifica de “intolerância do governador Cid Gomes”. Confira:

O PSDB tem exercido, desde o início de outubro, o direito de sua propaganda partidária assegurada pela Lei Nº 9096/95, em forma de inserções nas emissoras de rádio e TV de todo o Estado.

Na condição de partido de oposição ao atual Governo, exerce o direito democrático de analisar as ações e projetos em implantação no Estado. E de forma responsável e equilibrada, como é da tradição e de sua história, tem abordado problemas que afligem os cearenses, as crises na segurança e na saúde, o drama da seca e as promessas não cumpridas pelo Poder Público.

O partido, porém, foi surpreendido pela demonstração de intolerância do governador Cid Gomes, que em seu Facebook atacou uma das principais figuras da política brasileira, o ex-governador Tasso Jereissati, cujos governos estão registrados na História do Ceará pela dedicação e fidelidade aos interesses maiores do povo cearense.

Esse tipo de manifestação reflete, para nossa tristeza, um retorno ao passado recente. Passado este que o PSDB mais do que qualquer outro partido, tanto lutou para combater. Tempo em que o sistema de poder autoritário não aceitava o contraditório, a crítica como um instrumento de participação da própria sociedade na condução das ações do setor público, voltadas para as reais necessidades e carências da população. Estas são as mais importantes ações que não estão sendo cumpridas pelo atual Governo.

Em respeito à verdade histórica e à própria sociedade que acompanhou todo o esforço e transparência do Projeto de Mudanças com os governos Tasso Jereissati, o PSDB reafirma o compromisso de continuar defendendo e lutando por um Ceará cada vez mais desenvolvido, transparente e respeitado pela opinião nacional.

Política é para profissionais

127 1

Da coluna Fábio Campos, no O POVO deste domingo (10):

Mas, o que disse Tasso Jereissati para deixar Cid Gomes tão enfurecido? Para entender, fui à rede em busca da inserção do PSDB na TV. Encontrei-a no site do partido. Inteira, a inserção tucana dura apenas 30 segundos. A fala de Tasso é de parcos cinco segundos: “Não dá para ficar brincando de política. O Ceará merece respeito”.

Só isso? Sim, apenas isso. A fala do ex-senador é o fecho de uma sequência. A única fala que pode ser considerada dura foi proferida pelo ex-deputado Tomás Figueiredo Filho: “Não dá para aguentar a politicagem. O cearense quer resultado para resolver a mais grave crise de segurança da História”.

Quem observa a política há algum tempo, entende que o conteúdo da propaganda do PSDB é “uma seda”. Macio, macio. Levíssimo se considerarmos que os tucanos foram solenemente alijados do poder após anos de servil apoio aos irmãos Ciro e Cid. Em Sobral, no Estado e nas empreitadas nacionais.

Incomodado, Cid foi à Internet e usou seu perfil no Facebook para oferecer uma resposta ao “maior político cearense vivo”. O governador instigou comparações, disse que seus sete anos valem mais que o dobro dos 12 de Tasso e ainda citou duas vendas de estatais na era tucana: a Coelce e o BEC.

Quem não havia visto ou ouvido a fala de Tasso, tratou de ver e ouvir. Esse foi o resultado imediato da resposta de Cid. Se o tucano estava em busca de uma virtuosa brecha para entrar no palco iluminado do debate público, a reação desproporcional do governador lhe foi de grande ajuda.

Antes do debate acerca do debate, um esclarecimento. A venda do BEC não foi obra do Governo Tasso, mas sim a sua federalização. Quem o colocou à venda foi o Banco Central que então estava sob os auspícios de Luis Inácio Lula da Silva.

Ao desferir o contragolpe, o governador Cid iniciou seu arrazoado com o seguinte pressuposto: “A avaliação de um gestor público se dá por suas realizações e o quanto elas servem ao povo…”. Verdadeiríssimo. A questão é saber o que de fato serve e o que não serve ao povo.

Um dos mais concretos legados de Tasso Jereissati está no campo da política. E tem nome: Ciro Gomes, o primogênito líder maior do governador. Sem Tasso, o que teria sido da trajetória de Ciro? Uma incógnita. Elevado ao topo pelo padrinho, Ciro elevou consigo a família. Esse legado de Tasso serve ao povo?

Somemos os quase sete anos de Cid aos três anos e nove meses de Ciro e teremos um tempo de gestão muito próximo ao de Tasso. O maior engano dos cinco segundos do tucano foi a frase “não dá para ficar brincando de política”. Errado. Ciro e Cid são profissionais da política. Jamais brincam.

Candidata ao CRC-CE faz carreata neste domingo

206 1

carreata CRC

Uma carreata movimentou, na manhã deste domingo (10), as ruas da Aldeota e da Beira Mar. Era a candidata à presidência do Conselho Regional de Contabilidade (CRC), Clara Germana, que mostrou muita disposição para a eleição que ocorrerá no período de 19 a 21 deste mês.

Outras duas chapas concorrem à presidência do CRC.

(Foto: Paulo MOska)

Eunício : “Messias deixa legado de serviços prestados à democracia e liberdade”

Em nota de pesar, enviada ao Blog, o senador Eunício Oliveira destaca Messias Pontes como mentor de jornalistas e políticos. Confira:

“Palavras não são suficientes para expressar a dor da perda de todos nós, que tivemos a honra e o prazer de conviver com o amigo, conselheiro, profissional brilhante, Messias Pontes.

Mais do que um amigo, Messias era mentor de políticos e de jornalistas. Nada escapava do seu olhar e ouvidos, sempre dispostos a ver e ouvir tudo o que acontecia no Ceará, no Brasil e principalmente, na política, sua especialidade.

Com inteligência, seriedade e a busca constante pela notícia completa e bem apurada, fez história no jornalismo cearense. Nosso Estado deve muito a ele, por ter levado ao público informações que muitos não tinham coragem de abordar; por dizer aquilo que a maioria não queria ouvir.

Messias Pontes deixa um legado de serviços prestados em prol da democracia e da liberdade. Filiado e militante do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) foi preso político em Fortaleza na década de 1970, quando combateu os horrores da Ditadura Militar.

Expresso toda minha solidariedade aos familiares e amigos, rogando a Deus que na sua infinita misericórdia, lhes confortem neste momento de tristeza e profunda dor”.

Eunício Oliveira, senador

As áreas críticas

Da coluna Política, no O POVO desse sábado (9), pelo jornalista Érico Firmo:

Ao propor a comparação entre seu governo e o de Tasso em qualquer área, Cid elencou algumas: educação, saúde, emprego, estradas, habitação, saneamento, aeroportos, recursos hídricos. Senti falta de duas: segurança e cultura.

No primeiro caso, se o critério forem investimentos feitos e ações realizadas, o atual governo é imbatível. Se for se olhar o resultado, a atual administração é tenebrosa. Na cultura, a atual administração passa por tentativa de sacudida na qual estou esperançoso, embora o tempo seja curto. São milhões em investimentos anunciados. Mas, de resultado até agora, é uma das piores administrações que o setor já teve.

Tasso, por sua vez, teve muitos méritos. Cid tentou atribuir ao irmão, Ciro Gomes, o crédito pelo Dragão do Mar. E teve, realmente, participação crucial em formular o projeto, obter financiamento e desencadear o projeto. Mas foi Tasso o governador durante a maior parte da obra – inaugurada no quinto ano após seu retorno ao governo. E, sobretudo, foi o tucano quem colocou o prédio para funcionar. Como em tudo mais, não dá para olhar só para o concreto.

Durante a boa parte dos últimos anos, o Dragão estava lá, erguido, e estava à míngua.

Morre jornalista Messias Pontes. Velório é na Ethernus

710 20

messiaspontes

O Blog está de luto com a morte de um dos seus mais assíduos colaboradores: o jornalista Messias Pontes (66). Ele foi embora nesse sábado, vítima de câncer de pâncreas. Messias era articulista no O Estado, foi repórter do O POVO, Diário do Nordeste e de Tribuna do Ceará.

Também foi redator na TVC e presidente do Comitê de Imprensa da Assembleia Legislativa, além de filiado ao PCdoB, com atuação firme contra a ditadura militar. O velório ocorrerá a partir das 8 horas na Ethernus, enquanto o enterro está marcado para o Cemitério de São João Batista, às 16 horas.

Ceará é contra a nova proposta da reforma do ICMS

O projeto que trata da compensação aos estados por perda de receita (PLS 106/2013), estará na pauta da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) na terça-feira (12). A proposta contém um novo arranjo para a reforma do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) em tramitação no Senado.

Para viabilizar a aprovação do PLS 106/2013, o relator, senador Armando Monteiro (PTB-PE), colocou um artigo condicionando a compensação das perdas à vigência da reforma do ICMS, tema de um projeto de resolução do Senado (PRS 1/2013) aprovado pela CAE e que aguarda votação pelo Plenário do Senado.

As alíquotas interestaduais que constam do PLS 106/2013 estão de acordo com um convênio – 93/2013 – que chegou a ser submetido ao Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) e teve o apoio de 24 estados. O texto só não foi aprovado por não ter recebido a aprovação dos estados de Santa Catarina, Goiás e Ceará.

O novo esquema – que poderá constar de uma emenda coletiva de Plenário ao PRS 1/2013 – prevê reduções graduais das alíquotas interestaduais do ICMS, em busca do fim da guerra fiscal. No final do processo, em 2021, as duas atuais alíquotas interestaduais (de 7% para Sul e Sudeste e 12% para as demais regiões) se transformarão em três, de 4%, 7% e 10%.

A regra geral seria a alíquota de 4%, atingida em 2021. A de 7% seria aplicada, a partir de 2018, a três categorias de produtos: agropecuários e manufaturados conforme o processo produtivo básico do Nordeste, Norte e Centro-Oeste; e os bens de informática da Zona Franca de Manaus (ZFM).

A alíquota de 10%, pela proposta de Armando Monteiro, incidiria sobre os demais produtos da ZFM e o gás do Norte, Nordeste e Centro-Oeste, a partir de 2015. O gás do Sul e do Sudeste teria alíquota de 4% a partir de 2016.

(Agência Senado)

Dilma e Eduardo Campos têm agenda no mesmo dia no Ceará

174 2

Da Coluna Vertical, no O POVO deste sábado (9):

A presidente Dilma Rousseff (PT) vem ao Ceará no próximo dia 21. Segundo assessores do Palácio do Planalto, ela visitará trecho da obra de transposição do rio São Francisco, a partir de Jati, na Região do Cariri, onde obras estão sendo retomadas depois que a Delta acabou descartada por problemas financeiros, entre outros problemas.

Dilma iniciará essa visita a partir de Pernambuco. O Palácio da Abolição está querendo incluir algumas obras da administração Cid Gomes – como UPAs e Policlínicas ainda não entregues. A UFC também trabalha para ver a presidente inaugurando o Campus de Quixadá, que já está pronto. Será a primeira visita de Dilma depois que os Ferreira Gomes trocaram o PSB de Eduardo Campos pelo Pros. Alívio para quem terá que passar por Pernambuco onde o governador Eduardo Campos posa de presidenciável e não poupa a gestão federal de críticas.

Ora, ora, pois nesse mesmo dia 21, o governador de Pernambuco e presidenciável do PSB, Eduardo Campos, também estará no Ceará. Na programação, além de encontro com correligionários, ele visitará o Grupo de Comunicação O POVO, onde concederá entrevista, dentro do projeto Debates Especiais Grandes Nomes, na rádio O POVO CBN.

É, será um dia politicamente animado por aqui.

Desafio de Cid "não tem a menor importância", diz Tasso

158 10

tasso homenagem 131108

O ex-senador Tasso Jereissati (PSDB) afirmou nessa sexta-feira (8) que “não tem a menor importância” o desafio feito pelo governador Cid Gomes (Pros) na última quarta-feira (6) para ver qual deles fez mais pelo Ceará como governante.

“Desde que eu tinha 10 anos que eu não faço desafio. Não tem a menor importância. O importante é o Estado do Ceará, os projetos para o Estado, a democracia, que cada um tenha o direito de opinar, que exista oposição e situação, que cada um se manifeste da maneira que quer e, no conjunto dessas coisas, o Estado vá melhorando, progredindo. Isso que é importante”, disse Tasso, na noite dessa sexta-feira, ao chegar ao La Maison Buffet para a festa anual da Cooperativa da Construção Civil do Ceará (Coopercon), que o agraciou com o prêmio Personalidade do Ano.

“Tasso me agrediu”

Enquanto Tasso era homenageado ali, Cid e seus aliados participavam, no Clube dos Diários, do primeiro encontro de confraternização do Pros no Ceará. Ao ser questionado sobre Tasso, o governador se adiantou ao fim da pergunta do repórter, disse que não acrescentaria nada ao que escreveu no Facebook e repetiu que foi “agredido” por Tasso na propaganda do PSDB na televisão.

“Minha nota é autoexplicativa. Primeiro, eu nunca agredi, não quero e respeito. Ele foi que me agrediu. Dei a minha resposta, fiz um desafio para a população do Ceará, porque é muito fácil. A gente tem história. Vá ver a contabilidade do Estado. Veja quanto foi investido nos anos dele e veja quanto foi investido no meu. Só isso”, declarou Cid.

Sobre o assunto, Ciro Gomes (Pros), secretário de Saúde de Fortaleza, disse que Tasso foi injusto ao criticar a administração de Cid e acabou ouvindo o que não queria em resposta. “Eu não gosto desse atrito. Todo mundo sabe o apreço, a estima e o respeito que tenho pelo Tasso Jereissati. Agora, ele não tem direito, tanto mais sendo o homem responsável que é, de negar a obra extraordinária que o Cid faz. Afirmar que o Cid não faz nada não é justo. E dizia o meu velho pai: quem fala o que quer acaba ouvindo o que não quer”.

(O POVO)

Ex-prefeita de Croatá é condenada por improbidade administrativa

“A ex-prefeita do Município de Croatá Aurineide Bezerra de Sousa Pontes foi condenada a ressarcir R$ 814.136,23 aos cofres públicos por praticar atos de improbidade administrativa durante a gestão em 2006. Também teve os direitos políticos suspensos por cinco anos. Pelo mesmo período, a ex-gestora está proibida de contratar com o Poder Público ou de receber benefícios ou incentivos fiscais e creditícios. A decisão é do juiz Carlos Henrique Neves Gondim, em respondência pela Comarca de Croatá, distante 355 km de Fortaleza.

De acordo com os autos, parecer do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), confirmado pela Câmara Municipal, declarou a desaprovação das contas do município, no exercício de 2006. Conforme o documento, foram detectadas várias irregularidades administrativas.

Entre os atos estão a não confirmação da publicação do Relatório Resumido da Execução Orçamentária (RREO) do 6º bimestre; a não publicação do Relatório de Gestão Fiscal (RGF) referente ao 2º semestre; abertura de créditos adicionais suplementares no valor de R$ 814.136.23, sem respaldo legal; déficit financeiro; e defeitos nos balanços orçamentário, financeiro e patrimonial.”

(Site do TJ-CE)

Ceará entre estados em baixa na produção industrial

“A produção industrial cresceu, em setembro, em seis dos 14 locais pesquisados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os melhores resultados foram registrados na Bahia (6,8%), Rio de Janeiro (4,4%) e Goiás (4,1%). Os dados divulgados hoje (08) são da Pesquisa Industrial Mensal – Produção Física Regional. Já as piores taxas foram verificadas em Pernambuco, com queda de 8,2% e acumulando o terceiro resultado negativo; no Paraná (-2,4%), no Ceará (-2,2%), em São Paulo (-2,1%), no Amazonas (-1,9%), na Região Nordeste (-1,4%), em Santa Catarina (-0,9%) e no Pará (-0,2%). Em setembro, a produção industrial brasileira registrou alta de 0,7% em relação a agosto e de 2% na comparação com o mesmo período de 2012.

Ainda na comparação com setembro do ano passado, oito dos 14 locais pesquisados pelo IBGE registraram aumento da produção industrial acima da média nacional, de 2%: Goiás (12,8%), o Paraná (11,3%), o Rio Grande do Sul (8,8%), Santa Catarina (5,8%), o Ceará (4,5%), a Bahia (4,3%) e o Rio de Janeiro (3,5%). O Espírito Santo teve alta de 1,6%. Taxas negativas foram registradas em Pernambuco (-7,5%), no Pará (-3,5%), no Amazonas (-3,4%), na Região Nordeste (-1,7%), em São Paulo (-1,0%) e em Minas Gerais (-0,8%).

De janeiro a setembro deste ano, a indústria brasileira registrou alta de 1,6% e dez dos 14 locais pesquisados apresentaram crescimento na produção: a Bahia (5,8%), o Rio Grande do Sul (5,6%), Goiás (4,6%), o Paraná (4,0%), o Ceará (2,8%), São Paulo (2,0%), o Amazonas (1,6%), a Região Nordeste (1,6%), Santa Catarina (1,5%) e o Rio de Janeiro (1,2%). De acordo com o IBGE esses resultados positivos foram influenciados por fatores relacionados ao aumento na fabricação de bens de capital (máquinas e equipamentos) e de bens de consumo duráveis (veículos e eletrodomésticos), “além da maior produção vinda dos setores de refino de petróleo e da produção de álcool, de produtos têxteis, de calçados e de artigos de couro e de alimentos”.”

(Agência Brasil)

Petistas vão às urnas neste domingo em todo o País

Cerca de 55 mil filiados ao PT cearense estão aptos a votar e deverão escolher o presidente nacional do PT, os presidentes municipais e o presidente estadual. Os cinco candidatos a presidente do PT no Estado são: Antônio Ibiapino, Eudes Baima, Francisco de Assis Diniz, Guilherme Sampaio e José Maria Castro.

A eleição ocorrerá das 8 às 17 horas, segundo a assessoria de imprensa do PT. A apuração será feita por cada diretório municipal. O resultado final da eleição estadual será divulgado pelo PT Ceará após a contagem total dos votos do Estado.

 

Castelão comemora 40 anos com festa para a criançada

mirandinhaa

Mirandinha participará da festa.

O Castelão vai completar 40 anos na próxima segunda-feira. Na data, haverá festa e futebol. Em comemoração à data, o gramado da arena será dividido em 40 campinhos para a realização de partidas simultâneas de futebol de travinha entre 160 alunos de escolas públicas cearenses. A realização é da Secretaria Especial da Copa 2014 no Ceará (Secopa-CE) e da Arena Castelão.

Tudo terá início às 9 horas e reunirá 80 duplas de estudantes com idades entre 5 e 8 anos, das escolas André Luís, Sinó Pinheiro, Antônio Girão Barroso e Delma Hermínio. Os jogos vão acontecer de forma simultânea, serão 15 minutos de muita emoção. A divisão dos campos será feita por cones, para não prejudicar o gramado.

DETALHE – Mirandinha, ex-jogador da Seleção Brasileira e primeiro brasileiro a atuar no futebol inglês – hoje é funcionário da Arena Castelão, participará da festa

Eduardo Campos agenda visita ao Ceará

EDUARDO-CAMPOS-PREFEITOS-10

O governador de Pernambuco, Eduardo Campos, também presidenciável do PSB, estará em, Fortaleza no próximo dia 21. Além de encontros políticos com dirigentes do partido, Campos visitará o Grupo de Comunicação O POVO.

Ele será, inclusive, um dos entrevistados do projeto Debates Especiais – Grandes Nomes, na rádio O POVO/CBN 95,5 FM. Ocasião para boa sabatina.

MP cobrando inauguração da UPA de Iguatu

203 1

cirogomess

Ciro é o secretário estadual da Saúde.

“O Ministério Público do Estado do Ceará ajuizou uma ação civil pública contra o Governo do Estado para cobrar a inauguração da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Iguatu. O prédio está concluído há mais de um ano, mas a unidade ainda não iniciou o atendimento. O documento foi protocolado nessa quinta-feira (7) e é assinado pelos promotores de Justiça Francisco das Chagas da Silva e Aureliano Rebouças Júnior.

O MP recebeu diversas reclamações relacionadas ao não funcionamento da UPA, que será destinada à população de baixa renda do Município. Já havia sido instaurado um procedimento administrativo e a Secretaria de Saúde do Estado foi oficiada. Em 11 de setembro deste ano, o órgão informou que estava providenciando a aquisição de equipamentos com o objetivo de iniciar os trabalhos na unidade, porém, em reportagem publicada pela imprensa no dia 22 de outubro, foi divulgado que não havia previsão para a inauguração da UPA de Iguatu.

Por conta do enorme prejuízo causado à população pela demora, o MP pede na ação que o Governo do Estado seja condenado a inaugurar o equipamento dentro de 30 dias, sob pena de aplicação de multa diária no valor de R$ 10 mil.”

(Site do MP)

Copa do Mundo – MJ quer explicações da rede hoteleira sobre preços de diárias

“A Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), vinculada ao Ministério da Justiça, notificou as principais associações e redes hoteleiras para que esclareçam os valores abusivos das diárias dos hotéis no período da Copa do Mundo de 2014. Além disso, foram solicitados pela secretaria os valores médios das diárias cobradas nas 12 cidades-sedes durante outros eventos comemorativos.

A conduta do Ministério da Justiça ocorreu por causa de uma série de denúncias órgãos de Proteção e Defesa do Consumidor, em que foram abordados indícios de aumento abusivo de preços e violação das normas de proteção ao consumidor. As empresas que deverão prestar esclarecimentos nas próximas 48 horas são as redes Accor, Choice, Louvre, Blue Tree, Nacional Inn, Wyndham, IHG e Bourbon, presentes em mais de um estado, além do Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil e da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis, nos estados-sede.

O diretor do Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor da Senacon, Amaury Oliva, disse que “o turista é um consumidor que precisa de uma proteção especial porque está fora da sua cidade ou país”. O combate ao aumento abusivo de preços faz parte das ações do Plano Nacional de Consumo e Cidadania (Plandec) destinado à proteção ao consumidor turista. Além disso, o Plandec faz parte das atividades do comitê interministerial que discute preços, tarifas e qualidade dos serviços durante a realização da Copa do Mundo. As 12 cidades-sede estão sendo visitadas pela Secretaria Nacional do Consumidor e por membros do comitê, com o objetivo de mapear os preços e qualidades dos serviços oferecidos aos turistas, como os serviços dos hotéis, restaurantes e aeroportos.”

(Agência Brasil)

Dilma Rousseff visitará neste mês as obras da transposição entre Pernambuco e Ceará

145 1

Dilma-metrô-2

Dilma em seu último giro por aqui: conhecendo o Metrofor.

A presidente Dilma Rousseff vem ao Nordeste mais uma vez neste ano. No roteiro dela, visita às obras da transposição das águas do rio São Francisco nos trechos de Pernambuco, em obras adiantadas, e no Ceará, com o trabalho sendo retomado.

Não está acertado ainda na agenda da presidente algum compromisso em Fortaleza.

(Foto – Divulgação)

A oligarquia Ferreira Gomes e arte de eliminar obstáculos

675 10

Com o título “PSDB: O muro das lamentações tardias”, eis artigo do publicitário e poeta Ricardo Alcântara. Ele aborda a situação da tucanada, hoje esvaziada e a arte da oligarquia Ferreira Gomes detonar adversários ou não políticos. Confira:

Cito como lembro: o poema conta que, no primeiro dia, ele entrou no meu jardim, roubou uma flor e eu não disse nada. Nos dias seguintes, idem. Até o dia em que arrancou a última flor e, como eu não havia dito nada, mais nada poderia dizer.

Dos versos lembrei ao refletir sobre o curso gradual com que o PFG – Partido dos Ferreira Gomes – neutralizou, defenestrou e eliminou seus aliados tradicionais para, unindo-se ao lulismo emergente, alcançar a hegemonia política no estado. Sem me alongar em episódios sabidos, lembro que, governador, Lúcio Alcântara comprometeu indevidamente sua própria autoridade ao tolerar que o deputado Ivo Gomes recolhesse assinaturas para instituir uma CPI dos Terceirizados.

Ora, a CPI mirava denúncias de corrupção em um governo que garantia à família do deputado quase todos os cargos públicos na sua região de origem! Um governo que tolera isso se faz merecedor dos aliados que tem e deles não deveria se queixar. Em seguida, o outro tucano-mor da aliança, Tasso Jereissati, esfarelou seu próprio partido quando negou apoio à reeleição do então governador e abriu espaço para a candidatura adversária: o irmão mais novo do seu amigo number one, Ciro Gomes.

Com um arco eleitoral que uniu do banqueiro Adauto Bezerra ao trotskismo fake de Luizianne Lins sob as bênçãos do popularíssimo presidente Lula, Cid Gomes tomou para si o governo do estado e, mais recentemente, a prefeitura da capital. Governo eleito, Tasso recebeu cedo o suficiente aviso: pelo suicídio partidário, receberia a modesta compensação de uma secretaria de Justiça – uma penca de problemas sem potencial nenhum de acumulação de força eleitoral. Não entendeu.

Em Brasília, o senador batia duro no governo do presidente, aliado do governador, e, sem recibo à sutileza dos recados, ele, que já fora o leão da selva, como um gatinho de salão dissimulava o rancor à espera de apoio para um novo mandato. Veio a eleição e, imposição dos fatos, os Ferreira Gomes legaram a quem por eles tudo havia perdido a precária hospitalidade do relento porque o preço cobrado pelo apoio de Lula era aquele mesmo: pijama branco de listas azuis para o tucano.

Ontem, vi Tasso Jereissati na televisão reclamando que Cid Gomes está “brincando de ser governador”. Pois pelo nó de marinheiro que deles recebera, Tasso deveria levar um pouco mais a sério a competência política dos seus alegados traidores. Antes, fosse tudo “brincadeira”! Como um predador dissimulado, o Partido dos Ferreira Gomes segue eliminando aliados – Tasso e Lúcio, Luizianne Lins, Sérgio Novaes… quem será o próximo? – e devorando alguns embriões de resistência.

O golpe fatal está em curso: empurrar Eunício Oliveira para o beiral da derrota, atraindo com uma senatória para José Guimarães as tendências majoritárias do PT cearense, onde já pontifica um naipe de aplicados guaxebas do mando oligárquico. Pois eleito senador, Guimarães que se cuide: será o próximo! Ali, a regra é clara: nenhum aliado será poupado a partir do momento em que tenha alcançado a melhor posição enquanto coadjuvante daquele projeto de poder. A forca é o limite.

* Ricardo Alcântara,

Publicitário e poeta.