Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Shopping Parangaba oferecerá café para a imprensa em clima de mistério

A direção do North Shopping Parangaba vai apresentar, nesta quarta-feira, durante café da manhã no Restaurante L’Ô (Praia de Iracema), novidades sobre o empreendimento da Ancar Ivanhoe, Grupo North Empreendimentos e Diagonal.

Nessa ocasião, Marcos Carvalho, da direção da Ancar Ivanhoe Shopping Centers, uma das sócias e responsável pela gestão do North Shopping Parangaba, anunciará em coletiva, ao lado de Rodrigo Vitali, superintendente do shopping, a chegada de novos empreendedores nesse polo de compras.

 

Para Roberto Pessoa, quem for candidato do PSB a presidente será o "rola-bosta"

87 2

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=mBx3BS_ycUE[/youtube]

O ex-prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa, ironizou as declarações do ex-ministro Ciro Gomes (PSB) apontando que o importante é o seu partido discutir ideias sobre o País e não se o candidato a presidente da República será “Chico, Manoel ou rola-bosta”. Roberto Pessoa não entrou no mérito da declaração, mas apregoou que a fala de Ciro ajudará, com certeza, a  marqueteiros que quiserem trabalhar contra quem for o candidato do PSB ao governo.

Sobre o PR, Roberto Pessoa, presidente de honra do partido, garante: a legenda apoiará a reeleição de Dilma Rousseff. Indagado se dá para subir num palanque ao lado de Ciro Gomes, também apoiador de Dilma, disse que o importante é que o PR apoiará Dilma.

Grupo Edisca term novo espetáculo

108 1

padeia

O Grupo de Dança Edisca está com novo espetáculo. Trata-se de “Paideia, a crianção das crianças”. Nesta quarta-feira, a partir das 20 horas, haverá apresentação especial para convidados no Theatro José de Alencar.

o espetáculo reunirá no palco 162 bailarinos, de 8 a 21 anos, durante 40 minutos.

Fernando Hugo: Ao criticar gestão RC, Luizianne Lins faz "humor tragicômico"

112 5

fernando hugo

Do deputado estadual Fernando Hugo (PSDB), sobre declaração da ex-prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins (PT), definindo como”desastre” a gestão de Roberto Cláudio (PSB). Confira:

Caro Eliomar de Lima,

Quando digo, reiteradamente, que o mundo petista é um consórcio vivo da mentira, da corrupção e/ou do humorismo, ainda encontro alguns viúvos da finada esquerda petista que contraditam minhas palavras. Eis, porém, que se não quando LINDA LINS reaparece na cena política e insensatamente querendo mostrar vida e júbilo, afirma que a gestão de Roberto Cláudio é um “desastre”.

Ora, meus amigos, quem passou OITO anos à frente da PMF sem sequer reunir rotineiramente o secretariado, passando meses sem despachar no Paço Municipal, certa e seguramente com esta assertiva extemporânea e bestial, tente agredir o operoso e sempre presente médico–prefeito que, miraculosamente, tem conseguido pagar contas e mais contas deixadas pelo desafortunado administrar petista, que alcançou os mais baixos níveis de avaliação na educação, saúde e no social, deixando nossa capital em pandarecos.

Seria oportuníssimo que LINDA LINS, em vez de fazer humor tragicômico, visitasse o nosso prefeito para, com ele, aprender a trabalhar na vida pública com denodo e destemor ao mesmo tempo em que seria informada sobre o real significado da palavra desastre.

* Fernando Hugo,

Deputado estadual do PSDB.

Ora, o machismo não foi criado pela indústria do forró eletrônico

235 2

Com o título “O forró eletrônico não inventou o machismo”, eis artigo do jornalista Robson Braga, doutorando em Comunicação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, entrando na polêmica sobre letras das bandas de forró e citando algumas músicas de Luiz Gonzaga apontando para a sensualidade da mulher. O artigo dele está no O POVO desta terça-feira. Confira:

Nos últimos dias, tem circulado pelas redes sociais um artigo “antigo”, de 2008, intitulado “Tem rapariga aí?”, sobre o forró eletrônico. Atribuído erroneamente a Ariano Suassuna e escrito de fato pelo jornalista José Telles, o texto traz argumentos que eu considero questionáveis, por adotar uma concepção elitista de arte e fazer uma crítica superficial sobre o machismo. Mas eu gostaria de me deter à discussão sobre o machismo, porque as questões estéticas me cansam profundamente.

Para começar, o artigo faz um recorte político de músicas sexistas e as define como “bem representativas” do forró eletrônico, eliminando, assim, todas as outras temáticas abordadas por esse gênero musical. Em seguida, o autor diz que essas canções são machistas (e são mesmo!). No entanto, mais adiante, ele cita Luiz Gonzaga como representante do “forró autêntico”, esquecendo, por exemplo, que mesmo as músicas do “rei do baião” eram bastante sexistas (“Cintura Fina”, “Xote das Meninas”, “Vem, Morena” etc.), associando a mulher à sensualidade.

Ora, o machismo não foi criado pela indústria do forró eletrônico, e, sim, está arraigado à cultura regional patriarcal que os tradicionalistas tanto exaltam sem fazer uma crítica cultural consistente, partindo do binarismo “tradição versus modernidade”. Eles esquecem, por exemplo, que o movimento feminista só foi possível nos moldes atuais por causa de uma cena global, resultado de processos midiáticos pós-modernos.

Para o autor, “alguma coisa está fora de ordem”, porque, nos shows, os cantores gritam “tem rapariga aí?”, e as pessoas não se espantam com isso. E eu me pergunto: fora de que ordem? A ordem machista sempre foi a ordem vigente em nossa sociedade. O forró eletrônico está apenas explicitando o machismo que sempre regeu nossas práticas e nossas artes, mesmo as de Luiz Gonzaga, “canonizadas” pelos folcloristas.

As artes são expressões da cultura. Mas é sempre mais cômodo criticar “a indústria do forró eletrônico” do que criticar a nós mesmos, seres que expressam seu machismo em suas artes. Sim. Queiramos ou não, o forró eletrônico é uma das “nossas artes”: ele fala da nossa cultura nordestina contemporânea, concordemos com ela ou não. Isso não significa, contudo, que precisamos enaltecer essa cultura. Cultura não está aí para ser exaltada, como fazem os movimentos tradicionalistas. Ela está aí para ser compreendida e, se for o caso, repensada.

* Robson Braga

robsonsilvabraga2@gmail.com

Jornalista e doutorando em Comunicação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

Arapongagem – Eudes Xavier vai à Assembleia na 6ª feira

O deputado federal Eudes Xavier (PT) vai à Assembleia Legislativa falar sobre denúncia de arapongagem na política local sexa-feira próxima, às 11 horas. Ele recebeu, nesta terça-feira, oficio assinado pelo presidente da Casa, Zezinho Albuquerque (PSB) acatando data que havia sugerido.

Durante pronunciamento na Câmara Federal, no dai 4 de abril último, om petista pediu a investigação do governador Cid Gomes (PSB) e do seu irmão, Ciro Gomes, por suposta espionagem a um dos principais opositores da família no Estado, o ex-prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa (PR). Os dois irmãos, membros da Secretaria de Segurança Pública e o Chefe do Gabinete Civil do Estado, Arialdo Pinho, foram acusados de contratar a empresa norte-americana de espionagem, Kroll, para realizar as investigações contra o ex-prefeito. 

Em seu pronunciamento, o deputado petista pediu que as acusações fossem investigadas pelo Ministério Púbico Federal e que o conteúdo das denúncias fosse encaminhado para o Ministério da Justiça, para o procurador-geral da República, para a Receita Federal, para a Comissão de Direitos Humanos da Câmara, além de órgãos de fiscalização no Ceará

 

 

TCE prorroga prazo de inscrições de concurso de monografias

Interessados em participar do III Concurso Nacional de Monografias e Redações Prêmio Ministro Plácido Castelo, do tribunal de Contas do Estado, podem enviar material até 31 deste mês. O concurso, respaldado pela Escola de Gestão Instituto Plácido Castelo (IPC), do tribunal, tem como tema “A Nova Contabilidade Pública e sua Contribuição para o Controle Externo”. Podem participar brasileiros ou estrangeiros residentes no País, maiores de dezoito anos.

O resultado deve ser divulgado no dia 27 de junho de 2013, no site do Tribunal de Contas do Estado do Ceará (www.tce.ce.gov.br). Nesse ano, o valor do prêmio das monografias duplicou: 1º lugar – R$ 10 mil; 2º lugar – R$ 6 mil; e 3º lugar – R$ 4 mil. Já os candidatos a participar do Concurso de Redações poderão se inscrever até o dia 15 de maio. O tema escolhido para as redações é “A Educação Ambiental para a Vida em Sociedade.”

Podem participar alunos regularmente matriculados de 1º, 2º e 3º anos do ensino médio de escolas das redes públicas e privadas, maiores de quatorze anos. O candidato apresentará trabalho individual, que versará especificamente sobre o tema do concurso. Cada concorrente só poderá inscrever uma redação, com texto inédito, de 20 a 30 linhas.

SERVIÇO

As inscrições podem ser feitas na Coordenadoria Técnica do Instituto Escola Superior de Contas e Gestão Pública Ministro Plácido (IPC). Os resultados devem ser divulgados também no dia 27/06/2013. O valor do prêmio para os três primeiros classificados é: 1º lugar – R$ 2,5 mil; 2º lugar – R$ 1,5 mil; 3º lugar – R$ 1 mil.

(Site do TCE)

O Estado alimenta a marginalização dos menores?

165 1

Com o título “Menores: escudo de criminosos”, eis artigo da jornalista e professora Adísia Sá, no O POVO desta terça-feira. Ela aborda a velha polêmica envolvendo menores com o crime, impunidade e a (ir) responsabilidade do Estado para com esse contingente. Confira:

“Vem chamando e prendendo minha atenção o noticiário da imprensa sobre assaltos, assassinatos, roubos e furtos, contando com a presença de menores nesses delitos. Flagrados, há sempre menores nos bandos e gangues, sobre os quais são lançadas as “responsabilidades” dos feitos.

Ou seja, os adultos estavam naquele momento por mera coincidência: os marginais apontados são os “menores”. Resultado: nada acontece ou, quando muito, são conduzidos às delegacias, registradas as ocorrências e ponto final.

Considero isso a “indústria da menoridade”. Os marginais atraem os menores, os conduzem às suas hostes para, flagrados em delitos, serem apontados como os “culpados”. Pelo que tenho acompanhado nos noticiários, não há aprofundamento na averiguação dos acontecimentos. Ou seja, adultos e menores liberados: os adultos, por nada terem a ver com os fatos e os menores, por inocência antecipada…

Não se analisa o comportamento desses menores, como são e vivem suas famílias, se estudam, com quem convivem. Significa que são entregues ao próprio destino, sem que o Estado, na ausência ou omissão dos pais, assuma a responsabilidade de deles cuidar. Noutras palavras: o Estado alimenta a marginalização desses menores – de ambos os sexos.

Sobre esse ponto “ambos os sexos”, é bom frisar que a marginalidade, até pouco tempo, era exclusividade do sexo masculino, o que não acontece nesses dias: garotos e garotas estão no mesmo bojo, levando uma existência promiscua e à luz do dia, como se pode dizer, ou seja, à vista de toda a sociedade.

Sei que a Vara da Infância e da Juventude tem procurado minimizar essa situação, mas, infelizmente, nem sempre dotado de recursos e condições exigidos à sua atividade, o que, diga-se, o exime ou atenua suas responsabilidades. Oportuno indagar: essas condições, esses recursos são, de fato, dados a essa Vara? Se não o são, onde o seu clamor, que não chega – com a força necessária – à sociedade, à imprensa?

Finalizo com um pedido: leitor, olhe a seu redor e me responda: estarei falseando os fatos ou a situação não é mais grave do que pinto? Silenciar é compactuar com o que aí está…

* Adísia Sá

adisiasa@gmail.com
Jornalista.

Cine São Luiz – Licitação que transformará equipamento em Cine Teatro sai neste mês

franciscopinheiro

“O secretário estadual da Cultura, Francisco Pinheiro, informa para a Vertical que, ainda neste mês, estará lançando edital de recuperação do Cine São Luiz.

“Pelo projeto, vamos transformá-lo num cine teatro. Haverá completa restauração e um outro detalhe: ganhará nova iluminação”, adianta o secretário.

Segundo Francisco Pinheiro, o custo total está orçado em R$ 12 milhões e, se não houver problemas de recursos que sempre costumam atrasar procedimentos, o Cine Teatro São Luiz será entregue ao fortalezense no começo do primeiro semestre de 2014.”

(Coluna Vertical, do O POVO)

Seca no Nordeste – Deputado cearense puxa audiência pública sobre dívidas rurais

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=dpEYgLILgGU[/youtube]

A Comissão da Agricultura da Câmara dos Deputados realiza audiência pública, nesta terça-feira, em Brasília. Segundo o presidente da comissão, o deputado federal cearense Raimundo Gomes de Matos (PSB), a ordem é discutir a questão das dívidas rurais e novos financiamentos com instituições financeiras como o BNB, Banco do Brasil e BNDES.

Segundo Raimundo Gomes de Matos, o encontro desta terça-feira é uma prévia de uma audiência pública conjunta da Câmara e do Senado sobre a questão da seca no Nordeste, incluindo o caso da reestruturação do DNOCS.

Saúde municipal deve pagar R$ 17 milhões para hospitais conveniados

Até o próximo dia 17, a Secretaria da Saúde de Fortaleza promete pagar R$ 17 milhões para hospitais conveniados. Essa dívida ainda é pepino deixado pela gestão passada.

Segundo o presidente da Federação Brasileira de Hospitais, alívio para o segmento. Mas ainda há outros setores da área da prestação de serviços na saúde que continuam na expectativa de receber atrasados.

Secretário acerta convênio para produzir forragem através da irrigação

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=FY5J8mGdiRk[/youtube]

O secretário do Desenvolvimento Agrário do Estado, Nelson Martins, viajou nesta madrugada de terça-feira para Brasília, onde cumprirá agenda nos ministérios do Desenvolvimento Social e Integração Nacional e na Fundação Banco do Brasil. O objetivo é fechar convênios voltados para o apoio aos agricultores atingidos pela seca.

Entre convênios que vai firmar, o secretário Nelson Martins inclui a produção de forragem para o gado e também apoio financeiro para 20 mil famílias da área rural desenvolverem projetos produtivos.

Luizianne chama gestão de RC de "desastre" e não poupa críticas a Ciro Gomes

196 15

luiziannelinss

“”Depois de quatro meses longe do Paço Municipal, a ex-prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins (PT), chamou de “desastre” a gestão de seu sucessor, Roberto Cláudio (PSB), e disse que “morre de pena” da cidade. Em tom enfático e demonstrando aborrecimento, a petista ainda acusou o Executivo municipal de funcionar como “apêndice do Governo do Estado”. Embora já tivesse se manifestado sobre a atual administração, essa foi a primeira vez que Luizianne fez uma avaliação sobre o novo comando da Prefeitura.

“Eu morro de pena dessa cidade. É horrível ver tudo o que você construiu sendo desconstruído, e com uma incompetência sem precedente na história, onde você tem uma prefeitura que é uma secretaria subalterna, subordinada ao Governo do Estado, porque quem elegeu o prefeito foi o governador, que é outro desastre”, disparou Luizianne, na noite de ontem, após reunião do diretório estadual do PT.

Questionada sobre que aspectos da atual gestão são considerados “desastrosos”, a petista jogou o assunto de lado, disse que não vai “se trocar” com adversários e anunciou que só aprofundará as críticas na próxima semana, quando deverá conceder uma série de entrevistas. Apesar da aparente cautela, Luizianne não perdeu a chance de contestar recentes declarações do ex-deputado federal Ciro Gomes (PSB), irmão do governador Cid Gomes e um de seus principais opositores.

A petista disse que Ciro “falou de si mesmo” ao afirmar que não é relevante se o candidato à sucessão de Cid em 2014 for “Chico, Manoel ou ‘rola bosta’ (dizendo se referir a um tipo de besouro)”, importando mais o projeto político a ser defendido. “Isso é a cara do Ciro. Ele falou de si mesmo. É a cara dele. Essa grosseria, esse palavreado, essa mediocridade em que a política está envolvida, é um pântano de mediocridade”, afirmou Luizianne. Ao O POVO, a assessoria de imprensa de RC disse que não comentaria as declarações. A assessoria de Ciro não foi localizada na noite de ontem.”

(O POVO)

VAMOS NÓS – Já teria Roberto Cláudio tempo para cometer o desastre que Luizianne Lins expõe? Tal crítica não soa como dor de cotovelo de derrotado? O melhor não seria aguardar mais um tempo e adotar oposição não somente do discurso, mas, também, da proposta, expondo contraditórios? São reflexões que precisam constar nesse cotidiano política da Capital.

José Guimarães diz que PT quer o Senado. Ele não descarta estar na disputa

97 1

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=TxGZBuo4jM0[/youtube]

O líder do PT n Câmara, Jose Nobre Guimarães, afirma que esta semana será importante para projetos do interesse do governo federal como, por exemplo, a votação da MP dos Portos. Guimarães informa que há ampla mobilização no sentido de aprovar a matéria nesta quarta-feira.

Guimarães também falou sobre a crise entre Congresso e o STF e, no que diz respeito às eleições de 2014, avisa que o PT terá candidato ao Senado. Ele não descarta seu nome na disputa.

Cine Ceará – Abertas as inscrições para a 23ª edição do festival

wolney

Wolney Oliveira, o organizador do evento.

O Cine Ceará – Festival Ibero-Americano de Cinema mudou de data. Este ano, com a realização da Copa das Confederações, a 23ª edição será realizada de 7 a 14 de setembro, em Fortaleza, e em novo endereço: no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. O período de inscrições de longas e curtas-metragens para concorrer no 23º Cine Ceará, o festival do cinema do Estado, terá inicio nesta terça-feira e vai se estender até 7 de junho. O regulamento completo do festival, organizado pela Associação Cultural Cine Ceará, estará disponível no site http://www.cineceara.com também a partir desta terça-feira. Wolney Oliveira, organizador do evento, informa que o festival não ocorrerá em junho como era tradicional, mas de 7 a 14 de setembro. A mudança da data foi em razão da Copa das Confederações.

O 23° Cine Ceará, que ocupará espaços no Centro Dragão do Mar, é uma promoção da Universidade Federal do Ceará (UFC), através da Casa Amarela Eusélio Oliveira, com apoio do Governo do Estado do Ceará por meio da Secretaria da Cultura e do Ministério da Cultura, através da Secretaria do Audiovisual. A realização é da Associação Cultural Cine Ceará e conta com patrocínio de empresas públicas e privadas, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura (SIEC) e da Lei Federal de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet). A Oi patrocina o Cine Ceará, que ainda conta com o apoio cultural do Oi Futuro.

Os filmes concorrerão ao Troféu Mucuripe nas categorias longa-metragem (divididos em filme, direção, fotografia, edição, roteiro, som, trilha sonora original, direção de arte, ator, atriz e prêmio da crítica) e curta-metragem (filme, direção, roteiro, produção cearense e prêmio da crítica). Os prêmios da crítica para melhor curta e longa-metragem serão concedidos pela Abraccine, Associação Brasileira de Críticos de Cinema. Para o melhor longa, de acordo com o júri oficial, será concedido um prêmio especial no valor de US$ 10 mil. Haverá ainda a entrega do troféu Mucuripe de melhor curta da mostra Olhar do Ceará, para o qual haverá um júri de estudantes das universidades de Fortaleza.

Padre Reginaldo Manzotti ganha título de cidadão fortalezense em ato concorrido

486 5

walterrr

 

Walter e sua mulher, Francisca Cavalcante, e o padre Reginaldo Manzotti.

A Câmara Municipal de Fortaleza foi palco de uma sessão das mais concorridas neste ano. Foi nesta manhã de segunda-feira, durante a entrega do título de Cidadão de Fortaleza ao padre e cantor Reginaldo Manzotti. A iniciativa, do presidente da Casa, vereador Walter Cavalcante., reuniu vereadores, lideranças de movimentos e pastorais da Igreja Católica, além de lideranças comunitárias, empresários e admiradores do padre.

Walter Cavalcante se disse emocionado por homenagem Manzotti, um religioso hoje dos mais respeitados no País por sua pregação em favor da juventude. Manzotti se disse agradecido pelo amor do povo fortalezense.