Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Um espasmo de um não-cidadão

184 2

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=r9gdymG-SX0[/youtube]

Com o título “Papoca, menino!, eis artigo do jornalista Felipe Araújo, que está no O POVO desta segunda-feira. Ele aborda o caso do vídeo em que um jovem aparece disparando em via pública. A alienação predomina nessa história. Confira:

Um jovem empresário divulga vídeo numa mídia social em que, aparentemente embriagado, dirige seu automóvel ostentando um revólver prateado e avisa, assoberbado, a seus inescrutáveis interlocutores que vai dar um tiro; não sabe em quem. E assim o faz, aleatoriamente, em plena via pública, tendo como alvo difuso o que, pelas imagens, supomos ser um pacato bairro residencial. “Papoca, menino!” é seu grito de guerra, embalado por uma onipresente trilha de forró eletrônico – com a “qualidade” poética e humanista de que se sabe.

Na semana passada, acompanhei o noticiário sobre o episódio me perguntando como filósofos como Rousseau ou Norbert Elias – que pensaram sobre o nosso processo civilizador, sobre como o homem tenta sublimar sua dimensão animalesca em promessas de civilidade – analisariam o vídeo. E, possivelmente, na imensa surpresa que teriam ao saber que fatos como esse, que nos remetem às mais remotas barbáries da idade média ou ao pior faroeste do cinema, são reproduzidos despudoradamente na quinta cidade mais populosa de um país como o Brasil, em pleno século XXI.

A violência e a desordem urbana que o poder político de plantão está legando para o futuro da Cidade explicam em parte a permissividade presente no ato do motorista. Mas o gesto tresloucado de atirar em via pública é emblemático, sobretudo, de um modelo de cultura e de (in)civilidade celebrado cotidianamente. Seja, por exemplo, nos programas policiais que fazem da TV um espelho do pior mundo-cão; seja nas letras do chamado forró eletrônico que exalam sexismo e boçalidade.

O “franco-atirador”e seus tiros despropositados parecem personificar, nos termos de Fortaleza, aquilo que Giorgio Agamben chama de “vida nua”. Ou seja, uma vida reduzida a sua dimensão “natural”, não politizada, que se torna mero instrumento de reprodução de determinado poder (político, financeiro ou, no caso, cultural); uma zona oca e indiferente da existência.

O tiro que assombrou a cidade é “apenas” um espasmo de um não-sujeito. É a expressão do desejo de morte de alguém que alienou seu corpo e sua vida. Nosso drama, porém, é que esse tipo de pessoa é um modelo cada vez mais frequente entre nós.

* Felipe Araújo,

felipearaujo@opovo.com.br

Editor-chefe de Cultura e Entretenimento do O POVO.

José Pimentel admite que PT pode disputar o Governo. Cita Luizianne como opção

157 2

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=nnFZ8nif9_E&feature=c4-overview&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

O senador José Pimentel (PT), líder do Governo no Congresso seguiu nesta madrugada de segunda-feira para Brasília. Na agenda, abertura dos trabalhos do Congresso e posse de novos ministros. O parlamentar falou para o Blog sobre esse novo cenário político.

José Pimentel também falou sobre sucessão estadual e até admitiu que o estado do Ceará pode contar com mais de um palanque trabalhando a reeleição da presidente Dilma Rousseff.

No âmbito do PT, ao ser indagado se teria nome em condições de disputar o governo, não poupou: a ex-prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins, é uma das lideranças mais fortes do petismo e tem condições de postular.

Cid e RC vão apresentar balanço 2013

zezim e cid

Zezinho Albuquerque, governamentável, presidente a AL.

O governador Cid Gomes (Pros) estará presente á solenidade de abertura das atividades da Assembleia Legislativa. Ele vai fazer um balanço sobre sua administração ao longo de 2013 e apresentar ações que pretende tocar neste ano.

A fala de Cid Gomes está programada para as 10 horas, segundo a assessoria de imprensa do Poder Legislativo.

Já na Câmara Municipal de Fortaleza, que também retoma as atividades, o prefeito Roberto Cláudio (Pros) comparecerá seguindo mesmo ritual de Cid: vai apresentar seu balanço 2013 e, claro, ser muito indagado sobre o porquê de continuar patinando com gestão avaliada como “regular” por pesquisas como a do Vox Populi.

Camilo Santana diz que oposição joga prefeito do Crato contra opinião pública

foto crato ronaldo e camilo santana

O deputado Camilo Santana (PT) voltou a declarar apoio ao prefeito do Crato, Ronaldo Mattos (PMDB), durante entrevista a uma rádio do Cariri, neste fim de semana. O prefeito foi denunciado pelo Ministério Público da prática de um “mensalinho” na Câmara Municipal do Crato. A Justiça determinou o afastamento de cinco parlamentares, mas manteve o prefeito no cargo. No entanto, a quebra do sigilo bancário de todos os denunciados foi autorizada.

Durante a entrevista, Camilo Santana disse que há uma tentativa da oposição em jogar o prefeito contra a opinião pública.

O deputado estadual assegurou que Ronaldo Mattos também possui o apoio do governador Cid Gomes, da presidente Dilma Rousseff, do deputado José Guimarães e do senador Eunício Oliveira.

Edital para construção de cisternas recebe corrigenda nesta segunda-feira

O Governo do Estado do Ceará, através da Secretaria do Desenvolvimento Agrário, publicou no Diário Oficial dessa sexta-feira (31), o edital de chamada pública para a seleção e contratação de Organizações Não Governamentais para a construção de 19.586 cisternas de placas e 7.673 de enxurradas (com quintais produtivos) no Ceará.

A publicação já atende a novas regras para a construção de cisternas no Brasil, já que a medida provisória foi convertida na Lei 12873 em outubro de 2013 e sua regulamentação publicada no Diário Oficial da União, edição de 17 de janeiro de 2013. De acordo com as novas regras, as Organizações Não Governamentais estão dispensadas do processo licitatório com pregão eletrônico, para adquirir areia e cimento, por exemplo. A prestação de contas também muda. Com as regras antigas, todos os processos precisavam ser apresentados.

No entanto, o secretário Nelson Martins explica que houve uma incorreção na publicação do Diário Oficial do Estado: “Especificamos a quantidade de cisternas por municípios, mas as tabelas foram trocadas. Os dados para a construção das cisternas de enxurrada são na verdade os dados das cisternas de placas e vice versa”.

Uma corrigenda será publicada, nesta segunda feira, alterando as tabelas e ampliando o prazo de inscrição, do dia 12 para o dia 14 de fevereiro. “Como houve essa incorreção, estendemos o prazo em dois dias e ninguém será prejudicado”, explica Nelson Martins.

Até agora, 22 Organizações Não Governamentais já estão credenciadas junto ao MDS dentro das novas regras. Desde 2005, o Governo do Estado, assinou com o MDS, convênio para implantação de 117.936 cisternas de placas. Destas, aproximadamente 97 mil estão prontas, 20 mil estão em execução e devem ficar prontas até agosto deste ano. Outras 19.586 cisternas serão entregues até o final de 2014.

Os links com os editais corretos e os modelos das tecnologias a serem adotadas estão disponíveis no site da SDA (www.sda.ce.gov.br).

(SDA)

Clodoveu Arruda implanta escola de tempo integral em Sobral

644 1

foto sobral escola

Com capacidade para 500 alunos, do 6º ano ao 9º ano, a primeira escola de tempo integral de Sobral começa a funcionar este mês, no Parque Santo Antonio, ao lado da Policlínica. O decreto da implementação do novo modelo Serpa assinado nesta segunda-feira (3), no Paço Municipal, pelo prefeito Clodoveu Arruda.

De acordo com o projeto “Escolas de Tempo Integral em Sobral”, outras 19 unidades serão construídas. A segunda, no distrito de Aracatiaçu, se encontra em fase de conclusão.

Cada unidade terá 12 salas de aula, além laboratórios de Matemática, Física, Química e Biologia, quadra poliesportiva, biblioteca e anfiteatro.

Pros diz que candidato à sucessão de Cid Gomes não será de partido aliado

Da coluna Fábio Campos, no O POVO deste domingo (2):

Pronto. Foi dada a senha. A voz de comando veio a público e declarou que o candidato ao Governo do Ceará da aliança governista será do Pros e não de um partido aliado. Não é surpresa, mas quando é dita em público a coisa toda gera seus efeitos políticos. Portanto, a chapa já tem cabeça. Falta o vice e o candidato a senador.

O PT sonha com a vaga de senador, que é desejada pelo PCdoB. E o PMDB vai se consolar com o lugar de candidato a vice e a promessa de um punhado de secretarias?

O que Cid e Eunício têm a perder em caso de rompimento da aliança

foto cid e eunício

Ainda não se sabe se o governador Cid Gomes (PSB) e o senador Eunício Oliveira (PMDB) estarão do mesmo lado na disputa eleitoral que se aproxima. No momento, o mais provável é que estejam em campos opostos. Eunício tentando se eleger governador e Cid querendo a vitória daquele a ser por ele indicado. Movimentos cautelosos de um lado e outro denotam que há muita coisa em jogo. Eventual rompimento provocaria perdas e incertezas em ambas as partes.

Para Cid, além de perder um dos principais aliados, a quebra da aliança significaria ter como adversário uma das maiores forças políticas do Estado. “Seria uma perda substancial, porque o Eunício é uma grande liderança”, admite o deputado José Sarto (Pros), líder do Governo na Assembleia Legislativa. Por vários fatores, cita o deputado, a campanha se tornaria muito mais difícil para o candidato apoiado pelo Palácio da Abolição.

Uma das perdas mais mensuráveis e imediatas para Cid e seu indicado seria a redução de alguns preciosos minutos no tempo de propaganda eleitoral em rádio e TV. Com a segunda maior bancada na Câmara dos Deputados, o PMDB só fica atrás do PT na distribuição de tempo. Estão em jogo, portanto, mais de três minutos, no mínimo.

Além disso, o PMDB tem 21 prefeituras sob seu comando – inclusive redutos importantes como Crato, Juazeiro do Norte e Iguatu. O amplo domínio do grupo do governador no Interior seria reduzido na eleição, já que Eunício e seus aliados têm mais influência sobre alguns municípios.

Perdas peemedebistas

“O PMDB é parte integrante do projeto do governador, participa e contribui com a gestão”, observa o vice-governador Domingos Filho, que deixou o PMDB e seguiu com Cid para o Pros. Participação na gestão significa, principalmente, cargos. Além dos secretários Bruno Sarmento (Conselho de Políticas e Gestão do Meio Ambiente – Conpam), João Melo (Controladoria) e César Pinheiro (Recursos Hídricos), o PMDB possui vários postos de menor expressão na gestão de Cid. O não entendimento com o Pros implicaria, naturalmente, na saída de vários peemedebistas do Governo.

Sem se coligar com o Pros, o PMDB teria também mais dificuldade para eleger deputados estaduais, já que os maiores puxadores de voto estão no grupo do governador. Eunício poderia ainda ver desgastada sua relação com o Planalto, hoje mais próximo de Cid.

Saiba mais

Apesar do possível racha na aliança, os discursos de parte a parte ainda vão no sentido de conciliação. O prefeito Roberto Cláudio, assim como vários outros do Pros ouvidos por O POVO preferiram nem comentar a situação que estaria posta em caso de possível rompimento.

Eunício vem adotando o mesmo tom, mas admitiu que está tentando viabilizar sua candidatura ao Governo.

Aliado a ambos, o PT é parte fundamental nesse processo, tanto que o ex-presidente Lula tenta costurar acordo entre Cid e Eunício a fim de que o palanque para a presidente Dilma Rousseff não seja dividido no Estado.

(O POVO)

Para além dos arroubos juvenis

229 2

foto cid gomes

Em artigo no O POVO deste sábado (1º), o jornalista Luiz Henrique Campos analisa as estratégias políticas do governador Cid Gomes. Confira:

Peca pela superficialidade o observador que tenta definir o perfil do governador Cid Gomes a partir de seus arroubos juvenis. Uma rápida volta ao passado pode ser definidora dessa perspectiva, que mesmo podendo não ter sido de todo planejada, deixa para a história política do Ceará um rastro da marca do atual governador como estrategista. O primeiro passo nesse sentido é a sua eleição para a prefeitura de Sobral, atraindo para seu lado o Partido dos Trabalhadores (PT).

É bom lembrar que antes da aliança na princesa do Norte, lideranças petistas já haviam tentando aproximação com a chamada direita, sem sucesso. Bem sucedido como prefeito, e com o PT domado, Cid passa a ter como meta o governo do Estado. Aproveitando-se da fragilidade política do governador à época, Lúcio Alcântara, alia-se a Tasso Jereissati, isola Lúcio, e abre fissuras no poderoso PSDB.

Ao assumir o governo, começa a desmontar o partido tucano, cortando as asas de uma proeminente liderança que era o presidente da Assembleia Legislativa, Marcos Cals. Convidado para a pasta da Secretaria de Justiça, Marcos cai na armadilha, jogando por terra o capital político acumulado como mandatário maior do legislativo. Com o PT e o PSDB à mão, algo inimaginável para tão pouco tempo, coube a Cid dar o golpe de misericórdia na maior liderança recente do Ceará, que foi Tasso Jereissati, na disputa para o Senado em 2010.

Lulista de primeira ordem, Cid rompe com o tucano e passa a apoiar Pimentel e Eunício, tendo Lula como grande cabo eleitoral. O resultado todos sabem. Restava agora isolar de vez a resistência interna no PT que ainda não o engolia. Assim, manteve-se como aliado de Luizianne até o momento que considerou apropriado.

Ao mesmo tempo, fazia barba, cabelo, bigode e experiências na Assembleia Legislativa. Dessas experiências fabricou o prefeito Roberto Cláudio. No começo desta semana o ex-presidente Lula deixou claro que tem interesse em manter a aliança com o Pros no Ceará, em gratidão pela fidelidade de Cid a presidente Dilma, demonstrada quando ele saiu do PSB de Eduardo Campos. O gesto de gratidão não foi à toa.

O silêncio ensurdecedor do Governador

196 2

Em artigo enviado ao Blog, a deputada Eliane Novais comenda do silencia do governador Cid Gomes, diante de denúncias contra parte de seu secretariado. Confira:

O início do ano foi marcado por notícias que atingiram em cheio o secretariado do Governo do Estado. No dia 13 de janeiro, a juíza Nadia Maria Frota Pereira, da 13ª vara da Fazenda Pública de Fortaleza, atendendo a pedido do Ministério Público do Estado, concedeu liminar para quebra do sigilo bancário do secretário-chefe da Casa Civil do Governo do Estado, Arialdo Pinho, e de mais cinco supostos envolvidos no escândalo dos consignados.

Já no último final de semana, a imprensa cearense noticiou que a Justiça Federal acatou a denúncia do Ministério Público Federal no Ceará (MPF/CE) contra o ex-presidente do Banco do Nordeste (BNB), Roberto Smith, e o ex-presidente do Comitê de Auditoria do BNB, João Alves de Melo (além de mais nove dirigentes da instituição financeira) pela prática de gestão fraudulenta. Ambos ocupam atualmente cargos estratégicos no Governo do Estado.

As denúncias que envolvem os três gestores – ocupantes de cargos relevantes no Governo do Estado – são gravíssimas, como também é grave a resposta do poder executivo: um completo e incômodo silêncio. Silêncio que diz muito. No mínimo, omissão e falta de interesse em preservar o bem público.

O caso dos consignados levou milhares de servidores públicos ao superendividamento, prejudicando-os fortemente em suas vidas financeira e social. As investigações apontam favorecimento ilícito e tráfico de influência do secretário Arialdo Pinho e sua família por meio de empresas que operavam com exclusividade os empréstimos para servidores estaduais a juros superelevados.

O caso do BNB não é novo. O desfalque aos recursos do Banco ultrapassa R$ 1 bilhão e resulta de cerca de 55 mil operações de crédito irregulares a empresários. São recursos que poderiam estar sendo usados em favor do desenvolvimento do Nordeste (que padece diante da seca), mas que estranhamente ficaram nas mãos de empresários. Denúncias semelhantes já haviam sido feitas em 2011 por empregados do Banco e pela Associação dos Funcionários do Banco do Nordeste do Brasil (AFBNB). A Justiça acatou as denúncias, numa demonstração de que as acusações têm procedência.

O secretário Arialdo Pinho (pivô do escândalo dos consignados e tido como da mais alta confiança do Governador) nunca se pronunciou publicamente a respeito das graves acusações que pairam sobre ele, num completo desrespeito à sociedade, tendo em vista que, na condição de agente público, tem o dever de dar explicações à população. Porém, ele permanece na cadeira da mais forte secretaria do atual Governo, operando licitações do Estado como se nada tivesse acontecido.

Roberto Smith preside hoje a Adece, órgão responsável por executar políticas de desenvolvimento econômico, industrial e comercial do Estado. Já João Melo ocupa hoje a Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado, sendo responsável por zelar pela qualidade e regularidade na administração dos recursos públicos do Estado (ressalte-se que, no Banco do Nordeste do Brasil, era responsável pela supervisão das atividades de auditorias das contas da instituição financeira).

É inaceitável a permanência dos três acusados no Governo do Estado. Por muito menos a presidenta Dilma Rousseff exonerou Ministros de Estado. O próprio Ministério Público Federal pediu afastamento preventivo das pessoas que ainda ocupam cargos no Banco do Nordeste.

O fato de não terem sido julgados, portanto, não pode ser usado como justificativa para continuarem ocupando cargos estratégicos do Estado. Enquanto as investigações perduram, deveriam ser afastados, pois estão lidando com a coisa pública. Afastá-los seria uma demonstração de lisura e isenção. Cumprir-se-ia o princípio constitucional da moralidade. Se não tomam a iniciativa de sair do Governo para cuidar de suas defesas ante as acusações, recai sobre o Governador o peso da responsabilidade.

Porém, mais uma vez o chefe do poder executivo estadual demonstra que não sabe ouvir as manifestações de rua que clamam por transparência pública e pelo fim da corrupção em nosso País.

Eliane Novais, deputada estadual (PSB)

Políticas públicas, Hip-Hop e cultura japonesa são debatidos neste sábado em Iguatu

“Juventude em Debate: Políticas Públicas da Juventude, Hip-Hop e Cultura Japonesa” é o tema voltado para os jovens de Iguatu (Centro-Sul do Estado), na noite deste sábado (1º), a partir das 18 horas, no Shopping Premier. O evento é uma iniciativa do mandato do deputado federal Eudes Xavier, que também fará o lançamento da Cartilha da Juventude, que traz informações do Estatuto da Juventude, sancionado no ano passado pela presidente Dilma Rousseff.

Segundo a organização do debate, o primeiro tema será “As Políticas Públicas de Juventude no Brasil / Estatuto da Juventude”, que será apresentado pelo deputado Eudes Xavier, membro da Frente Nacional em Defesa da Juventude da Câmara dos Deputados. A segunda abordagem da noite será do ex-coordenador do MH2O do Brasil, rapper e educador social Rogério Chaves (Babau), com o tema “Hip-Hop e Direito à Cidade”. O último tema será do historiador e mestre em Psicologia, Heráclito Aragão, que falará de “Anime, Mangá e Cultura Pop Japonesa”.

Jornalista e leitora reclama da demora na marcação de consultas no HGF

260 2

foto jornalista regma sampaio

Da jornalista Regma Sampaio recebemos a denúncia de queda no atendimento do HGF. Confira:

Olá, Eliomar, tudo bem?!

Minha mãe é paciente da oftalmologia do HGF e praticamente toda semana eu a acompanho ao hospital e, desde a mudança do Secretário de Saúde e da Direção, a parte de marcação de consultas, o chamado SAME, está um caos.

No dia 2 de janeiro eu e minha mãe fomos tentar uma consulta com urgência, pois o caso dela é grave. Me informaram que não estavam marcando e que eu teria que voltar só no dia 27 (última segunda-feira) para marcar, pois eles regularizariam o sistema. Como não poderia esperar esse tempo todo, falei com a chefe do setor e assim consegui. Todas as outras vezes que tentei marcar foi a base de muita espera, demora e conversas com chefes e médicos.

Quarta-feira, dia 29, estive no hospital e ouvi um dos pacientes falando que havia pego a senha 258 e que ainda estavam chamando a senha 57. Isso, por volta das 8:30h. Ao sair da consulta, umas 10h, tive que ir ao SAME para marcar o retorno ao médico para 15 dias, mas não consegui. As fichas já haviam acabado, deixando vários – inclusive pacientes vindo do interior -, a ver navios.

Peço que o senhor, com a influência que tem na comunicação do Estado, dê uma atenção ao caos que está instalado naquele hospital. Pode conversar com qualquer paciente e o senhor verá que a reclamação sobre o SAME será a mesma: demora, falta de informações, pessoas ignorantes atendendo, falta de fichas, além do telefone que eles dizem disponibilizar que nunca é atendido.

Antes dessa mudança de gestão, você já saía do consultório com seu retorno remarcado. Agora é preciso pegar uma fila descomunal. Quem utiliza esse serviço são pessoas doentes, que não têm condições de esperar tanto. Muitas vindas do interior mais distante e que por várias vezes voltam para casa sem conseguir atendimento.

Honório Pinheiro toma posse na Acad

foto acad 140131

O empresário Honório Pinheiro é o mais novo integrante da Academia Cearense de Administração (Acad) ao tomar posse da cadeira 17, na noite desta sexta-feira (31).

Atual presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Ceará (FCDL), Honório Pinheiro é o proprietário do Supermercado Pinheiro – O Bom Vizinho, que possui seis unidades no Ceará.

Casas de show de humor não aceitam meia-entrada para estudantes de outros estados; E não é piada

245 3

Do cineasta Wolney Oliveira recebemos a denúncia de que casas de show de humor em Fortaleza não aceitam meia-entrada para estudantes de outros estados. Confira:

Caro Eliomar,

No dia 26 de janeiro de 2014, domingo passado, resolvi levar meus dois filhos que estão de férias em Fortaleza, que moram e estudam no Rio de Janeiro, para o Teatro do Humor Cearense, na Beira Mar. Fomos à apresentação das 21:30hs, após termos ouvido constantemente no calçadão da Avenida Beira Mar a propaganda do referido teatro, voltado principalmente para os inúmeros turistas que lotam nossa cidade nas férias.

Na bilheteria do local solicitei ao caixa duas meias e uma inteira. O bilheteiro pediu a carteira de estudante dos meus filhos Leo e Lucas e depois de examinar os dois documentos estudantis me falou que não poderia me vender a meia-entrada porque as carteiras eram de outro estado. Perguntei então qual era o problema de ser de outro estado. Ele respondeu dizendo que o estabelecimento só aceita carteiras de estudante do Ceará.

Isto é um verdadeiro absurdo, a meia cultural vale em todo Brasil! Veja bem, os shows de humor em Fortaleza são um dos maiores atrativos da cidade para os turistas, no entanto, quando eles tentam comprar a meia-entrada usando as carteiras estudantis a bilheteria do local se recusa a vender alegando que não aceitam carteiras de estudante de outro estado.

Parece piada, mas não é. Isso é uma falta de respeito com os turistas que já são explorados com os preços exorbitantes na cidade e ainda têm que passar pelo constrangimento de pagar inteira, apesar do direito à meia-entrada.

Como diria o nosso Tiririca, “Pior do que está não fica”!

Um abraço,

Wolney Oliveira

Eleições da Unimed – Candidato promete melhor remuneração para cooperados

564 16

joao boges

O médico João Borges, candidato de oposição a presidente da Unimed Fortaleza, mandou para o Blog uma de suas propostas de campanha. “Criar um melhor ambiente de trabalho e remunerar bem os médicos cooperados para proporcionar um atendimento ainda mais humano e eficiente para os usuários”, é o que ele promete.

Borges está encabeçando a chapa ‘Renova Unimed”, que concorrerá às eleições da entidade no próximo dia 18.

O raciocínio da chapa de Borges é simples: através da valorização dos profissionais de saúde, a Unimed Fortaleza poderá atrair um número cada vez maior de profissionais para o seu quadro de associados. “Isso se traduz em mais opções para os usuários, criando um ciclo virtuoso na cooperativa”, diz ele.

(Foto – Balada In)

VAMOS NÓS – Este Blog está aberto para as propostas da outra chapa.

Quixelô comemora 29 anos de emancipação

Tarcísio Souza (Quixelô) – O município d Quixelô (Sertão Central) vai comemorar 29 anos de emancipação política no próximo domingo. As comemorações, no entanto, já  começaram nesta sexta-feira. Houve passeio ciclístico, assinatura de ordens de serviços, inauguração do Posto Avançado da Ematerce, e ainda a inauguração do Campo de Futebol da Sede com a final do 4º Campeonato Municipal.

Na programação de aniversário do município não podiam faltar as atrações musicais, que animarão a cidade. Na lista, as bandas Bota Pra Moer, Pesadões do Forró, Forró Rebola, Forró a Dois, Mauricio Jorge e Forró Real, que se apresentarão na noite de domingo. Os shows serão realizados na Praça Padre. Agostinho.

 

Será que o prefeito RC vai assistir ao programa da Luizianne Lins?

rccccj

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, manteve a mesma postura que adota, há meses, sobre tema dos mais interessantes: sucessão estadual. Ele foi indagado, nesta sexta-feira, sobre o assunto e não teceu comentários. Roberto Cláudio sempre tem nome incluído na lista de governamentáveis do Pros, mas ele deixa sempre claro que só quer administrar a cidade.

A reação de Roberto Cláudio ocorreu durante a solenidade em que, no prédio-anexo da Assembleia Legislativa, o presidente da Casa, Zezinho Albuquerque, também governamentável, lançou, em ato concorrido, a campanha “Ceará sem Drogas”.

Roberto Cláudio ainda foi indagado sobre o programa de TV que a ex-prefeita Luizianne Lins (PT) promete estrear neste mês de fevereiro, na Rede União. Perguntado por um repórter se iria conferir a atração, afirmou apenas que deseja “boa sorte” para a petista. Embora estejam no mesmo leque de apoiadores de Dilma Rousseff, RC e Luizianne não comungam mais politicamente. 

 

Ciro Gomes volta a defender candidatura do Pros para o Governo

ciroog

O secretário estadual da Saúde, Ciro Gomes (Pros), voltou a defender a tese de que seu partido, por estar no poder, tem a prioridade para apontar o candidato à sucessão do seu irmão, o governador Cid Gomes (Pros). “Prefiro candidato do PROS, mas digo, ao mesmo tempo, que vamos humildemente discutir com os outros partidos da base, sobre liderança do governador Cid Gomes”, acentuou o ex-ministro, quando entrevistado durante solenidade em que a Assembleia Legislativa lançou, no prédio-anexo da Casa, a campanha “Ceará contra Drogas”.

A campanha foi lançada pelo presidente do legislativo estadual, Zezinho Albuquerque, cujo nome integra a lista dos governamentáveis do Pros. Zezinho, no entanto, jura que a campanha nada tem a ver com eleições.

Ciro tornou a destacar a lista apontada pelo grupo de Cid como principais candidatos à sucessão: o vice-governador Domingos Filho, o ex-ministro, Leônidas Cristino, o deputado estadual Mauro Filho, o presidente da Assembleia, Zezinho Albuquerque e a secretária da Educação, Izolda Cela. “Estou citando cinco, mas podem ser dez”, completou.

“O Cid será o magistrado da sucessão dele próprio”, ressaltou Ciro, afirmando que o irmão encabeçará a definição de quem apoiará. O secretário disse ainda que o grupo respeitará todas as correntes e partidos que tenham pretensões de disputar o governo, independente de serem aliadas ou não. Ele afirmou ainda que não deixaram que “brigas, futricas, calúnia, birras, apetites e ambições pessoais” atrapalhem o processo de sucessão.

(Com POVO Online/Foto – Paulo MOska))

Acrísio já admite candidatura de Eunício, mas torce pela manutenção da aliança

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=iqTAKF3adwg[/youtube]

O vereador Acrísio Sena (PT) continua apostando na manutenção da aliança do seu partido com o Pros e PMDB nas eleições deste ano. Para ele, o fundamental é a reeleição da presidente Dilma Rousseff.

Nas entrelinhas, no entanto, Acrísio até admite que o senador Eunício Oliveira acabe disputando o Governo.