Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Força-Tarefa de Intervenção nos Presídios vai atuar por 45 dias no Ceará

461 3

A Força-Tarefa de Intervenção Penitenciária vai atuar por 45 dias no Ceará. A determinação é do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, em portaria de nº 66, de 25 de janeiro e publicada no Diário Oficial da União.

O trabalho ocorrerá em apoio ao Governo do Estado, em “caráter episódico e planejado”, valendo a partir de 14 de janeiro próximo, com realização de atividades como serviço de guarda, vigilância e custódia de presos.

O número dos profissionais envolvidos nessa ação dependerá do planejamento entre Governo e Ministério da Justiça e segurança Pública, adianta a portaria.

Confira a íntegra

O MINISTRO DE ESTADO DA JUSTIÇA E SEGURANÇA PÚBLICA, no uso de suas atribuições legais e considerando o disposto na Medida Provisória nº 870, de 1º de janeiro de 2019; na Lei nº 11.473, de 10 de maio de 2007; no Decreto nº 5.289, de 29 de novembro de 2004; no Decreto nº 9.662, de 1º de janeiro de 2019; na Portaria nº 65, de 25 de janeiro de 2019; e no Convênio de Cooperação Federativa do Ministério da Justiça e Segurança Pública nº 25/2017, celebrado entre a União e o Estado do Ceará, publicado no Diário Oficial da União de 29 de novembro de 2017, resolve:

Art. 1º Autorizar o emprego da Força-Tarefa de Intervenção Penitenciária (FTIP), em caráter episódico e planejado, em apoio ao Governo do Estado do Ceará, pelo período de 45 (quarenta e cinco) dias, a contar de 14 de janeiro de 2019, para exercer atividades e serviços de guarda, vigilância e custódia de presos, previstas no art. 3º, inciso IV, da Lei nº 11.473, de 2007.

Art. 2º A operação terá o apoio logístico e a supervisão dos órgãos de administração penitenciária e segurança pública do ente federado solicitante, nos termos do convênio de cooperação firmado entre as partes, durante a vigência da portaria autorizativa.

Art. 3º O número de profissionais a ser disponibilizado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública obedecerá ao planejamento definido pelos entes envolvidos na operação.

Art. 4º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

SERGIO MORO.

(Foto -Mauri Melo)

Evaristo Nogueira, o Barbalha e o jogo do Fortaleza contra o CSA

O narrador e comentarista esportivo Evaristo Nogueira, o “Homem Mau”, do programa Trem Bala, do Alan Neto, na Rádio O POVO 1010 e TV Ceará, fala da sensação do campeonato cearense, o Barbalha.

Evaristo também lembra o jogo desta segunda-feira, na Arena Castelão, do Fortaleza contra o CSA, válido pela Copa do Nordeste. A partir das 20 horas.

Colégio Santo Inácio é sede de Polo Universitário

A UNICATÓLICA – Centro Universitário Católica de Quixadá, a Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP) e o Colégio Santo Inácio de Fortaleza resolveram unir ações e lançar o Polo Universitário Santo Inácio. O objetivo, segundo a assessoria de imprensa dessas instituições, é oferecer curso de especialização em áreas estratégicas do mercado atual.

Serão oferecidas cinco pós-graduações Lato-sensu: Farmácia Clínica e Prescrição Farmacêutica / Indústrias Criativas / Inovações Educacionais no Processo de Aprendizagem/ Juventudes: Transição e Construção de Futuro/ Tanatologia, Suicídio e Processo de Luto. Também curso Stricto-sensu, Mestrado Interinstitucional (Minter) em Ciências da Linguagem (UNICAP/UNICATÓLICA) a ser realizado no Polo em Fortaleza.

O reitor da Unicap, professor-doutor, Padre Pedro Rubens, explica que o Polo é um ponto de encontro que vai reunir o melhor das instituições envolvidas na parceria, podendo oferecer dupla titulação nas especializações e outras modalidades de cursos. Padre Pedro é cearense e o primeiro brasileiro a se tornar presidente da Federação Internacional das Universidades Católicas (FIUC).

O reitor da UNICATÓLICA, professor Manoel Messias de Sousa, assegura que o Polo de Pós-graduação, objeto da parceria entre as instituições, será uma nova fase na consolidação de um amplo projeto de colaboração e ação compartilhada no âmbito da formação profissional no Ceará.

Na opinião do padre Eugenio Pacelli, será um novo tempo para as três instituiçoes: “Acredito que a expertise e o potencial das instituiçoes educacionais, venha agregar a quem optar pela formação no Polo. Estamos muito satisfeitos com a iniciativa”, conclui.

SERVIÇO

*As inscrições para os cursos ofertados pelo novo Polo Universitário Santo Inácio poderão ser feitas a partir no sitewww.polosantoinacio.com.br.

*Polo funcionará na na sede do Colégio Santo Inácio – Avenida Desembargador Moreira, Nº 2355, no bairro de Aldeota.

*Mais informações – (85) 3066-3000.

(Foto – Divulgação)

Ibef do Ceará promove debate sobre Nova Lei Geral de Proteção de Dados

A Nova Lei Geral de Proteção de Dados no Brasil (LGPD) será tema de debate a ser promovido, nesta quarta-feira, a partir das 19 horas, pelo Instituto Brasileiro dos Executivos de Finanças (Ibef), no Ceará. O encontro é uma parceria com a KPMG e ocorrerá no Hotel Gran Marquise.

O debate será conduzido pelo sócio e especialista em cyber security Leandro Augusto e pela advogada especializada em Direito Digital, Camila do Vale Jimene. A palestra é gratuita e aberta ao público.

SERVIÇO

*Inscrições: https://goo.gl/2WBJQA

PT do Ceará divulga nota em solidariedade a Jean Wyllys

O Diretório Estadual do PT divulga nota de solidariedade ao deputado federal Jean Willys (PSOL) “por sua decisão de renunciar ao mandato em decorrência das ameaças de morte que vem sendo alvo.”

No texto, o partido diz ser “inaceitável que situações como essa ocorram no Brasil sem que o governo federal adote as providências necessárias, que garantam a vida do parlamentar.”

A nota define as ameaças ao deputado como “mais um atentado à democracia brasileira que se encontra em momento de forte ataque, por parte das forças conservadoras incapazes de conviver com a diversidade, com o contraditório; forças antipopulares e fascistóides.”

(Foto – Agência Brasil)

Tragédia de Brumadinho – MP do Ceará divulga nota de solidariedade

O Ministério Público do Estado do Ceará divulga nota de solidariedade às vítimas, familiares e moradores de Brumadinho, em Minas Gerais. Confira o teor da nota:

Nota de Solidariedade

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) se solidariza às vítimas, familiares e moradores de Brumadinho, em Minas Gerais, pela tragédia humana e ambiental ocorrida na tarde da última sexta-feira (25), com o rompimento da barragem da Vale. O MPCE, por meio do procurador-geral de Justiça, Plácido Barroso Rios, lamenta profundamente o ocorrido e cobra medidas urgentes de suporte aos atingidos e reparação dos danos causados ao meio ambiente.

O procurador-geral também manifesta apoio ao trabalho dos membros e servidores do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), especialmente os que atuam na defesa do Meio Ambiente. Plácido Rios reforça a importância o mister do Ministério Público Brasileiro no cumprimento do dever constitucional de proteger os recursos naturais pátrios e apurar responsabilidades e investigar possíveis negligências nessa área.

Garantir a proteção do meio ambiente é também assegurar a defesa dos Direitos Humanos, principalmente das populações que vivem e dependem dos recursos naturais, em especial os mais ameaçados pelos interesses escusos de parte do empresariado brasileiro. O MPCE espera que tão logo, as medidas cabíveis e as iniciativas reparatórias sejam tomadas para minimizar as consequências deste lastimável desastre.

*Plácido Barroso Rios

Procurador-Geral de Justiça do Estado do Ceará.

(Foto – MPCE)

TCE promete acelerar julgamentos para evitar prescrição em massa de processos

Eis o tópico “TCE limpa a pauta”, da Coluna Política do O POVO desta segunda-feira, assinada pelo jornalista Carlo Mazza:

Louvável e digna de todo o reconhecimento iniciativa do presidente do Tribunal de Contas do Estado do Ceará (TCE-CE), Edilberto Pontes, que manteve na última semana intensa agenda de sessões extraordinárias para evitar prescrições em massa de processos na Corte. Com a atividade extra da força-tarefa, que trabalhou até no sábado, quase 250 processos dos cerca de 300 “à beira” do arquivamento foram julgados, muitos com a condenação de ex-gestores.

O risco de prescrições em massa, criado e ampliado após uma série de leis aprovadas pela Assembleia Legislativa nos últimos anos, vinha sendo denunciado nesta coluna desde o fim do ano passado. O mesmo espaço, portanto, elogia agora a iniciativa positiva da Corte no sentido de evitar a impunidade. Resta saber agora qual o impacto dos casos que não conseguiram ser “resgatados” pela ação emergencial do TCE.

(Foto – Divulgação)

Mauro Albuquerque alertou em 2016 ao MPCE sobre corrupção de agentes prisionais

Com o título “Em 2016, Mauro Albuquerque alertou ao MPCE sobre a corrupção de agentes prisionais”, eis a Coluna Segurança, do jornalista Thiago Paiva, no O POVO desta segunda-feira;

Titular da Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), Mauro Albuquerque conhece as falhas do sistema prisional cearense bem mais do se imaginava. Partiram do secretário, ainda em 2016, as informações sobre os indícios de corrupção por parte de agentes penitenciários do Estado que resultaram em pelo menos quatro operações deflagradas pelo Ministério Público do Ceará (MPCE).

Masmorras Abertas, Mecenas, Correria e Ligações Clandestinas. Todas culminaram na descoberta de crimes cometidos por servidores, incluindo diretores das unidades, membros da cúpula da extinta Secretaria da Justiça e Cidadania (Sejus). E todas as operações tiveram como origem as informações repassadas pelo próprio secretário, à época coordenador da Força de Intervenção Penitenciária Integrada (Fipi), do Ministério da Justiça.

“O Mauro nos apresentou severos indícios da existência de corrupção espalhada em diversas unidades, seja pela quantidade de celulares achados na época, seja por outros aspectos. Ele alertou para a problemática. Baseado nisso, instauramos procedimentos de investigação criminal que redundaram no afastamento de diretores e gestores da Sejus”, declarou o promotor Nelson Gesteira, em entrevista à coluna.

Membro do Núcleo de Investigação Criminal (Nuinc) e da Promotoria de Justiça de Corregedoria de Presídios e Penas Alternativas, Gesteira destaca que, em decorrência das operações, há suspeitos presos, condenados, afastados ou demitidos. “Todos por comprovados atos de corrupção, como a prática permissiva da entrada de celular e drogas nas unidades. Três agentes foram presos em flagrante, fruto das ações desencadeadas em 2016”, ressalta.

É sabido que o grupo coordenado por Mauro foi enviado ao Ceará, naquela ocasião, para auxiliar na retomada dos presídios cearenses que haviam “quebrado” em razão da greve dos agentes penitenciários. A paralisação de 17 horas deixou 14 presos mortos e causou uma instabilidade no sistema que durou quatro meses.

Entretanto, além de gerir a intervenção, Mauro participou da comissão que investigou a origem das rebeliões, suas causas e efeitos. Um relatório foi produzido e apresentado ao governador Camilo Santana (PT). O documento desencadeou ações civis e criminais pelo MPCE. Processos que ainda tramitam, tendo entre os acusados membros do Sindicato dos Agentes e Servidores do Sistema Penitenciário (Sindasp-CE).

Gesteira lembra que os dirigentes foram considerados os “causadores da grande rebelião”. Em entrevista ao O POVO, publicada ontem, 27, o presidente do Sindasp-CE, Valdemiro Barbosa, afirmou que a greve foi legal. Ele atribuiu o impacto negativo da paralisação à “fragilidade da gestão” da época. Barbosa defendeu que “pode haver corrupção” entre os agentes, mas apenas “casos pontuais”.

Em março de 2018, na operação Mecenas, drogas, celulares e documentos foram apreendidos na CPPL 5. Um agente penitenciário foi afastado. No mês seguinte, na Masmorras Abertas, foram afastados sete servidores públicos, entre agentes, diretores e coordenadores da Sejus. Em maio, na Correria, um agente penitenciário foi preso. E em setembro, na Ligações Clandestinas, documentos, celulares e drogas foram apreendidos na CPPL 7.

Na manhã do último dia 8, os promotores voltaram a se reunir com Mauro Albuquerque, agora secretário. Desta vez, apresentaram um relato verbal sobre as operações realizadas pelo MPCE e solicitaram a manutenção do acesso à base de dados da SAP, o Sistema Penitenciário (Sispen), para dar seguimento às apurações e deflagrar novas operações.

A preocupação do grupo aumentou após a apreensão de 2.300 celulares nas unidades desde o último dia 2. A quantidade absurda de aparelhos recolhidos acendeu o alerta entre os promotores e o secretário. “Isso demonstra que ainda se encontram presentes alguns atos que merecem a nossa atenção. Indica que não conseguimos afastar ou chegar a todos, que ainda tem mais coisa para ser feita”, disse Gesteira.

Segundo o promotor, Mauro Albuquerque concordou em auxiliar no combate à corrupção e se disponibilizou para, mais uma vez, ele próprio, fazer novas denúncias. “Precisamos da ajuda dele para ter acesso às informações que nos levarão a elucidar outras suspeitas que temos. Conversamos, até para ele ter a sensibilidade de manter algumas pessoas em pontos-chave da secretaria”, completou.

O resultado das operações do MPCE demonstra o tamanho do desafio posto para Mauro Albuquerque, uma vez superada a atual crise. O novo modelo de gestão, que alterou a conduta e os procedimentos adotados na custódia dos presos, depende fundamentalmente da idoneidade dos agentes prisionais. E nesse mar de problemas a serem solucionados, é bom saber que o secretário não estará navegando em águas desconhecidas.

(Foto – Divulgação)

Editorial do O POVO – “Mariana, Brumadinho e o País das tragédias anunciadas”

Com o título “Mariana, Brumadinho e o País das tragédias anunciadas”, eis o Editorial do O POVO desta segunda-feira:

Até quando? A palavra se impõe diante do registro de mais uma tragédia no Brasil que determina prejuízos ambientais de dimensão incalculável e perdas humanas no campo do irreparável. O dramático episódio que agora faz o País chorar em torno de Brumadinho, em Minas Gerais, choca, com especialidade, até dói, ao se perceber que estamos diante de um quadro absolutamente previsível e que poderia ser evitado, houvesse um pouco mais de responsabilidade e compromisso da parte dos envolvidos, tanto os da área pública como aqueles que operam pelo setor privado.

Há apenas três anos vivíamos o mesmo cenário, na mesma região, pelos mesmos motivos, praticamente, fruto de um quadro muito evidente de negligência e omissão que se repete. Portanto, reforçamos, o que acontece em Minas, a partir do rompimento de uma barragem administrada por uma empresa de mineração de grande porte, como a Vale do Rio Doce, insere-se na categoria do inaceitável e exige uma exemplar identificação e punição dos responsáveis, inclusive quando se percebe que o prejuízo calculado em termos de perda de vidas apresenta-se expressivamente maior. Mais gente morreu em Brumadinho, lembre-se.

Nenhuma indenização material que agora seja determinada conseguirá repor as perdas na dimensão em que elas estão apresentadas, no aspecto ambiental ou humano. Qualquer coisa que se faça nesse sentido terá um foco muito mais preventivo, estará olhando para o futuro, assumindo uma faceta de caráter essencialmente pedagógico e não de uma busca de reparar erros que, nesse caso, já terão deixado seus efeitos nefastos marcados na vida de milhares de pessoas.

Através de seus vários instrumentos, nos planos diversos em que se estrutura, no parlamento, no executivo e no Judiciário, o Estado precisa dar as respostas que situem-se no tamanho do problema colocado diante dele, que pareça exemplar e que tenha a capacidade simbólica de indicar, de maneira a mais clara, que nossa capacidade de conviver com tragédias de tal envergadura chegou ao seu limite. O prejuízo do País estende-se aos aspectos mais variados, embora a prioridade nesse momento deva ser total aos gestos de solidariedade com aqueles que tiveram suas vidas afetadas pela morte de parentes, a ameaça aos empregos ou com a perda de suas moradias.

A urgência que precisa mobilizar a todos é humana e deve ser mantida à distância de qualquer tipo de influência outra que nos faça desviar a discussão para o ódio político ou a diferença ideológica. Por favor, esta é uma situação que precisa de todos os cidadãos unidos, cada um de nós oferecendo o que tiver de melhor para reduzir o sofrimento de quem é vítima real e direta de mais uma das tantas tragédias anunciadas que desafiam o Brasil, um governo após o outro.

(Editorial do O POVO)

Por falta de recursos, ONG retorna atividades com atendimento reduzido

A Organização Não Governamental (ONG) Existir, que realiza atividades extracurriculares com crianças e adolescentes com Síndrome de Down, no bairro Bela Vista, inicia os exercícios educacionais de inclusão de 2019 com apenas dois dias na semana – quarta-feira e quinta-feira -, diante da falta de recursos.

As crianças e adolescentes assistidos participam de brincadeiras e recebem lembrancinhas doadas pelos padrinhos. A direção afirma que tenta minimizar o preconceito e as diferenças sociais, aproximando a sociedade civil do projeto.

“Estamos de portas abertas para quem deseja nos conhecer”, disse João Manoel, que é pai de uma criança Down e presidente da organização.

Outra bandeira da instituição é a inclusão educacional e social. “Sempre defendi a inclusão, sobretudo a liberdade igualitária para todos, mas vejo muita resistência. Para tanto, necessitamos do apoio profissional, governamental e familiar”, completou Manoel.

A ONG Existir conta com o apoio voluntário de uma assistente social, uma terapeuta ocupacional, uma fonoaudióloga, uma pedagoga e uma psicopedagoga.

(Foto: Divulgação)

Pode isso, Arnaldo?

179 1

Da Coluna Guálter George, no O POVO deste domingo (27):

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Zezinho Albuquerque, se licencia do mandato e assume a Secretaria das Cidades apenas depois de passar a presidência da Assembleia para o sucessor, em fevereiro próximo. Mas, diariamente conversa com Paulo Henrique Lustosa, que continua secretário e, já está decidido, permanecerá na equipe, à frente de uma das fortes coordenadorias que integram a pasta, uma das mais capilares e estruturadas da máquina estadual.

As articulações para Mesa Diretora da Assembleia seguem firmes, agora sob o comando de José Sarto (já definido como candidato de consenso dos governistas à presidência). A novidade das últimas horas é que o PP garantiu uma das vagas e já definiu que o deputado Leonardo Pinheiro irá ocupá-la, resultado direto do expressivo crescimento da bancada entre eleição e posse, depois de fechadas as urnas. Pode isso, Arnaldo?

Pode. Na verdade, calcula-se que o PP terá seis representantes quando os trabalhos da nova legislatura começarem no dia 1º. O próximo a anunciar filiação ao partido, cuja executiva estadual é presidida pelo deputado federal eleito AJ Albuquerque, deverá ser Nelinho, deputado estadual eleito pelo PSDB. Antes dele, o Apóstolo Luiz Henrique já migrara do Patriota. Além disso, a licença de Zezinho, pai de AJ, dará lugar ao suplente pepista Lucílvio Girão.

Todos contra o crime – Camilo destaca união dos estados e das tropas federais

240 3

O governador Camilo Santana destacou neste sábado (26), por meio do Facebook, os resultados da operação contra-ataque, realizada entre o fim da tarde dessa sexta-feira (25) e a madrugada deste sábado (26), que mobilizou cerca de 5,7 mil agentes de segurança.

Mais de 40 pessoas foram presas ou apreendidas, além de 11 armas de fogo e 4,36 quilos de drogas.

“Parabenizo a todos que fazem as forças de segurança do Ceará, tropas federais e estados parceiros por todo o empenho durante a megaoperação de combate ao crime, realizada ontem e hoje. Foram dezenas de prisões e redução significativa nos índices de criminalidade. Minha determinação é para que essas ações sejam cada vez mais intensificadas no Ceará. Todos juntos contra o crime”, disse.

Mercado de Caucaia – Obras de reforma devem concluídas dentro de 50 dias

O prefeito Naumi Amorim, de Caucaia (Região Metropolitana de Fortaleza), inspecionou as obras de reforma do Mercado Municipal Juaci Sampaio Pontes, situado no Centro. Na ocasião, ele conversou com permissionários, clientes e visitantes do espaço.

O equipamento está com 75% do projeto executado e o investimento global é de R$ 1,4 milhão. Prevê melhorias na segurança da coberta, que está sendo totalmente modificada, além de reforma nas quatro fachadas laterais do prédio. A intervenção deve durar mais 50 dias.

O Mercado é composto de seis galpões. Os dois centrais foram reformados na primeira etapa da obra, em 2017. Nesta segunda etapa, os quatro galpões restantes, dois do lado esquerdo e mais dois do lado direito, estão sendo trabalhados.

Para isso, toda estrutura metálica de aço danificada dos galpões I e II foi demolida e já está concluída a reforma. Nos dois galpões com obras concluídas, os técnicos estão dando suporte a pequenas manutenções hidráulicas.

Nos galpões V e VI, já foi concluída a demolição das vigas de aço e estão sendo preparados os apoios para a nova estrutura metálica da coberta. Ainda nesta semana, a Prefeitura providenciará os apoios da nova coberta.

Toda a cobertura é revestida com estrutura metálica. A fachada terá engenharia ventilada. O prazo para conclusão será de 55 dias.

(Foto – Divulgação)

UFC oferece vagas para professor em Fortaleza

Estão reabertas as inscrições para seleção de professor substituto do Instituto de Ciências do Mar (Labomar) da Universidade Federal do Ceará, em Fortaleza. As inscrições seguirão nos dias 28 e 29 deste mês de janeiro, de forma presencial ou por procuração, na sede do órgao (Avenida. da Abolição, 3207, Meireles).

A vaga é para o setor de estudo Oceanografia Física, com regime de trabalho de 40 horas semanais. É exigido o título de mestre.

Outras informações sobre inscrições, remuneração e cronograma do processo seletivo estão detalhadas no Edital n° 198/2018, disponível no site da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (https://bit.ly/2Hud0Nd).

Outros certames

Já a Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas da Universidade Federal do Ceará lançou o Edital nº 14/2019 (https://bit.ly/2WkZvTq), de seleção de professor substituto em Fortaleza. São ofertadas três vagas.

Uma delas é para o Departamento de Biologia, no setor de estudo Zoologia, com regime de trabalho de 20 horas semanais. As inscrições ocorrem nos dias 30 e 31 de janeiro e 1º, 4 e 5 de fevereiro. Exige-se, inicialmente, título de doutor. Em caso de inexistência de candidatos, as inscrições são automaticamente reabertas, exigindo-se menor titulação, em datas posteriores, já previstas no edital.

Outra vaga é para o Departamento de História, no setor de estudo História Geral, com regime de 40 horas semanais. Nesse caso, as inscrições ocorrem nos dias 30 e 31 de janeiro e 1º de fevereiro. Também é exigido, inicialmente, título de doutor, com reabertura de inscrições em novas datas se não houver candidatos.

Há, ainda, uma vaga para o Departamento de Odontologia Restauradora, no setor de estudo Materiais Dentários, Dentística Clínica e Clínica Integrada, com regime de 40 horas. As inscrições devem ser feitas nos dias 30 e 31 de janeiro e 1º, 4 e 5 de fevereiro, para candidatos com título de doutor e de mestre. Como ocorre com as outras vagas, em caso de inexistência de candidatos, as inscrições serão reabertas a candidatos com diploma de graduação.

As inscrições devem ser feitas no endereço dos respectivos departamentos. Os documentos exigidos e demais detalhes do processo seletivo podem ser vistos no Edital nº 14/2019, disponível no site da PROGEP (https://bit.ly/2WkZvTq).

(Foto – Evilázio Bezerra)

PT do Ceará faz encontro neste sábado. A ordem é ofensiva contra o governo Bolsonaro

José Guimarães deve ser o líder das minorias na Câmara.

Neste sábado, às 9 horas, no Hotel Amuarama (Bairro de Fátima), o Partido dos Trabalhadores fará reunião com membros do seu diretório estadual.

O objetivo é discutir a organização da campanha Lula Livre no Ceará, a Frente em Defesa dos Direitos do Povo e contra os retrocessos do governo Bolsonaro.

Na prática, a agenda será a definição de novos atos em favor de Lula e, no plano parlamentar, postura contrária às reformas propostas pelo atual governo. O alvo prioritário é a derrubada de matérias que digam respeito à reforma da Previdência.

(Foto – Arquivo)

Confira o plantão do TJ do Ceará para este fim de semana

Magistrados da Capital e de comarcas do Interior atenderão, em regime de plantão, neste fim de semana. No Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), o atendimento será feito pelos desembargadores Francisco de Assis Filgueira Mendes e Francisco Lincoln Araújo e Silva. Os magistrados atenderão, respectivamente, neste sábado (26) e domingo (27), das 12 às 18 horas, no Palácio da Justiça (Bairro Cambeba), em Fortaleza. A informação é da assessoria de imprensa do TJCE.

No Fórum Clóvis Beviláqua, o plantão ficará a cargo da 19ª e 20ª Varas Cíveis, da 20ª Unidade do Juizado Especial Criminal e do Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher da Capital. Os juízes estarão disponíveis das 12h às 18h. Os pedidos de natureza cível, no âmbito de competência da Infância e da Juventude, destinados apenas para apreciação de casos urgentes, serão analisados pelos citados plantonistas.

Interior

No Interior, o atendimento acontecerá das 8h às 14h nos fóruns das comarcas de Juazeiro do Norte (Vara de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher), Crato (2ª Vara Cível), Iguatu (3ª Vara), Aurora (Vara Única), Cedro (Vara Única), Senador Pompeu (Vara Única), Itapiúna (Vara Única), Russas (1ª Vara), Fortim (Vara Única), Maracanaú (1ª Vara Criminal), Aquiraz (JECC), Caucaia (Vara Única da Infância e da Juventude), Santana do Acaraú (Vara Única), Sobral (3ª Vara Cível), Granja (2ª Vara), Tianguá (3ª Vara), Carnaubal (Vara Única), Tamboril (Vara Única), Parambu (Vara Única) e Canindé (1ª Vara).

SSPDS deflagra operação saturação em Fortaleza. Na ação, mais de mil agentes

220 1

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) deflagrou a Operação Contra-ataque. A ofensiva, a maior já realizada no Ceará, segundo a assessoria de imprensa do órgão, tem como objetivo realizar saturação em pontos sensíveis de Fortaleza e Região Metropolitana apontados pelos setores de inteligência policial.

As vinculadas da SSPDS – Polícia Militar do Ceará (PMCE), Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (CBMCE) e Perícia Forense do Ceará (Pefoce) –, a Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) e órgãos municipais e federais parceiros – Guarda Municipal de Fortaleza (GMF), Autarquia Municipal de Fortaleza (AMC), Agência de Fiscalização do Fortaleza (Agefis) e Polícia Rodoviária Federal (PRF) – participam da iniciativa atuando em conjunto.

Milhares de agentes de segurança, trânsito e fiscalização, centenas de viaturas, três aeronaves da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) da SSPDS e um helicóptero da Polícia Rodoviária Federal (PRF) atuam de forma integrada no combate à criminalidade, realizando cercos, ações de saturação, cumprimento de mandados, barreiras de fiscalização.

Os agentes penitenciários agem na busca de foragidos e conferindo a localização de apenados que usam tornozeleiras eletrônicas. Mais detalhes da Operação Contra-ataque serão divulgados, neste sábado (26).

(Foto – SSPDS)

Tasso, Eduardo Girão e Capitão Wagner garantem apoio a Camilo no enfrentamento à violência

490 2

O governador Camilo Santana postou há pouco, em sua página no Facebook, o apoio dos senadores Tasso Jereissati e Eduardo Girão, além do deputado federal Capitão Wagner, no enfrentamento à violência no Ceará, que desde o início do ano registra ataques a ônibus, transportes escolares, carros-pipa, estações de energia elétrica, viadutos, entre outros equipamentos públicos e particulares.

“Recebi há pouco, na sede do Governo, os senadores Tasso Jereissati e Luís Eduardo Girão, e o deputado Wagner Souza. Conversamos sobre as ações de enfrentamento ao crime que o Ceará tem feito e sobre a importância do envolvimento do Governo Federal nessa luta. Agradeço aos parlamentares pela disposição demonstrada em ajudar o nosso Estado”, disse Camilo.

(Foto: Facebook)

Neste ultimo fim de semana das férias, sete das 11 praias de Fortaleza estão boas para o banho

Neste último fim de semana das férias escolares e da alta estação do turismo, sete das onze praias de Fortaleza monitoradas pela Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) estão próprias para banho. É o que informa o boletim semanal de balneabilidade divulgado, nesta sexta-feira (25),  pela assessoria de imprensa do órgão.

A lista está disponível no site e no aplicativo da autarquia, ajudando cearenses e turistas na escolha da praia para o lazer e a prática de esportes.

Praias

Na Zona Centro, estão próprias as praias localizadas entre a Volta da Jurema e a foz do Riacho Maceió, e entre a obra do Aquário e o espigão da rua João Cordeiro.

Na Zona Leste, estão próprias todas as praias da extensão da Praia do Futuro, com exceção do trecho localizado entre os postos 1 e 2 do Corpo de Bombeiros.

Na Zona Oeste, os dois trechos compreendidos entre a avenida Philomeno Gomes e a rua Lagoa do Abaeté está aprovados.

(Foto – Arquivo)