Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Plebiscito divide base dilmista no Ceará

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=1IX6YpMEDHE&feature=c4-overview&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

Aliado do Governo Dilma Rousseff, o deputado federal Eudes Xavier defendeu, nesta terça-feira, o plebiscito para que a população se manifeste sobre Reforma Política.

Essa tese, no entanto, não tem o apoio de todo aliado da presidente Dilma Rousseff no Congresso. A deputada federal Gorete Pereira (PR), por exemplo, prefere o referendo.

* Dicionário do Blog

Veja o que é Plebiscito aqui.

Veja o que é Referendo aqui.

Felipão e Parreira darão palestra em Fortaleza

O coordenador Parreira e o técnico Felipão

Parreira e Felipão conquistaram a Copa das Confederações.

O técnico da Seleção Brasileira, Luis Felipe Scolari, e o seu auxiliar técnico, Carlos Alberto Parreira, agendaram visita ao Ceará. Eles acertaram ontem com o presidente da Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores (ABAD), José do Egyto, participação na 33ª Convenção Nacional dos Atacadistas e Distribuidoras.

Os dois darão palestra abrindo esse encontro no Centro de Eventos, a partir das 14 horas do dia 5 de agosto. “Os dois vão expor experiência de como superar dificuldades e ser um vencedor”, explica Egito, adiantando esperar nessa convenção cerca de 30 mil convidados.

No encontro, ainda, homenagem a Ivens Dias Branco, controlador do Grupo M. Dias Branco, que chega aos 60 anos de atividades, e fala de Deusmar Queiroz (Pague Menos), para jovens atacadistas.

Centrais sindicais e bancários fazem corpo a corpo no Aeroporto de Fortaleza

231 3

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=ePS2D4bV5Uc&feature=c4-overview&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

Cerca de 50 pessoas ligadas a centrais sindicais, puxadas pelo Sindicato dos Bancários do Ceará, realizaram, na madrugada desta terça-feira, no Aeroporto Internacional Pinto Martins, um ato de protesto.

Em forma de corpo a corpo junto a parlamentares federais cearenses que embarcavam para Brasília, onde retomarão atividades legislativas, usou cartazes e palavras de ordem pedindo o fim do Fator Previdenciário, a redução da jornada de trabalho e a derrubada do projeto de lei 4330, que amplia as terceirizações no setor público.

O presidente do Sindicato dos Bancários do Ceará, Carlos Eduardo Bezerra, em conversa com o Blog, deu mais detalhes da mobilização que tem também o objetivo de divulgar uma paralisação nacional que as centrais sindicais como CUT, CGB, CTTB, UGT, Conlutas  e Nova Central puxam para o próximo dia 11.

Veja ato em imagens:

atol3

Manifestantes tentaram usar som, mas Infraero não permitiu.

atol

Deputados Gorete Pereira (PR) e Eudes Xavier (PT) deram apoio.

edol

Edson Silva (PSB) se sentiu em casa. Já foi bancário.

A manifestação durou cerca de 40 minutos – horário do embarque dos voos para Brasília, e foi em tom pacífico. Não, não obteve grande apoio. Teve pouca repercussão essa carona na onda dos movimentos populares.

(Fotos – Paulo MOksa)

Consumo cresce 11,4$% no Ceará

“O Ceará teve crescimento de 11,4% no consumo de energia residencial durante o mês de maio de 2013, comparando ao mesmo período do ano passado. É o que mostrou estudo divulgado nesta segunda-feira, 1º, pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE), órgão vinculado ao Ministério de Minas e Energia. Esse índice supera o alcançado pelo Nordeste (9,5%).

O estudo mostrou ainda que o crescimento do consumo residencial observado em maio deste ano (7,4%), em comparação a igual mês de 2012, se deu de forma generalizada em todas as regiões brasileiras. No Sudeste e no Sul, que concentram dois terços do consumo residencial do País, os avanços apurados em maio foram 5% e 6%, respectivamente.

De acordo com a EPE, nos últimos 12 meses, foram efetuadas mais de 2 milhões e 80 mil novas ligações residenciais no Brasil, das quais 31% na Região Nordeste. O consumo médio mensal por residência evoluiu 2,2% em relação a maio do ano passado, registrando expansão de 4,1% no Nordeste.

O consumo nacional de energia elétrica cresceu 4,2% em maio frente o mesmo período do ano passado, totalizando 38.354 GWh. O destaque ficou com o segmento industrial, em que a demanda subiu 1,9%, alta pela primeira vez desde maio do ano passado e maior avanço desde março de 2012.”

(Das Agências)

Professores não terão descontos salariais referentes aos dias de paralisação

Após ser firmado Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), na última sexta-feira (28), ficou decidido que não haverá descontos salariais referentes aos dias de paralisação da greve – iniciada pelos professores municipais de Juazeiro do Norte no dia 12 de junho. O documento foi assinado pelo Ministério Público do Estado do Ceará (MP-CE), pela Prefeitura de Juazeiro do Norte e pelo Sindicato de Servidores Públicos Municipais de Juazeiro do Norte (Sisemjun).

Também está definido que será encaminhada à Câmara Municipal proposta alterando a Lei nº 4201, que trata sobre o salário-base dos docentes e a carreira do magistério. Ainda esta semana, será convocada uma sessão extraordinária para discussão da proposta.

O Sisemjun se comprometeu com a suspensão da greve, com o retorno às aulas no primeiro dia letivo do segundo semestre. Em caso de descumprimento do TAC, haverá multa diária no valor de R$ 10 mil.

Os salários dos professores de Juazeiro do Norte haviam sido reduzidos pela gestão municipal. Na última semana, o prefeito Raimundo Macedo (PMDB) aceitou fechar acordo com a categoria e as gratificações foram recolocadas. Atualmente, o piso estabelecido pelo Ministério da Educação para o magistério é de R$ 1,56 mil. Somando gratificações, professores de Juazeiro recebem um pouco mais de R$ 2,2 mil. Com os descontos que haviam sido feitos, os educadores poderiam perder até R$ 600.

(O POVO Online)

Moradores de rua da Itaoca protestam contra buraco adotando placa curiosa

747 4

buracoll

Eis uma forma bem curiosa dos moradores da rua Dr. Justa Araújo, no bairro Itaoca, em Fortaleza, protestarem contra este buraco que perdura há algum tempo. Fica bem em frente ao número 140 dessa via.

Bom destacar que a gestão ex-prefeita Luizianne Lins (PT), hoje substituída pelo estilo Roberto Cláudio (PSB), era alvo de críticas constantes por causa da buraqueira.

(Foto – Paulo MOska)

Unilab divulga lista de aprovados para a primeira chamada do Sisu

A Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira, localização em Redenção, no Ceará, divulgou nesta segunda-feira (01) a lista de aprovados por curso para a 2ª Chamada do Sistema de Seleção Unificado (SiSU/MEC) 2013.2. Para esta chamada, estão sendo ofertadas vagas nos cursos de: Administração Pública (15), Agronomia (14), Ciências da Natureza e Matemática (14), Enfermagem (18), Engenharia de Energias (19), Bacharelado em Humanidades (73) e Letras (17). As matrículas serão realizadas nos dias 8 e 9 próximos, das 9 às 12 horas e das 14 às 17 horas, de acordo com o calendário abaixo:

Dia 8

Administração Pública, Agronomia, Ciências da Natureza e Matemática, Enfermagem, Engenharia de Energias e Letras – Língua Portuguesa.

Dia 9

Bacharelado em Humanidades e retardatários de todos os cursos.

Os candidatos que optaram pelas vagas de ação afirmativa nas modalidades L1 e L2, por possuírem renda familiar bruta per capita igual ou inferior a 1,5 salário mínimo, devem obrigatoriamente apresentar, no ato da matrícula, toda a documentação de comprovação de renda, sua e de seus familiares.

SERVIÇO

O formulário de requerimento para comprovação de renda per capita e a relação de documentos está disponível no site da Unilab (www.unilab.edu.br).

Mais informações na sala do Núcleo de Acesso dos Estudantes (Nuace). Contatos: (85) 3332.1471 ou selecao@unilab.edu.br.

(Site da Unilab)

A história condenou o FHC presidente ao ostracismo?

325 9

SAO PAULO/SP 05/09/2006 - 16:00 H - FHC / ENTREVISTA - VARIEDADES JT - Entrevista com ex Presidente da Republica, Fernando Henrique Cardoso em seu escritorio no Instituto.

Com o título “O chá dos ‘umbigos delirantes”, eis artigo do jornalista Felipe Araújo, no O POVO desta segunda-feira. Ele critica a Academia Brasileira de Letras e a entrada de um novo membro: o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. “A história tratou de condenar o FHC presidente ao ostracismo – por seus malfeitos ao País. O FHC sociólogo, o próprio FHC presidente tratara de enterrar. Fico em dúvida sobre qual FHC a ABL tenta ressuscitar agora”, diz o jornalista. Confira:

A Academia Brasileira de Letras (ABL) – desde muito tempo – deixou de ser uma instituição relevante. Há anos, seu protagonismo se restringe a intervir nas cotações do mercado nacional de vaidades, afagando políticos e empresários. Vigora no casarão da avenida Presidente Wilson uma economia simbólica estéril e anacrônica que deixa para a história não mais que uma embolorada galeria de encômios casuístas. A ABL é a casa da burocracia do elogio fácil; um porfioso Baile da Ilha Fiscal da “inteligência” nacional.

Na semana passada, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso foi eleito “imortal”. Cadeira 36, cujo patrono é Afonso Celso – aquele do Por que me ufano do meu país. FHC, o superlativo de PhD, como definiu Millôr Fernandes. O intelectual que, chegando ao poder, pediu aos brasileiros que esquecessem o que havia escrito. O sociólogo outrora elevado à condição de “príncipe da sociologia”, mas que carrega em seu currículo graves acusações de plágio, sobretudo na formulação da sua “Teoria da Dependência”, cujas ideias centrais teriam sido despudoradamente copiadas de autores como Ruy Mauro Marini. Sem falar em sua “Mein Kampf” tropical, a biografia A soma e o resto, mesmo título de um livro do marxista francês Henri Lefebvre.

Não creio que cada país tenha os “imortais” que mereça. A Academia Brasileira de Letras, há muito, não vive no Brasil real, não dialoga com sua cultura, com seu povo, com os impasses de seu tempo. Prefere convidar “umbigos delirantes” para o chá dos fardões. “O que me impressiona é que esse homem, que escreve mal e fala pessimamente, as frases se contradizem entre si, é considerado o maior sociólogo brasileiro”, escreve Millôr Fernandes no genial O primado da ignorância, em que demole a escrita do ex-presidente ao analisar seu principal livro, Dependência e desenvolvimento na América Latina.

A história tratou de condenar o FHC presidente ao ostracismo – por seus malfeitos ao País. O FHC sociólogo, o próprio FHC presidente tratara de enterrar. Fico em dúvida sobre qual FHC a ABL tenta ressuscitar agora.

* Felipe Araújo

felipearaujo@opovo.com.br 
Editor-chefe do Núcleo de Cultura e Entretenimento.

Ex-reitor da Uece ganhará título e medalha de Doutor Honoris Causa no Peru

manases

O professor e pesquisador Manassés Fonteles acaba de ganhar reconhecimento internacional. Ex-reitor da Universidade Estadual do Ceará e da Universidade Mackenzie, de São Paulo, ele receberá título e medalha de Doutor Honoris Causa da Universidade de Lima.

A cerimônia foi marcada para o próximo mês, no Peru. Manassés, nessa ocasião, também passará á condição de membro da Academia Mundial de Educação.

CUCAs – Prefeitura retoma seleção para 164 vagas

“O Instituto CUCA, organismo da Prefeitura de Fortaleza, retoma processo seletivo com mais 15 dias de prazo para inscrição de novos candidatos(as). São vagas previstas para os dois novos CUCAs, com previsão de inauguração no mês de setembro. Ao todo, são 164 vagas e os interessados(as) têm até o próximo dia 15 de julho para fazer inscrição.

O processo seletivo foi aberto em novembro do ano passado. Na ocasião, o Instituto recebeu 2.691 currículos de candidatos(as) aos 44 diferentes cargos. Todo o processo iniciado no ano passado está mantido na sua integridade e os candidatos antes já cadastrados não precisam entregar novamente seus currículos agora.

A seleção será realizada em três etapas eliminatórias: análise do currículo; atividade escrita e/ou dinâmica de grupo; e entrevista individual.”

SERVIÇO

* Todas as informações adicionais estão no site cucajuventude.com.br.

(Site da Prefeitura)

Renato Roseno – Queda de popularidade de Dilma mostra crise do sistema político

136 2

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=xcd0o-KAL14&feature=c4-overview&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

O advogado Renato Roseno, que disputou pelo PSOL a Prefeitura de Fortaleza no último pleito, avaliou, nesta segunda-feira,  a queda de popularidade da presidente Dilma – ela perdeu 20 pontos percentuais em clima de manifestações populares. Para Roseno, esse fato mostra a crise da velha política e não deve ser creditado só a Dilma Rousseff, mas a um sistema como um todo que não corresponde aos anseios da população.

Por conta disso, Renato Roseno defende a luta pela reforma política.

Cearense ocupa a vice-presidência da Comissão Nacional de Direito Sindical da OAB

katiana

A cearense Katiana Wirna tomará posse, nesta segunda-feira, como vice-presidente da Comissão Nacional de Direito Sindical criada pela Ordem dos Advogados do Brasil. O ato ocorrerá na sede da OAB, em Brasília, e será prestigiado por membros da Ordem no Estado. No grupo, o presidente da OAB, Waldetário Monteiro.

Essa Comissão Nacional de Direito Sindical é resultado de comissão do gênero criada pela OAB cearense e cujo objetivo é fiscalizar e garantir respeito à legislação trabalhista e às liberdades sindicais.

(Foto – Paulo MOska)

Suely Chacon é nomeada reitora pró-tempore da Universidade Federal do Cariri

Saiu no Diário Oficial da União portaria nomeando a professora Suely Chacon como reitora pró-tempore da Universidade Federal do Cariri, cuja sede será em Juazeiro do Norte. A posse dela, que saiu de lista tríplice, será definida numa conversa, nesta quarta-feira, do reitor da Universidade Federal do Ceará, Jesualdo Farias, com o ministro da Educação, Aloizio Mercadante.

Jesualdo está em Brasília tratado de pleitos do interesse da UFCA, pois a UFC vai tutelar o processo de implantação da nova universidade.

A presidente Dilma Rousseff sancionou, no ultimo dia 5, a lei que criou a Universidade Federal do Cariri (UFCA). A instituição funcionará nos campi da UFC localizados em Juazeiro do Norte, Barbalha e Crato. Serão construídas também instalações nos municípios de Icó e Brejo Santo. A expectativa é que a UFCA atenda 6.490 estudantes da região.

QUEM É

Suely Salgueiro Chacon possui graduação em Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Ceará (1990), Mestrado em Economia Rural pela Universidade Federal do Ceará (1994) e Doutorado em Desenvolvimento Sustentável pela Universidade de Brasília (2005). Atualmente é professora e pesquisadora da Universidade Federal do Ceará e Avaliadora Institucional do MEC/INEP. Tem experiência nas áreas de Economia, Socioeconômica, Meio Ambiente e Políticas Públicas, atuando principalmente nos seguintes temas: Semi-árido, desenvolvimento regional, desenvolvimento sustentável, políticas públicas, organização social de pequenas comunidades, recursos hídricos, energia alternativa, gestão ambiental e economia.

Prefeitura de São Gonçalo do Amarante manda nota para Blog sobre críticas de vice-prefeito

358 8

Da Prefeitura de São Gonçalo do Amarante, este Blog recebeu nota abordando manifestação realizada nesse município da Região Metropolitana de Fortaleza, na última sexta-feira. A nota vem assinada pelo secretário de Governo, Elder Gurgel em tom de resposta também ao vice-prefeito Avelino Forte. Confira:

Prezado jornalista Eliomar de Lima,

Esclareço que o prefeito de São Gonçalo do Amarante, Cláudio Pinho, recebeu, na sexta-feira (28/06), no auditório da Prefeitura, a comissão de organizadores do grupo de cerca de 200 manifestantes, composta pelo movimento de jovens, deficientes, representantes de vários distritos, vereadores, dentre outros cidadãos.

Na reunião o prefeito elogiou o movimento e disse ser um momento histórico para a cidade, pela liberdade ao debate e engajamento social da população, que começou a dar seu grito de liberdade, a partir da sua eleição, no ano passado. A audiência foi transmitida na íntegra pela principal rádio do município, Princesa dos Anancés.

O prefeito Cláudio Pinho e a equipe do secretariado ouviram as reivindicações de todos os presentes, ocasião em que debateu para esclarecer todos os pontos abordados pelos manifestantes, tais como, educação, saúde e a iluminação pública, que são inerentes a todo início de gestão.

Quero esclarecer, ainda, que parte do secretariado é formada por gestores locais de São Gonçalo do Amarante e outra parte da equipe, de fato, de outros municípios, cujos nomes são de referência em suas áreas de atuação. Enfatizo que dois dos secretários apontados como sendo de fora, foram indicados pelo vice-prefeito Avelino Forte, e que se ele realmente demonstra insatisfação, deve solicitar imediatamente a exoneração dos secretários, para que possa ter seu discurso enquadrado na coerência e verdade.

Em fevereiro a gestão através de lei legalizou as gratificações dos funcionários da Secretaria de Saúde, em seguida deu aumento de 8% retroativo aos professores, tendo como objetivo o planejamento para atender todas as categorias que estão defasadas. Por isso, não é verdadeira a afirmativa que diárias foram aumentadas sem atender aos funcionários públicos.

Agradeço sua atenção,

* Elder Gurgel

Secretário do Governo

Município de São Gonçalo do Amarante-Ce.

Major da PM fala da emoção de ter participado de manifestação em Fortaleza

169 1

protest

Com o título “Do outro lado do front”, eis artigo do major Plauto de Lima, da Polícia Militar, abordando manifestações registradas por todo o País. Ele revela ter estado no protesto ocorrido durante a passagem em Fortaleza da Seleção Brasileira e da emoção de ter cantado o Hino Nacional abraçado a um companheiro de farda que buscava garantir clima ordeiro, mas comovido com a ação da juventude. Confira:

Manifestações, greves, tumultos já vi e vivi tudo isso de dentro do front, na linha de contenção, como policial militar. Mas desta vez foi diferente, fui instigado pela curiosidade e sensibilidade de perceber que não teria outra oportunidade como aquela do dia 19 de junho. A Seleção pode voltar aqui em qualquer tempo, mas essa multidão nas ruas apaixonada e clamando por mudanças só acontece, pelo menos, de 20 em 20 anos, assim registra os livros de história do Brasil. Decidi viver esse momento histórico no outro lado do front, sentindo o calor juvenil das ruas tomadas por gritos libertários de justiça, igualdade e paz.

A última vez que isso ocorreu no País, no movimento “Fora Collor”, eu era um jovem tenente da Polícia Militar e os meus superiores me ensinaram que tudo aquilo era uma ameaça à ordem, e não um avanço democrático. Talvez tenha sido isso que foi falado para aqueles jovens policiais que vi no front, afinal, mesmo passados mais de 20 anos após a promulgação da Constituição Cidadã, essa instituição ainda não mudou com as mudanças, sendo que democracia e cidadania são produtos raros nos quartéis.

Curiosamente, quando caminhava no meio da multidão e passava pelos policiais, logo era reconhecido e ato contínuo, eles perfilavam e prestavam o cumprimento da continência para o hoje major. No olhar deles dava para perceber a angústia de um coração dividido entre a razão e a emoção, contidos por um regulamento disciplinar encarcerador, que impôs naquele dia uma jornada ininterrupta de 13 horas de serviço, sem nenhuma remuneração extra, alimentados no meio da rua, uma vez no dia, com uma “quentinha” fria, talvez por isso chamada de “ração”.

Caminhei mais um pouco e logo encontrei um oficial, também major, que estava trabalhando. Amigo de turma da Academia de Polícia, ele me abraçou no momento em que a multidão começou a entoar o hino nacional, tantas vezes ouvido e cantado por nós nas solenidades militares, mas nunca carregado de tanta emoção.

Não levei faixas nem cartazes para aquele ato repleto de diversas reivindicações, todavia as lições daquela manhã me impulsionaram a refletir e clamar por uma profunda reforma nessa importante instituição, cujo foco deveria ser, não a manutenção da ordem, mas a manutenção da democracia.

* Plauto de Lima

plautoroberto@gmail.com 
Major da Polícia Militar.  

Mauro Benevides se solidariza com médicos que rejeitam importação de cubanos

maurobenevides

O deputado federal Mauro Benevides (PMDB) ocupará a tribuna da Câmara dos Deputados nesta segunda-feira. Vai destacar as manifestações que os profissionais da área de saúde estão promovem em todo o País contra a importação de médicos para o País.

O governo federal, justificando que há carência de médicos principalmente na zona rural, quer contratar médicos de alguns países como Cuba, por exemplo.

Para Mauro Benevides, antes de adotar esse tipo de medida, o governo federal deveria reforçar os financiamentos na área da saúde e valorizar mais os profissionais do setor.

Manifestações – Rede Nacional de Advogados e Advogadas Populares do Ceará divulga nota

A Rede Nacional de Advogados e Advogadas Populares no Ceará (RENAP) manda nota para o Blog defendendo a necessidade das manifestações populares que se irromperam em todo o País. Ao mesmo tempo, repudia a ação da Polícia Militar e defende profissionais de imprensa, além de apregoar reforma política. Confira:

NOTA DA RENAP-CE SOBRE AS MANIFESTAÇÕES NO CEARÁ

A Rede Nacional de Advogados e Advogadas Populares no Ceará vem declarar seu apoio às manifestações que acontecem por todo o Estado. As diversas bandeiras, cartazes, reivindicações referem-se a legítimos clamores da população sobre as injustiças e violações que aqui sofrem cotidianamente. 

As inversões de prioridades dos governos estaduais e municipais, que se colocam reféns das elites econômicas, indignam toda a população. Tem-se muito que caminhar em questões como Educação, Saúde, Mobilidade Urbana, Sustentabilidade Ambiental e Moradia. Entretanto, quem está no poder político e econômico prioriza obras supérfluas como Acquário, Ponte Estaiada, além da viabilização dos lucros da FIFA e das empresas a ela associadas. Num Estado que já se encontra com 25 municípios em estado emergência por causa da seca e tem a menor execução orçamentária nesta área, conforme aponta o Ministério Público de Contas, causa revolta em toda população, principalmente, ao assistirem as chamadas obras “padrão FIFA” serem cumpridas.

Por causa destas inversões de prioridade e confusão entre o público e o privado, a RENAP-CE defende a urgente realização de uma ampla e profunda Reforma Política, a fim de que se consiga corrigir graves distorções existentes no sistema político atualmente em vigor, em pelo menos três aspectos: regulamentação dos mecanismos de democracia direta, fim do financiamento privado de campanhas eleitorais e rigoroso disciplinamento dos partidos político.
A Rede, assim, vem manifestar, ainda, o seu reconhecimento ao cumprimento do dever institucional realizado pela Defensoria Pública do Estado, contra as prisões arbitrárias e os excessos da força policial. Diversas pessoas, manifestantes ou não, foram apreendidas em “razão” de estereótipo, do preconceito e para justificar uma ação policial desproporcional, além da medida. Também aqui se quer destacar a importante solidariedade da Associação dos Defensores Públicos do Estado do Ceará- ADPEC e da Associação dos Juízes para à Democracia às manifestações.

A Ordem dos Advogados do Brasil, Secção Ceará, quando, mais uma vez na história, se coloca ao lado das garantias constitucionais, e do Estado Democrático de Direito, não se omite neste importante momento do país. Importante papel, também, desempenha o Ministério Público, quando observa os excessos da polícia e recomenda a não utilização de balas de borracha e gás lacrimogêneo, além de arquivar de procedimentos, claramente, sem prova alguma. Da mesma forma, repudia-se qualquer conduta e/ou declaração que criminalize manifestantes, que não se enquadrem na ordem injusta, imposta por forças de repressão a serviço de governantes desligados com anseios da população e ligados a interesses econômicos ilegítimos.

Compreende-se a indignação de manifestantes a certas empresas de comunicação, por não cobrirem de forma isenta os fatos ocorridos nas ruas. Todavia, a Renap-CE se coloca ao lado de todos os(as) trabalhadores(as) da imprensa, que cumprem importante papel neste diálogo com a sociedade em geral, e devem ter a garantia de realização do seu trabalho. A imprensa livre é instrumento popular, para a mudança no país, por isso que se apoia maior controle social dos meios de comunicação, em contra ponto aos interesses econômicos que hoje pautam grandes veículos.
Ademais, quer-se, também, destacar o trabalho de policiais sérios, que não se excedem e nem querem, gratuitamente, criminalizar as manifestações. A propósito, conclama-se a toda à força policial a não servir a quem esteja momentaneamente no governo e, por conseguinte, aos interesses da Fifa e de outros empresários. Assim, ao invés de se garantir cordões e perímetros, que se garanta as livres manifestações. Esta seria, realmente, a defesa do interesse público!

O Direito de Resistência é amparado pela Constituição Federal. As cidades, as pessoas pulsam por melhorias reais, concretas em suas vidas. Todo (as) que estão nas ruas lutando por direitos, por coletividades, pelo interesse público, contra o lucro de empresas, beneficiando pequenos setores, em detrimento da população em geral, tem todo o respeito desta Rede. Assim, é que a RENA-CE se coloca nas ruas, ao lado das manifestações!

* Rede Nacional dos Advogados e Advogads Populares no Ceará.

Pároco da Catedral apoia manifestações e puxa Hino Nacional durante missa

padreclairton-300x199

O Padre Clairton Alexandrino, da Catedral Metropolitana de Fortaleza, encerrou a missa das 12 horas deste domingo , lotada de jovens, com o canto do Hino Nacional e ganhando aplauso dos fiéis.

O sacerdote disse que apóia o movimento dos jovens nas ruas do País, pois defendem a aplicação justa dos recursos públicos em benefício da sociedade.

Disse mais: o vandalismo registrado em algumas manifestações é obra do demônio, por isso precisava ser reprimido com muita energia pela polícia.

Presidente da OAB/CE prevê manutenção das manifestações pelas reformas no País

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=S_2F5xA4Zvs&feature=c4-overview&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, regional do Ceará, Waldetário Monteiro, previu, nesta segunda-feira, que a onda de manifestações pelo País não vai cessar agora que terminou a Copa das Confederações. Para ele, a população precisará ficar alerta com objetivo de cobrar as reformas necessárias.

A OAB nacional, segundo Waldetário Monteiro, está articulando um projeto de iniciativa popular com objetivo de garantir a reforma política. Waldetário também comentou a ameaça da inflação.