Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Livro resgata brincadeiras tradicionais do Cariri

275 1

Letícia Graciano Nunes percorreu os quintais da Região do Cariri mapeando as brincadeiras mais características.  O resultado é o livro Quintais do Cariri – Pequeno Registro do Brincar, lançamento do Selo Editorial Aliás, que está disponível gratuitamente na Amazon.

O livro é um registro singular dos nossos costumes, das nossas infâncias e das nossas formas de brincar. Letícia andou por Crato, Juazeiro do Norte e Potengi fotografando e conversando com pessoas adultas e crianças que se dedicam a brincadeira. ‘Quintais do Cariri – pequeno registro do brincar’ traz desenhos feitos em lápis de cor, giz de cera, explicações de como se brinca e até partituras para se cantar/tocar as canções que outrora embalavam as brincadeiras.

O livro foi agraciado com edital Mais Infância, apoiado pela Secretaria de Cultura do Estado do Ceará, Lei 13.811, de 16 de agosto de 2006, que permitiu sua materialização.

(Do Blog Leituras da Bel)

Empreendedorismo nas escolas

Com o título “Empreendedorismo nas escolas”, eis artigo de Joaquim Cartaxo, arquiteto e superintendente estadual do Sebrae, que aborda cultura empreendedora. Confira:

A partir desse ano, a disciplina do “Empreendedorismo e Protagonismo” fará parte da grade curricular do Ensino Fundamental e Médio das Escolas da Rede Pública mantidas pelo Governo do Estado do Ceará. Assim, o Estado, que já é uma referência nacional em educação de tempo integral e que tem um exitoso programa de ensino profissionalizante nas escolas, dá mais um passo no sentido de contribuir positivamente na formação de uma geração de jovens cada vez mais preparados para as oportunidade e desafios do século XXI.

A cultura empreendedora é uma forte aliada da educação tradicional, pois estimula o indivíduo a adquirir autonomia por meio do desenvolvimento do raciocínio e criatividade. Ciente desta realidade, o Sebrae já vem buscando disseminar a cultura do empreendedorismo e incentivar o protagonismo juvenil, por intermédio de seu programa de educação empreendedora. No Ceará, desde 2013, esse programa do Sebrae já levou o ensino do empreendedorismo para mais de 140 mil estudantes do estado. Em 2018, foram beneficiados mais de 40 mil alunos dos ensinos fundamental, médio e superior de escolas das redes públicas e privadas do estado.

O programa atua capacitando professores e alunos, em duas frentes: o desenvolvimento de competências empreendedoras e a possibilidade de inserção sustentada no mundo do trabalho. A ideia é, mediante o ensino do empreendedorismo, contribuir para que jovens tenham plena capacidade de modificar o ambiente em que vivem. Portanto, esperamos que educação e empreendedorismo articulem-se na busca de um futuro melhor para a juventude.

Queremos que estes estudantes possam, a partir das capacitações, assumir o papel de protagonista em nossa sociedade e contribuir para o desenvolvimento de suas comunidades, municípios e do estado do Ceará. Vale lembrar que os números expressivos deste programa só são possíveis graças ao empenho de um corpo técnico e de consultores do Sebrae, aliado ao estabelecimento de parcerias estratégicas com o Governo do Estado, Prefeituras, Escolas Públicas e Privadas, Professores, Pais e os próprios estudantes, os protagonistas deste processo.

*Joaquim Cartaxo

Arquiteto urbanista e superintendente do Sebrae/Ceará.

Pedido restabelecimentode 21 mil benefícios suspensos pelo INSS do Ceará

O Ministério Público Federal requisitou ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que restabeleça imediatamente cerca de 21 mil benefícios previdenciários que foram suspensos ou cancelados no Ceará. A requisição se baseia em decisão da Justiça Federal que determinou ao INSS que deixasse de cancelar ou suspender benefícios sem que fossem esgotados todos os recursos previstos na esfera administrativa. A informação é do site do MPF do Estado.

A sentença contra o órgão foi expedida pela 6ª Vara Federal do Distrito Federal, em reposta a ação movida pelo MPF e pela Defensoria Pública da União (DPU), e tem abrangência nacional. O INSS vinha realizando pentes-finos para identificar possíveis irregularidades na concessão de benefícios com base em medidas provisórias editadas pelo Governo Federal (MP 739/2016 e MP 767/2017) e a suspensão de aposentadoria e auxílios com suspeitas de problemas estava ocorrendo sem a garantia de prévia defesa do segurado.

Ação semelhante tramitou na Justiça Federal no Ceará. No Estado, o pente-fino resultou na suspensão ou no cancelamento de 20.850 benefícios, incluindo auxílios-doença e aposentadorias por invalidez. O número consta em relatório apresentado pela Gerência Executiva do INSS no estado a pedido do MPF.

Novas revisões

As futuras revisões realizadas pelo instituto também devem assegurar que o cancelamento e a suspensão de benefícios ocorram apenas após o esgotamento de todos os recursos na esfera administrativa conforme a requisição assinada pelo procurador da República Oscar Costa Filho.

O procurador demonstrou preocupação com a edição de uma nova medida provisória (MP 817/2019) prevendo mais um pente-fino. “A MP pode ensejar a suspensão e cancelamento de benefícios em grande escala, uma vez que os indícios de irregularidade serão apurados por meio do cruzamento de dados cadastrais oficiais dos segurados, cujos resultados podem ser considerados provas pré-constituídas”, alerta o procurador.

Procuradoria da Mulher da Assembleia Legislativa quer mostrar serviço

A Procuradoria da Mulher da Assembleia Legislativa vai promover o projeto Papo com Mulheres. A primeira edição ocorrerá nesta quarta-feira, 6, a partir das 13h30min, no auditório Murilo Aguiar. O tema será “Mulheres: resistir e empreender” e ocorrerá numa parceria com a Federação de Bairros e Favelas e Visão Mundial.

A deputada Augusta Brito, atual Procuradora Especial da Mulher, mediará os trabalhos, que contarão com a participação de Larissa Gaspar, vereadora do PPL de Fortaleza, Renata Cavalcanti, gerente de Projetos da Visão Mundial Brasil, Maíra Nobre de Castro, chefe de Relações Empresariais do IFCE Fortaleza, e Luana Passos, digital influencer.

A ideia do debate é apresentar ao público-alvo, servidoras da Assembleia Legislativa e moradoras de diversas comunidades de Fortaleza, ferramentas que ajudem a gerenciar o próprio tempo, trabalhar com o que se gosta, driblando, assim, barreiras com relação à liberdade de escolha das mulheres e ambientes de trabalho conservadores e machistas.

(Foto – CMFor)

Força Nacional permanecerá no Ceará por mais 30 dias, informa Camilo

O governador Camilo Santana (PT) informou, na manhã desta terça-feira, 5, que a Força Nacional de Segurança (FNS) permanecerá no Ceará por mais 30 dias. “A informação não oficial que foi dada é que a Força Nacional irá ser estendida, apesar de que ministro acha que a situação já foi resolvida no Ceará”, acentuou Camilo ao falar durante a primeira sessão da Assembleia Legislativa.

Nesta terça-feira, o secretário nacional da Segurança Pública, General Theophilo, informou que, até o fim desta semana, os agentes da FNS começarão a deixar o Estado.

“Eu coloquei a necessidade de uma precaução. Estamos continuando fazendo trabalho que precisa ser feito dentro das unidades prisionais. E por uma questão de precaução, pra evitar qualquer tipo de incidente, era importante a permanência da Força Nacional com seus 406 homens aqui no Ceará”, ponderou o governador.

Ao todo, 420 militares vieram de Brasília reforçar a segurança pública do Estado em meio à onda de ataques iniciada no dia 2 de janeiro.

(Carlos Holanda, do O POVO Online/Foto – Germana Pinheiro)

DEM de Fortaleza sob nova direção

Tem novo presidente do DEM de Fortaleza. Assumiu o comando o ex-vereador Marcílio Gomes, que promete “reordenar a sigla na capital através da promoção de debates voltados para os desafios de uma política moderna e simétrica ao pensamento popular.”

A ordem é, também, preparar o DEM para o pleito de 2020.

Quem respondia pelo comando da sigla na Capital era Robinson de Castro e Silva, atualmente presidindo o Conselho Regional de Contabilidade e o time do Ceará Sporting Club.

(Foto – Divulgação)

A Universidade para quem?

399 1

Com o título “Universidade para quem?”, eis artigo de Wagner Pires, técnico-administrativo em Educação da Universidade Federal do Cariri (UFCA) e Mestre em Políticas Públicas e Gestão da Educação Superior. Ele comenta o cenário do ensino superior na Era Bolsonaro. Com certos temores. Confira:

Causou espanto alguns dias atrás, pelo menos para quem entende a universidade como espaço livre, plural e aberto à diversidade, a fala do atual ministro da Educação sobre a universidade não ser para todos e limitar-se a uma “elite intelectual”.

Durante quase toda a sua existência, a universidade brasileira foi um espaço das elites. Eram de classes ricas seus professores e alunos, e apenas estes se beneficiavam de suas atividades. Além disso, os campi concentravam-se no sudeste do país ou nas capitais dos estados, exigindo o deslocamento dos que moravam afastados destes locais para cursar um curso superior.

Nas últimas duas décadas, uma brisa suave veio dar um frescor e encher de vitalidade essas instituições por meio de sua expansão e criação de campi e novas universidades em regiões afastadas dos grandes centros, além da adoção de cotas. Foram essas medidas que permitiram o acesso das classes populares a uma universidade pública, gratuita e de qualidade, transformando assim o perfil dos estudantes universitários brasileiros.

A expansão contribuiu para combater a desigualdade regional ao oferecer oportunidade de formação superior na própria região, evitando não só o êxodo de pessoal qualificado, como também trazendo para a região novas fontes de renda e trabalho.

Essa expansão também permitiu que a universidade recebesse, por meio de concursos públicos, professores e servidores técnico-administrativos em Educação extremamente qualificados, contribuindo mais ainda para o aprimoramento das pesquisas realizadas nessas entidades.

Apesar de tudo, os números nos dizem que precisamos fazer ainda mais. Em 2016, no levantamento realizado, com mais de 40 países, pela Organização para Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE), apenas 14% dos adultos brasileiros chegaram ao ensino superior, percentual baixo se comparado à média dos países da OCDE, que é de 35%. Ou seja, ainda precisamos avançar, abrir mais vagas, colocar mais pessoas nas universidades.

E, infelizmente, não é isso que deseja o atual governo. A equipe que está aí, deseja podar um processo positivo e que tem mostrado resultados inegáveis na melhoria da vida de todos os brasileiros. E, pior, o retrocesso não se limita apenas ao corte de verbas que tem precarizado as atividades universitárias, limita-se a ter uma concepção de universidade elitista e que não serve para povo.

O retrocesso se faz ainda impedindo a democracia e a autonomia universitária. Esta que é um dos pilares das Instituições de Ensino Superior, garantia dada à comunidade universitária de decidir os rumos do ensino, da pesquisa e da extensão de suas instituições.

A ampliação da democracia experimentada nos últimos anos em que diversas universidades optaram por abrir seus processos de eleição para reitor através de consulta à comunidade de forma paritária, em que os votos da comunidade têm o mesmo peso para ambas as categorias (docentes, discentes e técnicos), modificaram a forma como se faz universidade no Brasil. E é essa democracia que está sob ataque, quando o governo de cima para baixo ordena que as eleições para reitor sejam feitas com o voto dos professores tendo o peso maior,70%, do que o dos estudantes e técnicos, 15% e 15%.

Qual democracia sobrevive sem uma participação verdadeiramente paritária de todos os envolvidos no processo? Num momento em que a sociedade brasileira se coloca contra os privilégios, o que justifica dar vantagem a uma categoria em detrimento das demais? Tal resolução fere a autonomia universitária ao impedir que as universidades optem por usar a consulta paritária. Não é disso que precisamos.

Precisamos é ter mais investimentos nas universidades, ampliação das vagas e programas de assistência estudantil. Precisamos dar melhores condições de trabalho aos servidores técnico-administrativos para que possam desempenhar suas funções em benefício da sociedade, bem como dar condições para que estes possam se capacitar a fim de contribuírem ainda mais para o bom andamento do ensino, pesquisa e extensão. Precisamos que os professores possam ter fundos para suas pesquisas, beneficiando a população e contribuindo para o desenvolvimento brasileiro com mais inovação.

Enfim, precisamos que a universidade seja para todos como um direito universal, onde negros, pobres, LGBTs e todos os demais excluídos da sociedade brasileira tenham espaço, pois um grande país só pode ser construído combatendo o preconceito e a desigualdade, não elegendo elites.

Estamos no século XXI, queremos a universidade do século XXI, que é a que nós, servidores e estudantes, estamos construindo agora. Não podemos ficar calados diante do retrocesso. A autonomia universitária precisa ser respeitada. A democracia universitária precisa ser cada dia mais ampliada. E precisamos entender que as universidades brasileiras precisam ser defendidas e preservadas. Devem continuar a serviço de todos e para todos.

Wagner Pires

Técnico-administrativo em Educação da UFCA

Mestre em Políticas Públicas e Gestão da Educação Superior

Camila Albuquerque (camilajornalist@gmail.com)
valeu. Pode colaborar sempre.
Salva

Ataques criminosos – Enel ainda fecha números do prejuízo

Subestação da Enel em São Benedito sofreu ataque.

A Enel Distribuição continua contabilizando seus prejuízos após ataques criminosos promovidos por facções às suas unidades de energia. “Tivemos perdas consideráveis”, avisa o diretor institucional José Nunes.

Sem querer compensações no reajuste de abril, espera-se.

(Foto – WhatsApp)

Prevenção à hanseníase chega à Praça do Ferreira

A Secretaria da Saúde do Ceará promoverá uma manhã de prestação de serviços nesta quarta-feira, na Praça do Ferreira, no Centro de Fortaleza. A ação, que faz parte da campanha de prevenção à hanseníase, ocorrerá das 6 às 12 horas, realizada em parceria com entidades públicas e civis.

Quem passar pelo Centro, segundo a assessoria de imprensa da Sesa, terá acesso a serviços gratuitos na praça. O público poderá entender melhor sobre prevenção, sintomas, diagnóstico e tratamento da hanseníase. Haverá também avaliação com enfermeiro, atendimentos com fisioterapeuta e terapeuta ocupacional.

Ainda na Praça do Ferreira, ações educativas e informativas e jogos também estão programados para a comunidade no dia 6. Já no dia 23, haverá seminário acadêmico, das 8 às 18 horas, no Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 6ª Região Ceará (Crefito).

UFC inscreve para curso de Português para estrangeiros

A Universidade Federal do Ceará inscreve, até o dia 20 de fevereiro, para o Curso de Português Língua Estrangeira: Língua e Cultura Brasileiras. A atividade, oferecida pelo Departamento de Letras Vernáculas da Instituição, é destinada a estudantes estrangeiros da UFC, da Universidade Estadual do Ceará (Uece) e do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE).

Os interessados devem enviar um e-mail ao endereço gepla.ufc.2006@gmail.com solicitando inscrição. De acordo com a coordenadora do curso, Eulália Leurquin, no dia 18 de fevereiro, haverá um teste de nivelamento. A prova ocorrerá às 18h, no Departamento de Letras Vernáculas, no bloco azul da área 1 do Centro de Humanidades da UFC (Av. da Universidade, 2683, Benfica).

Ao todo, são ofertadas 60 vagas, distribuídas em três níveis: iniciante, com aulas às terças e quintas-feiras, das 18h30min às 20h; médio, cujas aulas ocorrerão às segundas e quartas-feiras, das 18h30min às 20h; e avançado, com aulas também às segundas e quartas-feiras, no mesmo horário.

As aulas estão marcadas para começar no dia 25 de fevereiro, na sala de aula do bloco didático do Curso de Letras (matutino), também localizado na área 1 do Centro de Humanidades.

SERVIÇO

*Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail gepla.ufc.2006@gmail.com e pelos telefones 85 3366 7939 e 99695 2381.

(Foto – Evilázio Bezerra)

Cearenses já pagaram R$ 5,2 bi em impostos neste 2019

148 1

Os contribuintes cearenses já pagaram mais de R$ 5,2 bilhões em impostos federais, estaduais e municipais apenas nos primeiros 36 dias deste 2019. O montante, observado entre 1º de janeiro de 2019 e 5 de fevereiro deste ano, já é 6,1% maior que o verificado em igual período de 2018 (R$ 4,9 bilhões). É o que aponta o Impostômetro, ferramenta criada pela Associação Comercial de São Paulo que acompanha o volume de tributos pagos em todo o País.

No Brasil, a arrecadação de impostos já supera R$ 286,8 bilhões em 2019, um aumento de 5,2% em relação a igual intervalo de tempo do ano passado (R$ 272,5 bilhões). Segundo os cálculos do Impostômetro, com esse valor, seria possível comprar 794.934 unidades do carro BMW M2 2.0, comprar 659.656.423 cestas básicas ou receber 50 salários mínimos por mês durante 510.385 anos.

“A tributação no Brasil claramente é alta. Precisamos, antes de tudo, simplificar. Para mim, mais importante do que reduzir carga tributária é simplificar a tributação, pois a gente gasta muito dinheiro recolhendo impostos, atendendo obrigações acessórias etc. Precisamos, obviamente, aplicar melhor esses recursos, pois o Brasil é um país de carga tributária altíssima e serviços muito ruins”, avalia Ênio Arêa Leão, economista e sócio da Conceito Investimentos.

Conforme um estudo do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT), entre os 30 países com maior tributação, o Brasil é o último colocado no Índice de Retorno e Bem-Estar Social (Irbes), que mede o retorno dos tributos para a população em termos de qualidade de vida. Em primeiro lugar, está a Austrália, seguida por Coreia do Sul e Estados Unidos.

Cresce possibilidade de Eunício emplacar no secretariado de Camilo

903 3

Camilo e Eunício, que destravou verbas federais para o Ceará quando presidente do Congresso.

Cresceu a probabilidade do ex-senador Eunício Oliveira (MDB) vir a ocupar a Secretaria de Assuntos Federativos do Governo Camilo em Brasília. Os dois já andaram conversando ontem sobre o assunto.

Falando em Camilo, ele deverá estar novamente na Capital Federal nesta quarta-feira, pois haverá reunião dos governadores do Nordeste para definição de pautas a serem encaminhadas ao ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni.

Entre elas, garantias de que o Banco do Nordeste será preservado.

(Foto – Divulgação)

UFCA realiza maior vestibular de sua história; foram quase 13 mil inscritos

A Universidade Regional do Cariri realizou, durante o final de semana, o maior Processo Seletivo da história da Instituição, com 12.672 inscritos. A procura ultrapassou 17.175 alunos, que acessaram o sistema, mas foram indeferidas 4.483 inscrições, informa a assessoria de imprensa da URCA.

Dos candidatos com inscrições aceitas, 95% são de estudantes provindos de escolas públicas, demonstrando o largo papel social que a URCA representa na região, em prol da educação de qualidade e do desenvolvimento regional. Em mais um ano, os cursos e maior concorrência foram Direito e Enfermagem. Vale destacar a inserção de alunos através de cotas raciais.

Segundo a coordenação da Comissão Executiva de Vestibular – CEV da URCA, mais de 450 pessoas estiveram trabalhando no certame, entre coordenadores, supervisores, fiscais, pessoal de apoio e auxiliares de serviços gerais. As provas foram realizadas em 26 cursos da instituição, nas cidades Crato (12 cursos), Juazeiro do Norte (5 cursos), Campos Sales (3 cursos), Iguatu (4 cursos), Missão Velha (2 cursos).

Tempo de Balanço e Prioridades – Camilo vai à Assembleia e Roberto Cláudio à Câmara Municipal

Os dois darão continuidade ao Programa Juntos por Fortaleza.

O governador Camilo Santana vai comparecer às 10 horas à Assembleia Legislativa, em clima de abertura dos trabalhos deste ano. Ali, fará a leitura da mensagem em clima de balanço.

Mas ele também vai expor suas prioridades para 2019. Entre elas, mais investimentos na educação – com escolas de tempo integral, na saúde, com reforço da rede, e, principalmente, dar continuidade ao que o Estado aplica na área da segurança pública.

Já o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT) estará na Câmara Municipal na retomada das atividades dos vereadores. Também fará balanço e apresentará prioridades do ano, com maior detalhe Moroni Torgan (DEM), o vice-prefeito, ali esteve na última sexta-feira.

(Foto – Divulgação)

Grupo armado explode agência bancária em Cariré

Um grupo fortemente armado atacou, por volta das 2 horas da madrugada desta terça-feira, a agência Bradesco da cidade de Cariré (Zona Norte). A informação é confirmada pelo Comando de Policiamento do Interior (CPI).

De acordo com testemunhas, na ação, o grupo usou explosivos e chegou a levar dois reféns que foram liberados horas depois, após o ataque criminoso.

Não foi confirmado se o grupo conseguiu levar dinheiro.

(Foto – WhatsApp)

Bombeiros cearenses colaboram em Brumadinho

180 1

Coronel Eduardo Holanda e o contato recebido.

O Corpo de Bombeiros do Ceará está de aviso para se engajar no grupo de vários estados que vem ajudando o Governo de Minas a enfrentar as consequências do rompimento da barragem de Brumadinho.

Um contato nesse sentido já houve entre as corporações mineira e a cearense que conta com a Seção de Busca e Resgate com Cães Farejadores em condições de entrar como reforço numa operação para resgate dos corpos de tantas vítimas dessa tragédia.

“Já houve o contato no sentido de que deve haver rodízio entre os bombeiros envolvidos no trabalho. Estamos de prontidão para o chamamento”, afirma para a coluna o comandante do CB estadual, coronel Eduardo Holanda.

Aliás, merecem todos elogios do mundo os bombeiros pela atitude humana e desprendida em meio a tanta dor e ranger de dentes.

(Foto – Divulgação)

Cenário econômico para investimentos e gestão são temas de debate na Fiec

Conhecer mais sobre os possíveis cenários da economia é imprescindível para investidores e para quem tem uma empresa, não importa qual o porte, da micro à grande. Com esse objetivo, a Câmara de Comércio Ítalo-brasileira NE (CCIB NE) lança o seu I Ciclo de Debates Itália Nordeste. Para a primeira edição o tema será “Os novos cenários econômicos para 2019 e Gestão Financeira”.

O evento, terá duas palestras: perspectivas macroeconômicas para 2019, ministrada por Ênio Viana, ex-presidente do Instituto Brasileiro de Executivo e Finanças (Ibef) e sócio-fundador da Arêa Leão Consultoria Empresarial; e Profissionalismo na Gestão Financeira com tecnologia e inovação, ministrada por Fábio Araújo Pinheiro, sócio diretor da Capitale e mestre em Controladoria e Contabilidade pela Universidade de São Paulo (USP). Como moderador, participa Sérgio Brasilis, profissional com ampla atuação na área de marketing e relacionamento de empresas de telecomunicação como a Oi, Vivo e Tim. Brasillis tem Dottore em Relações Internacionais e Cooperação para o Desenvolvimento pela UNISTRAPG (Perugia/Itália).

“Entendemos que precisamos debater e estar mais perto, não só dos associados, mas do mercado, para estreitarmos ainda mais os laços entre o comércio da Itália e do Brasil, principalmente do Nordeste”, afirma Paulo Eduardo Magnani, presidente da Câmara de Comércio Ítalo-brasileira.

O evento acontece na quarta-feira (6), a partir das 17h, no auditório Luiz Esteves, no 5º andar da Fiec.

(Foto: Divulgação)

Domingos Neto é escolhido coordenador da bancada federal do Ceará

367 1

O deputado Domingos Neto (PSD) foi escolhido coordenador da bancada federal do Ceará, nesta segunda-feira (4), na primeira reunião da atual legislatura.

“Este é o momento de nos unirmos. É quando todo mundo passa a ter um único partido, o nosso Estado”, comentou o coordenador.

Os senadores Eduardo Girão (PROS) e Cid Gomes (PDT) participaram da reunião. O principal item da pauta foi o levantamento de recursos para infraestrutura. Os parlamentares listaram estradas e rodovias importantes do Estado que precisam de recapeamento.

Foi acertado ainda que a bancada vai marcar uma audiência com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), responsável pela recuperação das estradas. Os deputados Moses Rodrigues, Leônidas Cristino e Eduardo Bismarck reiteraram a necessidade de duplicar diversas rodovias cearenses.

Domingos Neto também propôs uma agenda de reuniões com os ministérios com temas importantes para o Estado. A primeira dela deverá ser com o ministro Sérgio Moro, responsável pela pauta da segurança. Saúde, Educação, Transporte, Segurança Hídrica e Trabalho serão temas das reuniões.

(Foto: Divulgação)

Espetáculo E.L.A tem apresentaão única no Cineteatro São Luiz

A atriz e pesquisadora Jéssica Teixeira traz ao palco o espetáculo solo E.L.A, às 19 horas desta quarta-feira), 6, no Cine Teatro São Luiz. O projeto, idealizado desde julho de 2017, tem a direção de Diego Landin e é rewsultado de uma investigação cênica do corpo, suas releituras e potencialidades.

Os temas chaves do espetáculo são relacionados diretamente ao nosso corpo: beleza, saúde, política, feminilidade e acessibilidade e nos faz refletir sobre aceitação e sobre o nosso lugar no mundo. Para isso, a encenação aposta numa experiência estética clean e sofisticada. É o primeiro solo da atriz Jéssica Teixeira, que assume também a produção dessa obra.

“Descobrimos, afinal, que todo corpo é estranho para si. Nesse sentido, E.L.A tem como objetivo instigar em cada espectador a autopercepção, a autoconsciência, a autocrítica, a autoestima, a autoanálise e a autoimagem, a partir da relação de cada um com o próprio corpo, para uma melhor autonomia e emancipação do sujeito e, consequentemente, uma relação mais lúcida com o outro e com o mundo”, explica Jéssica.

O Corpo

No espetáculo, a atriz dá vida ao inquietante teatro de espelhos e duplos, no corpo da artista, no corpo da obra e no de quem o assiste, dando visibilidade ao corpo de Jéssica Teixeira, pois, acreditamos que destacar esse corpo na sociedade (de corpos/belezas fabricadas e institucionalizadas) e nas artes (que abordam um conceito de belo muito peculiar e que precisamos repensar em suas diversas formas) é provocar no público um desejo de emancipação individual e coletiva a partir da aceitação de nossas diferenças, driblando os clichês e padrões de beleza impostos pela mídia, além encorajar um olhar e uma sensibilidade para a diversidade e multiplicidade, fortalecendo assim a construção do ser político que há em cada um.

Um corpo consciente de si, consciente de seus limites, de suas dores, de seus prazeres e de suas diferenças, torna-se uma potência de atuação no mundo. Ser um produtor de diferenças e assumir essas diferenças é um dos grandes pilares que proporcionam uma ressignificação de valores para um empoderamento pessoal e uma maior aceitação de si, do outro e do mundo.

SERVIÇO

Ingressos: R$20 e R$10

Informações: https://www.facebook.com/jessicateixeiracatastrofepr

(Foto – Beto Skeff)

Mais de 78 mil usuários acessaram em janeiro site de informações do Estado

Cerca de 78 mil cidadãos acessaram a plataforma Ceará Transparente no último mês, atingindo a marca de 129.847 acessos. O aumento no número de acessos foi de 24,49% e o de usuários de 33,71% em relação a dezembro de 2018. As informações são da assessoria de imprensa do Palácio da Abolição. Nesse site, o contribuinte acessa as informações gerais do Governo.

Os dados apontam ainda 662.251 visualizações às páginas da ferramenta. Liderando o ranking de acessos a cidade de Fortaleza com 59,88% das visitas, seguida por Juazeiro do Norte com 4,66% e Sobral com 3,52%.

Para promover ao usuário uma melhor utilização do sistema, o Ceará Transparente possui formato adaptável ao tipo de aparelhos pelo qual está sendo acessado. Durante o mês de janeiro, foi registrado que 82.892 acessos realizados a ferramenta eram provenientes de desktops, enquanto 45.995 eram realizados via mobile e 960 por meio de tablets.