Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Um protesto criativo contra a fala da ministra de Bolsonaro

255 1

A vice-governadora do Ceará, Isolda Cela, vestiu azul, e o deputado federal eleito Idilvan Alencar (PDT) foi de rosa para cerimônia de transmissão de cargo, nessa sexta-feira, da professora Eliana Estrela como titular da Secretária da Educação do Ceará. Ela substituu Rogers Mendes.

Bem, uma resposta criativa e mais do que direta a declarações de Damares Alves, a ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos. Ela afirmou, em questão de gênero, que menino veste azul e menina veste rosa, o que continua gerando muita polêmica.

(Foto – Sobral de Prima)

Guimarães repudia falas de Bolsonaro e de Mourão contra Camilo

771 8

Do petista José Guimarães, este Blog recebeu a seguinte nota:

O deputado federal José Nobre Guimarães (PT) vem a público repudiar as declarações do presidente Jair Bolsonaro e do seu vice, Hamilton Mourão, diante dos graves acontecimentos dos atentados contra a paz social e a segurança pública em nosso Estado.

Em que pese o envio ao Ceará das forças de segurança solicitadas pelo governador Camilo Santana, as manifestações do presidente e do vice não contribuem para a construção de um ambiente necessário ao enfrentamento dos desafios que ora se impõem.

Pelo contrário. Declarações com forte viés partidário são emitidas em detrimento dos mais relevantes interesses públicos e das responsabilidades institucionais de todos quantos podem e devem atuar para um implacável enfrentamento das forças criminosas que afrontam as autoridades e as instituições.

Atribuir a pecha de “radical” ao governador Camilo Santana é, no mínimo, desconhecer sua personalidade e sua postura de governante sempre pautado pela serenidade e pelo diálogo.

Da mesma forma, afirmar que o governo “trata mal a polícia” mostra total desconhecimento de todas as medidas de valorização e promoção da PM adotadas pelo Governo do Estado do Ceará nos últimos quatro anos, das quais todo o Ceará é por demais conhecedor.

Confiamos na autoridade e na competência do governador Camilo Santana para debelar essa situação, impondo ao crime a força do Estado como resposta a qualquer tentativa de intimidação diante das medidas de organização do sistema penitenciário cearense, sempre na observância da lei.

Ao governo federal cabe cumprir o seu papel institucional sem qualquer viés ideológico ou partidário.

O povo do Ceará merece e exige respeito.

Sexta-feira, 4 de janeiro de 2019

*José Guimarães
Deputado Federal PT-CE.

Carro pega fogo em estacionamento de shopping de Fortaleza

Um princípio de incêndio em um carro no estacionamento do North Shopping Fortaleza, na avenida Bezerra de Menezes, foi registrado nesta sexta-feira, 4.

O fogo foi controlado rapidamente e não houve feridos. O shopping enviou nota ao O POVO Online dizendo que ainda desconhece “as causas que provocaram o incidente”, mas que as investiga junto às autoridades. Uma onda de ataques toma conta do Ceará desde a noite dessa quarta, 2.

A empresa ainda se coloca à disposição dos clientes que tiveram seus bens afetados pelas chamas.

Nota do North Shopping Fortaleza na íntegra:

O North Shopping Fortaleza confirma o princípio de incêndio em um dos carros no seu estacionamento na noite desta sexta-feira e esclarece que, devido a agilidade da brigada de incêndio, as chamas foram controladas rapidamente e não houve feridos. O shopping informa ainda que analisa as causas que provocaram o incidente junto às autoridades locais e reitera que segue dando todo o suporte necessário aos clientes que tiveram seus bens afetados pelo ocorrido. O empreendimento reitera também que funcionará normalmente neste sábado e que reforçou a equipe de segurança para garantir o bem-estar de todos aqueles que frequentam as dependências do empreendimento.

(O POVO Online/Foto – WhatsApp) )

Força Nacional já está em Fortaleza

A Força Nacional desembarcou em Fortaleza nesta noite de sexta-feira, 4. O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, autorizou o envio de tropa federal ao estado do Ceará, atendendo a um pedido do governador Camilo Santana (PT).

Nove carros chegaram no Centro de Formação Olímpica, onde ficarão alojados.

Cerca de 300 homens e 30 viaturas da Força Nacional atuarão por 30 dias em ações de segurança e apoio à Polícia Federal (PF), à Polícia Rodoviária Federal (PRF), ao Departamento Penitenciário Nacional (Depen) e às forças policiais estaduais.

(O POVO Online)

Adepol/CE entrega ao Lar Amigos de Jesus arrecadação de leite em pó

A Associação dos Delegados de Polícia Civil do Estado do Ceará (Adepol/CE) entregou, nessa quinta-feira (3), na instituição “Lar Amigos de Jesus”, o leite em pó arrecadado na confraternização da categoria que foi realizada no dia 15 de dezembro passado. À época, após fazer contato com a Irmã Conceição Albuquerque, religiosa responsável pela administração do instituto, a Adepol/CE lançou uma campanha de arrecadação pelas mídias sociais e site da entidade.

O abrigo escolhido pela diretoria executiva da Adepol/CE acolhe crianças e adolescentes que estão em tratamento de câncer, problema renal e cardíaco, entre outras enfermidades. Os pacientes vêm do interior do Ceará e de outros estados, já que Fortaleza dispõe de algumas unidades hospitalares de referência em saúde.

A delegada Jeovânia Holanda prometeu uma campanha permanente focando a solidariedade entre os delegados associados. A diretora da Adepol/CE destacou o compromisso da entidade com a solidariedade e o bem-estar social das pessoas em situação de vulnerabilidade. Informações para doação por meio dos números (85)3067-6565 ou (85) 9.9775-0084.

(Foto: Divulgação)

Que política de segurança é essa que não fomenta a integração entre os órgãos?

Em artigo sobre os últimos ataques da criminalidade na Região Metropolitana de Fortaleza e municípios vizinhos, o policial civil e vereador Julierme Sena aponta que “até agora os policiais não foram sequer informados sobre qual estratégia será utilizada para conter os ataques”. Confira:

Essa grave crise que estamos passando, com essa sequência de ataques ao patrimônio público e privado, é resultado de uma política estadual de Segurança Pública desigual.

A Polícia Civil, responsável pelas investigações, tem um baixo investimento e um alto desvio de função. O Estado poderia se antecipar a ações como estas, se tivesse uma Polícia investigativa forte, bem estrutura e valorizada.

Segundo dados do Anuário Brasileiro de Segurança Pública de 2018, o Estado do Ceará ocupa o 11º lugar no ranking nacional dos investimentos em Segurança Pública. A publicação traz dados referentes aos anos de 2016 e 2017 e leva em conta o somatório das despesas com Policiamento, Defesa Civil, Inteligência e Informação e demais subfunções.

Nosso Estado precisa investir mais e melhor na Segurança Pública, para que as forças de segurança possam ter plenas condições de fazer o enfrentamento ao crime.

Fato é que os policiais civis estão apenas vigiando delegacias, esperando que as unidades não sejam alvos de ataques, pois até agora não foram sequer informados sobre qual estratégia será utilizada para conter os ataques, tendo em vista que há um baixo efetivo nas unidades, o que deixa os policiais como reféns do crime, correndo riscos. Quando na verdade, deveriam estar nas ruas, investigando e colhendo informações. Que política de segurança é essa que não existe integração entre os órgãos?

Mais um vez a Polícia Civil está sendo deixada de lado no combate ao crime organizado. Na realidade, a Polícia Civil está cumprindo somente a função cartorial, tendo em vista que a função investigativa é rechaçada pela Secretaria de Segurança Pública.

Acredito que o novo titular da Secretaria da Administração Penitenciária (Seap), Luís Mauro Albuquerque, está no caminho certo, pois precisamos enfraquecer a atuação das organizações criminosas no Ceará.

Não é hora de vaidade ou marketing. É hora de pedir toda e qualquer ajuda necessária para que possamos proteger os cidadãos cearenses.

Julierme Sena

Policial civil e vereador de Fortaleza

Crise na segurança – Camilo joga a batata quente para Bolsonaro, diz psicanalista

Em comentário sobre os ataques na Região Metropolitana de Fortaleza e municípios vizinhos, o psicanalista e teólogo Paulo Maurício Gonçalves Barbosa afirma que Bolsonaro e Capitão Wagner não querem no momento resolver a crise de segurança do Ceará. Confira:

O Ceará passa por uma sequência de ataques orquestrados pelo crime organizado. Em jogo: o poder político de Camilo Santana, a relação com Bolsonaro e as próximas eleições para prefeito de Fortaleza.

Camilo Santana, reeleito fácil como governador, recebe uma afronta gigantesca do poder paralelo no segundo dia do seu novo governo. O que ele faz? Joga a batata quente para o Bolsonaro.

Bolsonaro já tem aliados políticos em Fortaleza e não é Camilo Santana, do PT, que é aliado dos Ferreiras Gomes. Mandar as tropas seria entrar numa crise em um Estado de oposição, no segundo dia de governo, e ajudar um não-aliado a se fortalecer para as eleições de 2020.

As próximas eleições para prefeito de Fortaleza possui como pauta a segurança pública. Quem será o candidato aliado do Presidente? Um militar: Capitão Wagner.

Agora me respondam: interessa para o nosso presidente e ao Capitão Wagner resolverem a crise de segurança do Ceará? Não!

Paulo Maurício Gonçalves Barbosa

Psicanalista e teólogo

Agência de Regulação do Ceará sob nova direção

Tem novo presidente a Agência Reguladora do Estado do Ceará (Arce).

Trata-se de Fernando Alfredo Franco, que também está à frente da Associação Brasileira de Regulação (Abar), eleito que foi para o biênio 2018/2020. Ele foi nomeado conselheiro em maio de 2015 e agora assume a presidência da Arce cheio de planos, querendo alinhar as ações e garantir que “a regulação seja concebida conforme os preceitos da boa governança regulatória, dentro das regras e práticas que regem o processo”.

Fernando Franco é graduado em Direito pela Universidade de Fortaleza (Unifor) e Especialista em Direito Tributário pela mesma instituição (Unifor).

Já integrou diretorias e comissões da Ordem dos Advogados do Brasil – secção Ceará, em diferentes momentos. Também fez parte da executiva do Centro Industrial do Ceará (CIC) e do Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

DETALHE – Franco pegará uma agência bem mais ágil, com serviços de fiscalização maior e modernizado e com atribuições a mais na área do transporte. Trabalho do ex-presidente Hélio Winston.

(Foto – Divulgação)

Escritor Lira Neto, Damares e uma observação sobre rosas e azuis

Do escritor Lira Neto, em sua página no Facebook:

A fala da tal ministra (Damares Alves, da Mulher, Família e Direitos Humanos) a respeito de rosas e azuis – como tantas outras declarações absurdas do desgoverno que se inicia -, é deliberadamente tosca, propositalmente anacrônica, ridiculamente infantil.

Faz parte da mesma estratégia diversionista que, à base do rebaixamento da linguagem e dos discursos, da entronização do senso comum como pauta geral, acabou por parir a figura grotesca do atual presidente.

Um método bem sucedido para que nós, ditos progressistas, continuemos a nos conformar com o embate suicida de memes, a nos resumirmos a uma guerra semiótica perdida.

Enquanto mordemos a isca e caímos no varejo do enfrentamento episódico a tais despautérios verbais cotidianos, as grandes questões – as que realmente importam – se dão no atacado, arrastando-nos cada vez mais para o centro do abismo. Nós achamos que estamos arrasando na internet. Eles festejam o sucesso de nossa rendição ao jogo sujo.

*Lira Neto,

Escritor e jornalista.

(Foto – Divulgação)

Setor de fretamento de aeronaves no Ceará fechou num céu de brigadeiro em 2018

Os irmãos Ariston e Joaquim Pessoa comandam a empresa.

O setor de fretamento de aeronaves do Ceará fechou 2018 em alta.

Entre o fim do ano e até ontem, só a TAF Aviação, segundo seu controlador Ariston Filho, havia fretado 25 voos entre Fortaleza e Jericoacoara.

“Um público diferenciado. Fretamento não é barato”, observa Ariston.

(Foto – Arquivo)

Presidente do PT de Fortaleza alerta Camilo sobre postura do titular da Administração Penitenciária

1387 9

O presidente do PT de Fortaleza, Deodato Ramalho, está alertando o governador Camilo Santana sobre a postura do secretário da Administração Penitenciária, Luís Mauro. Diz perceber no secretário certo ar de truculência, o que pode gerar mais instabilidade na área da segurança.

Deodato Ramalho afirma que faz esse alerta sobre Luís Mauro também na condição de presidente da Comissão de Segurança Pública da OAB do Ceará.

Nada contra o secretário, mas pedindo cautela, muita cautela.

(Foto – Arquivo)

Ceará deve receber parte da Força Nacional ainda nesta sexta-feira

Parte da Força Nacional de Segurança deve chegar ao Ceará ainda nesta sexta-feira, 4. A informação é do coronel Antônio Aginaldo de Oliveira, comandante do Batalhão de Policiamento Especializado (BPE) da Polícia Militar do Estado do Ceará. Primeiro nordestino a liderar a Força Nacional, ele afirma que o Ceará deve receber tropas do Rio Grande do Norte e de Sergipe até o fim desta tarde. O apoio federal foi solicitado pelo governador Camilo Santana (PT).

“O restante (da tropa) virá de Brasília. Ainda não posso confirmar sua chegada, mas virão”, afirmou. O cearense embarca nesta manhã para Brasília, onde deverá tomar posse do novo cargo às 17 horas.

A assessoria do Ministério da Justiça, pasta comandada por Sérgio Moro, informou que as tropas da Força Nacional já foram mobilizadas. Contudo, ainda não foi determinado o envio para o Ceará.

(O POVO Online / Repórteres Rubens Rodrigues e Luana Barros)

Camilo cria Gabinete de Segurança e diz que 45 envolvidos nos ataques criminosos já foram presos

282 3

O governador Camilo Santana (PT) acaba de postar em sua página no Facebook que 45 pessoas envolvidas nos ataques criminosas que se registram desde a última quarta-feira à noite no Estado, já foram presas.

Ele aproveitou para informar que criou um Gabinete de Situação que trata dessas ações. Confira:

Informo aos cearenses que nossas Forças de Segurança já prenderam quarenta pessoas por envolvimento em atos criminosos ocorridos em nosso Estado. O policiamento continua reforçado nas ruas para garantir a segurança do cidadão e minha determinação é para que a nossa polícia aja com todo o rigor, dentro da lei. Também determinei a ampliação do gabinete de situação, com a participação direta dos órgãos federais (Polícia Federal, Agência Brasileira de Inteligência (Abin) e Polícia Rodoviária Federal), inclusive por sugestão do ministro Sérgio Moro, além do Tribunal de Justiça e Ministério Público do Ceará, e Secretaria Municipal de Segurança Cidadã, da Prefeitura de Fortaleza.

A Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSPDS) já reforçou o policiamento nos terminais de ônibus e nos principais corredores comerciais e bancários; e os coletivos são acompanhados e monitorados pela Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops). Além do Policiamento Ostensivo Geral (POG), equipes especializadas, como do Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) e do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque) integram o patrulhamento.

Além disso, a SSPDS está permanente em contato com o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus) e a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), com o objetivo de garantir a segurança aos usuários do transporte público. Além do ministro Sérgio Moro, tive contato com o ministro da Defesa, general Fernando Azevedo, que também se colocou à inteira disposição para a colaboração necessária. O momento é de união de todas as forças para garantia da ordem e proteção de todos os irmãos e irmãs cearenses.

(Foto – Divulgação)

Terror no Ceará desafia novos governos

244 1

Da Coluna Política, no O POVO desta sexta-feira (4), pelo jornalista Érico Firmo:

O que Fortaleza vive desde o fim da noite de quarta-feira é uma onda de ataques com métodos terroristas. Mais uma. São tantos ataques sucessivos que já são encarados quase como rotina os ônibus incendiados e estruturas públicas destruídas. Desta vez, quase foi colocado abaixo o viaduto de uma rodovia federal, em importante ponto de conexão entre várias regiões do Estado, bem próximo a posto da Polícia Rodoviária Federal. O crime chegou a novo patamar de ousadia. Concessionária de veículos também foi incendiada.

Os ataques a esta altura são desafio para o governo Camilo Santana (PT) que recomeça e para a gestão Jair Bolsonaro (PSL) que se inicia. Trata-se de afronta às novas administrações, desafio escancarado. Não há alternativa que não seja resposta firme, imediata, forte e, nem seria necessário dizer, dentro da estrita legalidade – sem isso, Estado e criminosos se confundem numa só coisa.

Sobretudo para o Governo do Ceará, a pressão é tremenda e a reação é inadiável. Ou governador, secretário da Segurança Pública e o novo secretário do Sistema Penitenciário dão resposta agora ou demonstrarão fraqueza difícil de remediar. Tipo de coisa que, no início de mandato, define rumos de um governo. O sucesso ou o fracasso podem ser definidos em marcos inaugurais como este. Eles estão sendo testados pelos maiores inimigos que podem ter pela frente. É preciso ação decidida e rápida.

As facções criminosas tentam se impor como Estados paralelos. Buscam controlar territórios tanto quanto possível. Preservar privilégios em presídios. Reagem furiosamente quando alguém sinaliza que irá confrontá-las.

Já foi assim quando a Assembleia Legislativa aprovou o bloqueio de sinais de celulares em presídios, medida nunca colocada em prática. Em 5 de abril de 2016, um mês após a aprovação da medida, treze quilos de dinamite foram recolhidos de um carro estacionado ao lado da Assembleia Legislativa.

Muitas ações são anunciadas e têm sido implantadas a cada uma dessas grandes ocorrências. Sob influência de episódios de violência no Ceará, foi criado um Ministério da Segurança Pública – que agora se tornou Secretaria Nacional vinculada ao ministro Sergio Moro e sob gestão direta do general Guilherme Theophilo, que concorreu a governador do Ceará contra Camilo. Iniciativa também do governo Michel Temer (MDB), foi instalado em Fortaleza, no mês passado, o Centro Integrado de Inteligência do Nordeste. Que, aliás, tem agora ótima oportunidade de dizer a que veio.

Recém-empossado no cargo, o novo secretário da Administração Penitenciária sinaliza linha dura. Os ataques seriam reação à postura dele. O lado positivo é a indicação de que as medidas pretendidas mexem nos calos e incomodam. É óbvio que fustigar, impor restrições à ação de líderes criminosos provocará reações. O poder público precisa se resguardar para garantir que a população sofra menor impacto possível.

Coube ao Ceará ser o primeiro teste para a gestão de Sergio Moro no novo Ministério da Justiça e Segurança Pública.

E, também, a primeira necessidade de interlocução imediata entre o governo Bolsonaro e um governador do PT.

É simbólico, mas o motivo é lamentável.

Morre o comentarista de futebol Sérgio Pinheiro

1152 13

O radialista e comentarista esportivo Sérgio Pinheiro (75) morreu, nesta manhã desta sexta-feira, no Hospital Gastroclínica, em Fortaleza. Foi vítima de infecção bacteriana. A informação é da Associação dos Profissionais da Crônica Desportiva do Ceará (APCDEC).

O velório ocorrerá a partir das 14 horas, no Cemitério Parque da Paz, onde o corpo do radialista será sepultado neste sábado, às 9h30min, adianta a entidade.

Sérgio era apaixonado pelo futebol. Trabalhou no Piauí e no Ceará e ganhou destaques nas rádios Assunção, POVO, Sistema Verdes Mares estava atuando na equipe da Expresso FM. Deixa viúva e uma filha.

ATUALIZAÇÃO – A figura do meu amigo e comentarista Sérgio Pinheiro estará sempre ligada a uma história muito rica para o rádio e a TV no que podemos definir como o melhor da cobertura esportiva em nosso Estado.
Dono de um estilo muito pessoal e rico na inovação das coberturas, Sérgio Pinheiro ajudou a construir uma página que ficará para sempre na história da nossa comunicação. Minha solidariedade à família e aos amigos, sabendo que ele deixará muitas saudades!!!!

Roberto Cláudio Rodrigues Bezerra
Prefeito de Fortaleza

(Foto – Reprodução do Youtube)

Aracoiaba lamenta ataques contra equipamentos essenciais às necessidades da população

Um caminhão-pipa e uma ambulância do município de Aracoiaba, no Norte do Ceará, a 73 quilômetros de Fortaleza, foram destruídos na madrugada desta sexta-feira (4), após criminosos atearem fogo nos equipamentos essenciais à população, diante do abastecimento de água e atendimento a doentes. Os criminosos destruíram ainda tratores utilizados na limpeza urbana.

PM entra em confronto com grupo que incendiava fotossensor; policial é baleado e suspeito morto

Uma patrulha da Polícia Militar entrou em confronto com um grupo de 15 criminosos que incendiavam um fotossensor na CE-010, no Eusébio, Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Houve troca de tiros. Um policial saiu baleado e um suspeito foi morto na ação. Caso foi registrado na noite dessa quinta-feira, 3. Uma onda de ataques toma conta de Fortaleza e Região Metropolitana desde a noite da quarta, 2.

Os militares patrulhavam a área quando perceberam a movimentação. No tiroteio, um policial foi ferido na perna e socorrido na própria viatura. O suspeito morreu no local e o restante fugiu. O POVO Online apurou que o policial foi atendido na Unidade de Pronto Atendimento (Upa) do Eusébio e não corre risco de morte. Nas últimas 24 horas foram registrados ataques a fotossensores, ônibus, viaturas, caminhões e automóveis.

(O POVO)

Capital cearense vive madrugada de ataques articulados por fações

Fortaleza e bairros da Região Metropolitana atravessaram uma nova madrugada de ataques articulados por facções criminosas. Foram pelo menos 30 das 21 horas até 2 horas da manhã desta sexta-feira, 4.

O POVO foi a sete bairros onde as forças de segurança do Ceará foram acionadas para atender as ocorrências. Três desses atentados foram considerados muito graves pela Polícia Militar. Na Pajuçara, que fica no município de Maracanaú, bandidos incendiaram uma agência da Caixa Econômica.

Eles invadiram a agência, na rua Raul Teófilo, com um carro e atearam fogo no veículo. O incêndio destruiu completamente os caixas rápidos da entrada da Caixa e aparelhos de videos do banco. Ninguém ficou ferido. Mais cedo, outros criminosos atiraram contra uma agência do Bradesco na Vila União, em Fortaleza.

Também na capital cearense, o Grupo de Ações Taricas Especiais (Gate) foi chamado para recolher e detonar uma bomba deixada em uma das colunas de um viaduto da avenida Washington Soares, próximo à fábrica da cachaçaria Ypióca. Por mais de uma hora, a PM bloqueou a via e desvio o tráfego pela rua Eudes Cardoso.

Na madrugada desta quarta para quinta-feira, os criminosos explodiram parcialmente uma coluna de um viaduto localizado em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza.

Os faccionasos também foram ousados ao explodir um veículo que estava recolhido num estacionamento improvisado do 27o Distrito Polícial, no bairro João XXIII, em Fortaleza. Homens em duas motos e dois carros, lançaram uma bomba entre os automóveis apreendidos da delegacia.

A explosão, segundo um policial que pediu para não ser identificado, foi ouvida em bairros vizinhos ao João XXIII. O que indicaria o uso de dinamite.

Os ataques das facções seriam uma reação ao discurso do novo secretário da Administração Penitenciária, Mauro Albuquerque. Na última quarta-feira, ele afirmou que não reconhece o poder das facções nas cadeias e que presos têm de ir para onde há vagas e não para os presídios dominados por grupos específicos do crime organizado. Desde 2016 às cadeias no Ceará são divididas por facções.

(O POVO Online / Repórter Demitri Túlio)

Camilo, o general e os ataques criminosos

249 3

Da Coluna Eliomar de Lima, no O POVO desta sexta-feira (4):

O governador Camilo Santana (PT) quer uma audiência com o secretário nacional da Segurança Pública, General Theophilo, principalmente depois da série de ataques registrada em Fortaleza e Caucaia, onde até a tentativa de derrubada de um viaduto entrou no portfólio da criminalidade no Estado.

Os episódios se registraram, coincidentemente, depois que o secretário da Administração Penitenciária do Estado, Luís Mauro Albuquerque, disse não reconhecer facções no Ceará. Teria sido a fala um agravante, já que panfletos reclamando melhores condições nos presídios foram encontrados na área do viaduto alvo de ataques, com data de 23 de dezembro último?

Bem, Camilo havia informado para este colunista, no fim do ano passado, que queria ter esse encontro com o General Theóphilo para uma definição de estratégias contínuas de combate aos grupos criminosos que agem no Ceará e em outros vários Estados.

Depois do apoio do ministro da Justiça, Sergio Moro, o algoz do petista Lula, é hora de pensar mais do que nunca no País. Até porque, como diria o senador eleito Cid Gomes (PDT), o Lula está preso e a luta contra o crime organizado ultrapassa diferenças ideológicas e políticas.

PM cearense comandará a Força Nacional

Solicitada pelo governador Camilo Santana (PT) em apoio contra a onda de ataques promovidos por facções criminosas, a Força Nacional de Segurança será liderada por um cearense a partir desta sexta-feira, 4. O coronel da PM Antônio Aginaldo de Oliveira, comandante do Batalhão de Policiamento Especializado (BPE) da Polícia Militar do Estado do Ceará, é o primeiro nordestino a assumir o comando da tropa. A posse está prevista para 17 horas, segundo informações do secretário nacional da Segurança Pública, general Guilherme Theophilo.

De acordo com o militar, a ação da Força Nacional no Estado, caso seja aprovada, será facilitada com os conhecimentos do coronel sobre o Ceará. “Ele é profundo conhecedor do nosso estado”, ressaltou.

Perfil

Nascido em Alto Santo, a 241,1 km de Fortaleza, o coronel atuou na Copa do Mundo 2014, Olimpíadas e Paraolimpíadas 2016, além dos jogos Panamericanos e em operações de combate ao narcotráfico nas fronteiras do Paraguai e Bolívia. O oficial é um “Caveira” por ter concluído o curso de Operações Policiais Especiais no Bope, no Rio de Janeiro, em 1995.

O militar também tem curso de gerenciamento de crise na Polícia Militar de São Paulo, é graduado em Educação Física pela Escola de Educação Física do Exército Brasileiro, bacharel em Segurança Pública pela academia Edgard Facó, da Polícia Militar do Estado do Ceará, é especialista em gestão de Segurança Pública na fundação Getúlio Vargas, no Rio de Janeiro, fez curso de sobrevivência na Caatinga no Exército Brasileiro e treinamento em operações de alto risco da Swat Hollywood.

(O POVO Online – Igor Cavalcante e Jéssika Sisnando)