Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Assembleia Legislativa protela cassação de Carlomano

194 5

Da Coluna Política de Érico Firmo, no O POVO desta quarta-feira, com o tópico “A Recusa da Assembleia em afastar Carlomano”:

A mesa diretora da Assembleia Legislativa se arvora de poderes que não possui para protelar a cassação do deputado estadual Carlomano Marques (PMDB). A notificação judicial retornou à Procuradoria Jurídica, de onde já havia saído. O precedente é grave. É a Justiça quem determina como e em que termos a sentença deve ser cumprida. Os embargos que o parlamentar cassado apresentou ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-CE) tinham objetivo justamente de adiar a execução da sentença. O TRE-CE rejeitou os questionamentos, mas a Assembleia resolveu fazer o que a Justiça não fez. A mesa diretora alegou que não haveria segurança jurídica para afastar o deputado. Mas, então, que segurança jurídica haverá em votações no Legislativo nas quais o parlamentar participe, mesmo depois de a Casa ter sido notificada de sua cassação?

Por trás da atitude protelatória, há o notório receio de muitos deputados, preocupados com a perda de mandato de um de seus pares, após tanto tempo de atitudes questionáveis que ficaram impunes.

Presidente da Fiec destaca boa relação da entidade com o Governo de Cid Gomes

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=EH4u8NAeie8&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg&index=1[/youtube]

Durante almoço com a imprensa, nessa terça-feira, na sede da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), o presidente da entidade, Roberto Macedo, anunciou dados sobre o setor industrial 2012 no Estado. Houve crescimento da ordem de 2% no geral, mas o desempenho de vários setores deixou a desejar, de acordo com Macedo. Consequência da crise internacional e dos velhos problemas provocados pela pesada carga tributária.

Em seu discurso, Roberto Macedo aproveitou para anunciar que neste ano a Confederação Nacional da Industria, através de suas federações, deverá investir em modernização e expansão. Isso tudo envolverá um investimento da ordem de R$ 100 milhões.

Não faltou o aspecto político no discurso de Macedo, que fez questão de destacar a “boa relação” da Fiec com o Governo Cid Gomes. Destacou, por exemplo, a participação de membros da federação no estafe da administração estadual.

Fraude no Detran – R$ 800,00 para zerar pontos da carteira

“A oferta de fraudar o serviço público agora bate descaradamente à porta. A promessa é de, por um pagamento por fora, de R$ 800, o grupo conseguir resolver broncas de documentações e infrações cometidas. No caso, a oferta feita a um empresário local envolve um esquema dentro do Departamento Estadual do Trânsito (Detran). Ele teria que dar dinheiro para zerarem 24 pontos de sua carteira de motorista. Com uma câmera escondida, O POVO filmou o golpe.

A fraude tem o formato delivery. O “cliente” do esquema é atendido por telefone, em casa ou no trabalho. É o grupo que vai atrás dos motoristas com a informação da pontuação excedida na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Pelas regras do Código de Trânsito Brasileiro, quem tem 21 pontos precisa dar esclarecimentos ao Detran antes de renovar o documento. É nesse momento que o esquema se apresenta.

A partir do sistema de monitoramento de dados do Detran, um funcionário “atalha” a informação sobre o guiador que está com os pontos a mais. Em vez de lançar a informação aos computadores do órgão, ele freia a mensagem e aciona uma intermediária. É a pessoa que vai ao motorista oferecer os “serviços”.

A propina não é pedida logo no início da conversa. No caso do empresário que testemunhou o flagrante, ele foi primeiro procurado na porta da empresa pela mulher. Era cedo da manhã de 22 de janeiro último. Como não estava ainda no trabalho, o empresário foi acionado pela secretária e decidiu falar com ela ao telefone. A mulher apresentou-se como Diana, indicada por P., um funcionário terceirizado do posto do Detran na Aldeota. Ela disse que já estava ali para “providenciar a defesa” dele.

Diana combinou de falar pessoalmente com o empresário no dia seguinte. E já se encontrariam na sede do Detran na Maraponga. Ela já estava no local, perguntando se o empresário havia chegado (ligou várias vezes, “o senhor já chegou?”), quando orientou que ele procurasse um terceiro personagem do esquema: “Procure o N. no guichê 12”.

* Leia mais no O POVO aqui e aqui.

STM mantém condenação de Cheregato

cheregato

“O Superior Tribunal Militar (STM), em Brasília, rejeitou novo recurso da defesa e manteve a condenação do padre da Força Aérea Brasileira José Severino Cheregato, que foi pároco da capela Nossa Senhora do Loreto, na Base Aérea, por oito anos. Em fevereiro de 2011, Cheregato foi condenado pela Justiça Militar a três anos de reclusão em regime aberto pelo crime de peculato (desvio de dinheiro público, previsto no artigo 303 do Código Penal Militar).

De acordo com a denúncia do Ministério Público Militar, o capelão creditava em sua conta pessoal o dinheiro que recebia dos fiéis, além de ignorar procedimentos de registro dos valores. Segundo perícia contábil, no período de 1997 a 2005, o padre movimentou mais de R$ 300 mil doados por fiéis à capela militar.

Defesa

Ainda segundo os autos do processo, a defesa de Cheregato, feita pelos advogados João Marcelo Pedrosa e Paulo Quezado, afirmou que o pároco não cometeu o crime de peculato, pois a verba não pertencia à União, mas à Igreja Católica. Segundo a defesa, R$ 106 mil foram destinados a reformas e R$ 200 mil eram provenientes do recebimento de doações e trabalhos externos realizados durante oito anos. Assim, os advogados levantaram a hipótese de incompetência da Justiça Militar para julgar o caso, sob o argumento de que os valores não eram bens públicos. Foi pedido embargo infringente, recurso que pode ser feito em casos em que não há unanimidade na condenação.

O ministro relator Olympio Pereira da Silva Junior negou o pedido, com o argumento de que o recurso tinha sido interposto fora do prazo. Por maioria, os demais ministros da Corte acompanharam o voto do relator e mantiveram a condenação.

Em contato com O POVO, o advogado João Marcelo Pedrosa disse apenas que o STM manteve uma decisão já tomada anteriormente. Atualmente, de acordo com o advogado, José Severino Cheregato encontra-se servindo na Base Aérea de Manaus.”

(O POVO)

Fortaleza registra 16 casos de dengue em janeiro

“Em janeiro deste ano, foram confirmados 16 casos de dengue em Fortaleza. Mais 152 pessoas estão com suspeita da doença e aguardam confirmação por exame de sangue. É o que informa boletim da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) divulgado ontem, 5, durante apresentação do Plano de Prevenção e Combate à Dengue na Capital. Por enquanto, os números estão abaixo dos 645 casos confirmados pela SMS em janeiro de 2012. Mas a Prefeitura de Fortaleza não descarta risco de epidemia.

Nos últimos dois anos, a cidade teve um surto de casos de dengue. Foram 34.517 casos confirmados em 2011; e 38.994, em 2012. Números que configuraram, segundo o Ministério da Saúde, um forte cenário epidêmico, já que foram mais de 300 casos a cada 100 mil habitantes. O chefe do Núcleo de Vigilância Epidemiológica da SMS, o médico Antônio Lima, não acredita, no entanto, numa “epidemia de tal magnitude” em 2013.

Segundo o médico, a população já não está tão suscetível à dengue de tipo 4, que começou a circular aqui, no ano passado, e pegou “desprevenidas” as pessoas. O risco existe, no entanto, se o tipo 3 já identificado em Recife (PE) passar a circular aqui também. “Há muito tempo, a dengue tipo 3 não circula no Ceará. Então, existe uma preocupação nesse sentido”.

(O POVO)

Ex-líder de Luizianne ocupa tribuna e cobra de Cid Gomes o abastecimento de água

190 5

ronivaldomaia

O vereador Ronivaldo Maia (PT), que foi líder da gestão da ex-prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins (PT), ocupou a tribuna da Câmara Municipal nesta terça-feira. Ele denunciou que vários bairros da Capital continuam sofrendo com o desabastecimento de água. “O Governo do Estado pensa que esquecemos o problema, mas a situação continua grave em alguns bairros de Fortaleza, como é o caso do Pirambu, onde dou aulas na rede estadual de ensino e que conta com quase 45 mil habitantes”, disse.

De acordo com o petista, o pior é que se antes a água chegava só de madrugada, agora nem isso. “Há dias que não se tem água nem para tomar banho, cozinhar e, mais difícil ainda, pra beber”, alfinetou, contando que a Escola Monsenhor Hélio de Campos, onde dá aulas no Pirambu, teve que paralisar as atividades por uma semana por causa da falta d’água.

Ronivaldo informou que os moradores do bairro estão se juntando para criar um movimento pró-abastecimento de água. “Imagino que, por causa da seca, a escassez de água para abastecimento deve estar se complicando ainda mais e, ao que parece, o Governo do Estado está mais preocupado em alimentar sua imagem de gestão moderna e eficiente, com vistas à Copa de 2014, do que em disponibilizar esse bem vital para a população, que é a água potável, e que é cobrada todos os meses. Sem falar no dinheiro gasto com shows para inaugurar obras públicas”, lamentou o petista.

DETALHE – Ronivaldo bateu à vontade. Nem o líder do prefeito Roberto Cláudio, o comunista Evaldo Lima, esboçou reação. O PCdoB é parceiro na Prefeitura e na gestão cidista. Mas Evaldo era o secretário de Esporte da ex-prefeita Luizianne Lins.

Vereador propõe a criação de um escritório de Direitos Humanos na Câmara Municipal

155 1

joaalfredo

O vereador João Alfredo (PSOL) apresentou ao presidente da Câmara Municipal, Walter Cavalcante (PMDB), proposta de criação de um escritório de Direitos Humanos e Assessoria Jurídica na Casa.

Segundo o vereador, dentro dos moldes do Escritório Frei Tito, que atua nessa área e em várias outras questões que mexem com o interesse da coletividade.

Agora é esperar que Walter Cavalcante vista essa camisa.

Sejus e UFC farão primeiro Censo Penitenciário do Ceará

“Será lançado às 14 horas da próxima quinta-feira, no auditório da Reitoria da Universidade Federal do Ceará, o primeiro Censo Penitenciário do Estado. A iniciativa tem o objetivo de traçar um perfil sociológico e demográfico da população penitenciária em regime fechado, bem como realizar avaliação psicossocial, visando caracterizar e compreender a história de vida dos detentos, as vivências dos sujeitos ao longo do período de encarceramento e as disposições para a reinserção social mediada pelo trabalho. O projeto da Secretaria de Justiça e Cidadania do Estado (Sejus) será executado por pesquisadores da UFC, por meio da Fundação Cearense de Pesquisa e Cultura (FCPC).

Na ocasião, o reitor Jesualdo Pereira Farias e a secretária da Justiça e Cidadania, Mariana Lobo, apresentarão a equipe que fará o trabalho coordenado pelos professores da UFC Celina Amália Ramalho Galvão Lima (Laboratório de Estudos da Violência – LEV), Cássio Adriano Brás de Aquino (Núcleo de Psicologia do Trabalho – NUTRA) e Walberto Silva dos Santos (Departamento de Psicologia).

A pesquisa de campo será realizada por alunos da graduação e pós-graduação dos cursos de Psicologia e Ciências Sociais da Universidade, coordenados pelos professores e profissionais da Secretaria da Justiça e Cidadania. O trabalho observará dados básicos de identificação, escolaridade, tipificação penal, dados do processo penal, tempo de pena e reincidência. O Ceará possui hoje 17.843 presos, 12.835 cumprindo pena em regime fechado.”

(Site da UFC)

Comentário do Felipão – Chances do Vovô e do Leão na Copa Nordeste

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=e85i1F3XvtM&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg&index=1[/youtube]

O jornalista Felipe Araújo, nosso “Felipão”, está de volta ao cenário esportivo após férias. Ele analisa o desempenho de Ceará e Fortaleza na Copa Nordeste. Para Felipão, o “Leão” tem tudo para se classificar facilmente para a próxima fase do certame. Já o alvinegro…

Eudes Xavier pede audiência pública sobre DNOCS ao novo presidente da Câmara

198 1

eudesxavier

O deputado federal Eudes Xavier (PT) já encaminhou, nesta terça-feira, um pedido ao novo presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Alves (PMDB/RN), que foi eleito na segunda-feira para o biênio 2013/2014. Através de oficio, solicitou a realização de uma audiência pública para tratar sobre a reestruturação do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS).

Eudes Xavier, que votou em Henrique Alves, aproveitou para parabenizá-lo pela vitória e se disse “confiante” em sua gestão.

Pois é, Henrique Alves anda de bem com seus pares, mas sob foco da Procuradoria Geral da República.

(Foto – Paulo MOska)

MPE ajuíza Ação Civil Pública contra prefeito de Boa Viagem

asseff

O Ministério Público do Estado do Ceará, através do promotor de Justiça da Comarca de Boa Viagem, Rubem Machado, ajuizou uma Ação Civil Pública contra o prefeito dessa cidade, Fernando Assef, em razão do não pagamento de dívidas decorrentes de condenações pelo Poder Judiciário. Essas dívidas dizem respeito aos precatórios não pagos pelo Município de Boa Viagem, o qual foi incluído no regime especial de pagamento de precatórios desde 2009, quando tal regime foi instituído pela Emenda Constitucional nº 62/2009. A dívida em atraso representa R$ 340.00,00 a ser paga em até 15 anos, sendo que deste montante nada foi pago.

Segundo dispõe o inciso III, do parágrafo 10º, do artigo 97, do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias (ADCT), o não depósito do parcelamento da dívida decorrente de precatórios importa em ato de improbidade administrativa, com as sanções de perda da função pública, suspensão dos direitos políticos, multa civil, proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, além da reparação de danos.

(Site do MP-CE)

OAB/CE vai construir nova sede

152 1

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=0zI_-I5wGns&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg&index=2[/youtube]

A Ordem dos Advogados do Brasil, regional Ceará, vai construir uma nova sede com o objetivo de abrigar, num só local o seu conselho, a Escola Superior de Advocacia e a Caixa de Assistência dos Advogados (Caace). Segundo o presidente da OAB, Valdetário Monteiro, o local ainda está sendo avaliado. A obra terá apoio do Conselho Federal da Ordem.

Em defesa da Marcha pela Vida

155 1

A advogada Marília Bittencourt Calou assina artigo no O POVO desta terça-feira com o título “Marcha pela Vida”. Ela defende a Marcha pela Vida e Contra o Aborto, que é realizada anualmente em Fortaleza. O evento virou alvo de críticas por constar no calendário da cidade. Confira:

Quando se vive em uma democracia, se tem o direito de contribuir na formação do entendimento que servirá como norte no caminho em busca das melhores leis, dos melhores princípios, dos melhores rumos, enfim, do bem comum.

De nenhuma forma, viver em uma democracia significa impor sua própria vontade extirpando do meio social as manifestações apoiantes de ideias contrárias. Quando escutamos a acusação: “grupos conservadores vão às ruas lutar por aquilo que acreditam”, isso não deveria nos causar estranheza.

Quando um parlamentar apoia uma manifestação está, sem dúvida, contribuindo para que o embate político de questões se enriqueça e, assim, o entendimento gerado pelo exercício da democracia tenha legitimidade e condão para nos levar a elaborar melhores leis.

A Marcha pela Vida, tão criticada por estar sendo incluída no calendário oficial da cidade em processo limpo e aberto como todos os outros da casa, é um legítimo exercício do direito de manifestação, conquista do brasileiro e corolário da nossa democracia.

Apoiar a Marcha contra o aborto não é ser hipócrita. Ora, se lutar contra uma prática que é comum em nosso país fosse hipocrisia então também seríamos hipócritas quando marchássemos contra a corrupção, contra o preconceito racial, contra a violência doméstica e contra tantas outras práticas abomináveis que presenciamos dia a dia, debaixo dos nossos narizes, mas que lutamos para que nunca mais sejam vistas.

O direito de lutar é direito primordial e deve ser defendido com unhas e dentes mesmo por aqueles de opinião contrária aos que marcham. Se um dia nos impedirem de ir às ruas para gritar por aquilo que acreditamos, então iremos novamente às ruas, pró-vida e pró-aborto, provavelmente de mãos dadas, pelo direito de se manifestar, de dizer, de lutar.

Apoiar a Marcha pela Vida é apoiar a democracia e a liberdade. Censurá-la em nome da liberdade é, isso sim, sinal hipocrisia e intolerância.

* Marília Bitencourt C. Calou
Advogada.

Cid terá audiência com Dilma Rousseff

Cid-e-Dilma

O governador Cid Gomes (PSB) vai ser recebido pela presidente Dilma Rousseff, em audiência, às 16h30min da próxima quinta-feira, no Palácio do Planalto.

Entre os assuntos, projetos estruturantes do Estado como a futura refinaria de petróleo.

O governador ainda circulará alguns ministérios, informaram assessores dele após a solenidade de formatura de 920 policiais militares, em clima de Centro de Eventos.

(Foto – Arquivo)

Carnaval cearense terá "Bloco do Reforço" na área da segurança

pmms

O governador Cid Gomes (PSB) comandou, nesta manhã de terça-feira, no Centro de Eventos, a solenidade de formatura de 920 policiais militares. Esse grupo, de acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado, vai reforçar o Interior no período do Carnaval.

A solenidade foi das mais concorridas. Além de familiares, toda a cúpula da SSPDS e mais os secretários Mauro Filho (Fazenda) e Ferrucio Feitosa (Sescopa).

DETALHE – A prefeita de Fortim, Aninha do Quinto, esteve no ato e aproveitou para convidar o governador Cid Gomes (PSB) para sua posse no cargo de presidente da Associação dos Prefeitos e Prefeituras do Ceará (Aprece).

(Foto – Divulgação)

O "beabá" de RC e a tarefa de Ivo Gomes

179 2

Com o título “Ao vencedor, as batatas quentes”, eis artigo do publicitário e poeta Ricardo Alcântara, onde ele aborda a expectativa em torno do trabalho do secretário municipal da Educação, Ivo Gomes. A atuação de Ivo deverá marcar o que se pode esperar da gestão de Roberto Cláudio, pois Ivo, irmão do governador Cid Gomes, entrou como uma espécie de “colaborador indemissível”. Confira:

Ao longo da vida, li pouco sobre o assunto – Darcy Ribeiro, Paulo Freire e quase nada mais. Esse quase nada que não sei sobre Educação, aprendi como estudante. Mas deu para descobrir o que Educação não é. No mais, tenho lido os jornais.

Conhecer é um ato de envolvimento: se obtém conhecimento quando a informação ou experiência desperta interesse. O irrelevante não fixa. Logo, há de se conduzir o aprendiz a Pensar como um exercício realizador – prazeroso mesmo. O velho tesão.

Sem motivação, não há aprendizagem. Claro, um professor motivado não é o bastante, mas é indispensável. O que impede que algo aparentemente tão simples se realize são, todos sabem, fatores que precedem o momento em sala de aula.

Não bastaria, como o fez o governador certa vez, cobrar dos mestres amor pelo que fazem: amor é a mais inútil de todas as cobranças e os homens públicos deste país não se encontram em adequadas condições morais de fazê-la aos seus cidadãos.

Como exigir dedicação ao cumprimento de metas sem qualificá-los e remunerá-los na proporção do seu desempenho? Façam desta uma profissão valorizada e cidadãos habilitados se dedicarão a ela. É o suficiente? Não: é o indispensável.

Não é preciso ser especialista para constatar: nações que, em tempos recentes, obtiveram saltos de qualidade no curso de uma geração adotaram medidas que atendem a esta equação determinante: bons professores, boa educação.

Só assim será possível superar compensações adquiridas na franja ressentida dos interesses corporativos (ora, se você não ganha o que merece, mude de emprego. Se decidiu ficar, lute pelos seus direitos, mas cumpra pelo menos a carga horária).

Essa revolução custa muito dinheiro. Mas bem menos do que temos investido na perpetuação da nossa ignorância. Ouvi falar de um novo país. Até aqui, parolagem. Façam o que foi feito onde deu certo – da Educação, a prioridade – e acreditarei.

Aqui em Fortaleza se deveria receber como boa, a notícia de que Ivo Gomes vai pegar no giz, porque tem peso político suficiente para, se quiser, exigir (o termo é este mesmo) do prefeito Roberto Cláudio as boas premissas que o desafio requer.

Há receio de que o afamado destempero dificulte seu trabalho. Fracassará, caso não compreenda que o aguarda papel de liderança porque, diante do necessário, o que tem a oferecer é muito pouco. Disseminar boa vontade é uma tarefa paciente.

Que seja ele mesmo um homem de boa formação não garante que o prefeito esteja disposto a concentrar recursos e dobrar resistência por bons resultados no setor. Fernando Henrique também era um “polido” e deixou a universidade daquele jeito.

Mas ao colocar na condução da pasta um nome com exposição política, Roberto Cláudio riscou o chão com navalha: passa a ser mais decisivo para a avaliação do seu governo o e o destino de sua imagem tudo que possa acontecer por lá.

Até onde a escolha o entusiasma ou incomoda, é de foro íntimo, mas o prefeito não está alheio aos riscos de indicar um quase indemissível colaborador. Mas é assim mesmo que a coisa funciona: ao vencedor, as batatas. Inclusive as quentes.

* Ricardo Alcântara,

Publicitário e poeta.

IPECE fará concurso público

Flavio Ataliba Diretor Geral IPECE (1) 

O Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (IPECE) vai realizar concurso público em breve. Confirmou, nesta terça-feira, o presidente do órgão, Flávio Ataliba.

Seundo adiantou para o Blog, a seleção preencherá oito vagas para a função de economista. “Vamos exigir título de doutor”, avisa o presidente do Instituto.

Atualmente, o IPECE opera com 10 técnicos, o que é pouco para a demanda.

Prefeito RC e MP fecham compromisso com políticas para a infância

O Ministério Público do Estado do Ceará vai realizar, a partir das 14 horas desta terça-feira, na sede da Procuradoria Geral de Justiça, uma reunião com o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PSB). Na agenda, discussão sobre a implementação do “Termo de Compromisso com a Infância”, que foi assinado por RC durante o segundo turno das eleições, em 11 de outubro do ano passado.

O procurador-geral de Justiça, Ricardo Machado, estará à frente do encontro, que é uma iniciativa do Centro de Apoio Operacional da Infância e Juventude (Caopij), coordenado pela promotora de Justiça Antônia Lima Sousa. A ordem é discutir as estratégias e os prazos para a concretização das ações definidas no termo firmado em outubro.

Termo  de Compromisso

– Construir e implementar o Plano Municipal de Crianças e Adolescentes;

– Assegurar a participação do Comdica e do Conselho Tutelar no processo de discussão e elaboração do orçamento público municipal;

– Priorizar no orçamento ações, serviços e programas destinados ao atendimento da população infanto-juvenil, incluindo a ampliação de equipamentos como os Creas/Cras e Caps para o atendimento prioritário e especializado de crianças, adolescentes e suas famílias;

– Ampliar o número de vagas em creches e pré-escolas para crianças de zero a 5 anos;

– Elaborar e implementar políticas públicas especificamente destinadas à prevenção e ao tratamento especializado de crianças e adolescentes usuários de substâncias psicoativas;

– Fortalecer os Conselhos Tutelares, dotando-os de uma estrutura adequada ao atendimento da população;

– Prevenir e enfrentar a violência e a exploração sexual de crianças e adolescentes em todas as suas manifestações.

– Prevenir e combater a exploração do trabalho infantil.

Por uma Operação Varredura no Centro de Fortaleza

423 4

centroo

Com o título “Devolvam Fortaleza”, a professora e jornalista Adísia Sá assina artigo no O POVO desta terça-feira apelando ao prefeito Roberto Claudio para que resgate os espaços públicos tomados pela área particular ou pelo comércio ambulante. Confira:

Andando por Fortaleza o que vejo é a tomada de calçadas por camelôs. Nada contra esse pessoal que procura um meio de vida. O que lamento é o uso da cidade para seus negócios, usurpando espaço que é coletivo. Na principal praça da cidade, a do “Ferreira”, o espetáculo é vergonhoso: as pessoas transitam praticamente sem espaço, apertando-se umas às outras , competindo com mostruários e até troca-troca de roupas publicamente. Essa praça, coração da cidade, está tomada, também, por quiosques nos quais tudo se vende e compra. Tudo isso sob o olhar indiferente, omisso e irresponsável de quem tem o dever de zelar pelo bem comum.

As vias mais centrais (como Guilherme Rocha, Liberato Barroso e Imperador) são mercados livres. E o transeunte que se “vire”, que se “defenda” dos encontrões, dos mãos-bobas, dos batedores de carteiras, numa promiscuidade inaceitável, intolerável. Até a calçada do Theatro José de Alencar é tomada por “comerciantes do asfalto”.

Às vezes pergunto: por que os donos de lojas não protestam? Não acreditam nas autoridades? Ou, quem sabe, são eles que abastecem esses “balconistas do asfalto”?

Talvez algum leitor esteja dizendo: será que a professora não tem mais assunto, ‘batendo’ num que não tem solução? Assuntos tenho, e muitos, mas sou teimosa e amo a minha cidade – não suporto nem tolero a omissão da autoridade municipal – não estou me referindo exclusivamente a Roberto Cláudio, mas a quem esteve à frente da Prefeitura e não fez nada para eliminar essa excrescência.

Aproveito a oportunidade para passar aos leitores uma notícia publicada neste jornal há 30 anos (1933): “Camelôs. O Departamento de Vigilância, órgão da Secretaria de Serviços Urbanos, inicia por toda esta semana a “operação varredura”, promovendo a retirada de vendedores ambulantes que invadiram a área central de Fortaleza. O trabalho vai começar pela Praça do Ferreira.” Que coincidência, eu poderia simplesmente ter transcrito a matéria. Pelo visto, os ambulantes garantiram preciosos espaços para seus herdeiros, sob a vista generosa dos gestores municipais. Noutras palavras: não houve quebra na linha da omissão e da conivência e tudo continua como sempre.

Adísia Sá

adisiasa@gmail.com

Jornalista.

(Foto – Paulo MOska)