Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Quo vadis, Teodorico Menezes?

155 2

teodoricomenezes

Ninguém mais fala no caso do conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Ceará, Teodorico Menezes, que acabou afastado do cargo de presidente do TCE por ter o nome envolvido no chamado “Escândalo dos banheiros”.

Ele já avisou: nada de aposentadoria.

PT X PSDB querem o poder. Já combinaram com o povo?

170 2

Com o título “PT X PSDB: já combinaram com os russos?”, eis artigo do consultor político Aurízio Freitas. Usando frase do técnico Feola para o craque Garrincha, cria uma metáfora política que merece reflexões. Confira: 

Recentemente, comentei para um amigo tucano que não sabia se ‘o Dirceu foi o Serjão de Lula ou se o Serjão foi o Dirceu de FHC’.

Serjão (Sérgio Motta), para quem não se lembra, foi coordenador da campanha de FHC em 1994, ministro das Comunicações e articulador no Congresso Nacional. Atribui-se a ele a famosa profecia, em meio ao êxito do Plano Real, de que o PSDB ficaria no poder por 20 anos. ‘Alter ego’ petista de Serjão, Dirceu pode já ter feito profecia similar.

Sergio Motta não viveu para ver o naufrágio de sua profecia. Faleceu em 1998, com forte infecção pulmonar. Descanse em paz.

Em meio a turbulências econômicas (crise russa, crise argentina, 11 de setembro e escândalo Enron/Arthur Andersen) FHC não emplacou seu sucessor. Contra Serra(PSDB), em 2002, três candidatos fortes: Lula (PT), Ciro (PPS) e Garotinho (PSB). Uma eleição de 2º turno. Então, fatalmente, os opositores se juntaram.

No dia que marcou as ‘comemorações’ de 10 anos de poder do PT, a ultima quarta-feira, 20 de fevereiro, a troca de farpas entre tucanos e petistas foi grande. O ex-presidente Lula lançou Dilma Rousseff à reeleição e atacou o PSDB; antes o senador Aécio Neves (PSDB-MG) foi à tribuna ‘detonar’ os governos petistas e defender o legado do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

Herdeiros da luta contra o regime de exceção, tucanos e petistas parecem ter o mesmo ‘encanto’ e as mesmas aspirações de poder perpétuo. Em todo caso, antes de prognósticos eleitorais, convém lembrar a pergunta de Garrincha ao técnico Vicente Feola: já combinou com os russos?

* Aurizio Freitas

Consultor Político. 

Metrofor vai blindar janelas de trens contra pedradas de vândalos

328 2

dilmmatrem

Depois dos trens do Metrofor, quem sofre agora com ataques de pedradas são os ônibus de turismo. Principalmente quando circulam pela BR-116, altura do bairro Aerolândia.

Por falar em trens do Metrofor, a cúpula do órgão informa: fará a blindagem das janelas dos trens do VLT da Linha Oeste com policarbonato. Sairá mais barato do que estar gastando, com cada janela quebrada, R$ 1 mil.

TCM inicia nova operação contra desmonte

185 1

O Tribunal de Contas dos Municípios inicia, nesta segunda-feria, inspeção especial em Prefeituras sob acusação de desmonte. Segundo o presidente do TCM, Francisco Aguiar, serão fiscalizadas 20 Prefeituras até o dia 29 de março próximo.

O objetivo é conferir denúncias sobre desmonte, colher dados e documentos  e adotar providências com apoio do Ministério Público  Estadual.

Nesta semana, a fiscalização ocorrerá em Capistrano, Cariús, Cedro e Chorozinho.

Cid participa da inauguração do posto do INSS em Quixadá

175 1

garibaldialves

O governador Cid Gomes (PSB) estará, nesta segunda-feira, a partir das 10 horas, em Quixadá (Sertão Central). Vai conferir a solenidade de inauguração do posto de atendimento do INSS desse município.

O ato será presidido pelo ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves.

Entre parlamentares federais convidados para a cerimônia, está um dos vice-líder do Governo Dilma no Congresso, o peemedebista Danilo Forte. Também o senador Inácio Arruda e o deputado federal Chico Lopes, ambos do PCdoB.

Hora da saudade

Nesta segunda-feira, duas missas lembrarão personalidades que deixaram marcas de realização na sociedade cearense. A partir da 19 horas, na Igreja da Paz, será celebrada a Missa da Ressurreição pela alma do professor e cientista José Júlio da Ponte Filho.

Também às 19 horas, só que na Igreja do Pequeno Grande, do Colégio Imaculada Conceição, será celebrada a Missa da Ressurreição pela alma da ex-primeira dama do Estado, dona Marieta Cals.

Iate é assaltado no Porto do Mucuripe

198 1

“Seis homens invadiram um iate e roubaram objetos eletrônicos na madrugada desta segunda-feira, 25, no Porto do Mucuripe, em Fortaleza. Segundo informações do 34º Distrito Policial, o grupo amarrou os componentes da tripulação e efetuou assalto levando roupas, tablets, aparelhos de celular e outros objetos eletrônicos.

Ainda de acordo com o 34º DP, após a fuga dos assaltantes, um dos reféns conseguiu se soltar e desamarrou os demais. Não houve feridos. O capitão da embarcação e outro tripulante foram ao 34º DP nesta manhã para registrar um boletim de ocorrência. Nenhum suspeito foi preso até o momento.

Em depoimento, os tripulantes explicaram que a embarcação estava de passagem por Fortaleza e estava ancorada por conta de problemas técnicos. O iate seguiria para o Caribe.”

(POVO Online)

VAMOS NÓS – Desse jeito, só falta agora o governo estadual criar o Ronda do Mar, com lanchas e tudo?

Sefaz pode anunciar mudanças no setor tributário da construção civil

maurofilho

“O secretário da Fazenda do Ceará, Mauro Filho, está fazendo uma consulta ao setor da construção civil para analisar os modelos de tributação. Devem ocorrer mudanças na forma de cobrança dos impostos da categoria, podendo a fórmula de substituição tributária ser aplicada. A decisão sobre as possíveis alterações deve sair em março. Além da área de construção, a Sefaz também analisa possíveis alterações para os segmentos de farmácia e atacadista.

O presidente do Sindicato da Construção Civil (Sinduscon), Roberto Sérgio, diz que a entidade fará uma análise sobre a carga de impostos e depois emitirá um parecer com propostas para avaliação da Sefaz. Essa área tributária tem deixado o segmento produtivo confuso, principalmente depois das alterações feitas pelo Governo Federal. As alterações na tributação das empresas de construção civil, no âmbito nacional, estão sendo negociadas pela Câmara Brasileira da Indústria de Construção Civil (Cbic). No próximo dia seis haverá uma reunião em Brasília para discutir o assunto.

A principal mudança é a substituição da base de cálculo. As empresas do setor pagavam 20% de impostos federais sobre a folha de funcionários, devendo não haver mais essa contribuição e passando a ser cobrados 2% sobre o faturamento. A grande discussão é como vai acontecer isso: de um lado, as companhias da área de incorporação reclamam que são muito oneradas; de outro lado, as empresas de pequeno porte dizem que terão prejuízo – atualmente elas são subsidiadas pelo INSS e, com as alterações, deixarão de ter o benefício e pagarão sobre os impostos sobre o faturamento.”

(Coluna POVO Economia, do O POVO)

SSPDS – Apreensão de jovens cresce 52% no Ceará

“Em um ano, a apreensão de adolescentes de 12 a 17 anos no Ceará aumentou 52,96%. Saltou de 3.557 registros em 2011 para 5.441 no ano passado, segundo estudo da Secretaria Estadual da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) feito por solicitação formal do O POVO. Detenções com reflexo direto no inchaço dos atos infracionais cometidos por eles. Os apreendidos acusados de estupro de vulnerável, por exemplo, cresceram 1.300% de um ano pro outro. Os que roubaram veículos, 102%. Os que mataram alguém, 89%. A única modalidade que recuou foi o roubo com restrição de liberdade da vítima. Caiu 8%. (ver quadro)

Mas os adolescentes também são vítimas da violência. E quase na mesma variação proporcional de percentagem em quem são autores dos crimes. Em 2011, foram 284 assassinatos de quem tinha entre 12 e 17 anos no Ceará. No ano seguinte, 437. Um pulo de 53,87% nos homicídios dolosos .

Para a coordenadora do Centro de Defesa da Criança e do Adolescente (Cedeca/Ceará), Nádja Furtado, a desigualdade social e a fragilidade da política de segurança pública levam ao recrudescimento da violência, seja ela praticada por jovens ou adultos. No tocante aos mais novos, entretanto, ela argumenta: “a falta de perspectiva é determinante para se cometer um ato (infracional). O adolescente não enxerga na escola um instrumento de mudança porque ela, muitas vezes, não oferece isso. Ele busca essa perspectiva noutras linguagens. Vai para a arte, a dança…”

A advogada defende reforço na política assistencial à família do jovem infrator, muitas vezes também fragilizada ou exposta ao perigo, e a garantia de aceso a serviços básicos (e constitucionais) para o adolescente não ser apreendido. “A gente não acredita que a política certa é a de ocupar o tempo dele. Deve haver uma política de afirmação de direitos. Ele precisa de educação, saúde…”

“Me parece que existe um esforço em prender e criminalizar os jovens, como se eles fossem o grande problema. Mas não vejo esforço de investigação pesada e criminalizar as grandes redes de tráfico de drogas e armas do Ceará”, acrescenta a assistente social e pesquisadora do Laboratório das Juventudes (Lajus/UFC), Mara Carneiro.  O POVO procurou o secretário da segurança, Francisco Bezerra, para uma análise do cenário da violência no âmbito da juventude. O POVOfoi informado pela assessoria da SSPDS de que ele não se pronunciaria. A assessoria sugeriu à reportagem que procurasse a titular da DCA, delegada Iolanda Fonseca.

O POVO também não conseguiu falar cm ela até o fechamento da matéria.”

(O POVO)

Grupo invade velório e incendeia caixão na Barra do Ceará

“Na sala pequena, a mãe, velava o corpo do filho adolescente, assassinado a tiros na noite anterior. O restante da família havia deixado a casa por alguns instantes, deixando a mãe sozinha. De repente, um grupo de cerca de seis pessoas encapuzadas e armadas invadiu a casa, jogou gasolina no caixão e no corpo e atearam fogo. O atentado aconteceu na noite do último sábado, na comunidade conhecida como Sete Prédios, na Barra do Ceará.

A vítima do crime foi Josué de Menezes Sousa, conhecido como “Jojó”, de 17 anos. Segundo uma tia do adolescente, que não quis se identificar, o grupo chegou à residência com dois galões de combustível. “Jogaram gasolina no caixão e incendiaram. Foi muita crueldade”, diz a tia. Segundo ela, a família conseguiu apagar o fogo com água e com a ajuda de um lençol. Um primo da vítima lembrou que o corpo foi muito consumido pelas chamas. Depois do ocorrido, viaturas foram descoladas ao local. O corpo de Josué foi enterrado no cemitério do Bom Jardim, na manhã de ontem. A família não teve como providenciar outro caixão.

O crime

Josué foi morto a tiros na sexta-feira em um campo próximo de casa, enquanto assistia a uma partida de futebol. “Foram muitos tiros. Ele era conhecido aqui por todos, tratava todos bem. Mas começou a ter amizade com pessoas erradas”, contou uma moradora.

Segundo informações do Ronda do Quarteirão do bairro, o jovem teria envolvimento com tráfico e homicídios. A família, porém, não confirma a versão. De acordo com os parentes, Josué tinha deixado de estudar por causa de problemas psicológicos e havia terminado um curso em que aprendeu a fazer salgados. “Ele estava doente, tomava remédios controlados”, declara a tia do adolescente.

A família acredita que os criminosos sejam de uma comunidade conhecida como “Gueto”. “Eles foram amigos. Quer dizer amigos, não. Porque amigo não faz isso”, lamenta o primo.”

() POVO)

Beijo, fidelidade e ares teatrais

169 3

Da coluna Menu Político, no O POVO deste domingo (24), pelo jornalista Luiz Henrique Campos:

O processo de cassação do mandato do deputado estadual Carlomano Marques é revelador de simbologias quando se confronta o rito de certas instituições com a realidade vivenciada pelo cidadão comum. Um dos pontos que se torna cristalino, a partir desse episódio, é a falta de uniformidade da justiça, que se aparenta ser cega para alguns, é capaz de usar óculos, lentes de contato ou até se submeter a cirurgias corretivas para outros. Quanto a isso, o médico Adib Jatene já profetizou que o problema do pobre é que seu vizinho também é pobre. Isso explica o porquê de muitas vezes a imprensa noticiar diferenças gritantes entre o crime baseado, por exemplo, no furto de uma galinha, e o cometido por meio da compra de votos. Alguém duvida sobre quais dos autores será responsabilizado com mais rapidez e severidade?

Ainda no campo das simbologias, como explicar ao cidadão comum, acostumado a acompanhar as caríssimas propagandas da Justiça Eleitoral destacando a importância de evitar a troca de votos por vantagens, aceitar que esta mesma Justiça não tenha força para fazer cumprir uma determinação punitiva nesse sentido? Nossos legisladores e representantes do Direito já pararam para pensar no que representou todo esse desgaste recente em termos de credibilidade para eles próprios? E quanto as instituições que representam? Mas não, parece que preferem silenciar e deixar que o tempo conspire favoravelmente, certos de que em pouco tudo será esquecido e todos estarão de volta as suas zonas de conforto, como se nada tivesse acontecido ou abalado suas convicções pessoais.

Certo de que não será cassado, Carlomano teve volta triunfal à Assembleia. Com o beijo na tribuna referindo-se ao papa João Paulo II, foi o homem religioso que lê a Bíblia. Ao levar a família para acompanhar seu discurso, mostrou-se o pai e o marido fiel, correto e cheia de virtudes. Ao querer se mostrar humilde, fez jus aos ares teatrais que dominam a Casa. O discurso performático do parlamentar na terça-feira, de quase 1h30min, acompanhado dos apartes, é digno da cara da maioria de nossa representação parlamentar. Representação essa que, na sua maioria, é incapaz de ir além do óbvio, ou de se mostrar altiva com vistas a defender o parlamento como instituição republicana. Não, preferem o espírito corporativo, recheando esse discurso com boas doses de moral e ética, sem esquecer de citar a família como porto seguro, para fechar a receita de pessoas que vivem em consonância com os anseios da sociedade. Talvez nem tenham a dimensão do que estão dizendo ou, se tem, se acham acima dos demais mortais. Não entenderam que os tempos são outros e a sociedade espera que as instituições acompanhem essa transformação.

Edital bem-humorado

Em artigo no O POVO deste domingo (24), o médico do Trabalho e membro da Academia Brasileira de Médicos Escritores, Marcelo Gurgel Carlos da Silva, sugere editais específicos para o Humor. Confira:

Diante da divulgação de que a Secretaria da Cultura do Estado do Ceará – Secult-CE, em atendimento ao pleito formulado por humoristas locais ao sr. Governador Cid Gomes, ultima o lançamento de um edital específico para a área de Humor, toma-se aqui a liberdade de propor a inclusão de obras literárias, desse jocoso gênero, entre os segmentos a serem abrangidos no edital em referência.

O Ceará é um grande celeiro de humoristas, que tanto abastece o consumo local como serve de canteiro para exportação de produtos para outros estados, sendo que esses artistas, para que possam exibir os seus dotes, precisam de uma rede de produção, em que se incluem autores e redatores, sem os quais não serão gerados os espetáculos.

Mesmo considerando que a literatura, em sua diversidade de gêneros, está contemplada em outros editais da Secult-CE, a especificidade do humor torna-o bastante difícil ser cotejado com outros gêneros, para fins de avaliação e premiação, merecendo ser devidamente descolado desses, correndo em raia própria.

Vale destacar, ainda, que há muitos autores cearenses escrevendo textos de humor, o que pode ser comprovado pela existência de uma biblioteca particular, sob a custódia do Prof. Jader Soares, o conhecido humorista Zebrinha, cujo acervo supera a marca de mil títulos, com importante parcela das obras compostas por autores radicados no Ceará.

Muitos desses autores, no entanto, deparam-se com sérias dificuldades financeiras para publicar seus bem-humorados escritos, à conta da carência de numerários, servindo de exemplo a falta de patrocínio, escudado em algum dispositivo legal, ou mesmo ancorado no interesse particular; essa insuficiência de fundos poderá, nalguns casos, causar distimias, aumentando o contingente de mal-humorados.

A abertura dessa nova linha de apoio teria forte guarida entre potenciais candidatos e se prestaria para emular o surgimento de novas vocações literárias, fomentando a cadeia produtiva do humor cearense, que tanto cativa o público nativo e os turistas que estão aqui de passagem, e, que, costumeiramente, inserem em suas visitas a assistência a shows de humor, decentes ou esculachados.

Aguarda-se a sensibilidade dos gestores da Cultura, acerca do assunto aqui tratado, pois a versatilidade dos atores pode ser limitada pela pouca oferta de bons e criativos textos de humor, em decorrência da falta de estímulo oficial.

A sucessão já começou

190 1

Da coluna Fábio Campos, no O POVO deste domingo (24):

Na comemoração dos 10 anos de poder, o PT deu a largada da campanha eleitoral de 2014. Como nunca antes visto nesse País, a disputa chega com grande antecedência. Bem ao seu estilo, Lula foi quem balançou a bandeira de largada. Como o mais bobinho dos políticos sabe, se a campanha nacional entrou na pauta, as disputas locais ganham a mesmíssima dinâmica.

A sucessão nacional molda as sucessões estaduais. E esse movimento se dá de forma automática. O começo das discussões acerca da Presidência da República impõe um processo correlato nos estados.

Mais ainda quando o atual gestor está no fim da linha dos dois mandatos. É onde se enquadra o Ceará.

Antecipar a campanha é sempre muito ruim para o governador de plantão. Mais ainda para um político como Cid Gomes que gosta de empurrar a discussão sucessória para o limite do limite do limite da data estipulada pela legislação.

No Ceará, já ocorreram espasmos nada desprezíveis em torno da sucessão estadual. O senador Eunício Oliveira (PMDB), em alto e bom som, foi o primeiro a dizer que pretende ser candidato a governador nas eleições de 2014. O PT se meche.

Percebam que a disputa principal no Ceará vai se dar por dentro da grande aliança que banca o governador. E isso ganha uma proporção ainda mais significativa quando se sabe que Cid não tem um nome nato e óbvio para apontar como candidato.

A dinâmica da política é incontrolável, sabe-se. Mais ainda quando o processo é antecipado com meses de antecedência. A agenda passa a não ter um dono. Atentem que o PT escolheu Fortaleza como a primeira cidade a receber o seminário que está sendo considerado a “caravana da cidadania” de Dilma Rousseff.

O evento vai acontecer dia 28 de fevereiro, uma quinta-feira, em um hotel da Beira Mar. Todos os dirigentes da aliança pró-Dilma foram convidados. Cid Gomes, entre eles. Certamente o prefeito Roberto Cláudio também. É o PSB. Luizianne Lins é presidente estadual do PT e terá lugar à mesa principal.

Percebem a delicadeza e a tensão envolvidas em um simples evento? Com a campanha antecipada, será assim. Cada ato, cada agenda, cada movimento ganha uma repercussão diferente. Cada frase proferida, cada gesto, cada constrangimento gerado merecerá leituras as mais diversas.

Oposição a Cid sem projeto alternativo e com estratégia frágil

255 4

cid e eunício

Com poderoso arco de alianças, reunindo siglas até antagônicas, o governo Cid Gomes (PSB) chega ao seu penúltimo ano de gestão com poucas vozes de oposição. Protagonizam o discurso mais crítico ao PSB deputados estaduais rebeldes dentro de suas legendas, grupos políticos ressentidos de derrotas nas urnas, ou vozes mais à esquerda cujo discurso, porém, ainda tem dificuldade de penetração entre a maior parte da população.

Na prática, são líderes que esbarram na falta e/ou na fragilidade de estratégias para formalizar um projeto realmente alternativo ao que vigora hoje no Ceará. O deputado estadual Heitor Férrer (PDT), por exemplo, é o primeiro nome que surge quando se fala em oposição no Ceará. Entretanto, seu partido integra a base aliada, com cargos estratégicos, e não dá o menor sinal de que deseje mudar de posição.

Mesmo que faça barulho, Heitor é voz isolada. O que afasta, em princípio, a possibilidade de se lançar projeto próprio em 2014.

Após a derrota nas eleições municipais de 2012, quando o PT foi bombardeado pelo aliado PSB, o grupo mais próximo à ex-prefeita Luizianne Lins (PT) tem assumido tom mais crítico à gestão estadual. O ex-líder do governo Cid na Assembleia, deputado Antônio Carlos (PT), hoje, defende que, mesmo sendo aliado, o PT pode trazer à tona queixas e demandas sociais que surgem. Ele é hoje o parlamentar do partido que assume postura mais crítica na Assembleia em relação à administração da qual era defensor até há poucos meses – situação que, por si só, fragiliza seu discurso.

E, quando se vislumbra o lançamento de projeto próprio em 2014, o grupo de Luizianne fica subordinado à estratégia nacional de reeleição de Dilma Rousseff (PT), que, por sua vez, espera contar com o aliado PSB em seu palanque.

Esbarra na dificuldade de discurso e na falta de lideranças o PSDB, que tem endurecido com o PSB durante as duas últimas eleições, mas não mantém o pulso firme depois dos pleitos. Se fizerem críticas mais severas, os tucanos se arriscam a condenar o próprio legado, pois acreditam que o modelo de gestão de Cid Gomes dá continuidade ao projeto iniciado por Tasso Jereissati (PSDB). Como, então, os tucanos poderiam apresentar projeto divergente?

Já o Psol, que se afirma de oposição sem titubear e defende projeto de ruptura com o modelo vigente, não conta com representantes na Assembleia Legislativa, nem na Câmara dos Deputados. Com muitas das propostas semelhantes às defendidas pelo PT dos anos 80, a sigla encontra dificuldade de se consolidar, já que o próprio PT ainda alcança capilaridade com discurso de esquerda. E, assim, não consegue preencher o vácuo da falta de oposição no Estado.

Aliado

Ao tropeçar na fragilidade de discurso, de lideranças e de estratégias, a oposição deixa caminho aberto para que um fiel aliado do PSB desponte como possível sucessor de Cid Gomes entre as opções de fora do próprio grupo do governador.

Após anos como apoiador e escudeiro do atual projeto estadual, o senador Eunício Oliveira (PMDB) manifesta interesse em “dar continuidade” ao trabalho iniciado pelo governador, embora a tendência seja Cid indicar nome de seu próprio grupo. O possível conflito de interesses do PMDB e PSB pode, então, demarcar que a maior dificuldade para o cidismo talvez esteja dentro de sua própria base aliada.

(O POVO)

RC terá audiência com ministro da Saúde na próxima terça-feira

rcbasquete

RC esteve no ginásio Paulo Saraste neste sábado.

O prefeito Roberto Cláudio estará na próxima terça-feira, em Brasília. Vai ser recebido em audiência pelo ministro da Saúde, Alexandre Padilha.

Tratar de verbas para o setor. Bom lembrar que, no fim da gestão Luizianne Lins, o Ministério da Saúde antecipou R$ 33 milhões, recursos de janeiro, deixando o começo da atual administração em apertos, de acordo com a Prefeitura.

RC esteve nesta tarde de sábado na abertura do ginásio Paulo Sarasate, onde conferiu, ao lado do secretário estadual dos Esports, Gony Arruda, e do secretário municipal dos Esportes, Márcio Lopes, jogo do Sky Basquete/Ceará e Flamengo, líder do Nov Basquete Brasil (NBB). O time cearense perdeu.

(foto – Divulgação)

A todo vapor

eunício oliveira

Da coluna Política, no O POVO deste sábado (23), pelo jornalista Érico Firmo:

Ninguém no Ceará se articula com tanta intensidade com vistas a 2014 quanto Eunício Oliveira. E, enquanto os movimentos dos demais personagens são tímidos e erráticos, o peemedebista parece saber bem o que quer.

Na condição de líder do PMDB, ele ganhou espaço de destaque na propaganda eleitoral do partido que irá ao ar no próximo mês. A direção nacional do partido informa que serão priorizados quatro estados: São Paulo, Rio de Janeiro, Ceará e Bahia.

Responsabilidade do Ronda do Quarteirão é confirmada

189 4

Como se suspeitava – e de acordo com o depoimento de testemunhas – o resultado do exame balístico divulgado pela Perícia Forense do Ceará (Pefoce) confirmou como sendo de policiais do Ronda do Quarteirão os disparos que mataram dois jovens no bairro Ellery durante o Pré-Carnaval, no mês passado. Trata-se de mais um golpe na imagem da segurança pública do Ceará, sobretudo, do programa que causou tantas esperanças em seu lançamento e custou tanto dinheiro.

Os detalhes desta última tragédia são conhecidos: na madrugada de 27 de janeiro, durante o Pré-Carnaval, uma patrulha do Ronda do Quarteirão foi acionada para pôr fim ao barulho provocado por um “paredão de som” (sempre ele). Ao chegar, houve desentendimento com o proprietário do veículo, seguindo-se um tiroteio no qual foram atingidos mortalmente os jovens Ingridy Maiara Oliveira de Lima, 18, e Igor Andrade de Lima, 16, saindo baleadas outras pessoas. O laudo, agora, revela que os tiros teriam partido de uma única arma, pertencente a uma integrante feminina (o que já havia sido denunciado por alguns dos presentes ao episódio).

Não é a primeira vez que ocorrem atos dessa natureza, tendo como protagonistas policiais do Ronda. O caso Bruce, em julho de 2010 quando o adolescente Bruce Cristian Souza Oliveira, 14 anos, foi morto com um tiro na nuca, durante uma abordagem policial; e o caso Hilux, em setembro de 2007, que deixou paraplégico o italiano Innocenzo Brancati, também em consequência de disparos produzidos por uma patrulha atabalhoada, já haviam estarrecido os cearenses e revelado que algo muito errado ocorria na formação dos policiais.

Especialistas em violência são unânimes em apontar o despreparo da Polícia Militar, mesmo quando revestida de uma nova “roupagem”. Além da imperícia técnica, resultante de um treinamento mal ajambrado, há a persistência do problema de fundo: o caráter militar da corporação, que atua como fator de deturpação do próprio entendimento da função policial.

Temos batido insistentemente nessa tecla e, ao que parece, teremos de prosseguir nesse trabalho repetitivo até que esse entendimento penetre, finalmente, na cabeça das autoridades públicas.

(O POVO / Editorial)

PRB/CE – Oman Carneiro manda nota rebatendo Ronaldo Martins

SONY DSC

Foto da reunião partidária.

Do presidente do PRB de Sobral e membro da direção estadual, Oman Carneiro, recebemos a seguinte nota:

Prezado Eliomar de Lima,

Antes de tudo, expresso o meu agradecimento pelo espaço sempre cedido ao PRB de Sobral em seu conceituado blog. Em respeito a você e aos seus leitores e, sobretudo, com a mais íntegra e total responsabilidade da informação, venho, através desta nota, informar que o comunicado oficial da saída de Miguel Dias do cargo de presidente da Executiva Estadual no PRB no Ceará foi dado pelo próprio deputado Ronaldo Martins, durante reunião ocorrida na última segunda-feira, 18, na sede do partido, com a presença de sete prefeitos e três deputados estaduais eleitos pelo PRB em nosso Estado.

Vale ressaltar também que ocorreu naquele mesmo momento a convocação pelo vice-presidente Mailson Cruz para a reunião do próximo dia 25, cuja pauta será a escolha e composição da nova executiva, ponderando-se que, nessa futura reunião, já sairia, a indicação do meu nome – Oman Carneiro, e do nome do deputado Ronaldo Martins, o substituto do presidente Miguel Dias.

Portanto, muito me estranha o teor do comunicado feito pelo deputado Ronaldo Martins a este respeitado blog, no dia 20 de fevereiro, uma vez que tudo o que foi informado em nota emitida pela Assessoria de Imprensa do PRB Sobral, foi relatado por ele, na reunião de segunda-feira, 18, registrado, inclusive em ata da reunião. Agora, se houve alguma reviravolta, alguma mudança nesse processo, entre os dias 18 e hoje, que seja dito também na segunda-feira vindoura, deixando melhor informados os que compareceram à reunião anterior e aos convocados para a reunião do dia 25.

Diante do exposto, agradeço mais uma vez a sua atenção, ressaltando o zelo que temos ao espaço que você democraticamente nos cede, onde destaco o respeito à credibilidade do seu blog e o fiel compromisso na responsabilidade com que exercemos e processamos notícias e informações veiculadas neste ou em qualquer canal que seja.

Atenciosamente,

* Oman Carneiro.