Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Agentes penitenciários entram em acordo com o Governo e desistem da greve

“Os 698 agentes penitenciários do Ceará entraram em acordo com o Governo do Estado durante a terceira reunião de negociação entre líderes da categoria e a secretária de Justiça do Estado, Mariana Lobo. O encontro aconteceu na manhã desta quinta-feira, 15.

Após a reunião, o Sindicato dos Agentes e Servidores do Sistema Penitenciário do Estado do Ceará (Sindasp) reuniu a categoria em assembleia e deliberou pela aceitação da proposta de aumento salarial oferecida pelo Governo. O reajuste será encaminhado até o dia 30 de março à Assembleia Legislativa para votação.

Na tarde de ontem, os agentes penitenciários chegaram a ameaçar deflagrar greve durante o período de Carnaval caso não houvesse acordo entre a categoria e o Estado.”

(O POVO Online)

TJ-CE lança campanha contra abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes no Carnaval

“A Coordenadoria da Infância e da Juventude (CIJ) do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) lançou campanha para combater o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes. A medida tem o objetivo de incentivar denúncias por parte da população contra esse tipo de violência durante o Carnaval.

De acordo com o desembargador Francisco Suenon Bastos Mota, que está à frente da CIJ, o projeto reforça a utilização do “disque 100”, pelo qual os casos de exploração sexual contra crianças e adolescentes podem ser denunciados. “Estamos promovendo a campanha para que as pessoas, percebendo casos desse tipo, façam a denúncia, contribuindo para que o abuso e a exploração sejam efetivamente combatidos e punidos”, ressaltou.

Cartazes e leques foram confeccionados com informações sobre a forma de denunciar e outros números telefônicos de órgãos ligados à causa. O material foi distribuído em Fortaleza, Região Metropolitana e Interior do Estado.

A iniciativa conta com o apoio do Juizado da Infância e da Juventude da Comarca da Capital, Conselhos Tutelares, Centro de Apoio Operacional da Infância e da Juventude, Centro de Defesa da Criança e do Adolescente (Cedeca), Delegacia de Combate à Exploração da Criança e do Adolescente (Dececa), Centro de Referência Especializado da Assistência Social (Creas) e Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA).

A divulgação terá ainda a ajuda da Fundação da Criança e da Família Cidadã de Fortaleza (Funci), do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Social do Estado (STDS) e da Procuradoria Geral de Justiça (PGJ).”

(Site do TJ-CE)

Heitor critica devolução de verbas da União destinadas ao Ceará

85 3

O deputado estadual Heitor Férrer (PDT) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa, durante sessão desta quarta-feira, para criticar a devolução de Recursos do Governo Federal destinados ao Ceará, para a realização de obras dentro do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). O parlamentar ressaltou que, em entrevista ao jornal Diário do Nordeste, o senador José Pimentel (PT) assegurou que houve oferta de dinheiro da União aos municípios e estados e lamentou que recursos destinados ao Ceará tenham sido devolvidos por falta de regularização fundiária para a execução dos projetos.

Ainda na entrevista, o senador petista afirmou que, no Estado, havia autorização para a construção de 52 mil moradias do programa Minha Casa, Minha Vida e foram devolvidos o equivalente a 29 mil, por não haver condição de atender às exigências.

Heitor lembrou que a Assembleia aprovou todos os pedidos de empréstimos feitos pelo governador Cid Gomes. “Aprovamos porque somos um Estado pobre e precisamos. Lamento bastante os milhões que voltaram para a União, pelo fato de não termos tido condição de construir moradia para o povo miserável. Isso é um vexame”, criticou. Ele considerou uma contradição que, enquanto o Estado perde verbas federais, a Secretaria do Desenvolvimento Agrário, por meio do seu titular, Nelson Martins, esteja pleiteando US$ 100 milhões do Banco Mundial para o Projeto São José III, conforme veiculado neste Blog.

Em aparte, o deputado Carlomano Marques (PMDB) defendeu o Governo e lamentou que Heitor não se “aprofundou nas informações”. Carlomano chegou a observar:“Quando não estudamos e nos baseamos em estampas de jornais, não se sabe a profundidade dos assuntos”.

(Este Blog com AL)

O Parque do Cocó não é privada!!!

A falta de educação ambiental e o descaso do poder público andam de mãos dadas. Desde dezembro do ano passado, despejaram na rua que dá acesso à Trilha das Azeitoneiras do Parque do Cocó (Avenida Sebastião de Abreu) um vaso sanitário e muito lixo. Há três meses, nem moradores nem a administração do parque mandaram recolher a siujeir. Ou será que o vaso seria, digamos, material orgânico mesmo?

(Foto – J. Aranha)

Consórcio paulista ganha licitação para construir terminal de passageiros do Mucuripe

O Consórcio paulista Constremac/Serveng ganhou a licitação para a construção do terminal de passageiros do Porto do Mucuripe. Apresentou o valor de R$ 118,4 milhões, derrotando outros três grupos.

A ordem de serviço para a obra – quie faz parte do PAC da Copa 2014, segundo o presidente da Companhia das Docas do Ceará, Paulo André, também já está marcada: dia 2 de março próximo.

A Companhia Docas do Ceará foi a primeira companhia do setor a fechar seu processo licitatório. O contrato foi assinado nesta tarde de quarta-feira pelo ministro Leônidias Cristino, pelo presidente das Docas, Paulo André e pelo consórcio.

A obra é para ficar pronta no fim de 2013.

Prefeita radicaliza contra grevistas

150 22

A prefeita Luizianne Lins (PT) decidiamente não vai mais suportar greves consideradas abusivas pela Justiça até o fim do seu mandato. A decisão está tomada: se todos os agentes da AMC, que estão em estágio probatório, não comparecem ao trabalho até o fim da tarde, serão demitidos nesta quinta-feira,.

O decreto está prnto sobre sua mesa, no Paço Municipal.

Tem. De acordo com fontes oficiais, Luizianne está esperando que os outros agentes de trânsito completem 30 dias de greve para, com base na lei, chamá-los de volta, via telegrama, e, em não comparecendo, decretar abandono de trabalho, com abertura de processo administrativo e demissão.

Outra fonte, só que da área sindical, avalia tal situação por duas vertentes: ou radicaliza o movimento ou todos voltam ao trabalho.

Vice-presidente do PT diz que candidato a prefeito não sai tão cedo

105 4

Com o título “A Impaciência, Política e Eleição”, eis artigo do vice-presidente estadual do PT, Joaquim Cartaxo. Para ele, não é prudente seu partido definir logo nome para a disputa em Fortaleza. Seria jogar o ungido à fúria da oposição. Confira: 

Impaciência não é recomendável na atividade política, em especial na disputa eleitoral em que o detalhe pode destruir o todo. Nessa passo, a quem interessa o PT indicar o nome de seu candidato a prefeito de Fortaleza já, quando o aconselhável é adiar essa decisão ao máximo? Por que indicar o nome já, quando estamos a mais de cinco meses das convenções partidárias que oficializarão os candidatos a prefeito e a vereador?

O anúncio do nome, já, interessa somente aos adversários que dependem dessa definição para atacar o escolhido e organizar sua participação na pré-campanha eleitoral. Como essa decisão ainda não ocorreu, a oposição está parada, sem atitude.

Quanto mais o tempo passa, a pressão aumentará para que o PT indique seu candidato. Entretanto, o momento dessa decisão faz parte da agenda tática que interessa ao partido e seus aliados. Sublinhe-se ainda que não há aliado abandonado, pois todos compõem a gestão popular de Fortaleza e participam da implantação dos programas, projetos e ações com suas possibilidades e limites políticos e técnicos.

Os vereadores Guilherme Sampaio e Acrísio Sena, presidente da Câmara Municipal de Fortaleza; os deputados Artur Bruno e Camilo Santana, secretário de estado das cidades; e o secretario municipal de Educação, Elmano de Freitas são os pré-candidatos em debate no Partido dos Trabalhadores. Dentre eles, a seleção de quem representará o PT como candidato a prefeito na disputa eleitoral de 2012 será dos filiados do partido em Fortaleza, por meio de encontros ou prévias realizados para essa deliberação. Portanto, o escolhido será uma decisão da maioria partidária que é uma prática histórica de um partido que completou 32 anos no dia 10 de fevereiro. 

* Joaquim Cartaxo,

Arquiteto, mestre em planejamento urbano e regional e vice-presidente estadual do Partido dos Trabalhadores.

Audiência pública debate campanha salarial dos servidores municipais

A Câmara Municipal vai debater, a partir das 14h30min desta quarta-feira, audiência pública para discutir a campanha salarial dos servidores públicos de Fortaleza. A iniciativa é do vereador João Alfredo (PSOL). Ele ressalta que há várias categorias mobilizadas em campanha salarial, mas as negociações com a Prefeitura não estão progredindo.

O Sindicato dos Servidores e Empregados Públicos de Fortaleza (Sindifort), segundo João Alfredo, destaca como uma das pautas mais importantes a implantação e pagamento de anuênios e quinquênios, gratificações de 1% e 5% concedidas aos servidores a cada um e cinco anos, respectivamente.

Para essa audiência, foram convidados os secretários da Administração, Vaumik Ribeiro, e das Finanças, Alexandre Cialdini, além de representações do Sindifort, do Conselho Municipal da Saúde e dos Distritos de Saúde das Regionais. Com a audiência, pretende-se fazer o debate  público acerca das reivindicações dos servidores e tentar buscar caminhos para que elas sejam atendidas, acrescenta João Alfredo.

Deputado cobra implantação de Câmara Especial no TJ-CE para casos envolvendo prefeitos

74 1

O deputado estadual Fernando Hugo (PSDB) manda para o Blog uma reflexão sobre o alto índice de prefeitos cassados no País. Com direito a lamentar a falta de Câmaras especializadas em crimes contra administração pública no âmbito do Tribunal de Justiça do Estado. Confira: 

O alto índice de prefeitos cassados no Brasil, 210 dos eleitos em 2008, mostra claramente que precisamos, nos Tribunais de Justiça dos Estados, de Câmaras especializadas em crimes contra administração pública, fazendo com que tenha-se agilidade processual e afastando, desse modo, da vida pública, bandidos de colarinho branco.

De 2006 para cá, já apresentei dois projetos de indicação criando em nosso Tribunal de Justiça tal Câmara, aprovados ambos por unanimidade na Assembleia Legislativa. Mas não veio a implantação do organismo em nossa justiça.

Por isso, resta-nos acreditar que, com o trabalho forte que o Ministério Público tem efetuado através da PROCAP, possamos estimular os demais órgãos de fiscalização a seguirem tão bom exemplo.

* Fernado Hugo,

Deputado estadual do PSDB.

PSDB não abre mão de ser cabeça de chapa em Fortaleza

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=GZZkT8Cfxac&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg&index=2&feature=plcp[/youtube]

O PSDB terá candidato próprio à Prefeitura de Fortaleza, apesar de filiados da legenda estarem querendo que os tucanos busquem uma ampla aliança de oposição sem impor nomes. O vice-presidente da legenda, deputado federal Raimundo Gomes de Matos, garante que o PSDB disputará e que entre nomes para a peleja esstá o do presidente estadual Marcos Cals.

Prefeitura consegue liminar para desapropriar área do Habbib’s da Bezerra de Menezes

81 1

A Coordenadoria de Projeos Especiais da Perefitura de Fortaleza informa: a Prefeitura conseguiu, por meio da Procuradoria Geral do Município, uma liminar garantindo imissão de posse para desapropriar e ocupar parte da área onde fica a lanchonete Habbibs, na avenida Bezerra de Menezes esquina com a avenida Humberto Monte, bem no trecho do viaduto.

Com isso, a Prefeitura poderá inuciar a obra da alça do viaduto do lado esquerda, na medida em que o outro lado – onde há o Colégio Santa isabel, com trecho já desapropriado, está com as ações iniciadas.

Ainda segundo a Coordenadoria de Projetos Especiais, o Habbibs, pela medida, terá que recuar e ceder espaço para a alça ser consteruida.

Judiciário no Brasil não é para pobres

Com o título “Maioria dos brasileiros não confia no Judiciário”, eis artigo do jornalista e radialista Messias Pontes. Ele aborda resultado de pesquisa da FGV e reitera máxima popular de que o Judiciário não é para pobres no Brasil. Confira:

Pesquisa divulgada recentemente pela Fundação Getúlio Vargas sobre a avaliação dos brasileiros com relação às instituições do País, revelou que a confiança no Poder Judiciário não é nada animadora. Aliás, a cada nova pesquisa a posição do Judiciário fica pior. Dois terços dos brasileiros consideram o Judiciário pouco ou nada honesto e sem independência; a competência desse Poder também é reprovada por mais da metade da população (55%). A morosidade do Judiciário é condenada por nada menos de 89% da população; 88% consideram que os custos para acessar o Poder são muito altos e 70% acreditam que o Judiciário é difícil ou muito difícil para utilizar. Ou seja, com o Judiciário, pobre não tem vez e ele está consciente disso.

A pesquisa sobre o Índice de Confiança no Judiciário começou em 2009 e de lá pra cá só piorou. Naquele ano o índice era de 6,5 em uma escala de zero a dez; na mais recente pesquisa, do quarto trimestre do ano passado, caiu para 5,3, um pouquinho melhor que o do último trimestre de 2010, que foi de 4,2.

Contudo se o levantamento tivesse sido feito no final de janeiro último, certamente essa nota beiraria o piso, ou seja, chegaria perto de zero, apesar da maneira desonesta como a velha mídia conservadora, venal e golpista tratou duas tragédias verificadas em São Paulo – Capital (Cracolândia) e São José dos Campos, onde a população pobre foi desumanamente massacrada pela Polícia Militar tucana para atender a megaespeculadores.

O caso da desapropriação do bairro de Pinheirinhos, em São José dos Campos, em que a juíza Márcia Loureiro não só desconheceu a função social da propriedade, mas principalmente permitiu e elogiou a carnificina praticada pela Polícia Militar e Guarda Municipal contra 1,7 mil famílias, mais de seis mil pessoas entre crianças, velhos e doentes, é emblemático.

Centenas de cidades brasileiras têm menos de seis mil habitantes. É como se ela tivesse decidido apagar do mapa uma cidade inteira, com mais de seis mil habitantes. Uma crueldade. Tudo para satisfazer a ambição do mega-especulador Naji Nahas, aquele que quebrou a Bolsa de Valores do Rio de Janeiro e foi preso durante a Operação Satiagraha juntamente com o maior bandido de colarinho branco do País, Daniel Dantas. Essa juíza precisa ser investigada pelo Conselho Nacional de Justiça.

O que podem esperar os simples mortais dos brasileiros com a celeridade da defesa do mega-especulador Daniel Dantas feita pelo então presidente do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, concedendo-lhe dois habeas corpus? E o arquivamento da Satiagraha, o que dizer? Por que o presidente do STF, ministro César Peluso concedeu liminar no último minuto do segundo tempo de 2011 esvaziando os poderes do CNJ? E a posição de cinco dos 11 ministros do STF a favor do esvaziamento do CNJ e portanto contra a ministra Ângela Calmon, corregedora do Conselho Nacional de Justiça? Ângela Calmon sustenta que existem bandidos escondidos atrás de togas e isto muita gente sabia mas não tinha coragem de afirmar.

Quando o banqueiro-bandido Daniel Dantas afirma que teme a Justiça em primeira estância mas se safa nos tribunais superiores ele está simplesmente pondo a nu a cúpula do Judiciário brasileiro. E provou que estava com a razão, pois tudo tem sido feito para que ele continue em liberdade e pior, faturando bilhões de reais com a ajuda, infelizmente, de graduados petistas.

Para satisfazer ao baronato de mídia, o ministro Gilmar Mendes, também chamado de Gilmar Dantas, cassou a obrigatoriedade do diploma de curso superior para o exercício da profissão de jornalista. E o pior desse ministro e da maioria do STF foi corroborar com a injusta Lei da Anistia de agosto de 1979 que anistiou os agentes do Estado que praticaram  seqüestros, torturas, assassinatos e ocultação de corpos,  crimes de lesa humanidade de acordo com todos os tratados internacionais dos quais o Brasil é signatário.

A caixa-preta do Judiciário precisa ser escancarada, pois é o Poder mais hermético, completamente opaco. Para o bem da democracia o Judiciário brasileiro precisa urgentemente ser passado a limpo.

* Messias Pontes,

Jornalista, radialista e membro do PCdoB/Ceará.

Artur Bruno ganha enquete do Blog

85 6

Se a enquete deste Blog, que indagou qual o melhor do PT para a Prefeitura de Fortaleza, tivesse sabor de prévia, o deputado federal Artur Bruno seria o ungido. Eis o resultado da enquete, que registrou 46.683 votos:

Artru Bruno – 28.723

Elmano freitas – 15.373

José Pimentel – 1.279

Camilo Santana – 425

Guilherme Sampaio – 422

Nenhuma das opções – 295

Acrísio Sena – 166

NOVA ENQUETE

Já temos nova ENQUETE no ar. Agora é para saber qual o melhor nome da oposição ou de algum aliado que posa de candidato independente para a Prefeitura de Fortaleza. O objetivo é fomentar o debate e, claro, movimentar os partidos. 

 

MP de Contas entra com representação no TCE para apurar convênios dos Bombeiros e da Sesa

“Possíveis irregularidades em contratos do Corpo de Bombeiros Militar resulta em uma Representação do MP de Contas do Estado junto ao TCE – O Ministério Público de Contas, atuante no Tribunal de Contas do Estado (TCE/CE), interpôs no último dia 7 de fevereiro Representação no TCE/CE para adoção de medidas pertinentes à apuração de supostas irregularidades nos convênios celebrados entre o Corpo de Bombeiros Militar (CBMCE) e os vários Municípios cearenses – em decorrência de declaração de emergência pública, no triênio 2009/2011.

A Representação junto ao TCE/CE reflete uma análise preliminar do MP de Contas que detectou possíveis irregularidades no atraso do CBMCE em analisar as prestações de contas apresentadas por estes convenentes, “bem como no fato de convênios, firmados em razão do Estado de Emergência de alguns municípios cearenses, só terem seus recursos transferidos após um longo decurso de tempo”, revela o procurador -Geral do Ministério Público de Contas do Estado, Rholden Botelho de Queiroz.

O Procurador-Geral do MP de Contas do Estado enfatiza ainda que já foi expirado o prazo máximo de 60 dias para que o Corpo de Bombeiros Militar efetue a análise das prestações de contas de entidades convenentes, a fim de comprovar que o dinheiro cedido foi devidamente aplicado e o objeto conveniado (ações de defesa civil para fazer face ao estado de emergência) devidamente realizado. “Perpassado este prazo, configura-se o descumprimento da legislação afeita à matéria (Instrução Normativa Conjunta SECON /SEFAZ/SEPLAN Nº. 01, de 27 de janeiro de 2005)”, completa.

De acordo com o membro do MP de Contas do Estado, a contratação foi ajustada em 24 de outubro de 2011, no valor de R$ 343.995,12, com duração de 12 meses e foi celebrada sem a exigência) de licitação.

“A terceirização de atividades inerentes e privativas de servidor público configura ilegalidade, além de contrariar dispositivo constitucional, bem como acarreta uma série de danos à Administração Pública. Além disso, a contratação impugnada possivelmente ocorreu em detrimento de profissionais aprovados no último concurso para médicos da Sesa, ainda vigente à época da celebração do contrato”, completa o Procurador- Geral do MP de Contas do Estado.

(Com MPC)

Assembleia Legislativa lembra Ivonete Maia

A Assembleia Legislativa prestou uma homenagem, na abertura da sessão plenária desta quarta-feira, à memória da jornalista Ivonete Maia, que morreu nessa terça-feira vítima de câncer no esôfago. O presidente da Casa, Roberto Cláudio, fez pronunciamento lamentando a perda:

“A imprensa cearense perdeu uma das suas mais expressivas lideranças. A partida da jornalista Ivonete Maia deixa um vácuo nas fileiras do jornalismo cearense e do Brasil. Primeira mulher a presidir um sindicato de jornalistas no País e primeira e única mulher a presidir a Associação Cearense de Imprensa, a jornalista Ivonete Maia pode ser definida como uma mulher de fibra e compromissos. Tornou-se uma das grandes referências do jornalismo. Seja como líder sindical, professora da universidade ou jornalista de redação, Ivonete sempre inspirou aqueles que acreditam na luta pelas liberdades democráticas e na defesa dos altos interesses da nossa sociedade.

O seu exponencial legado de profissional de jornalismo, quer seja no exercício do mandato sindical ou mesmo na ACI, foi a tarefa de quem soube construir pela concórdia e, sobretudo, pelo respeito aos demais. A história do jornalismo cearense e do Brasil tem na vida profissional de Ivonete Maia um personagem de fortes contornos e indiscutível compromisso com as nobres causas de nossa gente, desde os rincões jaguaribanos até as trincheiras em que atuou aqui na Capital. Sua luta fez um Ceará maior e mais humano.”

Após a fala do presidente da Assembleia, os parlamentares fizeram um minuto de silêncio.

O VLT e o povo na estação da saudade?

87 1

Eis artigo de José Borzachiello, geógrafo e professor da UFC, intitulado “Reverso do Carnaval” e que está na página de Opinião do O POVO desta quarta-feira. Ele aborda intervenções na cidade por conta da Copa 2014 e faz um apelo em nome das comunidades que serão atingidas pelas obras do Veículo Leve sobre Trilhios, o VLT. Confira:

Fortaleza se despede do Pré-Carnaval e o Carnaval invade sua área central. Muitos foliões viajam para as cidades do litoral com seus animados Carnavais, outros mudam de endereço e ocupam a Avenida Domingos Olímpio e suas imediações. São foliões que, juntos aos passistas das fiéis agremiações presentes nos desfiles, garantem o Carnaval da cidade. Turistas fugitivos do reinado de Momo lotam os hotéis e declaram que Fortaleza tem as condições ideais para o lazer e o descanso.

Entretanto, nem tudo é tranquilidade na terra do sol. Longe da batida bem marcada dos maracatus e do som dos tamborins, famílias inteiras estão em estado de alerta, guardando com cuidado suas residências. Nos bairros pobres as casas pequenas e simples abrigam e acomodam tudo: anseios, memórias e lembranças, objetos e utensílios, conseguidos com muito sacrifício.

Morar nas imediações dos bairros da classe média é o maior trunfo. Ficam próximos de seus empregos, de escolas, hospitais e postos de saúde. Os moradores das áreas de risco e das comunidades marcadas pela precariedade das habitações, também chamadas de ilegais, informais ou subnormais pelos órgãos oficiais, assustam-se nos períodos dos feriados prolongados.

É preciso alerta máximo nessas ocasiões. Temem roubos e assaltos. Além do mais, a incerteza, daí a luta contra a remoção de suas casas. Ficam inquietos com a possibilidade de medidas ou ações relâmpagos, que podem ser realizadas em período em que a cidade estiver esvaziada, como acontece no Carnaval. Como esquecer o abate de numerosas árvores raras e frondosas numa quadra da Aldeota?

A preparação da Cidade para a Copa do Mundo 2014 implica na execução de muitas obras de forte impacto na vida dos trabalhadores. Dentre elas, a mais emergente é a implantação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), no percurso Parangaba/Mucuripe. A ameaça de remoção assusta a população que habita esse trecho. São 22 comunidades organizadas sendo que grande parte delas ocupa essa porção da Cidade desde os anos 40 do século passado. Elas entendem que o VLT é importante para Fortaleza. Sabem de seu significado para o deslocamento mais rápido na Cidade e o quanto ele aliviará o trânsito e reduzirá os transbordos nos terminais. Entendem, mas independente de sua importância a maioria não concorda com a forma como o processo de implantação está sendo conduzido pelos órgãos oficiais.

A luta contra a remoção mobiliza os trabalhadores deixando-os inquietos. Reclamam da falta de discussão, de participação. Almejam formas alternativas capazes de atender seus interesses.

O início das obras do VLT está anunciado para março. As comunidades do Trilho pleiteiam melhores condições de vida em termos de moradia, mas não aceitam propostas de transferência para áreas distantes de seu cotidiano construído ao longo da vida de várias gerações. 

* José Borzacchiello da Silva
borza@secrel.com.br

Geógrafo e professor da Universidade Federal do Ceará (UFC).

Bispo-auxiliar de Fortaleza assumirá Diocese de Pesqueira

O Papa Bento XVI nomeou, na manhã desta quarta-feira, para a diocese de Pesqueira (PE) o bispo auxiliar de Fortaleza, dom José Luiz Ferreira Salles.

Dom José nasceu em janeiro de 1957, em Itirapina (SP). Sua ordenação episcopal foi em sua terra natal, em 1985, e a ordenação episcopal foi em 2006, na capital cearense.

Ele ja trabalhou nas Missões Populares, foi coordenador da equipe missionária em Garanhuns (PE), administrador paroquial na par[oquia de São Pedro, em Caraúbas, da diocese de Campina Grande (PB) e foi nomeado reitor da Casa de Teologia Inter-Provincial dos Missionários Redentoristas em Fortaleza (2005-2006).

Seu lema episcopal é “Deus é Amor”.

Eudes Xavier presta homenagem à memória da jornalista Ivonete Maia

71 1

O deputado federal Eudes Xavier (PT) presta homenagem, neste momento, no Plenário da Câmara á memória da jornalista Ivonete Maia, que morreu nessa terça-feira em Fortaleza, vítima de câcner no esôfago.

O parlamentar destaca a trajetória da jornalista e sindicalista, observando que Ivonete “sempre pautou sua vida pela ética e na luta em favor da classe trabalhadora”.

Ivonete Maia, lembrou Eudes Xavier, foi a primeira presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Ceará.

Prefeitura lança seleção pública para contratar agentes sanitaristas e comunitários

Essa informação está no site da Prefeitura de Fortaleza:

Nesta sexta-feira (17), a Prefeitura de Fortaleza, através do Instituto Municipal de Pesquisas, Administração e Recursos Humanos (Imparh), lançará edital de seleção pública para contratação de Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e Agentes Sanitaristas (endemias). Serão ofertadas 237 vagas para ACS e 188 para sanitaristas. O edital prevê ainda vagas para cadastro de reservas, sendo 474 para agentes comunitários e 376 para sanitaristas.

O edital será publicado no site do Imparh (www.imparh.ce.gov.br), órgão encarregado do processo de seleção. A rede municipal de saúde de Fortaleza conta atualmente com 1.441 agentes de controle de endemias e 2.536 agentes comunitários de saúde.

Mais informações com a assessora de comunicação da Secretaria Municipal de Saúde de Fortaleza, Lena Ximenes, nos telefones 3452.6609/8897.8592.