Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Um capitão que vale por uma tropa?

79 16

Há um fato chamando a atenção nessa greve dos policiais militares: nenhum dos parlamentares estaduais eleitos com a bandeira da segurança pública se manifestou, até agora, sobre o movimento.

Nada de falarem sobre o assunto os deputados Ferreira Aragão (PDT), Edson Silva(PSB), Ely Aguiar (PSDC) e Delegado Cavalcante (PDT).

Foi preciso um suplente aparecer – o Capitão Wagner (PR), para fazer todo esse barulho. E ele, ao assumir no lugar da titular, Fernanda Pessoa, avisava que ali não estaria para ser mais  um.

Espera-se, no entanto, que Governo e o movimento cheguem a um bom termo.

Motoristas ameaçam greve se não tiver segurança

87 1

Como se não bastasse a greve da Polícia Militar, surge agora a informação de que os motoristas de ônibus podem paralisar as atividades. O sindicato da categoria convocou uma assembleia para o fim da tarde desta sexta-feira.

A alegativa é a de que sem PMs nas ruas, não há condições dos ônibus circularem. Eles temem onda de assaltos.

Publicitário pede tréplica para esclarecer críticas a Catanho

129 5

Com o título “Companheiros com os nervos à flor da pele”, o publicitário e poeta Ricardo Alcântara pede direito a tréplica para esclarecer aspectos do artigo do professor Moacir Tavares, coordenador do Programa Fortaelza Bela. Confira: 

O coordenador do programa Fortaleza Bela, Moacir Tavares, apesar de muito atarefado nas missões que lhe são conferidas, encontrou tempo para responder a um artigo meu, reproduzido por este prestigiado Blog do jornalista Eliomar de Lima.

Quero, de início, louvar a iniciativa dele, ao considerar relevante debater as questões políticas que incidem sobre o governo do qual participa, mas, talvez por dispor de pouco tempo para isso, fez ele uma leitura muito apressada do que escrevi.

Isso fica claro desde o título de sua resposta, quando afirma que o Catanho não é tacanho, senhor Ricardo Alcântara. Eu não disse isso, senhor Moacir Tavares. Eu disse que “tacanha” foi a relevância dada na argumentação da prefeita em favor do candidato ao fato de ser ele negro. 

Fico constrangido em ter que repeti-lo textualmente, mas esclareci suficientemente minha posição: “um aspecto simbólico, quando colocado em primeiro plano, apenas reforça a percepção de que no primeiro plano não existe mesmo nada de muito substantivo”.

Logo, não denegri o rapaz pelo fato de ser negro – negros são algumas de minhas referências seminais, como Bob Marley e Nelson Mandela. Não sei o que a sua vida lhe ensinou, companheiro, mas a minha me ensinou a olhar com os olhos da alma e a alma não tem cor.

O responsável pelo que Fortaleza tem de bela citou o exemplo de Lula. Votei nele em quatro das cinco vezes em que se candidatou. Em nenhuma delas, o fiz porque ele era “pobre”, “peão” ou “nordestino”, como ele lembrou. Votei pelo que poderia ele fazer, como fez, para combater a desigualdade social no país.

Em outro trecho, o já àquela altura enfurecido companheiro ironiza ao afirmar que eu deveria -ser muito amigo mesmo, do Waldemir Catanho para adivinhar que ele não se empolga com a própria candidatura. Não. Não o conheço pessoalmente. Sou apenas uma pessoa muito bem informada. E sei o que estou dizendo.

Neste aspecto, fui elogioso ao caráter do candidato da prefeita. Constrangido mais uma vez, repito o que disse em zelo à verdade: “Diga-se a favor de Catanho que a sarna dos holofotes não o contagia… (ele) não se julga com perfil para a disputa. Pois ponto para ele”.

É interessante observar como o interesse pessoal e a paixão política turvam a capacidade de raciocinar das pessoas. O artigo não era sobre o Catanho, mas sobre a prefeita: uma avaliação qualitativa da forma como ela comunicou sua preferência. A ele, só reservei elogios!

A reação passional do ocupado gerente da Fortaleza Bela denota uma insegurança muito grande dele em relação à própria escolha do candidato. Recomendaria aos adeptos da opção indicada pela prefeita para sua sucessão uma atitude mais otimista. Isso ajuda, sabe?

O candidato tem um bom perfil. Ficha limpa, uma história de luta, identificação com um projeto político bem sucedido no âmbito nacional, ainda que turbulento e insuficiente na dimensão local. Então, para quê todo esse desespero, Moacir? Fique frio.

* Ricardo Alcântara,

Publicitário e poeta.

Réveillon com artistas globais

Artista famoso não vai aparecer só no Réveillon da Prefeitura de Fortaleza. No Marina Park, embalado por “Chiclete com Banana”, haverá atrações globais, segundo a coordenação da festa considerada uma das maiores do setor privado no País.

Na lista, aparecem nomes como os de Ricardo Tozzi, que foi sucesso em “Insensato coração”, e Nathália Dill, que atuou na novela “Cordel encantado”.

O Réveillon do Marina, por sinal, vendeu todas as mesas.

Cid faz reunião, de portas fechadas, com cúpula da Segurança Pública

101 2

O governador Cid Gomes está reunido com toda a cúpula da Segurança Pública do Estado, no Plácio da Abolição. O encontro ocorre há horas e é de portas fechadas.

Todo o quadro da greve da Polícia Militar está sendo avaliado, além de novas providências por serem adotadas como forma de evitar o caos principalmente em Fortaleza, com festas de Réveillon como a do aterro da Praia de Iracema.

Uma das medidas já em curso tomada pelo governador e acatada pelo Ministério da Justiça foi a vinda, nas próximas horas, de uma tropa da Força Nacional de Segurança.

Cúpula da PM diz que greve é inconstitucional e se caracteriza como crime militar

91 4
Com o título “À Polícia Militar e à Sociedade Cearense”, eis nota enviada para o Blog pela cúpula da Segurança Pública do Estado sobre o movimento grevista.
 

  1. O movimento que está ocorrendo em unidades da Polícia Militar do Ceará é flagrantemente inconstitucional e caracteriza o cometimento de crime militar e infração militar por homens que prestaram juramento de honra de combater crimes e proteger permanentemente a sociedade cearense.
  2. Os únicos representantes legais e legítimos dos interesses da Polícia Militar perante o Governo do Estado são o Secretário da Segurança Pública e Defesa Social e o Comandante da Polícia Militar. Somente esses estão autorizados a discutir os problemas das Corporações com o Governo do Estado.
  3. A única reivindicação formal encaminhada pelo atual Comando da Polícia Militar ao Governo do Estado foi a Lei de Organização Básica – LOB.
  4. O Governo do Estado é ciente de que outras reivindicações deverão ser encaminhadas pelos representantes legais, dentro de um planejamento responsável.
  5. O Governo do Estado avaliará todas as reivindicações à medida em que forem apresentadas pelos representantes legais, com a certeza da importância da atividade militar.
  6. O movimento ilegal que ocorre é, portanto, extremamente precipitado e fortemente prejudicial à sociedade, que fica à mercê do incremento de crimes, frente à omissão de homens que juraram protegê-la.
  7. Não haverá, sob qualquer hipótese e condição, anistia àqueles militares que estejam descumprindo os seus deveres e juramentos.
  8. O Governo do Estado tem a certeza de que a Polícia Militar se manterá na retidão que a caracteriza, convocando os militares estaduais a permanecerem na normalidade institucional.
  9. O Governo do Estado tem ciência do dever de proteger a sociedade, e está adotando todas as medidas para que a ordem e a tranquilidade públicas sejam mantidas.

 

Sevilho Paiva – Corregedor-Geral de Disciplina

Francisco Bezerra – Secretário da Segurança Pública e Defesa Social

Cel. Werisleik P. Matias – Comandante Geral da Polícia Militar.

Greve da PM – Força Nacional de Segurança é solicitada pelo governador

“O Governo do Estado do Ceará solicitou reforço da Forca Nacional de Segurança para tentar suprir a falta de policiais militares, que deflagraram greve na última quinta-feira, 30. Segundo informações da assessoria de comunicação do Ministério da Justiça, o pedido foi atendido.

A assessoria não soube informar ainda o número do efetivo que será enviado. A tropa vai se deslocar para o Estado nos próximos dias, mas, provavelmente, ainda de acordo com a assessoria, os homens não vão chegar à Capital antes do Réveillon. ”

(O POVO Online)

Arce fará em janeiro inspeções em sistemas de abastecimento dágua de oito municípios

A Coordenadoria de Saneamento Básico da Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Estado do Ceará (Arce) agendou, para janeiro, 15 visitas técnicas ao Interior. No roteiro, a fiscalização dos sistemas de abastecimento de água das cidades de Cedro, Farias Brito, Redenção e Fortim. Já para as cidades de Aquiraz e Jericoacoara, estão previstas oito inspeções nos sistemas de esgotamento sanitário destes municípios.

A assessoria de imprensa da Arce diz que o objetivo é obter um diagnóstico das condições técnicas operacionais e dos níveis e qualidade de atendimento, inclusive na área comercial. É por meio da fiscalização comercial que se verifica o cumprimento de aspectos que envolvem as condições operacionais, a qualidade de atendimento, infraestrutura e os demais procedimentos com base nas leis, normas e regulamentos aplicáveis à prestação dos serviços.

Para que os trabalhos sejam realizados dentro do prazo previsto e não sofram interrupção, a Agência Reguladora solicitou da Cagece, entre algumas informações, todos os laudos do monitoramento da qualidade do esgoto afluente e efluente dos últimos 12 meses. A Arce analisará também os índices de cobertura e atendimento, de hidrometração, de registros de vazão dos macromedidores instalados no sistema, cronograma de limpeza e desinfecção dos reservatórios, e, ainda, calendário de leitura do sistema.

Três mil PMs aderem à greve, diz associação

87 1

“Cerca de três mil policiais aderiram à greve dos policiais militares em Fortaleza, deflagrada na noite desta quinta-feira, 30. A informação é do presidente da Associação Nacional de Entidades de Praças Militares Estaduais (Anaspra), Pedro Queiroz.

A concentração dos profissionais acontece na 6ª Companhia do 5º Batalhão, no bairro Antônio Bezerra, onde também se encontram cerca de 80 viaturas paradas, todas elas com os pneus secos.

De acordo com Flávio Sabino, da Associação de Cabos e Soldados Militares do Ceará (ACSMCE), a adesão é forte também no Interior.”

 (POVO Online)

Catanho não é tacanho, senhor Ricardo Alcântara!

155 9

O coordenador do Programa Fortaleza Bela, Moacir Tavares, manda artigo para o Blog em resposta ao artigo do publicitário e poeta Ricardo Alcântara, que abordou o caso da preferência da prefeita Luizianne Lins (PT) por Waldemir Catanho, seu assessor especial, para candidato a prefeito. O título do artigo de Tavares é “Se fosse por trocadilhos…”. Confira: 

“Dê-me qualquer frase fora do contexto que posso levar qualquer um ao cadafalso”, reza a lenda que tal frase foi proferida por Goeebels, responsável pela propaganda do regime nazista de Hitler.
A atualidade política parece-me pródiga em reforçar a citação. Análises gramaticalmente bem escritas mas que partem de pressupostos equivocados e conclusões estapafúrdias, sendo assim legendas do sofisma.Vou tentar explicitar uma outra leitura.

Quando a prefeita Luizianne Lins afirma que se sente plenamente representada por Catanho, refere-se a uma unidade de pensamento-ação levada a cabo em sua gestão que o referido secretário é corresponsável e coautor. Em momento algum, insinua o que o poeta e publicitário concluiu – que assim a prefeita não apoiaria alguém que amealhasse simpatias de pessoas que não defendem atualmente sua administração. Onde está dito isso? Rejeitar apoio em um momento eleitoral? A convicção da dirigente maior da municipalidade é do entendimento do funcionamento da máquina administrativa e do projeto político em curso.

Causou-me espécie a insinuação da negritude do Catanho, como algo desabonador. Infelicidade extrema do missivista. Ser negro e poder ser prefeito no Brasil, não é meramente simbólico. É substantivo. Gera um efeito político-pedagógico extraordinário. Ser integrante de uma minoria historicamente marginalizada e pela democracia ser levado ao poder é muito importante. O Lula é exemplar: nordestino, peão, retirante e de esquerda. Precisa dizer mais? Obama é ou não exemplar para aquele país?

O máximo do sofisma: O Catanho não se empolga com uma possível candidatura. O publicitário e poeta deve ser muito, mas muito amigo mesmo do secretário de governo, talvez todos nós não saibamos da profunda cumplicidade entre ambos. Se não o for, um disparate perigoso, pois carregado de veneno.

O Catanho é homem de projeto. Respeita e foi forjado nas decisões coletivas da política. A vaidade passa ao largo. Isso sim é incomum na política. Isso é muito raro e muito valoroso.
Qualquer um dos nomes postos pelo PT carrega amplas condições de disputar com altivez e serenidade a titularidade do Paço Municipal muito pela história de cada um deles, menos pelas análises fantasiosas de alguns.

Se fosse por trocadilhos… fiquei pardo, com menos sede aos cântaros. Feliz 2012!

* Moacir Tavares, coordenador do Programa Fortaleza Bela, professor universitário licenciado d UFC e doutor em Saúde Pública pela USP.

Greve da PM e um lenitivo de última hora?

97 1

Olha só o que saiu no Diário Oficial do Estado do dia 28 último. Algo importante para a Polícia Militar, que surgiu em meio às informações dando conta da assembleia geral que os policiais militares fariam para decidir sobre paralisação. Veja a lei publicada:

LEI Nº15.070, de 20 de dezembro de 2011.
DISCIPLINA A INTERPRETAÇÃO A SER DADA AO DIREITO DE INCORPORAÇÃO DE GRATIFICAÇÃO ESTABELECIDO PELO REVOGADO ART.2º DA LEI Nº10.722, DE 15 DE OUTUBRO DE 1982, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

O GOVERNADOR DO ESTADO DO CEARÁ. Faço saber que a Assembleia Legislativa decretou e eu sanciono a seguinte Lei: Art.1º Para efeito de interpretação do disposto no art.2º da Lei
nº10.722, de 15 de outubro de 1982, fica reconhecido o direito de o militar estadual incorporar aos seus proventos, quando de sua passagem para a inatividade, a qualquer tempo e sob qualquer regramento, o valor correspondente à representação do cargo de provimento em comissão ou à Gratificação pela Representação de Gabinete que haja exercido, desde que, até a data de início da vigência da Lei nº12.913, de 17 de junho de 1999, tenha implementado 5 (cinco) anos ininterruptos ou 10 (dez) anos intercalados no exercício de cargo em comissão ou função
gratificada.

§1º Observado o disposto no art.2º desta Lei, o valor a ser incorporado corresponderá ao montante da representação do cargo de provimento em comissão ou da Gratificação pela Representação de Gabinete percebido no momento da reserva ou reforma, prevalecendo a que se verificar primeiro.

§2º É admitido, para a verificação do implemento de 5 (cinco) anos ininterruptos ou 10 (dez) anos intercalados, referidos no caput, exclusivamente o somatório do tempo de percepção de representação de cargo em comissão, de Gratificação pela Representação de Gabinete, de Gratificação de Instrutor ou Magistério, Lei nº11.167, de 7 de janeiro de 1986, e de Gratificação de Interior, Lei nº11.167, de 7 de janeiro de 1986.

§3º A incorporação prevista no art.2º da Lei nº10.722, de 15 de outubro de 1982, com a interpretação disciplinada por esta Lei, fica sujeita exclusivamente à revisão geral dos servidores públicos e militares estaduais, na mesma data e índice.

§4º A aplicação do disposto nesta Lei não autoriza a revisão de atos de reserva ou reforma que receberam aprovação final da Procuradoria-Geral do Estado ou foram objeto de registro no Tribunal de Contas do Estado, em data anterior à publicação desta Lei, preservando-se os atos
jurídicos praticados sob interpretação diversa da disciplinada nesta Lei, aplicando-se, em qualquer hipótese, o disposto no §3º deste artigo, a partir da publicação desta Lei.

Art.2º A Gratificação de Representação de Gabinete prevista na Lei nº9.561, de 16 de dezembro de 1971, com as alterações e acréscimos subsequentes, passa a ter o seu valor estabelecido nominalmente a partir da publicação desta Lei, na forma do anexo único, para o efetivo nele
previsto.

§1º A gratificação prevista no caput fica sujeita exclusivamente à revisão geral dos servidores públicos e militares estaduais, na mesma data e índice.

§2º A Gratificação de Representação de Gabinete devida ao efetivo da 2ª Companhia de Polícia de Guarda corresponde a 150% (cento e cinquenta por cento) do soldo do posto ou graduação das praças e oficiais.

Art.3º É vedada a cobrança de valores retroativos ao militar em decorrência da percepção de boa-fé de montantes superiores aos previstos nesta Lei, inclusive, mas não exclusivamente, em razão da aplicação da vedação constitucional de vinculação de vencimentos e remunerações.

Art.4º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

Art.5º Ficam revogadas as disposições em contrário.

PALÁCIO DA ABOLIÇÃO, DO GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ,
em Fortaleza, 20 de dezembro de 2011.
Cid Ferreira Gomes
GOVERNADOR DO ESTADO DO CEARÁ
Francisco José Bezerra Rodrigues
SECRETÁRIO DA SEGURANÇA PÚBLICA E DEFESA SOCIAL
Antônio Eduardo Diogo de Siqueira Filho
SECRETÁRIO DO PLANEJAMENTO E GESTÃO
Republicada por incorreção.
ANEXO ÚNICO A QUE SE REFERE O ART.2º DA LEI Nº15.070,
DE 20 DE DEZEMBRO DE 2011
Para o efetivo da Casa Militar, da 1ª Companhia de Polícia de Guarda, da
3ª Companhia de Polícia de Guarda e da 4ª Companhia de Polícia de Guarda
CORONEL R$4.634,80
TENENTE CORONEL R$3.698,63
MAJOR R$2.963,07
CAPITÃO R$2.584,82
TENENTE R$1.808,89
SUBTENENTE R$1.470,54
SARGENTO R$1.331,30
CABO R$1.028,24
SOLDADO R$978,84

Varas de Trânsito e de Tráfico de Drogas terão processos digitalizados a partir de janeiro

“As duas Varas de Delitos de Tráfico de Drogas e a Vara Única de Trânsito da Comarca de Fortaleza (CE) passarão a receber novos processos por meio eletrônico. Isso será possível com a implementação, até o final de janeiro de 2012, do Sistema de Automação da Justiça (SAJ). Segundo o diretor de Informática do Fórum Clóvis Beviláqua, Gustavo Henrique Gondim Pereira, o SAJ, ferramenta utilizada no gerenciamento dos autos virtuais, está sendo configurado para se adequar ao trâmite processual dessas unidades.

O servidor Carlos Olegário Cavalcante Pinheiro, integrante do Grupo Gestor da Virtualização do 1º Grau, explica que a configuração é necessária sempre que o software é implantado em uma nova especialidade de varas. “É uma customização das atividades do sistema, de modo a adaptá-lo às rotinas desempenhadas pelas unidades”.

Após essa etapa, será oferecido treinamento a magistrados, servidores das unidades e dos Setores de Protocolo e Distribuição do Fórum, advogados, defensores públicos e promotores de Justiça. Em seguida, as Varas de Tráfico de Drogas e a de Trânsito passarão a receber as novas ações por meio, exclusivamente, digital.

As peças processuais que derem entrada no Protocolo do Fórum ainda em meio físico (papel) serão encaminhadas ao Núcleo de Digitalização no Fórum, para que sejam convertidas em arquivos digitais.

Com as três unidades, chega a 60 o número de Varas operando com o SAJ na Comarca da Capital. Já possuem autos eletrônicos digitais as nove Varas da Fazenda Pública, as seis de Execuções Fiscais e Crimes Contra a Ordem Tributária, as 18 de Família, a de Execução Penal, as cinco da Infância e Juventude e as 18 Criminais.”

(TJ-CE)

ITA – De 120 aprovados, 39 são de Fortaleza

89 1

O Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) divulgou nesta sexta-feira (30) a lista com os nomes de 120 candidatos aprovados no vestibular 2012. Segundo o ITA, o índice de abstenção do processo seletivo deste ano foi de 40%. No total, 9.337 candidatos se inscreveram no vestibular.

O ITA informa que os candidatos classificados serão comunicados individualmente, por telefone e e-mail. Os habilitados terão ainda de se submeter ao exame médico eliminatório. Estes deverão se apresentar no ITA, em São José dos Campos, em São Paulo, no dia 22 de janeiro, às 10h. Se houver necessidade, haverá uma segunda chamada no dia 24 de janeiro.

Os estudantes aceitos têm direito à alimentação, assistência médica e odontológica e alojamento no campus (para este benefício é cobrada uma taxa de R$ 50 por mês).

Se o aluno optar pela carreira militar, a partir do terceiro ano do curso, tem direito a um salário de cerca de R$ 4.000 por mês. Entres os estudantes que têm essa opção, apenas 30% aderem à carreira militar. Ao se formarem, os militares são designados para uma unidade da aeronáutica e têm de ficar pelo menos cinco anos à disposição.

São seis os cursos de engenharia do ITA: aeronáutica, eletrônica, mecânica, civil, aeroespacial e de computação. Do número total de inscritos, pouco mais de pouco mais de 25% são mulheres (2.370). O índice é o maior dos últimos dez anos (o recorde anterior era do vestibular 2009, com 24,1% de mulheres inscritas), assim como o total em número absoluto de mulheres.

Os cursos do ITA são integrais, têm duração de cinco anos, sendo que os dois primeiros são básicos para todos os tipos. O instituto só aceita estudantes nascidos no Brasil e com no máximo 23 anos, completos no ano da inscrição. No ano passado, houve uma situação atípica, por conta de uma decisão judicial, e foi permitido o ingresso de candidatos acima desta idade. Neste ano, a restrição de no máximo 23 anos foi regulamentada por lei.

Veja a lista de aprovados no ITA

(Portal G1)

Setur pede homologação para operação de boeing no aeroporto de Aracati

Já está na Agência Nacional de Aviação Comercial (Anac) documentação do governo estadual pedindo homologação do Aeroporto Regional de Aracati (Litoral Leste) para pouso e decolagens de Boeings.

Atualmente, esse terminal está liberado para jatos, segundo o secretário do Turismo, Bismarck Maia, adiantando que, depois dessa homologação, o aeroporto será inaugurado.

Conforme Bismarck, o aeroporto está com a pista de pouso e decolagens e o pátio de taxiamento de aeronaves prontos. Já o terminal de passageiros tem 97,35% das obras concluídas.

“Nosso objetivo é integrar o Estado para o incremento do turismo interno, externo e de negócios”, acentua o secretário do Turismo.

Secretário de Cultura: "Vou atuar para ir atrás destes companheiros que fazem sacanagem"

105 4

“Convidado da edição de ontem do programa Debates do Povo, da Rádio O POVO/CBN, o secretário de Cultura do Estado do Ceará, Francisco Pinheiro, afirmou que sua gestão não está em crise. “Estamos tranquilos. O governador não fez uma fala de crítica à Secretaria da Cultura. Cria-se uma crise onde não existe”, disparou.

Sobre os investimentos da Secult, Pinheiro frisou que 89,57% do orçamento previsto foi executado (apesar de não ter considerado folhas de pagamento e manutenção de equipamentos). “O orçamento não é impositivo. Estamos com dinheiro depositado, mas não podemos pagar a terceira parcela dos Pontos de Cultura porque o Ministério da Cultura não depositou sua parte e isso reduziu a nossa execução orçamentária”, colocou.

Em relação às críticas da classe artística à Secult, Pinheiro argumentou que os interesses de alguns foram contrariados e que muitos querem desqualificá-lo. “Vou atuar para ir atrás destes companheiros que estão fazendo este tipo de ‘sacanagem’. Eu sei o DNA, sei de onde vem. Vai ter o troco!”.

Na sabatina, o repórter Pedro Rocha, do Núcleo de Cultura e Entretenimento do O POVO, questionou sobre a falta de diálogo, apontada pela classe artística. Pinheiro respondeu que a secretaria recebeu todas as linguagens mais de uma vez. “Não é verdade que não temos diálogo. Todas as questões foram discutidas no Conselho Estadual da Cultura, em diálogo franco e aberto”, garantiu.

O tema continuou a ser debatido: Pinheiro explicou que cumpre uma agenda e não pode estar à disposição de todos a qualquer hora. “Eu posso articular centenas de artistas na hora que eu quiser. Se quiser fazer reunião com 200 artistas, eu faço. Agora, não é do meu feitio fazer isso. Não tenho curriola”, argumentou.

Críticas

O secretário afirmou ainda que existe uma indisposição do caderno Vida & Arte em relação às ações de sua gestão. “É uma crítica injusta. Você que é jornalista entende que pode dar a angulação que queira. Está claro que tem uma posição. As informações foram colocadas sem nenhum esclarecimento”, colocou.

Já o ouvinte Chico Carvalho considerou que “a atuação (do secretário) é nula”. “É uma posição dele. Tenho longo tempo de serviço público. A única coisa que eu não faço é roubar”, respondeu. “Eu não sou dono de cargo. O governador é que é o dono do cargo. Nunca tive apego por cargo nenhum. Sou professor. Não sou desempregado”, rebateu.

O tema desse Debates do Povo foi decidido pelos leitores do O POVO Online. A escolha se deu através da seção Você Faz O POVO, por meio de uma enquete, totalizando de 60% de votos favoráveis ao tema. Com apresentação de Erivaldo Carvalho, o programa é veiculado de segunda a sexta-feira, de 13 às 14horas. (colaborou Júlia Lopes)

Secult em notícias

28/12/2010. Nome inesperado, Francisco Pinheiro, ex-vice-governador, é o indicado por Cid Gomes para assumir a Secretaria da Cultura. “Vamos implementar o Sistema Estadual de Arquivos Públicos”, declarou, então, o também historiador.

3/3/2011. A pasta da Cultura se vê sem o seu secretário – devido à um imbróglio a propósito do cargo de deputado. A Secult dá seus passos, mas apenas aqueles necessários: de avanço, não há nada revelevante e a classe artística começa a se manifestar.

1/6/2011. Pinheiro volta a assumir a Secult. É, porém, metade do ano já: o cronograma da secretaria está atrasado e artistas reclamam do repasse de verbas, que não aconteceu. A única medida de política para a cultura foi o lançamento de editais.

24/10/2011. Depois de seis meses do anúncio, a Secult efetiva a compra do tradicional Cine São Luiz, no Centro, tombado por lei estadual, por R$2,2 milhões. A mudança a sede da secretaria para lá, anunciada em 2007, porém, não se concretizou até hoje.

18/12/2011. O Vida & Arte publica todo um caderno fazendo um raio-X dos equipamentos da Secult. Ao ouvir a classe artística, a reportagem confirmou uma atuação da secretaria praticamente nula, sem projetos políticos de médio e longo prazo.

24/12/2011. A crítica, dessa vez, veio diretamente dos produtores de audiovisual. A reclamação tinha a ver com o X Edital de Cinema e Vídeo da Secretaria de Cultura do Ceará. Entre as muitas incongruências, estava a mudança do edital sem aviso prévio.

(O POVO)

VAMOS NÓS – Conhecemos a postura sóbria de Francisco Pinheiro e seu jeito cavalheiro. Ficamos surpresos com tal reação de um homem que apregoa democracia. Sem perder a ternura jamais.

Cerca de 40 PMs estão aquartelados em Sobral

Cerca de 40 policiais militares estão aquartelados, desde a manhã desta sexta-feira (30), na sede do 3ª Batalhão de Polícia Militar, em Sobral (Zona Norte). O ato faz parte da greve declarada na tarde dessa quinta-feira (29), em Fortaleza, quando, por unanimidade, policiais e bombeiros decidiram pela paralisação.

A informação é do blog Camocim Online, adiantando que o portão do Batalhão está acorrentado e cerca de 30 esposas dos militares estão na frente do prédio, impedindo a entrada de oficiais. Alguns dos oficiais que lá trabalham, incluindo dois coronéis, estão no outro lado da rua. Nove viaturas do Ronda e três do Policiamento Ostensivo Geral estão paradas, algumas com os pneus secos.

PGJ ganhará nova sede a partir de 2012

 

“A Procuradoria Geral de Justiça vai entrar o Ano Novo de casa nova. Na próxima segunda-feira, às 17 horas, o governador Cid Gomes e a procuradora-geral de Justiça, Socorro França, lançarão a pedra fundamental da nova sede.

Ao todo, a PGJ ganhará prédio numa área de 10 mil metros quadrados, segundo Socorro França. A obra da nova sede da PGJ está orçada em R$ 9 milhões.

Já a antiga sede acomodará todas as Promotorias Especializadas e o Decom que, por sinal, já merecia melhores condições para trabalhar. Eis Socorro França dando adeus em grande estilo ao mandato de procuradora-geral de Justiça.

(Da Coluna Vertical, do O POVO)

Uma Fortaleza Bela e de prosperidade, apregoa Luizianne em vídeo de fim de ano

111 3

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=MX3IvQV3Sdo&feature=player_embedded[/youtube]

Já está sendo veiculado nas tevês locais o video em que a prefeita, Luizianne Lins (PT), convida não somente o fortalezense para oRéveillon, como faz um rápidop balanço de uma cidade que, segundo ela, avançou em vários setores e foi a Capital que mais gerou empregos no Nordeste.

Quem confere o vídeo, acaba definindo Fortaleza como a cidade da prosperidade.

Viaturas policiais com pneus furados

71 1

Há várioas viaturas policiais com pneus furados em pontos de Fortaleza. Efeito da greve dos policiais militares que o Comando da Corporação diz não existir de fato.

Os policiais, mobilizados por suas entidades representativas, lutam por melhores condições de trabalho e de salário. 

Continua a torcida por um acordo entre Governo do Estado e a Polícia. As festas de réveillon não podem ocorrem sem a mínima segurança.