Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Petrobras realiza debate sobre Pré-Sal em Fortaleza

A Petrobras vai realizar nesta terça-feira, a partir das 18h30min, no auditóro da Federação das Indústrias do Ceará (FIEC), o seminário “Pré-sal e o Futuro do Brasil”. O encontro, que contará com a participação de diretores da instituição, abrirá discussão sobre o novo marco regulatório do petróleo no país.

Segundo Raimundo Lutif, gerente de Estruturação do Negócio da Refinaria Premiun II, estarão em pauta na reunião temas como capacidade de exploração, legislação e royalties, dentre outros.

Lutif adianta que a Petrobras vem  realizando vários seminários do gênero pelo Brasil para compartilhar as perspectivas relacionadas ao potencial da camada do pré-sal, além de promover debate qualificado.

SERVIÇO

* Evento é gratuito e aberto aos interessados.

HGF entra em ritmo de campanha de doação de sangue

O Hospital Geral de Fortaleza ( HGF), em parceria com o Hemoce, realizar, no próximo dia 8, das 9 às 17 horas, uma campanha de doação de sangue. Uma unidade do Hemoce estará atendendo no hall do auditório principal do hospital e, appós uma pré-triagem no próprio local, os doadores voluntários serão encaminhados para triagem individual, onde passarão por uma pequena consulta.

Após isso, segundo a assessoria de imprensa do HGF, é servido um lanche aos doadores, para melhorar os níveis de glicemia e hidratação, reduzindo os riscos de problemas durante a doação. Passados 10 minutos do lanche, é iniciada a coleta, que será realizada no miniauditório Antônio de Pádua, onde serão disponibilizadas seis cadeiras de coleta. O volume máximo de sangue colhido é de 450ml e o tempo médio da coleta é de sete minutos.

Jurista rejeita homenagem da OAB do Ceará

A Ordem dos Advogados do Brasil, regional do Ceará, vai promove nesta segunda-feira, a partir das 19 horas, no Teatro Celina Queiroz, da Unifor, um festival de entrega de medalhas de advogado padrão.

Na lista, advogados antigos e novos e algumas surpresas como, por exemplo, a rejeição da homenagem por parte do jurista Filomeno Moraes.

Ele recusou a medalha alegando “questão de consciência”.

Bom lembrar que Filomeno já tentou sair candidato a vaga de desembargador, mas acabou sem o apoio do Conselho Estadual da OAB.

Caucaia promove o "Interatividade Jovem"

Nos próximos dias 9, 10 e 11, a praça da Igreja Matriz de Caucaia será palco do Festival da Interatividade Jovem (Interajovem).

Tendo como público principal crianças e adolescentes de 12 ONGs do Estado, o Festival será um momento para mostrar o trabalho desenvolvido nos projetos e para partilhar experiências. 

“É de extrema importância essas crianças e adolescentes serem reconhecidos em seu município, assim como ampliar suas referências com outros da sua mesma idade e vocação”, diz Newton Guimarães Júnior, presidente da Associação Escola de Campeões, organizadora do evento.

Estão programadas ainda 14 apresentações, intervenções na praça, oficinas de percussão, bordado criativo e Hip Hop, além de estandes interativos. Haverá também shows com a dupla Italo e Renno e as bandas Nigroover e Arsenic.

Luizianne não é Lula

70 3

Com o título “Reflexões à luz do poste”, eis artigo do publicitário e poeta Ricardo Alcântara. Ele analisa o debate sucessório do PT e aliados em Fortaleza e faz algumas considerações acerca de um possível nome bancado pela prefeita Luizianne Lins.

A então vereadora Luizianne Lins furou uma montanha para chegar à prefeitura de Fortaleza. Para lá permanecer, removeu outra. É natural que se imagine capaz de contrariar uma vez mais os prognósticos consensuais.

Repetidas vitórias em situações de risco talvez a animem a repetir o salto sem rede – um mortal duplo, agora – de sustentar o nome do (assim por ela definido) “poste sem luz” Waldemir Catanho como candidato à sua sucessão.

Todos viram o esforço que o ex-presidente Lula precisou empreender para eleger como sucessora o poste – este, bem iluminado – Dilma Rousseff, mesmo com toda força e inquestionável popularidade de seu governo.

Luizianne não é Lula. O que ela realizou durante sua gestão não é proporcionalmente comparável ao patrimônio simbólico que a passagem dele pelo poder foi capaz de instalar no HD do imaginário coletivo.

Vamos às hipóteses. Se Luizianne insistir, como promete, em defender o nome do “primeiro companheiro” e mais próximo auxiliar, criará um impasse interno, jogando a decisão no leito turbulento das prévias.

“Prévia” é o nome que se dá ao processo de onde às vezes sai vencedor aquele que será, mais adiante, derrotado – não apenas por mérito dos adversários, mas também por sequelas do processo fracionário pelo qual, antes, foi indicado.

Ninguém aí deve imaginar que os principais aliados da prefeita ficarão inertes até que se saiba quem serão as vítimas do quebra pau da prévia petista, sem tomar eles mesmos providências preventivas que os preservem.

A primeira consequência de uma confirmação de prévias no PT seria o lançamento, ainda que reversível, de candidatos nas forças aliadas – o PSB de Cid Gomes, o PMDB de Eunício Oliveira e PCdoB de Inácio Arruda.

Pelo rumo da prosa, nada amistosa, entre PT e PSB, o mais provável é, ao fim daquele processo, o nome escolhido já não encontre no ambiente político os meios necessários para viabilizar boas alianças. E vai precisar.

Não custa lembrar: todos que antes subestimaram o PFG (o Partido dos Ferreira Gomes) arrebentados foram e arrebentados ainda estão. Ali se pratica oportunismo de alta performance. Por cima daquilo, só passa trator.

Se a estratégia pretendida por Luizianne para alcançar maior autonomia é espalhar pedras, toma o rumo certo ao jogar Waldemir Catanho às prévias. O problema não é o rapaz. O problema – segundo as pesquisas – é a gestão.

Pelos índices, Luizianne não é nenhuma Brastemp. Insistir com Catanho é apostar nas próprias forças. Sim, tem o Lula. Mas o Lula não pode tudo. Não conseguiu, por exemplo, reeleger Ana Júlia ao governo do Pará. Deu tucano.

Outro problema, mais um, é que os partidos aliados da gestão municipal também integram o bem avaliado “projeto nacional” e deverão falar em nome dele, capitalizando eles algum prestígio pelos êxitos obtidos.

Unidos, só perderiam para um furacão. Não há sinais deles no radar. Separados, qualquer um deles pode levar, inclusive um “J. Pinto Fernandes” qualquer que, como no poema do Drummond, não tinha nada a ver com isso.

* Ricardo Alcântara,

Poeta e publicitário.

Cid recebe lista tríplice para procurador-geral de Justiça

A procuradora-geral de Justiça do Estado, Socorro França, entregará, nesta segunda-feira, a lista tríplice, composta pelos candidatos mais votados à chefia da Procuradoria Geral de Justiça, para a apreciação do governador Cid Gomes. Cid terá o prazo legal de 20 dias para se manifestar quanto à escolha.

De acordo com o resultado da eleição, ocorrida no último dia 2, os postulantes com maior número de sufrágios foram os promotores de Justiça João de Deus Duarte da Rocha, com 156 votos; Alfredo Ricardo de Holanda Cavalcante Machado, com 149 votos; e a procuradora de Justiça Maria Neves Feitosa Campos, com 139 votos.

Dos 378 membros do Ministério Público aptos a votar, 357 sufrágios foram registrados, sendo que 281 ocorreram por meio da urna eletrônica instalada na sede da PGJ e 76 votos foram registrados por cédula. Do total, 21 deixaram de votar.

Ceará desembarca sem dar entrevistas. Diretoria dará coletiva na 3º feira

132 2

O time do Ceará desembarcou, por volta das 8h30min desta manhã de segunda-feira, procedente de Salvador. A equipe, que perdeu por 2 a 1 para o Bahia e acabou rebaixada para a Série B, do Brasileirão, foi recebida pela imprensa, mas ninguém deu entrevista.

Nesta terça-feira, às 17 horas, numa entrevista coletiva,  Evandro Leitão deverá falar sobre o futuro dos jogadores, os próximos planos do clube e oficializar licença da presidência do clube que ficará sob a responsabilidade de Robinson de Castro.

Presidente da Fiec ganha comenda do Sinditêxtil

O presidente da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), Roberto Macedo, receberá quinta-feira, à 19 horas, a Comenda da Indústria da Moda. Trata-se da mais alta homenagem prestda anualmente pelo Sindicato da Indústria de Fiação e Tecelagem em Geral do Estado (Sinditêxtil).

A comenda será entregue durante jantar de confraternização, no Marina Park Hotel, reunindo membros do setor e autoridades, informa o presidente do sindicato, Germano Maia.

Nova defensora-pública geral do Estado toma posse

Andréa Coelho tomará posse, às 10h30min desta segunda-feira, como defensora-pública geral do Estado. O ato ocorrerá no Palácio da Abolição com a presença do governador Cid Gomes e de dirigentes de entidades ligadas a organismo do Poder Judiciário e dos direitos humanos.

A nova defensora-pública geral cumprirá mandato de dois anos e substituirá Francilene Gomes. André Coelho já foi presidente da Associação dos Defensores Públicos do Ceará e vice-presidente nacional da associação da categoria.

A principal bandeira de André Coelho é ampliação, com autonomia, da Defensoria Pública Geral do Estado.

PMs envolvidos em perseguição policial desastrosa vão a julgamento

“A 2ª Vara do Júri do Fórum Clóvis Beviláqua levará a julgamento, nesta segunda-feira (05/12), a partir das 13h30, os policiais militares Rinaldo Carmo Sousa, Francisco Edenildo de Lima e Francisco Emanuel Rodrigues Felipe. Eles são acusados do crime de tentativa de homicídio praticado contra quatro pessoas, em setembro de 2007.

As vítimas foram os espanhóis Marcelino Ruiz Campelo e Maria del Mar Santiago Almudever, o italiano radicado no Brasil Innocenzo Brancati e a brasileira Denise Sales Campos Brancati. Eles tiveram o carro atingido por 22 disparos durante perseguição policial equivocada, na avenida Raul Barbosa, em Fortaleza.

O júri popular será presidido pelo magistrado Henrique Jorge Holanda Silveira, titular da Vara. A acusação será representada pela promotora de Justiça Alice Iracema Melo Aragão e pelo assistente Antônio Holanda Neto. A defesa do réu Rinaldo Carmo Sousa ficará a cargo do advogado Delano Cruz. Os demais acusados serão defendidos pelo defensor público Gelson Azevedo Rosa.

O julgamento do PM Antônio Eduardo Martins Maia, também envolvido na operação, foi marcado para o próximo dia 9. No último dia 23, o policial militar Luiz Ary da Silva Barbosa Júnior foi julgado e condenado a 24 anos de reclusão, em regime fechado.

O CASO

Segundo o Ministério Público (MP) estadual, as vítimas trafegavam no sentido Aeroporto – Aldeota quando o veículo em que estavam foi alvejado por disparos vindos de viaturas policiais. Os PMs faziam cerco no intuito de capturar acusados de roubo.

Innocenzo Brancati, que dirigia o carro, foi atingido no braço, e Marcelino Ruiz Campelo levou um tiro no ombro esquerdo. A bala se instalou na coluna e ele ficou paraplégico.
Ainda segundo o MP, os disparos só cessaram quando Denise Sales Campos Brancati saiu do automóvel para mostrar que eles não eram assaltantes.”

(Site do TJ-CE)

Funcap está sob comando interino

A presidência da Fundação Cearense de Apoio à Pesquisa, Ciência e Tecnologia (Funcap) continua sem titular. Tarcísio Pequeno deveria permanecer, pois houve até aprovação de lei mudando o estatuto do órgão e lhe garantindo recondução.

Não se sabe o porquê, mas Almir Bittencourt, adjunto da Secitece, ocupa a função interinamente.

Lamenta-se tal situação que envolve um órgão dos mais importantes para a educação superior do Estado.

Cearense é vice da Juventude Socialista Brasileira

O cearense Pedro Henrique da Silva foi eleito vice-presidente da Juventude Socialista Brasileira (JSB), organismo ligado ao Partido Socialista do Brasil. A indicação dele, em chapa única, ocorreu no fim de semana, em Brasília, durante o XII Congresso Nacional do PSB.

O amazonense Sérgio Cardoso é o novo presidente da Juventude Socialista Brasileira, enquanto o baiano Bruno da Mata ficou como secretário nacional do organismo.

Pedro Henrique da Silva contou com o apoio do deputado federal Domingos Neto, que foi cotado para ser secretário nacional.

TCM já está de olho no desmonte de Prefeituras

 

“O Tribunal de Contas dos Municípios encerrará, na próxima sexta-feira, a fiscalização projetada para 2011 cobrindo os 184 municípios. O último bloco de visitas inclui Aracoiaba, Brejo Santo, Ibicuitinga, Independência, Milagres, Penaforte, Solonópole e Tabuleiro do Norte. Durante o ano, as equipes viajaram mais de 86 mil quilômetros no Estado, contabilizando retorno a diferentes localidades.

Agora se amplia outra fase, a de produção dos relatórios, que permitirá visualizar o que foi constatado de bom e de ruim, base para as análises e julgamentos das contas. “Isso permitirá a sociedade conhecer, em todos os detalhes, como os gestores estão se comportando”, diz o presidente do TCM, Manoel Veras, que dá um aviso: 2012 é ano eleitoral e o órgão já se prepara para isso.

Promete formar equipes de ação rápida para monitorar as contas em campo, especialmente dos dirigentes que não poderão disputar reeleição, fato que, tradicionalmente, traz problemas. É a prevenção contra o desmonte.”

(Da Coluna Vertical, do O POVO)

Acidente na CE-040 mata três jovens

“Três jovens, com idades entre 18 e 22 anos, morreram, ontem, em consequência de um grave acidente ocorrido na rodovia estadual CE-040, no limite entre os Municípios de Fortaleza e Eusébio, na região metropolitana. O veículo em que elas viajavam colidiu com um poste de iluminação pública depois que o guiador perdeu o controle da direção.

Conforme a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), o desastre ocorreu poucos minutos após as 14 horas, na pista no sentido sertão-capital.

De acordo com os policiais militares que foram acionados para atender à ocorrência, provavelmente, o guiador do veículo estivesse bêbado. Ele trafegava em alta velocidade, quando o carro se desgovernou, subiu o canteiro central que divide as duas pistas da rodovia e bateu violentamente contra o poste.

Mortes

O motorista, identificado como José Helder Camelo Nascimento, ficou ferido, assim como a jovem Caroline de Oliveira Lucas Martins, 18, que estava no banco do carona.

As três garotas que morreram viajavam no banco traseiro e teriam ficado presas nas ferragens do veículo, atadas pelo cinto de segurança. Até a noite passada, a PRE tinha identificado as vítimas apenas por Karine (que residia no Conjunto Esperança, nesta Capital), Ana Kelly e Érica. As duas últimas residiam na cidade de Quixadá, no Sertão Central.

O motorista foi levado do local do acidente por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Instituto Doutor José Frota (IJF). Já Caroline de Oliveira sofreu apenas ferimentos leves e foi medicada pelos socorristas ainda no local do desastre.

Uma equipe da Perícia Forense esteve no local fazendo levantamentos. O laudo sobre o desastre deve ficar pronto em cerca de duas semanas.”

(Diario do Nordeste)

Por um turismo ligando o Nordeste ao Mundo. Sem escalas

Eis artigo do ex-secretário estadual do Turismo, Allan Aguiar, com o título “Sugestão para decolar o Ceará & Cia”. Para ele, uma forma de expandir o turismo é ligar o Nordeste ao Mundo sem escalas em São Paulo ou no Rio de Janeiro, por exemplo.

Quantas décadas levaremos para alcançar as médias atuais dos indicadores sociais do restante da Nação, considerando que as demais regiões não estão estacionadas? Como turbinar o crescimento econômico e indexá-lo a inclusão social? Resposta tradicional: Aumento da renda dos consumidores, investimento público e privado, o mais desconcentrado possível, isto tudo associado a programas de transferência de renda para as camadas mais pobres.

Mesmo com as condições macroeconômicas favoráveis, o investimento público é limitado pelos limitados orçamentos das esferas de Governo, o qual não é capaz isoladamente de promover o aumento da renda das pessoas. Assim, cabe ao desempenho global da economia o papel central de empurrar o capital privado para o investimento, criando postos de trabalho.

Não devemos esperar que a reversão do quadro de pobreza e violência aconteça pela capacidade de Investimento do Setor Público, muito menos pela eficiência dos serviços prestados. O Setor Público no Brasil continuará gravitando entre as órbitas da ineficiência e da baixa eficiência.

Precisamos reinaugurar o modelo mental que determina a dinâmica governante. Atualizar o sistema que roda na cabeça dos Planejadores e Orçamentadores dos Estados Nordestinos. Precisamos rever a hierarquia das prioridades das políticas, diretrizes e programas, incorporando no topo dessa hierarquia a indução da cadeia produtiva da Aviação, infra-estrutura fundamental para o desenvolvimento da Região.

Assim, proponho que conectemos o Nordeste do Brasil ao Mundo, e não apenas ao Brasil, oferecendo ao mundo a oportunidade de deslocar-se ao Nordeste diretamente, sem escalas em São Paulo ou Rio de Janeiro.

Considerando que a solução para essa conexão física não virá pela via de mercado, mesmo com toda a indução que uma nova regulação do setor aéreo traga ao contexto atual, apresento a proposta de inaugurarmos a NORDESTE Sky Brasil. Isso mesmo: Uma Estatal pertencente aos Estados dispostos a investir no estratégico, não no operacional, no futuro, não no superado. Uma Aérea Estatal dominada pelo profissionalismo e por critérios de governança corporativa que a permita uma atuação arrojada diante de um mercado impiedoso com a ineficiência. Uma Empresa blindada contra a ingerência política danosa que tente impor, por exemplo, vôos entre Irauçuba/CE e Salgueiro/PE

Inicialmente, uma Aérea com quatro aeronaves de grande porte para vôos internacionais para Europa, América do Norte e África e 15 aeronaves para vôos regionais ligando não apenas as capitais da região, mas as médias cidades situadas nesses 1,5 milhões de quilômetros quadrados que abraçam os nove Estados. Somos territorialmente maiores que, JUNTOS, Portugal (TAP), Espanha (Ibéria), Itália (Alitália), França (Air France), e Reino Unido (British Airways). Sem falar do Arquipélago de Cabo Verde (TACV – Cabo Verde Airlines).

Projeções do Plano de Negócios:

Investimento: U$ 540 Milhões

Exposição Máxima de Capital: U$380 Milhões (Uma cidade da Copa de Recife ou dois e meio aquários de Fortaleza)

Taxa Interna de Retorno: 14% a.a

Retorno do Capital Investido: 7,1 anos

Viabilidade econômica existe. Seria também o exemplo mais expressivo de efetiva Integração das políticas públicas sociais dos Estados do Nordeste. Falta apenas vontade e a decisão política integrada dos Governadores, alem do compromisso de construir uma Estatal alocando equity com viés de saída da gestão, não do controle societário e do comando do Conselho de Administração. Sabemos o quanto é difícil alinhar esses planetas, mas acontecendo a costura entre os Estados, o Nordeste teria outra cadência de seu ritmo de crescimento.

*Allan Aguiar foi Presidente da Fundação de Turismo Integrado do Nordeste (CTI – Nordeste)

Eleições 2012 prometem uma guerra entre aliados no Ceará

52 3

“Não há dúvida de que as eleições municipais de 2012 irão testar a resistência da aliança PT-PSB-PMDB no Ceará. A super aliança que tem dominado a cena política em Fortaleza e no Ceará nos últimos anos, poderá passar por alguma turbulência durante o pleito que se aproxima. Segundo levantamento feito pelo O POVO, há possibilidade de os partidos se enfrentarem em pelo menos 16 dos principais municípios cearenses. Entre eles está Fortaleza.

As eleições de 2012 servirão para demarcar os espaços e os limites dos três principais partidos que compõe a base governista no Ceará e servirão como ponto de partida para a estratégia eleitoral de 2014, ano de eleições majoritárias. Hoje, o discurso dentro dos partidos é de manter a aliança a todo custo. Mas até 13 de maio, prazo para inscrição das chapas, muito ainda pode acontecer.

Para os dirigentes partidários, a tensão no Interior do Estado pouco deverá influenciar na aliança na Capital. Mas o oposto não é verdade. Se houver ruptura dessa união em Fortaleza, a disputa pelas prefeituras do Interior estará aberta. Embora, até agora, a chance de ruptura em Fortaleza seja mediana e o discurso seja de união, os embates já começaram. O ex-governador Ciro Gomes (PSB) tem dado declarações no sentido de que a aliança deveria ser rompida.

Para o deputado federal José Guimarães (PT) é natural que haja disputa entre os partidos, mas esse processo “não pode rachar a aliança”. “Eu sou defensor da tese de que devemos sentar com o governador, tratar das alianças nos principais centros”, diz Guimarães. Para Almicir Pinto, secretário-adjunto do Gabinete do Governo do Estado, neste momento os líderes partidários estão se “cacifando” e fazendo apostas.”

(O POVO)

Guimarães teme que tensão em BH azede de vez relação de PSB e PT em Fortaleza

78 1

Fortaleza, Belo Horizonte e Recife são as três capitais brasileiras onde PT e PSB estão com as relações estremecidas. A situação mais tensa é a da capital mineira, depois que o prefeito Márcio Lacerda (PSB) deu um ultimato até janeiro para que os petistas se decidam sobre a manutenção ou não da aliança. O PT diz não aceitar o PSDB na aliança, enquanto o prefeito anunciou que não abrirá mão dos tucanos e já se prepara para a oposição petista nas urnas, na pessoa do atual vice Roberto Carvalho.

Para o vice-líder do Governo Dilma na Câmara Federal, José Guimarães (PT), o Partido dos Trabalhadores deve ter todo o cuidado para que a tensão em Belo Horizonte não contamine Fortaleza e Recife, capitais com igual tendência para um rompimento. Na capital pernambucana, secretário do PSB já anuncia entregar a pasta ao prefeito João da Costa (PT).

“Em algumas capitais, temos que tratar nacionalmente com o PSB, senão pode interditar alianças locais. Os presidentes do PSB e do PT, Eduardo Campos e Rui Falcão, devem se sentar para discutir. Senão, temo que o processo seja longo demais para evitar eventuais rachaduras”, alertou Guimarães, durante reunião da Executiva Nacional do PT, não descartando a intervenção na capital cearense dos presidentes nacionais dos dois partidos.

Guerra fria

Em Fortaleza, a relação entre os dois partidos é digna de uma trama de “guerra fria”, com direito a acusações de espionagem e com a promessa de um final empolgante. Enquanto integrantes do PSB acusam o PT de minar qualquer pretensão socialista de candidatura própria, diante da prematura pré-candidatura de Eliane Novais (PSB), os petistas apontam o PSB como articuladores da pré-candidatura de Camilo Santana (PT).

Petistas e socialistas também reclamam que militantes têm promovido vaias em eventos um do outro. Nas redes sociais, o primeiro escalão das duas administrações (Cid Gomes e Luizianne Lins) inova cada vez mais os ataques.

Na mídia, o governador usa expressões como “azarão” e “arrogância” para tratar do tema sucessão em Fortaleza. Já a prefeita, como em uma prática de vodu, espeta Ciro Gomes na tentativa de atingir o principal aliado, ao devolver os comentários do governador.

Arranjos eleitorais

290 1

Em artigo publicado neste sábado (3), no O POVO, o médico, antropólogo e professor universitário Antonio Mourão Cavalcante critica a forma como partidos políticos costuram suas alianças e fazem a população de marionete. Confira:

São cada vez mais evidentes as manobras de bastidores em relação à sucessão municipal. As molduras estão prontas. Falta só providenciar os retratos.

Fica evidente que, no momento, a maior importância é o nome. Qual é o “cara”. Não se faz referência alguma a programa, a princípios administrativos, as opções e prioridades que se deseja assumir. Importa o nome e a foto. Nem mesmo a sigla partidária tem valor. Vê-se interior a fora, igualmente, uma dança macabra de letras partidárias e alianças espúrias.

Isto é, no Brasil inteiro, estamos querendo construir uma democracia onde o povo funciona apenas como decoração. Somos coadjuvantes. Figurantes de uma novela sem enredo. Não vamos eleger, no sentido mais largo de escolher: estabelecer diferenças, marcar conflito e debate. Vamos simplesmente homologar o que os sábios (ou sabidos?) donos das letrinhas partidárias estão – agora – negociando entre eles.

Depois, na campanha, basta algumas tapinhas nas costas dos mais otários, dinheiro na mão de cabos eleitorais – tão ou mais cretinos quanto os próprios políticos – e pronto!

Esses candidatos de proveta ou aqueles nascidos de barganha leiloeira devem ser rejeitados. Fortaleza não pode aceitar que um grupo de oportunistas faça acordos espúrios, dividam fatias do governo – secretarias e autarquias – como os marginais repartem um assalto. Não. Fortaleza rejeita esse tipo de política. Não bate com sua história heróica e resistente.

Eu acredito exatamente no contrário. Uma campanha deveria começar com a pergunta: o que somos e o que desejamos? Como podemos melhorar a vida nessa cidade? O que nos falta? Como podemos resolver esses problemas mais urgentes?

Daí, progressivamente, nós íamos tirando diretrizes e assumindo compromissos. Dessas linhas nasceria o desejo de construir algo de novo. Uma nova cidade. Então, o candidato surge dessa discussão. Emerge de um processo de formação de liderança e compromisso.

Ninguém precisa de bonecos, postes e palhaços! Fortaleza exige respeito.

Festival Curta Canoa promove oficinas

O Curta Canoa – Festival Latino-Americano de Cinema de Canoa Quebrada está em parceria com a Faculdade Católica do Ceará em uma série de ações que acontecerão nesta edição do festival. Segundo a assessoria de imprensa do evento, essas ações ocorrerá a partir de segunda-feira e se estenderão até o dia 10 próximo em Canoa Quebrada e na sede do município de Aracati (Litoral Leste).
Uma das parcerias está na realização das oficinas de Fotografia, com Chico Gomes, fotógrafo do Núcleo de Prdução Audiovisual da Católica; Pensamento Criativo, com o professor Cláudio Sena; e Câmera, com o professor Fernando Maia. Haverá ainda a oficina de Som de Animação, ministrada por Alexandre Jardim, do Centro Técnico Audiovisual (CTAV) do MinC.

Com foco na defesa ao meio ambiente, as oficinas estão com inscrições abertas até o dia 02 de dezembro. Os interessados devem enviar um email para producao@jalimaproducoes.com.br, com o nome, contato e indicar em qual oficina deseja se inscrever.

FESTIVAL

O Curta Canoa 2011 é uma realização da J.A.Lima Produções, com patrocínio da PETROBRAS e do BNB. Apoio Cultural: COELCE, Centro Técnico Audiovisual (CTAV), Sebrae/CE e Instituto Social de Arte e Cultura do Ceará (ISACC). Tem apoio do Goverdo do Estado do Ceará, por meio da Secretaria de Cultura (Secult) / Lei Estadual Nº 13.811, e do Governo Federal, via Lei Federal de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet). Parceria: Associação dos Empreendedores de Canoa Quebrada (ASDECQ).