Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

PMDB só decidirá em março se terá ou não candidato a prefeito de Fortaleza

102 1

“O deputado federal Danilo Forte (PMDB), virtual pré-candidato da legenda à Prefeitura de Fortaleza, disse que em março, durante um encontro regional, o PMDB anunciará se terá ou não candidatura própria na Capital. Para ele, ter candidato é uma “obrigação” do partido.

“O debate está acontecendo. Muitos (no partido) têm manifestado um saudosismo muito grande em relação à gestão do PMDB em Fortaleza”. Perguntado se seria ele o candidato, Danilo diz que se sentiria honrado e que aceitaria o desafio, mas que no momento, a prioridade é ter candidatura. “A diretriz do PMDB é participar das eleições nas principais cidades o País”.

Em dezembro, o PMDB realizou um encontro para discutir estratégias para as eleições municipais de 2012. No evento, o presidente estadual do partido, senador Eunício Oliveira, defendeu a manutenção da aliança entre PMDB, PSB e PT, mas declarou que a vontade do seu partido é de ter candidato em Fortaleza.

Sobre a manutenção dessa aliança, vitoriosa em 2006, 2008 e 2010, Danilo, que tem feito duras críticas à gestão da prefeita Luizianne Lins (PT), acredita que ela cumpriu um papel importante de mudanças políticas, “naqueles momentos”. “Mas do ponto de vista administrativo tem muitas falhas, principalmente no projeto para Fortaleza. (…) Há uma irresponsabilidade gerencial na Cidade. (…) Se a preocupação é a aliança, ela pode ser discutida no segundo turno”.

Para o deputado, o partido se acomodou no cenário político cearense. “Dentro do PMDB nós temos tentado quebrar uma certa inércia, principalmente em Fortaleza”, diz. “O PMDB tem esse lastro, essa história e não pode se negar de forma alguma de lançar candidato”. Em dezembro, Danilo Forte espalhou outdoors pela cidade com mensagens de fim de ano. Mas ele garante que não se trata de divulgação do seu nome. “É uma prestação de contas com a população. É uma mídia que gera uma boa relação custo beneficio. É o meio de comunicação do meu mandato”. Durante o ressesso parlamentar no Congresso, em janeiro, Danilo ficará em Fortaleza.”

(O POVO)

Grupo do Exército reforça segurança no aeroporto de Fortaleza

O Aeroporto Internacional Pinto Martins recebeu reforço em sua segurança. Um grupo do Exército, que integra a Força Nacional de Segurança, ali se encontra para evitar problemas. Os homens estão espalhados pelo saguão e na área externa do terminal.

Esse reforço faz parte da estratégia do governo estadual de manter a ordem nos pontos considerados estratégicos. Esse tipo de providência é consequência da greve que atinge, segundo a SSPDS, cerca de 20% do contiungente policial do Estado. Os policiais militares reivindicam melhores condições salariais e de trabalho.

Reforço na área interna do aeroporto.

(Fotos – Paulo  MOska)

Mais 900 agentes reforçam segurança no Ceará

“Setenta e nove homens do Exército desembarcaram ontem em Fortaleza para a Operação Ceará, deflagrada após a paralisação de policiais militares. Com o reforço, o efetivo disponível para atuar no Estado – que inclui também integrantes da Força Nacional de Segurança – chega a cerca de 900 agentes.

O Comando da 10ª Região Militar do Exército Brasileiro não divulgou detalhes de como o efetivo será empregado, mas garantiu que as decisões serão em conjunto com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). “É um planejamento feito dia a dia, de acordo com a necessidade”, informa o tenente-coronel Charles Moura, chefe do setor de comunicação social da 10ª RM.

A ideia é que o Exército e a Força Nacional de Segurança atuem no policiamento nas ruas, enquanto durar o movimento dos PMs. “Eles podem fazer todas as ações de Polícia”. Por enquanto, serão utilizados veículos próprios do Exército. Dependendo da necessidade, também podem ser usados carros da PM.

Os cerca de 900 agentes disponíveis incluem os 79 que desembarcaram ontem; os 140 homens do Exército que haviam chegado anteriormente de Teresina, no Piauí, e de Crateús, no Ceará; os 173 da Força Nacional de Segurança; e os mais de 500 que já fazem parte do efetivo do Exército em Fortaleza. “Se for necessário, a gente pode convocar mais de outros estados”, afirma Charles.

Greve

A paralisação dos policiais militares não é total. Os comandantes de algumas companhias conseguiram novas viaturas – já que as que pertenciam às unidades foram tomadas pelos manifestantes -e as rondas voltaram a ser realizadas. Ontem, O POVO viu PMs atuando nos bairros Conjunto Ceará e Parangaba. “Estamos com quatro viaturas circulando em comboio”, garante o comandante do 6º Batalhão da PM, tenente-coronel Hervano Macedo. A estratégia é para evitar que os manifestantes tomem as chaves dos veículos.

O POVO entrou em contato com o comandante geral da PM, coronel Werisleik Matias, mas ele não quis falar sobre os procedimentos que serão adotados pela Polícia. Ele disse que todas as informações sobre a operacionalização da segurança no Estado estão concentradas na 10ª Região Militar do Exército.”

(O POVO)

Réveillon no Ceará com sete mortos e 22 feridos nas estradas

“As Polícias Rodoviárias Federal (PRF) e Estadual (PRE) registraram 24 acidentes, que deixaram 22 pessoas feridas e sete mortes nas estradas cearenses, neste fim de semana de Réveillon. Os acidentes mais graves ocorreram nas rodovias estaduais, onde foram registradas seis mortes, segundo a PRE.

Ao todo, entre sábado e as 20 horas de ontem, o órgão contabilizou nove acidentes, com seis mortes e oito pessoas feridas. Na manhã de ontem, uma colisão entre um carro e uma motocicleta foi registrada na CE-162, em Paraipaba, a 93 quilômetros de Fortaleza. O passageiro do carro, José Pereira Carneiro, de 87 anos, morreu no local.

No sábado, 31, por volta de 4 horas da madrugada, dois motociclistas morreram ao colidirem frontalmente, no quilômetro 27 da CE-356, em Baturité, distante 93 quilômetros da Capital. Segundo a PRE, morreram Francisco Sérgio Galdino dos Santos, 36, e Bruno Wesley da Silva Gonçalves, 17 anos. Este último, de acordo com a Polícia, não usava capacete e não possuía habilitação.

Em Canindé, o capotamento de um veículo, por volta das 8h30min, deixou morto o motorista José Rodrigues da Silva, 52. O acidente aconteceu na CE-257. Já em Quixadá, no Sertão Central, por volta de 11h20min de ontem, Sérgio Isaac do Nascimento de Sousa morreu vítima de atropelamento. O acidente aconteceu no km 153 da CE-256. Segundo a PRE, o condutor que teria atropelado a vítima fugiu do local do acidente.

Estradas federais

Nas BRs que cortam o Ceará, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou 15 acidentes, com 14 feridos, até a noite de ontem. Uma morte foi registrada, na tarde de ontem, no quilômetro 193 da BR-116, em Limoeiro do Norte. Daniela Moura Campelo, passageira de um veículo que colidiu lateralmente com outro carro, morreu no local.”

(O POVO)

Deputado Ely Aguiar manda nota para Blog e se diz solidário à luta dos policiais militares

292 12

Do deputado estadual Ely Aguiar (PSDC), recebemosnota onde ele esclarece sobre posição acerca da greve da Polícia Militar. Ely discorda de crítica aqui feita de que ele e outros parlamentares identificados com o setor segurança pública estariam numa postura equidistante do processo. Ele garante qeu os grevistas contam com seu apoio. Confira:

Caro jornalista Eliomar de Lima, Feliz 2012.

Gostaria de dizer que o amigo cometeu um equivoco ao comentar o movimento dos policiais envolvendo o meu nome. Eu, no primeiro e neste meu segundo mandato, tenho levantado dezenas de  vezes a minha voz  em defesa dos policiais civis e militares.  O amigo, como jornalista atuante que é, é testemunha. Tenho feito criticas pesadas ao Governo do Estado.

Faço há muito tempo a defesa da redução da jornada de trabalho. Fiz parte, inclusive, da comissão que recebeu do governo a promessa da redução. A nossa luta pelo aumento do contigente policial é constante.

Na tribuna, ja disse que falta vontade política para a aplicação do piso nacional. Todavia,  não participo dos movimentos paredistas, porque essa nunca foi a minha prática. Mas não deixo de garantir meu apoio.

É  fácil verificar que nunca votei contra professores, contra trabalhadores e contra servidores públicos. Um dos últimos projetos do governo que teve meu voto contra  foi o  que limitava o teto para tratamento de saúde dos servidores. Apenas sete deputados votaram contra e eu fui um deles.

Não sou de andar gritando palavras de ordem no meio da rua, pois nunca participei  de tais  manifestações. Esses movimentos são  promovidos  por outras tendências que, agora, por conveniência politica, estão debaixo da asa do governo. Eu  mostro a cara, pois voto de acordo com a minha consciência.

Os policiais sabem que contam com meu apoio. Infelizmente, a  Assembléia Legislativa está  em recesso. Caso contrário, já teria ocupado atribuna. Veja também os projetos  apresentados por este seu amigo para garantir uma segurança melhor e mais eficiente ao povo cearense.  Agradeço o espaço.

* Ely Aguiar,

Deputado estadual.

Sindiônibus repudia envolvimento do Sintro em ações contra o ir e vir da população

121 3

O presidente do Sindiônibus. Dimas Barreira, mandou nota para o Blog repudiando ações isoladas que tentaram prejudicar a população no item transporte público. Confira a nota:

NOTA DE REPÚDIO

O Sindiônibus vem a público repudiar o envolvimento do Sindicato dos Rodoviários (Sintro) em manifestação promovida pela Polícia Militar em terminais de integração nesta tarde de sábado, 31 de dezembro, em Fortaleza.

Apesar de não conseguir a adesão da própria categoria, a isolada ação do Sintro, em última instância, prejudicou a população fortalezense, em especial a parcela que tem no transporte coletivo o seu principal ou único meio de deslocamento.

A ação do Sintro fere a todos os preceitos legais, assim como o que preceitua a Convenção Coletiva de Trabalho da categoria.

Nossa Convenção Coletiva está em pleno vigor e não fomos informados pela diretoria do SINTRO sobre qualquer pleito ou intenção de ação na cidade. Também não temos informações sobre a ocorrência de assembléia da categoria solicitando aprovação para essas ações de perturbação da ordem.

Não se consegue perceber na ação do Sintro a prática estatutária da defesa legítima dos interesses da categoria, cujo universo ultrapassa o número de 10 mil trabalhadores e que exercem um papel fundamental na preservação da garantia constitucional de “ir e vir” da população de Fortaleza.

* Dimas Barreira,

Presidente do Sindiônibus.

Fortaleza amanhece no Ano Novo, mas com velhos problemas

131 1
Este Blog recebeu nota da Coordenadoria dos Amigos da Beira Mar. A queixa é sobre uma rampa na área do bairro Aldeota. Confira:
Prezado Jornalista Eliomar de Lima,

Achei um absurdo essa rampa de lixo na esquina da rua Frei Mansueto com a avenida Dom Luís, bem pertinho do Pátio Dom Luis, Restaurante Dallas…etc

Aproveito para desejar um 2012 de muitas realizações, com muita saúde, paz, harmonia, força e repleto de felicidades.

Obrigado pela parceria em 2011. Vamos redobrar esforços neste novo ano.

Abraços,

* Tadashi Enomoto

Coordenador dos Amigos da Beira Mar

Associação 64/68 analisará anistia dos policiais militares

121 8

Por proposta do associado Candido Feitosa, a Associação 64/68 Anistia está convocamos  todos os seus membros para uma reunião, na próxima quarta-feira, 4, às 16 horas, na sede da entidade (Rua Instituto do Ceará, 146).

O objetivo é discutir a reivindicação de anistia aos policiais militares do Ceará punidos pelo Governo do Estado em razão dos episódios ocorridos durante a visita do governador Cid Gomes às obras do Metrofor. Nessa ocasião, Cid Gomes foi cercado por manifestantes que vinham de uma caminhada de protesto pelas ruas do Centro.

Entre as reivindicações dos policiais militares em greve, está o pedido de anistia àqueles que foram punidos pelo Comando da Corporação.

Réveillon de Fortaleza é sucesso. Prefeita quer a continuidade do evento

765 30

O Réveillon de Fortaleza, segundo a organização, atingiu mais de 1,5 milhão de pessoas no aterro da Praia de Iracema. Entre as atrações, um show sem muito brilho do cantor Fagner, que não empolgou, a apresentação sem novidades do grupo Titãs e Ivete Sangalo que, de fato, tirou o público do chão.

Quem fez a contagem para a passagem para o Ano Novo foi a prefeita Luizianne Lins (PT), tendo ao lado o vice-governador Domingos Filho (PMDB), a sua mulher, a secretária municipal do Turismo, Patrícia Aguiar, vários assessores e dois “prefeituráveis”: o secretário da Ação Governamental, Waldemir Catanho, e o secretário da Educação, Elmano Freitas.

Um ponto que merece reflexões mais ainda da equipe da prefeita: ela precisa melhorar muito sua imagem de gestora. Houve muitos aplausos, mas também muita vaia quando ela falou para o público. Foram 15 minutos de fogos.

“Essa festa faz com que Fortaleza mostre sua força e sua capacidade. Essa festa gera uma cadeia produtiva muito grande”, disse a prefeita, momentos antes da virada. “Esse é um réveillon da paz que vai se fortalecer cada vez mais. É uma festa em que participa todo mundo, de todas as classes sociais”, destacou, esperando que esse tipo de evento prossiga.

Não foi registrado fato grave, de acordo com o SAMU.

VAMOS NÓS – Agora, vivendo um novo ano, podemos avaliar que foi sucesso o Reveillon. Em clima de paz, mesmo com greve de setores da PM. Pode-se dizer tudo da gestão, mas no aspecto da festa saiu, numa análise sem paixões, dentro do figurino.

(Foto – O POVO)

Entidades de PMs repudiam greve

92 10
Este Blog recebeu nota de entidades ligadas à Polícia Militar repudiando a greve na categoria. Confira:
NOTA AOS POLICIAIS MILITARES E À SOCIEDADE CEARENSE

As associações abaixo-assinadas vêm a público manifestar repúdio pela maneira com que segmentos de algumas associações estão se posicionando em relação ao movimento iniciado por setores da Polícia Militar na última quinta-feira (29).

Estamos vendo cenas de violência contra policiais militares que, em sua maior parte, não aderiram ao movimento, a destruição irresponsável do patrimônio público e a utilização de crianças e adolescentes como escudos em manifestações que se transformaram em verdadeiros atos de coação.

O diálogo é e sempre será a melhor forma de negociar em defesa dos interesses da categoria dos Policiais Militares do Estado do Ceará.

ASSINAM:
CADENCE: Caixa Beneficente dos Policiais e Bombeiros Militares do Ceará

AORECE: Associação dos Oficiais da Reserva do Estado do Ceará

ABSS: Associação Beneficente dos Sub-tenentes e Sargentes do Ceará

AET: Associação Esportiva Tiradentes

ASPRAC: Associação dos Policiais Militares da Região do Cariri

Associação das Viúvas dos Policiais Militares do Ceará

Grupo de esposas de militares fura pneus de caminhões da Cavalaria

139 1

“Um grupo com oito esposas de policiais militares se reuniram em manifestação na tarde deste sábado, 31, e conseguiram furar os pneus dos caminhões que trariam a cavalaria de reforço do Batalhão de Choque a Fortaleza.

Em conversa com O POVO Online, uma das esposas de militar que participou da ação, em Messejana, contou que o grupo se organizou com a intenção de impedir que os cavalos chegassem ao Centro de Capital.

“A gente ainda chegou a receber voz de prisão do Comando, mas conseguimos sair de lá”, disse ela, já a caminho do quartel da PM, na avenida Mister Hull, em Fortaleza.”

(O POVO Online)

Secretária do Turismo conclama para o Réveilllon 2012

81 2

Com o título “Réveillon 2012 – “Vai lá pra ver… que vai rolar a festa, vai rolar”, eis artigo que a secretária do Turismo de Fortaleza, Patrícia Aguiar, enviou para o Blog conclamando para a festa do aterro da Praia de Iracema. Confira:

Estamos chegando ao final de 2011 e tudo pronto para a grande festa de Reveillon do Aterro da Praia de Iracema, que chega a sua 7ª edição, consagrado como um mega evento e um produto turístico de qualidade pelo tamanho, brilho, sucesso e ascensão obtida em todas as edições. Ele é resultado de muitas teses, de muitas combinações e, sobretudo da decisão política em fazer desse evento, uma festa das famílias fortalezenses e um momento de celebração de paz e alegria, na medida certa, numa combinação exata e harmônica. A meta foi alcançada e o desafio foi obtido nessa passagem de ano que reúne um mar de gente que virou o Reveillon da Paz. Neste ano, estimamos que aproximadamente 1,5 milhão de pessoas compareçam ao aterro da Praia de Iracema formando uma grande família. É mais um legado dessa administração que com muita pertinácia criou esse evento que caiu no agrado de todas as classes sociais de nossa Capital.

Foi uma enorme ousadia por isso o Reveillon de Fortaleza se consagrou nacionalmente como o segundo maior do Brasil e está incorporado ao calendário dos mega eventos que atraem milhares de turistas para Fortaleza. Temos números que comprovam, basta ver que a taxa de ocupação hoteleira de nossa cidade esta em over book nesse período. Todo mundo querendo festejar conosco pelo bom nível das atrações, o belo show pirotécnico, a excelsa segurança e o nível de organização. Acho que “enquanto houver sol” como diz a música do Titãs, Fortaleza não deixará de realizar o Reveillon da Paz. E ainda evocando a Banda, “É caminhando que se faz o caminho…”. Realmente, esse foi um caminho destocado com muito suor e convicção, por isso levou ao sucesso esplendoroso que representa a nossa virada de ano.

O Reveillon de 2012 terá muitas inovações. Inovar para melhorar, foi a bula adotada desde 2005, quando foi realizada a primeira edição e teve um público de aproximadamente 150 mil pessoas. Neste ano, nos Pólos Conjunto Ceará e Messejana, além de atrações nacionais como Netinho e Jorge Aragão, teremos também a participação de humoristas. No Aterro da Praia de Iracema, serão 06 atrações artísticas, o palco permitirá uma maior proximidade dos artistas com o público, teremos uma ampliação do circuito de câmaras de segurança, dentre outras mudanças visando à impecabilidade desse gigantesco evento de passagem de ano da Prefeitura de Fortaleza, através da Secretaria Municipal de Turismo. Porque é como diz a música “Coisa de Pele” do Jorge Aragão que cantará no pólo de Messejana “… É o povo que produz o show e assina a direção. Resiste quem pode à força dos nossos pagodes…”. E não é só pagode, teremos um eclético gênero musical como: Axé, Forró, Samba, Pop Rock e MPB. É uma mistura de vários ritmos, para agradar a todos os gostos, como diz a musica do Netinho “Preciso de você, sentir o seu calor, e a sua companhia. Quando você chegar. Eu quero te mostrar a minha alegria”. Sem dúvida, esse é o clima que embalará o Reveillon que se aproxima.

Teremos um elenco da melhor qualidade, que há de deixar nossos corações transbordando de “borbulhas de amor”, como assim canta Fagner, que tambem subirá ao palco e nos presenteará com seu show. O Aterro da Praia de Iracema vai incendiar de alegria porque “Vai rolar a festa Vai rolar.” E vai rolar mesmo, a noite toda, a partir das 19 horas começam subir ao palco o que temos de melhor no gênero da música brasileira. Até Ivete Sangalo já “Avisou” que estará animando também o Reveillon de 2012, como ela mesma diz “Misturando o mundo inteiro, Vamo vê no que é que dá…”. E para encerrar a noite, não poderia ficar de fora nosso autêntico forró, tocado e animado pela dupla Ítalo e Reno para manter em alta a animação “Porque eu sou cearense, porque sou brasileiro, Sou apaixonado pelo meu lugar, Eu trago no peito um amor verdadeiro, Eu sou da Terra da Luz, eu sou do Ceará.”

Convidamos a todos para vir festejar as realizações do ano que finda e as expectativas do ano vindouro, embalado por tantos ritmos e ainda curtir o esplendoroso show piro musical, que por quase 18 minutos, iluminará os céus da beira mar no mais perfeito reluzido da emocionante queima de fogos.

Comemoraremos juntos, a chegada de 2012!

* Patrícia Aguiar,
Secretária de Turismo de Fortaleza.

Um capitão que vale por uma tropa?

121 16

Há um fato chamando a atenção nessa greve dos policiais militares: nenhum dos parlamentares estaduais eleitos com a bandeira da segurança pública se manifestou, até agora, sobre o movimento.

Nada de falarem sobre o assunto os deputados Ferreira Aragão (PDT), Edson Silva(PSB), Ely Aguiar (PSDC) e Delegado Cavalcante (PDT).

Foi preciso um suplente aparecer – o Capitão Wagner (PR), para fazer todo esse barulho. E ele, ao assumir no lugar da titular, Fernanda Pessoa, avisava que ali não estaria para ser mais  um.

Espera-se, no entanto, que Governo e o movimento cheguem a um bom termo.

Motoristas ameaçam greve se não tiver segurança

118 1

Como se não bastasse a greve da Polícia Militar, surge agora a informação de que os motoristas de ônibus podem paralisar as atividades. O sindicato da categoria convocou uma assembleia para o fim da tarde desta sexta-feira.

A alegativa é a de que sem PMs nas ruas, não há condições dos ônibus circularem. Eles temem onda de assaltos.

Publicitário pede tréplica para esclarecer críticas a Catanho

157 5

Com o título “Companheiros com os nervos à flor da pele”, o publicitário e poeta Ricardo Alcântara pede direito a tréplica para esclarecer aspectos do artigo do professor Moacir Tavares, coordenador do Programa Fortaelza Bela. Confira: 

O coordenador do programa Fortaleza Bela, Moacir Tavares, apesar de muito atarefado nas missões que lhe são conferidas, encontrou tempo para responder a um artigo meu, reproduzido por este prestigiado Blog do jornalista Eliomar de Lima.

Quero, de início, louvar a iniciativa dele, ao considerar relevante debater as questões políticas que incidem sobre o governo do qual participa, mas, talvez por dispor de pouco tempo para isso, fez ele uma leitura muito apressada do que escrevi.

Isso fica claro desde o título de sua resposta, quando afirma que o Catanho não é tacanho, senhor Ricardo Alcântara. Eu não disse isso, senhor Moacir Tavares. Eu disse que “tacanha” foi a relevância dada na argumentação da prefeita em favor do candidato ao fato de ser ele negro. 

Fico constrangido em ter que repeti-lo textualmente, mas esclareci suficientemente minha posição: “um aspecto simbólico, quando colocado em primeiro plano, apenas reforça a percepção de que no primeiro plano não existe mesmo nada de muito substantivo”.

Logo, não denegri o rapaz pelo fato de ser negro – negros são algumas de minhas referências seminais, como Bob Marley e Nelson Mandela. Não sei o que a sua vida lhe ensinou, companheiro, mas a minha me ensinou a olhar com os olhos da alma e a alma não tem cor.

O responsável pelo que Fortaleza tem de bela citou o exemplo de Lula. Votei nele em quatro das cinco vezes em que se candidatou. Em nenhuma delas, o fiz porque ele era “pobre”, “peão” ou “nordestino”, como ele lembrou. Votei pelo que poderia ele fazer, como fez, para combater a desigualdade social no país.

Em outro trecho, o já àquela altura enfurecido companheiro ironiza ao afirmar que eu deveria -ser muito amigo mesmo, do Waldemir Catanho para adivinhar que ele não se empolga com a própria candidatura. Não. Não o conheço pessoalmente. Sou apenas uma pessoa muito bem informada. E sei o que estou dizendo.

Neste aspecto, fui elogioso ao caráter do candidato da prefeita. Constrangido mais uma vez, repito o que disse em zelo à verdade: “Diga-se a favor de Catanho que a sarna dos holofotes não o contagia… (ele) não se julga com perfil para a disputa. Pois ponto para ele”.

É interessante observar como o interesse pessoal e a paixão política turvam a capacidade de raciocinar das pessoas. O artigo não era sobre o Catanho, mas sobre a prefeita: uma avaliação qualitativa da forma como ela comunicou sua preferência. A ele, só reservei elogios!

A reação passional do ocupado gerente da Fortaleza Bela denota uma insegurança muito grande dele em relação à própria escolha do candidato. Recomendaria aos adeptos da opção indicada pela prefeita para sua sucessão uma atitude mais otimista. Isso ajuda, sabe?

O candidato tem um bom perfil. Ficha limpa, uma história de luta, identificação com um projeto político bem sucedido no âmbito nacional, ainda que turbulento e insuficiente na dimensão local. Então, para quê todo esse desespero, Moacir? Fique frio.

* Ricardo Alcântara,

Publicitário e poeta.

Réveillon com artistas globais

Artista famoso não vai aparecer só no Réveillon da Prefeitura de Fortaleza. No Marina Park, embalado por “Chiclete com Banana”, haverá atrações globais, segundo a coordenação da festa considerada uma das maiores do setor privado no País.

Na lista, aparecem nomes como os de Ricardo Tozzi, que foi sucesso em “Insensato coração”, e Nathália Dill, que atuou na novela “Cordel encantado”.

O Réveillon do Marina, por sinal, vendeu todas as mesas.

Cid faz reunião, de portas fechadas, com cúpula da Segurança Pública

129 2

O governador Cid Gomes está reunido com toda a cúpula da Segurança Pública do Estado, no Plácio da Abolição. O encontro ocorre há horas e é de portas fechadas.

Todo o quadro da greve da Polícia Militar está sendo avaliado, além de novas providências por serem adotadas como forma de evitar o caos principalmente em Fortaleza, com festas de Réveillon como a do aterro da Praia de Iracema.

Uma das medidas já em curso tomada pelo governador e acatada pelo Ministério da Justiça foi a vinda, nas próximas horas, de uma tropa da Força Nacional de Segurança.

Cúpula da PM diz que greve é inconstitucional e se caracteriza como crime militar

116 4
Com o título “À Polícia Militar e à Sociedade Cearense”, eis nota enviada para o Blog pela cúpula da Segurança Pública do Estado sobre o movimento grevista.
 

  1. O movimento que está ocorrendo em unidades da Polícia Militar do Ceará é flagrantemente inconstitucional e caracteriza o cometimento de crime militar e infração militar por homens que prestaram juramento de honra de combater crimes e proteger permanentemente a sociedade cearense.
  2. Os únicos representantes legais e legítimos dos interesses da Polícia Militar perante o Governo do Estado são o Secretário da Segurança Pública e Defesa Social e o Comandante da Polícia Militar. Somente esses estão autorizados a discutir os problemas das Corporações com o Governo do Estado.
  3. A única reivindicação formal encaminhada pelo atual Comando da Polícia Militar ao Governo do Estado foi a Lei de Organização Básica – LOB.
  4. O Governo do Estado é ciente de que outras reivindicações deverão ser encaminhadas pelos representantes legais, dentro de um planejamento responsável.
  5. O Governo do Estado avaliará todas as reivindicações à medida em que forem apresentadas pelos representantes legais, com a certeza da importância da atividade militar.
  6. O movimento ilegal que ocorre é, portanto, extremamente precipitado e fortemente prejudicial à sociedade, que fica à mercê do incremento de crimes, frente à omissão de homens que juraram protegê-la.
  7. Não haverá, sob qualquer hipótese e condição, anistia àqueles militares que estejam descumprindo os seus deveres e juramentos.
  8. O Governo do Estado tem a certeza de que a Polícia Militar se manterá na retidão que a caracteriza, convocando os militares estaduais a permanecerem na normalidade institucional.
  9. O Governo do Estado tem ciência do dever de proteger a sociedade, e está adotando todas as medidas para que a ordem e a tranquilidade públicas sejam mantidas.

 

Sevilho Paiva – Corregedor-Geral de Disciplina

Francisco Bezerra – Secretário da Segurança Pública e Defesa Social

Cel. Werisleik P. Matias – Comandante Geral da Polícia Militar.