Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Duas missas, duas saudades

Nesta sexta-feira, duas missas da ressurreição mobilizarão muitos desta Fortaleza: a primeira, em memória de Demitri Almeida Sena, filho do presidente da Câmara Municipal, Acrísio Sena (PT), que morreu vítima de acidente com motocicleta. A celebração ocorrerá às 19 horas, na Catedral.

A outra missa é em memória do empresário Júlio Pirata, a partir das 19h30min, na Igreja de Santa Luzia, no bairro Meireles. Júlio marcou sua passagem por esta cidade com seu empreendimento Pirarta Bar, aquele cuja segunda-feira foi considerada “a mais animada do mundo” em artigo do The New York Times.

Frente Parlamentar da Indústria Têxtil faz encontro em Fortaleza

 

A Frente Parlamentar Mista da Indústria Têxtil fará reunião em Fortaleza na próxima segunda-feira, a partir das 17 horas, dentro da Maquintex, a maior feira do País no ramo de máquinas pesadas para o setor têxtil. O encontro ocorrerá no auditório A Superior do Centro de Convenções.

A ordem é discutir as perspectivas de um setor que hoje vive a ameaça da concorrência chinesa e o chamado Custo Brasil.

Na ocasião, o deputado federal Chico Lopes (PCdoB), que integra essa Frente Parlamentar, ganhará homenagem da Associação Brasileira dos Trabalhadores do Setor Têxtil por seu trabalho em defesa da indústria têxtil nacional. A homenagem será prestada durante o XXIV Congresso Nacional de Técnicos Têxteis, que ocorre paralelamente ao evento Maquintex.

Resultado do concurso para cartórios sai dia 26

A comissão responsável pelo concurso para cartórios do Estado, reunida no Tribunal de Justiça com o diretor do Instituto de Estudos Superiores do Extremo Sul (Ieses), Gilson Meirelles, decidiu: vai divulgar dia 26 próximo, no Diário da Justiça Eletrônico,  o resultado do certame. Nesse encontro, foi avaliado o exame dos títulos apresentados pelos candidatos. A notas serão divulgadas no próximo dia 15, no Diário da Justiça Eletrônico (DJE).

A desembargadora Sérgia Miranda destacou que o concurso para cartórios possui característica diferente dos demais certames, pois tem ligação direta com o Conselho Nacional de Justiça (CNJ). “Todo o processo é baseado nas Resoluções 80 e 81 do CNJ e a lista de vacância dos cartórios foi elaborada pelo Conselho. O Tribunal de Justiça é o órgão executivo do certame”.

A magistrada ressaltou que todas etapas ocorreram e estão ocorrendo de forma tranquila. “O ponto forte é a transparência que garante, inclusive, tranquilidade aos candidatos”.

(Com site do TJ-CE)

"Escândalo dos Banheiros" é destaque no Bom Dia Brasil

O “Escândalo dos Banheiros” ganhou espaço no Bom Dia Brasil (Rede Globo) desta sexta-feira. A matéria do jornalista Alessandro Torres – do Núcleo da Globo na TV Verdes Mares, expõe nacionalmente denúncia feita por o POVO.

Serve para mostrar como nunca dá certo a mistura de dinheiro público com interesse político-eleitoreiro.

* Clique e veja aqui.

VAMOS NÓS – Por que o repórter ou a cabeça da matéria não citaram que a denúncia foi do O POVO como sempre faz, por exemplo, o Jornal Nacional quando aborda tema veiculado por algum concorrente? Essa mania de esconder fonte só perdura por aqui mesmo, pelo visto.

Carlomano Marques faz cirurgia cardíaca e passa bem

86 2

O deputado estadual Carlomano Marques (PMDB) fez cirurgia do coração, no Hospital São Mateus, quando implantou um stent (dilatador). Carlomano passou mal na última quarta-feira à noite, quando foi internado.

Segundo sua assesoria política, Carlomano deve deixar o hospital ainda nesta sexta-feira.

O parlamentar diz que quer voltará ao trabalho ainda neste mês, mas a equipe médica que fez sua cirurgia ainda deverá se manifestar.

Professores do Estado iniciam greve a partir desta 6ª feira

“A partir de hoje, os professores da rede estadual entram em greve, por tempo indeterminado. A decisão foi efetivada após o cancelamento de reunião entre representantes do Sindicato dos Professores do Ceará (Apeoc), a secretária da Educação, Izolda Cela (PT), e representantes das secretarias da Fazenda e do Planejamento e Gestão, que deveria ter ocorrido na quarta-feira.

No encontro, alternativas para evitar que a greve fosse mantida pela categoria deveriam ser discutidas. Os docentes decidiram pela paralisação em assembleia geral, no Ginásio Paulo Sarasate, na segunda-feira. Eles recusam a proposta de reajuste salarial apresentada pelo governador Cid Gomes (PSB).

Contudo, segundo o secretário jurídico da Apeoc, Sérgio Bezerra, a decisão pela paralisação levou o Governo do Estado a suspender as negociações com o sindicato. “Decidimos pela greve em assembleia. Por isso, eles suspenderam qualquer tipo de diálogo com a gente. Assim, a greve está declarada, em todos os 184 municípios do Estado do Ceará”.

Na última terça-feira, a secretária Izolda Cela afirmou ao O POVO que, de sua parte, a reunião estava mantida para o dia seguinte. Ontem, por meio de nota, a Seduc informou que as negociações foram encerradas pela Apeoc, com a deflagração da greve. A Seduc informou ainda que mantém a expectativa de que a categoria possa analisar a proposta do Governo.”

(O POVO)

"Escândalo dos Banheiros" – Ex-gestores da Secretaria das Cidades descumpriram a lei

137 2

“Descumprida na celebração de convênios para a construção de banheiros para famílias de baixa renda, a lei estadual que disciplina a liberação de recursos para entidades privadas sem fins lucrativos ainda era desconhecida por ex-gestores da Secretaria das Cidades, responsáveis pelos convênios.

Tanto Joaquim Cartaxo (PT) quanto Jurandir Santiago, alegaram ontem desconhecer a lei 13.553/04 que impõe, por exemplo, necessidade de declaração assinada por três autoridades locais atestando que a entidade beneficiária existe há pelo menos dois anos.

Essa foi a versão contada nos depoimentos de Cartaxo e Jurandir, colhidos ontem na sede do Ministério Público Estadual, que investiga possível desvio de recursos públicos através de convênios da Secretaria de Cidades.

No caso de Pindoretama, primeiro a ser revelado pelo O POVO, a Associação Cultural do Município firmou convênio com a secretaria em apenas 23 dias após ser criada, contrariando o artigo 3º da lei estadual.

“Quando o Estado abriu mão de seguir os critérios estabelecidos na lei, acabou viabilizando a existência desses convênios que causaram um prejuízo enorme ao Ceará”, comentou o promotor Luiz Alcântara, assessor da Procap, após participar das audições com os depoentes.

Segundo informações do Ministério Público, Jurandir disse, em seu depoimento, que no período em que esteve à frente da Secretaria de Cidades – 2 de abril a 6 de julho de 2010 – não foi informado pela assessoria jurídica do órgão sobre as exigências da lei.

Ele ainda teria dito que os convênios investigados são casos isolados na Secretaria. Alcântara, porém, está convencido de que Jurandir era o responsável por fazer os convênio dentro dos critérios estabelecidos em lei.

Recém-nomeado para a presidência do Banco do Nordeste (BNB), Jurandir assinou sete dos 56 convênios investigados pelo Ministério Público. Os demais foram assinados por Cartaxo. Em seu depoimento, Cartaxo afirmou que não conhece a pessoa responsável, dentro da secretaria, por alimentar o bando de dados do órgão com a situação dos convênios, informando se os termos estavam sendo seguidos, segundo informações dos promotores Eloilson Landim e Luiz Alcântara.

De acordo com a Procap, da mesma forma, Jurandir também argumentou desconhecer a pessoa responsável por acompanhar a situação dos convênios.

Surpresos

Além de Jurandir e Cartaxo, a equipe de promotores da Procap colheu ontem depoimento de Fábio Castelo Branco, ex-ordenador de despesas da Secretaria de Cidades. Segundo a Procap, Fábio teria afirmando que ficou surpreso ao saber que houve liberação de recursos mesmo sem haver a prestação de contas a respeito das primeiras parcelas liberadas – como no convênio em Pindoretama para 200 banheiros. De acordo com a Procap, Jurandir também se disse surpreso ao saber que houve liberação de verbas sem prestação de contas.”

(O POVO)

PSB de Fortaleza promove ciclo de debates. Ciro Gomes é convidado

130 9

O PSB de Fortaleza lança, neste sábado, o “Ciclo de Debates – O PSB e um olhar socialista sobre a cidade de Fortaleza”. A primeira edição do evento terá como tema “A cidade vista por seus gestores: A Fortaleza do passado, do presente e do futuro!” e acontecerá a partir das 9 horas, na Casa José de Alencar (Messejana) e contará com a presença do ex-deputado federal Ciro Gomes, além de ex-governantes e parlamentares.

O Ciclo de Debates, que ocorrerá mensalmente até fevereiro de 2012, é uma iniciativa do diretório municipal. O objetivo é iniciar uma discussão suprapartidária e democrática, reconhecendo os avanços das gestões municipais anteriores e buscando formatar um projeto para a cidade de Fortaleza conjuntamente com os demais segmentos da sociedade e dos setores produtivos locais, informa a assessoria de imprensa socialista.

Área ambiental do Governo falará sobre o Parque do Cocó

O presidente do Conselho de Políticas e Gestão do Meio Ambiente (Conpam), Paulo Henrique Lustosa, juntamente com o titular da Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace), José Ricardo Araújo, e o presidente da Cagece, Gotardo Gurgel, dará coletiva nesta sexta-feira, a partir das 10 horas.
O objetivo é falar, no auditório da Semace, sobre questões ligadas ao Parque do Cocó. Paulo Henrique não deu detalhes.
O assunto prioritário, no entanto, é um só: como resolver a poluição do rio.

Heitor critica gestão da prefeita e dá sinais à cúpula pedetista de que é prefeiturável

96 5

O deputado estadual Heitor Férrer (PDT) adotou, pela primeira vez, postura de crítica à administrçaão da prefeita Luizianne Lins (PT), o que era cobrado por setores políticos e pela cúpula de seu partido.

Ele lamentou, durante fala da tribuna, nesta manhá de quinta-feira, o fechamento do setor de pediatria do Frotinha de Antônio Bezerra, em Fortaleza, cobrando da prefeita providências. “Quero manifestar a minha indignação. É uma unidade a menos para a comunidade pobre, levando, às vezes, prejuízos irreversíveis”.

Heitor sempre aparece como prefeiturável, mas o presidente estadual da legenda, deputado federal André Figueiredo, sempre lhe cobrava postura de oposição à gestão Luizianne Lins.

TSE julga improcedente acusações contra Marco Prado

O plenário do Tribunal Superior Eleitoral julgou, nesta semana, como procedente o pedido do vereador Marco Prado contra a decisão do TRE do Ceará, ajuizada pelo Ministério Público Eleitoral, solicitando investigação sobre captação ilícita de sufrágio. 

Segundo o ministro Marcelo Ribeiro, relator do processo, as acusações não passam de mera presunção: “os elementos probatórios produzidos em juízo não remetem à captação ilícita de sufrágio”, ratificou o Ministro.

Teo Menezes ocupa tribuna da Assembleia e diz: "Querem me crucificar!"

108 7

O deputado estadual Teo Menezes (PDB) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa, nesta manhã de quinta-feira. Em pronunciamento, lido, agradeceu apoio e solidariedade que tem recebido por conta de acusações relacionadas ao “Escândalo dos Banheiros”. Ele não citou o caso, preferindo falar que tem muito trabalho pela frente  e que continuará “firme com compromissos que tenho com o povo cearense” e que não se deixará abalar. 

Teo Menezes, filho do presidente do TCE, Teodorico Menezes, afastado da presidência do órgão, manifestou “desalento” sobre fatos “inverídicos” que são veiculados na mídia. Referiu-se indiretamente ao caso dos banheiros. Falou que é alvo de um “amontoado de mentiras” e garante que observou “padrões éticos” no curso de uma campanha eleitoral e que recebeu doações lícitas e com fontes declaradas e reconhecidas pelo TRE. Alguns comissionados do TCE, também afastados, apareceram como doares da campanha do deputado.

O parlamentar garantiu que não é homem de esquemas e falcatruas, mas honrado. “Querem aproveitar o momento para me crucificar!”, acentuou. Teo afirmou estar revoltado ao ver “meu honrado nome achincalhado por verdaderios factóides”. Sem citar de novo o caso dos banheiros, disse que quer ver tudo apurado e que o Ministério Público está apurado, no que se deve aguardar a finlização da investigação. 

No aparte, o deputado estadual Nenem Coelho (PSDB) prestou solidariedade. Também ganhou apoio do tucano José  Theodoro e a solidariedade do peemedebista Manuel Duca a Silveira, que avisou: “Você tem um aliado!”

Outro que apoiou Teo foi Perboyre Diógenes (PSL), que qualiicou o tucano como “um talento”. Ainda bateu indiretamente na deputada estadual Eliane Novais (PSB), que estava com brigas internas no seu partido e não tinha moral “para falar de ética porque vive mistrada com a prefeita” que não tem gestão com boa imagem nacional.

Fernando Hugo, também do PSDB, lembrou que há uma investigação sobre o caso dos banheiros e que não apontou ainda culpados. Ele disse que assinou a CPI, porque “o fato existe”, mas que essa comissão “já nasceu nanica e vai morrer nanica”.

Já Welington Landim (PSB) disse que o caso houve, mas que ninguém pode ser condenado por antecipação. Reiterou que não endossou CPI porque o fato é alvo de investigação por vários órgãos como MPE, MPF, TCE, assessoria jurídica da Secretaria das Cidades e Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado.

Teo Menezes comparece à Assembleia Legislativa

Quem está na Assembleia Legislativa é o deputado estadual Teo Menezes (PSDB). Chegou há poucos instantes e passou direto para o gabinete. Não falou com ninguém. No início dos trabalhos da Casa, na última terça-feira, o tucano não apareceu. Nesse dia, o deputado estadual Heitor Férrer (PDT) deu entrada em requerimento pedindo uma CPI para apurar o “Escândalo dos Banheiros” e que não foi endossada até agora pela maioria dos deputados.

Teo Menezes tem o nome envolvido no “Escândalo dos Banheiros”. É apontado como possível beneficiado por convênio no valor de R$ 200 mil firmado pela Secretaria das Cidades com uma associação cultural de Pindoretama (Região Metropolitana de Fortaleza, sob investigação do Ministério Público Estadual.

O convênio foi firmado e os kits sanitários que deveria ter chegado na ponta, ou seja, para a população, ficaram no papel, segundo reportagem do O POVO.

Governador em exercício participa da festa de inauguração de usina de energia solar em Tauá

107 2

 

O governador em exercício Domingos Filho (PMDB) participa, às 14h30min desta quinta-feira, em Tauá (Região dos Inhamuns), do ato de inauguração da primeira usina solar comercial da America Latina. O projeto é do Grupo MPX, do empresário Eike Batista.

A MPX Tauá já opera, com uma capacidade de produção de 1 megawatt (MW), energia suficiente para abastecer 1.500 residências. Para isso, conta, em uma área de 12 mil metros quadrados, com 4.680 painéis fotovoltaicos que captam os raios solares, transformando-os em energia.

O empreendimento foi resultado de um investimento da ordem de R$ 10 milhões, e deverá, futuramente, ter sua capacidade expandida para 5 MW, já autorizados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

DETALHE – Cid Gomes não comparecerá porque está em Bogotá (Colõmbia) conferindo um forum de investimentos patrocinado pelo BID. Engajado em comitiva da presidente Dilma, na qual estão alguns outros governadores como Geraldo Alckmin (SP) e o ex-presidente Lula.

DETALHE 2 – A presença de Domingso Filho nessa festa chega como um presente para ele. Domingos é de Tauá.

(Foto – Paulo MOska)

Cruzamento registra terceira colisão em menos de uma semana

93 3

Moradores da rua Amadeu Furtado, no bairro Parquelândia, estão revoltados. Nesta manhã de quinta-feira, mais um abalroamento foi registrado na esquina dessa rua com a Dom Manuel de Medeiros entre este Fiat e uma Hilux. É o terceiro caso em menos de uma semana.

Apesar de placas de sinalização, eles dizem que os acidentes ocorrem porque falta a sinalização horizontal. Neste acidente, passageiro do Fiat saiu com ferimentos leves.

Cobram da AMC uma providência. Ou vão providenciar a pintura.

(Foto – Joelyton França)

Frotinha de Antônio Bezerra fecha pediatria

164 4

“O olhar sofrido do pequeno Mateus Vinicius Barroso, 9, revela o cansaço de quem já peregrinado por dois postos de saúde e achava que no Hospital Distrital Evandro Aires de Moura, conhecido como Frotinha de Antônio Bezerra, iria encontrar alívio para as dores de cabeça que lhe atormentam há semanas.

Para a surpresa do garoto e de outras dezenas de doentes, a pediatria fechou as portas em definitivo, não havia especialista de plantão no local ontem. A direção está sugerindo o encaminhando dos pacientes mais graves para o Gonzaguinha da Barra do Ceará, 18 km de distância.

Demanda

Conforme o diretor clínico do Frotinha, Marcus Almeida, o processo de desativação não é recente, já vem há dois anos. No quadro de pediatras, a defasagem é grande, afirma. “Teríamos que ter 18 especialistas, mas, no momento, só estamos com nove servidores que não dão contam da demanda e vão ser remanejados. É angustiante ter que ver as crianças voltando sem atendimento”, desabafa. Para o diretor, a falta de profissionais especializados nesta área é uma realidade já bem conhecida do serviço público.

Concursados já teriam sido chamados mas não atenderam a convocatória. Segundo Almeida, quando todos os médicos estão no plantão, são realizados uma média de 600 procedimentos por dia, 18 mil a cada mês.

Com a escassez, o atendimento no Frotinha está reduzindo a demanda total em até 50%. No fim do ano passado, a enfermaria infantil já havia sido desativada e agora as internações de crianças não estão mais sendo feitas. “Os oito leitos da pediatria vão para os pacientes da clínica geral. Estamos recambiando tudo”, lamenta.

Quando recebeu a notícia do fechamento, a dona de casa Andressa Átila não se conteve em lágrimas, não sabia onde iria tratar o filho, de apenas quatro meses, que sentia fortes dores abdominais. “Criança tinha que ser prioridade e não ficar sendo jogada de hospital em hospital”, diz. Durante cerca de 20 minutos que a equipe de reportagem esteve na porta da emergência do Frotinha, oito crianças voltaram para a casa sem atendimento especializado.

No entanto, a problemática da falta de profissionais não se reduz a área da pediatria, afirma o diretor clínico da unidade de saúde. Ontem à tarde, não havia também clínico geral no plantão. “Temos uma necessidade de 18 clínicos, só tem dez, mas nem todos estão na ativa”, diz. Faltam médicos na segunda à noite, terça-feira de manhã e tarde, quinta-feira à noite e durante toda a sexta-feira.

Segundo o coordenador de gestão hospitalar da Prefeitura, Helly Ellery, ampliações estão previstas. “A taxa de ocupação dos leitos em pediatria tem sido baixa, cerca de 40%. Alguns profissionais serão remanejados e nenhuma paciente deixará de ser atendido”, informa.

Baixo salário oferecido tem afastado os profissionais

A gestão municipal aponta a falta de profissionais como um dos principais motivos para o fechamento das pediatrias na rede pública. Já, a Cooperativa dos Pediatras do Ceará (COOPED-CE) refuta a informação e diz que a culpa são os baixos salários oferecidos e a precariedade da estrutura de trabalho.

“Este fenômeno da escassez de pediatras é uma realidade no País inteiro. A sobrecarga de atendimento é grande e a remuneração não é um atrativo. O piso do médico está preconizado nacionalmente em cerca de R$ 9 mil e em Fortaleza pagam muito menos que a metade disto”, afirma o presidente da Cooperativa, pediatra João Borges.

Prova disto é a convocatória do último concurso municipal para a área, afirma o coordenador de gestão hospitalar, Helly Ellery. “Chamamos 20 aprovados e até agora só oito apareceram. Vamos nos planejar para trabalhar com o que temos e remanejá-los. Oferecemos salários adequados, sim”,diz.

Para Borges, a grande demanda de trabalho e a má condição de atuação nas emergências públicas são alguns dos fatores de repulsa. “A gente percebe queda do interesse já na graduação. Antes 13% dos alunos saiam da faculdade direto para a residência pediátrica. Hoje menos de 9% desses graduados topam a carreira, tanto na rede pública como na privada”, ressalta.”

(Diário do Nordeste)

MPE vê indícios da participação de pessoas da Secretaria das Cidades no caso dos banheiros

95 2

“A Procuradoria dos Crimes Contra a Administração Pública (Procap) já possui indícios da participação de pessoas da Secretaria de Cidades no escândalo dos banheiros. Ontem, o coordenador de habitação das Cidades, João Paulo Custódio Pitombeira, disse à Procap que “estranhou” o desbloqueio do programa de computador da secretaria que autorizou a liberação de recursos e a prorrogação dos convênios nas cidades de Pindoretama, Chorozinho, Horizonte, Pacajus e Cascavel.

De acordo com o promotor Eloilson Landim, que colheu o depoimento de João Paulo, o técnico da secretaria disse ainda que somente algumas pessoas que possuem a senha do programa podem ter liberado o sistema.

Em depoimento à Procap, João Paulo teria argumentado, ainda, que não deu parecer favorável à renovação de convênios nem à liberação de recursos, já que a fiscalização não havia encontrado os banheiros que deveriam ter sido construídos.

Repasses

Ministério Público também investiga o rapasse de verbas públicas para as associações através de um banco privado – o Bradesco. Segundo o promotor Luiz Alcântara, também assessor da Procap, os convênios firmados preveem o repasse através de instituições financeiras oficiais, como Banco Central ou Banco do Nordeste. Em depoimento à Procap, também ontem, o assessor jurídico da secretaria, George de Castro, argumentou que o Estado possui convênio com o Bradesco para a realização de pagamentos e que por isso não haveria problema no uso do Bradesco para os repasses.

Para o promotor de Justiça, os indícios apontam para a possível constatação de que servidores da Secretaria de Cidades teriam “facilitado” a ocorrência das irregularidades. Eloilson também estranha o fato de várias depoentes ligados a diferentes associação terem o mesmo advogado: Bruno Almeida Mota, que argumentou ser legal sua contratação por parte de pessoas diferentes.

Em nota, a Secretaria de Cidades informou que o órgão também identificou indícios de práticas suspeitas dentro da própria secretaria e que por isso está instaurada uma sindicância interna. “Caso seja detectada a participação de algum servidor, a Secretaria irá adotar as medidas legais cabíveis”, informa a nota da secretaria.

Além de João Paulo e George de Castro, a Procap colheu ainda, ontem, o depoimento de Claelber da Silva Medeiros, presidente de associação comunitária em Chorozinho. Segundo Eloilson, Claelber também apontou Antônio Carlos Gomes como responsável pela criação das associações e pela articulação dos convênios. Claelber e João Paulo se recusaram a dar entrevista.”

(O POVO)

Empresas do presidente do PDT do Ceará ganharam R$ 8,8 milhões da União

71 4

“Duas empresas do deputado André Figueiredo (PDT-CE) receberam pelo menos R$ 8,8 milhões do governo federal entre 2009 e 2011. O parlamentar vende material hospitalar para órgãos vinculados aos Ministérios da Saúde, Educação e Defesa.

Segundo informações obtidas pelo Estado, o nome de Figueiredo aparece no relatório sigiloso do Tribunal de Contas da União (TCU) que trata dos contratos firmados entre empresas de parlamentares e o governo federal. Para o TCU, essa relação fere a Constituição.

De acordo com declaração à Justiça Eleitoral, André Figueiredo é dono da Scientific Comércio e Importação Ltda. e da Scientific Dental Ltda. Os contratos com o governo cresceram desde o ano passado. Em 2010, a Scientific Comércio recebeu R$ 4,8 milhões. A empresa já faturou R$ 2,3 milhões só em 2011. Em março, por exemplo, ganhou R$ 247 mil pela venda de um aparelho de ultrassonografia portátil ao hospital universitário da Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Por R$ 232 mil, a Fundação Nacional de Saúde (Funasa) comprou equipamento semelhante da empresa do deputado.

Para o TCU, esse tipo de contratação “descumpre” o artigo 54 da Constituição. De acordo com o artigo, deputados e senadores não podem firmar ou manter contrato com pessoa jurídica de direito público, autarquia, empresa pública, sociedade de economia mista ou empresa concessionária de serviço público e ser proprietários, controladores ou diretores de empresa que goze de favor decorrente de contrato com pessoa jurídica de direito público, ou nela exercer função remunerada.”

(Estadão)