Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

PT silencia sobre críticas de Ivo e Ciro Gomes

121 4

“A direção estadual do Partido dos Trabalhadores (PT) silenciou sobre as recentes declarações dos irmãos Ivo e Ciro Gomes, prestadas durante encontro do PSB na última quinta-feira, segundo as quais, a gestão das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), na Capital deve ser feita pelo Estado e não pelo governo municipal. No encontro do Diretório Estadual do PT, marcado para sábado, a única palavra oficial foi do deputado estadual Dedé Teixeira. Ele afirmou que “a gestão da saúde deve ser feita pelas três esferas e as UPAs são importantes para desafogar outras unidades”, disse.

Já o líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Antônio Carlos, disse que não iria se pronunciar, pois ainda não havia tomado conhecimento das declarações. O mesmo procedimento foi adotado pela prefeita e presidente do Diretório Luizianne Lins, que por meio da assessoria de imprensa do partido, informou que não falaria com a reportagem. Na quinta-feira, além da questão das UPAs, Ivo e Ciro acusaram a gestão municipal de “empacar” obras do Estado em Fortaleza.

A reunião do Diretoria Estadual tinha como pauta discutir as eleições de 2012 e os encaminhamentos para o ciclo de debates que deve ocorrer hoje, na sede do partido. Um impasse causado pela presença de militantes de Senador Pompeu, porém, acabou inviabilizando o quórum necessário para a realização do evento. Das 55 pessoas que compõem o diretório foi contabilizada a presença de 28. Quórum necessário para ocorrer o encontro.

Às 14h30, porém, cerca de 50 militantes petistas vindos daquela cidade, distante 275 km de Fortaleza, interromperam o início da reunião. Segundo

O POVO apurou a caravana buscava apoio e posicionamento do partido sobre a situação do prefeito afastado Antônio Teixeira (preso desde junho de 2011, acusado de desvio de dinheiro via licitações).

Para discutir a questão, uma comissão de militantes foi formada e esteve reunida com a prefeita de Fortaleza e presidente estadual do partido, Luizianne Lins, com o coordenador do Grupo das Eleições 2012 do PT, Joaquim Cartaxo, e com outros membros do diretório. Com isso, ficou incompleto o quórum mínimo para a reunião, que acabou não acontecendo. No entanto, depois de duas horas de conversa, os militantes de Senador Pompeu apresentaram discurso diferente.”

(O POVO)

OAB-CE promove passeio ciclístico pedindo paz no trânsito

A OAB-CE promoveu, nesta manhã de domingo, em Fortaleza, um passeio ciclístico que reuniu cerca de 600 pessoas. Era hora de pedalar pedindo paz no trânsito e mais ciclovias na cidade, segundo organizadores. O ato reuniu educadores físicos, atletas e profissionais liberais que protestaram contra a violência na CE-040. À frente, a Comissão Especial de Assuntos e Estudos sobre Direito de Trânsito, da Ordem, que cobrou das autoridades uma maior fiscalização nas vias públicas e, em especial, naquela rodovia estadual, onde têm ocorrido acidentes, vitimando ciclistas e pedestres.

O trajeto cumprido foi de quatro quilômetros entre Fortaleza-Eusébio (Região Metropolitana). A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) apoiou o movimento disponibilizando batedores e viaturas ao longo do percurso, garantindo a segurança dos participantes.

O passeio ciclístico teve como ponto de partida de chegada o Centro das Tapioqueiras.

Supermercado manda nota para Blog sobre autuação do Decon

Sobre lista de supermercados autuados em fiscalização preventiva do Decon, por conta do Carnaval, este Blog recebeu nota do Supermercado Lagoa, por meio de Marco Filho, diretor, esclarecendo ter contestado a ação do órgão. Confira:

Prezado Eliomar de Lima,

A respeito da materia publicada em seu Blog, esclarecemos que o Super Lagoa preza pela qualidade dos produtos e não tem nenhum interesse em comercializar itens vencidos ou impróprios. Inclusive, dispomos de um setor de qualidade estruturado, com profissionais em cada loja, auditando nossos processos e produtos .

Oferecemos cerca de 15 mil produtos e atendemos mais de 26 mil clientes por dia, dessa maneira, eventuais erros operacionais são inevitáveis. Ainda sim, para que nenhum cliente do Super Lagoa sinta-se prejudicado, aproveitamos o canal para informar que:

Todo e qualquer cliente que encontre algum produto vencido em nossas lojas, terá o direito de levar sem nenhum custo, uma unidade de produto igual, que esteja dentro do prazo de validade ou qualquer outro item de mesmo valor.

Fico à disposição para qualquer esclarecimento,

Marco Filho,

Diretor.

Cid confere nesta 2ª feira posse de nova cúpula da Petrobras

O governador Cid Gomes (PSB) vai estar na próxima segunda-feira, em Brasília, conferindo a solenidade de posse de Graça Foster na presidência da Petrobras. Ela entra no lugar de Sérgio Gabrielli, personagem nada querido da classe política local. Cid prestigiará o ato de olho na futura refinaria premium do Estado.

O projeto, segundo o Palácio da Abolição, já está com o terreno liberado no Complexo Industrial e Portuário do Pecém, em São Gonçalo do Amarante (Região Metropolitana de Fortaleza), faltando apenas a Petrobras receber o terreno.

Cid quer acertar audiência com Graça Foster para cobrar celeridade. Essa refinaria deverá consumir cerca de R$ 19 bilhões até 2017, previsão para entrar em operação. A produção estimada é de 300 mil barris/dia.

O empreendimento é mais uma das várias promessas pendentes do governo federal com o Ceará.

Faltam gestos do PT

A aliança que dá sustentação à prefeita Luizianne Lins está seriamente ameaçada de se esfarelar. O PSB está mais perto que nunca de ter candidato. O PMDB reclama da falta de atenção que recebe, dada sua importância. Se o PSB romper, é praticamente certo que os peemedebistas também abandonarão a aliança. O PCdoB está decidido a ter candidato próprio. Na última semana, o bloco PMN, PHS, PSL e PRTB também anunciou que pretende ter candidato. Ou seja, a coalizão pode se desmanchar como manteiga numa frigideira quente. As siglas se ressentem da falta de gestos da Prefeitura. Demonstrações de algum esforço para manter a parceria e sinais de boa vontade em relação àqueles de quem espera apoio. Esse sentimento é particularmente forte no governo.

Embora ressalte que ainda não há nada definido, o presidente do PSB municipal, Karlo Kardozo, admite que há tendência crescente em defesa da candidatura própria. “Não só pelo partido, mas pelo retorno que nossos camaradas aliados estão dando. Está ficando difícil a defesa da tese de um nome da aliança”.

Kardozo disse que o fundamental é a discussão sobre a capacidade do partido de intervir na Prefeitura. “É preciso discutir a real força do PSB dentro da administração. Não é questão de cargo. Queremos realmente participar das políticas públicas e interferir nos rumos da cidade. O espaço está muito restrito dentro da atual conjuntura. É preciso ficar claro qual a participação real a gente vai ter dentro do projeto”.

O único fator que ainda permite crer em algum futuro para a aliança é o desejo de Cid Gomes. É um fator nada desprezível. Semanas atrás, na TV O POVO, o governador afirmou que, a depender de sua vontade, a hipótese de candidatura própria da legenda é zero.

O desejo do ocupante do cargo máximo do Estado não é pouca coisa. Mas não é absoluto. Ele terá de se enquadrar, foi o recado dado pelo diretório municipal. Há, inclusive, precedente.

Em 2006, às vésperas de romper com o governo Lúcio Alcântara, Ciro Gomes ficou praticamente isolado – juntamente com Mauro Filho, então secretário estadual da Administração – na defesa da continuidade da parceria. Ele era ministro da Integração Nacional e principal líder político do grupo. Mas sua posição não prevaleceu. O rompimento se deu de forma barulhenta e deixou rancores mútuos não resolvidos até hoje. Pelo caminhar das coisas, no caso de o rompimento entre Prefeitura e Governo, Cid poderá dizer que fez o possível para manter o entendimento, mas foi voto vencido.

(O POVO / Coluna Política / Érico Firmo)

PSB fica alguns passos mais longe da prefeita

162 1

Eis o que escreve Erico Firmo, em sua Coluna Política no O POVO deste sábado:

O evento do PSB na noite da última quinta-feira (9) foi característico de partido de oposição. Como fio condutor, a exposição do que o Governo do Estado tem feito em Fortaleza. O aspecto que mais chamou atenção: aquilo que a Prefeitura não deixou a administração estadual fazer, segundo reclamou o chefe de gabinete do governador, Ivo Gomes.

O desavisado que ouvisse os discursos teria convicção de que não se tratava de governos aliados. O sentimento de lançar candidato próprio é crescente, embora sejam poucos os correligionários do governador que tenham segurança em sacramentar o fim da aliança. A maioria percebe cenário de incerteza. No entanto, vai ficando evidente que não há clima para acordo. É difícil imaginar, por exemplo, Ivo Gomes dividindo palanque com a prefeita. Às vésperas da reunião de anteontem, o irmão do governador tornou públicas reclamações contra a dificuldade para conseguir autorização para obras da Cagece. Já começava a preparar o cenário para a guerra.

A maioria das vozes do partido acredita que as chances de a aliança com Luizianne não se manter são hoje maiores que as da continuidade. Um parlamentar estimou em torno de 90% as chances de candidatura própria do PSB. Os nomes mais citados são mesmo o deputado Roberto Cláudio e o secretário da Copa, Ferruccio Feitosa. Houve inclusive várias brincadeiras com os dois, durante o evento de quinta-feira. Mas outras alternativas podem surgir. Por exemplo, o vereador Salmito Filho, que deixou o PT no ano passado, ou o secretário estadual da Fazenda, Mauro Filho.

PSB quer mostrar força com obras do Estado na Capital

Para além da tentativa de animar a militância e os pré-candidatos a vereadores do PSB de Fortaleza para as eleições deste ano, o diretório municipal do partido realizou, na última quinta-feira (9), um encontro, onde fez questão de mostrar a força do Governo do Estado na Capital, com R$ 5,4 bilhões de investimentos em obras de grande porte na cidade.

Apesar de destacarem que é desejo do governador Cid Gomes (PSB) manter a aliança entre PT e PSB em Fortaleza, os dois irmãos do governador, o chefe de gabinete Ivo Gomes e o ex-deputado federal Ciro Gomes, que comandaram a reunião, revelaram que a instância municipal do PSB é autônoma e será a responsável pela decisão de ter ou não candidatura própria em Fortaleza.

Ciro Gomes, por sinal, destacou que trabalhará para que o partido tenha candidato a prefeito. “Como militante, filiado ao partido, tudo que puder fazer, farei, como estamos fazendo, para que o PSB deixe para fazer aliança somente no 2º turno, seja quem for o petista”, disse.

Ele declarou, ainda, que a campanha será uma oportunidade de o PSB mostrar a sua visão sobre os problemas de Fortaleza. “As pessoas, especialmente a fração do PT que está hoje na Prefeitura, têm horror a discutir, mas vamos ter paciência. Eu tenho o maior respeito, o maior carinho pela maioria deles, somos aliados, mas é muito autoritarismo e muita lambança não querer que a gente discuta os problemas da cidade”, atacou Ciro.

A reunião também foi espaço de desabafo das insatisfações do grupo com a gestão da prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins (PT). Durante seu discurso, Ivo Gomes se queixou, insistentemente, de que a Prefeitura empaca obras do Governo do Estado na Capital.

Obras em Fortaleza

Como principais intervenções do Estado em Fortaleza, o chefe de gabinete apresentou as obras de reforma do Estádio Castelão, da construção do Metrô de Fortaleza e ações na área de Segurança Pública.

No âmbito da Saúde, Ivo destacou a construção de quatro Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) na Capital, além do aparelhamento do Hospital Geral de Fortaleza (HGF).

(O POVO)

PT/CE reúne diretório e promove festa por seus 32 anos de fundação

142 2

O diretório estadual do Partido dos Trabalhadores realizará neste sábado, a partir das 14 horas, no Hotel Amuarama, reunião para discutir conjuntura eleitoral 2012. Com certeza, a postura do PSB, parceiro da legenda, que sinaliza por afastamento ao revelar investimentos bem maiores em Fortaleza do que a gestão petista, entrará no debate.

Logo mais à noite, na sede do partido, haverá festa em comemoração aos 32 anos de fundação do PT.

Ultragaz é condenada a indenizar vítimas de explosão de botijão de gás

“O juiz Francisco Gladyson Pontes Filho, da Vara Única de Horizonte, condenou a Bahiana Distribuidora de Gás Ltda. (Ultragaz) a pagar indenização de R$ 383 mil para seis pessoas vítimas da explosão de um botijão de gás. A decisão foi publicada no Diário da Justiça Eletrônico dessa quarta-feira (08/02).

Segundo os autos (nº 104-47.2004.8.06.0086/0), em setembro de 2003, um botijão fabricado pela referida empresa explodiu dentro de um comércio e matou dois adolescentes. Outras seis pessoas sofreram queimaduras. Em virtude disso, ajuizaram ação requerendo R$ 869.949,00 pelos danos morais, materiais e estéticos sofridos.

Laudo pericial concluiu que a explosão ocorreu por causa de falha no dispositivo de segurança do botijão chamado “plug fusível”, que não foi acionado e provocou o aumento da pressão interna do recipiente. Ao apresentar contestação, a distribuidora desqualificou o laudo. Defendeu que os danos materiais não ficaram comprovados e que a reparação moral é exorbitante. Requereu ainda a inclusão do Bradesco Seguros S/A em virtude de apólice de seguros firmada com a empresa.

Ao analisar o caso, o juiz Francisco Gladyson Pontes Filho condenou a Ultragaz a pagar indenização por danos morais e estéticos às vítimas, no valor de R$ 383 mil. Determinou ainda o pagamento de pensão mensal aos pais dos adolescentes mortos, até a data em que as vítimas completariam 65 anos.

O magistrado entendeu que Bradesco Seguros é parte legítima para figurar na ação e determinou que a seguradora pague o valor da apólice. Segundo ele, a imprudência ou negligência do consumidor não é suficiente para eximir a empresa da responsabilidade pelo acidente.”

(Site do TJ-CE)

Carnaval da Saudade do Náutico é sucesso!

760 3

Eis a faixa estampada na fachada do Clube Náutico Atlético Cearense. Avisa que a venda de mesas do seu tradicional Carnaval da Saudade, que ocorrerá nesta noite de sábado, já se esgotou. E isso, segundo o presidente Guedes Neto, quatro dias antes do evento.

A Banda “Brasa Seis” fará a animação com uma programação com marchinhas e ranchos.

Fórum Clóvis Beviláqua promove I Mutirão Cível

“O Grupo de Auxílio para Redução do Congestionamento de Processos Judiciais da Comarca de Fortaleza realiza, nesta segunda e terça-feira, o I Mutirão Cível 2012. As sessões conciliatórias ocorrerão das 9 às 17h40min, no Fórum Clóvis Beviláqua.

Foram agendadas 97 audiências, sendo a maioria referente a ações revisionais envolvendo bancos e instituições financeiras. Os processos são provenientes das 1ª, 4ª, 8ª, 10ª e 13ª Varas Cíveis da Capital.

Segundo o juiz Flávio Luiz Peixoto Marques, coordenador interino do Grupo, a revisão de cláusulas contratuais é uma das principais demandas da população por prestação jurisdicional. “De tempos em tempos, o Grupo promove atos para eliminar essas lides, que representam parcela considerável do acervo processual”, afirmou.
Cinco magistrados e seis servidores integrantes do Grupo de Auxílio irão mediar as conciliações, buscando favorecer acordos entre as partes.”

(Site do TJ-CE)

Presidente da Câmara Municipal regulariza situação de jornalistas

146 1
Atendendo a uma reivindicação dos jornalistas da Casa, encabeçada pelo Sindicato dos Jornalistas (Sindjorce), o presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, vereador Acrísio Sena (PT), anunciou, nesta semana, a regularização da situação trabalhista de todos os profissionais que fazem o sistema de comunicação do Legislativo Municipal. Contratados em regime celetista, os colegas da Assessoria de Imprensa, FM Fortaleza 93.5 e TV Fortaleza terão todos os direitos assegurados como pagamento de férias e 13º salário, além do cumprimento dos pisos salariais.
Ao anunciar o novo conceito de comunicação do Legislativo Municipal, Acrísio destacou que os veículos e a assessoria possibilitam mais democracia e interatividade com a população de Fortaleza. “Mas nada disso acontece sem valorizar o ser humano”, disse, acrescentando que a regularização da situação dos jornalistas soma-se a outra conquista do Sindjorce: o da provação, por unanimidade, do Projeto de Lei da vereadora Magaly Marques que tornou o diploma de nível superior em Jornalismo obrigatório no serviço público da Capital cearense.

Metrofor começa a operar em junho. Para testes

175 2

O Metrofor, o metrô de superfície de Fortaleza, vai entrar em operação a partir de 15 de junho próximo, em fase de testes.  Informou, nesta sexta-feira, o secretário estadual de Infraestrutura, Adail Fontenele, adiantando que o metrô passará a fazer todo o trecho de Maracanaú ao Centro de Fortaleza a partir de 15 de outubro deste ano numa segunda fase de testes com passageiros. O anúncio foi feito durante visita de empresários às obras do empreendimento.

Durante esta segunda fase, as composições passarão por todas as 18 estações da linha Sul do metrô. “Duas estações, a Xico da Silva e a José de Alencar, ainda estarão em fase de acabamento, mas poderão receber os passageiros”, afirma.

Já de acordo com Rômulo Fortes, presidente da Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos (Metrofor), a primeira fase será iniciada no dia 15 de junho para fazer quaisquer ajustes necessários.

Testes

Segundo Rômulo Fortes, essas operações são chamados “testes dinâmicos” e consiste em colocar os equipamentos em funcionamento para ajuste. “É uma fase necessária para oferecer segurança quando formos iniciar a operação comercial. Antes fazemos a operação assistida, que consiste em transportamos passageiros sem a cobrança de passagem. Mas também o passageiro está consciente que é uma fase de teste”, explica.

Antes dos testes dinâmicos, ocorrem os testes estáticos na oficina do Metrofor.

Linha Sul

A Linha Sul, que está sendo concluída pelo Metrofor, irá ligar Fortaleza a Pacatuba. São 24,1 km de extensão em via dupla, sendo 18 km de superfície, 3,9 km subterrâneo e 2,2 km em elevado.

Esta linha irá receber um total de 20 trens que formarão dez composições de 80 metros, cada. Estão sendo finalizadas 18 novas estações: Carlito Benevides (antiga Vila das Flores); Jereissati; Maracanaú; Virgílio Távora (antiga Novo Maracanaú); Rachel de Queiroz (antiga Pajuçara); Alto Alegre; Aracapé; Esperança (antiga Conjunto Esperança); Mondubim; Manoel Sátiro; Vila Pery; Parangaba; Couto Fernandes, Porangabussu; Benfica; São Benedito; José de Alencar (antiga Lagoinha); Central –   Xico da Silva (antiga João Felipe).

(Com Assessoria do Metrofor)

Fernando Hugo: “Quem esquenta com bafo é cuscuz”

214 7

Do deputado estadual Fernando Hugo, recebemos nota com o seguinte título “Quem esquenta com bafo é cuscuz”. O parlamentar faz críticas ao governo federal e suas obras não concretizadas no Estado. Confira: 

Os governos federais petistas (Lula e Dilma) têm sido durante estes quase 10 anos, padrastos ruins para o estado do Ceará. Obras marcantes foram propagandeadas em prosas, versos e muita mídia; porém, na realidade nenhuma foi concretizada. Lembremo-nos que o falastrão Lula da Silva dizia que tomaria banho em solos cearenses nas águas do rio São Francisco e mostrava na propaganda eleitoral de sua reeleição uma refinaria e uma siderúrgica gerando milhares de empregos e plenamente funcionando.

Quando dirigia-se falaciosamente ao povo brasileiro, os desavisados do Sul, do Sudeste e das outras regiões já escutavam o apito do trem transportando o progresso existente na megalomania mentirosa que caracteriza o petismo.

Agora vem Dilma, e como se não fosse presidente desta banda nordestina do Brasil, fala que as obras da Transnordestina e da Transposição estão atrasadas por culpa das empreiteiras, querendo desse modo, pensar que nós cearenses somos na integridade da população, idiotas.

Sempre critiquei com atos, dados e fatos a embromação petista para com nosso estado e agora vejo que alguns colegas deputados começam a despertar e entender que o povo cearense é tratado, pelo governo federal petista, como ENCURRALADOS ELEITORAIS mantidos somente a pão e água, expressão viva do Bolsa Família.

* Fernando Hugo

Deputado estadual do PSDB.

Eleições 2012 – Fim do oligopólio político enriquece o debate eleitoral

157 2

Eis artigo do publicitário e poeta Ricardo Alcântara intitulado “Bico duro, conversa mole”. Para o articulista, rupturas são sempre saudáveis para o debate eleitoral. Confira:

Li na imprensa declaração de alguém definido na matéria como “um petista do bico duro”, se é que isso ainda existe. São confissões reveladoras pela originalidade com que interpretam os fundamentos democráticos.

O presumido bico duro qualificou como “terra arrasada” o quadro político resultante de uma possível ruptura na aliança que mantém sob o mesmo teto e em lados opostos da mesa o governador e a prefeita da capital.

Em outro trecho da mesma nota, o petista – apesar do bico duro, preferiu se reservar no anonimato – disse que o cenário de ruptura, descrito por ele de modo dramático, só agradaria aos jornalistas de política.

Bobagem. Os analistas de plantão formam uma unanimidade quase burra, e dela compartilho, na constatação de que o fim da aliança agora poderia ser o pior dos cenários para os interesses de ambos, governador e prefeita.

Gente que assina o que diz tem repetido que uma ruptura só abriria a cena para uma terceira força, ao cacifar aliados secundários e dar sobrevida a grupos em fase declinante. A incerteza só é bom território para a oposição.

Mas a ruptura não é necessariamente má para a cidade, ora. Não desce redondo, este texto de que, sem a tutela da aliança, a cidade mergulhará no caos. Inácio Arruda, Heitor Férrer e Renato Roseno merecem melhor crédito.

O petista tem o direito de lutar para manter as coisas como estão (se estão boas para ele), mas qualificar como “terra arrasada” a possibilidade de que qualquer outra força venha a governar a cidade é um lapso fascista.

Se a ruptura representaria um cenário de “terra arrasada” para os membros principais da aliança, para a sociedade em geral talvez seja apenas uma saudável oportunidade de respirar (ainda não está proibido).

Postos em cena outros agentes, se fragiliza o oligopólio eleitoral, enriquece o debate político, revela novas lideranças, acolhe demandas sociais asfixiadas, enfim. Pense nisso, bico duro. E deixe de conversa mole.

* Ricardo Alcântara,

Publicitário e poeta.