Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Aliado de Ciro reclama da gestão petista em Sobral

225 12

O presidente do PRB de Sobral, ex-deputado estadual Oman Carneiro, anda se queixando da administração do prefeito Clodoveu Arruda (PT). Em seu site, Oman divulgou o seguinte artigo e considerou que a gestão petista age com “desatenção”. Confira: 

Sexta-feira, dia 25 estive prestigiando o convite feito pelo Presidente da Câmara Municipal, vereador  João Alberto, para participar da solenidade ocorrida no distrito do Jordão, oportunidade que me fez sentir de perto o agravo em que se encontra a DESATENÇÃO das muitas pastas do Poder Executivo para com a população sobralense.

Por isso, de forma muito respeitosa, através deste artigo, destino ao prefeito Veveu o meu apelo à sua sensibilidade para com as situações aqui relatadas  não só enquanto gestor municipal, mas na condição de um sobralense que sempre demonstrou querer o melhor para Sobral, para que recupere a altivez e a satisfação dos sobralenses, porque, diante do que vejo, sinto e constato nas ruas, até o momento eu só encontraria um vocábulo para definir o que de fato está acontecendo com a nossa cidade – DESATENÇÃO.

DESATENÇÃO com os nossos doentes, que não estão sendo prontamente atendidos com distribuição gratuita de medicamentos indispensáveis ao tratamento de doenças crônicas;
DESATENÇÃO  para com as famílias, por deixá-las ao sofrimento e peso dos danos causados pela falta de segurança, por um trânsito desastroso, e por quê não dizer, criminoso; DESATENÇÃO com uma Guarda Municipal desmotivada, desassistida da capacidade de cumprir a missão de cuidar do maior patrimônio de uma cidade: as pessoas, porque tanto a estrutura física quanto humana estão ficando em estado obsoleto, não pela aquisição de um novo suporte, mas por uma estranha ingerencia; DESATENÇÃO para com as nossas crianças que estão abandonadas à própria sorte e com isso, a cada momento mais atraídas ao uso de drogas e assim, facilmente recrutadas para o tráfico. DESATENÇÃO com os idosos, porque na falta da manutenção dos serviços básicos, ao invés deles encontrarem na especial fase da vida o vislumbrar de um merecido conforto e indispensável atenção por parte do poder público municipal, e de falarem aos mais jovens da boa experiencia que traz a longevidade, o que estão encontrando é o confinamento, o sequestro de suas esperanças e de um esperado acolhimento, e hoje, tudo o que têm para falar até o momento é que perderam vez e voz nos caminhos dessa DESATENÇÃO.

Uma DESATENÇÃO que não se aplica somente aos vivos, mas também aos mortos, que não estão tendo mais por parte do poder público nem o amparo para um digno enterro. DESATENÇÃO também com a classe política, no desrespeito de não chamar os partidos e vereadores para tratarem sobre os problemas da cidade; DESATENÇÃO com os Vereadores que expressam nas sessões semanais da Câmara um grito de socorro comum tanto por parte dos  que atuam na linha de oposição partidária, quanto pelos que integram a base aliada ao governo municipal, reclamando diuturnamente por não conseguirem  fazer com que o Executivo ouça a súplica das comunidades que eles representam; DESATENÇÃO com o Legislativo, uma vez em que se marca a inauguração de um evento de grande benefício para um distrito, mas se peca gravemente por ignorar um evento de igual ou até maior significancia para outro distrito.

Sabendo que a Prefeitura tem recursos suficientes para que se estabeleça ações para a mais ampla qualidade de vida dos sobralenses, e por saber que o Veveu é uma pessoa honesta e bem intencionada, ainda acredito que ele não esteja a par da dimensão do que está acontecendo nos bairros e distritos de Sobral.

Por isso, em nome de todos os sobralense que a mim têm recorrido com justas queixas e demandas, lembro ao meu amigo Veveu um trecho da música do Chico Buarque, que diz:
“Deixe em paz meu coração que ele é um pote até aqui de mágoa, e qualquer DESATENÇÃO, FAÇA NÃO. PODE SER A GOTA D’ÁGUA.”

* Oman Carneiro,

Presidente do PRB de Sobral.

Shalom promove Exponatal 2011

A Comunidade Shalom promoevrá, no período de 2 a 4 próximos, mais uma edição da Exponatal, evento que reunirá, no mesmo local, segundo organizadores, feira de produtos e serviços, espetáculo natalino de música, teatro e dança, bazar solidário, concurso de presépios,  shows musicais e apresentação de corais. Neste ano, a Exponatal ocorrerá no Sebrae, a partir das 17 horas.

A programação consta de exposição de produtos e serviços na Praça de Stands. Os Projetos de promoção da dignidade humana da Comunidade Shalom apresentarão artigos feitos de modo artesanal. O bazar solidário  oferece a venda de roupas e objetos novos e semi-novos a preços simbólicos. No palco, destaque para os corais Porta Voz e Vozes do outono, ambos sob a regência do renomado maestro Poty. Também marca presença o violinista Rodrigo Cardozo. Ainda cantam o professor Ary, Ana Gabriela e a banda Missionário Shalom, com show acústico.

ESPETÁCULO

O espetáculo “Filho de Deus Menino Meu” terá quatro apresentações durante a Exponatal. Ano passado, o musical teve exibição no Centro de Convenções e no teatro do Via Sul Shopping, sempre com sessões lotadas.

Diferente de tudo que se é apresentado no período do Natal, o espetáculo mostra a história de uma trupe que encena mundo afora o nascimento do Menino Deus. O regionalismo está presente nas músicas, todas compostas para o espetáculo, figurino e fala dos 26 atores, que por mais de uma hora, prendem a atenção do público com uma mensagem de alegria e “tiradas” pra lá de bem humoradas.

SERVIÇO

Centro de Negócios do Sebrae – Rua Mons. Tabosa, nº 777.

Ingressos: R$ 5,00 (cinco) por dia.

Espetáculo Filho de Deus Menino Meu

Horários – Sexta-feira (02), às 20 horas; Sábado (03), às 18h e 21 horas; Domingo (04), às 20 horas.

Ingressos: R$ 15,00 (quinze), por espetáculo, com acesso à feira

Mais informações: 3295.4583 www.comshalom.org\exponatal

Meia entrada para todos.

Copa 2014 – Parlamentar quer unificar programas de capacitação

 

O deputado estadual Danniel Oliveira (PMDB) deu entrada em pojeto de indicação criando o Programa “Ceará sem fronteiras. O objetivo  da iniciativa é qualificar e profissioalizar os agentes ligados ao setor de turismo do Estado para a Copa 2014.

Pelo programa, serão beneficiados motoristas de táxi, gerentes de hotel, garçons, guias nativos, proprietários de barracas de praia, recepcionistas, socorristas e enfermeiros e todos aqueles essenciais para o certame e que estão ligados ao turismo.

“Queremos englobar todos os profissionais do turismo e promover capacitação para inserir o maior número dos que atuam no ramo. Existem muitos programas isolados. Queremos uniformizá-los no Estado”, justifica o deputado Danniel Oliveira.

Turismo do Ceará – Hora de rever conceitos

203 3

Com o título “Gestão do Turismo: Passado, presente e futuro”, eis artigo do ex-secretário estadual do Turismo, Allan Aguiar.

Diagnosticar a qualidade das ações indutoras que o Poder Público implementa em determinados setores da economia, muitas vezes, não é tarefa muito complexa. Na cadeia produtiva do Turismo basta olhar os agregados turísticos contabilizados ao longo do tempo por Governos e Institutos de Pesquisa. Ministério do Turismo, INFRAERO, FGV e Consultorias especializadas acompanham, com ferramentas de aferição bastante seguras, as variações sofridas pelo segmento, seja por forças de mercado, seja por força das políticas públicas adotadas. Essas duas forças possuem a capacidade de acelerar, ou não, a obtenção dos resultados perseguidos. Neste sentido, faz todo o sentido afastar-se de análises inferenciais e observar indicadores como Fluxos Turísticos Nacionais e Internacional, Receita e Renda Turística, Investimentos Diretos, Impactos sobre o PIB, Interiorização de Fluxos Turísticos, apenas para citar alguns indispensáveis no painel de controle dos Gestores Públicos.

Com exceção da Bahia, somente em tempos recentes os Estados do Nordeste do Brasil passaram a incorporar o Turismo, nossa mais clara vocação econômica, como um motor a auxiliar nos esforços de geração de postos de trabalho e de desenvolvimento econômico. Historicamente, as diretrizes eleitas pela grande maioria dos Estados Nordestinos contemplavam a dupla representada pela Industrialização e pelo Agronegócio. A infra-estrutura era planejada e dimensionada muito mais para atender a essa dupla que para  pavimentar o futuro da atividade turística. Contudo, a vocação natural dessa atividade é tão forte que, mesmo ignorada por planejadores e orçamentadores de Governos Estaduais, cresceu muito mais que os setores classificados como prioritários. A massa de trabalho e inclusão social originada pelos não residentes (turistas) foi tão acachapante que fez acordar outros níveis de Governo. Planejamentos Estratégicos para o segmento pipocaram no Nordeste, contudo, sem orçamento para implementá-los, os resultados continuaram, na média, ainda muito reduzidos diante do potencial. O Turismo passou a ser uma prioridade não expressada nos Orçamentos Públicos, mas apenas na retórica dos discursos das Secretarias de Turismo, que, isoladas, não conseguiam mobilizar os governadores para destacar a matéria na Agenda de Governo.

Registre-se que alguns Estados, como o Ceará, passaram a cumprir uma consistente agenda de infraestruturação dos seus pólos, roteiros e regiões turísticas. Nos últimos cinco anos, o atual governador do Estado decidiu materializar obras estruturantes para o futuro do Destino Ceará, a exemplo do que fez o ex–governador César Cals quando construiu, há mais de 30 anos, equipamentos como e Centro de Convenções, Bondinho de Ubajara e a antiga EMCETUR, para citar alguns. O governador Cid Gomes já está na galeria dos notáveis, pelas relevantes obras que poderão alavancar a economia do Turismo no Estado. O respeitável novo Centro de Feiras e Eventos, os aeroportos regionais de Aracati e Jericoacoara, as duplicações das rodovias estaduais e da avenida Maestro Lisboa associadas ao futuro Aquário e a ampliação do Aeroporto Pinto Martins serão um legado que o credenciará a ser reconhecido por todo e qualquer estruturador de produtos e destinos turísticos.

Na contra–mão da elogiável Agenda de Infraestruturação, está a Agenda Mercadológica. Nesses mesmos cinco anos, os desembarques internacionais recuaram 28% contra crescimento de 24% do vizinho Pernambuco. No desembarque nacional, crescemos 53% contra 80% do também vizinho Rio Grande do Norte. Nenhum novo hotel se instalou em Fortaleza nesse mesmo período. Sem demanda a oferta não se apresenta. Os resorts dos municípios praianos vizinhos a Capital, nomeadamente o Aquiraz Riviera – com o Dom Pedro Laguna, e o Villa Galé Cumbuco são investimentos captados no passado que já estavam em estágio de irreversibilidade. Agências de Viagens e Receptivos que comercializavam 10, 12 e até 14 roteiros dentro do Ceará, além de Fortaleza, hoje operam em, no máximo cinco ou seis roteiros. Isso significa que o turista não está mais circulando no Estado, ficando restrito ao surrado modelo sol e praia e nada mais. Nosso trade turístico, com contas a pagar no curto prazo, observa curioso essa dicotomia entre a Agenda Mercadológica e a Agenda de Obras Públicas considerando que as duas não precisam ser mutuamente excludentes.

Não esperemos que a exposição global que uma cidade sede de jogos da Copa do Mundo obtém, seja capaz de resolver, por osmose, nossa deficiência estrutural de comercializar nosso destino e provar para o capital privado que somos viáveis econômica e financeiramente. Isso, daqui a dois anos e meio, quando mencionada exposição estará na sua fase mais aguda.  É chegado o tempo de voltarmos a formular novos conceitos, debater e inaugurar um novo modelo de desenvolvimento econômico que seja capaz de diferenciar o Ceará dos demais lutadores que estão apresentando seus músculos e habilidades no Octógono das vantagens locacionais comparativas.

*Allan Aguiar, Consultor, foi Secretário do Turismo do Ceará e de Pernambuco.

Policiais civis vão questionar na Justiça corte no salário efetuado pelo Governo do Estado

Policiais civis em greve e que tiveram salário descontado compareceram à sede do sindicato, nesta segunda-feira, munidos das cópias do extrato do banco, do extrato da Secretaria do Planejamento e Gestão do Estado e da carteira funcional.

Esses documentos foram entregues à assessoria jurídica do Sindicato dos Policiais Civis do Ceará (Sinpoci).

Além da documentação, a diretoria do Sinpoce orientou os policiais a apresentarem ao setor jurídico cópia das folhas de frequências dos meses de outubro e novembro.

A ordem é questionar na Justiça o corte do pagamento efetuado pelo Governo do Estado.

TSE julga 11 governadores. Na fila, Cid Gomes

203 5

“Nesta semana, o Tribunal Superior Eleitoral deve  julgar ação contra a posse do governador de Roraima, José Anchieta Junior (PSDB).

São 11 os governadores eleitos em 2010 cujos mandatos estão sendo contestados no TSE sob acusação de uso da máquina ou abuso de poder econômico.

Em sua maioria, ou eram candidatos à reeleição, ou tinham o apoio do governo anterior.

Além de Anchieta, estão na fila do Tribunal: André Puccinelli (PMDB-MS), Antônio Anastasia (PSDB-MG), Cid Gomes (PSB-CE), Omar Aziz (PMN-AM), Roseana Sarney (PMDB-MA), Sérgio Cabral, Siqueira Campos (PSDB-TO), (PMDB-RJ),  Teotônio Vilela (PSDB-AL), Tião Viana (PT-AC) e Wilson Martins (PSB-PI).”

(Poder Online/Foto – Paulo  MOska)

Começa a Semana Nacional de Conciliação

Nailde Pinheiro coordena a conciliação na 2ª Instância.

Começou, nesta segunda-feira, em todo país, a Semana Nacional de Conciliação. Organizada pelo Conselho Nacional de Justiça, tem porobjetivo resolver conflitos judiciais de forma mais rápida por meio de acordos entre as partes envolvidas em processos.

Até sexta-feira, réus e processantes participarão de audiências de conciliação convocadas pela Justiça. A maioria das ações judiciais que serão discutidas nessas sessões envolverá as empresas e as instituições mais processadas do país, entre elas, o INSS e a Caixa Econômica Federal.

A expectativa do CNJ é que o esforço concentrado sirva para encerrar com acordos cerca de 170 mil processos que tramitam atualmente na Justiça. Na semana de conciliação do ano passado, 171 mil sessões de conciliação foram bem sucedidas, das 361 mil realizadas.

NO CEARÁ
 
O Poder Judiciário cearense agendou 9.711 audiências de conciliação para a VI edição da Semana Nacional de Conciliação. O presidente do Tribunal de Justiça, desembargador José Arísio Lopes da Costa, abriu oficialmente os trabalhos  no 1º Salão do Júri do Fórum Clóvis Beviláqua.

Do total de 9.711 audiências programadas, 8.691 são de comarcas do Interior, 900 da Central de Conciliação do Fórum Clóvis Beviláqua e 120 do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos do TJCE. Além disso, ao longo da semana, desembargadores do Tribunal realizarão audiências nos próprios gabinetes. Na Justiça de 2º Grau, a desembargadora Maria Nailde Pinheiro Nogueira coordenará o movimento. No âmbito estadual, a coordenadora é a corregedora geral da Justiça, desembargadora Edite Bringel Olinda ALencar.
 
“A iniciativa do Conselho Nacional de Justiça voltada para a realização desta sexta Semana Nacional da Conciliação faz parte do esforço coletivo de todos os órgãos da Justiça brasileira, com o propósito de ampliar e consolidar a cultura da conciliação como a melhor forma de resolver conflitos”, disse a desembargadora Nailde Pinheiro Nogueira, durante a solenidade de abertura dos trabalhos. Para ela, ‘ano a ano, a jornada nacional pela conciliação impõe a todos uma oportuna reflexão sobre o novo papel do juiz e dos profissionais essenciais à administração da Justiça. Essa reflexão diz mesmo com a mudança de paradigma da Justiça brasileira, antes voltada para o litígio, e que agora direcionada para a conciliação”.

Centro – Vias com acesso liberado em dezembro

132 1

Eis comunicado da assessoria de imprensa do Metrofor:

A Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos (Metrofor) irá liberar o acesso da rua Castro e Silva e avenida Tristão Gonçalves, no Centro de Fortaleza, até o dia 15 de dezembro próximo. As obras de implantação do metrô na área já foram concluídas. No momento, está sendo finalizada uma obra de esgotamento sanitário cujo prazo é até o dia 15.

O trecho no cruzamento das ruas está interditado desde junho de 2009 para as obras de implantação do metrô de Fortaleza. No local, havia uma passagem para o material utilizado na obra do túnel. Com a implantação do metrô, a rede de esgotamento sanitário precisou ser adaptada.

Até o momento, já foram concluídas 95% das obras civis da linha Sul, que ligará o Centro de Fortaleza à Pacatuba. São 24,1 km de extensão em via dupla, sendo 18 km de superfície, 3,9 km subterrâneo e 2,2 km em elevado.

A obra está recebendo um investimento total de R$ 1,705 bilhão. A previsão é que as obras civis sejam finalizadas até o fim deste ano. Até o fim de 2012, devem ter início os testes com passageiros e a operação comercial. Em 2013, serão feitos os ajustes finais.

Os dois primeiros trens italianos que vão operar na Linha Sul já estão no Ceará. Os trens foram testados no primeiro semestre de 2011 e foram interrompidos em agosto para que fossem feitas correções detectadas na primeira fase de testes. Estas correções estão sendo incorporadas pela fabrica, na Itália, aos demais trens. Com os ajustes efetuados, os testes retornam em janeiro de 2012.

Além dos dois primeiros trens, outros seis devem chegar a Fortaleza até fevereiro do ano que vem. Os trens fazem parte de um total de 20 que formarão dez composições de 80 metros, cada. Estão sendo executadas 18 novas estações: Carlito Benevides (antiga Vila das Flores); Jereissati; Maracanaú; Virgílio Távora (antiga Novo Maracanaú); Rachel de Queiroz (antiga Pajuçara); Alto Alegre; Aracapé; Esperança (antiga Conjunto Esperança); Mondubim; Manoel Sátiro; Vila Pery; Parangaba; Couto Fernandes, Porangabussu; Benfica; São Benedito; José de Alencar (antiga Lagoinha); Central – Xico da Silva (antiga João Felipe).

O Governo do Estado conseguiu a inclusão de mais duas estações no cronograma de obras: Juscelino Kubitschek e Padre Cícero. As duas estações já estavam previstas desde a concepção original da Linha Sul, mas com o Plano de Mobilidade Urbana gerado pela Copa do Mundo da Fifa em 2014, suas implantações foram antecipadas. Com isso, a Linha Sul do Metrô de Fortaleza, que liga Pacatuba ao Centro de Fortaleza, terá ao todo 20 estações.

A implantação do metrô de Fortaleza é considerada a maior obra estruturante da capital. A expectativa é que o metrô solucione um dos grandes problemas da cidade, que é o ordenamento de seu trânsito. A necessidade de se aumentar a oferta de transporte público de qualidade em substituição aos carros de passeio tem sido um dos objetivos de governos para desafogar as vias e melhorar a mobilidade urbana.

A Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos – Metrofor assumiu esse desafio ao desenvolver obras metroferroviárias que visam à modernização desse sistema de transporte. Ao dotar Fortaleza e cidades do Interior do Ceará desses modais, o Governo do Estado está investindo também na melhoria da qualidade de vida de todos os cearenses.

Nova sede do TRE tem emenda assegurada

Uma emenda ao Orçamento Geral da União 2012  no valor de R$ 50 milhões foi garantida para a construção da nova sede do Tribunal Regional Eleitoral.

O novo prédio do TRE será erguido na avenida Washington Soares, no bairro Água Fria, segundo o presidente do órgão, desembargador Ademar Mendes Bezerra.

O presidente do TRE garantiu também que esse aporte financeiro já conta com o aval do presidente do Supremo Tribunal Federal. Ou seja, não deverá ser cortado.

Orçamento da União 2012 – Dois deputados federais destinam emendas para Educação

104 1

Os deputados federais Ariosto Holanda (PSB) e Artur Bruno (PT) destinaram R$ 200 milhões de suas emendas ao Orçamento da União 2012 para a UFC, Rede IFCE e Unilab. Foram os únicos da bancada a adotar esse gesto, lamentava Ariosto.

Com os recursos, haverá condições de expansão das atividades da UFC e da Rede IFCE, que poderá também instalar algumas unidades que faltam no Interior. 

 Já a Unilab, situada no município de Redenção, segundo Ariosto Holanda, terá condições de investir em um campus. Hoje a Unilab está dependendo orçamentariamente da Universidade Federal do Ceará.

Eleições 2012 – PHS torce por Waldemir Catanho

87 1

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=cpBjNxPum8o[/youtube]

Se depender do presidente estadual do PHS, ex-deputado estadual Francisco Caminha, o melhor nome do PT para disputar a prefeitura de Fortaleza em 2012 é o do secretário de articulação governamental Waldemir Catanho.

Caminha reconhece que Catanho disputa com o deputado federal Artur Bruno, bem mais conhecido do que ele, mas avalia que havendo a manutenção da aliança do PT com o PSB, o quadro lhe pode ser favorável.

Governo fará concurso para a Perícia Forense

129 1

Até o fim de dezembro, o governo estadual lançará mais um edital de concurso público. Dessa vez,  o da Perícia Forense do Estado (Pefoce).

De acordo com a assessoria de imprensa do Palácio da Abolição, o edital oferecerá 340 vagas para médicos peritos e servidores do órgão.

Espera-se que a reforma do antigo IML, a passos de tartaruga, fique concluída antes das convocações.

Isenção de IPVA para motoristas portadores de deficiência física emperra na PGE

Uma mensagem vai garantir isenção do pagamento do IPVA para proprietários de veículos com deficiência física. A decisão vale para 2012 e atende a um pleito de entidades que atuam em defesa desse segmento.

O espírito natalino já chegou assim ao prédio da Secretaria da Fazenda, que não divulgou ainda o número de beneficiados pela medida. Há um detalhe que emperra o envio dessa proposta para a Assembleia Legislativa: a Procuradoria Geral do Estado ainda não concluiu detalhes legais do texto, que precisa ser remetido para votação dos deputados estaduais.

Sobre o IPVA, outro dado: os boletos baterão à porta do contribuinte a partir de meados de janeiro.

(Coluna Vertical, do O POVO)

Ex-prefeita comemora aniversário após participar de protestos em Wall Street

340 6

“Em clima de celebração política, a ex-prefeita de Fortaleza e membro do grupo Crítica Radical Maria Luíza Fontenele, comemorou ontem seu aniversário de 69 anos após retorno de Nova Iorque, no último dia 25, quando participou do movimento “Ocupe Wall Street”, “pela emancipação humana e fim do sistema capitalista”.

De acordo com ela, a experiência de nove dias no movimento aumentou a compreensão de que há a necessidade da teoria ser apropriada cada vez mais por número maior de pessoas. “O conteúdo do movimento é muito interessante, agrega diferentes setores. O fato de ser um movimento horizontal, as decisões são sempre tomadas cotidianamente pelo coletivo em assembleias. Não tem um caráter imediato de uma reivindicação, é contínuo”, diz Maria.

Ela destaca que dentro do grupo aumentou a responsabilidade no sentido de apontar cada vez mais a perspectiva de transformação. E ainda, que não sejam soluções pontuais e sim radicais. Célia Zanetti, também membro do grupo, chama atenção para dois grandes problemas que perpassam pelas reivindicações dos manifestantes: desemprego e saúde. Outro detalhe é a grande participação de idosos e estudantes, conta. A questão do policiamento também chocou. “Era um sistema repressivo, cinco helicópteros sobrevoando a manifestação o tempo todo, a cada quarteirão os policiais tentavam barrar e demorava muito tempo par a negociação”.”

(O POVO)

Formadores de opinião conhecem "New York", o restaurante e parque temático de Aquiraz

413 4

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=ahGjumsy3CI[/youtube]

Tendo à frente o jornalista e colunista de gastronomia do O POVO, Ivonilo Praciano, o Restaurante New York recebeu, nesse sábado, a imprensa e artistas para divulgar seu cardápio. A iniciativa serviu também para John Mendez, o proprietário, divulgar um parque temático em construção na área do restaurante situado no caminho do Beach Park, em Aquiraz (Região Metropolitana de Fortaleza). A reportagem do Blog foi convidada para a degustação, que contou ainda com prato dos mais apreciados: a moqueca afrodisíaca idealizada por Ivonilo Praciano.

Patrícia Saboya quer Heitor Férrer disputando a Prefeitura de Fortaleza em 2012

152 2

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=IGXL5Vl33Q4&feature=related[/youtube]

A deputada estadual Patrícia Saboya, hoje reitora da Universidade do Parlamento, está no Rio de Janeiro. Ela vem mantendo contato com instituições em busca de novos cursos. Patrícia Saboya também falou sobre sucessão 2012 e defendeu o nome de Heitor Férrer para candidato em Fortaleza.

O Fracasso da Segurança Pública do Dr. Cid

145 7

Com o título “Fracassso na segurança pública”, eis artigo publicado no O POVO deste sábado pelo professor, médico e antropólogo Antonio Mourão Cavalcante. Ele debulha uma estatística negativa contra o Programa Ronda do Quarteirão. Confira:

Não precisa ter mente privilegiada para lembrar que a campanha eleitoral de Cid Gomes – disputa pelo primeiro mandato – foi toda focada na questão da segurança pública. Prometeu que a violência ia ser combatida com garra, verbas e inteligência. Uma proposta que seria modelo para o País. Não deixava por menos.

Vamos entrar no sexto ano de aplicação desse modelo. E, as estatísticas não revelam o sucesso prometido. Em 2010, o Ceará foi o quarto Estado do Brasil que menos investiu em segurança pública. A área da Defesa Civil sofreu uma queda de 42,64% de investimentos, que passou de R$ 77 milhões para R$ 44 milhões, entre 2009 e 2010.

Os dados são da quinta edição do Anuário Brasileiro de Segurança Pública 2011, divulgados na quarta-feira última, pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública. O índice de homicídios cresceu em 20,7% no Estado, entre os anos de 2009 e 2010.

Os casos de tráfico de drogas aumentaram em 2008, 4%, o maior do País. No Interior, a situação é ainda mais trágica. Caótica. Bancos assaltados, tiroteios nas praças, sequestros. O terror.

Poderíamos apresentar outros números, mais dados. Mas estes já ilustram bem. Doutra parte, a violência não saiu das pautas ou manchetes dos jornais e dos noticiários de rádio e televisão.

Isso vem revelar o que desde o início venho alertando: segurança pública é algo muito mais complexo do que viaturas blindadas, de alto custo, com guardas bem fardados e pouco preparados. Mais parecendo uma montagem publicitária.

As políticas públicas, voltadas ao problema da segurança, necessitam de apoio da comunidade. Da participação. Do empenho de todos. Resposta às demandas que complementam as ações: escola funcionando (quase 30 mil alunos do ensino médio em evasão e reprovação, 2010), postos de saúde funcionando, limpeza funcionando, ruas iluminadas. A construção de uma outra convivência social.

Segurança pública não pode apenas ser retórica para palanque em vésperas de eleição.

* Antonio Mourão Cavalcante – a_mourao@hotmail.com

Médico, antropólogo e professor universitário.

VAMOS NÓS – Vai aparecer alguém do Ronda do Quarteirão ou da cúpula da Segurança Pública para rebater esse artigo?

Assembleia do Rio aprova Ficha Limpa para comissionados. No Ceará, proposta engavetada

A Assembleia Legislativa do Rio acaba de aprovar emenda exigindo Ficha Limpa para nomeação de comissionados nos Três Poderes. A iniciativa é das mais louváveis. Enquanto isso, o Estado do Ceará, que poderia ter sido pioneiro, está atrasado.

O deputado Heitor Férrer (PDT) apresentou emenda à Carta Estadual com mesmo teor e, até a presente data, o processo não caminhou e dorme nas comissões técnicas do legislativo.

Heitor se diz “frustrado” pelo fato de a matéria não ter sido apreciada e aprovada. Além do Rio, adotaram a Ficha Limpa – que protege o patrimônio público da dilapidação por quem já cometeu crime contra o erário, Minas Gerais e Pernambuco.

(Vertical / O POVO)