Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Cagece fecha um buraco e acaba nascendo outro

92 3

Essa é do leitor Marcelo Soares:

Caro Eliomar de Lima,

Sou leitor cativo do seu Blog e nao puder evitar de lhe enviar a foto acima. Em pleno domingo -nneste último, um caminhão da CAGECE foi executar um trabalho no esgoto de um bar vizinho à minha casa.

Além de ter que suportar o mal cheiro e barulho gerado pelo trabalho, o serviço feito
por eles reabriu um buraco que, outrora, eles criaram com uma obra de troca de canos.

Fico irritado com serviços mal realizados e, aparentemente, os trabalhos
da CAGECE estão sendo dessa forma. É uma vergonha e a CAGECE não tem nem como dizer que o buraco é da Prefeitura.

O endereço do buraco é nas proximidades do número 100, da Rra Lauro
Maia, no bairro José Bonifácio.

Peço que continue nos ajudando.

Sem mais,

Marcelo Soares.

Arquiteto questiona artigo da prefeita que destaca Fortaleza com maior número de investimentos em obras públicas do NE

66 4

O professor e arquiteto José Sales deixou comentários acerca da declaração da prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins, destacando, em artigo veiculado no O POVO e neste Blog, que Fortaleza lidera em matéria de investimentos em obras públicas no Nordeste. Paar Sales, há controvérsias. Confira:   

Convém a senhora Prefeita viajar um pouquinho a outras cidades. Recife, capital pernambucana, está no momento realizando 6 (seis) operações urbanas consorciadas que fazem parte do Projeto Recife – Olinda. Trata-se do maior projeto de requalificação urbana do Brasil com apoio de 5 (cinco) bancos internacionais e 9 (nove) ministérios. Foi criada até uma Secretaria Especial de Operações Urbanas, pelo Estado de Pernambuco, para fazer a interface Estado/Prefeitura.

Teresina, capital piauiense, acabou de formatar seu PRU Teresina – Plano de Requalificação Urbana que contém 75 (setenta e cinco) grandes projetos estruturantes compondo um port folio de aproximadamente R$ 1,2 bilhão. Na presente data, está investindo algo da ordem de R$ 350 milhões em grandes obras estruturantes, com apoio do Banco Mundial, da Corporacion Andina de Fomento e de vários ministérios.

José Sales, arquiteto e professor da Universidade Federal do Ceará.

salescosta@ig.com.br

Luizianne confere reunão da Frente Nacional dos Prefeitos em Brasília

53 1

A prefeita Luizianne Lins (PT) encontra-se em Brasília. Ali, participa de reunião da Frente Nacional dos Prefeitos que, entre vários assuntos, discute a questão dos restos a pagar que a União deve aos municípios.

No encontro também haverá a eleição da nova cúpula da Frente que, no entanto, por ser de chapa única, não sofrerá alteração. Luizianne Lins, por exemplo, deve ser reconduzida para a vice-presidência de relações internacionais da entidade.

DETALHE – Luizianne, acompanhada por seguranças, chegou em cima da hora do voo.

Ex-senador cearense vai trabalhar com colega de partido

58 1

“O ex-senador José Nery (Psol-PA) encerrou o mandato em janeiro deste ano. Na condição de suplente da então senadora Ana Júlia Carepa (PT), que assumiu o governo do Pará entre 2006 e 2010, Nery vai voltar à Casa. Mas agora na posição de assessor legislativo, lotado no gabinete da líder do Psol, Marinor Brito (PA). A nova função de José Nery foi formalizada em dois atos no Boletim Administrativo Eletrônico de Pessoal (BAP), na mesma data (quarta-feira, 30 de março). Mas os efeitos administrativos começam a partir da publicação no BAP, o que aconteceu apenas na segunda-feira.

O primeiro ato (nº 4177/2011) foi anulado por incompatibilidade de prazos, em razão do vínculo de Nery, servidor público, junto ao governo paraense – o ex-senador é professor concursado da Secretaria de Educação. Como Nery não tomou posse no prazo previsto, como estabelece a Lei nº 8.112/90, o ato perdeu a validade, que foi reposta no ato seguinte (4178/2011).

A questão do vínculo empregatício foi confirmada ao Congresso em Foco pelo presidente do Psol no Distrito Federal, Toninho – que, ao contrário de Nery, dá expediente no gabinete de Marinor em Brasília. Designado para trabalhar no Pará, Nery ficará incumbido de representar a senadora nos temas referentes a combate ao trabalho escravo, direitos humanos, defesa da Amazônia e demais questões ecológicas.

“O estado não o liberou para tomar posse. Agora [a partir da publicação do segundo ato], o Nery tem 30 dias para assumir esse cargo. Depende do governo de o Estado do Pará liberá-lo. Como servidor, ele tem de se desvincular, porque ele é professor lá”, disse Toninho, acrescentando que a decisão de integrar Nery à equipe de Marinor estava tomada “desde o primeiro momento”. “Foi uma decisão consciente da nossa senadora, considerando-se tudo o que ele acumulou como senador. Para nós, é motivo de orgulho ter o Nery integrando nossa equipe no Senado.”

 (Congresso emFoco)

O cearense JOSÉ NERY, no entanto, corre risco de ficar sem emprego. Jàder Barbalhol (PMDB-PA) deve assumir mandato, pois ficou livre da Lei da Ficha Limpa.

Passeata em defesa do Escritório Frei Tito

79 4

Cerca de 300 pessoas fazem passeata nesta manhã de terça-feira, a partir da Praça da Imprensa, em Fortaleza, em direção ao prédio da Assembleia Legislativa. O grupo é formado por lideranças de movimentos sociais e o objetivo é defender a manutenção do Escritório Frei Tito de Alencar, de assesoria jurídica popular.

Ainda na passeata gente da Igrja Católica, de entidades dos direitos humanos e de associações de moradores. O grupo vai tentar audiência com o presidente a Assembleia, Roberto Cláudio (PSB).

(Foto – Divulgação)

Porto do Pecém registra 20% de incremento de cargas no primeiro trimestre do ano

103 1

O movimento de cargas no Porto do Pecém, situado em São Gonçalo do Amarante (Região Metropolitana de Fortaleza), registrou, no primeiro trimestre deste ano, incremento de 20%, se comparado a igual período de 2010.

A informação é o diretor de Operações, da Ceará Portos, a gestora do terminal, Mário Lima. A fruticultura é o destaque.

O Porto do Pecém passa, no momento, por ampliação de construção de um pier que atenderá ao setor da fruticultura, já que o pier atual será exclusivo das futuras refinaria premiu II e siderúrgica.

Fundadora da Universidade sem Fronteiras lança livro

Zilma Cavalcante, ao lado do seu Mourão Cavalcante.

A professora Zilma Cavalcante, fundadora da Universidade Sem Fr0nteiras, lançará às 19 horas da próxima sexta-feira, na Livraria Cultura, o livro “Crescer através do sofrimento”.

Na publicação, ela aborda a oportunidade que todos temos de dar a volta por cima, o que em Psicologia chama-se resiliência.

A apresentação da autora e do livro fica por conta do jurista Djalma Pinto.

SERVIÇO

Livraria Cultura – Avenida Virgílio com Avenida Dom Luís.

(Foto – Paulo MOska)

Em defesa do contraditório

68 1

Essa é do professor Antonio Mourão Cavalcante, em seu Blog, sobre a manifestação feita pro grupo de jovens contra a gestão municipal, na última semana, em frente ao Paço.

Recebi alguns e-mails perguntando minha opinião sobre a manifestação dos jovens em frente ao Paço Municipal, na última sexta-feira. Posso refletir em voz alta:

1. Achei que tinha muita gente. Ninguém teve “ajuda”, tipo ônibus grátis + merenda + etc., como costuma acontecer nesses tipos de eventos. Até parabenizo – e muito! – que jovens se interessem pelo exercício da Política e que manifestem o contraditório;

2. No entanto, demonstraram falta de experiência, pelo dia, pela hora, pelo local. Tivessem convocado, por exemplo, na Praça Portugal, tipo sexta à noite, imagino que o resultado seria bem diferente;

3. Por que mudar de “arma”? Se a rede social está “incomodando” e dando resultado, fazendo até a máquina trabalhar, esse é o caminho a prosseguir.

De alguma forma, imagino que os pares da Administração Municipal sabem que essas coisas têm modos diferentes de começar… porém, a gente jamais sabe como terminam…

A mania de mudar nome de ruas ou repartições

107 2

A professora e jornalista Adísia Sá escreve artigo no O POVO desta terça-feira com o título “Mudança de nomes”. Aborda a mania que político tem de querer mudar nome de ruas ou avenidas. A moda chegou também ao Paço Municipal. Confira: 

A história é feita por homens e mulheres, mesclada por heroísmo e covardia, traição e fidelidade, princípios e imediatismos, patriotismo e venalidade. Nada é perfeito onde a humanidade se faz presente. Daí porque os fatos são perpetuados, registrados. Há quem diga que a história é escrita pelos vencedores, ou seja, a versão – simulacro da verdade – é gravada em pedra e bronze – para que o tempo não apague ou destrua. É a ânsia de transformar o transitório em definitivo. O ser humano tem transformado ídolos em objeto de veneração, tábuas em códigos, amuletos em senhores do bem e do mal…

Não vamos longe, fiquemos aqui. Quem quiser encontrar o dedo das “mudanças” se debruce sobre a nossa história e vai encontrar municípios batizados diferentemente ao longo de administrações, datas alteradas à mercê dos senhores do momento… Aqui em Fortaleza, por exemplo, há ruas com duas e até três placas com nomes diferentes: cada gestão, novo sacramento… Tenta-se, com isto, apagar o que é indestrutível e que está gravado na memória coletiva, nos registros de cartórios, nas atas de câmaras, nos diplomas expedidos.

Neste momento duas tentativas de mudanças de nomes estão em andamento. Trata-se do Dnocs e da Praça 31 de março. O Dnocs está sacramentado no nosso cotidiano, no Ceará, no Nordeste. Já foi inspetoria, mas há tempo é departamento. E de “obras contra as secas”. Já tive oportunidade de dizer publicamente – “eu também sou filha do Dnocs”, considerando ter sido meu pai apontador, em plena seca, quando da construção de açude. Sem essa sombra, de que teria sobrevivido minha família?

Mas eis que um senhor, logo mais, quem sabe, não mais ministro, assim se referiu em relação ao Dnocs “já está em idade de mudar de nome”. Um dia, quem sabe, o senhor Fernando Bezerra acordará com outro nome: foi, era…

Agora chegou a vez da prefeita Luizianne Lins anunciar que a 31 de março será Praça do Futuro. Um dia o fortalezense perguntará: “Quem foi mesmo que mudou a 31 de março em Praça do Futuro?”

* Adísia Sá – Jornalista

adisia@secrel.com.br

Cid inaugura aeroporto de Camocim nesta 5º feira

“O governador Cid Gomes (PSB) vai inaugurar, às 17 horas da próxima quinta-feira, o Aeroporto Regional de Camocim, que tem o nome de filho ilustre da terra, o piloto Pinto Martins. O investimento foi de R$ 5,4 milhões.

Totalmente reformado, o aeroporto contará com 1.200 metros de pista para pousos e decolagens, pátio de aeronaves, pista de taxiamento e balizamento noturno. O projeto foi executado pela Poligonal Engenharia, sob a fiscalização do Departamento de Edificações e Rodovias (DER).

Caberá à Secretaria do Turismo acertar as operações nesse terminal, que deverão reforçar fluxo para o futuro aeroporto de Jericoacoara, já em obras.”

(Coluna Vertical,do O POVO)

UFC oferece serviços de digitalização e leitura para cegos

“Estudantes, professores e servidores técnico-administrativos cegos da Universidade Federação Ceará passaram a contar com serviço de digitalização e leitura de textos impressos. A novidade é oferecida pela Secretaria de Acessibilidade UFC Inclui, setor criado em novembro de 2010 para coordenar e executar políticas de inclusão de pessoas com deficiência.

No caso dos cegos, uma das principais barreiras de acesso ao conhecimento na Universidade está relacionada à falta de textos digitalizados, que podem ser “lidos” por programas de computador especializados. A Secretaria receberá os pedidos de digitalização nas terças (das 9h às 12 horas) e quartas-feiras (das 14h às 16 horas). Já as solicitações por leitura devem ser feitas nas terças (das 9h às 12 horas) e quintas-feiras (das 14h às 16 horas).

Os interessados devem comparecer ao setor – localizado no andar térreo da Biblioteca do Centro de Humanidades, no Campus do Benfica – com o texto a ser lido/digitalizado. O trabalho será realizado por monitores da Pró-Reitoria de Graduação e estudantes voluntários.”

(Site da UFC)

Prefeita diz que sua gestão realiza o maior investimento em obras públicas no Nordeste

114 14

Eis artigo da prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins (PT), intitulado “Obras”, que pode ser lido no O POVO desta terça-feira. Luizianne expõe seus projetos em andamento, destacando que sua gestão é a que mais tem investido em obras públicas em se t

Nas duas últimas semanas visitei as maiores obras da Prefeitura de Fortaleza em andamento: o novo Estádio Presidente Vargas, o Jardim Japonês, a urbanização da Praia de Iracema – nela a recuperação do Estoril, o projeto de contenção do mar com o alargamento do calçadão, a restauração da sede do Instituto Cultural Iracema, o Pontão de Iracema e o calçadão que margeia o Aterro.

Visitei ainda avenidas que estão sendo reconstruídas pelo Transfor – atualmente Domingos Olímpio, Bezerra de Menezes, Luciano Carneiro, Jovita Feitosa, Mister Hull, Humberto Monte (inclusive com um novo túnel para desafogar o trânsito local) – e o Hospital da Mulher. Semana que vem, voltarei às obras do Cuca da Regional 5, da Praça do Futuro, do Vila do Mar e alguns dos diversos conjuntos habitacionais em construção. Nos próximos artigos vou discorrer sobre cada uma delas.

Como se vê, apesar da torcida do contra que quer espernear e ganhar no grito, antecipando as eleições de 2012, a Cidade está cheia de grandes obras! Fortaleza é hoje, no Nordeste, a cidade com o maior investimento em obras públicas e a que mais gerou empregos em 2010. Somos ainda a capital nordestina mais visitada e a quarta do Brasil (atrás de São Paulo, Rio e Brasília).

Isto é fruto de um diagnóstico preciso da aptidão da cidade e para onde deve caminhar seu desenvolvimento. Sim, isso foi ponderado desde o início do nosso Governo. Iniciamos criando a Secretaria de Turismo. Pasmem! A Cidade sequer tinha uma pasta para o setor, apenas uma Fundação responsável por cultura, turismo e esportes. Não tínhamos uma ação coordenada e profissionalizada para a principal vocação da cidade, que é o “bom turismo”, aquele que valoriza a nossa terra, respeita o povo, movimenta a economia e volta com saudade da nossa Fortaleza!

Hoje, o Réveillon, o Pré-carnaval e o Carnaval são festas consagradas e que alimentam o turismo em nossa cidade. Se atualmente somos campeões de visitas, imaginem quando estas grandes obras estiverem concluídas.

Luizianne Lins – Jornalista e prefeita de Fortaleza

luiziannelins@bol.com.br

Petrobras quer fornecedores cearenses para projetos

A Petrobras vai expor, a partir das 14 horas desta terça-feira, no auditório da Federação das Indústrias do Ceará, seus projetos em busca de interessados em ser fornecedor da estatal com apoio do BNDES. A empresa anuncia, por meio de sua assessoria de imprensa, que vai investir, por exemplo, R$ 32,5 milhões em 36 poços na área de produção terrestre no Ceará em 2011.

O valor é o somatório de R$ 30 milhões na perfuração, mais R$ 2,5 milhões em estudos geológicos no campo da Fazenda Belém – na divisa de Icapuí e Aracati. As informações são da assessoria de imprensa da Petrobras.

A Petrobras divulgará seus regras para conquista de fornecedores também de olho nos projetos paraleliso da futura refinaria Preium, incluindo dois eixos fundamentais: a competência do serviço e o respeito ao meio ambiente, segundo sua assessoria

Câmara Municipal e CUFA discutem políticas para a juventude

O presidente da Câmara Municipal, Acrísio Sena (PT), receberá em audiênica nesta terça-feira, a partir das 9 horas, a cúpula da Centra Única de Favelas  (CUFA), que tem Preto Zezé como dirigente nacional.

O objetivo é discutir políticas públicas voltadas para a juventude fortalezense, com ênfase também em ações preventivas contra o crack.

Acrísio quer discutir parceria com a CUFA, que promete levar caravanas do movimento de juventude para a Câmara Municipal.

Ruralistas fazem lobby em Brasília em favor do novo Código Florestal

 

Flávio Saboya preside a FAEC.

A discussão sobre as mudanças no Código Florestal vai movimentar a agenda de ruralistas e ambientalistas nos próximos dias. Além da apresentação de uma nova versão do relatório do deputado Aldo Rebelo (PCdoB) sobre as alterações no código, representantes do agronegócio fazem nesta terça-feira, em Brasília, uma manifestação em defesa do texto. Grupos ambientalistas devem reagir com atos públicos contra a flexibilização da lei ambiental.

Em julho do ano passado, uma comissão especial da Câmara aprovou a proposta de Rebelo para alterar a legislação ambiental. Polêmico, o texto foi alvo de contestações de ambientalistas, da comunidade científica e de movimentos sociais ligados à área rural. No início de março, o presidente da Câmara, deputado Marco Maia (PT-RS), decidiu reabrir a discussão para que instituições enviassem sugestões ao relatório de Rebelo.

Até agora, o relatório já recebeu pelo menos 54 sugestões de emendas. Cabe à Rebelo decidir se acolhe ou não as contribuições. O deputado já adiantou que pretende fazer algumas mudanças no texto, como a possibilidade de redução ainda maior das áreas de preservação permanente (APPs) nas margens de rios e a retirada da proposta de moratória de cinco anos para qualquer novo desmatamento.

Sete partidos já fecharam acordo para apoiar o relatório de Rebelo, mesmo antes de conhecer as possíveis mudanças: PMDB, PTB, PR, PP, PSC, PSB e DEM. O PT não concorda com todos os pontos, como a redução de APPs e anistia para desmatadores e enviou nota técnica sugerindo mudanças ao relator. O PSDB deve definir a posição do partido em reunião marcada para esta terça-feira.

A expectativa é que Rebelo apresente a nova versão do texto ainda esta semana. Representantes de grandes produtores, liderados pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), querem a aprovação de novas regras antes de 11 de junho, limite para regularização ambiental de propriedades rurais, previsto em decreto presidencial.

Para a manifestação desta terça-feira, a CNA promete reunir cerca de 20 mil produtores. A programação inclui missa campal na Esplanada dos Ministérios, “abraço simbólico” no Congresso Nacional e visitas a deputados para pedir apoio à proposta original de Rebelo.

CEARÁ

O presidente da Federação da Agricultura do Ceará, Flávio Saboya, comanda grupo cearense de produtores rurais que engrossa o protesto organizado pela Confederação Nacional da Agricltura. Também está no grupo o ex-presidente da Faec e hoje diretor da CNA, José Ramos Torres de Melo.

Senador Eunício Oliveira se compromete a restaurar estátua de Patativa do Assaré

O senador Eunício Oliveira (PMDB) se comprometeu em direcionar recurso através de emenda parlamentar para restauração da estátua do poeta Patativa do Assaré, situada em cidade homônima da Região do Cariri. Para isso, ele solicitou a apresentação de um projeto através da prefeitura para viabilizar a destinação da verba. O escultor carioca Murilo de Sá Toledo, que construiu a estátua em 2004, está solicitando R$ 30 mil pela restauração, em resina e R$ 60 mil pelo trabalho em bronze.

O monumento estava instalado em frente à Igreja Matriz do município de Assaré, ao lado de Memorial, e foi quebrado em três pedaços após um turista se aproximar para tentar tirar uma fotografia.

Para o secretário de Cultura de Assaré, Marcos Salmo, o compromisso do senador de restaurar a estátua foi um alívio para a Prefeitura que, segundo afirma, não dispunha de dotação orçamentária para a restauração. Marcos Salmo já estava a caminho de Brasília a procura de verbas para restituir ao Assaré o maior referencial do Município, o poeta Patativa, que continua sendo o maior divulgador da cidade.

A presidente da Fundação Memorial Patativa do Assaré, Isabel Cristina, que é neta do poeta, disse que a família ficou muito satisfeita com o compromisso do senador de restaurar a estátua, se possível, em bronze para evitar outro acidente.

Pimentel quer lista fechada ordenada pelo próprio eleitor

A Comissão Especial de Reforma Política do Senado federal vem acelerando os seus trabalhos e espera apresentar um anteprojeto nos próximos dias. Até o momento já foram definidas posições sobre o fim das coligações partidárias e o sistema eleitoral. Para o vice-presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), senador José Pimentel (PT-CE), a principal finalidade da Reforma Política deve ser a consolidação do estado democrático com o fortalecimento das instituições. Em entrevista nesta sexta-feira (1º/4), o parlamentar cearense relacionou os pontos fundamentais da reforma. A proposta final iniciará sua tramitação pela CCJ.

A maioria dos membros da Comissão defendeu o fim das coligações partidárias nas eleições proporcionais onde são eleitos deputados federais, estaduais e distritais e vereadores. Segundo alguns parlamentares, as coligações são utilizadas apenas para aumentar o tempo dos partidos na propaganda eleitoral gratuita. Para Pimentel o fim das coligações partidárias fortalece os partidos políticos e deve dificultar o surgimento de legendas de aluguel.

Lista fechada

A Comissão Especial também já aprovou o sistema eleitoral proporcional com lista fechada. Nesse sistema o eleitor vota em um partido que será o responsável por definir uma lista pré-ordenada de candidatos. Assim, o eleitor que votar no partido, manifesta seu apoio a essa lista sem, no entanto demonstrar qual é o candidato de sua preferência. O senador Pimentel discorda desse modelo e entende que a melhor opção seria adotar um sistema onde o eleitor terá direito a dois votos: um na legenda partidária, que definirá a quantidade de vagas a que esse partido terá direito e outro no candidato da lista partidária, definindo, assim, a ordem dos eleitos. Ou seja, o eleitor é quem define a posição dos mais votados.

Financiamento público

Outro tema importante que deve ser debatido é o financiamento público de campanha. Segundo Pimentel, o Brasil é um dos poucos países que utilizam o sistema privado de financiamento, que representa a principal fonte para alimentar os esquemas de corrupção no processo eleitoral. “O financiamento público seria a melhor forma de garantir condições iguais a todos os partidos”, afirmou o senador.

Fidelidade partidária

A fidelidade partidária também deve fazer parte desse debate. Para o senador Pimentel, a Reforma deve apresentar medidas concretas que impossibilitem a troca de legenda do eleito a qualquer tempo ou que sejam feitos acordos que contrariem os programas dos partidos políticos.

Nos próximos dias, a Comissão pode definir sua posição sobre outros temas: além da fidelidade partidária e do financiamento de campanhas, o colegiado debaterá sobre filiação partidária e domicílio eleitoral, candidaturas avulsas e cláusula de desempenho.

Pimentel reforça que esses pontos são defendidos por mais de 600 entidades brasileiras, entre elas a OAB, a ABI e a CNBB além de várias centrais sindicais e partidos políticos. O senador aguarda que as decisões da Comissão Especial do Senado ganhem a forma de anteprojeto para que a discussão do tema seja aprofundada na CCJ e no Plenário.

(Com Agência Senado)

"Courinha" é condenado a 15 anos de prisão

“O Conselho de Sentença do 5º Tribunal do Júri, do Fórum Clóvis Beviláqua, condenou José Enilson Couras, o “Courinha”, a 15 anos de prisão, em regime inicialmente fechado, pelo assassinato de Manoel Cândido Diniz, em julho de 1983. O julgamento, presidido pela juíza Valência Aquino, teve início às 9h e foi encerrado às 16h30 desta segunda-feira (04/04).

A acusação, representada pelo promotor de Justiça Ricardo Machado, defendeu que os jurados reafirmassem as decisões dos júris anteriores, nos quais “Courinha” havia sido condenado. O promotor sustentou que o crime foi cometido por motivo fútil e não permitiu a defesa da vítima. Ressaltou, também, os antecedentes criminais do réu, que é acusado de ter cometido mais de cem crimes no Ceará e no Piauí.

Os jurados aceitaram a tese e, por maioria de votos, condenaram José Enilson Couras. Ao final da sessão, a defesa recorreu da decisão. “Courinha” permanecerá em liberdade até o resultado da apelação.

O CRIME

Conforme os autos, Manoel Cândido foi encontrado morto em um matagal. Ele apresentava várias perfurações à bala, além de inúmeros golpes de faca espalhados pelo corpo. Segundo denúncia do Ministério Público (MP) estadual, “Courinha”, José Walter David e Wall Lott Pimentel Lopes foram os últimos a serem vistos na companhia da vítima, ao saírem de uma churrascaria.

José Walter e Wall Lott Pimentel, que também eram réus no processo, foram julgados e condenados a 16 de prisão. Em depoimento, “Courinha” negou o assassinato, afirmando ter dado apenas carona a Manoel Cândido quando deixava o estabelecimento.”

(Site do TJ-CE)

Líder da prefeita destaca ações da gestão petista

54 4

Com o título “O desafio de mobilizar mentalidades”, eis artigo do líder da prefeita na Câmara Municipal, Ronivaldo Maia (PT), que destaca ações da gestão municipal num contraponto ao artigo do presidente regional d PPS, Alexandre Pereira, aqui publicado. Confira:

Em 2004, recebi o convite para ser secretário na gestão da prefeita Luizianne Lins. A Emlurb me possibilitou perceber a grandeza do desafio. Enquanto no início de 2005 repercutia o incômodo que causava a presença do lixo em alguns bairros (“nobres”), em outros as pessoas pareciam haver naturalizado o convívio com rampas e montes de lixo. A relação de colapso com a prestadora do serviço e a incapacidade da Prefeitura de enfrentá-la instalava um quadro grave.

Assim como eu, outros secretários, cada qual com sua missão, se deparavam com o desafio de inverter as prioridades. Tratar igualmente desiguais não seria justo. A cidade precisava cuidar melhor  das mulheres, das crianças, da juventude, dos idosos, dos usuários do SUS, das pessoas com transtornos mentais, dos trabalhadores que utilizam o transporte público e dos moradores das áreas de risco.

Passados seis anos, como é bom ver que hoje temos políticas públicas consistentes e inovadoras em todas essas áreas. Em briga de marido e mulher agora se metem acolhimento, apoio e tratamento voltado para mulheres vítimas de violência. O Projovem, Popfor, CAPS, Cuca, fardamento e transporte escolar, merenda de qualidade e terceiro turno nos postos de saúde são apenas algumas das ações que hoje fazem parte da nossa realidade.

Que bom ver programas para a melhor idade. Que bom ver a passagem de ônibus mais barata do Brasil em sistema integrado. Que bom ver áreas de risco sendo eliminadas e pessoas recebendo moradias dignas.

Até mesmo para os que medem os avanços das gestões pelos canteiros de grandes obras a Prefeitura tem boas novas a anunciar. Depois de 70 anos, o estádio Presidente Vargas foi totalmente reformado. O Hospital da Mulher segue com obras em ritmo avançado. Vila do Mar e Cuca Che Guevara estão requalificando uma área por anos esquecida. Transfor e Drenurbs estão mudando as condições da malha viária da cidade.

Tudo isso nos faz pensar que o esforço coletivo de inverter prioridades é também um esforço de mobilizar mentalidades. Administrar uma cidade com profundas dívidas sociais não é tarefa fácil. Como vereador, quero, sinceramente, colaborar, debater e partilhar os problemas, propor alternativas e construir soluções.

* Ronivaldo Maia, vereador pelo PT e líder do governo na Câmara Municipal de Fortaleza 

Torre sem luz

285 1

Esta é uma das torres da operadora TIM. Foi fincada na esquina da rua Gustavo Sampaio com Armando de Oliveira, no bairro São Gerardo, em Fortaleza. Há meses está sem a sinalização noturna, o que é algo inadimissível, reclamam moradores do entorno.

Paulo MOska fez essa foto no fim da tarde, quando outras torres da região já estavam com a luz acesa.