Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Altaneira – Candidado do PSB vence eleições

“O candidato do governador Cid Gomes (PSB), Joaquim Soares Neto (PSB), conhecido como Devamberto, é o novo prefeito de Altaneira, município localizado a 556 km de Fortaleza, ao sul do Ceará. Ele venceu ontem as eleições suplementares com 2.693 votos, o que corresponde a 69% dos votos válidos. Seu vice é Dedé Pio, também do PSB.

Após campanha marcada por momentos tensos, o dia de ontem foi de tranquilidade e sem ocorrências na cidade. Devamberto, candidato da Coligação PSB, PT, PCdoB, PMDB e PP, disputou a chefia do Executivo com Andréia Carla Figueiredo Davi (DEM), da coligação PSDB-DEM, que obteve 1.790 votos e tinha como vice Jackson Feitosa (PSDB). Segundo dados do Cartório Eleitoral de Nova Olinda, que atende às demandas eleitorais de Altaneira, dos 5.683 eleitores aptos, 997 se abstiveram de votar, 175 deram votos nulos e 30 votaram em branco.

A eleição suplementar ocorreu por conta da cassação, em fevereiro deste ano, do prefeito e vice-prefeito eleitos em 2008. Antônio Dorival de Oliveira e Francisco Fenelon Pereira, ambos do PSDB, que perderam os cargos ao serem acusados de uso ilegal da máquina administrativa, durante o período eleitoral, segundo o Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE). Desde março, o município estava sendo administrado pelo presidente da Câmara Municipal de Altaneira, vereador Raimundo Rodrigues Mota (PRB). Ele voltará a assumir a função de presidente da Câmara após a posse de Devamberto.

Segundo o juiz eleitoral do município, Rômulo Veras Holanda, o clima de tensão e acirramento fora controlado à medida que se aproximou a eleição. “O processo em si começou nem tumultuado. A cidade ficou bem dividida. Tanto é que precisou do reforço de Polícia. Houve denúncia de perseguição, de compra de votos, ameaça de morte, mas fatos concretos foram poucos”, relatou Rômulo.

No momento mais tenso da campanha eleitoral, a Justiça decretou a busca e apreensão de 30 cestas básicas a partir de uma representação apresentada pela candidata do DEM, que estariam sendo utilizadas para compra de votos. Até agora, as cestas estão em poder da Justiça, na comarca de Nova Olinda.

Além da Lei Seca, que proíbe a venda de bebidas alcoólicas a partir da meia-noite do dia da eleição, o juiz eleitoral decretou toque de recolher às 22 horas e pediu reforço das Polícias Militar, Civil e Federal.

Posse

O resultado das eleições foi comemorado pelos militantes do PSB. O grupo vencedor saiu do comitê central de campanha, no Centro de Altaneiras, percorreu ruas e avenidas e se concentrou no calçadão da cidade, onde fez discurso de agradecimento à população.

Devamberto Soares Neto e Dedé Pio serão diplomados no próximo dia 16 de outubro, no Cartório Eleitoral de Nova Olinda. A posse está marcada para o dia 17 de outubro, na Câmara Municipal de Altaneira. Eles cumprirão mandato até o final de 2012, quando assumirão os novos gestores eleitos através do pleito municipal realizado em todo o País.

(O POVO)

MPT-CE reúne Sintro e Empresa Monópoles em audiência

Está marcada para o próximo dia 14, às 17 horas, no Ministério Público do Trabalho (MPT), audiência solicitada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Ceará (Sintro) com objetivo de resolver o caso do pagamento de salário dos trabalhadores da empresa Monóples, que presta serviços terceirizados para Secretaria Municipal de Assistência Social (SEMAS). O contrato entre a empresa e Secretaria terminou no último dia 30 e o sindicato alega irregularidades no desembolso.
Os pontos que serão discutidos na audiência são: Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e o recolhimento do O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), pois segundo a direção do Sintro, vários trabalhadores não têm FGTS e não constam na relação anual de informações sociais (RAIS) da empresa.
A empresa Monópoles tem 48 funcionários que prestam serviços para a SEMAS. Este ano os trabalhadores pararam suas atividades quatro vezes em protesto, pois a empresa não pagava os salários de seus funcionários em dia. O Ministério Público do Trabalho (MPT) reteve os repasses dos salários dos terceirizados da SEMAS para a Monópoles. Segundo a assessoria jurídica do sindicato, não consta o nome do dono da empresa no contrato com a SEMAS. O empresário entrou com pedido ao MPT para que a Secretaria repassasse 120 mil reais, alegando que pagaria com essa quantia os atrasados dos funcionários, que atualmente tem pago diretamente os trabalhadores.

"Padaria Espiritual" é tema de livro de Sânzio de Azevedo

Será lançado nesta segunda-feia, às 19 horas, o livro “Breve História da Padaria Espiritual”. O lançamento desse trabalho do poeta e pesquisador Sânzio de Azevedo, ocorrerá na Livraria Cultura. Na ocasião, Sânzio baterá um papo com a também escritora Socorro Acioli, mais uma publicação de Edições UFC.
A OBRA
Agora, Sânzio de Azevedo resgata uma dívida e entrega ao editor esta Breve História da Padaria Espiritual, que vem a ser uma versão concisa daquela tese de 1983. Resumida, mas ao mesmo tempo enriquecida com novas informações que o ensaísta coletou nos últimos anos, a Breve História enfeixa o essencial sobre os padeiros, suas fornadas literárias, sua estética e ousadias. O livro responde a uma demanda que se tornara premente. Era o pão que faltava no balaio da fortuna crítica que consagra o sodalício de Antônio Sales, Adolfo Caminha, Lívio Barreto, Rodolfo Teófilo, José Carlos Júnior…”
Ítalo Gurgel
SOBRE O AUTOR
Sânzio de Azevedo nasceu em Fortaleza em 1938. Iniciou-se em jornais cearenses, mas publicou seus primeiros livros em São Paulo, onde residiu por seis anos e foi revisor d’O Estado de S. Paulo. Licenciado em Letras pela UFC, nela exerceu magistério durante 30 anos. Em 1973, ingressou na Academia Cearense de Letras, em sua cadeira nº 1, cujo Patrono é Adolfo Caminha. Doutor em Letras pela UFRJ, teve como orientador Afrânio Coutinho. Seguramente, o maior pesquisador da Literatura Cearense, Sânzio de Azevedo publicou em diversas antologias, escreveu artigos e estudos para destacadas revistas e edições locais, nacionais e no exterior, além de apresentar vasta e diversa bibliografia, referência obrigatória para quem pesquisa na área. Citamos: Cantos da Longa Ausência (1966), A Padaria Espiritual (1970), A Academia Francesa do Ceará (1971), O Centro Literário (1973), Literatura Cearense (1976), Aspectos da Literatura Cearense (1982), O Modernismo na Poesia Cearense (1995), Para uma Teoria do Verso (1997), Cantos da Antevéspera (1999), O Parnasianismo na Poesia Brasileira (2004), Lanternas Cor de Aurora (2006), dentre outros.

SERVIÇO

Livraria Cultura – Avenida Dom Luís, 1010, shopping Varanda Mall.

Cantor Diassis Martins é atração na Expoece 2011

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=kNg3hqBicUk[/youtube]

O cantor Diassis Martins é atração na abertura da Expoce 2011, a partir das 18 horas deste domingo, no Parque de Exposições da Secretaria do Desenvolvimento Agrário do Estado. Diassis é nome dos mais respeitados no Estado por difundir o forró pé-de-serra e tradições do povo nordestino.

EXPOECE

A previsão é de um público visitante de 270 mil pessoas durante os sete dias do evento e de um volume de negócios em torno de 12 milhões e 500 mil reais. Esses são alguns dados que demonstram a pujança da Expoece 2011, a exposição agropecuária de Fortaleza que chega à sua 57a edição e será aberta às 16 horas de domingo, dia 2.Tem também uma previsão de 1.800 animais para julgamento, 4.900 animais participantes, 550 expositores, 300 expositores de animais e 250 “stands” oficiais e privados. Quem expõe entusiasmado esses números é o presidente da Associação dos Criadores do Ceará, Paulo Hélder Braga, que ultimamente tem se dedicado com afinco à organização da Expoece ao lado da executiva da entidade Rejane Bastos.

Neste ano junto com a Expoece  acontecerá a Expobrasil – Exposição Nacional de Santa Inês e Anglonubiano com a realização de quatro leilões. Haverá a Feira Estadual da Agricultura Familiar e “shows” musicais com bandas de renome nacional, além de forró Pé de Serra e manifestações culturais, atividades que serão complementadas com parque de diversões, casa de mel, pesque e pague, casa de farinha/engenho, fazendinha, bodega, restaurantes e bares. A Expoece estará aberta à visitação pública durante toda a próxima semana no Parque de Exposições da Secretaria de Agricultura.

Confronto na Assembleia – Coordenador de Direitos Humanos esclarece itens de artigo

249 7

Do Coordenador Especial de Direitos Humanos, Marcelo Uchoa, recebemos nota em que ele procura pontuar alguns itens de artigo publicado no O POVO, sábado, e aqui também veiculado. O artigo tem o título “Excessos na Assembleia Legislativa”. Leia o que diz Uchoa:

Considerações sobre o artigo “Excessos na Assembleia Legislativa”

Em relação ao meu artigo “Excessos na Assembleia Legislativa” publicado ontem, 01/10/11, no Jornal O Povo), para que não fique o dito pelo não dito e vice-versa, tenho a dizer:
1º) Em respeito a aqueles que compõem as mesas de negociação da greve dos professores estaduais e que, de fato, estão conduzindo suas discussões, não entrei no mérito, em si, da greve, apenas foquei o confronto físico havido na Assembleia Legislativa, na última quinta-feira, daí o título “Excessos na Assembleia Legislativa”.

2º) Apesar disso, sobre o tema greve, em especial no serviço publico, já escrevi e publiquei bastante coisa, de modo que, creio, minha posição sobre o tema é de amplo conhecimento da sociedade cearense e principalmente do movimento sindical.

3º) À parte das peculiaridades expostas na mesa de negociação da greve, que envolvem aspectos políticos, jurídicos, técnicos, econômicos e financeiros, sobre as quais, repito, não quero me intrometer, defendo a constante e permanente valorização do magistério, não apenas pela importância e relevância do serviço que presta, mas também pela contribuição à qualificação do ensino. Saliento que, apesar de trabalhar na rede privada, também sou professor e conheço bem os sacrifícios da profissão.

4º) Quanto aos excessos cometidos pelos dois lados durante o confronto, como dito no texto, eles foram desproporcionais. Exatamente por isso, afirmei defender a criação de um destacamento policial específico, com habilidades, técnicas e competências apropriadas para lidar com movimentos de protesto político, os quais via de regra são pacíficos, legítimos e protegidos pela Constituição. Repetindo: a tolerância, não os excessos, deve ser a tônica da interação Estado e Sociedade Civil.

5º) Por outro lado, em razão dos argumentos destacados no artigo, que levam em consideração os limites dos direitos fundamentais, também defendo que a ordem institucional e o patrimônio público sejam respeitados. Apoiadores da manifestação, grevistas ou não, devem esforçar-se para não se excederem nestes limites.

6º) Finalmente, acredito que é hora de arrefecer os ânimos e retomar o diálogo. A luta é uma labuta coletiva. Persistir e acreditar sempre, desistir jamais!

Marcelo Uchôa
Coordenador Especial de Direitos Humanos/CE

Greve dos professores – PC do B divulga nota apregoando negociação

201 7

Com o título “Greve dos professores: a negociação é o caminho”, o PCdoB conclama ao entendimento”, eis nota repassada para o Blog pela direção estadual do partido em solidariedade aos docentes, mas apregoando a necessidade de diálogo com o Governo do Estado. Confira:

O atual ciclo de mudanças que vive o Brasil é resultado da trajetória de nosso povo para construir um país democrático, soberano, livre, desenvolvido e socialmente justo. Tal objetivo somente será atingido com a mobilização de amplos setores nacionais e com a luta dos trabalhadores e do povo. O entrelaçamento das lutas específicas dos diversos segmentos sociais com a defesa de bandeiras políticas nacionais impulsionará os avanços que o Brasil e o Ceará têm vivido nos últimos anos.
Neste contexto é que se dá a atual mobilização dos professores da rede pública estadual, em greve há quase dois meses. O PCdoB/CE, por meio de seus parlamentares, tem intermediado, desde o início, as negociações para que sejam atendidas as reivindicações da categoria, dentro das condições possíveis para o governo estadual. Nesse sentido desaprovam os atos de violência ocorridos recentemente na Assembleia Legislativa. Os comunistas consideram que o caminho efetivo para a solução do atual impasse passa pela persistente negociação, com serenidade e transigência, buscando o entendimento capaz de elaborar uma proposta comum entre professores e governo estadual, possibilitando a retomada das aulas e evitando mais prejuízos a milhares de estudantes.
Os comunistas consideram que a luta por melhorias efetivas na educação passa pela implementação plena da Lei do Piso Nacional do Magistério e mais ainda, com a realização de uma profunda reforma da educação e a ampliação dos investimentos públicos na área. Isto posto, deve ser amplamente apoiada a proposta da União Nacional dos Estudantes (UNE) e da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES) para que 10% do PIB sejam destinados para educação. Assim, união, estados e municípios terão melhores de condições pagar o salário justo a que têm direito os professores, bem como melhorar suas condições de trabalho e assegurar uma educação a altura das necessidades do país.
Fortaleza, 1º de outubro de 2011.

* Secretariado Estadual do PCdoB/CE.

A Dica do Demitri

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=y7sMZZuVAuo[/youtube]

Neste domingo, a partir das 16 horas, tem espetáculo para o papai e para os filhinhos. “Detestinha”, o bicho que detesta ler, é a pedida do Circo Tupiniquim, que fica na CE-040, altura do quilômetro 12, pertinho das Tapioqueiras. A dica é do jornalista, ator e escritor Demitri Túlio.

Ex-PM é assassinado em Fortaleza

“Um ex-policial militar de 23 anos foi morto a tiros, na madrugada deste domingo, 2, no bairro Bonsucesso, em Fortaleza. Informações preliminares apontam que o crime tem características de pistolagem.

De acordo com o relações públicas da PM, tenente-coronel Fernando Albano, o crime aconteceu por volta das 22h20, quando um homem em uma moto se aproximou da vítima e efetuou pelo menos um disparo contra o ex-PM.

Murilo Brito Costa morreu no local do crime, enquanto o acusado fugiu sem ser identificado. A vítima estaria a caminho da residência de uma ex-namorada, na rua Diogo Correia, no bairro Bonsucesso.

Ainda segundo o tenente-coronel Albano, Murilo havia sido afastado dos quadros da Polícia Militar no último dia 5 de setembro. A execução do ex-PM será investigada pela Divisão de Homicídios de Fortaleza. ”

(POVO Online)

Blog ganha homenagem no V Tweetfor

243 3

Durante o V Tweetfor, realizado nesse sábado, no Marina Park Hotel, o “Blogdoeliomar” ganhou, dos organizadores do evento troféu em reconhecimento ao número de acessos e credibilidade em Fortaleza. Este repórter, em clima de 5 anos de blogagens, recebeu a honraria das mãos de Deodato Ramalho, twitteiro e secretário municipal do Meio Ambiente.

A organização do V Tweetfor ainda homenageou os jornalistas Roberta Fonteles (O POVO), por participação em todos os eventos do Tweetfor, e Paulo César Norões (Sistema Verdes Mares) e o advogado Leandro Vasques (Caace), estes também são apoiadores do evento desde sua pimeira edição.

Cerca de dois mil twitteiros passaram pelo Marina Park. Uma feijoada, com direito a show de bandas como “O Verbo”, serviu para marcar o congraçamento de pessoas que se dedicam a formar amigos, difundir novidades ou fazer jornalismo por meio das redes sociais na Capital. Alfredo Marques, Sávio Queiroz e Lindival Freias Júnior, à frente do Tweetfor, tiveram uma certeza pelo que conferimos: a festa consolidou-se como importante marco entre aqueles que se propõem a difundir as redes sociais e a promover uma comunicação alternativa ou interativa com as mídias tradicionais.

Aqui divido o prêmio com minha mulher, Socorro França. Sem a sua compreensão, horas de dedicação e muita paciência, jamais chegaríamos a estes cinco anos de trabalho na blogosfera. É preciso ter amor ao que faz, saúde e, principalmente, alguém com quem a gente possa dividir as dificuldades, mas, claro, as alegrias. Nosso filho, Vinícius França, que assina o blog “Viniblues.blogspot.com” também esteve conosco nessa festa do V Tweetfor

DETALHE – O Blogdoeliomar também pode ser acessado na área de blogs do OPOVO Online.

(Fotos – Paulo MOska)

Comentário do Felipão

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=Bi8eHMYlSbY[/youtube]

O Ceará enfrenta, a partir das 16 horas deste domingo, o Atlético Mineiro. É mais um jogo importante para a equipe cearense, neste Brasileiro, Série A, como avalia o jornalista Felipe Araújo. Hora também do alvinegro acabar com a síndrome da cancela.

Ator José de Abreu vê redes sociais como importantes no campo da política

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=h8Z_2mPqFRk[/youtube]

O ator José de Abreu está no Ceará. Aqui, ele participou do V Tweetfor, no Marina Park Hotel, ocasião em que falou sobre suas participações em eventos que congregam militantes das redes sociais. O ator, bom destacar, ganhou nessa noite de sábado, jantar de amigos como o secretário do Meio Ambiente e Controle Externo, Deodato Ramalho, no qual compareceu a prefeita Luizianne Lins.

Marina participa do V Tweetfor e não fala em novo partido

“A ex-senadora Marina Silva, que, recentemente, desfiliou-se do Partido Verde (PV), ainda não fechou questão sobre a criação de nova legenda que abrigue seu projeto político. Ela disse que continuará à frente do Movimento Transição Democrática até que haja “densidade” para a concepção de nova sigla. “Não se faz um partido por causa de eleição. No futuro, poderá até ter um partido, mas isso não é meu objetivo”, garantiu.

Marina esteve ontem em Fortaleza, cumprindo agenda em eventos com o grupo dissidente do PV. Ela também participou do V Tweetfor, encontro que reuniu usuários da rede de microblogs Twitter na Capital, além de líderes políticos locais, no Marina Park Hotel. O objetivo foi discutir a relação das redes sociais na Internet com as eleições municipais de 2012.

Em entrevista, ela afirmou que “se com partidos que discutiram tanto, metabolizaram tanto as ideias, como o PV, PT e PSDB, deu no que deu, imagine fazer um partido só por causa de eleição”, completou Marina, que foi 3ª colocada nas eleições presidenciais de 2010.

Ela destacou que a ex-senadora Heloísa Helena (Psol) está integrada ao grupo, mas não confirmou se há planos para que as duas componham a mesma sigla.

Redes virtuais

Recém-empossado como presidente municipal do PSB, Karlo Kardoso também esteve no V TweetFor. Em discussão sobre o uso da Internet para as eleições do ano que vem, ele destacou que ainda falta à maioria dos candidatos absorver uma rede de mão dupla da Web, que ajuda, mas também atrapalha.

Já o ex-governador Lúcio Alcântara (PR) avaliou que a Internet ainda enfrenta problema de credibilidade. “Na campanha política o que pode dar muita credibilidade a um candidato é a (difusão de) imagem, como nesse caso do confronto da Polícia com os professores na Assembleia”, mencionou.

Debateram, ainda, o prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa (PR), o secretário nacional do PT, Renato Simões, o presidente da Câmara Municipal, Acrísio Sena, o secretário de Meio Ambiente de Fortaleza, Deodato Ramalho, e o ator José de Abreu.”

(POVO)

Plano de saúde cria o cliente de primeira e de segunda classe

148 2

Com o título “Doentes de primeira e de segunda classe”, eis artigo do editor-adjunto do Núcleo de Conjuntura do O POVO, Luiz Henrique Campos. Ele aborda o caso de um plano de saúde que lançará atendimento especial para “cliente vip”. Ora, se todos pagamos o plano, temos que ter atendimento igual. Ou não? A doença que atinge um menos abastado e um rico atendido pelo mesmo plano seria diferente? Confira:

Nos órgãos de defesa do consumidor os planos de saúde estão sempre entre os serviços que mais recebem queixas pelo atendimento prestado. Não é preciso, porém, utilizar essa referência para saber como anda a imagem desses operadores atualmente. Duvido que alguém não conheça uma só pessoa que já tenha entrado em atrito com empresas do segmento. Dificuldade para marcação de consultas, filas e médicos insuficientes são apenas os problemas mais comuns nessa relação com o usuário.

O fato é que o doente, ou cliente, para eles, parece estar sempre em segundo plano, diante da visão mercadológica predominante. Por isso mesmo é de causar repulsa a notícia publicada esta semana dando conta de que um determinado plano vai lançar serviço voltado ao público classe A – clientes vips. Isso mostra a que ponto chegamos com a mercantilização da saúde. Sim, porque querer diferenciar doente a partir de poder aquisitivo é a prova concreta do conceito que se tem sobre a vida humana.

O pior é que já agora isso é sentido na prática quando se procura utilizar os planos. Fico imaginando quando começar a vigorar a tal sistemática. Quem garante que os vips não terão prioridade em relação aos reles mortais sobre qualquer procedimento? Outro aspecto a ser considerado é a proporção de vips e os de segunda classe na carteira de clientes. Dados do plano indicam que são cerca de 380 mil clientes de segunda classe, sendo que a estimativa de vips é chegar a 10 mil. Isso significa que serão algo em torno de 5% os privilegiados. Do que se depreende que na hora do pega para capar a conta dos vips acabará sendo paga pelos simples mortais. Ou não é verdade?

O que se lamenta é saber que a tendência é o serviço vir a se tornar cada vez pior sem que haja qualquer perspectiva de alteração nesse quadro, restando ao doente de segunda classe o desgaste e a humilhação a que, com certeza, será submetido quando estiver disputando a dor com um vi.

* Luiz Henrique Campos – Editor adjunto do Núcleo de Conjuntura do O POVO

lhcampos@opovo.com.br

VAMOS NÓS – O articulista deixou para você, leitor, adivinhar qual o nome desse plano de saúde. É proposital, pois quer sua reação e saber se você, beneficiário, está acompanhando mesmo o que os planos de saúde andam fazendo.

Assembleia Legislativa precisa de destacamento especial, defende especialista

136 6

Em artigo no O POVO deste sábado, o presidente da Coordenadoria Especial dos Direitos Humanos do Ceará, Marcelo Uchoa, defende a criação de um destacamento especial no Legislativo Estadual. Isso para evitar os absurdos registrados quando de confronto com professores em greve no âmbito desse Poder.

Tolerância e diálogo são fundamentos da democracia. Toda vez que Estado e sociedade civil vacilam no respeito a tais vértices a democracia perde e um passo atrás é dado na caminhada em prol da afirmação dos direitos humanos. Tal situação é agravada quando há miopia na compreensão dos limites dos direitos fundamentais. Foi o que aconteceu quinta-feira, na Assembleia Legislativa, no confronto entre policiais e apoiadores da greve dos professores estaduais.

Em primeiro lugar, nenhum direito é absoluto. Portanto, qualquer manifestação deve respeitar os limites da ordem institucional e do interesse coletivo. Os manifestantes tiveram amplo acesso aos pátios internos da Assembleia, sendo-lhes restringida a entrada ao plenário, espaço que, quando em sessão, é reservado aos deputados.

Câmeras televisivas registraram arremessos de objetos que, enquanto patrimônio público, deveriam ser preservados e não deteriorados. É evidente que no afã de defenderem seus direitos os manifestantes excederam-se nos próprios limites.

Isto, porém, não justifica a intensidade da ação policial, que naquele episódio em específico pareceu desmedida diante das circunstâncias, uma vez que o protesto teoricamente não trazia riscos à vida ou à integridade física de qualquer pessoa presente, apenas buscava maior diálogo sobre norma em votação, cuja repercussão influenciaria no desfecho do movimento. Em outras palavras, estava em jogo apenas política, nada que não pudesse ser resolvido através do diálogo.

Por isso, para legitimar a presença da corporação militar como intermediadora em situações de conflitos de ordem política, defendemos a criação de um destacamento policial específico, com habilidades e capacitações apropriadas para abordagem com movimentos de protesto, a fim de contribuir para que a tolerância, e não os excessos, seja marca constante na interação Estado e sociedade civil.

Na outra ponta, é importante que se compreenda que limites são necessários à convivência múltipla. Afinal, tolerância não sugere só cobrança de diálogo, mas igualmente compreensão de que respeito só se pode exigir respeitando.

* Marcelo Uchôa – Coordenador Especial de Direitos Humanos do Ceará e professor da Unifor.

Professores não são marginais, lembra articulista

121 10

Eis artigo do professor e antropólogo Antonio Mourão Cavalcante. Com o título “O Impasse continua”, aborda, no O POVO  e em seu Blog, a greve dos professores estaduais e a peleja com o Governo do Estado, o que já chega a 57 dias. Confira:

Não gostaria de voltar ao assunto, mas as circunstâncias me obrigam. Refiro-me à greve dos professores. A agressão – chamar aquilo de confronto é um eufemismo bajulatório – quando professores foram barrados, agredidos e feridos. Foi a crônica da morte anunciada…

Será que não se poderia esperar outra coisa do governador e de seu coadjuvante, o presidente da Assembleia Roberto Cláudio? Os dois abusaram não da força, mas da incompetência. Batalhão de Choque invadir Assembleia por causa de manifestação de professores? Estupidez. Aliás, esses dois jovens entraram na política de modo muito linear, não sabem o que é isso. Imaginam-se senhores absolutos do poder. São ingênuos…

Dos deputados eu esperava algo mais contundente. Batendo aquela porta, os professores pensavam encontrar canais de negociação e entendimento. Ledo engano. Os deputados tiraram uma onda de Pilatos. Lavaram as mãos enquanto os professores eram espancados. Pobre Legislativo que se acredita mais um grêmio literário que uma

Casa do Povo. Pois os mestres apanharam, diante deles, e eles não reagiram.

Fica claro, sobretudo para um grupo de parlamentares, o quanto a omissão foi grave. Refiro-me aos deputados identificados com de esquerda (PT, PC do B, PDT, PSB, etc.) que, abobalhados, não souberam reagir e não esboçam qualquer posição diante de tamanha violência.

Esqueceram as lutas. Acovardaram-se ao troco de migalhas do Poder. Para mim foi a decepção mais gritante.

Claro que essa manifestação dos professores é política. Essencialmente política. Não são marginais, nem bandidos ou assaltantes perigosos. Trata-se de cidadãos que buscam a consolidação de direitos assegurados por lei federal. “Se te calares, até as pedras clamarão.”

O impasse, alimentado pela empáfia do governador, está instalado. Os professores acabam de votar pela continuidade da greve. Estão decididos a não recuar. Vão mandar mais policiais? Vão convocar mais Batalhões? Precisa de mortos?

Senhores, a hora é muito séria para entregar a amadores.

Antonio Mourão Cavalcante – Médico, antropólogo e professor universitário

a_mourao@hotmail.com

Por uma rampa a mais no hospital

460 1

Tudo bem que a direção do Hospital São Raimundo implantou rampas no setor de emergência, mas ainda há cliente reclamando desta escada, que fica na entrada principal. Falta uma rampa, o que poderia ser providenciado sem maiores problemas.

A cidadania agradece.

(Foto – Leitor do Blog)

Ator José de Abreu chega para o Twieetfor

229 7

Já está em Fortaleza o ator José de Abreu (Rede Globo). Ele desembarcou nas últimas horas, no Aeroporto Internacional Pinto Martins, para participar, a partir das 10h30min deste sábado, no Marina Park Hotel, do V TweetFor, o encontro dos twitteiros, blogueiros e faceanos de Fortaleza.

José dde Abreu foi recepcionado pelo secretário municipal do Meio Ambiente (Semam), Deodato Ramalho, de quem é amigo desde os tempos da campanha de Tasso Jereissati, pelo Pró-Mudanças, em 1986.

O ator fez campanha pró-mudancismo e, mais recentemente, trabalhou pela campanha de Dilma Rousseff (PT).