Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

TCE convoca secretário estadual do Turismo para expor projetos

O secretário estadual do Turismo, Bismarck Maia, é o convidado do ciclo de palestras que o Tribunal de Contas do Estado realiza, por meio de seu Instituto Escola Superior de Contas e Gestão Pública Ministro Plácido Castelo.

Bismarck Maia abordará nesta quinta-feira, às 15 horas, no plenário da Corte de Contas, o conjunto de obras e ações de sua pasta e que consolidar o Ceará como um destino turístico diferenciado, em âmbito nacional e internacional.

Nesse processo, antigos equipamentos estão sendo renovados, novos são criados e há investimentos em atrativos naturais. No pacote, o Centro de Feiras e Eventos, a duplicação da CE-040 e a construção do Acquario do Ceará. Essas obras, conforme Bismarck, vão ser entregues ainda neste ano.

CVT Portuário inscreve para cursos na área gerencial

543 2

O Centro Vocacional Tecnológico Portuário (CVT) da Companhia Docas do Ceará inscreve para oficinas e palestras gerenciais, a serem ministradas por professores do Sebrae. Os eventos ocorrerão nos dias 18 e 19 próximos, com aulas das 8 às 11 horas e das 14 às 17 horas, no espaço multiuso do CVT Portuário.

Os cursos são totalmente gratuitos e destinados aos moradores do entorno do Porto de Fortaleza e as inscrições podem ser feitas na recepção do CVT Portuário. Todos os participantes receberão certificado com a chancela do Sebrae.

Confira os temas das oficinas (6 horas/aula):

Como montar um pequeno negócio de artesanato de bonecos e colar de fuxico
Como montar um pequeno negócio de artesanato de arte em retalhos e sobras
Como montar um pequeno negócio de arte em  E. V. A.
Como montar um pequeno negócio de artesanato utilizando a garrafa pet
Como montar um pequeno negócio fazendo embalagens de papel e papelão
Como montar um pequeno negócio de arte em bijuterias
Como montar um pequeno negócio fazendo lanches rápidos para vender (doces e salgados)
Como manipular produtos de limpeza / produtos de limpeza básicos
Como montar salão de beleza fazendo penteados e maquiagem para eventos
Como fazer maquiagem e penteados para Eventos
Receitas juninas (doces e salgados)
Como pintar unhas decorativas 

Confira o tema das palestras gerenciais (2 horas/aula):

Aumentando suas oportunidades de emprego
Técnicas de vendas
Transforme informações em bons negócios
Empreendedor Individual: O que é? Quem pode enquadrar-se? Como será a tributação? Como será o registro? Quais são os benefícios adquiridos?

SERVIÇO

CVT Portuário –  Avenida Vicente de Castro, s/n – Cais do Porto.

Mais informações – (85) 3266.8854 ou (85) 3266.8818.

Copa 2014 – Presidente do Sebrae participará de evento em Fortaleza

O presidente nacional do Sebrae, Luiz Barreto, abrirá em Fortaleza, a partir das 8 horas, no Centro de Negócios do Sebrae, o seminário Oportunidades de Negócios na Copa 2014. O evento é destinado aos micro e pequenos empresários, segundo informou para o Blog o diretor técnico do órgão Alcy Porto.

As palestras e discussões terão como base um estudo realizado pela Fundação Getúlio Vargas-FGV, a pedido do Sebrae, onde consta um mapeamento focado em nove setores: construção civil, tecnologia da informação, turismo, comércio varejista, madeira e móveis, agronegócio, produção associada ao turismo e serviços.

DETALHE – Luis Barreto foi ministro do Turismo no Governo Lula e sua gestão acabou alvo de Operação da Polícia Federal.

Acrísio lança campanha "Eu Preservo o PV"

131 5

O presidente da Câmara Municipal, Acrísio Sena (PT), lançará, nesta quarta-feira, uma campanha educativa sobre a necessidade de conservação do Estádio Presidente Vargas (PV). O lançamento ocorrerá antes da partida entre Ceará x São Paulo, válida pela Copa Sulamericana.

Na ocasião, serão distribuídos adesivos com a expressão #EuPreservooPV. A campanha também está sendo divulgada na internet, através das redes sociais.

“Queremos conscientizar os torcedores sobre a necessidade de preservação do Estádio recém- reformado pela Prefeitura”, explica Acrísio.  Já hjá banheiros quebrados e muutas pichações em setores do Novo PV.

Valdetário Monteiro garante que arestas com Paulo Quezado estão superadas

129 5

Arestas aparadas. Reunidos, durante mais de três nesta quarta-feira, o presidente da Ordem dos Advogados do Ceará, Valdetário Monteiro, e o ex-presidente da entidade, Paulo Quezado, com os advogados José Maria Rios e Henrique Lavor, resolveram apagar arestas que estariam causando ruídos na atual gestão da entidade.

Paulo Quezado, nome dos mais respeitados no meio e que foi um dos apoiadores de Valdetário, teve chance de expor algumas queixas, no que Valdetário ouviu e juntos decidiram fazer correção de rota.

“O grupo que nos elegeu vai permanecer unido “, garantiram Waldetário Monteiro e José Maria Rios, acrscentando que a Ordem reforçará seu trabalho junto aos associados. Essa era uma das queixas de Quezado.

Nada mais eles acrescentaram nesse clima de revolta que durou poucas horas.

UFC instalará a FM Universitária Cariri

O reitor da Universidade Federal do Ceará, Jesualdo Farias, já está com todo o projeto prontinho para implantar a FM Universitária Cariri. É o que ele informa, acrescentando que a emissora será mais um ingrediente para fortalecer um mercado onde operam várias emissoras de rádio AM e FM e duas televisões (Verdes Vales e Verdes Mares Cariri).

Por conta desse quadro, o curso de Jornalismo do campus Avançado da UFC deverá ser reforçado para melhorar o padrão profissional da região. 

Ainda sobre a FM Universitária do caririr, ele adanta que será implantada em Juazeiro do Norte. A ordem é fazer com que a emissora ali chegue ainda neste ano como presente de aniversário pelo centenário da cidade.

TRE e Funai instalarão seções eleitorais em áreas indígenas

“O Tribunal Regional Eleitoral assinará convênio com a Fundação Nacional do Índio (Funai) na próxima terça-feira, às 15 horas, no gabinete da Presidência do TRE-CE, O objetivo, segundo a assessoria de imprensa do órgão, é instalar seções eleitorais especiais em comunidades indígenas. A medida está regulamentada na Resolução nº 434/2011, aprovada pela Corte do TRE, em abril deste ano.

O presidente nacional da Funai, Márcio Augusto Freitas de Meira, o coordenador regional da FUNAI, Paulo Fernando Barbosa da Silva, e o presidente do TRE, desembargador Ademar Mendes de Bezerra, além de índios que moram nas comunidades espalhadas pelo estado do Ceará, participarão da solenidade.

Caberá à Funai dar suporte à Justiça Eleitoral com informações sobre os povos indígenas no Ceará, fornecendo dados sobre quantitativo de índios, localização das comunidades e contatos das suas lideranças e, em parceria com o TRE-CE, auxiliará na indicação dos prédios públicos, preferencialmente escolas indígenas, para a realização dos trabalhos de alistamento, revisão, transferência e instalação das mesas receptoras de votos. As seções eleitorais serão instaladas nas comunidades indígenas com, no mínimo, 20 eleitores aptos a votar.

Municípios a serem atendidos

Nessas condições, de acordo com levantamento preliminar, deverão ser instaladas, em todo o estado do Ceará, 21 seções eleitorais em 14 municípios (Aquiraz, Aratuba, Canindé, Caucaia, Crateús, Itapipoca, Itarema, Monsenhor Tabosa, Novo Oriente, Pacatuba, Poranga, Quiterianópolis, São Benedito e Tamboril).

Famoso "baton" da Garoto tem produção no Ceará

439 1

O Moinho Santa Lúcia, que opera em Aquiraz (Região Metropolitana de Fortaleza) não produz mais só farinha de trigo, biscoitos e macarrão. Passou a fabricar também o conhecido “baton” da Garoto.

O controlador do grupo, Alexandre Sales, fechou a transação no começo do mês. Ele diz que essa ação faz parte do plano de expansão do Moinho Santa Lúcia.

Coelce deve pagar 250 salários mínimos aos pais de vítima de choque elétrico

“A 7ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) condenou a Companhia Energética do Ceará (Coelce) a indenizar em 250 salários mínimos os pais de F.F.S., vítima fatal de choque elétrico. A decisão, proferida nessa terça-feira, teve como relator o desembargador Ernani Barreira Porto.

Consta nos autos que, no dia 28 de abril de 2009, F.F.S., de 20 anos, faleceu ao ser eletrocutado por um fio elétrico da Coelce, que caiu no meio da rua em virtude de chuva forte. A família do rapaz alegou que, mesmo sabendo da queda do fio, a empresa não tomou nenhuma medida para sinalizar ou isolar o local. Os pais ingressaram com ação na Justiça requerendo indenização por danos morais e materiais.

Ao analisar o caso, em maio de 2010, o Juízo da Comarca de Frecheirinha condenou a concessionária de energia a pagar pensão mensal de 2/3 do salário mínimo até a data em que o jovem completaria 25 anos. Determinou ainda o pagamento de 600 salários mínimos, a título de reparação moral.

A Coelce entrou com apelação (nº 0000090-11.2009.8.06.0079) no TJCE, pedindo a reforma da sentença. Alegou que não há porque indenizar, pois a culpa do acidente foi exclusiva da vítima. Além disso, defendeu que o valor da indenização de 1º Grau é exorbitante e excessivo.

Ao julgar o recurso, a 7ª Câmara Cível manteve parcialmente a decisão. O colegiado fixou os danos morais em 250 salários mínimos e manteve a pensão de 2/3 do salário mínimo.”

(Site do TJ-CE)

Prefeita lança Centro de Assistência Social itinerante

149 1

Essa informação é do site da Prefeitura de Fortaleza:

Hoje (10), comunidades da Regional VI participam do lançamento da unidade móvel do Centro de Referência de Assistência Social, o Cras Itinerante, da Prefeitura de Fortaleza. O evento, que acontece a partir das 15 horas, será realizado na Praça Santa Luzia (Bairro Pedras), com a presença da prefeita Luizianne Lins.

Com apresentações artísticas da própria comunidade e de grupos artístico-culturais de diversas unidades dos Cras, o lançamento é um momento para que a população conheça o novo serviço que a Prefeitura vai oferecer, através da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas). Para o evento, estão programadas exposições de fotografias e de trabalhos de grupos do ProJovem Adolescente, do Pabi (Programa Municipal de Atendimento Básico à Pessoa Idosa) e do Peti (Programa de Erradicação do Trabalho Infantil).

O Cras Itinerante vai atender comunidades dos bairros do Curió/José de Alencar, São Bento, Ancuri, Pedras e Coaçu. Com assistente social, psicólogo e educador social, o Cras Itinerante estará em uma comunidade a cada dia da semana. Pioneiro em Fortaleza, o Cras Itinerante facilitará o acesso de comunidades ainda distantes das unidades do Cras. Desde 2005, a Prefeitura vem ampliando este serviço, que hoje conta com 23 unidades fixas.

Casa do Estudante comemora 77 anos com nova fachada e bolo gigante

A Casa do Estudante do Ceará vai comemorar seus 77 anos de existência nesta quinta-feira. A data coincide com o Dia do Estudante. Neste ano, uma novidade: a fachada do estabelecimento está sendo restaurada e ganhando nova pintura, resultado de projeto tocado por Tintas Coral.

Dentro da programação dos 77 anos, haverá umm bolo de sete meetros de comprimento que será servido aos moradores e convidados, a partir das 7h30min. Haverá também o hasteamento das bandeiras nos jardins da Casa.

Já na sexta-feira, a partir das 20 horas, a primeira apresentação do Coral da Casa do Estudante. Em seguida, o humorista Antonio Fernandes (Skolástica) fará show.

(Foto – Divulgação)

E o Fecop virou S.A?

162 3

Eis artigo da professora Sandra Helena de Souza, da Filosofia e Ética da Univesidae de Fortaleza. Com o título “Corruptos anônimos”, ela anaisa o comportamento dos políticos cearenses diante do “Escândalo dos banheiros”. Confira:

Todos que já passaram por minhas salas de aula, e mesmo os que me conhecem fora dela, sabem que sou intransigente com o esporte nacional de achincalhar políticos e gestores públicos através da cantilena da corrupção. Considero a atividade política em suas variadas formas edificante sob qualquer perspectiva. Sem ingenuidade alguma sei que a corrupção é uma prática humana que assola todas as profissões, em maior ou menor escala, e que corrói o exercício cotidiano da cidadania. Mas não é prerrogativa de nenhum tipo especial de seres humanos ou geografias.

No caso da corrupção política, numa sociedade democrática, insisto: ela existe com nossa conivência, omissão e locupletação. Ponto. Meu rádio sintoniza alternadamente as FMs Senado, Assembleia e Fortaleza. Enfim, gosto do troço, dos debates, das artimanhas, da dedicação, das disputas, dos apartes, dos elogios, dos barracos e, sobretudo, de aprender a difícil arte de separar o joio do trigo nessa seara.

Político que se preza não esconde que quer poder. Somos nós que temos que apurar razão e sensibilidade para impedi-lo ou apoiá-lo. Já me equivoquei e acertei, como todos. Entendo assim a cultura política.

Bom, dito isso, vamos lá. A desfaçatez de se apropriar de um Fundo de Combate à Pobreza, voltado para a mais civilizada das práticas humanas que é a higienização de nossos dejetos, tudo isso com a participação presumida do presidente da Corte que fiscaliza o uso desses recursos, seguido de desmentidos, de “não tenho nada a ver com isso”, “não conhecia a lei”, “vou me empenhar pessoalmente”, “assinei porque recomendaram”, “não há ilegalidades”, “é impossível controlar todos os convênios”, etc, etc, tudo contaminando não só pessoas, mas a própria cadeia da institucionalidade, já é um pouco demais. O melhor, ou pior, é a fala do chefe de gabinete do governador, citada nesse jornal: “se houver culpados haverá punição, doa a quem doer”. Como assim, “se houver”? Há possibilidades de não haver?

Penso que pessoas envolvidas nisso deveriam ser tratadas como os dependentes químicos. Primeiro levá-las a admitir suas faltas, pedir a rehab e ouvi-las para nos proteger da doença em nós. Trata-se de mentes doentias, criminosas mesmo. Cobras engravatadas desprovidas do mais primitivo dos afetos morais: a vergonha. Ninguém é culpado, nem se sente constrangido. Ninguém admite o erro mesmo que ele salte à vista e todos, todos, saibam do que se trata. Ninguém pede desculpas públicas.

E nós, o que fazemos? Por que não nos indignamos pra valer? Não creio que seja porque se trata de pobres. É mais que isso. É que faz parte da nossa cultura, não é? Estou seriamente pensando em fundar uma Associação para dar aulas de filosofia política aos pobres. Agora terei que esperar dois anos para pedir recursos. Ah, mas quem sabe daqui pra lá outro secretário desconheça a lei ou tenha uma assessoria jurídica incompetente. Francamente. Levo papel higiênico, por garantia.

* Sandra Helena de Souza

Professora de Filosofia e Ética da Universidade de Fortaleza

sandraelena@uol.com.br

Ex-presidente da OAB/CE, Paulo Quezado rompe com atual cúpula da entidade

606 29

A eleição para a cúpula da Ordem dos Advogados do Brasil, regional do Ceará, só ocorrerá em novembro de 2012 mas as peças do xadrez do tabuleiro político dessa disputa já começam a se posicionar.

A grande novidade do momento é o rompimento do ex-presidente da OAB e atual conselheiro federal Paulo Quezado com a atual gestão da entidade. Quezado rompeu por entender que o presidente Valdetário Monteiro não cumpriu promessas de campanha.

Entre essas promessas, o fim da eleição direta para desembargador, pois agora só o Conselho Estadual da Ordem é quem decide quem será o grande felizardo. Também o aumento abusivo da anuidade, na ordem de quase 40%, além da ausência da OAB nos grandes debates políticos e institucionais do Estado.

Bom lembrar que a presença da Ordem nas polêmicas do Estado foram marca registrada na era em que Quezado e Hélio Leitão presidiam a entidade. 

Aliás, o advogado Paulo Quezado informa ter firmado aliança com Hélio Leitão para que os dois marchem juntos na próxima jornada eleitoral da OAB do Ceará.

“Advocacia não é partido político. Só temos um ideal: o exercício da advocacia”, disse para o Blog Paulo Quezado.

Presidente do BNB toma café com bancada federal

O presidente do Banco do Nordeste do Brasil, Jurandir Santiago, está tomando café da manhã nesta quarta-feira, em Brasília, com a bancada federal cearense. Sob a coordenação do deputado federal José Arnon (PTB), o encontro é para uma maior aproximação do BNB com os parlamentares, mas também a apresentação de projetos do interesse do banco e que tramirtan no Congresso.

Jurandir confirmou Cláudio Ferreira Lima como o assessor parlamentar do BNB junto ao Congresso.  

Ainda na agenda do presidente do banco entra a assinatura de um convênio de cooperação técnica com o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

PM acusado de pistolagem será ouvido nesta 4ª feira

“O policial militar Jean Charles da Silva Libório, réu no processo que investiga a morte do empresário Francisco Francélio Holanda Filho, em 8 de julho de 2010, será ouvido nesta quarta-feira, pela 2ª Vara do Júri da Comarca de Fortaleza. A tomada de depoimento do acusado, que está detido no presídio de segurança máxima de Campo Grande, ocorrerá a partir das 9 horas.

De acordo com a ação judicial (nº 429243-30.2010.8.06.0001/0), o homicídio, praticado no cruzamento das ruas Padre Valdevino e João Cordeiro, na Aldeota, teria sido praticado a mando do iraniano Farhad Marvizi, que já prestou depoimento. Além dele, já foram ouvidos Charles Herberth Martins Pereira, Francisca Elieuda Lima Uchôa, Maykson Gleyston de Castro Jacó e os policiais militares José Carlos Araújo de Sousa e Adriano Façanha de Sousa.

Com o depoimento dos acusados, a fase de instrução será encerrada. Defesa e Ministério Público (MP) estadual devem apresentar os memoriais finais para que o juiz Henrique Jorge de Holanda Silveira decida pela pronúncia ou não dos envolvidos no crime.

A denúncia do MP, assinada pelas promotoras de Justiça Alice Iracema Melo Aragão e Joseana França Pinto, afirma que, na noite de 8 de julho do ano passado, o carro dirigido pelo empresário foi interceptado por duas pessoas que estavam em uma moto. A dupla desferiu diversos tiros contra Francisco Francélio Holanda Filho.

Segundo os autos, a vítima que, assim como o iraniano, atuava no ramo de eletrônicos, estava auxiliando nas investigações sobre a forma como Farhad Marvizi importava produtos para o Ceará, vendendo-os a preços abaixo do praticado pelo mercado.

As informações obtidas por Francisco Francélio eram repassadas ao auditor fiscal José Jesus Ferreira, que em dezembro de 2008 sofreu tentativa de homicídio, supostamente cometida a mando do iraniano.

Ainda de acordo com o MP, Farhad Marvizi foi o autor intelectual da morte do empresário Francisco Francélio e contava com o apoio de Jean Charles Libório, que utilizava as funções oficiais para favorecer as práticas criminosas e contratava pistoleiros. A esposa, Francisca Elieuda, auxiliava no recrutamento de pessoas e no planejamento dos delitos, assim como José Carlos.

Ainda conforme o processo, Charles Herberth fazia a ligação entre o empresário e os demais denunciados. Maykson Gleyston estava à espera da vítima nas proximidades do estabelecimento comercial, no dia do crime, e Adriano Façanha foi responsável por apurar a rotina de Francisco Francélio.

Eles negaram as acusações. O iraniano alegou que as provas são frágeis e tendenciosas. Já o casal Jean Charles e Francisca Elieuda ressaltou que a denúncia do MP se baseia em especulações e em interceptações telefônicas que desobedecem as regras estabelecidas para isso.” (Com informações do site doTJ-CE)

No PT, a ordem é tratar Ciro com indiferença

“Alguns cardeais do PT reunidos informalmente tomaram uma decisão: não vão polemizar com o ex-governador Ciro Gomes, o coordenador eleitoral do PSB. Como Ciro defende candidatura própria à Prefeitura e não apoia o PT ressaltando que é uma posição pessoal – não é igual ao que pensa o seu irmão, o governador, terá a indiferença como resposta a partir de agora.

Sobre o processo eleitoral, o que se observa é que os petistas adotaram uma posição absolutamente pragmática: lançaram seus 13 pré-candidatos e, no momento devido, vão procurar o governador e os partidos aliados.

Agora, a ordem da cúpula petista, segundo um histórico sem barba, é continuar inaugurando obras. Mesmo que alguns aliados, até com barba, fiquem com raiva.”

(Coluna Vertical, do O POVO)

Em Jardim, haja banheiro mal feito

“Sem pia, sem chuveiro e sem caixa d’água, para quem está acostumado com o conforto das grandes cidades, fica difícil chamar a modesta construção de banheiro. A agricultora Ana Leica Rodrigues, 26, até teve montada a nova estrutura, no terreno de casa, mas o banho continua sendo “de cuia” e a descarga ativada pelo balde de água, entre as quatro paredes sem uma janela sequer. Isso faz parte da realidade na zona rural do extremo sul do Ceará, quase na divisa com Pernambuco. O município de Jardim abriga famílias que viram sua necessidade de ter um kit sanitário montado em casa se realizar pela metade – ou nem isso.

Muitos dos banheiros entregues nunca foram concluídos, alguns estão fora do modelo padrão e tem imóvel com mais de um deles. “Eu nem achei graça receber, porque não tá terminado. A pia, ó, tá atrepada na parede”, mostra Ana, quando, logo depois, a pia cai no chão. E o material não veio? “Disseram que veio, mas o Chico de Nera desviou. Agora, que vai ter eleição, eles devem aparecer”, apontou a moradora.

“Chico de Nera” é Francisco Rodrigues – filho de Nera. Ele é presidente de dois grupos da localidade: a Associação Comunitária Santa Ana e a Associação Cultural Violeta Arraes. Esta última responsável por dois convênios que construiriam um total de 133 kits em distritos afastados do município.

Foi a ele, que é seu primo, que o comerciante Pio Rodrigues, 49, pediu que se construísse em frente ao seu comércio um novo banheiro, mesmo que já tivesse um na sua casa, situada no mesmo local. “Porque aqui sempre aparece gente que precisa usar”, explicou. Banheiro que foi construído fora do modelo padrão estabelecido pela Secretaria das Cidades, com apenas um vaso sanitário dentro da casinha. “As caixas d’água não vieram. A maioria (dos moradores) comprou do seu próprio dinheiro”, diz.

Acabamento

A poucos metros dali, dona Lúcia de Sousa, 54, e seu Joaquim Inácio, 62, um casal de agricultores, já usufrui do kit desde o ano passado, mas fazem as contas de quando vão poder e quanto irão gastar para, como eles dizem, “terminar a obra”, com azulejos e outras melhorias. Além do gasto a mais, foi o próprio homem, já em idade avançada, quem abriu a fossa. Segundo eles, exigência do próprio convênio. Ainda assim, eles festejam a nova estrutura. “Só tinha um banheiro velho, sem nada. Agora, a gente não precisa mais tomar banho no açude”, compara.”

(O POVO)