Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Carnaval de Fortaleza gera movimento de R$ 400 milhões

Da Coluna O POVO Economia, da jornalista Neila Fontenele, no O POVO desta quarta-feira:

Os números ainda não foram consolidados, mas o Carnaval de 2018 ajudou a movimentar a economia cearense, trazendo turistas principalmente de São Paulo, Paraíba, Piauí e Rio Grande do Norte.

O vice-presidente da ABIH-CE, Darlan Leite, explica que a concorrência com o Airbnb não atrapalhou os resultados do setor, que conseguiu uma ocupação próxima a 95%. “Existe mercado para todos”, acrescenta.

*Movimento de R$ 400 milhões

O secretário de Turismo da Prefeitura de Fortaleza em exercício, Erick Vasconcelos, já fez as contas: aproximadamente R$ 400 milhões movimentaram a economia da Capital em sete dias de folia.

Os números ainda estão sendo consolidados, mas a estrutura criada com 32 voos extras, dos quais 31 domésticos e um internacional, contribuiu para um fluxo maior de turistas.

“O mercado mudou com a Fraport, mesmo antes do início da operação da empresa”, acrescenta.

*Movimento 10% maior nos restaurantes

A animação do Carnaval impactou nos resultados dos restaurantes. Ontem, no O POVO Economia da Rádio O POVO/CBN, o presidente do Sindicato de Bares e Restaurantes, Moraes Neto, informava um aumento no fluxo de pessoas e nos resultados dos estabelecimentos de aproximadamente 10% em relação a 2017, durante igual período.

O empresário atribui a melhora à boa programação de Carnaval e ao maior movimento de turistas.

(Foto – Mika Holanda

Chico Lopes: Desfile da Tuiuti entrará para história por desafiar o golpe

O deputado federal Chico Lopes (PCdoB) disse, nesta quarta-feira, que o desfile da Escola de Samba Paraíso do Tuiuti, no sambódromo do Rio, ficará gravado na história “por explicar e desafiar o golpe”. Segundo o parlamentar, a apresentação mostrou a coragem de todos que fazem a escola e a enorme importância dessa manifestação para que brasileiros de todo o País “possam refletir sobre o golpe e lutar em defesa da democracia e contra as perdas de direitos populares impostas pelo desgoverno Temer”.

Para Lopes, o Carnaval é festa popular, mas “também lugar de expressão do povo contra as injustiças. E ninguém cometeu mais injustiças contra o povo brasileiro, em tão pouco tempo, do que o senhor Michel Temer, pagando aos grandes empresários nacionais e internacionais a conta do golpe”, destaca. Ele lembra a retirada de direitos trabalhistas, a precarização da saúde e da educação por 20 anos, e o ‘liberou-geral’ da terceirização, além da entrega do pré-sal para estrangeiros e, agora, na tentativa de fazer a reforma da Previdência.

“Na dificuldade histórica que temos no Brasil, de os ricos aceitarem que os pobres tenham direito a viver com dignidade, algumas pessoas podem ter demorado a entender o que foi esse golpe, como ele aconteceu. E podem até ter contribuído pra ele, infelizmente. Agora, pra quem ainda não havia entendido, a escola de samba do Tuiuti desenhou e explicou”, complementa Chico lopes.

(Foto – PCdoB)

Chove em mais de 100 cidades do Ceará

Atualização (10h46min)

Choveu em 107 municípios cearenses até as 9 horas desta quarta-feira. A informação é da Funceme, adiantando que, no decorrer deste dia, o céu vai ficar nublado com chuva no Centro-Sul do Estado. Nas demais regiões, nebulosidade variável com chuva. Confira as 10 maiores precipitações:

Barroquinha (Posto: Barroquinha) : 96.6 mm

Granja (Posto: Timonha) : 83.0 mm

Jijoca De Jericoacoara (Posto: Jericoacoara) : 80.0 mm

Icapuí (Posto: Icapui) : 67.0 mm

Moraújo (Posto: Moraujo) : 63.0 mm

Tauá (Posto: Carrapateiras) : 57.4 mm

Russas (Posto: Sitio Campo Limpo) : 55.8 mm

Santa Quitéria (Posto: Lizie) : 50.0 mm

Missão Velha (Posto: Jamacaru) : 46.4 mm

Barro (Posto: Brejinho) : 46.0 mm

Shalom anuncia o Festival Halleluya 2018

A Comunidade Shalom anunciou, durante o Renascer, a data de um dos maiores eventos musicais do País: o Festival Halleluya.

Além do anúncio, nessa teça-feira à noite, no ginásio Paulo Sarasate, houve o lançamento da blusa oficial do evento que acontecerá de 25 a 29 de julho próximo, no Condomínio Espiritual Uirapuru (CEU). A entrada será gratuita.

SERVIÇO

*Mais informações: facebook.com/festivalhalleluya

(Foto – Divulgação)

Campanha da Fraternidade 2018: superação da violência

Confira o Editorial do O POVO desta quarta-feira. Aborda o tema da Campanha da Fraternidade deste ano.

Findo o Carnaval, é hora de voltar à rotina depois de uma catarse que serviu também de canal para o desabafo político da população, como é tradição. Desta vez, ainda mais fortemente, em razão da crise que continua a incomodar a sociedade. A Quarta-Feira de Cinzas coloca-nos de novo frente à transitoriedade da vida (“Lembra-te, ó homem, que és pó”), mas, também, traz o apelo de se viver essa passagem, não isoladamente, mas em comunhão com o outro. É o que faz a Igreja Católica ao escolher esta data para lançar anualmente a Campanha da Fraternidade. Neste ano, o tema é “Fraternidade e superação da violência”, e o lema “Em Cristo somos todos irmãos”.

Mais uma vez, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) mostrou-se sintonizada com a sociedade ao trazer à tona um dos problemas que mais a afligem: a violência. A Igreja Católica, em conjunto com outras igrejas irmãs, tem uma ampla capilaridade por todo o território nacional e pode dar uma contribuição importante não só ao debate dessa questão, mas, para o encontro de soluções, a partir da base da sociedade, ajudando a superar o gap existente entre a representação política e os cidadãos, no momento em que ambos parecem cada vez mais de costas, um para o outro.

Criar uma cultura de paz, efetivamente, exige um aprendizado de convivência que se inicia no próprio ambiente familiar, onde a prática do respeito mútuo, do perdão e do amor tem importância decisiva. Mas, antes, é preciso que a própria família sobreviva à desestruturação causada por um contexto de desigualdade e exclusão social escandaloso, falta de acesso aos serviços públicos básicos e todas as mazelas que se abatem sobre quem não tem igualdade de oportunidades. Aí se encontram as raízes básicas da violência. Se houver acesso universalizado a serviços públicos de qualidade, nas áreas de saúde, educação, seguridade social, segurança pública, se terá uma base mínima de dignidade humana para se conquistar o resto. Sem isso, dificilmente, a violência será reduzida.

Não basta a um país ser rico. Os EUA, por exemplo, são riquíssimos, mas a sociedade é violenta. A causa está na desigualdade. Não é à toa que tem a maior população carcerária do mundo. Por enquanto, tem condições financeiras para bancá-la (uma opção que o Brasil não tem). Então, a Igreja, pela sua credibilidade (quando comparada a instituições públicas desgastadas como as nossas) tem a oportunidade de levar essa discussão à fundo, chamando os crentes e pessoas de boa vontade a se assumirem como cidadãos participativos para construir as bases de uma sociedade solidária, como reclama sua própria doutrina social e, assim, frear a violência.

Centro de Triagem de Animais Silvestres do Ibama ganha reforma

Da Coluna do Eliomar de Lima, no O POVO desta quarta-feira:

O Centro de Triagem de Animais Silvestres mantido pelo Ibama em Messejana, na Capital cearense, ganhou sua primeira reforma depois de 15 anos de atividades. O custo total ficou na faixa dos R$ 700 mil, segundo o superintendente estadual do órgão, Herbert Lobo.

Esses estabelecimentos recebem animais silvestres por entrega voluntária, resgate ou oriundos de apreensão de fiscalização, recuperam e destinam esses animais por meio de soltura ou encaminhamento para empreendimentos de fauna devidamente autorizados.

“Com essa reforma, ganhamos melhores condições para esse tipo de trabalho do Instituto”, garante Lobo, que deverá inaugurar o centro em março próximo, com a presença da cúpula do Ibama de Brasília. Ele acrescenta que está fechando com a Fundação Getúlio Vargas outra ação que considera importante: a reciclagem do corpo técnico do órgão.

“Estamos fechando um programa de formação e capacitação de gestores, com o objetivo de sintonizar o órgão para novas demandas da sociedade. Essa capacitação terá início em abril próximo”, adianta Lobo que, pelo visto, e mesmo com pouca verba, tenta fazer com que o Ibama cumpra de fato suas tarefas em defesa do meio ambiente.

Sem fazer inveja à Seuma.

Oposição segue no “limbo” e mantém caminho livre para Camilo

Com pouco mais de cinco meses até a definição de quem disputará eleições neste ano, bloco de oposição no Ceará continua “no limbo” sem fechar chapa para concorrer ao Governo do Estado. Mesmo passado o Carnaval, bloco do PSDB, PSD, PR e SD segue com agenda parada que mantém Camilo Santana (PT) como um dos únicos nomes já confirmados para a disputa.

Até agora, todos os principais pré-candidatos da oposição são políticos que têm rejeitado participar na disputa. Principal nome em pesquisas internas, o senador Tasso Jereissati (PSDB) tem negado entrar no páreo e prega “renovação política”. Outro nome com maior densidade eleitoral, Capitão Wagner (Pros) já lançou pré-candidatura a outro cargo, de deputado federal.

Deputado que se classifica como de oposição “independente” ao bloco, Heitor Férrer (PSB) avalia que a paralisia ainda segue efeitos da reaproximação entre Eunício Oliveira (MDB) e a base do Governo. “A saída do Eunício e do MDB foi um golpe muito grande, a oposição desmoronou. Então é claro que quem sobrou vai ter muita dificuldade”, diz.

“Disputar contra um governo desse jeito, com quase 130 prefeitos do lado de lá, sem falar os que devem somar até o pleito, precisaria de uma estrutura muito grande. E a não existência de um nome até agora certamente fragiliza a situação dos prefeitos de Interior na oposição. O Tasso seria um nome para balançar as bases do Governo, mas tem sinalizado que não entra”, avalia Férrer.

Ex-conselheiro do extinto Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), Domingos Filho afirma que o bloco deverá retomar negociações a partir desta quinta-feira. Ele destaca que Tasso “ficou de marcar” uma reunião e convocar os demais partidos. Interlocutores do PSDB, no entanto, não confirmam nenhum compromisso do senador sobre eleições estaduais nos próximos dias.

Questionados pelo O POVO nos últimos meses, líderes do bloco sempre respondiam que se reuniriam “em breve” para discutir chapa. Os encontros, no entanto, nunca avançaram até o ponto de definição de nomes.

Nos bastidores, a principal aposta da oposição é na pressão que o PSDB Nacional vem fazendo pela construção de um palanque no Estado para a candidatura de Geraldo Alckmin (SP) à Presidência da República. Para alguns, o cenário pode chegar até a “forçar” uma candidatura de Tasso ao Governo.

Domingos Filho minimiza a questão: “Acho que não existe candidatura definida em canto nenhum. Por ser uma eleição nacional, somente depois do cenário para presidente estar mais claro é que as decisões nos estados vão se resolvendo”, diz.

Segundo o ex-conselheiro, principal data para o início do processo se dará em 6 de abril, quando termina prazo para filiações e descompatibilizações de cargos públicos pela Justiça Eleitoral.

*CAPITÃO WAGNER

Nos últimos dias, o deputado tem cumprido agenda distante da oposição, em viagem para conhecer exemplos de redução de violência na Colômbia.

*ROBERTO PESSOA

Com negativa de Tasso e Wagner em entrar na disputa, o vice-prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa, tem dito que poderá entrar no páreo.

*CAIO ROCHA

Advogado ligado a Rodrigo Maia, Caio Rocha (DEM) tem sido defendido por Tasso para o governo. O nome não empolga demais siglas da oposição

(O POVO – Repórter Carlos Mazza)

 

Saiba o que volta a funcionar nesta Quarta-Feira e Cinzas

O Carnaval acabou e com ele a folga que começou no último domingo, 10. Diversos estabelecimentos em Fortaleza, que alteraram o funcionamento nestes quatro dias, voltam a funcionar normalmente a partir desta Quarta-Feira de Cinzas, seja com expediente completo ou a partir do meio-dia. Confira:

*Supermercados
As lojas do Extra, Pão de Açúcar e Mercadinhos São Luiz, que abriram normalmente durante o Carnaval, continuam com o funcionamento regular nesta Quarta-Feira de Cinzas.

*Shoppings

Iguatemi Fortaleza
As lojas do shopping na avenida Washignton Soares voltam a funcionar normalmente a partir das 12 horas desta quarta-feira. Quem vai antecipar o funcionamento é a Praça de Alimentação, que estará aberta a partir das 10 horas. O Hipermercado Extra, que funcionou normalmente durante todo o Carnaval, voltará a abrir às 7 horas.

North Shopping Fortaleza, North Shopping Jóquei e Via Sul Shopping
As lojas dos três shoppings da rede Ancar Ivanhoe em Fortaleza abrirão a partir do meio-dia desta quarta-feira, seguindo até as 22 horas. Apenas dois espaços vão abrir mais cedo: o Super Lagoa North Shopping Fortaleza abrirá a partir das 7 horas e as academias Smart Fit funcionarão a partir das 5h30min.

Shopping Parangaba
Lojas e quiosques do Shopping Parangaba funcionam a partir de meio-dia nesta quarta-feira. A Praça de Alimentação abre uma hora mais cedo, às 11 horas.

RioMar Fortaleza
Fechadas desde o domingo, as lojas do RioMar voltam a funcionar às 10 horas da quarta-feira. Os espaços de lazer Hoverplay e Game Station abrirão ao meio-dia, mesmo horário em que começará a funcionar o atendimento na sede do Detran no shopping. Já o Ministério do Trabalho só abrirá a partir das 14 horas. O TRE-CE não terá expediente na quarta-feira, só voltando a ativa a partir da quinta-feira, 15.

RioMar Kennedy
As lojas e quiosques abrirão por volta do meio-dia, com funcionamento diferenciado na Smart Fit, que abre às 5h30min, e no São Luiz, que abre às 7 horas.O TRE-CE não terá expediente na data, só voltando a funcionar a partir das 10 horas da quinta-feira. O Ministério do Trabalho começará o atendimento a partir das 14 horas da quarta-feira.

*Postos de Gasolina
Segundo o Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado do Ceará (Sindipostos), os postos de gasolina, que funcionaram normalmente durante o Carnaval, continuam com expediente normal durante a Quarta-Feira de Cinzas.

*Bancos
O atendimento ao público, que cessou durante os quatro dias de Carnaval, volta a normalidade a partir das 12 horas desta quarta-feira.

*Comércio
Segundo o Sindicato do Comércio Varejista e Lojista de Fortaleza (Sindilojas), as lojas do comércio da Cidade, que estão fechadas desde o domingo, voltam a funcionar a partir do meio dia desta quarta-feira.

Ferroviário embarca para enfrentar o Sport

O time do Ferroviário embarcou, na madrugada desta quarta-feira, para o Recife (PE), Ali, a equipe cearense enfrentará o Sport pela Copa do Brasil, em partida marcada para a quinta-feira.

O Ferroviário, comandado por Ademir Fonseca, vive uma situação complicada em termos de tabela. Jogou no domingo pelo Campeonato Cearense e folgou na segunda de Carnaval, fez um treino na manhã de terça, quando entrou em regime de concentração. Além disso, contra o Sport só a vitória interessa.

Em caso de empate no Recife a decisão será nos pênaltis, regulamento da segunda fase da Copa do Brasil.

Municípios do Ceará recebem incentivos para aprimorar assistência farmacêutica

No estado do Ceará, quatro novos municípios receberão incentivo financeiro do Ministério da Saúde para aprimorar a qualidade e estrutura dos serviços farmacêuticos das unidades de saúde. O valor de mais de R$ 220,6 mil destinados para o estado faz parte do Programa Nacional de Qualificação da Assistência Farmacêutica no âmbito do Sistema Único de Saúde (Qualifar-SUS).

Os municípios são Iguatu (R$ 65,3 mil), Maranguape (R$ 65,3 mil), Beberibe (R$ 60,8 mil) e Palhano (R$ 29 mil).

O recurso incentiva o processo de aprimoramento, implementação e integração sistêmica das atividades da Assistência Farmacêutica nas ações e serviços de saúde. O objetivo é dar mais agilidade no atendimento à população e uma melhor organização dos estoques de medicamentos. Em todo o país, 302 novo municípios receberão o incentivo, no valor total de R$ 13 milhões.

O QUALIFAR-SUS está organizado em quatro eixos (estrutura, educação, informação e cuidado), o programa engloba desde investimentos na estruturação dos serviços farmacêuticos até ações de cuidado ao usuário. Atualmente, o programa possui 2.211 municípios habilitados nas cinco regiões do País, que já receberam o recurso no momento da adesão. Em 15 de dezembro de 2017, o Ministério da Saúde liberou mais cerca de R$ 11 milhões para outros 327 municípios do país para estruturação do Qualifar-SUS.

A ampliação no investimento e no aprimoramento da informatização é um dos principais objetivos do Ministério da Saúde. A estratégia de qualificar os serviços de saúde integra o conjunto de investimentos já realizados por meio do outros Projetos de Qualificação da Assistência Farmacêutica. Em janeiro, a Pasta anunciou a criação do Programa Cuidados Farmacêuticos. O projeto piloto, que terá início em São Paulo, Bahia e Distrito Federal, beneficiará pacientes portadores de hepatite e artrite reumatoide com orientações e acompanhamento sobre uso racional de medicamentos. Até o final do ano, mais sete estados devem ser inseridos no projeto.

(Agência Saúde)

Morre o médico Carlos Luís Marcelo Antunes, perito do Detran-CE

1614 3

Em nota de falecimento, o Detran-CE lamenta a morte do médico Carlos Luís Marcelo Antunes, perito do órgão. Confira:

O Detran-CE comunica, com pesar, o falecimento do Dr. Carlos Luís Marcelo Antunes, que ainda estava na ativa, por isso era o único médico da Perícia de Tráfego não aposentado dos quadros do órgão.

Convida a todos os servidores para o velório, que permanece na Eternus, até as 16horas desta terça-feira (13), de onde sairá para ser sepultado no Parque da Paz.

O Detran se solidariza com a família por esse momento de saudade, ao mesmo tempo em que manifesta sua eterna gratidão ao excelente profissional que cumpriu fielmente sua missão.

Ceará tem chuva de 132 milímetros no último dia de Carnaval

416 1

No quarto e último dia do feriadão de Carnaval, 13, foram registradas chuvas em 76 municípios do Ceará. A maior delas aconteceu no município de Morrinhos – a 236 km de Fortaleza. De acordo com a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), a chuva foi de 132 milímetros. Já em Fortaleza, o órgão contabilizou 16 milímetros.

As maiores chuvas ocorreram no Interior do Estado. Atrás de Morrinhos, Martinópole aparece em segundo lugar, com 117 milímetros, seguido por Massapê e Viçosa do Ceará, com 89 e 85 milímetros, respectivamente. A previsão para esta terça-feira é de nebulosidade variável com chuvas em todas as regiões.

O município de Iguatu registrou nessa segunda-feira (12) chuva com granizo, além de relâmpagos e fortes ventanias.

Veja o ranking de chuvas

Morrinhos: 132.0 mm

Martinópole: 117.0 mm

Massapê: 89.0 mm

Viçosa Do Ceará: 85.0 mm

Marco: 75.0 m

Bela Cruz: 70.0 mm

Acaraú: 68.2 mm

Ererê: 68.0 mm

Granja: 65.0 mm

Senador Sá: 62.6 mm

(O POVO Online / Foto: Arquivo)

Judiciário do Ceará poderá ter vara especializada em crime organizado

Começou a tramitar na Assembleia Legislativa do Ceará um projeto de lei que cria a Vara de Delitos de Organizações Criminosas na estrutura da Justiça do estado. A proposta, já aprovada pelo Pleno do Tribunal de Justiça (TJCE), determina que os casos que envolvam organizações criminosas sejam julgadas por um colegiado de juízes, de forma a serem mais céleres.

Pelo texto do documento, o colegiado será formado por três juízes, que “decidirão e assinarão, em conjunto, todos os atos judiciais de competência da unidade”. Na prática, o TJCE já adota esse modelo para julgar processos que envolvam organizações criminosas. Um exemplo é o caso da Chacina do Curió, que aconteceu em 2015 e causou a morte de onze pessoas. Por decisão do colegiado formado para esse caso, trinta e quatro réus vão a júri popular.

A criação de uma vara específica para o crime organizado é uma recomendação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), já atendida por sete estados. O assunto ganhou relevância no Ceará após o assassinato de 14 pessoas durante uma festa na periferia de Fortaleza no fim de janeiro, que ficou conhecido como Chacina das Cajazeiras, em alusão ao nome do bairro onde ficava a casa de shows.

O presidente da Comissão de Direito Penitenciário da Ordem dos Advogados do Estado do Ceará (OAB/CE), Márcio Vitor de Albuquerque, considera necessária a criação da nova estrutura diante do crescimento da presença de facções criminosas, além se somar à Lei do Crime Organizado (12.850/2013), que define organização criminosa e estabelece os procedimentos da investigação criminal.

Aliado a isso, o presidente da comissão ressalta que é preciso dar impulso às atividades de inteligência e cobra investimentos na área. “Há mais necessidade nesse momento de investimento maciço na inteligência, principalmente da Polícia Civil, em equipamentos, tecnologia e monitoramento, para que esse tipo de crime seja investigado com mais propriedade.”

Para Albuquerque, o investimento em inteligência vai refletir diretamente na qualidade dos inquéritos que chegarão na nova vara. “Temos que pensar esse início, porque, senão, quando o inquérito chegar na vara, pode faltar prova e pode gerar arquivamento.”

O presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Ceará (Sinpol), Lucas Oliveira,
considera inócua a criação da Vara de Delitos de Organizações Criminosas e
acredita que a nova estrutura pode até mesmo atrapalhar os processos,
considerando, por exemplo, casos como o da morte de 10 presos na Cadeia Pública
de Itapajé (a 130 quilômetros de Fortaleza), causada por uma briga entre grupos
rivais, que seria transferido para a capital.

Ele também destaca a necessidade de valorização da Polícia Civil como ponto-chave na solução de crimes envolvendo organizações criminosas. “Não quero dizer que a Polícia Civil do Ceará vai sozinha combater a criminalidade, mas a mensagem de todos os especialistas é de que sem uma polícia de investigação fortalecida não vamos combater a criminalidade de hoje, cuja marca são as facções.”

Atualmente, 730 policiais civis, entre escrivães, inspetores e delegados, estão em processo de formação. Segundo o presidente do Sinpol, o efetivo do Ceará é de cerca de 2,7 mil, mas seriam necessários, pelo menos, 6 mil agentes para atender a demanda do estado.

O projeto de lei que cria a Vara de Delitos de Organizações Criminosas entrou na pauta do Legislativo na primeira sessão plenária do ano e ficará apta a ser votada pelos deputados estaduais após passar por três comissões técnicas.

(Agência Brasil)

Camilo afirma que Ceará deverá ser um grande centro de conexões aéreas

Em sua página no Facebook, o governador Camilo Santana disse nesta segunda-feira (12) que “a economia cearense está pronta para decolar cada vez mais alto com a chegada do Hub (centro de conexões aéreas) da Air France-KLM e Gol em Fortaleza”.

“Vamos fortalecer o turismo e criar novas rotas para o desenvolvimento econômico do Estado”, destacou.

“Nossa capital será ligada com voos diretos a Paris (França) e Amsterdã (Holanda), recebendo ainda o reforço de voos nacionais. Essa conquista faz parte de um esforço conjunto entre Governo e Prefeitura de Fortaleza para atrair novos negócios e promover ainda mais oportunidades ao povo cearense”, completou.

(Foto: Reprodução Fecebook)

O que querem os jovens das facções?

623 1

Em artigo sobre o recrutamento de jovens para as chamadas facções no Ceará, o jornalista Nicolau Araújo avalia o perfil da juventude na criminalidade, diante da experiência na área policial no O POVO, Diário do Nordeste e TV Jangadeiro. Confira:

“VCS DAS Travessa tem que fora si nao Vai Morrer Seus Safado e não saiar nao praver si nu morre tudim”.

Mais que ameaça, creiam, a frase (?) acima é um pedido de socorro. Não somente dos moradores do bairro Barroso II – muitos, de fato, deixaram suas residências, em julho do ano passado -, mas também do jovem que pichou a fachada da casa da Travessa Seis. Sim, jovem, conforme o perfil para a função determinada pela sua facção.

E esse pedido de socorre é estendido a outras centenas de jovens com o mesmo – quase nenhum – grau de instrução.

Com raras exceções, o jovem não busca a criminalidade, tampouco é influenciado por amigos ou pelo consumismo. Esse último argumento por décadas foi apontado pelos anticapitalistas. Apesar da ortografia sofrível, da incapacidade de domínio das quatro operações da matemática e da indiferença com as demais ciências, o jovem na criminalidade possui consciência social. Claro, dentro das suas limitações.

“Dá para ver que o senhor foi de escola boa. Por isso fez faculdade e ganha a sua vida. Não temos escola. É faz de conta. Os professores têm medo da gente”, relatou um jovem, nos meados de 2010, integrante de assalto contra motoristas no cruzamento da rua Silva Paulet com a avenida Santos Dumont. O amigo levou um tiro no pescoço, efetuado por uma das vítimas. Mas sobreviveu.

Não, o jovem não estava preso ou apreendido. Não havia como precisar a idade, diante das marcas de sofrimento no rosto e do olhar sem perspectiva. Ele se misturou ao aglomerado de curiosos no local do crime. A frieza (ou coragem) me impressionou. Apontado por outros jovens da comunidade do Campo do América, a princípio negou participação no assalto. Mas, provocado na sua condição social, não se negou ao debate.

Cerca de três anos antes, a então titular da Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), Cândida Brum, chorou em desabafo ao O POVO sobre a situação dos adolescentes infratores. Para a delegada, as apreensões não eram de criminosos, mas de jovens tão vítimas quanto suas vítimas – guardadas as devidas proporções.

Ao final da entrevista de mais de uma hora, a delegada ponderou: “Cuidado com o que você vai escrever no jornal”. Voltei da porta de sua sala e condicionei: “Se a senhora me garantir que virá trabalhar, amanhã, com o espírito sossegado, não escreverei uma linha sequer do que conversamos”. “Escreva a sua matéria”, disse a delegada, afastada do cargo dias depois.

E é essa vitimização da juventude que a criminalidade se aproveita para aliciar jovens para as facções. Apesar de ser uma larga porta de entrada à cidadania, o poder público por si não é responsável pelo avanço da juventude na criminalidade. Não há caneta mágica nas mãos do governador Camilo Santana. Se tivesse, apostem, o problema já estaria resolvido.

Na realidade, as facções encurtam para os jovens aliciados um processo que deveria durar gerações. Eles saem de um futuro sem muitas perspectivas para um pseudo conceito de poder, de relevância, de importância, de atenção. E quando as facções encurtam esse processo, a morte precoce é uma realidade. O pior é que o jovem possui essa consciência.

A família, a primeira porta da cidadania, infelizmente, há muito está com a passagem comprometida nas classes sociais menos favorecidas. Não somente pela desestruturação familiar, presente em muitos lares, ou pelas dificuldades comuns à própria situação. Mas, principalmente, pelo processo inverso do respeito.

É o caso de uma menina de 13 anos, que programava se esconder com o namorado no Icaraí, em Caucaia, após ele e dois amigos espancarem uma senhora, com chutes e socos, durante um assalto. Ao descobrirem que a senhora era mãe de um miliciano, os três jovens tentaram deixar o bairro Vila Velha. Dos três, dois morreram a tiros na mesma noite.

Pela manhã, dezenas de jovens cercaram o carro da reportagem. E lá estava, aos prantos, a menina de 13 anos. “Quatro meses no Icaraí? E a sua escola?”, indaguei à menina. O silêncio a denunciou. “Ah, não tem escola”, deduzi. “Não, senhor”, confirmou.

De imediato, me reportei ao aglomerado. “Por favor, alguém pode me trazer a mãe dessa menina?”, pedi. Uma senhora se espremeu entre os jovens. “Sou eu”. “Senhora, por que a sua filha está sem escola?”, perguntei. “O senhor sabe, esses jovens de hoje”…

“Senhora, esses pais de hoje…”, corrigi. “Jovem é jovem em qualquer época”, completei. Nada mais procura que poder, relevância, importância, atenção…

Operação conjunta das polícias Civil e Militar prende “pistoleiro do tráfico”

Policiais civis e militares prenderam na noite do último sábado (10), na localidade de Antonópoles, em Jaguaruana, no Baixo Jaguaribe, a 183 quilômetros de Fortaleza, um homem acusado de ser “pistoleiro do tráfico”, além de foragido da Justiça.

José Reginaldo Barros da Silva, o Bloco, 38, era procurado por várias execuções na Grande Messejana, em Fortaleza, a mando do tráfico de drogas. Segundo a Polícia, a maioria dos assassinatos ocorreu no início desta década, no Conjunto Maria Tomázia.

Ele se encontra na Delegacia de Jaguaruana, mas deverá ser transferido para Fortaleza nos próximos dias.

(Foto: Arquivo)

Chove desde a madrugada desta segunda-feira em Fortaleza

Chuva e trovoadas marcam a segunda-feira (12) em Fortaleza, desde a madrugada. Segundo a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), a capital cearense seguirá com nebulosidade e chuvas por todo o dia, mas com calor de 32°C.

De acordo ainda com a Funceme, chove também em todo o Ceará, com mais intensidade no litoral.

Das 7 horas da manhã de ontem até o mesmo horário de hoje, choveu em 64 municípios cearenses. Pindoretama, distante 49,3 km de Fortaleza, registrou o maior volume do período com 104 mm. Já na Capital, choveu 40,6 mm.

Além de Pindoretama, choveu bastante ainda em Beberibe (95 mm), Tianguá (75 mm), Granja (72 mm), Crateús (61 mm), Ibiapina (55,2 mm), Alcântaras (55 mm), Santa Quitéria (52,9 mm) e Bela Cruz (50 mm).

(Com O POVO Online / Foto: Arquivo)

Pré-Vestibular da Medicina da UFC com inscrições até esta semana

O curso pré-vestibular dos alunos de Medicina da Universidade Federal do Ceará (UFC) recebe inscrições até a sexta-feira (16), no horário das 8 horas às 20 horas. A prova de seleção será no próximo domingo (18).

O cursinho é ofertado a alunos oriundos da rede pública de ensino, mediante histórico escolar ou declaração da escola; uma foto 3×4; RG e CPF, além da taxa de inscrição no valor de R$ 38.

Mais informações no site curso12demaio.ufc.br ou pelos números (85) 3082 5202 / (85) 98633 7473.

DETALHE – Grande iniciativa dos alunos de Medicina da UFC, mas é bom ter cuidado com as regras da crase. “De segunda a sexta” não há crase.

Seplag faz nova reunião para discutir projeto de revitalização do Issec

531 1

Técnicos da Secretaria de Planejamento e Gestão do Estado (Seplag) e representantes do Fórum Unificado das Associações e Sindicatos dos Servidores Públicos Estaduais do Ceará (Fuaspec) e do Instituto de Saúde dos Servidores do Estado do Ceará (Issec) se reúnem após o período carnavalesco para debater a revitalização do instituto. Na última sexta-feira (9), uma comissão foi recebida pelo secretário Maia Júnior, para a apresentação do novo Issec.

“Essa proposta de revitalização da autarquia foi construída no ano passado, quando descobrimos que o Isseec estava entrando em colapso”, disse Rita de Cássia Gomes, coordenadora geral do Fuaspec, ao lamentar casos de servidores que ficaram sem assistência médica.

(Foto: Divulgação)