Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Revista Nordeste Vinteum e a caatinga

Eis a capa da mais recente revista Nordeste Vinteum, editada pela equipe do jornalista Francisco Bezerra, que trouxe o também jornalista Paulo Henrique Amorim (Rede Record) para debate em Fortaleza.

Pois é, a revista vai promover, neste ano, um encontro sobre a caatinga. Os preparativos contam com apoio de vários segmentos da sociedade civil. Na Assembleia Legislativa, o deputado petista Dedé Teixeira divulga o evento.

Avenida do Aeroporto está sendo urbanizada

Eis aí o canteiro da avenida Senador Carlos Jereissati passando, como diz placa do Governo do Estado, por uma urbanização. Sai o cimento comum e entram mosaicos com detalhe vermelho. O embelezamento faz parte das ações de olho na Copa 2014, mas, também, nos turistas que sempre visitam o Estado e circulam por essa via, que dá acesso ao Aeroporto Internacional Pinto Martins. 

(Foto – Paulo MOska)

Chuva, alagamento, raios e queda de energia

Choveu, até as 8 horas desta manhã de sábado, em 60 municípios em todo o Ceará, segundo boletim da Fnceme. A maior chuva foi em Cariús, com 45 milímetros.

Em Fortaleza, segundo a Funceme, as chuvas registradas foram de 34 milímetros. Foram pancadas de chuvas, com raio e trovão em alguns pontos da cidade, o que provocou em alguns bairros queda de energia.

Vários alagamentos foram registrados no Centro e na periferia como no bairro Vicente Pinzon. O trânsito ficou lento.

(Foto – Leitor do Blog)

Mais um livro sobre o furto ao BC de Fortaleza

125 1

O ex-investigador da Polícia Civil de São Paulo, Roger Franchini, estará em Fortaleza na próxima quinta-feira. Aqui, vem lançar às 19 horas, na Livraria Saraiva (Iguatemi), o livro  “Toupeira – A história do assalto ao Banco Central.”

Em meio aos fatos reais que impressionaram a opinião pública brasileira, uma trama fictícia criada por Franchini se desenvolve sobre o furto de R$ 170 milhões do cofre do Banco Central em Fortaleza, expondo para todo o país a fragilidade do sistema de segurança de sua maior instituição bancária.

Fa7 lança curso de extensão em Jornalismo Esportivo

431 1

Fábio Pizzato e sua mulher, Bia Bocaiuva (VSM Comunicação)

A Faculdade 7 de Setembro promoverá em maio próximo um curso de extensão em Jornalismo Esportivo. As aulas serão ministradas pelo jornalista e professor Fábio Pizzaato (diretor de Esportes da TV Jangadeiro) sempre aos sábados, das 8 às 12 horas.

Fábio Pizzato diz para o Blog que o conteúdo é bem atual e de olho também na Copa 2014, já que Fortaleza é uma das sub-sedes do certame. Ele dá mais detalhes sobre o curso em seu twitter – @FABIOPIZZATO.

(Foto – Blog Frontstage)

Fundação Habitafor manda nota esclarecendo situação de conjunto residencial

277 11

Da Assessoria de Imprensa da Fundação Habitafor, este Blog recebeu nota esclarecendo situação do Conjunto Residencial Rosa de Luxemburgo, alvo de críticas por parte do deputado estadual tucnao Fernando Hugo. Confira:

Prezado Eliomar,

Gostariamos de esclarecer sobre sua postagem do dia 7 intitulada “Sem-tetos invadem conjunto Rosa Luxemburgo”.

Primeiro, Eliomar, os ocupantes não invadiram o habitacional, que já foi totalmente entregue pela Fundação de Desenvolvimento Habitacional de Fortaleza (Habitafor), a 171 famílias das comunidades Maria Moura e Cidade de Deus, em abril de 2007. Portanto, as moradias não começaram a ser construídas em 2008, feito você salientou ter sido dito pelo deputado Fernado Hugo. Na verdade, os ocupantes apoderaram-se, em fevereiro de 2009, do centro comunitário e da creche do Rosa Luxemburgo, exatamente no período em que os equipamentos foram finalizados e seriam repassados à responsabilidade da Secretaria Executiva Regional VI (SER VI) e da Secretaria Municipal de Educação (SME).

Segundo, vale ressaltar que não são 40 famílias ocupantes, e sim 32. Todas elas estão em constante diálogo com o município, inclusive, por orientação da Habitafor, estão cadastradas no programa Minha Casa, Minha Vida.

Terceiro, apenas depois da saída das famílias em pauta de lá, é que a Habitafor poderá avaliar a situação de depredação e tomar as providências cabíveis ao processo de recuperação do Centro.

É por tudo isso, Eliomar, que afirmamos não haver prevaricação por parte do município. A Prefeitura de Fortaleza está agindo da forma mais acertada, tendo o controle e estando ciente de toda a situação relativa aos ocupantes do Centro Comunitário do conjunto Rosa Luxemburgo.

Sem mais,

Assessoria de Imprensa da Fundação Habitafor.

CND – Cearense deve ser reconduzido como conselheiro

Jorge Hélio, do CND, é cearense.

“A OAB reúne-se, neste fim de semana, para escolher os quatro representantes do colegiado no Conselho Nacional de Justiça e no Conselho Nacional do Ministério Público.

A tendência é que sejam reconduzidos para um mandato de mais dois anos para o CNJ Jefferson Kravchychyn e Jorge Hélio e Almino Afonso e Adilson Gurgel, para o CNMP.”

(Coluna Radar – Veja/Foto – Paulo MOska)

Fortaleza terá feira de adoção de cães e gatos neste sábado

166 1

Tudo pronto para mais uma feira de adoção de cães e gatos. Neste sábado, das 10 às 14 horas, no Shopping Benfica, ocasião em estarão disponíveis 21 animais resgatados das ruas de Fortaleza, onde se encontravam em situação de abandono ou de maus-tratos.

A promoção é da Associação Protetora dos Animais para Tratamento e Adoção (Apata). Segundo a vice-presidente da entidade, Fábia de Araújo, todos os animais foram vacinados e vermifugados, bem como receberam tratamento veterinário adequado.

Exigências para adotar

Os futuros donos passarão por uma entrevista e assinarão um termo de responsabilidade. Para adotar, é preciso estar munido do original e cópia do RG, CPF e comprovante de residência. Periodicamente, a Apata realizará visitas de acompanhamento.

Carrefour deve pagar R$ 10 mil de indenização para motorista vítima de acidente

“O supermercado Carrefour terá que pagar indenização de R$ 10 mil, por danos morais, a F.A.J. A decisão é do juiz José Israel Torres Martins, titular da 27ª Vara Cível do Fórum Clóvis Beviláqua. Conforme os autos, (nº 65634.20.2008.8.06.0001/0), F.A.J. é motorista de uma empresa que fornece produtos ao supermercado. No dia 22 de junho de 2005, ao fazer uma entrega no Carrefour, em Fortaleza, ele estacionou o caminhão na plataforma onde as mercadorias são descarregadas.

O motorista ficou no local aguardando que os materiais fossem conferidos. As portas da plataforma, no entanto, fecharam subitamente, pressionando um dos dedos do pé de F.A.J.
A vítima foi socorrida e levada ao Instituto Dr. José Frota (IJF), no Centro de Fortaleza. Ele passou por cirurgia e teve que amputar um dedo. Em virtude do ocorrido, F.A.J. ajuizou ação contra o supermercado e pediu R$ 35 mil de indenização por danos morais.

O Carrefour, em contestação, alegou ilegitimidade passiva. Afirmou ainda que os fatos relatados não condizem com a realidade, pois nada sobre o acidente foi comentado no ambiente de trabalho.

O juiz José Israel Torres afirmou que a empresa foi omissa diante do que ocorreu com o autor da ação. “O dano estético é uma forma de dano indenizável e, no caso em questão, foi caracterizado por uma inutilização corporal”, considerou o magistrado. A decisão foi publicada no Diário da Justiça Eletrônico dessa quinta-feira (07/04).

(Com TJ-CE)

Cid, festa e o primeiro hospital regional

183 1

O governador Cid Gomes, ao lado do ministro Alexandre Padilha (Saúde), fez grande festa de inauguração , em Juazeiro do Norte, do primeiro hospital regional de sua administração. A festa acabou nas primeiras horas deste sábado, com milhares de pessoas em frente à unidade que promete desafogar o atendimento na região.

Depois desse hospital, vem mais um: o de Sobral, com inauguração ainda neste ano. Mas na segunda-feira, conforme postamos, Cid tratará com prefeitos de 20 municípios, de um terceiro hospital regional. Isso, a partir das 17 horas, no Centro de Convenções, em Fortaleza.

(Foto – Divulgação)

Cid reúne prefeitos para definir local do 3º hospital regional

Hora de arregaçar mangas de novo.

“O governador Cid Gomes (PSB) vai reunir, na próxima segunda-feira, às 17 horas, no Centro de Convenções, prefeitos e vereadores de 20 municípios. Na ocasião, estará em pauta o projeto do terceiro hospital regional a ser construido pelo Estado.

Desses municípios, cinco estão brigando para ser sede do empreendimento e aproveitarão o encontro para expor seus argumentos. Nessa lista, Tauá, Boa Viagem, Quixadá, Quixeramobim e Canindé.

Cid já inaugurou um hospital regional em Juazeiro do Norte, beneficiando o Cariri, e um outro está em fase de construção em Sobral, para atender a Zona Norte do Estado.”

(Coluna Vertical, do O POVO/Foto – Paulo MOska)

Prefeita divulga obras em inserções do PT

129 4

A prefeita Luizianne Lins (PT) começou a ocupar espaços nas inserções do seu partido na televisão. Como presidente regional da legenda, expõe suas ações como exemplo do que o PT pode fazer pelo cidadão.

Essa estratégia objetiva divulgar a chamada agenda positiva de Luizianne, dentro da meta de enfrentar o desgaste sofrido, nos últimos anos, por sua administração.

Pois é, Luizianne quer fazer o sucessor em 2012.

(Reprodução da TV)

Homem armado é preso no Campus da UFC

“Uma confusão no bloco de Engenharia do Campus do Pici, da Universidade Federal do Ceará (UFC), terminou com um homem armado preso, na tarde desta sexta-feira. Segundo um estudante de engenharia da UFC, o homem estacionou o carro de forma que estaria prejudicando o fluxo de veículos. Enquanto o acusado estava no bloco da engenharia civil, estudantes secaram os pneus do carro e deixaram um bilhete, onde estaria escrito “otário”.

Ao retornar, ele presenciou a situação em que se encontrava o veículo. Indignado, entrou no carro, tirou uma arma e a sacudiu no ar, ameaçando atirar. Algumas pessoas correram, mas o homem não teria chegado a apontar a arma para ninguém.

Seguranças da UFC intervieram e tentaram acalmá-lo. Depois disso, chegou um grupo das Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (Raio), além do diretor do Centro de Tecnologia da UFC, professor Barros Neto.

O homem foi identificado como policial civil e teve de ser levado para o 10º Distrito Policial, no bairro Antônio Bezerra.”

(POVO Online)

Comunidades indígenas do Ceará terão seção eleitoral

“O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará assinará convênio, na próxima segunda-feira, às 17 horas, na Sala de Sessões do TRE, com a Fundação Nacional do Índio (FUNAI) para instalação de seções eleitorais especiais em comunidades indígenas. Para isso, o TRE baixou a Resolução nº 434/2011, aprovada pela Corte do Tribunal, na sessão do último dia 05 deste mês.

A FUNAI dará suporte à Justiça Eleitoral com informações sobre os povos indígenas no Ceará, fornecendo dados sobre quantitativo de índios, localização das comunidades e contatos das suas lideranças e, em parceria com o TRE, auxiliará na indicação dos prédios públicos, preferencialmente escolas indígenas, para a realização dos trabalhos de alistamento, revisão, transferência e instalação das mesas receptoras de votos.

SEÇÕES

As seções eleitorais serão instaladas nas comunidades indígenas com, no mínimo, 20 eleitores aptos a votar. Nessas condições, de acordo com levantamento preliminar, deverão ser instaladas, em todo o estado do Ceará, 21 seções eleitorais, em 14 municípios (Aquiraz, Aratuba, Canindé, Caucaia, Crateús, Itapipoca, Itarema, Monsenhor Tabosa, Novo Oriente, Pacatuba, Poranga, Quiterianópolis, São Benedito e Tamboril). Segundo dados repassados pela FUNAI, existem hoje no Ceará 89 comunidades indígenas, em 17 municípios, onde residem cerca de 22.500 pessoas, das quais 14 mil estariam aptas a votar.

Com essa medida, o TRE do Ceará procura acolher os anseios dos povos indígenas, como reza o artigo 231 da Constituição federal, que reconhece aos índios sua organização social, costumes, línguas, crenças e tradições, e os direitos originários sobre terras que tradicionalmente ocupam. O convênio a ser assinado entre o TRE e a FUNAI também se baseia na Lei nº 6001, de 19.12.1973 (Estatuto do Índio), que determina ser dever do Estado a proteção das comunidades indígenas e a preservação dos seus direitos, com a garantia aos seus povos do pleno exercício dos direitos civis e políticos. Além disso, de acordo com a Declaração das Nações Unidas sobre os Direitos dos Povos Indígenas, de 13.09.2007, é garantido aos povos indígenas o direito a participar plenamente na vida política, econômica, social e cultural do Estado. 
 
(TRE-CE)

Além da prisão, quem não paga pensão vai pro SPC

321 6

Com o título “Pensão alimentícia e os maus pagadores”, eis artigo do advogado e professor Hélio Winston. Ele destaca a inclusão do nome do devedor dessa obrigação no cadastro de inadimplência.

A inclusão do nome do alimentante devedor nos cadastros de inadimplentes representa um fato novo, haja vista que até então isto não ocorria. Alguns Tribunais já entendem ser possível se proceder com tal medida como forma de garantir o adimplemento das pensões alimentícias devidas.

A execução de alimentos no direito brasileiro ocorre de duas formas, a primeira através da penhora de bens do alimentante executado (artigo 732/CPC). Já a segunda, sob a ameaça de prisão do devedor (artigo 733/CPC). Agora, alguns magistrados defendem a possibilidade de inclusão do nome do alimentante devedor nos cadastros de “maus pagadores” justificando nas constantes dificuldades para identificação e bloqueio/penhora de bens do inadimplente, já que em muitos casos o mesmo não possui bens, ou ainda os têm em nome de terceiros.

Alie-se a isto, o fato de que, como a execução baseada pelo artigo 733 do CPC refere-se apenas as três ultimas pensões, havendo parcelas mais antigas, a cobrança se dará pela forma do artigo 732, havendo assim a dificuldade acima relatada, sem falar nos executados que não têm nenhum constrangimento em ser preso por tal fato.

Necessário ser frisado que não há previsão legal, para a inserção do nome do alimentante nos cadastros de inadimplentes, e apoiadas, nessa premissa, existem correntes doutrinárias contrárias a possibilidade desse registro. Alegam que havendo a inclusão do nome do executado devedor, haverá uma afronta ao sigilo (segredo de justiça) que envolve o processo judicial de alimentos. Na verdade, o que há de ser realmente considerado, é que adoção da medida, mediante ordem judicial, deverá determinar o registro de informações sucintas, dando conta apenas da existência de uma execução em nome do devedor, não havendo, portanto, qualquer tipo de quebra de sigilo processual.

A dívida alimentar se equivale a qualquer outro tipo de débito. Leva-se em conta ainda as constantes insatisfações dos credores diante da morosidade da justiça em garantir o adimplemento da obrigação alimentícia, encargo fundamental, por se tratar da própria sobrevivência do alimentando. Nesse diapasão, é certo que os princípios fundamentais presentes na Carta Magna se sobrepõe a questionada quebra de sigilo – segredo de justiça (direito a intimidade) – que geralmente envolve as ações dessa natureza, tendo em vista o direito essencial à vida.

 A inovação jurídica ora comentada se mostra definitivamente como mais uma forma de garantir a obrigação alimentar, apresentando-se como uma ferramenta legítima de pressionar o inadimplente pagar a pensão alimentícia, diante das possíveis restrições bancárias, que poderão impedi-lo de proceder nas relações comerciais.

* Hélio Winston

Advogado e professor de Direito.

Secretário das Cidades fará balanço dos 100 primeiros dias de sua gestão

127 3

Novidade no ar administrativo do Governo Cid Gomes. O secretário estadual das Cidades, Camilo Santana, fará um balanço dos 100 primeiros dias de seu trabalho á frente dessa pasta, nesta segunda-feira, das 8 às 12h30min. Ele convida a imprensa e lideranças da comunidade para esse evento, que ocorrerá no auditório da Secretaria do Turismo, no prédio da Seplag (Cambeba). A reunião será conduzida por Camilo Santana, tendo ao lado o seu adjunto, o ex-deputado federal Eugênio Rabelo, e o secretário-executivo, Sérgio Barbosa, além dos cinco coordenadores da pasta que farão as explanações.

Entre as principais ações da Secretaria, estão as obras do Projeto Maranguapinho e a entrega de conjuntos habitacionais populares. Em março, a Secretaria entregou casas do residencial Blanchard Girão a 108 famílias que viviam em uma área de risco às margens do rio
Maranguapinho. Também foi feita a mudança de 240 famílias que viviam em área de ocupação para o residencial Leonel Brizola. Ainda na exposição, a construção de 14.977 kits sanitários no Estado e as ações da Cagece.

DETALHE – Camilo Santana tem nome cotado para a Prefeitura de Fortaleza e até para o Governo do estado em 2014.

Especialista fala sobre caos urbano em Fortaleza

109 1

“Cidades Sustentáveis” é o tema da palestra que o professor Ladislau Dowbor ministrará nesta sexta-feira, a partir das 18 horas desta sexta-feira, na sede da Associação dos Docentes da UFC (ADUFC). Ladislau Dowbor (PUC/SP) abordará questões relacionadas ao caos urbano. Ele apresentará ações que possam possibilitar o crescimento ordenado e sustentável das grandes cidades. 

A promoção do evento é da Pós-Graduação dao Curso de Sociologia, que tendo à frente o professor Cesar Barreira. Após a palestra haverá o lançamento do livro “A Revolução dos Monólitos – pioneirismo e trajetória do desenvolvimento sustentável em Quixadá”, que trata de uma intervenção de pesquisadores do curso de sociologia da UFC em Quixadá.

O PALESTRANTE

Ladislau Dowbor é graduado em Economia Política pela Universidade de Lausanne, na Suíça; mestre e doutor em Ciências Econômicas pela Escola Central de Planejamento e Estatística de Varsóvia; professor titular da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo; assessor para Assuntos Políticos do Secretário Geral da ONU; consultor para assuntos de Desenvolvimento das Nações Unidas; e coordenador geral da pesquisa “Plataforma: Cidades Sustentáveis”, documento elaborado para o Movimento Nossa São Paulo e para Rede Social Brasileira por Cidades Justas e Sustentáveis.

Há crise no PV do Ceará, garante Polô, que disputou o Senado pela legenda

135 1

Membro da direção estadual do Partido Verde, Paulo Eduardo Teixeira Lima, o “Polô”, que disputou o Senado no pleito passado pela legenda, rebate nota divulgada pela cúpula do PV cearense, que garantiu não haver crise. Segundo Polô, há crise no ninho dos “verdes”. Confira nota que ele mandou para o Blog:

Caro Eliomar de Lima,

Faço parte da direção estadual do PV e fiquei estarrecido com a resposta dada, em nome dessa mesma direção estadual do nosso partido. Veja:
 
1. Há crise no Partido Verde! De proporções ética e moral;

2. Não há transparência nas ações e muito menos cumprimento dos acordos;

3. A democratização não é desejo de todos. E sim, desejo dos que assinam a nota pela democracia interna do Partido Verde (cerca de 30% do diretório nacional, 30% do diretório estadual cearense e cerca de 90% dos diretórios municipais cearenses);

4. Seguir rigorosamente a determinação nacional, não significa que não se possa dar abertura para eleições nos municípios ao invés de indicação do presidente estadual;

5. O Partido Verde não está aberto à contribuição dos filiados, posto que não há atribuição alguma para um filiado que não exerça cargo de direção.

6. Todos os pontos citados anteriormente fortalecem a minha tese de que devemos mudar o rumo ditatorial “empreguinado” no PV por mais de 12 anos. Isso, porque a resposta dada pelo senhor Marcelo Silva – presidente estadual, é uma resposta “pessoal” e não da direção estadual. Nós, que fazemos parte dela, nem ao menos fomos consultados.

Atenciosamente, mas não menos estarrecido!
 
Paulo Eduardo Teixeira Lima – Polô
Dirigente Estadual do PV
 
Fortaleza, 08 de abril de 2011.

O alerta que vem do reitor da UFC

134 3

O reitor da Universidade Federal do Ceará, Jesualdo Farias, distribuiu, nesta sexta-feira, por meio de sua assessoria de imprensa, artigo intiutulado “O alerta de Realengo”. Ele aborda o massacre do Rio e a vulnerabilidade das nossas escolas e, também, das universidades. Confira: 
 
A brutal incursão de um matador pelos corredores da Escola Tasso da Silveira é uma tragédia que se abate não apenas sobre o bairro carioca do Realengo, mas enluta o Brasil inteiro. As crianças e adolescentes massacrados são cidadãos de um país continental que se está deixando envolver pelo império do terror. A lição que os sobreviventes aprenderam, naquela aula macabra, é a de que não mais existem territórios seguros em nosso país. Todo espaço – de trabalho, estudo, moradia, lazer – tornou-se vulnerável. Igualmente vulneráveis tornaram-se os campi das universidades em todo o País.

A sombra do medo, que se espraia com celeridade, impõe à Universidade uma reflexão. Há que se assumir, desde já, que segurança é responsabilidade de todos. Individual e coletivamente, estudantes, professores e servidores técnico-administrativos devem juntar-se à Administração Superior e aos gestores acadêmicos para discutir a violência e, de imediato, assumir atitudes capazes de refreá-la.

Somos, na UFC, uma comunidade de 40 mil pessoas. Temos vastos campi e milhares de pequenos e grandes espaços onde desenvolvemos nossas variadas atividades. Abrigamos, ademais, uma cultura do livre-pensar, do livre-agir e também do livre-transitar. De certa forma, cultivamos – e até cultuamos – características que, no contexto atual, nos tornam cada vez mais expostos à violência.

A Universidade não pode mudar, abdicando de um modus operandi que é sua marca institucional mais forte. Mas nós, que a fazemos, podemos assumir uma nova postura. Podemos nos tornar mais vigilantes, mais precavidos, mais participativos. Podemos e devemos nos envolver mais, quando se pautar o tema da segurança. Abrigamos grandes especialistas nessa área e precisamos ouvi-los. Não é de hoje que eles expedem alertas.
 
Por sua vez, as entidades representativas de todos os nossos segmentos precisam colocar-se na linha de frente dessa discussão, porque não mais estamos falando de interesses materiais, mas de um bem maior, que é a vida. Ao externar nosso sentimento de solidariedade às famílias enlutadas no Realengo, mais e mais nos convencemos de que, no Brasil, é hora de nos darmos as mãos.

Jesualdo Farias,

Reitor da UFC.