Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Professor destaca Cid na Educação, mas quer melhor avanço negociando com docentes em greve

233 3

Eis artigo do professor e escritor Kelsen Bravos intitulado “O Governo Cid Gomes e a Educação”. No texto, avanços da gestão no plano educacional, mas apelo ao bom senso do govenador para que resolva a reve dos diocenes. Confira:

A sociedade cearense e a de todo o país vê estarrecida a inabilidade do governo do Ceará em resolver a questão da greve dos professores do estado. Por várias vezes, a situação pareceu caminhar para o entendimento, mas frases e atitudes negativas por parte do governador arruinaram a negociação. O que surpreende é que Cid Gomes, bem diferente da postura intempestiva, por vezes tresloucada, que tanto prejudicou o seu irmão Ciro Gomes em eleição para presidente da República, tem a marca de excelente negociador e fama de ser um grande republicano, um verdadeiro democrata, além de excelente gestor.

De fato, competência técnica na gestação e gestão de projetos estratégicos em todos os setores tem sido a marca do governo de Cid Gomes. Na Educação, por exemplo, tem demonstrado para todo o Brasil excelentes caminhos a seguir. Ressalte-se as experiências do ensino profissional e o Programa Alfabetização na Idade Certa (PAIC). Para ficar perfeito precisa manter essa postura em relação aos profissionais da educação.

Habilitação técnica, cidadania e protagonismo juvenil
No que se refere a educação profissional, a meta é, até 2014, entregar para a sociedade cearense uma  rede de Escolas Estaduais de Educação Profissional composta de 130 unidades.
 
Fonte: Portal do Governo do Estado do Ceará
De janeiro de 2008 a agosto de 2011, já foram inauguradas 77 unidades onde os estudantes permanecem das 7h às 17 horas, em dupla jornada durante as quais faz três refeições diárias, recebe livros didáticos e técnicos, e apoio permanente à aprendizagem e à formação.O turno da primeira jornada contempla o currículo tradicional. O período da segunda desenvolve um curso profissionalizante. O total de matrículas efetivas já é de 28 mil jovens estudantes conquistando uma habilitação profissional técnica e uma vivência de cidadania, por meio da promoção do protagonismo juvenil.

A negociação do PAIC
Erradicar o analfabetismo escolar nas primeiras séries do Ensino Fundamental em todo o Estado do Ceará. Eis a meta do Programa Alfabetização na Idade Certa. Para tanto, fez-se, graças a habilidade de negociador do governador Cid Gomes, uma inédita parceria, acima de qualquer matiz ideológico, mas de extrema importância política (no sentido mais saudável do termo).  Todos os 184 municípios cearenses aderiram ao programa e se beneficiaram com as pesquisas, fornecimento de material didático, consultoria e incentivos para as escolas, professores e alunos, oferecidas pela Secretaria Estadual de Educação do Ceará – SEDUC-CE.

A revolução silenciosa
Os números já impressionam. Com diagnósticos, índices e indicadores tecnicamente definidos, o quadro das primeiras séries do ensino fundamental cearense, em 2007, era aterrador; entretanto, em vez de se queixar e ter medo de enfrentar os desafios, os profissionais da Educação do Ceará (estado e municípios), com espírito público e compromisso social, fizeram uma revolução silenciosa: em 2007 apenas 14 municípios apresentavam índices satisfatórios de alfabetização nas primeiras séries do Ensino Fundamental; em 2010, foram 141 com resultados satisfatórios e a parcial de 2011 aponta que essa conquista já é dos 184 municípios.

Reconhecimento e respeito
Ponto para os gestores e profissionais da Educação do Ceará. Nenhuma dessas metas, ressalte-se, seria atingida sem a participação dos professores, que merecem o reconhecimento e o respeito de todos. Do mesmo modo merecem aplausos todos os gestores municipais e técnicos da educação que apoiam e acompanham de perto as ações do PAIC.

Reeleição
Esses resultados foram determinantes para a reeleição de Cid Gomes ao governo. A Educação pesou muito. Foi o carro chefe de sua campanha. Os professores de todo o Ceará confiaram-lhe o voto, porque acreditam no seu projeto de governo. E havia a promessa de valorização profissional da categoria.

A valorização do profissional
Mas devido a inúmeras recusas de negociação, desde o início de agosto, os professores do estado estão em greve para reivindicar o cumprimento da determinação do Supremo Tribunal Federal que é o pagamento do piso profissional do Magistério Público da Educação Básica, conforme a Lei Federal nº 11.738. A categoria quer simplesmente a adequação das leis estaduais Nº 12.066 (que trata do Plano de Carreira do Magistério da Educação Básica) e Nº 10.884 (que trata do Estatuto do Magistério Oficial do Estado) à referida Lei Federal.

Privatização
Talvez a razão para o desconforto da atual gestão em acatar a reivindicação da categoria seja o fato de que, para atendê-la, tenha de fazer uma mudança radical no que parece ser um processo de privatização do ensino púbico, pois as escolas profissionalizantes têm em seus quadros cerca de 75% de professores com vínculo empregatício regido pela Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT). Do mesmo modo é também muito grande o número de contratos temporários na educação. Esta é uma situação incompatível à atual legislação. Precisa-se, urgente, promover concurso público e imediatamente efetivar os aprovados.

Voto no entendimento pelo amor ao Ceará
Acredito no bom senso. Nenhuma carreira política sobrevive ao desrespeitar os profissionais da educação. O Ceará não merece o enfraquecimento de seu melhor gestor nos últimos 30 anos, e nem merece um gestor que enfraqueça a mais estratégica das áreas sociais que é a educação. Creio que o clamor que está nas ruas, nas escolas e nos lares não seja ignorado pelo Palácio da Abolição, que deve ter suas razões para tanta negativa; mas elas precisam ser ditas, e ditas com respeito a pais e mães de família, que trabalham e trabalham sério. Os argumentos do governo têm de ser apresentados para avaliação dos profissionais da educação e da sociedade cearense. Afinal todos amamos o Ceará.

* Kelsen Bravos é professor, editor, escritor, consultor na área do livro, leitura, literatura e cultura digital, membro da executiva da Câmara Cearense do Livro (vice-presidente), membro do Conselho Municipal de Política Cultural (Literatura), membro da executiva do Fórum da Literatura, do Livro e da Leitura do Ceará – FLLLEC. membro do Colegiado Setorial (Mediação da Leitura) de Livro, Leitura e Literatura do Conselho Nacional de Política Cultural – CNPC/MinC – suplente.

Philip Kotler, o "mago do marketing", agenda conferência em Fortaleza

Philip Kotler, autor de 51 livros traduzidos para mais de 20 idiomas, estará em Fortaleza no dia 30 deste mês para ministrar um seminário no Coliseu La Maison, das 14 às 18h30min, sobre Marketing 3.0 e seu novo papel em um mundo conectado por redes.

Professor da Kellogg School of Management, da Northwestern University, Kotler atua há quatro décadas na área, desenvolvendo conceitos vigentes até hoje. Seu livro “Marketing management” é considerado a bíblia do marketing e é usado por praticamente todas as escolas de negócios do planeta. Foi listado pelo The Wall Street Journal como a 6ª pessoa mais influente no mundo dos negócios e presta consultoria para as maiores empresas do mundo.

SERVIÇO

* As inscrições podem ser feitas em São Paulo pelo telefone (11) 4689-6666 ou para outras cidades pelo número 0800 771 6606.

* Mais informações: eventos@hsm.com.br

Copa 2014 – A polêmica remoção das famílias em nome do VLT

188 5

Em sua coluna “Concidadania”, do O POVO deste domingo, o jornalista Waldemar Menezes aborda a polêmica em torno das remoções de famílias que o Governo do Estado anuncia que vai fazer para construir o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) que ligará Mucuripe a Parangaba. A obra faz parte da Copa 2014. Confira:

A aprovação do EIA/Rima pelo Conselho Estadual do Meio Ambiente (Coema), esta semana, abre caminho para a remoção de 3.500 famílias que residem às margens dos trilhos por onde passará o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), no trecho Parangaba – Mucuripe. O fato de se tratar de uma obra destinada ao evento da Copa do Mundo e que beneficiará a mobilidade urbana não justifica a forma adotada para viabilizá-la: a remoção de uma comunidade inteira sem a prévia destinação de uma área, nas imediações, para recolocá-la, como determina o Plano Diretor de Fortaleza, as diretrizes da ONU sobre organização habitacional e a própria doutrina do Direito. Esta faz distinção entre desapropriação (direito individual) e remoção (direito coletivo). Esta última é condenável, como bem denuncia o Comitê Popular da Copa. Ora, é possível construir uma alternativa que atenda a todos..

Críticos estão estarrecidos com o fato de as três administrações (municipal, estadual e federal) lideradas por partidos que se dizem pertencentes ao campo socialista (PT e PSB) sacramentarem a forma autoritária de tratar uma comunidade de moradores pobres de Fortaleza, removendo-a sem reassentá-la em condições que preservem seus laços comunitários, ainda que em nome de suposto interesse coletivo. A iniciativa traz de volta a lembrança de outro equívoco: a tentativa de instalar a todo custo um estaleiro numa das paisagens mais privilegiadas da orla de Fortaleza, cometido pela administração estadual pessebista. Agora, estaria prestes a repetir a mesma metodologia autoritária na execução do projeto do VTL (foto). A surpresa é a possibilidade de o PT embarcar também nesse barco furado, deixando de apostar numa alternativa que atenda a todos os lados. 

Em Londres, na Inglaterra, a orientação da política pública urbana é não aceitar a segregação envolvida no conceito de “bairros populares” e “bairros ricos”. Lá, a idéia é misturar os vários segmentos sociais: camadas populares e camadas mais abastadas devem morar lado a lado. Essa convivência é boa, não só por reduzir a violência e o preconceito, mas por fazer com que a mão de obra fique ao alcance de quem pode utilizá-la, e vice-versa. Cada lado passa a entender a importância do outro. Se tiverem por um imperativo incontornável de remover uma comunidade, esta é reassentada em área próxima de onde morava antes para que seus membros não percam seu ambiente cultural, seus laços comunitários, seu mercado de trabalho, nem o acesso aos serviços públicos a que estavam conectados. Essa é a orientação. Que tal fazer o mesmo, aqui?

Geopark Araripe promove ação contra tráfico de fósseis

O Geopark Araripe, por meio do núcleo de Educação Ambiental, realizará nos dias 8 e 9 de setembro as oficinas de Réplica de Fósseis e Material Reciclado no município de Missão Velha.

O objetivo dessas oficinas é levar o conhecimento sobre o Geopark, ajudar a combater, através da educação, o tráfico de fósseis e incentivar as pessoas a reutilizar materiais de forma sustentável.

(Coluna Cariri, do O POVO)

Olha o "Carro da Vassoura"!!

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=PHxQDydcAIU[/youtube]

Quem circula por Fortaleza, já viu de tudo em matéria de comércio. Bem, depois do “Carro do pão”, “Carro dos ovos”, “Carro das redes”, eis que apareceu nesta manhã de domingo, pelas ruas do bairro Parquelândia, o “Carro da vassoura”. Anunciava a promoção: “Quatro vassouras por R$ 10,00”.

Deu para fazer a festa do dono dos produtos e de muitos clientes, mas com uma reclamaçãozinha: bem que podia passar mais tarde com aquele som estridente. 

“Às 7 horas de um domingo, merecia uma cabadas de vassoura!”, reclamou uma senhora que, mesmo assim, fez sua comprinha.

CAPS em situação de caos

Os Centros de Atenção Psicossocial (CAPS ) estão abandonados. Segundo a clientela, faltam médicos, alimentação e remédios básicos como Carbolítium, Amytril, Haldol, Fluoxetina, entre outros, sem data prevista para chegar.

Diante desse caos, o Conselho do CAPS da Secretaria Executiva Regional IV (Avenida Borges de Melo, 210) vai se reunir na próxima segunda-feira, às 9 horas, para formalizar protesto junto a Prefeitura.

Prefeitura inicia recadastramento de servidores dia 12

A Secretaria da Administração de Fortaleza incia, no próximo dia 12, o recadastramento dos servidores municipais. Segundo o titular da pasta, Vaumik Ribeiro, o pessoal da ativa responderá questionários em seu local de trabalho, enquanto inativos serão atendidos nas agências da Caixa Econômica.

De acordo com ele, hoje são cerca de 35 mil servidores na ativa, mas só 26 mil, filiados ao Instituto de Previdência do Município (IPM), deverão se recadastrar.

O prazo dese recadastramento vai até o fim do próximo mês, adianta o secretário. A ordem é atualizar e saber quanto são os servidores, o que fazem, onde estão e quais suas perspectivas.

Câmara Municipal debaterá Inclusão Digital

A Câmara Municipal de Fortaleza promoverá nesta segunda-feira, a partir das 14 horas, em seu auditório, uma audiência pública sobre o tema “Inclusão Digital e Software Livre”.
A Inclusão Digital é hoje uma condição para os avanços no processo de inclusão social, com melhores condições de ampliar os conhecimentos, geração de novos arranjos produtivos, empregos e renda, justifica a Casa para a realização desse debate.

Cantor Diassis Martins faz show na Feira da Agricultura Familiar

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=kNg3hqBicUk[/youtube]

O cantor Diassis Martins é atração, nesta noite de sábado, da Feira Estadual da Agricultura Familiar, que ocorre no parque de exposições da Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA), na avenida Bezerra de Menezes (Bairro São Gerardo).

O show – “Gostoso demais”, começa às 20 horas e Diassis promete não deixar ninguém parado.

Prefeita, que criticou aterro de Juraci, vai fazer o mesmo na Beira Mar

408 22

1ª gestão – Luizianne recebendo o Paço de Juraci.

Com o título “A História escrita pelos vencedores”, eis artigo do jornalista Luiz Henrique Campos, do O POVO. No texto, ele aponta a velha contradição das nossas esquerdas: quando está na oposição, questiona tudo de quem está no poder mas, quando está no poder, repete os mesmos passos daqueles que foram criticados no passado. Confira:

Revisitar a história, além de prazeiroso, é sempre um grande exercício no sentido de se corrigir erros e apontar para mudanças de rumos e conceitos. Faço essa breve reflexão depois de ler no O POVO matéria sobre o projeto que prevê a engorda de trecho de praia na Beira Mar proposto pela Prefeitura de Fortaleza.

De acordo com a maquete, o trabalho, que faz parte da ação de requalificação urbana da área, estabelece o aterramento de 80 metros em extensão de até 1.300 metros, no trecho localizado entre a Desembargador Moreira e a Rui Barbosa. Com base na maquete, não há dúvida de que o projeto é grandioso e bem interessante.

A referência à questão histórica, todavia, se faz necessária, pois, em 2000, Fortaleza vivenciou polêmica quando do projeto de aterramento de trecho da praia de Iracema. Na época, o então prefeito Juraci Magalhães quase foi imolado em praça pública por levar adiante o projeto. Não faltaram críticos a detonar a obra sob os mais variados argumentos, desde a questão ambiental até a possibilidade do local vir a servir como espaço de especulação imobiliária. Houve quem prognosticasse que o aterramento não resistiria cinco anos e que a verba gasta ali estaria sendo jogada fora.

Pois bem, já se vão mais de 10 anos, e a obra, que de forma pejorativa chegou a ser chamada de aterro do Juraci, virou cartão-postal da cidade. Em vista disso, mudou de nome, passou a ser conhecida como aterro de Iracema – mais charmoso, ou aterrinho, de forma mais íntima.

O interessante é que muitos dos críticos daquele tempo estão hoje na Prefeitura ou são ligados à gestão municipal. Desses, nenhuma autocrítica. Ao contrário, agora pretendem promover aterramento bem maior do que o realizado pelo velho Juraci.

Para o futuro, se tudo der certo, ainda ficarão com o mérito de terem criado um dos réveillons mais famosos do País, bem como ampliado a faixa de praia da Beira Mar. É, não há dúvida de que a história é mesmo escrita pelos vencedores.

*Luiz Henrique Campos, lhcampos@opovo.com.br

Editor-adjunto do Núcleo de Conjuntura do O POVO

Centro de Pesquisas em Aquicultura do DNOCS aprimora criação de pirarucu

O Centro de Pesquisas em Aquicultura do DNOCS, situado em Pentecoste (Vale do Curu), acaba de receber um moderno equipamento de vídeo-laparoscopia que será utilizado na identificação precoce do sexo de pirarucus. Essa tecnologia foi desenvolvida no referido Centro pelos técnicos do DNOCS, com apoio de uma equipe da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Ceará (UFC).
Segundo o coordenador de Pesca e Aquicultura do DNOCS, Pedro Eymard Mesquita, os pirarucus iniciam a reprodução com mais de três anos de idade. Somente nesse período é que apresentam algum sinal externo de dimorfismo sexual.
Com a tecnologia desenvolvida, animais de seis meses de idade já podem ser identificados e selecionados para formar os planteis de reprodutores, a um custo significativamente mais baixo, possibilitando o aumento da produção de alevinos dessa espécie.

No Teatro do Sesc, tem o musical "UI, o Príncipe"

Neste sábado e domingo, a partir das 17 horas, tem espetáculo novo no Teatro do Sesc Emiliano Queiroz. Trata-se do musical infanto-juvenil “UI, O Príncipe”, do grupo “Gente Q Pensa”. O espetáculo, que ficará em cartaz nos fins de semana deste mês, é uma criação de três atores do grupo, com adaptação de Marcos Fábio Oliveira. A direção geral é da coreógrafa Valéria Pinheiro.
O QUE É?
UI é um príncipe  em busca de um amor, mas, devido a sua aparência, encontra dificuldades para encontrar sua cara metade. Persistente, um dia encontra uma companheira: uma bela princesa chamada Elô. Diante de tanta beleza, passa a se preocupar exageradamente com sua aparência física e quer, a qualquer custo, mudá-la para agradar a princesa.
A peça traça um paralelo entre o Belo e Feio, principalmente quando esse padrão de beleza, muitas vezes, é imposto pela sociedade.
O musical “Ui, O Príncipe”  foi o único espetáculo do Nordeste selecionado para participar, em agosto de 2012, do Festival Nacional de Teatro Infantil que ocorrerá em Cariacica, no Espírito Santo.
SERVIÇO
Teatro SESC Emiliano Queiroz – Avenida Duque de Caxias, 1701 – Centro (em frente ao DNOCS)
Ingresso: 10 reais (inteira) 5 reais (meia)
* Elenco: Alexandre Lima, Camila Franklin, Willams Santos, Jonathan de Souza, Marina.
(Foto – Divulgação)

TRE e a expectativa das eleições em Jardim e Umirim

Eleitores das cidades de Jardim e Umirim já estão na expectativa de eleger, neste domingo, seus novos prefeitos e vice-prefeitos. As eleições suplementares nas duas cidades serão realizadas por conta da cassação dos prefeitos, eleitos em 2008, por corrupção eleitoral e abuso de poder econômico. As juízas dos cartórios eleitorais de Jardim, Alexsandra Lacerda Batista Brito, e de São Luís do Curu (Umirim), Ana Cláudia Gomes de Melo, estão realizando os últimos preparativos para as eleições suplementares.
Confira os números das eleições nos dois municípios e os telefones de contato dos servidores dos Cartórios Eleitorais. A divulgação é por conta do Tribunal Regional Eleietoral:
107ª ZE – São Luís do Curu – UMIRIM
Endereço (S.Luís do Curu): Rua Florêncio Tabosa, S/N Centro CEP 62.665-000
Telefones (85) 3355-1086 (Cartório Eleitoral de São Luís do Curu)
(85) 3364-1368 e 3364-1370 (Fórum de Umirim)
Juíza Eleitoral: Ana Claudia Gomes de Melo
Promotor Eleitoral: Cláudio Feitosa Frota Guimarães
Chefe de Cartório: Vânia Maria da Costa Barros Lins – Tel: (85) 9973-4386
Seções com urnas: 44
Agregadas: 11
Locais de Votação: 16
Eleitores: 14.188
Mesários: 176
Servidores: Roberto Wayne Teixeira Lopes e Valdirene Ferreira Cunha
42ª ZE – JARDIM
Endereço: Rua Santo Antônio, S/N Centro CEP 63.290-000
Telefones (88) 3555-1338
Juíza: Eleitoral Alexsandra Lacerda Batista Brito
Promotor: Eleitoral Leonardo Gurgel Carlos Pires
Chefe de Cartório: José Gilson Andrade da Silva – Tel:  (88) 8106-6587
Seções com urnas: 77
Agregadas: 11
Locais de Votação: 32
Eleitores: 21.267
Mesários 308
Servidores: Maria Eunita Pinheiro Rodrigues e Maria Socorro Coelho

(Com site do TRE/CE)

Grupo de estudantes visitará polo moveleiro de Marco

184 1
O presidente do Sindicato das Indústrias do Mobiliário do Ceará (SindMóveis), Junior Osterno, receberá, na próxima terça-feira, estudantes do curso de Design de Interiores da Faculdade Integrada do Ceará (FIC), no Arranjo Produtivo Local (APL) do município de Marco.
A ideia é levar 30 alunos da disciplina de Design Mobiliário para conhecer os processos de industrialização de diversos materiais, com madeiras planas e naturais, entre eles armários, mesas, cadeiras, camas, poltronas e outros.
Marco foi escolhido por constituir-se como o maior pólo moveleiro do Ceará. Ali, são 28 empresas, entre micro, pequenas e grandes gerando aproximadamente 1.700 empregos diretos.

Unimed Fortaleza vai ao shopping

A Unimed Fortaleza disponibilizou, a partir deste mês, mais um serviço para sua clientela. No Shopping Iguatemi, montou um estande que ferece uma série de serviços como alterações cadastrais.

Localizado na segunda etapa do piso térreo, o estande ainda disponibiliza segunda via de fatura, segunda via de imposto de renda e acesso a informações sobre prestadores e médicos cooperados.

A clientela da Unimed Fortaleza também pode contra com o empréstimo de carrinhos para bebês e cadeiras de rodas, operando sempre no horário de funcionamento do shopping, inclusive aos fins de semana.

Coelce é condenada a indenizar cliente que teve energia cortada indevidamente

“A Companhia Energética do Ceará (Coelce) deve pagar R$ 6 mil para C.M.F.T., que teve a energia da residência cortada de forma indevida. A decisão foi da juíza Maria de Fátima Pereira Jayne, respondendo pela 19ª Vara Cível do Fórum Clóvis Beviláqua. De acordo com o processo (nº 77858-87.2008.8.06.0001/0), a cliente firmou termo de confissão de dívida com a Coelce em 15 de setembro de 2006, tendo pago R$ 700,00 à vista e dividido o restante do débito em 24 meses. Afirmou ter realizado o pagamento de nove parcelas, quando a empresa suspendeu, sem qualquer explicação, o parcelamento, protestou o valor total da dívida e inscreveu o nome de C.M.F.T. em órgão de proteção ao crédito.

Sentindo-se prejudicada, ingressou na Justiça com ação requerendo indenização de R$ 48 mil, a título de danos morais. A Companhia alegou que a consumidora cancelou o parcelamento, sob a justificativa de que iria pagar a dívida à vista em função da necessidade de trocar a titularidade da unidade consumidora. No entanto, a cliente não teria efetuado o pagamento.

Ao analisar o caso, a juíza Maria de Fátima Pereira Jayne considerou que a Coelce não provou que C.M.F.T. tenha cancelado o parcelamento, que vinha sendo pago regularmente. A magistrada fixou a quantia da reparação moral em R$ 6 mil, para não representar enriquecimento sem causa. A decisão foi publicada no Diário da Justiça Eletrônico da última quarta-feira.”

(Site do TJ-CE)

Comunidade Maravilha terá sábado de prestação de serviços

As 606 famílias da Comunidade Maravilha serão beneficiadas neste sábado com uma ação social que ocorrerá das às 9 às 14 horas, no Complexo Esportivo da Maravilha. A Caixa Econômica Federal (CEF), a Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado, SINE-IDT e a Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) oferecerão prestação de serviços. Haverá também apresentação cultural. A mobilização teve à frente a Fundação Habitafor.

A Caixa emitirá Cadastro de Pessoas Física (CPF), realizará serviço de informações sobre FGTS, PIS, Seguro Desemprego, Programa Minha Casa Minha Vida, conta fácil simplificada e de emissão de extratos.

A SEJUS, por meio do Caminhão da Cidadania, emitirá 1ª e 2ª vias de Registro Geral (RG), CPF, dentre outros. Já o SINE-IDT fará emissão de Carteira Profissional de Trabalho e realização do Cadastro de Trabalhadores. A SDE levará informações sobre o Programa Agência Cidadã de Crédito (PAC); Comercialização, Feiras e Artesanato; o Apoio ao Empreendedor Individual; a Cozinha Popular; as economias Criativa e Solidária; a Agricultura Urbana e sobre o CredJovem.

SERVIÇO

Local: Complexo Esportivo da Maravilha

Endereço: Início da BR 116, logo depois da rotatória da av. Aguanambi.

(Com Fundação Habitafor)