Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Beach Park é a maior alavanca do turismo do Ceará, diz Arialdo Pinho

Em São Paulo, o titular da Secretaria do Turismo do Estado, Arialdo Pinho, trata, com operadores do setor, sobre impactos do acidente registrado no Beach Park e que resultou na morte do jornalista Ricardo José Hilário da Silva, na última segunda-feira.

Ele estava em uma boia com mais três pessoas no “Vainkaraá”, brinquedo que havia sido inaugurado no fim de semana.

O Governo do Estado lamentou muito o episódio e se solidarizou com a família.

Sobre o Beach Park, Arialdo chegou a comentar: “É a maior alavanca do turismo do Ceará”.

Transposição vira sonho de Natal para os cearenses

Da Coluna do Eliomar de Lima, no O POVO desta quinta-feira:

A água do rio São Francisco chegará mesmo ao Ceará, por Jati, na Região do Cariri, em dezembro próximo. A nova previsão é do secretário dos Recursos Hídricos do Estado, Francisco Teixeira, que bateu ontem à porta do Ministério da Integração Nacional cobrando faturas de um projeto por onde essa bênção franciscana vai entrar, no caso o Cinturão das Águas (Caic). Teixeira quer R$ 100 milhões prometidos pelo governo Temer e que emperraram, feito o projeto, na velha burocracia de Brasília.

Sobre o Caic, ele diz que só o quarto dos cinco lotes está parado. Ainda sobre a transposição, o secretário diz estar confiante no novo consórcio (Ferreira Guedes, Toniollo e Busnello), pois o ritmo do trabalho de 24 horas abre a perspectiva de que o cronograma não sofra mais obstruções.

Por aqui, todos ficamos com a caneca na mão aguardando essa santa água, certos de que em 2019 o bom São Pedro marcará presença.

(Foto – Arquivo)

General Theophilo faz maratona e visita 12 municípios

Capitão Wagner, General Theophilo e Raimundo Gomes de Matos e o violeiro.

Foram 12 cidades em cinco dias, e 18 entrevistas para rádio e televisão. A verdadeira maratona do general Guilherme Theophilo (PSDB), pré-candidato ao Governo do Ceará, parece tentar recuperar o tempo perdido da indefinição do grupo da oposição.

Nas andanças pelo interior do Estado, adversários do governador Camilo Santana (PT) tentam aglutinar forças políticas na reta final para a data da convenção da oposição, marcada para o dia 29 deste mês.

Ao lado de lideranças opositoras ao Governo, como Capitão Wagner (Pros), Roberto Pessoa (PSDB), Eduardo Girão (Pros) e Lúcio Alcântara (PSDB), o pré-candidato tucano ao Palácio da Abolição visitou os municípios de Russas, Limoeiro do Norte, Jaguaribe, Icó, Iguatu, Brejo Santo, Barbalha, Juazeiro do Norte, Assaré, Jucás, Nova Olinda e Crato.

Presente nos atos do general em diversos eventos, o pré-candidato ao Senado, Eduardo Girão (Pros), afirmou que “a recepção foi a melhor possível”, que a população, entusiasmada com a figura do tucano, busca “uma renovação no Ceará”. “(General) É um homem correto, um verdadeiro missionário, e a receptividade das pessoas foi surpreendente. Estamos convictos de que estamos no caminho certo”, declarou Girão.

Um dos nomes tucanos dispostos a ocupar a segunda vaga nas candidaturas ao Senado, Luiz Pontes (PSDB), destaca a “receptividade” do correligionário nas caminhadas pelas cidades do Interior. “Ele tem tido oportunidade de conversar com as pessoas. É uma pessoa de muito diálogo, e foi uma condição que ele exigiu (para ser candidato), que ele pudesse conversar com as pessoas”, disse o ex-senador. Para o tucano, a receptividade chega a ser uma “surpresa” positiva.

Theophilo encerrou a maratona de visitas ao Interior na noite de terça-feira, 17, na cidade do Crato onde participou, no Instituto Cultural do Cariri, do lançamento do projeto de revitalização da entidade e visitou a feira agropecuária — Festival Expocrato 2018.

O militar reformado embarcou ontem para São Paulo com objetivo de ter uma reunião hoje pela manhã com o pré-candidato à Presidência da República, Geraldo Alckmin (PSDB). Na pauta, o palanque do ex-governador paulista no Ceará. Na tarde de hoje, Theophilo se reúne com o secretário da Segurança Pública de São Paulo, Mágino Barbosa Filho.

A convenção da oposição será realizada de forma conjunta, entre PSDB e Pros. Até lá, o PSDB deverá indicar um nome para compor a segunda vaga de senador na chapa majoritária encabeçada pelo PSDB.

(O POVO – Repórter Wagner Mendes/Foto – Divulgação)

Camilo reúne 38 deputados estaduais e 10 federais para comunicar sua pré-candidatura à reeleição

620 2

O governador Camilo Santana (PT) reuniu, nessa noite de quarta-feira, na Residência Oficial, 38 deputados estaduais (são 46 na Assembleia Legislativa) e 10 deputados federais. Comunicou, na ocasião, que já está como pré-candidato à reeleição e que, dia 30 próximo, a partir das 20 horas, no Marina Park Hotel, quer vê-los nesse encontro.

Durante o jantar, Camilo anunciará publicamente sua pré-candidatura e adiantará também que a convenção que homologará seu nome para o Abolição está marcada para 5 de agosto. O local está em acertos ainda.

(Foto – Divulgação)

TJ do Ceará arrecada 148,5 kg de leite para o Iprede

Magistrados e servidores do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) se mobilizaram e arrecadaram 148,5 kg de leite que beneficiarão as crianças atendidas pelo Instituto da Primeira Infância (Iprede), em Fortaleza. Quem trafegou pelo Palácio da Justiça nos últimos dias, pôde observar caixas personalizadas da campanha.

“Quem doou o material, não depositou apenas alimento, mas esperança para aqueles que precisam”, descreveu o chefe da Assessoria de Cerimonial do Tribunal, Silvio de Paiva Ribeiro, que representou o presidente do Judiciário cearense, desembargador Gladyson Pontes, durante a entrega do leite, que ocorreu na segunda-feira (16/07), na sede do Iprede.

Para o assessor, a iniciativa representa “gesto de solidariedade e de amor ao próximo. Nessas atitudes também promovemos Justiça”, acrescentou.

O presidente do Instituto, Sulivan Mota, ressaltou a importância da atitude. “Isso reflete que a sociedade está enxergando o trabalho do Iprede, no sentindo não só de receber ajuda, mas em uma demonstração de Justiça. Ficamos muito gratos com esse olhar do Judiciário.”

SERVIÇO

*Iprede é dedicado a promover a nutrição e o desenvolvimento na primeira infância.

*Endereço – Rua Professor Carlos Lobo, 15, bairro Cidades dos Funcionários.

*As doações podem ser feitas a qualquer momento. O telefone para contato é 85 – 3218-4000.

Ceará, enfim, “estreia” no Brasileirão e quebra jejum de 16 jogos sem vitória

Em uma noite em que tudo deu certo para o Vozão, o Ceará enfim venceu a primeira no Brasileirão, ao marcar 1 a 0 sobre o Sport, nesta quarta-feira (18), no estádio Presidente Vargas, na partida que marcou o retorno da Série A, após as disputas da Copa do Mundo. O Vozão não vencia há 16 jogos, sendo 12 pelo Brasileirão e quatro pela Copa do Nordeste.

Arthur, aos 9 minutos da segunda etapa, marcou o gol da vitória alvinegra.O Ceará volta a campo na segunda-feira (23), no Beira Rio, contra o Internacional.

(Foto: Reprodução)

Publicada no Diário Oficial do Estado lei que cria cargos para concurso público da Ematerce

974 1

Saiu, na edição do Diário Oficial do Estado (DOE) desta quinta-feira (19), a lei que criou cargos do concurso público para a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará (Ematerce).

A seleção será aberta com 263 vagas, sendo 196 para profissionais de nível médio e 67 para nível superior.

A lei que autoriza o certame foi sancionada nessa quarta-feira pelo governador Camilo Santana, sendo que o edital com os detalhes do concurso público será lançado ainda este mês.

(Foto – Divulgação)

Roberto Menescal cantará durante a festa do Troféu Clóvis Rolim

Um dos pais da Bossa Nova, Roberto Menescal, vai se apresentar, no Theatro José de Alencar, durante a cerimônia de entrega do Troféu Clovis Rolim, a maior comenda concedida pela Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Ceará (FCDL).

O compositor, arranjador e produtor de grandes mitos como Elis Regina e Emílio Santiago cantará suas inesquecíveis e antológicas canções em uma noite que reunirá os maiores empresários do comércio cearense. Neste ano, o agraciado com o troféu será José Alves de Oliveira, o Zenir (Lojas Zenir).

(Foto – Divulgação)

Basta, senhor governador! Basta, senhor secretário!

Em artigo sobre o assassinato de advogados no Estado, o secretário-geral adjunto e corregedor da OAB-CE, Fábio Timbó, diz que o governo do Ceará precisa agir no “combate certeiro dessa escalada de crimes contra os que defendem as liberdades e o Estado Democrático de Direito”. Confira:

A advocacia cearense exige atitudes e posturas sérias em relação aos gravíssimos atos atentatórios ao exercício de nossa profissão. Dois últimos homicídios brutais contra membros de nossa honrada classe, sob o olhar leniente e ineficaz do Estado!

A advocacia não tolerará essa verdadeira caçada aos nossos colegas, sem que haja uma resposta efetiva do Governo contra essa perseguição à classe.

É hora de agir.

As manifestações escritas são importantes, mas o que precisamos agora é de ação estatal voltada ao combate certeiro dessa escalada de crimes contra os que defendem as liberdades e o Estado Democrático de Direito.

A OAB-CE, neste contexto, não pode se limitar a tímidas notas de pesar, sem atacarmos o núcleo do problema: insegurança pública e falta de combate a esta nova modalidade de violência contra a classe.

É hora de trazermos ao cenário o Conselho Federal, as entidades advocatícias nacionais e internacionais e denunciarmos o que está acontecendo em nosso Estado do Ceará.

Os advogados e advogadas cearenses estão estarrecidos com a audácia da criminalidade em exterminar colegas de profissão, sem que haja uma enérgica providência governamental. Cobraremos, em todas as instâncias, a adoção eficaz de medidas por parte dos senhores !

Fábio Timbó, secretário-geral adjunto e corregedor da OAB-CE

TJ condena Cartório de Aracati a pagar indenização por emitir certidão de óbito de pessoa viva

Close-up Of Judge Writing On Paper With Gavel And Scale At Desk

A 1ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) determinou, nesta quarta-feira (18), que o Cartório de Registro Civil – 1º Ofício de Aracati pague R$ 7 mil de danos morais por ter emitido certidão de óbito em nome de pessoa viva. O relator do caso, desembargador Heráclito Vieira de Sousa Neto, destacou que os notários e oficiais “têm o dever de adotar as cautelas necessárias para garantir a correção dos dados a serem registrados, devendo analisar detidamente os documentos apresentados”. A informação é da assessoria de imprensa do TJCE.

Segundo o processo, em 2013, um pedreiro morador daquele município, distante 148 km de Fortaleza, descobriu que havia certidão de óbito em nome dele. Isso ocorreu ao buscar auxílio-doença junto ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), que negou o benefício por essa razão.

Caso do pedreiro

O pedreiro ingressou com ação na Justiça estadual, pedindo a anulação da certidão e indenização moral. Alegou ter sofrido constrangimento para provar que está vivo e que precisou recorrer ao Judiciário Federal para ter acesso ao auxílio do INSS.

Na contestação, o Cartório argumentou ter lavrado, de forma legítima, a certidão com base em documentação emitida pela Secretaria de Saúde de Aracati, em julho de 2012. Por esse motivo pediu a improcedência da ação.

Em abril de 2015, o Juízo da 1ª Vara daquela Comarca determinou a retificação da certidão, restando comprovado que os documentos apresentados foram de homônimo, com a mesma data de nascimento e mesmo nome da mãe, mas com o número de CPF diferente. Por isso, o magistrado entendeu que não houve dano moral, pois o beneficiário conseguiu posteriormente o seguro que pleiteava.

O pedreiro entrou com apelação (nº 0012759-92.2013.8.06.0035) no TJCE. Sustentou que o dano moral é cabível à situação, já que o erro provocou constrangimentos, humilhações e restrições perante os órgãos públicos.

Ao julgar o recurso, a 1ª Câmara de Direito Privado condenou o cartório ao pagamento de R$ 7 mil. O relator explicou ter ficado constatado que os documentos apresentados eram de um indivíduo com mesmo nome, data de nascimento, nome da mãe, mas número de CPF diferente. Dessa forma, o magistrado concluiu que o tabelião não foi cauteloso, havendo assim a caracterização de responsabilidade civil objetiva, “dispensando a existência de culpa ou dolo”.

Vila das Artes inscreve para curso de Direção de Fotografia

O Núcleo de Produção Digital da Escola Pública de Audiovisual da Vila das Artes abriu as inscrições, nesta quarta-feira, para o curso “Direção de Fotografia – A Iluminação e a Cor” com o premiado diretor de Fotografia, Alziro Barbosa. As inscrições seguem até o dia 1º de agosto e podem ser realizadas por meio da ficha de inscrição online. As inscrições são gratuitas.

Serão 25 vagas para o público-alvo, composto por técnicos de televisão, camera-man, iluminadores, diretores de fotografia, assistentes, fotógrafos e cineastas. A proposta do curso é trabalhar os aspectos teóricos e práticos dos conceitos estruturais da imagem, da luz e da cor, dentro do contexto da direção de fotografia.

Já as aulas, segundo a assessoria de imprensa da Vila das Artes, ocorrerão nesse equipamento municipal nos dias 6 e 7 de agosto, das 9 às 18 horas e no dia 8 de agosto, das 9 às 13 horas, totalizando 20 horas de curso.

Perfil

O facilitador Alziro Barbosa é diretor de Fotografia, com graduação e mestrado em uma das mais importantes faculdades de Direção de Fotografia do mundo, o Instituto de Cinema Russo – VGIK (1988 a 1994). Atua no mercado brasileiro desde 1995, realizando longas metragens, comerciais, séries para a TV, documentários e curtas.

Alziro foi premiado em diversos festivais nacionais e internacionais e tem quatro prêmios de melhor Direção de Fotografia pela Associação Brasileira de Cinematografia (ABC).

SERVIÇO

* Ficha de Inscrição aqui.

(Foto – Divulgação)

Instituto Brasil-África quer presidenciáveis assumindo compromissos com o continente africano

O presidente do Instituto Brasil-África, professor Bosco Monte, está cobrando de todos pré-candidatos a presidente da República uma política voltada para o continente africano.

Ele destaca que nos governos de Lula e de Dilma Rousseff, houve parcerias que, na Era Michel Temer, acabaram abandonadas pela diplomacia.

Nesta entrevista ao Blog, Bosco Monte diz os porquês da importância dessa parceria.

Ceará X Sport – A hora de começar a sair da lanterna

O comentarista e narrador esportivo Evaristo Nogueira está na expectativa de que tanto treino bancado por Lisca leve o time do Ceará a começar a sair do marasmo, ou seja, da condição de lanterna da Série A, do Brasileirão.

O alvinegro enfrentará, nesta noite de quarta-feira, no Estádio Presidente Vargas, o Sport.

A hora é agora, segundo Vavá Maravilha, que integra o elenco do programa Trem Bala, do Alan Neto, na Rádio O POVO 1010.

Fortaleza vai comemorar o Dia Internacional do Bordado

O Dia Internacional do Bordado, 30 de julho, será comemorado com ação coletiva em Fortaleza. Nessa data, os alunos do curso “Arte, bordado e experimentação” apresentarão seus trabalhos finais e realizarão um bordado coletivo como atividade final da formação.

A turma, que está fazendo o curso de férias do Porto Iracema das Artes, bordará um manto em conjunto, informa a assessoria de imprensa desse equipamento. Esse evento acontece das 16 às 19 horas, no estúdio de audiovisual do Porto e é aberto a todos os interessados.

O curso está sendo ministrado pelas artistas e bordadeiras Laura Moreira, Flávia Rodrigues e Wilma Farias.

SERVIÇO

*Estúdio de Audiovisual do Porto (Rua Dragão do Mar, 160 – Praia de Iracema)

*Gratuito.

O Ceará e a fofocaria

Com o título “A fofoca como gênero literário”, eis a crônica do jornalista Henrique Araújo, que pode ser conferida no O POVO desta quarta-feira. No texto, ele brinca e afirma que “… instituímos a fofoca como ponto cardeal da cultura com quase um século de antecedência em relação às fake news.” Confira:

No Ceará, a fofoca é mais que atividade comezinha, traquitana verbal ou penduricalho doméstico: é coisa séria. Entre nós, fofocar é gênero literário cultivado desde a chegada dos primeiros portugueses.

Consta que foi na base do disse-me-disse que o aldeamento passou a povoado e deste a vila, de modo que, desde a sua fundação, o Ceará dependeu da fofoca pra se firmar em meio às desavenças políticas e amorosas, impondo-se não pela força ou pelo convencimento, mas pela intriga.

À falta de símbolos sagrados ou ameaças potenciais de estrangeiros, coube à fofoca esse papel social. Por aqui, a catequese sempre se voltou à vida alheia, com a igreja fundada no mundanismo do assunto privado e nossos padres dedicados ao evangelho da alcova.

Novidadeiros, libertamos os escravos antes de todas as províncias do império, flertamos com o modernismo muito antes da Semana de 1922 e instituímos a fofoca como ponto cardeal da cultura com quase um século de antecedência em relação às fake news.

Mais expressiva que o cordel, mais popular que o forró, mais pegajosa que a rapadura, a fofoca é símbolo nosso. Como o artesanato em palhinha, o potinho de areia colorida ou o baião de dois com peixe frito, alimenta as engrenagens do ethos cearense, a ponto de denominar a própria Capital.

A operação semântica, conduzida pelas boas e más línguas, combina dois vocábulos, resultando no neologismo “Fofocaleza”, nome pelo qual a cidade atende a uma de suas vocações mais urgentes: dar a conhecer a vida de outrem por meio da disseminação não autorizada de fatos verídicos ou inventados.

Elemento coesivo, a fofoca cumpre assim função vital. Numa terra agreste onde cada metro quadrado já é um feudo e em toda esquina há um VAR do poderoso de plantão, a fofoca é também estratégia de sobrevivência. Na política ou na cultura, na economia ou na literatura, no trabalho ou no amor, exercitá-la é um ato de força da coletividade sobre o indivíduo.

Signo dúbio, a fofoca também é vanguardista. Como gênero literário, representa a escrita de si e dos outros, uma das vertentes mais em voga na literatura contemporânea, capaz de mimetizar acontecimentos sem de fato dizer se se trata de verdade ou mentira. Ora, ao fofoqueiro interessa sobretudo essa zona cinzenta na qual não se distinguem quem é o emissor da fofoca e quem é o personagem-alvo, restando apenas a zoada.

Nesse sentido, o Ceará, como já vem fazendo com a energia eólica, tem desperdiçado o grande potencial econômico da fofoca. Afinal, dos sete mitos fundadores da cearensidade (a fofoca, a hospitalidade, o humor, a macheza, a matutice, o recalque e a viçagem), ela é que mais se destaca.

É injustificável, por exemplo, a falta de uma “Flifoca” (Festa Literária da Fofoca), um “Focal” (micareta dedicada apenas ao gênero), uma “Foloca” (maloca da fofoca) ou um “Fofoca Vip” (evento no qual forrozeiros se juntam para emitir juízos morais sobre a vida privada de Wesley Safadão, dividindo-se entre facções pró-Mileide e pró-Thyane).

Também inacreditável que, entre dezenas de tapiocarias, esmalterias e gelaterias, não tenha surgido ainda um empreendedor de visão para apostar num negócio genuinamente cearense: a “fofocaria”.

*Henrique Araújo,

Jornalista do O POVO.

Com investimento de R$ 1 milhão, Café Havanna completa um ano em Fortaleza

“Chegamos a um ano de vida lançando cardápio novo e celebrando o sucesso nas duas unidades da Capital cearense”, afirma para o Blog o franqueado Gabriel Ponte, que conta com dois pontos do Café Havanna em Fortaleza. Ele comemora o sucesso dessa franquia argentina que chega ao seu primeiro aniversário.

Para comemorar a data, o Café Havanna lançou uma série de novidades em seu cardápio. Café da manhã agora tem pão na chapa (com manteiga, requeijão e até doce de leite), e, finalmente, aderiu à tapioca. “Desde que abrimos em Fortaleza a tapioca era o principal desejo do nosso consumidor. Agora nossos clientes podem beber o melhor café, com uma tapioca quentinha e feita na hora”, tempera a franqueada e administradora das duas unidades, Alyne Almeida. Todas as novidades matinais estão disponíveis individualmente ou em combos.

Outra novidade: a linha de salgados foi incrementada. As empanadas ganharam também a companhia das tartas (frango com milho; queijo e presunto, ricota com espinafre), que servem acompanhadas de chips roots to go. Tem também a medialuna, um croissant doce ou salgado. Novos sanduíches também estrearam: Nordestino (pão italiano com carne seca, queijo coalho, tomate assado com ervas), Puerto Madero (pão de mandioquinha, frango com ervas, queijo prato, crema de mostarda dijon e tomate assado com ervas), e o Recoleta (pão rústico com cereais, pasta de cream cheese com molho pesto, muçarela de búfala e tomate assado com ervas). Todos os sanduíches acompanham chips roots do go.

 A torta La Chocolina (tradicional torta com camadas de biscoito de chocolate e doce de leite) é o destaque entre os doces. A campeã de pedidos, Torta Havanna, ganhou agora uma versão com muito chocolate (Torta Havanna Chocolate: camadas de massa folheada intercaladas com creme de chocolate, e cobertura de marshmallow de chocolate). Além do Brownie com Doce de Leite (acompanha uma bola de sorvete de creme), Bolo Havanna de Maçã e a porção de Mini Churros, acompanhado com doce de leite.

SERVIÇO

*Café Quiosque Havanna (Unidade 1) – Shopping Iguatemi

*Café Havanna (Unidade 2) – Shopping RioMar Papicu.

(Foto – Divulgação).

Ciro pede suspensão da venda da Embraer para a Boeing. Para ele, uma “negociação hostil” ao País

Ciro Gomes, pré-candidato a presidente da República pelo PDT, divulga, em suas redes sociais, esta mensagem. Ele expressa preocupações com a compra da Embraer pela Boeing. Confira:

No último dia 13 de julho redigi uma carta às empresas Embraer e Boeing, solicitando, respeitosamente, a suspensão das tratativas de compra da empresa brasileira pela americana. 

Ponderei que o Brasil está a poucos dias de uma eleição que vai definir, com o voto popular, o novo presidente da República e que quem for eleito deve ter a faculdade de conhecer todos os detalhes desta negociação.    

A Embraer é uma empresa de forte conteúdo nacional e de grande importância para a segurança de nosso país.  

Na minha visão, é uma negociação hostil aos interesses do povo brasileiro.  

De forma transparente torno pública agora esta carta para que o povo brasileiro também participe dessa discussão”. 

Ciro Gomes, pré-candidato à presidência do Brasil pelo PDT. 

Veja fac-símile das cartes que contam com versão em inglês

MPF do Ceará inscreve para estágio

O Ministério Público Federal, no Ceará, inscreve, via internet, no período de 23 de julho a 12 de agosto, estudantes de Direito interessados em estagiar na Instituição. Com validade de um ano – podendo ser prorrogado por igual período – a seleção vai formar cadastro de reserva para preenchimento de vagas que surgirem no MPF em Fortaleza, Juazeiro do Norte, Limoeiro do Norte e Sobral. A informação é da assessoria de imprensa do órgão.

Os estudantes universitários que participam do programa de estágio devem cumprir carga horária de 20 horas semanais, distribuídas em quatro horas diárias. Terao direito a uma bolsa mensal no valor de R$ 850, além de auxílio-transporte de R$ 7,00 por dia de estágio.

Até o dia 14 de agosto, os interessados devem, além de preencherem o formulário, apresentar, nas unidades do MPF, documentos constantes no edital. Os candidatos farão provas de múltipla escolha e discursivas. A seleção prevê reserva de vagas para pessoas com deficiência e cotas para minorias étnico-raciais.

SERVIÇO

*Mais Informações é só acessar a página do MPF ou ligar para o fone (85) 3266.7499.

As tungas dos sindicalismos

Com o título “As tungas dos sindicalismos”, eis artigo do jornalista Elio Gaspari. No texto, ele afirma: “É razoável que um sindicato cobre taxas por ter negociado o dissídio de uma categoria, desde que o tenha negociado.” Confira:

Quem leu a reportagem de Phelipe Guedes constrangeu-se. O Sindicato dos Trabalhadores em Entidades de Assistência e Educação a Criança e ao Adolescente cobrava uma “taxa negocial” aos seus 40 mil filiados e quem não quisesse pagá-la deveria ir à sua sede para carimbar um documento. As vítimas tiveram três dias para cumprir a exigência e o resultado foi a formação de uma fila de quase um quilômetro nas ruas vizinhas à sede do Sitraemfa.

Esse truque está sendo usado por inúmeros sindicatos desde que a reforma trabalhista desmamou-os, tirando-lhes o dinheiro do imposto sindical. (Um dia de suor de cada empregado formal, gerando uma caixa de R$ 3 bilhões em 2017.) Os sindicatos poderiam receber os documentos pela internet, mas criam uma burocracia intimidatória que supera, de muito, o tempo que um trabalhador perde para tirar uma carteira de identidade no Poupatempo de São Paulo.

É razoável que um sindicato cobre taxas por ter negociado o dissídio de uma categoria, desde que o tenha negociado.

Milhares de sindicatos nada mais fazem do que cuidar da vida de seus dirigentes. Os mandarins dizem que as taxas foram aprovadas em assembleias dos associados, mas ganha uma visita ao sítio de Atibaia frequentado por Lula quem já foi a uma assembleia de sindicato. (“Nosso Guia” entrou na política combatendo o imposto sindical.)

A questão acabaria se fosse aberto o cadeado que blinda o peleguismo sindical de empregados e patrões. Bastaria abolir o dispositivo que obriga todos os trabalhadores e empresários de uma categoria a serem filiados a um só sindicato. Uma profissão ou atividade poderia ter inúmeros sindicatos e o trabalhador escolheria o que lhe presta melhores serviços.

Poderia até não se filiar a nenhum.

O sujeito que leu a reportagem de Guedes pode ter pensado que a praga é coisa do andar de baixo. Engano, a repórter Raquel Landim mostrou que no andar de cima a coisa é pior.

Enquanto os trabalhadores eram tungados em um dia de salário, as empresas são mordidas num percentual de suas folhas de pagamento. O chamado Sistema S arrecadou R$ 16,4 bilhões em 2017. Uma parte desse dinheiro vai para atividades meritórias, outra financia a máquina sindical dos patrões.

Uma beleza de máquina. Os presidentes de 42 federações patronais estão no cargo há mais de nove anos, cinco, há mais de 40, Fábio Meirelles, presidente da Federação da Agricultura de São Paulo, há 43.

Em tese, essa liderança corporativa seria representativa da elite empresarial. Não é. O atual presidente da Federação da Agricultura do Acre já foi condenado a seis anos de reclusão por participar de uma rede de exploração de menores. Clésio Andrade, que está há 25 anos à frente da Confederação Nacional do Transporte, teve uma condenação a cinco anos. No Rio, pegaram na rede das roubalheiras de Sérgio Cabral o presidente da Fecomércio e seu colega da Fetranspor, doutor Lelis Teixeira. O presidente da Fiesp, Paulo Skaf, foi acusado de operar um caixa dois em suas campanhas políticas.

A trama das “taxas negociais” e o coronelato patronal nada têm a ver com classes sociais, o que aproxima e encanta sindicalistas do andar de cima e do andar de baixo é o acesso à Bolsa da Viúva.

*Elio Gaspari

politica@opovo.com.br

Jornalista.

Vem aí o VI Congresso de Escritores, Poetas e Leitores do Ceará

Vem aí o VI Congresso de Escritores, Poetas e Leitores do Ceará. O evento, uma realização do Grupo Cultural Chocalho, em clima de 34 anos de existência, ocorrerá nos dias 24 e 25 de julho, na Casa José de Alencar.

Na programação, com início a partir das 9 horas, haverá lançamento de livros, palestras, exibição de filmes e muita música, informa o organizador do evento, professor e poeta Auriberto Cavalcante. Ele diz que o congresso comemora também o Dia do Escritor – 25 de julho.

Confira a programação completa: