Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Companhia Docas do Ceará divulgará balanço superavitário

189 1

Paulo André comanda a CDC.

“A Companhia Docas do Ceara vai divulgar, nesta semana, o balanço de suas atividades no primeiro semestre deste ano. Dados preliminares apontam que o desempenho financeiro virá superavitário e que em termos de movimentação de cargas o número superou dois milhões de toneladas, o que significou um incremento de 5% a mais, se comparado com igual período de 2010.

Mas o destaque mesmo do balanço fica por conta dos investimentos em informatização de serviços e combate à burocracia. Houve avanços significativos.

Outro dado: a boa repercussão do Centro Vocacional tecnológico (CVT) Portuário, que capacita mão-de-obra do ramo e oferece cursos para a comunidade do entorno do Porto do Mucuripe.”

(Coluna Vertical, do O POVO)

Cid é aguardado nesta 3ª feira do Exterior

O governador Cid Gomes (PSB) é aguardado nesta terça-feira, após uma semana de contatos com investidores na Europa e China.

Na agenda dele, já encontrará marcado para 5 de agosto a inauguração do terminal de múltiplo uso do Pecém. Antes, Cid estará ao lado dos empreendedores da futura siderúrgica cearense, também no Pecém, assistindo ao início dos trabalhos de terraplenagem do projeto.

Domingos Filho tem reunião sobre transparência e controle social

O governador em exercício Domingos Filho (PMDB) recebe, nesta segunda-feira, às 12 horas, para reunião no Palácio da Abolição, a presidente da Associação dos Prefeitos do Ceará (Aprece), Eliene Brasileiro, e o presidente da União dos Vereadores do Ceará (UVC), Deusinho Filho.

O objetivo do encontro é solicitar o apoio das entidades para a realização da I Conferência Estadual sobre Transparência e Controle Social (Consocial), que ocorrerá no segundo semestre. Para o encontro, também foram convidados 20 prefeitos do Interior e o secretário da Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado, João Melo.

A conferência estadual precederá a 1ª Conferência Nacional e tem o objetivo principal de promover a transparência pública e estimular a participação da sociedade no acompanhamento da gestão pública, contribuindo para um controle social mais efetivo e democrático que garanta o uso correto e eficiente do dinheiro público.

No Ceará, a Consocial será encabeçada pela Vice-Governadoria. Serão discutidos quatro eixos temáticos: promoção da transparência pública e acesso à informação e dados públicos; mecanismos de controle social, engajamento e capacitação da sociedade para o controle da gestão pública; a atuação dos conselhos de políticas públicas como instâncias de controle; e diretrizes para a prevenção e o combate à corrupção.

(Com Casa Civil)

DETALHE – Esse encontro ocorrerá no momento em que se questiona tantas gestões municipais por não serem transparentes. Que tal problema entre nessa pauta.

Cratera na BR-116 causa prejuízos à beira do caminho

186 1

Cerca de 10 carros, com familiares, estão no acostamento da BR-116, altura da bifurcação entre as cidades de Horizonte e Aquiraz. Consequência de uma cratera que cortou pneus dos veiculos, informa o administrador Alexandre Almeida, da Universidade federal do Ceará, que vinha de Quixadá após visitar amigos em Ocara.

Ele apela à Polícia Rodoviária Federal para que dê apoio ao grupo e garanta a segurança, já que o trecho é isolado.

Alô, Prefeitura! Bom divulgar quando vai chamar os fiscais aprovados em concurso

211 1
Da leitora Fátima Beatriz, recebemos a seguinte cobrança endereçadaa á administração da prefeita Luizianne Lins (PT):
 
Caro jornalista Eliomar de Lima,
 
Acabei de ler matéria no Blog sobre a falta de fiscais do município, publicada em fevereiro de 2011. Como sou um dos aprovados no concurso, gostaria de saber se o senhor recebeu alguma resposta oficial da Prefeituta sobre o assunto.
 
Muito grata,
 
Fátima Beatriz Silva de Araújo.
 
DETALHE – Estamos publicizando sua cobrança, Fátima. Vamos aguardar resposta.

Eliane Novais: Cid Gomes investe em grandes obras, mas se esquece dos servidores

460 19

Com o título “O Governo do Estado e o servidor público”, eis artigo da deputada estadual Eliane Novais (PSB). Ela comenta clima de insatisfações da categoria com o governador Cid Gomes (PSB). Ela destaca que o Governo tem investido em grandes obras, mas se esquecido do principal: apoiar o servidor público, convocando concurso e apostando na qualidade dos serviços. Confira:

No último sábado, a Avenida Universidade e a Praça do Ferreira foram palcos de uma manifestação organizada pelos trabalhadores do serviço público estadual. Intitulada a “Caminhada da Insatisfação”, o protesto foi promovido pelo Fórum Unificado das Associações e Sindicatos dos Servidores Públicos Estaduais do Ceará (Fuaspec). Para além da pauta de reivindicações apresentada pelos servidores estaduais o protesto reflete em boa medida que há de fato um sentimento de insatisfação correndo entre os trabalhadores do Estado com relação ao governo atual.
Algumas entidades sindicais têm procurado nosso mandato para expor essas preocupações e anseios dos trabalhadores. Recebemos a informação que, desde 2007, a pauta de reivindicações do Fórum Unificado com 18 itens, posta na mesa estadual de negociação permanente, não tem avançado. Há, portanto, uma dificuldade do Governo do Estado de receber os trabalhadores e negociar com justeza suas reivindicações. O resultado disso são os movimentos grevistas que estão surgindo cada vez mais. Os policiais civis e peritos e o movimento tolerância zero da polícia militar são exemplos mais recentes.
É de conhecimento de todos que o Governo Estadual tem importantes feitos, equipando o Estado com grandes e vistosas obras físicas. No entanto, nenhuma obra consegue se sustentar de pé sem o pilar humano. O Hospital Regional do Cariri, vários meses depois de inaugurado, até hoje não funciona plenamente pela ausência de profissionais de saúde. O resultado é a continuidade da superlotação do IJF que vem há anos suportando as demandas de atendimento de todo o interior do Estado.
A manifestação legítima dos servidores merece, portanto, ser acompanhada de perto pela sociedade. Neste sentido, destaco aqui alguns pontos da pauta de reivindicações apresentada ao Governo do Estado, que unificam os trabalhadores do serviço público, como a reestruturação das tabelas salariais que inclui a reposição das perdas salariais (que chegam a mais de 60% desde 2005); cumprimento da lei que fixa a jornada de trabalho semanal dos militares; aprovação do projeto de lei de combate ao assédio moral no trabalho, extensivo aos militares estaduais; fortalecimento da previdência; ampliação e melhoria da assistência à saúde e a realização de concurso público que está no topo da agenda de lutas dos servidores públicos estaduais. Este último ponto carece de uma atenção especial.
Infelizmente, em nosso País, ainda é comum vermos a prática das terceirizações invadindo a administração pública. Em sua maioria, as terceirizações representam a precarização das relações de trabalho, sendo promovidas à revelia da lei e das regras constitucionais vigentes, gerando um conflito entre o interesse público e o interesse privado. No Governo do Ceará não é diferente.
O último concurso da Cagece foi realizado há cerca de 10 anos. Uma defasagem que compromete a capacidade de atendimento da empresa em um setor primordial e estratégico. O saneamento tem forte impacto na saúde, geração de emprego e renda, meio ambiente e no turismo no Estado, sendo portanto essencial para o desenvolvimento e a erradicação da miséria no Ceará. No entanto, hoje a Cagece é a 3ª companhia do Nordeste em menor número de funcionários próprios, ao mesmo tempo que tem uma das maiores demandas de atendimento da região. A empresa possui atualmente três terceirizados para cada funcionário próprio. Há casos onde a terceirização é ainda mais ostensiva. Na Ematerce, a proporção é de 10 terceirizados para cada servidor. No Porto do Pecém, um dos grandes ícones do desenvolvimento econômico e industrial do Ceará, a Cearáportos possui apenas 34 funcionários efetivos e 200 terceirizados.  Detran, Cogerh, STDES, Nutec, o grupo administrativo e de nível superior da Seduc entre outros órgãos enfrentam o mesmo problema.
A prática da terceirização é claramente um resquício do modelo neoliberal que durante anos imperou em nosso País privilegiando os interesses do lucro e do privado em detrimento do serviço público. No Ceará, vivemos a extinção de órgãos como a Cohab, Epace, Cedap, além da privatização da Coelce e da Teleceará, a não realização de concursos e o arrocho salarial nos governos neoliberais.
Um governo socialista deve buscar romper com essas práticas, realizar concursos, recuperar as perdas salariais, valorizar os servidores e privilegiar os trabalhadores que tanto sofreram com o descaso no período mais duro do neoliberalismo. O governador Cid Gomes não deve esquecer que não foram poucos os trabalhadores sindicalizados que o apoiaram nas duas eleições.
Como servidora pública estadual, entendo que, se queremos garantir que o Estado seja presente no atendimento às reais necessidades da população – sem restrições nem privilégios – valorizar os servidores públicos é uma condição absolutamente necessária.
* Eliane Novais
Deputada estadual
DETALHE – Eliane Novais tem nome exposto no PSB como pré-candidata à Prefeitura de Fortaleza, numa posição contrária ao governador Cid Gomes, dirigente estadual do seu partido, que tem simpatias pró-petista Camilo Santana. Por sinal, seu secretário estadual das Cidades.

A violência provocada pelos "engravatados"

O advogado Irapuan Aguiar, colaborador do Blog, escreveu artigo no O POVO com o título “Exacerbação da violência”, onde ele cita várias situações dramáticas para o cidadão. Ele também lamenta a ineficiência das políticas públicas e, por último,  cita a violência provocada pelos “engravatados”. Confira:

Nos dias atuais, jornais, revistas, rádio e televisão, têm-se ocupado, quase que exclusivamente, com o noticiário sobre a exacerbação da violência e do crime e do medo deles decorrente, intranquilizando a vida de uma sociedade indefesa.

Logo cedo somos despertados com as primeiras más notícias, que nos acompanham no café matinal. O fato repete-se por ocasião do almoço e do jantar, completando o cardápio picante de nosso cotidiano.

Quando não são os assaltos, sequestros, estupros, latrocínios e outras manifestações criminosas contra a pessoa, são os desfalques, os “rombos”, os estelionatos, as fraudes, os desvios éticos e outras formas de corrupção.

A violência deixou, assim, de ser um fenômeno localizado, com causas sociológicas e psicológicas explicáveis em determinadas áreas. Sua expansão generalizada alcança hoje sítios, fazendas, cidades interioranas, enfim, locais de aglomeração social.

Prenunciando-se como a mais grave patologia social do século XXI, as ações marginais estão, paulatinamente, impondo limites ao convívio em sociedade. As invasões e ataques a prédios públicos, a destruição do patrimônio coletivo e os sequestros-relâmpagos, são formas mascaradas do estabelecimento do “toque de recolher”, com graves consequências econômicas.

O cidadão que busca o sustento de sua família vê-se, agora, mais do que nunca, refém do próprio medo, ante a ineficácia das políticas públicas voltadas para a geração de emprego e renda no país. A população vive, pois, sob a síndrome do medo.

É a triste constatação de que o Estado brasileiro há se mostrado inerte e sem condições de enfrentar o crime organizado, que mutila, tortura e mata, à falta sem um combate eficaz que restabeleça a segurança pública.

Nesse emaranhado de delitos de toda espécie, um fato merece registro. São os personagens neles envolvidos. Não são mais, apenas, os rudes e os miseráveis os seus autores. Têm-se, nos dias atuais, a presença dos “engravatados”, intelectuais do crime, homens que envergam a bata e a batina, a toga e a farda, o diploma e o mandato.

* Irapuan Diniz de Aguiar – Advogado

irapuanaguiar@gmail.com

Camilo Santana vira curinga eleitoral do governador?

644 2

O secretário estadual das Cidades, Camilo Santana, continua suas andanças na periferia de Fortaleza, mas, mesmo assim, não se esqueceu de suas origens: o Cariri. Neste domingo, ele marcará presença na ExpoCrato, evento que, com certeza, mobilizará metade da classe política cearense. Camilo, inclusive, mandou instalar um estande para expor as obras de sua pasta que contemplam a região. Há outro detalhe no gesto: Camilo quer dar um basta em apoiadores do prefeito do Crato, Samuel Araripe (PSDB), que estão divulgando obras do Estado como se fossem da Prefeitura. A ida de Camilo ao Cariri, em evento de grande repercussão midiático, traz outra leitura: se não der para sair candidato a prefeito de Fortaleza, nada o impedirá de ser o ungido de Cid Gomes para o Governo.

Com aval do petista Artur Bruno, novo diretor regional dos Correios toma posse

437 1

O administrador postal Francisco Haroldo Aragão Filho é o novo diretor regional da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos no Ceará. Funcionário de carreira, assumiu nessa noite de sexta-feira, em ato solene na sede do órgão, sob olhares de servidores e lideranças políticas.

Aragão foi empossado no cargo com apoio do deputado federal petista Artur Bruno. A expectativa é de que a ECT melhore seu atendimento em todos os sentidos. E que Aragão brigue por concurso público.

Bebê nasce dentro de viatura do Ronda

222 1

“Uma jovem de 18 anos deu à luz um bebê, na manhã deste sábado, 9, dentro de uma viatura do Ronda do Quarteirão, no município de Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza.

Francisco Farias, comandante da viatura 1104, contou que Maria Lisiane Sales de Ávila entrou em trabalho de parto por volta das 7h30 e acionou os serviços do Samu para que fosse encaminhada ao Hospital Santa Teresinha, em Caucaia.

Como a ambulância não chegou a tempo, a jovem foi socorrida por três policiais do Ronda do Quarteirão, que pretendiam levá-la ao hospital. Não deu tempo. No meio do trajeto, nasceu Ívina, dentro da viatura.

A criança veio ao mundo de parto natural, com a ajuda de um dos soldados que estava no veículo. Mesmo depois de o bebê nascer, os policiais concluíram o trajeto a caminho do Hospital Santa Teresinha, onde mãe e filha estão internadas e passam bem.”

(POVO Online)

PSDB pede cassação de Gony Arruda, que se diz perseguido pela tucanada

184 2

“Em reação à saída do deputado Gony Arruda (sem partido) do PSDB, a cúpula estadual da sigla protocolou, no início da noite de ontem, representação para cassar o mandato do parlamentar no Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) por infidelidade partidária. A orientação veio da executiva nacional do partido. O presidente estadual do PSDB, ex-deputado Marcos Cals, havia procurado o presidente nacional da sigla, Sérgio Guerra, há cerca de 20 dias, para conversar sobre a situação de Gony, que atualmente é secretário de Esportes do Governo Cid Gomes (PSB), a quem o partido afirma fazer oposição.

A orientação da executiva nacional quanto à reação ao movimento de debandada pelo qual passa a sigla tucana no Ceará já estava prevista para ontem, conforme Cals. Além de Gony, os deputado estaduais Rogério Aguiar e Osmar Baquit confirmam que vão deixar o PSDB para ir para o PSD. Outros três deputados da sigla – Téo Menezes, Neném Coelho e professor Teodoro – já cogitam a possibilidade de deixar o partido.

Perseguição individual

Ao afirmar que está sendo vítima de perseguição pessoal dentro do partido, Gony Arruda avisou que vai se defender na Justiça. “Acho que é um grande equívoco do PSDB. Fica cada vez mais clara a falta de respeito do partido com a decisão da maioria da bancada, que votou a favor de que eu assumisse o cargo na Secretaria”, disparou Gony.

De acordo com o tucano, foi o atual líder do PSDB na Assembleia, professor Teodoro, quem levou para ele o convite do governador. “Eu estava na minha casa, no dia 25 de dezembro, quando o professor Teodoro me levou a proposta. Ele é o primeiro suplente do partido. Então estão querendo tirar o meu mandato para dar para ele? Eu não entendo”, disse Gony, acrescentando que o partido que tem Marcos Cals como presidente não tem legitimidade para cassar o seu mandato, já que Cals não pediu autorização ao PSDB para assumir a Secretaria de Justiça.”

(O POVO)

VAMOS NÓS – Tudo bem que o contexto político hoje seja outro mas, para pedir a cassação de Gony o PSDB deveria começar antes a fazer uma assepsia geral. O pecado de Gony foi o mesmo do atual presidente regional Marcos Cals que, por sinal, foi secretário cidista e, depois, para surpresa, virou candidato contra Cid Gomes na disputa governamental. Não somos advogado de ninguém mas, nessa história de pedir cassação, os tucanos não têm nenhum tipo de acolhimento junto àqueles que acompanham tantas contradições de nossa política nada paroquial.

Clube Náutico superlotado com show da Jovem Guarda

196 5

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=mQgaCnAXSC4[/youtube]

O Clube Náutico viveu uma noite de sexta-feira de casa cheia. O show Jovem Guarda, com Trepidant’s, The Feveres e Golden Boys atraiu gente de todas as idades e só acabou por volta das 4h30min deste sábado. Eis aí um pouco do The Fevers.

Presidente da Comissão de Direitos Humanos alerta sobre lei que garante fiança para alguns crimes

410 10

Eis artigo do presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB-Ceará, Fernando Férrer. Ele comenta a nova lei 12.403/2011, que flexibiliza casos de prisão. O título é “Basta impunidade”. Confira:

Após 16 anos de atuação na área trabalhista, mas atualmente presidindo a Comissão de Direitos Humanos da OAB/CE, não posso me furtar de, em apertada síntese, dizer o que eu acho sobre a nova LEI 12.403/2011, que entrou em vigor no último dia 5, onde a prisão em flagrante e a preventiva só ocorrerão raramente, aumentando a impunidade no País.

A novel lei trouxe a exigência de manter a prisão em flagrante ou decretar a prisão preventiva somente em situações excepcionais, prevendo a conversão da prisão em flagrante e substituição da preventiva em 09 tipos de medidas cautelares: comparecimento periódico no fórum para justificar suas atividades; proibição de frequentar determinados lugares; afastamento de pessoas; proibição de se ausentar da comarca onde reside; recolhimento domiciliar durante a noite; suspensão de exercício de função pública; arbitramento de fiança; e internamento em clinica de tratamento e monitoramento eletrônico. Excetuando-se a suspensão de exercício de função pública, as demais são completamente inócuas e totalmente sem meios de fiscalização.

Portanto, crimes como homicídio simples, roubo a mão armada, lesão corporal gravíssima, uso de armas restritas, desvio de dinheiro público, corrupção passiva, peculato, extorsão etc., dificilmente admitirão a prisão preventiva ou a manutenção da prisão em flagrante, pois em todos esses casos será cabível a conversão da prisão em uma das nove medidas cautelares acima expostas.

Ademais, a nova lei estendeu a fiança para crimes punidos com até quatro anos de prisão, coisa que não era permitida desde 1940 pelo Código de Processo Penal. Portanto, nos crimes de porte de arma de fogo, disparo de arma de fogo, furto simples, receptação, apropriação indébita, homicídio culposo no trânsito, cárcere privado, corrupção de menores, formação de quadrilha, contrabando, armazenamento e transmissão de foto pornográfica de criança, assédio de criança para fins libidinosos, destruição de bem público, comercialização de produto agrotóxico sem origem, emissão de duplicada falsa e vários outros crimes punidos com até quatro anos de prisão, ninguém permanece preso, só se for reincidente. Pasmem!

Sendo assim, o delegado irá arbitrar fiança diretamente, sem análise do promotor e do juiz. O criminoso não passará uma noite na cadeia, pagando uma fiança irrisória, que poderá até ser dispensada.

Excetuando-se crimes gravíssimos, com as novas regras, quase ninguém ficará preso após cometer vários tipos de crimes que afetam diariamente a sociedade.

Na nossa humilde avaliação, o impacto será catastrófico, com o aumento da prática de determinados crimes e provocará ainda mais impunidade. A desculpa de deixar a prisão para quem efetivamente apresenta risco à sociedade é uma balela.

* Fernando Férrer,

Conselheiro e presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB do Ceará.

Sindilojas de Fortaleza inaugura rádio web

269 4
O Sindicato do Comércio Varejista e Lojista de Fortaleza (Sindilojas) colocou no ar, a partir desta sexta-feira, a Rádio Sindilojas Fortaleza no endereço www.radiosindilojas.com.br.
A emissora servirá à comunidade lojista e disponibilizar entretenimento aos ouvintes.
“A emissora complementa a comunicação social do Sindilojas Fortaleza, transmitindo mensagens, informações, auxiliando também nos trabalhos comunitários da comunidade fortalezense”, explica Cid Alves, presidente do sindicato.
Segundo ele, por meio da Rádio Sindilojas, o empresário lojista terá maiores conhecimentos sobre as ações e o trabalho desenvolvido pela instituição. “É uma forma de darmos oportunidade aos empresários lojistas a terem acesso as informações, preparando-os para o dia-a-dia do exercício da atividade”, complementou.
Programação
Em sua programação, a emissora tem um diferencial: músicas especialmente selecionadas e que marcaram época como anos 70, 80 e 90. Também músicas internacionais atuais.

Fundador do Shalom falará, via twitcam, sobre Halleluya 2011

Moisés Azevedo, um dos fundadores da Comunidade Shalom, dará entrevista coletiva na próxima segunda-feira, às 14h30min. Ele falará sobre o Festival Halleluya 2011 via twitcam
e ainda conversará com os internautas sobre o evento que denominamos há anso de “Fortal dos Católicos”.
Os internautas poderão fazer perguntas a Moysés Azevedo pelo link da transmissão e através do e-mail imprensa@comshalom.org
Organizadores do evento também estarão  presentes na transmissão. O twitter utilizado será o do Festival Halleluya www.twitter.com/halleluyashalom  Na data, será gerado o link da transmissão e  replicado na página  ao vivo do site www.festivalhalleluya.org, informa a assessoria de imprensa da comunidade.

Grupo de Marina Silva dá adeus ao PV do Ceará

258 6

Enquanto o PV do Ceará divulgou nota, nesta sexta-feira, em post abaixo, lamentando saída de Marina Silva, um grupo ligado à ex-candidata a presidente da República anunciou desfiliação. Eis a nota do grupo, intitulada “O Primeiro Passo”, que deu adeus à sombra verde

A confiança, a admiração e a reciprocidade são a base sólida para um bom relacionamento. Durante anos, participamos ativamente da vida do Partido Verde, junto com tantos outros simpatizantes, filiados e dirigentes. O PV seria, a nosso ver, um canal concreto para buscarmos a transformação social que desejamos, um lugar para agregar pessoas e sonhos, que pudessem ser movidos não por pequenos objetivos, mas por grandes desafios.
Ajudamos a fomentar o debate pela ética que deve pautar quem se propõe a participar da vida pública, dialogamos com tantas pessoas sobre como deve ser um governo ambientalmente responsável e nos conscientizamos de que essa responsabilidade começa em cada um de nós.
Em 2009, com a entrada de Marina Silva no PV, reconhecemos que o anseio de tantas pessoas – por uma política séria, digna e limpa – poderia finalmente ter vez e voz. O debate sobre um novo modelo de desenvolvimento para o Brasil fez bonito na campanha, nas ruas e na mente das pessoas. Saímos da eleição não simplesmente com milhões de votos, mas com milhões de pessoas acreditando que – sim! – ainda pode ser possível acreditar numa política nova e diferente do que aí está. Para nós, isso vale muito mais do que votos. Votos duram apenas alguns segundos, o suficiente para digitar na urna eletrônica, mas a responsabilidade de conquistar tantos apoiadores se transforma num legado.
Após as eleições, acreditamos que o partido perceberia a necessidade e a oportunidade de se atualizar para estar mais perto das pessoas. Não faz sentido falar de uma nova forma de fazer política e praticar o oposto, com uma estrutura que não permite a participação dos filiados na tomada de decisões e ainda pune os que possuem idéias divergentes. Num mundo que caminha tão velozmente para a democracia e liberdade em todos os níveis e lugares não podemos nos prender a estruturas tradicionais de poder, nem nos limitar a ser coadjuvantes de projetos que não representam o que acreditamos. A isto se chama retrocesso.
Como participamos da política por ideal, olhando para o futuro e as próximas gerações, anunciamos a nossa desfiliação do PV junto com Marina Silva. De agora em diante, vamos dialogar com as pessoas para a construção de um movimento que aceite ousar e empreender grandes lutas. Aos que ficam e a todos que acreditam que um outro modelo de desenvolvimento é possível, certamente estaremos juntos. Saímos do partido para reencontrar os nossos sonhos.
Pretendemos fortalecer o debate e a prática por uma boa política, que envolva não apenas agremiações partidárias, mas a população como um todo, organizada em instituições ou não. É preciso parar um pouco de falar tanto e lembrar de ouvir as pessoas, de valorizar aqueles que não são “figurões”, mas que se propõem a contribuir efetivamente para a construção de uma nova sociedade. É hora de unir esforços e acreditar que vale a pena se esforçar por um grande sonho. Sabemos que é uma longa caminhada. Este é justamente o primeiro passo.
Um grande abraço,
Carlos Reginaldo Menezes – Ex-Presidente do PV Caucaia
Elieser Reinaldo Bezerra – Ex-Presidente do PV Itaiçaba
Eurivando Vieira – Ex-Presidente do PV Madalena
Evandro Holanda – Ex-Presidente do PV Massapê
Francisco Antônio Lopes – Ex-Presidente do PV Quixadá
Genaro Santos – Ex-Presidente do PV Granja
Guerreiro Neto – Ex-Presidente do PV Senador Pompeu
Heleno Monteiro – Ex-dirigente do PV Ceará
Jansen Saraiva – Ex-dirigente do PV Fortim
Juarez Delfino – Ex-Presidente do PV Jaguaruana
Paulo Sombra – Ex-Conselheiro Nacional do PV
Pedro Beal Vasconcelos – Ex-Secretário de Juventude do PV Fortaleza
Roberto Arley Garces – Ex-Presidente PV Guaiúba
Rubens Brasil – Ex-Presidente do PV Icó
Samuel Araújo – Ex-dirigente do PV Ipueiras
Socorro Barros – Ex-Vice Presidente do PV Apuiarés
Wellyson Marques – Ex-Presidente do PV Eusébio
Zacharias Bezerra – Ex-dirigente do PV Ceará

PV do Ceará divulga nota avaliando como "natural" a saída de Marina Silva

O Partido Verde do Ceará divulgou, nesta sexta-feira, uma nota oficial onde aborda o quadro de divisões que se irrompeu logo após as últimas eleições no País. Confira:

NOTA OFICIAL
Em 2010, O Partido Verde do Ceará viveu um momento especial. Pela primeira vez disputou o Governo do Estado e uma vaga ao Senado Federal. Nossas candidaturas fizeram parte de um projeto maior em que tínhamos como foco principal a disputa pela presidência da República. Aqui no Ceará tivemos um notável desempenho, tendo conquistado expressiva votação, sobretudo nas maiores cidades e notadamente Fortaleza.
Na Capital, obtivemos 31% dos votos para presidente. Nas maiores cidades tivemos grande destaque em Maracanaú, com 25%, Caucaia, 20% e Sobral, 15%. Em todo o estado, ficamos empatados em segundo lugar na votação geral, com 16% dos votos. Entre os verdes, fomos o 4º estado do Nordeste com a maior votação. Isso graças a um envolvimento e dedicação integral de todos os verdes cearenses.
Indiscutivelmente fizemos história, com uma votação consagrante também para o Governo e Senado, mesmo com a falta de apoio da campanha nacional e os limites financeiros. Nosso propósito maior foi consolidar um palanque para a candidatura presidencial, e, apesar de todas as dificuldades, conseguimos os objetivos buscados.
Apesar de não termos uma estrutura logística e financeira necessárias, tivemos coragem de levar às ruas o nosso projeto maior. Pautamos vários temas, trouxemos ao debate as nossas convicções de um modelo de desenvolvimento sustentável. Com certeza saímos vencedores.
No Brasil, fomos o partido com maior número de candidatos a governador. No Ceará apresentamos candidatos a todos os cargos em disputa, para marcar nossas defesas e princípios, tendo sempre em mente nosso foco principal. Jamais nos desviamos dessa conduta. Nossa candidatura ao Governo do Estado proporcionou uma efetiva participação na discussão de um Ceará melhor o que permitiu também a propagação do nome do Partido Verde. Tivemos participação em todos os debates de rádio e televisão. Visitamos cidades, conversamos com as pessoas e instituições, diagnosticamos problemas e apontamos soluções.
Passada a eleição, veio a fase de avaliação e embates, o que é natural e necessário a qualquer partido. Tudo ocorreu como esperado, da forma mais civilizada possível e internamente ao PV. Infelizmente este processo foi levado por alguns ao campo externo do partido, o que dificultou o diálogo e o entendimento.
A saída de Marina Silva do PV é lamentável, mas faz parte de um processo de embates e discordâncias mútuas que é natural à política e à democracia. Na nossa avaliação, essa foi a primeira crise do crescimento do partido. Imaginamos que outras crises poderão surgir. Isso está inerente ao espírito de qualquer coletivo. Temos a convicção, no entanto, de que as instituições estão acima das pessoas.
O Partido Verde está amadurecido e preparado para os grandes desafios. Fará com a participação de todos os verdes as mudanças necessárias para acompanhar os novos tempos. Continuamos abertos à participação, ao debate e às ideias inovadoras. O Partido Verde Ceará está se fortalecendo, cada vez mais, qualitativamente e quantitativamente, com a constituição de novas comissões em quase todos os municípios. Também tem aumentado potencialmente o seu número de filiados. Estamos num período de preparação e fortalecimento para enfrentarmos as eleições municipais de 2012.
Como tem sido desde a sua criação, o Partido Verde continua inovando e buscando a nova forma de fazer política.
* Partido Verde do Ceará

Secretaria das Cidades discute projetos estratégicos

Os membros do Conselho Estadual das Cidades do Ceará (ConCidades/CE) participaram, até o fim da tarde desta sexta-feira, de um seminário de capacitação que abordou os projetos de desenvolvimento do Estado. O encontro, realizado desde quinta-feira no Ponta Mar Hotel, serviu para discutir temas como saneamento ambiental e saúde, planejamento e integração regional, desenvolvimento e gestão territorial urbana, transporte e mobilidade urbana e habitação.

Muitos conselheiros são do inteirior do Estado e têm, nesses eventos, a chance de apresentar as sugestões das comunidades que representam. O evento foi aberto e conduzido pelos secretário Camilo Santana, tendo apoio do ex-deputado federal Eugênio Rabelo, que é o adjunto das Cidades.

(Foto – Divulgação)

Fortaleza será sede de conferência municipal de saúde

297 3

Fortaleza será sede, no período de 13 a 15 próximos, no Hotel Praia Centro, da VI Conferência
Municipal de Saúde. O encontro vai discutir as perpectivas do Sistema Único de Saúde e reunirá os delegados eleitos nas seis preconferências, uma por regional do município, ocorridas desde 15 de junho. 

O resultado das discussões constará de documento a ser levado para a XIV Conferência Nacional de Saúde, que se realizará no período de 30 de novembro a 4 de dezembro, em Brasília, com o tema “Todos usam o SUS! SUS na Seguridade Social, Política Publica e Patrimônio do
Povo Brasileiro”.