Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Chove em 88 municípios do Ceará

Choveu, nesta quinta-feira, em 88 municípios cearense, de acordo com boletim divulgado pela Funceme. A maior chuva foi registrada em Senador Sá, com 79 milímetros.

A previsão para o Estado é de nebulosidade variável, com chuva em todas as regiões do Estado.

10 Maiores Chuvas

Senador Sá (Posto: Salao) : 79.0 mm

Mucambo (Posto: Mucambo) : 75.0 mm

Granja (Posto: Timonha) : 75.0 mm

Senador Sá (Posto: Senador Sa) : 72.0 mm

Uruoca (Posto: Uruoca) : 67.0 mm

Pacujá (Posto: Pacuja) : 63.0 mm

Jucás (Posto: Jucas) : 58.0 mm

Viçosa Do Ceará (Posto: Manhoso) : 53.0 mm

Acaraú (Posto: Aranau) : 43.4 mm

Cariré (Posto: Carire) : 43.0 mm

DETALHE – Em Fortaleza, chove 8,2 milímetros.

Rede Sustentabilidade do Ceará lança Dimas de Oliveira ao Senado

O advogado Dimas de Oliveira já está como pré-candidato ao Senado pela Rede Sustentabilidade do Ceará.
Dimas, que já foi porta-voz da Rede e candidato a vice-prefeito em 2016 na chapa de Heitor Ferrer, disse, nesta quinta-feira, que quer disputar uma vaga de senador por acreditar que o eleitorado apostará em renovação.
A Rede Ceará também discute nomes para ao Governo, dentro do objetivo de fortalecer a presidenciável Marina Silva.
(foto – Tiara Nogueira)

Trecho do VLT da Vila União vira um sufoco

260 1

Estação Vila União – do VLT (Veiculo Leve sobre Trilhos) pertencente à Linha 4, do Metrô de Fortaleza, é só sufoco.

Há sempre com risco de acidentes, segundo os motoristas que por ali têm que passar diariamente. Nesta manhã de quinta-feira, por pouco um ciclista não se transforma em mais uma vítima.

O trecho é no cruzamento da Via Férrea com a Rua Livreiro Gualter, no bairro do mesmo nome. Sem falar do lixo acumulado no entorno do local.

Ciro se submete a cirurgia em Fortaleza

635 1

O pré-candidato a presidente da República, Ciro Gomes (PDT), realizou, na manhã desta quinta-feira (25/01), em Fortaleza, uma cirurgia do septo nasal para corrigir um desvio.

Segundo o próprio Ciro informou em seu Facebook, nada grave, mas que lhe permitirá “maior conforto respiratório”. Ciro deve ficar 10 dias em recuperação.

Tasso recebe grupo de empresários para discutir cenários pós-condenação de Lula

324 1

 

O senador Tasso Jereissati (PSDB) vai expor, nesta quinta-feira, para um grupo de empresários liderado por Beto Studart, o cenário pós-julgamento de Lula e reformas.

O encontro ocorrerá no escritório do tucano, em Fortaleza, e se constitui como o primeiro compromisso dele após férias na Europa.

O presidente da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), Beto Studart, leva esse grupo de empresários e garante para este Blog que o encontro não tratará de sucessão estadual.

“Eu lhe garanto que não trataremos de eleições!”, jura o presidente da Fiec.

(Foto – Divulgação)

Conselho Estadual de Segurança Pública vai ouvir André Costa

O Conselho Estadual de Segurança Pública aguarda nesta quinta-feira, às 9h30min, no Palácio Iracema, o titular da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará, André Costa.

Ele foi convidado pelo presidente do organismo, o advogado Leandro Vasques, para expor e esmiuçar seu plano de segurança para o Estado.

Tudo consequência dos altos índices da violência registrados ano passado. Só em termos de homicídios, os números superaram os cinco mil casos.

(Foto – Facebook)

 

É preciso encontrar espaço para o entendimento

Confira o Editorial do O POVO desta quinta-feira:

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), em Porto Alegre, confirmou a sentença de primeira instância – prolatada pelo juiz Sergio Moro – contra o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva. Os três desembargadores da 8ª turma foram, inclusive, mais rigorosos que a primeira instância na dosimetria da pena. O resultado terá consequência para a realidade política do País, pois está em jogo o futuro do líder político mais bem posicionado nas pesquisas de opinião para a disputa presidencial, detentor de reconhecida projeção internacional, e de grande apelo popular.

O Estado Democrático de Direito tem entre suas balizas o acatamento das decisões tomadas por tribunais de Justiça, mas comporta também a análise crítica de todo o processo, pois ninguém, nem nenhuma instância do poder, está imune a erros. No caso presente, trata-se de um debate que se prolongará, ao que tudo indica.

Assim, a primeira advertência a fazer é que, qualquer contestação à sentença condenatória tem de ser feita estritamente nos marcos legais. A mais, se a mobilização e as manifestações fazem parte de qualquer democracia digna desse nome, há de se cuidar que esses atos políticos não transbordem para a violência ou para a agressão, seja de um lado ou de outro. É inegável que a politização cercou esse processo desde o seu início. É do jogo democrático que esse tipo de reação aconteça entre forças políticas partidárias que se sintam eventualmente atingidas. Mas a transformação de um julgamento dessa importância como um confronto de times numa arena esportiva não faz bem para a democracia brasileira. Às forças políticas nacionais cabe responsabilidade neste momento tão crítico.

Por outro lado, quanto mais uma denúncia tem o poder de mexer com a sensibilidade política, mais as instâncias públicas responsáveis pelo julgamento devem se apegar aos estritos procedimentos legais, evitando comentários ou atitudes que deem margem a dúvidas sobre a sua imparcialidade. Não se trata de defender esse ou aquele acusado, mas de preservar a correta condução do devido processo legal.

Cid Gomes é absolvido em denúncia de empréstimo junto ao BNB

O ex-governador do Ceará e ex-ministro Cid Gomes (PDT) foi absolvido pela Justiça Federal da denúncia de irregularidade no empréstimo de R$ 1,3 milhão, junto ao BNB, para a construção de galpões em Sobral, na Região Norte do Estado, a 220 quilômetros de Fortaleza.

A denúncia do Ministério Público apresentava crime financeiro na operação de crédito em favor da empresa Corte Oito Gestão Empreendimentos Ltda, a qual o ex-governador é sócio.

O juiz federal Sérgio de Norões Milfont Junior entendeu que a operação não apresentou qualquer risco de prejuízo ao BNB, diante da garantia de hipoteca do imóvel, com valor de mercado de R$ 3 milhões.

*Confira mais detalhes no O POVO aqui.

(Foto – Fco Fontenele)

José Guimarães postou foto falsa e virou piada

O deputado federal José Guimarães virou piada, em Brasília, por uma foto postada na terça-feira (23). O petista compartilhou uma foto de uma “caravana” que estaria a caminho de Porto Alegre para apoiar o ex-presidente Lula.

O problema, segundo informou a Coluna Radar, é que o tal registro é antigo e mostra um comboio de sacoleiros na fronteira do Brasil com o Paraguai.

O engano de Guimarães foi suficiente para virar chacota na Câmara. “Turma do PT é um piada pronta mesmo”, disse um deputado.

Aviso aos leitores do Blog

154 2

Amigos leitores deste Blog:

 Informamos que, até a próxima quarta-feira, estaremos fora do ar.

O objetivo é a necessidade de promovermos migração para uma nova plataforma, com garantias de melhor segurança de procedimentos e manutenção.

Centros de Inclusão Social e Tecnologia formam 1.495 jovens da periferia de Fortaleza

 
Os sete Centros de Inclusão Tecnológica e Social (CITS) criados em 2010 na periferia de Fortaleza por proposta do deputado federal Ariosto Holanda (PDT), com recursos de emendas do parlamentar e do governo estadual, vão formar 1.495 jovens nesta segunda-feira. A solenidade será realizada às 16 horas com a presença do governador Camilo Santana no CITS José Walter.
Os CITS, inaugurados na gestão do governador Cid Gomes, estão localizados no Conjunto Ceará, Conjunto José Walter, Parque São José, Messejana, Jangurussu, Lagamar e Vicente Pinzon/Mucuripe. As unidades oferecem ensino profissional na modalidade básica – educação inicial e continuada – com cursos de curta duração, de 50 a 200 horas de aula.
 
A Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS) investiu R$ 3,8 milhões nos CITS. Dos recursos, R$ 1,8 milhão para equipamentos são de emenda do deputado Ariosto Holanda, que propôs o programa, e R$ 2 milhões para a reforma e ampliação das estruturas dos antigos projetos Aprender, Brincar e Crescer (ABC) criados em 1994.
 
Segundo Ariosto Holanda, os CITS atuam com programas de educação profissional para os jovens que não têm mais tempo de esperar concluir um curso na escola formal mas precisam ter uma formação mais curta. Há uma população que precisa ainda mais de oportunidade, que serão atendidas nos CITS pela STDS com os cursos de capacitação do Ministério do Trabalho como Primeiro Passo e Pró Jovem, informou.
SERVIÇO
*CITS José Walter – Avenida K, 330, 1ª Etapa – Conjunto José Walter.

Poeta Bráulio Bessa falará em Fortaleza sobre Empreendedorismo

O poeta cearense Bráulio Bessa é atração, nesta terça-feira, a partir das 19 horas, no Hotel Praia Centro, do I Monsenhor Tabosa Bazar Fashion Week (MTBFW).

Ele falará sobre o tema “Empreendedorismo e Superação’’ e passará sua experiência na área.

O MTBFW é um evento que promete novidades nos setores de moda, beleza, gastronomia, empreendedorismo, cultura e arte.

(Foto – Divulgação)

Vem aí o FestOrquídeas 2018

Vem aí o XI FestiOrquídeas.

O evento, uma realização da Associação Cearense dos Orquidófilos, vai acontecer de 2 a 4 de fevereiro próximo, na Casa José de Alencar.

Além da exposição de espécies, haverá também palestras e oficinas para quem se interessar em cultivar orquídeas.

Esse mercado expande-se cada vez mais pelo Estado.

(Foto – Ilustrativa)

Prefeito vai lançar o programa “Você faz Fortaleza!”

O prefeito Roberto Cláudio (PDT) lança, mês que vem, a plataforma “Você faz Fortaleza”.

Ele diz que vai mandar distribuir 140 pontos (totens) pela cidade e, com isso, o cidadão poderá votar, entre projetos para as nove áreas da administração, naqueles que considera  mais urgentes.

“As três ações mais votadas terão projetos desenvolvidos”, promete o prefeito.

Fortaleza depende de nós

123 2

Com o título “Fortaleza depende de nós”, eis artigo de Fausto Nilo, arquiteto e urbanista e coordenador do Plano Mestre Urbanístico de Fortaleza. Ele aposta numa cidade de futuro e sem tantas desigualdades. Confira:

Um dia Fortaleza poderá assegurar a habitabilidade de todos seus cidadãos, de qualquer padrão de renda, faixa etária ou estilo de vida.

Aqui, cerca de três milhões e meio de pessoas residirão de forma digna, em vizinhanças seguras, conectadas ao resto da cidade e baseadas em habitações de custos acessíveis. Desaparecerão os “bunkers” do crime e em seu lugar surgirá uma intensa matriz de intercâmbio e inovação. A natureza e a herança cultural edificada serão preservadas e se completará o tecido urbano com lugares convenientemente acessíveis e conectados. As orlas serão limpas, as orlas de lagoas urbanizadas e as demais centralidades serão reconhecidas como lugares de todos. Nesse futuro os idosos serão em maior número e a cidade se antecipará para dar-lhes o conforto merecido.

Há 22 anos daqui, Fortaleza já terá conhecido as formas preferíveis de produzir lugares de habitação, comércio, indústria, serviços, educação, instituições, hospitais, lugares de inovação, de entretenimento e de esportes. Com a utilização de critérios claros e transparentes teremos realizado um processo simples, gradativo, justo e igualitário de rearranjar o solo para abrigar as gerações que estão por vir. Tudo isto se refletirá em distribuição sistemática de benefícios econômicos, sociais e ambientais, sem promover nenhum fator de desestímulo aos bons negócios e à indispensável colaboração dos empreendedores imobiliários.

Em nossa futura Cidade viajaremos muito menos para trabalhar ou ir à escola. A Cidade já terá reduzido sua motorização e os projetos de tráfego serão viáveis e sincronizados com a produção de novos estoques habitacionais. Um plano abrangente terá sido implementado para incrementar o acesso físico de todos a tudo, de maneira gradativa e monitorado pela própria população. As áreas de estação do transporte público serão identificáveis como clusters de empregos e focos de vizinhanças, com todas as facilidades típicas e acessíveis por uma caminhada máxima de cinco minutos. A essas melhorias deverão ser acrescidos os projetos de adaptação de assentamentos precários existentes, suas conectividades adequadas e a eliminação gradativa das situações de riscos e das irregularidades fundiárias. Para obter tudo isto Fortaleza entenderá que as viabilidades econômicas e as parcerias construtivas entre setores públicos e privados serão eficientes mas deverão ter seus propósitos e resultados compartilhados, de forma transparente, rigorosamente eficiente, justa, legal e legível a todos.

Se consideramos a redução dos vazios urbanos disponíveis e os prognósticos de crescimento populacional podemos concluir que a construção da Cidade Compacta e Sustentável se dará por reurbanizações sobre o tecido existente. A essa altura a cidade já terá assimilado essa prática vencedora utilizada em cerca de 160 cidades do mundo e terá conquistado o clima de confiança entre os setores público e privado, indispensável ao êxito da mudança.

O sonho é viável, teve o custo de seus componentes devidamente estimado e foi compartilhado em audiências públicas envolvendo 8.000 cidadãos. Sua elaboração foi concretizada sob a liderança do Instituto de Planejamento de Fortaleza (Iplanfor). O conhecimento organizado dos dados disponíveis, com especial destaque para as teses acadêmicas e relatórios urbanísticos já elaborados sobre a Cidade associados com análises urbanas de todas as consequências dos planos que Fortaleza já elaborou, foram decisivos na qualidade do resultado. O sonho é viável e só depende de nós.

Fausto Nilo

faustonilo@faustonilo.com.br

Arquiteto urbanista, coordenador do do Plano Mestre Urbanístico – Fortaleza 2040.

Heitor Férrer vai procurar cúpula do PSB para definir se fica ou não no partido

Nesta semana, o deputado estadual Heitor Férrer vai conversar, em Brasília, com o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira.

“Quero ficar no partido, mas com independência de atuação na Assembleia”, diz. Antes, ele terá conversa também com o presidente estadual do partido, o deputado federal Odorico Monteiro.

O PSB cearense, bom destacar, é apoiador da gestão do governador Camilo Santana (PT) que, na Assembleia, tem no parlamentar um dos poucos opositores. Na prática, Heitor faz oposição aos Ferreira Gomes, que respaldam Camilo.

(Foto – ALCE)

Camilo vai divulgar o primeiro prognóstico sobre inverno no Ceará

201 1

O governador Camilo Santana (PT) vai divulgar, nesta segunda-feira, durante ano no Palácio da Abolição, o primeiro prognóstico sobre inverno no Ceará.

O anúncio ocorrerá a partir das 9 horas, durante ato no Palácio da Abolição, com as presenças dos secretários Francisco Teixeira (Recursos Hídricos), Dedé Teixeira (Desenvolvimento Rural) e do presidente da Funceme, Eduardo Sávio, além dos dirigentes de órgãos ligados ao setor hídrico estadual.

A presença de Camilo à frente do ato dá a expectativa de que os prognósticos poderão ser bem positivos.

Um dia de avanços, outro de retrocesso

101 1

Com o título “Um dia de avanços, outro dia de retrocesso” eis o Editorial do O POVO desta segunda-feira. O texto aponta para contradições entre gestão e nomeações políticas no âmbito federal. Confira:

Na origem de muitas das crises de governabilidade que o Brasil enfrenta de tempos em tempos destaca-se, aparecendo com alguma dimensão em quase todas elas, o sério problema da forma como os cargos de confiança são ocupados na estrutura pública. A indicação política segue como um fator de influência negativa e funciona como a causa de muitas das situações nas quais se observa desvios de finalidades que resultam em prejuízo para o Estado.

O Brasil vive, nesse sentido, um momento de contradições. De um lado, na última sexta-feira, houve uma histórica decisão do Conselho de Administração da Caixa Econômica Federal (CEF), retirando da presidência da República o poder quase absoluto que tinha de fazer indicações para as 12 vice-presidências. Número, aliás, já em si extravagante. Agora, o colegiado também está apto a fazer a escolha dos ocupantes dos cargos, além de se prever uma obrigatória aprovação dos nomes pelo Banco Central e de o processo passar a exigir o uso de consultorias para seleção dos executivos.

São mudanças importantes, claro, mas que não garantem uma situação futura de ocupação dos cargos por critérios absolutamente meritórios.

A “inteligência” política haverá de encontrar brechas, através das quais buscará meios de burlar a boa intenção da medida, o que representa a necessidade de se manter uma vigilância firme para que tal distorção encontre resistência. Caso, claro, venha a se efetivar.

Por outro lado, o mesmo País que encontra razões para ânimo com o que acontece na CEF assiste, na manhã desta segunda-feira, a posse da deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ) no estratégico posto de ministra do Trabalho, em meio a longa batalha jurídica. Indicação puramente política, sem qualquer compromisso de levar ao cargo, no momento delicado de implantação de uma reforma trabalhista controversa, um nome tecnicamente habilitado para ajudar na consolidação das mudanças profundas que a legislação do setor acaba de absorver. São dois exemplos que, acontecendo simultaneamente, nos ajudam a entender que o desafio de fazer o Brasil andar para frente exige uma mobilização e uma consciência social que, infelizmente, ainda estamos a buscar. Há avanços isolados que convivem com a reiteração de práticas que precisam ser enterradas como necessidade de construção de uma sociedade mais justa.